faturamento consolidado

Сomentários

Transcrição

faturamento consolidado
RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO
CENÁRIO E MERCADO
A recessão americana e o colapso da economia argentina associados à crise de energia
elétrica brasileira, provocaram uma volatilidade muito forte do dólar e mantiveram as
taxas de juros elevadas com conseqüente aumento dos índices de inflação.
Em função desses fatores o ano terminou com um crescimento menor
que
o
esperado,
apesar
de
terem
sido
observados
sinais
de
fortalecimento dos fundamentos econômicos com a obtenção de
superávit fiscal pelo governo e um saldo positivo na balança comercial,
após seis anos consecutivos de déficit.
GESTÃO ESTRATÉGICA E DESEMPENHO
A Duratex obteve um faturamento de R$ 1,0 bilhão, com um
crescimento de 6% em relação ao ano anterior. As exportações
atingiram R$ 88,9 milhões equivalentes a US$ 37,6 milhões.
FATURAMENTO CONSOLIDADO
(R$ milhões)
945
1,000
2000
2001
816
676
1998
1999
O resultado operacional consolidado totalizou R$ 121,9 milhões e correspondeu a um
EBITDA de R$ 187,6 milhões representando uma queda de 6,0% em relação a 2000. A
geração operacional de caixa atingiu R$ 186,0 milhões.
O Lucro Líquido obtido foi de R$ 52,1 milhões, fortemente impactado pelo prejuízo de
R$ 42,6 milhões das operações na Argentina.
OPERAÇÕES NA ARGENTINA
A profunda recessão pela qual passa a economia da Argentina não
permitiu que as ações de racionalização, implementadas durante 2001
pela Deca Piazza atingissem o resultado desejado.
Dessa forma, foi realizada uma ampla reformulação das operações da
Empresa a partir do quarto trimestre de 2001, com redução do quadro
de funcionários de 268 para 64 pessoas, número de clientes ativos de
950 para 320, redução da linha de produtos de 1200 para 320 itens e
transferência
de
toda
produção
de
componentes
para
o
Brasil,
permanecendo somente as operações de montagem de metais e
fabricação de louças naquele país. Estes ajustes extraordinários no valor
de R$ 9,3 milhões, somados ao resultado operacional negativo de R$
19,2 milhões, totalizaram um prejuízo de R$ 28,5 milhões na Argentina.
No resultado consolidado da Duratex ainda foram reconhecidas a perda
pela desvalorização do peso em relação ao dólar no valor de R$ 5,7
milhões e a realização integral do saldo de ágio da aquisição da Deca
Piazza no valor de R$ 8,4 milhões, que elevaram o prejuízo com as
operações na Argentina para R$ 42,6 milhões.
Em janeiro de 2002 a Duratex quitou financiamentos da Deca Piazza no
valor de US$ 8,5 milhões a uma taxa média de 1,90 pesos por dólar
através de um adiantamento para futuro aumento de capital que deverá
elevar o patrimônio líquido da empresa para 16,2 milhões de pesos
(US$ 8,5 milhões).
OPERAÇÕES NO BRASIL
Divisão Madeira
Em 2001 a Divisão Madeira operou com ocupação plena de suas
unidades apresentando uma pequena recuperação do preço médio
comparativamente ao mesmo período de 2000. Essa recuperação foi
possível através da venda de produtos revestidos, de maior valor
agregado, associada à elevação da taxa de câmbio.
Durante o ano, foram lançados nas linhas de MDF e Aglomerado 14 novos padrões em
FF e BP, além de três novas coleções de produtos com revestimento BP Premium,
voltados aos produtores de móveis para cozinhas, hotéis e escritórios. Na linha de
Chapa de Fibra foram lançados 10 novos padrões para o mercado interno e 23 padrões
direcionados ao mercado americano. No segmento de pisos laminados, onde a
Empresa atua através da marca Durafloor, foi lançada a linha Premium, destinada a
áreas que exigem maior resistência ao desgaste, além do padrão marfim natural e o
freijó.
EXPEDIÇÃO
(em m3)
STANDARD
2000
2001
466.078
468.461
REVESTIDOS
345.991
355.163
TOTAL
812.069
823.624
2000
2001
366,1
393,4
89,9
92,1
456,0
485,5
RECEITA LÍQUIDA
(em milhões de reais)
MERCADO INTERNO
MERCADO EXTERNO
TOTAL
Divisão Deca
A Divisão Deca apresentou um crescimento em seu volume de vendas de 6,5%,
embora o preço médio tenha sofrido uma redução em relação ao ano anterior. Essa
queda concentrou-se no segmento de metais sanitários onde ocorreram o aumento da
concorrência nos produtos econômicos e o reposicionamento de preços de algumas
linhas do segmento luxo.
