Sem baseado - Louco por Viagens

Сomentários

Transcrição

Sem baseado - Louco por Viagens
naestrada
Louco por viagens
Uma surpresa de natal
A loja alemã que vive uma festa constante
Em pleno clima pré-natalino, lembrei
de uma história que me ocorreu há
algum tempo, durante uma viagem à
encantadora cidade de Rothenburg
ob der Tauber, na Alemanha. Na
minha opinião, a mais bonita cidade
medieval do país.
Rothenburg ob der Tauber cativa
com o charme de sua praça principal e
suas ruas que parecem fazer parte de
uma cidade cenográfica. Estava
caminhando por uma dessas ruas
quando me deparei com uma vitrine
repleta de objetos de Natal. De fora, a
loja parecia outra qualquer, mas, ao
atravessar sua porta, me surpreendi
com o tamanho e a infinidade de
produtos. Além de velas, decorações
para árvores, quebra-nozes e muito
mais do que se espera de uma loja
Sem baseado
Fotos: shutterstock, Rogério Enachev
Estariam os cafés de Amsterdã
ameaçados de extinção?
Ao me aproximar do The Grasshopper, um dos
maiores cafés de Amsterdã, não me surpreendo com
o cheiro de maconha e os visitantes aglomerados na
entrada. Há anos a casa é uma das favoritas dos
turistas que curtem “fumar um”.
O que é difícil de acreditar é que tudo isso em
breve poderá acabar: o governo holandês está
determinado a varrer o turismo de drogas, tornando
esses cafés exclusivos para membros e abertos
apenas para holandeses – os planos deverão entrar
em execução no ano que vem.
“Isso é uma estupidez, é impraticável”, diz a
gerente do Grasshopper, Jacqueline. Comerciantes,
órgãos de turismo e o prefeito também são contra
os planos, afirmando que os turistas continuarão
vindo de qualquer jeito. “Os holandeses vão
comprar conosco e vender para eles”, diz
Jacqueline.
Será que os visitantes deveriam comprar seus
baseados antes de as portas dos cafés baterem na
cara deles? “Acho que depende se você é um
cidadão holandês ou um fumante”, diz ela. “Não
sou nenhum dos dois”, respondo, e peço um café
expresso. Afinal de contas, é uma cafeteria.
Al Simmonds é coautor de
diversos guias da Lonely Planet.
Nascido na Cidade do Cabo, ele
vive hoje em Amsterdã.
22
Dezembro 2011
natalina, havia um museu dedicado ao
tema. A loja é a principal da rede Kathe
Wohlfahrt e, segundo o dono
Harald Wohlfahrt, o Natal sempre será a
data mais importante do ano. Por isso,
eles decidiram criar não apenas uma
loja, mas sim uma vila onde as pessoas
pudessem sentir que é Natal o ano todo.
Fiquei andando por seus corredores
num sobe e desce de escadas que
jamais imaginaria ser possível num lugar
que possui uma única e pequena porta.
Lembrei-me do ditado: “Não julgue um
livro pela capa”, e pensei: Não julgue
uma loja pela porta. A lição foi aprendida.
Rogério Enachev é um
viajante apaixonado que
mantém o site
loucoporviagens.com.br.