Saiba mais da Semana Santa em Quito

Сomentários

Transcrição

Saiba mais da Semana Santa em Quito
semanasantaquito.com
2016
EDITORIAL
QUITO VIVE A ESPIRITUALIDADE e ritual durante a Semana Santa.
O capital torna-se um destino turístico cobiçado pelas várias cerimônias
litúrgicas e eventos culturais como caudas arrastando, o percorrido pelos sete
monumentos, procissões de Jesus del Gran Poder e do Silêncio, ea solene
Missa Pontifical da Ressurreição.
Os visitantes de Quito têm a oportunidade de testemunhar a fé popular e
maravilhe-se com alguns dos mais notáveis igrejas coloniais, que será o
cenário para o Festival Internacional de Música Sacra XIV.
Participar e ser surpreendido com os rituais que permanecem nas paróquias
distritais. Este é um convite para desfrutar das delícias gastronômicas da
temporada: Fanesca saborosa, o tradicional pudim (arroz com leite) e os
deliciosos figos com queijo.
Experimente a Semana Santa em Quiteña.
Guía Turística
Semana Santa Quiteña 2016
Es una publicación de:
MINISTERIO DE TURISMO y la
EMPRESA PÚBLICA
METROPOLITANA QUITO TURISMO
Año 2016
Procure na internet as
transmissões ao vivo de
concertos e do Arrasto de
caudas.
Se permite reproducir el material
informativo de este boletín.
Contenidos: Quito Turismo Ministerio de Turismo
Diseño Gráfico y foto portada: Francisco
Veintimilla R. - Quito Turismo
semanasantaquito.com
2993 300 Ext. 1000
[email protected]
Ilustración: Tomado del libro de Alcide D´ Orvigny, Voyage das les deux Amériques...París, Furne, 1853.
A partir de la descripción de M. de Raigecourt. Dpto. de Documentación Banco Central del Ecuador
Igrejas, praças e centros culturais do Centro
Histórico
Foto: Esteban Padilla
Foto: Santiago Pérez - Quito Turismo
RECONHECIMENTO DAS
MELHORES FANESCAS
Convento de San Francisco - Entrada com
convite
BÊNÇÃO DE RAMOS E
MISSA CAMPAL
Praça de San Francisco
PERCORRIDO PELOS
SETE MONUMENTOS
La Concepción, Iglesia de Santa Clara, Carmen
Alto, San Francisco, A Companhia de Jesus, A
Cathedral e, San Augustine
Vamos poder apreciar pence
florais nas cruzes dessas
igrejas.
PROCISSÃO DA LUZ
O percorrido começa na Igreja da Basílica e
termina na Igreja de Santo Domingo
FEIRA DE ECO-RAMOS ARTESANAL
Praça de San Francisco
ARRASTRO DE CAUDAS
A Catedral
O Streaming do Arraste de
caudas será transmitido na
Plaza Grande, Quicentro
Shopping, Quicentro Sul, Os
Granados, San Marino
Shopping em Guayaquil, ea
Fábrica de Malte em
Latacunga.
www.semanasantaquito.com
PROCISSÃO JESUS DEL GRAN
PODER (CENTRO HISTÓRICO)
Praça de San Francisco, percorrido das ruas
Bolívar, Venezuela, Manabi, Vargas, América,
Riofrío, Venezuela, Manabí, García Moreno e
Sucre
PROCISSÃO JESÚS DEL
GRAN PODER (SUR)
O percurso começa na Igreja de Nossa Senhora
de Quinche (Barrio La Union)
Foto: Santiago Pérez - Quito Turismo
XI FESTIVAL INTERNACIONAL
DE MÚSICA SACRA
Foto: Archivo Fundación Teatro Nacional Sucre
Foto: Luis Chandi
Foto: Archivo Fundación Teatro Nacional Sucre
Calendário
Litúrgico
Foto: Diego Bolaños
Foto: Procesión del Sur
