Reposição - Suspensys

Сomentários

Transcrição

Reposição - Suspensys
Br a s i l c o n t a co m mais de
400 m i l Im p lem entos Rodoviár ios
C
irculam no Brasil mais de 400 mil implementos rodoviários, conforme dados da ANTT. Só de janeiro a
julho deste ano, foram emplacados mais de 32.000 produtos, sendo que cinco dos principais fabricantes
são responsáveis pela venda de aproximadamente 70% deste volume emplacado.
Atenta à demanda do mercado de reposição, a Suspensys vem investindo de forma contínua para
oferecer os seus produtos em qualquer parte do Brasil. Sendo que a Suspensys possui mais de 200
pontos de vendas autorizados distribuindo seus produtos.
Através do conhecimento de mercado e capacidade fabril, os produtos
Suspensys crescem em participação no mercado de reposição. Como
diferencial, a empresa oferece garantia e segurança de estar oferecendo
para o cliente um produto que foi projetado e testado exaustivamente.
Neste ano, os produtos campeões de venda no mercado de reposição
são: rolamentos, balancins, tambores de freio, travas de segurança,
retentores, graxas, buchas tensoras, pinos balancim e cubos de roda.
Confira nessa edição, e também na edição de dezembro, o que eles têm a mais, em relação aos produtos que os
concorrentes colocam no mercado brasileiro.
PRODUTO
ROLAMENTO 32218
ROLAMENTO 804358
EXTRA LARGO
BALANCIM
TAMBOR DE FREIO
TRAVA DE SEGURANÇA
VANTAGENS
- Durabilidade superior ao da concorrência;
- Produto utilizado na linha original;
- Aprovado através dos mais rigorosos testes e critérios de qualidade.
-Matéria-prima de alta resistência;
- Aprovado através dos mais rigorosos testes e critérios de qualidade;
- Elevada durabilidade e resistência mecânica.
- Processo de usinagem de alta precisão (dimensional/rugosidade) e
rigorosamente controlado;
- Matéria-prima da mais elevada qualidade;
- Testado e aprovado como possuindo a maior vida útil (número de
frenagens) do mercado. Atende rigorosos critérios de qualidade.
- Matéria-prima da mais elevada qualidade;
- Processo de estampagem com tecnologia e controle;
- Processo de tamboreamento incluso, melhorando o acabamento
superficial da trava;
- Perpendicularismo rigorosamente controlado.
1 2 a nos d e s u c e s s o n o B r a s i l
Cliente da Suspensys, com doze anos de atuação no
mercado brasileiro, a Rede Âncora reúne mais de 600
lojas de autopeças (linhas leve e pesada), localizadas em
13 estados e no Distrito Federal. Disponibiliza centros
®
de distribuição regionalizados com amplo estoque para
pronta entrega; um sistema web para pedidos 24 horas;
aproximadamente 170 mil itens cadastrados; e parceria
com mais de 80 fábricas. O número de pontos de venda e o
volume de negócios fazem dela a maior rede, em seu segmento, no País.
A Rede Âncora foi criada em 21 de maio de 1998 em São Paulo, SP, quando o seu fundador Álvaro
Pereira uniu-se a doze empresários com o objetivo de elaborar soluções conjuntas para a administração
Presidente da Rede Âncora,
de suas empresas. Hoje é a maior associação de comerciantes de autopeças do País e a única com
Cláudio Brondani
abrangência nacional.
Desde o início a rede organizou-se como Sociedade Anônima, de capital fechado, com as empresas participando de cotas iguais.
Mantendo-se a individualidade e autonomia de cada membro, cuja administração é independente, a gestão integrada de produtos e a
atuação em conjunto possibilitam atingir volume considerável de negócios, permitindo menores custos e outros benefícios.
Manutenção
Cuidados com a conservação da FS 250 - PARTE 2
Troca de bucha
- Para a troca da bucha de borracha do braço,
deve ser utilizado um dispositivo específico, que
facilita a retirada e a montagem da nova bucha
Utilizar dispositivo e
no olhal do braço.
- Na montagem da nova bucha deve ser utilizado
líquido lubrificante para
um líquido lubrificante para facilitar o alojamento
efetuar a troca da bucha
da bucha de borracha no olhal do braço. Este
líquido possui característica lubrificante quando em
estado líquido. Após a secagem, atuará como um aderente entre o olhal metálico e a bucha de borracha. Não é recomendado outro
tipo de lubrificante como graxa, óleo, vaselina ou outro componente não especificado, pois os mesmos podem danificar a borracha e
prejudicar o funcionamento do conjunto.
Pressão de ar nas molas pneumáticas
- A pressão de ar nas molas pneumáticas deve estar sempre
compatível com a carga transportada. Seguir a indicação no
manual do fabricante. O excesso de pressão deixa o veículo
extremamente rígido, prejudicando a estrutura do conjunto.
Por outro lado, se tiver operando com pressão inferior à
recomendada, terá a estabilidade do produto prejudicada e
atuará em batente, danificando o conjunto da mola pneumática
e a estrutura do veículo.
Veículo em manobra
Pressão de ar nas molas
pneumáticas deve seguir
a indicação do manual
do fabricante
- Em veículo com configuração de eixos, recomenda-se suspender um dos eixos, quando em manobra. Esta operação evitará
arrastes que prejudicam a suspensão, pneus e a estrutura do chassi do veículo.
Publicação da área de Marketing da Suspensys
Av. Abramo Randon, número 1262 • Caxias do Sul • RS • Brasil • Fone: (54) 3209.3999 • e-mail comercial: [email protected]
Home page: www.suspensys.com • Conselho Editorial: Eduardo Dalla Nora, Roselene Cherobin e Leandro Corrêa.
Edição: Ana Maria Cemin - mtb 6574 - Bureau Comunicação • Diagramação: DKW Brandesign • Fotos: Arquivo Suspensys • Impressão: Grafilme
Tiragem: 1000 un. • É permitida a reprodução dos textos, desde que citada a fonte.