processos geodinamicos interno.

Сomentários

Transcrição

processos geodinamicos interno.
1
PROCESSOS ENDOGENÉTICOS NA FORMAÇÃO DO RELEVO
ƒ
Atuação de forças geodinâmicas externas e internas: interação entre litosfera,
atmosfera e hidrosfera;
ƒ
Importância da dinâmica interna:
ƒ
Manutenção das terras emersas;
ƒ
Geração de montanhas;
ƒ
Caso não existisse o planeta seria coberto por um único oceano.
PROCESSOS GEODINÂMICOS INTERNOS
™ Natureza e características
¾ Dependem da energia do seu interior da Terra
¾ Envolve a movimentação de matéria do interior para o exterior e vice-versa:
constitui o ciclo das rochas
¾ Envolvem movimentos e transformações químicas e físicas da matéria:
ƒ
Magmático: formação e movimentação do magma no interior e exterior da
crosta;
ƒ
Metamórfico:
transformações
mineralógicas
e
estruturais
de
rochas
preexistentes;
ƒ
Tectônico: esforços a que as rochas são submetidos, envolvendo a deformação
na crosta.
¾ Fenômenos magmáticos vulcânicos e plutônicos, terremotos, dobramentos, falhas,
orogênese, epirogênese, deriva continental e tectônica de placas.
™ Origem do calor interno
¾ Processo de formação do planeta: acresção
2
¾ Temperaturas iniciais próximas a 1.000°C
¾ Radioatividade e conversão de energia gravitacional em térmica;
¾ Energia capaz de movimentar as placas litosféricas e erguer cordilheiras;
™ Estrutura interna da Terra
¾ Conhecimento obtido de forma indireta: geofísica e através de sismologia
¾ Escavação mais profunda: 10km
¾ Composição da crosta
ƒ
Continentes: granítica, com 50km de espessura média;
ƒ
Oceanos: basáltica: com 8km de espessura média;
ƒ
Manto: 82% do volume e 68% da massa da terra;
™ Mobilização de matéria do interior para a superfície
¾ Correntes convectivas: transporte de calor do interior para a superfície e
movimentação das placas litosféricas;
¾ Extração de matéria e adição na crosta: injeções magmáticas
¾ Plútons: porções magmáticas cristalizadas no interior da crosta
¾ Vulcanismo: porções magmáticas cristalizadas no exterior da crosta
¾ Plumas mantélicas: pontos quentes (hot spots) gerando focos quentes, com
mobilidade de matéria do interior para a superfície;
3
™ Dinâmica da litosfera
¾ Transferência de calor, matéria, esforços tensionais e arrastes
ƒ
Formação de cadeias montanhosas, fossas oceânicas, deslocamento de
porções continentais e atividades magmáticas;
ƒ
Correntes ascendentes: injeções de magma básico, estruturação de dorsais e
arraste do assoalho submarino;
ƒ
Correntes descendentes (zonas compressivas): formação de cordilheiras,
cinturões orogenéticos, zonas de subducção, arcos de ilhas e fossas oceânicas;
FENÔMENOS ASSOCIADOS À GEODINÂMICA INTERNA
™ Fenômenos Magmáticos
¾ Gênese, evolução e solidificação do material em fusão do interior do planeta que
dá origem a rochas ígneas;
ƒ
Intrusivas ou plutônicas: quando consolidadas no interior da crosta
ƒ
Extrusivas ou vulcânicas: consolidadas no exterior da crosta
¾ Tipos de magma e rochas associadas:
ƒ
Origem: mantélicos, crustais, derivados
•
ƒ
Rochas: granitos, gabros, peridotitos, sienitos, ganodioritos, dioritos e outros
Composição: ácidos, básicos, ultrabásicos, intermediários
•
Riolitos, basaltos, fonolitos, traquitos, andesitos e outros
¾ A sílica é o principal componente do magma
¾ Magma granítico: viscoso
¾ Magma básico: fluídos
¾ Temperatura: entre 600 e 1.400°C
4
™ Fenômenos Metamórficos
¾ Formação de rochas metamórficas a partir de rochas ígneas, sedimentares ou
mesmo metamórficas;
¾ Recristalização a altas temperaturas e/ou pressões ou deformações por