Paróquias
MISSA PONTIFICAL DA
RESSURREIÇÃO DE CRISTO
A Catedral - Plaza Grande
PROCISSÃO DAS
ANDAS EM PUELLARO
Central Park
Foto: Santiago Pérez - Quito Turismo
Foto: Ximena Cueva - Quito Turismo
PROCISSÃO DO SILÊNCIO
Igreja de Santo Domingo, percorrido pelas ruas
Rocafuerte, Leopoldo Salvador, dos Milagres,
Montufar, Pereira, Flores, Sucre, Garcia Moreno,
Rocafuerte, Plaza de Santo Domingo.
A partir de 20:30 até cerca de 01:00,
na Basílica de San Pedro de Puellaro,
tem lugar a Procissão de Terça-feira
Santa, recordando a paixão de Cristo.
Neste percorrido sair 12 andas com
conteúdo de passagens bíblicas,
como a oração no Jardim, A coroa de
espinhos, O Senhor da Coluna, entre
outros.
PROCISSÃO DE DEMÔNIOS
EM LA MERCED
Av. Ilaló
Representação dos últimos dias de
Jesus na presença de toda uma gama
de atores: a partir de Pôncio Pilatos
ate os semitas. Também para
Pingullero, ele está colocando som
fino e triste de funeral. No final da
cerimônia, Cristo morreu e nesse
momento explodam as camaretas.
Naquele momento, os demônios
aparecem em toda ao redor da
paróquia.
LAVAGEM DOS PÉS EM PERUCHO
Central Park
BÊNÇÃO DE FOGO
O lava-pés é a encenação da Última
Ceia. Onde participar doze pessoas
previamente escolhidas; o sacerdote
começou a lavar os pés, lavá-los,
secá-las e dar-lhes um beijo, em
meio a canções e louvores. Posterior
é a Exposição do Santíssimo sob
custódia é então realizada. Termina
com o início do luto igreja, vestendo
de mantas negras todas as imagens.
Foto: Diego Bolaños
Central Park de Alangasí
Foto: Sebastián Almeida - Quito Turismo
MISSA DA RESSURREIÇÃO
ALANGASI E LA MERCED
Igreja Paroquial
Os participantes se reunirão às
09:00 no Parque Central de
Alangasí, onde se faz a subida do
monigote, que está representando
ao diabo. Mais tarde, às 12:00,
prosseguimos com a Missa da
Ressurreição, e, finalmente, às 13:00
terá lugar a Procissão de Páscoa em
torno do Central Park de Alangasí.
Fotos: Santiago Pérez - Quito Turismo
Foto: Diego Bolaños
Foto: Archivo Quito Turismo
Foto: Francisco Veintmilla - Quito Turismo
Os participantes se reúnem na
Igreja de St. Thomas de
Alangasí. Depois vai se dar o
sermão do Sábado de Gloria ea
bênção de fotos e água; depois,
às 20:30, vai se dar o ritual dos
demônios na Sede Social da
Paróquia.
o
ín
Juan
Larre
a
C
Pr on
ov se
in j o
cia
ed
a
am
Al
V. León
Cevall
Vaallp
paraiso
o
Pedro
ro Calilixxto
A. A
lm
eid
a
J. J
im
én
ez
Jun
ra
Los Ríos
das
o
Chile
An
A
nttto
n
ofagasttaa
T
M er
Lo ar min
s C ín al
os
hi
Los Ríío
llo
s
Lau
ren
cio
Silv
a
na
ana
lan
Incclla
Oñ
ñaa
Jijó
n
vad
or
Sal
ño
te
eral
Olmed
erímn
ejo
Jo
sé
Ju
an
Pío
Mo
nt
úfa
r
Ju
s
de
Pa
re
ice
nce
on
Co
Man
os
ala
io
ien
Don Bo
sco
Esp
an
GU
Do S
m ant
in o
go
ela
Ve
ne
zu
ja
cio
Br
ntepa
Or
Ju
nín
Lo
ice
n
to
José A
os
Gr Pla
an za
de
Flo
res
UIL
AY
AQ
Ga
rcí
aM
or
en
o
ca
en
Cu
na
ba
AV
:P
ICH
INC
HA
ela
ezu
Ve
n
al
in za
m
a
r l ín
Te P ar
M
le
ira
Am
AV. AM
ÉR
Farget
en
el
a do
z
a r
Pl eat
T
Chi
Per
e
ro
F. de C
a
Esm
Su
cre
Pe
d
ldas
ca
en