Visando a fidelização dos clientes, rapidez no atendimento e redução do custo de servir
foi ampliado, ao longo de 2001,
de 30 para 350 o número de clientes atendidos
através do site B2B da Deca (www.decanet.com.br).
Expandindo a participação de produtos de maior margem de contribuição a Deca
lançou 30 produtos em louças e 15 em metais incluindo produtos especiais, produzidos
com exclusividade, direcionados ao segmento hoteleiro. Em louças, além das linhas
Oxford e Century, destacam-se seis novos lavatórios com design inovador. No
segmento de metais, ocorreu a ampliação da linha de produtos economizadores de
água e foram lançadas as linhas Belle Epoque De Ville, De Ville Clássico e Oxford, além
do chuveiro Acquamax, que conquistou o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira,
instituído pela Secretaria de Estado da Cultura.
EXPEDIÇÃO
(em milhares de peças)
BÁSICOS
PRODUTOS DE ACABAMENTO
TOTAL
RECEITA LÍQUIDA
(em milhões de reais)
MERCADO INTERNO
MERCADO EXTERNO
TOTAL
INVESTIMENTOS
2000
2001
6.068
6.585
6.682
6.999
12.750
13.584
2000
2001
252,8
259,5
35,8
40,3
288,6
299,8
INVESTIMENTOS
(R$ milhões)
74
139
139
2000
2001
65
1998
1999
Durante o ano de 2001, a Duratex manteve seu ritmo de investimentos para aumento
de capacidade de produção, ganhos de produtividade e redução de custos.
O Plano de Aplicação de Recursos totalizou R$ 139,4 milhões dos quais destacam-se os
seguintes projetos:
-
-
Término
das
obras
de
instalação
do
secador
em
Itapetininga/SP que possibilitou a elevação da capacidade de
produção de madeira aglomerada de 600/m3 dia para 1000/m3
dia;
-
-
Finalização da expansão da fábrica de louças sanitárias em
Jundiaí/SP com um aumento inicial da oferta de produtos da
ordem de 20 mil peças;
-
-
Conclusão das instalações de diversos equipamentos que
automatizaram totalmente a produção da válvula Hydra e todo o
fluxo de separação e destinação dos pedidos na área de expedição
de Metais com importantes reduções de custos;
-
-
Entrada em operação da nova impregnadora de pápeis em
Agudos/SP;
-
de
Aquisição de 10.417ha de terras e 3.693ha de florestas além
equipamentos
de
mecanização
florestal
direcionados
às
expansões de aglomerado e HDF/MDF;
-
-
Continuidade das obras para instalação da nova planta de
HDF/MDF em Botucatu/SP cujos primeiros equipamentos deverão
chegar no final do primeiro trimestre de 2002.
-
-
Início do Projeto Genoma do Eucalipto, patrocinado pela
Duratex e outras três grandes empresas do setor de celulose e
coordenado pela FAPESP (Fundação de Amparo a Pesquisa no
Estado
de
São
sequenciamento
Paulo).
Esse
genético
do
projeto
tem
eucalipto
por
objetivo
possibilitando
o
a
identificação de fatores que contribuam para o seu crescimento,
resistência a pragas, seca e outras características úteis à obtenção
de uma maior produtividade florestal.
DIVIDENDOS E MERCADO DE CAPITAIS
Por proposta do Conselho de Administração, foi provisionado em
substituição a distribuição do dividendo do 2o semestre, o valor de R$
11,7 milhões a título de juros sobre o capital próprio. Esse valor
corresponde a R$ 1,00 por lote de mil ações e totaliza um valor bruto
no ano de R$ 23,6 milhões, o que representa 45% do Lucro Líquido do
período.
DIVIDENDOS / LUCRO LÍQUIDO
(R$ milhões)
35%
32%
150%
45%
67
52
43
15
10 15
1998
1999
24
22
2000
Lucro Líquido
2001
% Div./L.Líq.
Dividendos
Em 2001, as ações preferenciais da Duratex estiveram presentes em
todos os pregões da Bovespa, totalizando 1.794 milhões de títulos
negociados e movimentando R$ 87,5 milhões.
O “Dividend Yield” da Duratex medido pelo valor de mercado das ações
ao
final
de
dezembro
de
2001
e
considerando
os
dividendos
provisionados no ano foi de 4,2%, situando-se entre os melhores índices
observados no mercado.
DIVIDEND YIELD
670
577
5,0%
485
3,0%
2,6%
4,2%
294
24.4
14.8
1998
17.2
14.4
1999
Market Value
(R$ milhões)
2000
Dividendos
Pagos
(R$ milhões)
2001
% Yield
Nesse
período,
foram
realizados
diversos
eventos
direcionados
a
analistas
e
investidores, envolvendo um público de mais de 500 pessoas, entre os quais
destacam-se Road-shows na costa leste dos Estados Unidos, Londres, Edimburgo e
reuniões em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília além de visitas às unidades
industriais da Empresa.
O site institucional da Empresa www.duratex.com.br recebeu durante o