movimentação das placas litosféricas, com material em estado sólido
¾ Metamorfismo de contato: emanação de calor de corpos magmáticos
5
¾ Metamorfismo dinâmico: pressão e cizalhamento sobre material rochoso a grandes
profundidades
¾ Metamorfismo regional: devido às novas condições de pressão e temperatura a
grandes profundidades
™ Fenômenos Tectônicos
¾ Incidência de tensões e esforços sobre o material rochoso da Terra
¾ Efeito percebido em escala mundial ou mesmo regional;
ƒ
Movimentação de placas tectônicas
•
Falhamento e dobramento
♦ Material rochoso submetido a tensões possui tendência a fraturar ou
dobrar: regime rúptil ou plástico de deformação
♦ Fenômenos endógenos, processados no interior da crosta
™ Orogênese e epirogênese
¾ Orogenia: processos tectônicos com movimentos tangenciais responsáveis pela
deformação e elevação de partes da crosta terrestre, formando grandes cinturões
montanhosos (Andes, Himalaia, Alpes, Rochosas e etc.)
6
¾ Orógeno ou faixa orogênica: longa e relativamente estreita região próxima a uma
margem continental ativa (zona de colisão de placas)
¾ Epirogenia: movimentos verticais de vastas áreas continentais, sem perturbar a a
disposição e estrutura geológica das formações rochosas. Produz grandes
arqueamentos ou rebaixamentos da crosta, localmente conjugados com sistemas
de falhas.
ƒ
Efeitos e modos de percepção: elevação ou rebaixamento do nível do mar local,
mudanças na configuração da drenagem, variação no nível de base de erosão,
terraceamento dos vales fluviais
™ Dimensão espacial e temporal dos fenômenos
¾ Períodos curtos da história humana: terremotos, uma erupção vulcânica
¾ Milhares de anos: formação de uma ilha
¾ Milhões de anos; formação de uma cordilheira montanhosa
¾ Falhamento (regime de quebra)
TECTÔNICA GLOBAL E RELEVO DA TERRA
™ Placas litosféricas e deriva continental
¾ Deriva continental: continentes se moviam sobre a superfície da terra, às vezes
quebrando-se outras vezes colidindo;
¾ Litosfera formada por um mosaico de placas que deslizam horizontalmente
7
¾ As placas são geradas nas dorsais oceânicas com a formação do assoalho
oceânico basáltico e destruídas nas fossas oceânicas, nas zonas de subducção
ƒ
Ocorre a destruição das placas oceânicas e soerguimento das placas
continentais
™ Limites de Placas
¾ Construtiva ou divergente: duas placas se movem em direções contrárias;
¾ Destrutiva ou convergente: duas placas sem movem uma em direção a outra,
originando uma zona de subducção;
¾ Colisional ou sutura: são regiões de convergência, porém sem o consumo de
placas
¾ Conservativa: formada ao longo de uma linha de falha com movimentação
horizontal e paralela

Documentos relacionados

Ciclo das Rochas

Ciclo das Rochas Ciclo das Rochas

Leia mais

Tectônica de Placas

Tectônica de Placas Modelo teórico para a formação do padrão magnético listrado. Nova crosta oceânica que se forma continuamente na crista meso-oceânica sofre resfriamento e se torna gradativamente mais antiga à medi...

Leia mais

processos geológicos

processos geológicos Denominam-se Processos Geológicos ou Dinâmica, o conjunto de ações que promovem modificações da crosta terrestre, seja em sua forma, estrutura ou composição. A energia necessária a tais ações prové...

Leia mais

Estrutura e Composição da Terra

Estrutura e Composição da Terra a) a crosta é uma camada única constituída de uma placa tectônica, dividida em duas seções. b) a litosfera é a camada mais densa e se mantém em movimento devido às correntes convectivas. c) as cama...

Leia mais