CARNAVAl Swissamba na Marquês de Sapucaí

Сomentários

Transcrição

CARNAVAl Swissamba na Marquês de Sapucaí
Fevereiro 2015
Visuais
Divulgação
Arte e história do Brasil
Panorama do Rio de Janeiro; gravura aquarelada publicada por Steinmann, na Suíça, a partir de um desenho original de Friedrich Salathé
Os suíços Johann Jacob Steinmann e
Friedrich Salathé integram a exposição permanente Coleção Brasiliana, no Espaço
Olavo Setubal, no Itaú Cultural.
Responsável por introduzir a litografia no
Brasil, Steinmann foi contratado pelo governo
brasileiro como litógrafo oficial e viveu alguns
anos no Rio de Janeiro, quando retratou
cenas naturais e paisagens urbanas brasileiras.
Em 1835, o pintor e ilustrador Salathé gravou em cobre os desenhos e aquarelas do
álbum Souvenirs do Rio de Janeiro, editado
por Steinmann.
Com curadoria de Pedro Corrêa do Lago,
a mostra percorre cinco séculos de história
e expõe gravuras, pinturas, aquarelas ou
desenhos originais feitos pelos grandes
artistas viajantes, as primeiras obras a res-
peito do Brasil publicadas no exterior e obrasprimas da literatura brasileira — com
exemplares de primeiras edições — entre outros registros de arte que Olavo
Setubal começou a colecionar em 1969.
Coleção Brasiliana — permanente
Espaço Olavo Setubal — Itaú Cultural
novo.itaucultural.org.br/
Carnaval
Swissamba na Marquês de Sapucaí
Ilan Pellenberb / Oito e Oito Agência
no tempo — através do olhar suíço
de Clóvis Bornay, a Escola de Samba
Bandeira suíça abre alas na quadra da Unidos da Tijuca
Unidos da Tijuca traz a cultura da Suíça
para a passarela carioca do samba.
Numa ópera popular criada após longa pesquisa nos dois países, a figura do
grande carnavalesco Clóvis Bornay — filho de um joalheiro suíço que imigrou
para Nova Friburgo — será o fio condutor dessa história que narra de forma lúdica o luxo, a inovação e a ligação entre
a Suíça e a campeã do Grupo Especial
Prêmio
das escolas do Rio no ano passado.
A Suíça no Carnaval do Rio em 2015
dá continuidade ao projeto Swissando,
da Presença Suíça, uma campanha de
comunicação no Brasil abraçada pelo
Governo da Suíça, que teve início na
Copa do Mundo de 2014 e se estende
até as Olimpíadas, em 2016.
Suíça no Carnaval do Rio em 2015
Escola de Samba Unidos da Tijuca
Grupo Especial, Dia 16/2
swissando.com.br/
Divulgação
Com o enredo Um conto marcado
Evento
Metáfora e história
Visões da realidade
A artista suíço-brasileira Sonia Guggisberg foi uma das
vencedoras do Prêmio Brasil Fotografia 2014: Ensaios,
que selecionou seis nomes representativos da produção fotográfica contemporânea brasileira.
O trabalho em vídeo Samarina é parte de uma pesquisa
sobre o redesenhar da cidade, usando as quedas de demolições como metáfora para falar do desmanche não apenas
da cidade, mas da memória do sujeito. As imagens foram
captadas durante uma demolição de galpões que fizeram
parte da história da família da artista.
Até 31 de março, é possível ver a exposição dos trabalhos
vencedores no Espaço Cultural Porto Seguro.
Still de vídeo
“Rio Vermelho”,
das artistas
Beatriz Carneiro
e Elisa Pessoa
Até 15 de fevereiro, pode ser visitada a exposição FUMÉES
(Fumaças), no Rio de Janeiro, um projeto híbrido e de autogestão que combina artes visuais, sonoras e performances,
num cenário que trafega entre a ficção e o real.
A artista suíço-brasileira Beatriz Carneiro participa com o
still de video ‘Rio Vermelho’ (em parceria com Elisa Pessoa)
e uma pele transparente, trabalho ainda sem título, que vai
expor junto com outros objetos feitos especialmente para o
local, o antigo Hotel Paris, famoso e decadente prédio abandonado do Rio de Janeiro.
FUMÉES pretende investigar trajetórias alternativas no circuito brasileiro das artes, inspirado por exposições e ocupações que acontecem em cidades como Berlim e Londres.
O projeto foi idealizado por Zoé Dubus e Romain Dumesnil
e traz outros artistas convidados: Barrão, Bernardo Ramalho
e coletivo, Heberth Sobral, Maria Laet, Marinho, Rodrigo Braga e Tunga e conta com apoio do Consulado Geral da Suíça
no Rio de Janeiro.
FUMÉES
Até 15/2 • Antigo Hotel Paris • Rio de Janeiro