ano uma média mensal de 3.830 visitantes sendo 72% provenientes do
Brasil e 28% dos Estados Unidos e
Europa.
Em dezembro, a Duratex recebeu da ABAMEC o Prêmio Platina 2001 em
reconhecimento
aos
15
anos
consecutivos
de
realização
de
apresentações nessa entidade.
VALOR ADICIONADO
A Duratex gerou um valor adicionado de R$ 526,1 milhões, o que
representa uma agregação de valor de 110,9% sobre os custos de
aquisição de matérias primas, serviços, depreciações e amortizações.
Desse valor, R$ 211,8 milhões correspondentes a 21% do faturamento
consolidado
foram
destinados
aos
governos
federal,
estaduais
e
municipais a título de impostos e contribuições.
BALANÇO SOCIAL
A
Duratex
mantém programas
e
mecanismos
voltados
ao
reconhecimento
e
valorização de seus colaboradores. Em 2001, através do Plano de Participação nos
Resultados que tem por objetivo recompensar o desempenho de sua equipe quando da
superação das metas estabelecidas pela Empresa, foram provisionados recursos da
ordem de R$ 4,7 milhões.
O programa de treinamento e aperfeiçoamento profissional que se
estende também ao público externo, tais como instaladores hidráulicos,
marceneiros e instaladores de Durafloor, atingiu nesse ano um público
de 49.582 pessoas, totalizando R$ 1,6 milhões.
A remuneração aos 5.992 colaboradores totalizou R$ 156,7 milhões
acrescidos
dos
espontaneamente
encargos
destinou
legais
aos
seus
obrigatórios.
funcionários
A
e
Duratex
dependentes,
benefícios que somaram no período R$ 17,2 milhões em alimentação,
assistência médica, transporte, treinamento e previdência complementar
através da Fundação Duratex. Esta entidade de previdência privada,
patrocinada exclusivamente pelas Empresas Duratex e que tem por
objetivo a complementação de aposentadoria aos funcionários, contava
ao final do exercício, com 522 assistidos.
A Escola Municipal de Marcenaria “Tide Setubal” criada em 2000 em
parceria com a prefeitura de Agudos, além dos cursos de marcenaria
passou a oferecer também os de custos, orçamentos e design. A partir
desse ano, em parceria com o Senai, está ministrando ainda aulas de
Auto-Cad aos alunos inscritos no programa.
BALANÇO AMBIENTAL
Em 2001, os investimentos da Duratex em equipamentos de controle,
tratamento e destinação de seus resíduos industriais totalizaram R$ 6,2
milhões. Na Divisão Madeira, ocorreram as instalações de equipamentos
para tratamento de efluentes e redução de emissão de gases em
Itapetininga e Gravataí. Em Jundiaí, as caldeiras foram convertidas para
utilização de gás natural reduzindo a emissão de material particulado.
Na Divisão Deca, um forte trabalho de racionalização no consumo de
água para a atividade de galvanoplastia permitiu a unidade de metais
sanitários ganhar o primeiro lugar na premiação da ONG Água e Cidade,
atestando o cuidado da Empresa com a correta utilização dos recursos
hídricos. Outro fato relevante foi a entrada de gás natural nas três
unidades de louças, reduzindo as emissões de poluentes.
Com o objetivo de orientar quanto a instalação hidráulica mais adequada e os produtos
indicados para programas de economia de água a Deca atendeu em 2001 a mais de
1800 projetos junto a hotéis, hospitais, condomínios e shoppings centers e estendeu
esse serviço a todos os interessados na utilização de produtos de sua marca.
HOMENAGEM
Lembramos com profundo pesar o falecimento de nosso Fundador e Presidente do
Conselho de Administração, Dr. Eudoro Villela ocorrido em abril de 2001. Graças a seu
espírito inovador e irreprimível vocação empresarial, tomou conhecimento e introduziu
no Brasil a mais nova tecnologia da época, para produção de painéis de fibra de
madeira. Foi assim que a Duratex foi fundada em 1951 e vem mantendo até hoje a
mesma filosofia empreendedora tanto na qualidade de gestão, quanto na vanguarda
no uso e desenvolvimento de novas tecnologias. Além do grande empresário,
lamentamos a falta do homem discreto e altruísta que tanto se dedicou para a
construção de nossa história.
AGRADECIMENTOS
Ao término de mais um ano, agradecemos aos nossos acionistas, clientes e
fornecedores pela confiança depositada, bem como a equipe de colaboradores pelo
empenho e dedicação dispensados.
São Paulo, fevereiro de 2002
A Administração

