Baguio Loko - Zeca Baleiro

Сomentários

Transcrição

Baguio Loko - Zeca Baleiro
Baguio Loko
INTRO
q = 102
Zeca Baleiro
Em
Batera/perc
& 4
5
4
C
D
C
° ™ œ™ œ œ œ ˙
¢™
#4
D
3x
œ™ œ œ œ ˙
D
D
Voz Rap ° Em
# Ϫ
∑
&
œ œ œ œ ≈ ¿ ¿ ¿ ¢ ™™
C
Em
D
™™ ü œ™ œ œ œ ˙
†
D
13x
Em
™™ ü
†
∑
D
∑
Eu ta va
andando pela mata indo pela floresta Quando ouvi um zunzunzum, um fuzuê, uma festa
Era festa ou briga que zorra sinistra, truta Parecia uns irmão se preparando pra uma luta
Ou será uma balada uma rave na quebrada? Nunca vi nada igual mano nada nada
A treta rolava solta era um pegapracapá Aí eu não me agüentei cheguei mais perto pra espiar
Meu irmão bagulho louco o que vi cê num acredita Parecia um filme tipo “A Floresta Maldita”
Espiei atrás da árvore eu fiquei assustado Cinco nego estranho, mano, cinco bicho zuado
Cada um mais esquisito que o outro que que é isso? Coisa feita xô macumba xô quebranto feitiço
Um sujeito feio mesmo parecendo satanás Um cachimbinho na boca Os pés virados pra trás
Outro mano mó estranho pulava numa perna só Chapeuzinho vermelho igual história de vovó
Tinha um mano que soltava fogo pelas ventas Ninguém vai acreditar meu esse cara só inventa
Mas eu vi e pode crer te garanto que eu vi Outro lá montava um bicho que era tipo um javali
Uma tia essa sim até que era maneira Tinha rabo de peixe e uma vasta cabeleira
A galera tava louca mano louca às pampa Uma panela de pressão que já perdeu a tampa
Era louco o bagulho louco muito louco Satanás chupando manga irmão pra mim era pouco
C
9
D
#
& Ó
Œ
Em
D
°
‰ œ œ ¢ ™™ œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ
que.al ga
zar ra que ba gun ça con fu são que fu zu ê
C
11
que ga
D
#
& œ
œ
œ
œ
œ
œ
œ
œ
œ
œ
œ
œ
œ
le
ra
lo
ka
ma no.eu
vi
eu
vi
po
Copyright © Rogerio Delayon
de
cre
œ
œ
que.al ga