Visita com hora marcada
contato: [email protected]
Divulgação
Prêmio Brasil Fotografia 2014
Até 31/3 • Espaço Cultural Porto Seguro
www.facebook.com/EspacoCulturalPortoSeguro
Prêmio por trabalho de pesquisa sobre o redesenhar da cidade
Dança / N a S u í ça
Grégory Batardon
Passos contemporâneos
Fim da trilogia: Espetáculo “Antes”, do grupo suíço Alias
Pela segunda vez,
Zurique recebe a Journées de Danse Contemporaine Suisse,
que se realiza de 19 a
22 de fevereiro.
Sob direção do coreógrafo paulistano residente na Suíça Guilherme Botelho, o grupo
Alias mostra a coreografia Antes, última parte da trilogia intitulada
Distância, que propõe
uma reflexão sobre a
natureza do homem.
A Cie. Philippe Saire,
Marie-Caroline Hominal;
Le Cabinet des curiosités; Cia Nuna, Cia Ni-
cole Seiler e Alexandra
Bachzetsis, entre outros
nomes da dança contemporânea da Suíça, estão
entre as 14 companhias
que participam da 10ª
edição do evento.
Para mais informações acesse o site:
www.swissdancedays.ch
Carnaval / N a S u í ça
cam marchinhas conhecidas e
fora de sintonia, efetuando paradas frequentes e brincadeiras
com o público.
Na Basiléia, um cortejo de diversos grupos carnavalescos oficiais
sai tocando flautas e tambores e
atravessa a cidade portando lanternas de papel, cujas ilustrações
satirizam os principais acontecimentos do ano que passou.
Carnaval suíço (Fasnacht): Marchinhas, flautas, tambores e fantasia
Divulgação
Com 800 anos de tradição, as
folias de carnaval fazem parte
das festas suíças de fevereiro,
principalmente nas cidades de
Lucerna e Basiléia.
O Fasnacht é realizado em
várias cidades, com desfiles que
mostram as diferentes características e trajes de cada região.
Em Lucerna, o destaque são
as bandas improvisadas, que to-
Divulgação
Folias tradicionais
Festival / N a S u í ça
Para ouvir Villa-Lobos
e outros clássicos
Entre 22 de fevereiro e 1º de março, acontece a 19ª edição do
festival Les Classiques de Villars, que reúne grandes nomes
da música clássica.
Na abertura, Sergio Tiempo, Kirill
Troussov e Mark Drobinsky executam
A Prole do Bebê nº 1 para piano, de
Heitor Villa-Lobos, além de peças de
Beethoven, Debussy, Alberto Ginastera
e Brahms.
O programa continua com a Orquestra de Câmara de Kazan ‘La Primavera’
e o buquê de temas de ópera, com o
violoncelista Mark Drobinsky; contos
musicados, com Nadège Berger; o guitarrista Albert Pià, que toca a Suite
Brésilienne de Antonio Santana; Elena
Loss e Sarah Quartetto, com a Villars
Vanguard Jazz Orchestra.
Veja a programação no site
www.classiques.ch/programme
Visuais / N a Arte com alabastro
A mostra Esculturas, da artista brasileira Maria-Carmen Perlingeiro, estará em cartaz até o dia 5 de
março na Fundação Brasilea, na cidade de Basiléia.
Nascida no Rio de Janeiro e residindo em Genebra
há 30 anos, a artista trocou o desenho pela escultura
nos anos 80 e começou a trabalhar com o mármore.
Depois, deu preferência ao alabastro, de aparência semelhante, mas muito mais macio que o mármore. São
essas esculturas em pedra que a Brasilea expõe nos
três pisos da instituição. As peças têm formas orgânicas e abrigam luminosidade, o que acentua a aparência
frágil do alabastro, originando paisagens esculturais.
Mais informações no site www.brasilea.com/
I N F O R M A Ç Õ E S
Consulate of Switzerland in São Paulo
www.eda.admin.ch
Dance
www.tanznetz.ch
Consulate of Switzerland in Rio de Janeiro
www.eda.admin.ch/riodejaneiro
Pro-Helvetia
www.pro-helvetia.ch
Embassy of Switzerland in Brasilia
www.eda.admin.ch/brasilia
Museums
www.museums.ch
Federal Office of Cultural Affairs
www.culture-suisse.admin.ch
Theater
www.theater.ch
Presence Switzerland (PRS)
www.presence.ch
Opera
www.operabase.com
Miscellaneous
www.switzerland.com
Arts Council of Switzerland
www.pro-helvetia.ch
Tourism
www.myswitzerland.com
Artists in residence
www.artists-in-residence.ch
Government
www.admin.ch
Film
www.swissfilms.ch
Representações Suíças no Brasil • www.facebook.com/RepresentacoesSuicasnoBrasil
s u í ça
“O Consulado da Suíça
não se responsabiliza
por mudanças de data e local
dos eventos.”
Edição:
www.brasilexpressa.com.br

