Sistema de alimentação

Сomentários

Transcrição

Sistema de alimentação
• A Impressão Offset origina-se da evolução do sistema de
impressão litográfica, que foi inventada por Alois Senefelder no
ano de 1798, na cidade de Munique na Alemanha.
O termo Litografia origina-se do grego, onde:
Litos = pedra
Grafe = escrever
No processo usava-se uma pedra porosa, onde as letras ou figuras eram
marcadas a pincel, aplicava-se o óleo de linhaça sobre as imagens e depois
humedecia-se a pedra.
A água adere às partes não cobertas pelo óleo, protegendo essas partes, de
modo a impedir que a tinta se espalhe por toda a pedra.
De seguida colocam-se folhas de papel sobre a pedra decalcando a imagem
(processo de impressão direto).
Isso é possível porque a área de imagem é Lipófila e a área sem imagem é
Hidrófila.
- Hidrofilia:
afinidade que certos materiais tem com a água.
- Lipofilia: afinidade que certos materiais tem com corpos gordurosos.
ÇÃ
Editorial: jornais, revistas, livros, guias, listas telefônicas.
Comercial: folhetos, cartazes, encartes, folder, pôsteres, envelopes,
catálogos, tablóides, calendários.
Impressos de segurança: dinheiro, passes escolares, selos,
cheques, vale-refeição.
Embalagem: rígidas, semi-rígidas, rótulos, sacolas, caixas, crachás etc.
Metalgrafia: impressos em flandres ou alumínio.
Suportes especiais: PVC, papel transfer, formulário contínuo, plástico
(baralho, cartão telefônico), papel adesivo, etiquetas, tecidos, rótulos.
• Offset Rotativa
• Offset Plana
Ã
• Impressão considerada indireta, utiliza como fôrma uma chapa
metálica
• Processo de impressão mais utilizados pelas gráficas
• Baixo custo quando utilizada para médias e grandes tiragens
• Sistema mais versátil, pois permite impressões em plásticos,
metais, papelões e até mesmo em tecido entre outros tipos de
suportes.
ÇÃ
1 – Fotolito
Ã
2 – CtP ( Computer to Plate)
Í
Chapa feita em alumínio com um dos lados revestido com uma
camada fotossensível.
• Gravação por lâmpadas convencionais
O fotolito é fixado a chapa por vácuo em uma mesa de revelação própria, e
exposto a luz por determinado tempo. A luz possibilita que as imagens do fotolito
sejam impressas na chapa, que possui uma camada fotossensível – essa etapa
chama-se gravação ou sensibilização. Tudo que foi exposto a luz não será
impresso, enquanto a área que não foi exposta escurece e vira área de
impressão. Em seguida, a chapa é lavada com químicos específicos que irão
revela-la como um fotografia.
• Gravação por lâmpadas UV
Feito o mesmo processo das lâmpadas convencionais porém o tempo em
exposição a lâmpada UV é muito menor, cerca de 6 minutos, enquanto as
convencionais ficam em torno de 20 minutos.
Antes da gravação
Depois da gravação
A chapa é gravada através de laser, que é controlado por um
computador, de forma similar às impressoras laser. Isto permite que a
chapa seja gerada diretamente de um arquivo digital, sem a necessidade
da produção de um fotolito intermediário. Este processo também garante
o aumento da qualidade final da imagem gravada. Isso deixa a imagem
perfeita. Outra vantagem também é o tempo e custo economizados com
o fotolito e a revelação.
• Offset bicolor
margeação
transporte
Saída
conjunto Impressor
• tintagem
• molhagem
• pressão
• acessórios
alimentação
• Sistema de alimentação
É responsável em conter as folhas a serem impressas, sendo que
quando acionada retira uma folha de cada vez e de forma constante da
"pilha" de suporte que foi previamente formada.
É composta basicamente por bombas de ar (que realizam através de
sopros o desfolhamento do suporte, e através de sucção promove a
retirada do suporte da pilha, mandando-o para a mesa de margeação),
de aparadores frontais e laterais para manter o suporte sempre alinhado,
além de palhetas e escovas para auxiliar no desfolhamento.