Documentos relacionados

Relatório da Administração - 1º Semestre 2002

Relatório da Administração - 1º Semestre 2002 visitas, número 40% superior ao verificado em 2001.

Leia mais

CENÁRIO E MERCADO GESTÃO ESTRATÉGICA E

CENÁRIO E MERCADO GESTÃO ESTRATÉGICA E representa uma agregação de valor de 101% sobre os custos de aquisição de matérias-primas, serviços, depreciações e amortizações. Desse valor, R$ 41,9 milhões equivalentes a 18,3% do faturamento co...

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO CENÁRIO E

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO CENÁRIO E 18% em relação ao mesmo período de 1999. Esta diferença reflete principalmente o redirecionamento das expedições da Área Madeira para atendimento do mercado interno. RECURSOS HUMANOS A remuneração ...

Leia mais

Apesar da turbulência no mercado financeiro, a Duratex não

Apesar da turbulência no mercado financeiro, a Duratex não período, uma queda de 14,5%, enquanto o Ibovespa desvalorizou-se 36,5%. VALOR ADICIONADO A Duratex gerou um valor adicionado de R$ 469,2 milhões, o que representa uma agregação de 151% sobre os cus...

Leia mais

faturamento ( mmr$ )

faturamento ( mmr$ ) redirecionamento das expedições da Área Madeira para o mercado interno em função da crescente demanda do setor moveleiro. RECURSOS HUMANOS A remuneração aos 5.880 funcionários

Leia mais

Microsoft PowerPoint - Apresenta\347\343o - Fato

Microsoft PowerPoint - Apresenta\347\343o - Fato O Conselho de Administração, em reunião de 15 de abril último, aprovou os investimentos e na mesma data foram firmados contratos com os fornecedores internacionais dos equipamentos para ambas as pl...

Leia mais

COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN

COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN Data-Base - 31/12/2001 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS

Leia mais