Me
jía
va
r
M
B
Ce anc
nt o
ra
l
ien
te
Ga
rcí
aM
o
Cu
S
Pr an
Va isca ta
rg
as
San
Or
za
r
Be
na
lcá
bu
ra
Im
ba
les
Ven
Jua
n
Parque
ar
Ga
Ga
García
M
Moreno
Cu
en
ca
í
ed
olí
nas
Parque
Alamed
or
Im
ba
bu
ra
Co
to
pa
xi
al.
Mi
res
Gr
i
s
ue
rte
Are
nte
lda
caf
Sim
ón
B
a
Ca
pe
z
Ca
hec
e
F. d
Ló
e
os
V. R
o
es
oC
ag
ago
es
al
pi
nio A
l ap
Gá
I. de Santi
ros
I
ab
a
ile
Anto
ell
Santa Clararch
CORREDOR DE TRÓLEBUS
Ma
n
Ch
ov
Jua
n Pa
blo
Parque
Parqu
q
Matovelle
Ma
atove
Gá
l ap
ag
os
Esm
era
lda
s
Olm
at
Carmen Alto
CORREDOR CENTRAL NORTH
Me
jí
de
za
San Francisco
Or
La Compañía
ien
te
o
CORREDOR DA ECOVÍA / SOUTH EAST
ile
gos
Be
na
lcá
za
r
Ba
arío
M
Ve
ne
zu
ela
Ce
ne
pa
Mar
iano
Ont
a ne
da
Río
La Cathedral
pi
bah
Sistema de Transporte
oy Publico
Ch
én
D
Carchi
rcchi
La Concepción
Mi
gu
el
lio
Procissão de Jesús del Gran Poder
St. Augustine
El T
eja
r
Ju
Rub
Procissão do Silêncio
Sete monumentos
os Air
ian
Guate
Procissão do Domingo de Ramos
mala
Condorrc
cunga da Luz
Procissão
Gál
Buen
Fel
ic
Haittí
H
M erm
ig a
ue n
l o
Tapi
Bambo
ná
Piin
neda
e Junio
Mi
La Hab
ana
Anto
oniio
o
Buga
N. M
artin
ez
Morg
gan
San M
tteeo
SIMBOLOGIA
go
iofrío
Monte
vid
deo
pez
Die
José R
N
Inde
Avaliação
de Quarta-feira Santa
(Arraste de Caudas)
A avaliação chegou para a Catedral
de Quito em 1550 como sufragânea
de Lima e hoje é um ato que só
praticada aqui. Consiste na
procissão dentro da Catedral onde
participar oito bispos vestidos de
luto envolvidos com camadas
magnos (caudas) de cor roxa,
acompanhada por dois acólitos
para cada um dos seus lados e
ajudada de um terceiro que leva a
camada.
Para capturar o espírito e os méritos
de Cristo crucificado e ressuscitado.
Em seguida, se bate a bandeira três
vezes da direita para a esquerda, ele
se vira e bate novamente sobre os
Cânones de joelhos. Caminhe até o
fim do coro baixo da igreja e retorna
novamente para o altar onde bate
três vezes mais sobre os Cânones,
que agora estão prostrados no chão.
QUE
Fotos: Francisco Veintimilla R. - Quito Turismo
ESTE É UM RITUAL FUNERAL DE ORIGEM ROMANA,
HOMENAGEIA AOS GERALES CAÍDOS NA BATALHA.
Arcebispo fecha esta marcha, que é
o celebrante principal e carrega em
suas mãos um relicário com
vestígios da cruz original (Lignum
Crucis), onde Jesus morreu.
Em seguida, aborda a assembléia dos
fiéis e atinge o chifre três vezes para
que os sacerdotes que se encontram
deitados no chão se coloquem de pé,
como um sinal de ressurreição.
No altar, o arcebispo toma a grande
bandeira negra com uma cruz
vermelha no centro, simbolizando o
luto e sangue de Cristo triunfante.
Lá, com fundo do som do Hino
Vexillia Regis, o sacerdote toca a
Altar com a bandeira simulando
contatar com o corpo de Jesucristo.
A avaliação conclui com a benção do
Lignum Crucis para todos os presentes.
ARRASTRE DE CAUDAS
Catedral Primada de Quito
Assistir a transmissão ao vivo
www.semanasantaquito.com
Fotos cruces: Francisco Veintimilla R. - Quito Turismo
EM TEMPOS DE PÁSCOA
(SEMANA SANTA),
O mundo católico atende a