• Mesa de margeação
É responsável em margear as folhas a serem impressas, ou seja,
fazer com que todas as folhas entrem exatamente na mesma posição
no grupo impressor para não ter variação no encaixe das cores e nem
variação na hora do corte no acabamento.
É composta basicamente por roldanas e cadarços (guias) , que
conduzem o suporte até o esquadro frontal, onde o mesmo será
margeado frontalmente, e por um esquadro lateral que realizará a
margeação no sentido lateral.
• Grupo impressor
É o conjunto de cilindros responsáveis, direta ou indiretamente, por
transferir a imagem para o suporte de maneira correta. Trata-se de um
sistema relativamente complexo, com inúmeras regulagens e grande
precisão. Embora existam diferenças entre fabricantes, compõe-se
basicamente de um cilindro porta fôrmas (ou porta chapa), cilindro
porta blanqueta e cilindro contra-pressão (ou cilindro de impressão).
Acoplados a estes 3 cilindros existem os grupos de cilindros
responsáveis pela umidificação da chapa (sistema de molhagem) e os
responsáveis pela entintagem da mesma (sistema de entintagem).
Entintagem
Molhagem
1- Alimentador
1- Alimentador
2- Tomador
2- Tomador
3- Intermediários
3- Distribuidor
4- Distribuidores
4- Molhadores
5- Entintadores
• Sistema de recepção
É responsável em receber e manter alinhado o suporte após passar
pelo grupo impressor.
É composto basicamente por guias e correntes que recebem o suporte
das pinças do contra-pressão e transportam até a mesa de recepção,
onde o suporte é alinhado por aparadores frontais e laterais.
PASSO A PASSO DA IMPRESSÃO
1º - É gravado na chapa de alumínio na camada fotossensível a arte a ser
impressa no papel.
2º - Essa chapa passa por um processo de revelação, parecido com a de
uma fotografia e após a revelação ela é posta no seu cilindro
correspondente, o porta forma.
3º - Com a impressora devidamente abastecida de papel e tinta é dado o
start na impressão.
4º - No sistema de alimentação (plana) ventosas sugam as folhas para
cima ao mesmo tempo em que pequenos canudos assopram ar entre as
folhas para poder separa-las, logo em seguida pinças puxam a folha para
a mesa de margeação.
5º - Na mesa de margeação a folha é alinhada para q não fique torto a
Impressão e fique bem padronizada.
6º - Após margeada, a folha é levada para o grupo impressor, onde ela
Passa entre a blanqueta e o rolo de contra pressão, sendo assim
Impressa devido a pressão exercida contra a blanqueta.
até a mesa de recepção,
onde são alinhadas por aparadores frontais e laterais e em seguida
retirada pelo operador.
7º - Logo em seguida a folha é transportada
• Posicionamento do grupo
Impressor
• Unidade de alimentação do
papel.
• Sistema de saída.
• Secagem da tinta
• Velocidade de Impressão
çã
• Monocolor (1 cor)
• Bicolor (2 cores)
• Tricolor (3 cores)
• Quadricolor (4 cores)
• Pentacolor ( 5 cores)
• Hexacolor ( 6 cores)
• Octacolor ( 8 cores)
• Decacolor ( 10 Cores)
Offset plana quadricolor
Offset plana com impressão frente e verso simultânea
Impressora OffSet Plana Heidelberg Speed Master SM 102 – 10 Cores
Offset rotativa bicolor
Offset rotativa quadricolor
Offset rotativa em formato torre
Offset rotativa quadricolor com impressão frente e verso simultâneo
Secador UV acoplado em uma offset plana
Módulo de aplicação de verniz
acoplado na offset plana.

Documentos relacionados

blanqueta?

blanqueta? LÂMINA METÁLICA USADA COMO MATRIZ DE IMPRESSÃO NO PROCESSO OFFSET. SUA CAMADA SENSÍVEL À LUZ É GRAVADA PARA IMPRESSÃO (SEMELHANTE A UM CARIMBO).

Leia mais

CICLO-2011-SELLERINK

CICLO-2011-SELLERINK com Outras Superfícies - Solução de Fonte x Suporte A transferência da solução de molhagem da blanqueta para o suporte deve ser considerada de acordo com as características de absorção do suporte. ...

Leia mais