Documentos relacionados

Boletim Cultural Janeiro 2016

Boletim Cultural Janeiro 2016 dentre eles Carte Blanche (A Fita Branca); e o programa especial Focus exibe filmes suíços e estrangeiros centrados em temas quentes da atualidade. Nessa edição nove ficções e um documentário dispu...

Leia mais

Boletim Cultural Outubro 2015

Boletim Cultural Outubro 2015 A obra do século, de Carlos Machado Quintela (Suíça, Alemanha, Cuba e Argentina) e Blood of My Blood, de Marco Bellochio, coproduzido por Suíça, França e Itália, são os outros filmes da programação.

Leia mais

Boletim Cultural Dezembro 2015

Boletim Cultural Dezembro 2015 humanitária e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha Junto às vítimas, no Museu Nacional do Conjunto Cultural

Leia mais

Boletim Cultural Junho 2015

Boletim Cultural Junho 2015 com produções de cineastas consagrados e de jovens realizadores. O Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo 2015 é uma realização do Consulado Geral da Suíça, Sesc São Paulo e Centro Cultural do Banc...

Leia mais

Boletim Cultural Novembro 2015

Boletim Cultural Novembro 2015 vai dar ao público a oportunidade de comparar diferentes interpretações de peças de Beethoven,

Leia mais

Boletim Cultural Maio 2015

Boletim Cultural Maio 2015 Fidel Stadelmann; Fishtale, de Markus Aebersold; If I see your house I’ll turn in e Don’t kill the beast - Johnny Cash, de Julia Minnig; Pan, de Flurina Badel e Incontaminatus, de Yanik Soland. O e...

Leia mais

Diálogos artísticos

Diálogos artísticos fazem parte do carnaval suíço. O Fasnacht da Basileia, protestante, começa na semana se-

Leia mais

Boletim Cultural Julho 2015

Boletim Cultural Julho 2015 11, no Goethe-Institut São Paulo e até 31 de julho, no Porão do Paço

Leia mais