determinados rituais tradicionais
que expressam a devoção e
respeito à comemoração da paixão,
morte e ressurreição de Jesus.
Entre eles, visitar os sete
monumentos (ou sete igrejas)
durante a Quinta-feira Santa.
Os sete
monumentos:
Um passeio de
tradição
Procissão da Luz
Foto: Eduardo Flores
O passeio começa e termina na Basílica de Santo
Domingo
O passeio começa na Basílica e termina
na igreja de Santo Domingo
Esta manifestação religiosa vai visitar as
Sete Cruzes com artistas do Ballet
Folklorico Jacchigua e personagens
como imagens da Virgem de Legarda,
Dolores, La Merced, El Quinche,
Guadalupe; cones, monges e monjas
junto ao Santo Sepulcro. Lanternas e
velas acesas acompanhar a procissão.
Esta tradição nasceu em Roma em
1559 - quando San Felipe Neri
organizaram visitas regulares às
sete igrejas na companhia de
sacerdotes e religiosos, e isso foi
replicado no mundo. Em Quito, o
costume inclui um passeio da
maioria das igrejas no Centro
Histórico, que pela tarde de
Quinta-feira Santa abrem suas
portas pare receber aos peregrinos.
Recomendamos que visitasse os
seguintes templos: A Igreja da
Conceição, Igreja de Santa Clara,
igreja de Carmen Alto, San
Francisco, La Companhia de Jesus,
La Catedral de Quito e St.
Augustine.
Estes sites representam o caminho
que Jesus fez do local da Última
Ceia para o Jardim das Oliveiras, e
deste site para as casas de Anás e
Caifás. Também recorda o seu
trânsito para a sala de julgamento
de Pilatos, a casa do rei Herodes, a
segunda visita a Pilatos e
caminhada para o Calvário, com a
cruz no reboque.
Todos os templos são decorados
de forma especial para a visita dos
fiéis. Alguns cobrir as suas imagens
com finos veludos roxos, imagens
presos de Jesus ou mostrar as
esculturas de Cristo lastimado.
Contemple as oferendas de flores
nas 7 cruzes
Você pode imaginar viver uma
Semana Santa (Páscoa) junto à
comunidade franciscana?
Ou talvez ver-se uma escola de
artes e ofícios que trabalha para
restaurar obras patrimoniais?
E desfrutar de uma cerveja
preparada de acordo com as mais
antigas receitas monásticas?
O plano de gestão para a
reabilitação do Convento de San
Francisco de Quito está em
andamento.
Você pode fazer a sua doação para a
CTA. Corrente. No 2100082755 - BCO. PICHINCHA
O Festival Internacional de Música Sacra é
uma das expressões mais importantes da
Semana Santa (Páscoa) de Quito. Inclui
recitais com louvor com tunes do século
XVII à música contemporânea, com artistas
da mais alta qualidade que pertencem a
diferentes países.
Os locais são de grande riqueza
arquitetônica e histórica, muitos desses
lugares abrem suas portas apenas para este
evento.
INGRESSOS GRÁTIS
ATEM PREENCHER O LUGAR
Fideicomiso “Convento San Francisco de Quito”
www.unesco.org/quito
12 RELATIVAS FANESCAS
Evento de reconhecimento para
as 12 receitas de fanescas que
ainda mantêm a tradição e
sabor do prato emblemático da
Semana Santa de Quito. O
estudo e pesquisa para este
reconhecimento estão a cargo
da Universidade das Américas
junto com Quito Turismo, que é
