ERMINO ANTONIO HENDGES Senhor Ermino Antonio Hendges

Сomentários

Transcrição

ERMINO ANTONIO HENDGES Senhor Ermino Antonio Hendges
ERMINO ANTONIO HENDGES
Senhor Ermino Antonio Hendges, filho de gaúchos, de descendência
alemã e italiana, nasceu no dia 03 de dezembro de 1952, no Município de
Três Passos (RS).
Seus pais, Ivo Hendges e Maria Dominga Lângaro Hendges, enquanto
moraram no interior gaúcho, dedicaram-se ao comércio, sendo proprietários
de uma mercearia ou “bolixo”, como se diz naquela região.
Nesta época, ainda adolescente, começou a trabalhar no comércio,
ajudando
a
prover
a
comunidade
local
com
produtos
variados,
desde
alimentos até medicamentos.
Frequentou a escola até o quinto ano primário e por vários
motivos, inclusive a necessidade de deslocamento de onde morava, acabou
não dando continuidade aos estudos.
No ano de 1973, a exemplo de muitas outras famílias que migravam
do Rio Grande do Sul para Santa Catarina, seus pais decidiram se mudar
com
os
oito
filhos
para
o
Município
de
Papanduva
e
dedicar-se
a
agricultura, fixando residência na Localidade de Palmito.
Durante oito anos trabalhou, juntamente com os pais, no cultivo
de feijão, soja e milho. Porém o comércio estava no sangue e em 1981
decidiu deixar a agricultura e dedicar-se ao comércio, primeiramente
trabalhando com produtos agrícolas e posteriormente com ferragens e
materiais para construção, fundando assim a Empresa Agricol Materiais de
Construção Ltda.
Em
29
de
janeiro
de
1983,
casou-se
com
a
Senhora
Clarice
Sonaglio Hendges, advindo dessa união duas filhas, Caroline em 1984 e
Juliane em 1988.
Durante
todos
esses
anos,
desde que
chegou
a
Papanduva,
e
tomando como exemplo o seu pai, o senhor Ivo Hendges, procurou participar
e
colaborar
com
a
comunidade,
realizando
trabalhos
voluntários
em
a
da
diversas instituições.
Como
comerciante,
participou
ativamente
para
fundação
Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL e do Serviço de Proteção ao Crédito
– SPC do Município de Papanduva (SC).
Nos anos de 1987 e 1995 atuou como Vice-Presidente da Câmara dos
Dirigentes Lojistas – CDL. Em 1988 e 1992 como Diretor Secretário. Em
1993 como Diretor de Relações Públicas. Eleito nos anos de 1989 e 1997
como Presidente da referida instituição.
Nos anos de 1999, 2004 e 2006 trabalhou como Diretor do Serviço
de Proteção ao Crédito – SPC.
De 1994 a 1995 contribuiu com a comunidade deste município
atuando como Presidente da APAE (Escola Raio de Sol). De 1998 a 1999
atuou no Conselho Deliberativo. De 2000 a 2001 atuou como Diretor de
Relações Públicas. De 2005 a 2007 atuou como Segundo Diretor financeiro.
De 2008 a 2010 atuou como Diretor de Patrimônio e de 2011 a 2013 como
Diretor Social da referida instituição.
E
por
fim,
tendo
como
formação
religiosa
o
catolicismo,
trabalhou como Vice-Presidente da Comissão da Igreja Matriz São Sebastião
por quatro anos, retornado no ano de 2012 a comissão desta mesma Igreja.