responsável pela promoção
estabelecimentos de renome
por seu tempero e receita
tradicional.
Foto: UDLA
Em www.semanasantaquito.com
você pode saber o que e onde
estas
referências
dos
restaurantes Cocina Quiteña
estão localizadas.
•
Curiosidades da
Fanesca que
você precisa
saber
É UM DOS PRATOS ANO
MAIS ESPERADOS DO ANO E
UMA IMPERDIBLE DA
COZINHA DE QUITO. SAIBA
MAIS SOBRE ESTE GUISADO
DE ORIGENS PRÉ-HISPÂNICAS
Fanesca é uma culinária de grãos e
peixe seco que é preparado no
Equador, durante a época da
Páscoa. Sexta-feira Santa é o maior
dia da preparação e consumo deste
alimento.
•
A palavra "Fanesca" não foi
reconhecida pela Real Academia da
Língua Espanhola até 2001,
quando foi incluído como um
ecuatorianismo,
este
prato
tradicional.
•
Diz-se que a preparação é feita com
12 grãos de base que representam
os apóstolos e as tribos de Israel,
enquanto o bacalhau simboliza
Jesus Cristo.
•
O Ushucuta seria o prato
pré-hispânico que originou o
Fanesca. A sua preparação se
trata de cozinhar os grãos com
abóboras andinos.
•
No assentamento e com a
evangelização,
o
feijão
(ushucuta) foi combinado com o
contributo dos conquistadores
que incluíram laticínios e peixe
na sua preparação; tendo este
último que ser usado salgado e
seco para preservação.
•
Anteriormente,
acreditava-se
que a família que convidar a
FANESCA a outros, não lhes
faltará comida durante todo o
resto do ano.
•
Segundo a tradição católica,
alguns ingredientes representar
santos e personagens sublimes.
Por exemplo, o milho simbolizar
San Pedro, pelo número de filhos
e netos que ele tinha, e pelo
cabelo de milho que se
assemelha
a
sua
barba.
Enquanto as tranças de cebola
representar a Virgem Maria, e
também ao chop faz chorar
mulheres, representando as
lágrimas da mãe de Jesus na
Cruz.
Ramos ecológicos, sem
utilizar as folhas de palmeira
O Ministério do Turismo, o Ministério do
Ambiente e Quito Turismo se preocupam
com a preservação da palma. É por isso
que recomendamos o uso de materiais
alternativos para fazer os ramos.
FEIRA - EXPOSIÇÃO DE ECO-RAMOS
Prédio Comercial Quito
Plaza de San Francisco
Fotos: Francisco Veintmilla - Quito Turismo
PARA TRADIÇÃO CATÓLICA
É um dia em que é celebrada uma vitória,
a entrada de Jesus em Jerusalém com o
reconhecimento de um rei. Neste dia da
celebração da Missa começa com a
bênção dos ramos que levam os fiéis. No
entanto, o costume de incluir a palma de
em fazer estes ramos colocou em risco o
ecossistema, porque é a fonte de
alimento e abrigo para várias espécies de
aves selvagens, especialmente os
papagaios.

Documentos relacionados

seminario en línea expertos en la ciudad de quito

seminario en línea expertos en la ciudad de quito Visita do Centro Histórico – todo o dia Evento Cultural disponível (Casa de la Música, Teatro Sucre, Teatro Bolívar…)

Leia mais

INFORMAÇÃO ÚTIL PARA A VIAGEM

INFORMAÇÃO ÚTIL PARA A VIAGEM geologia. Na região andina, a temperatura oscila entre 10°C e 22°C (50°F e 72°F) durante o ano ("pode experimentar as quatro temporadas num dia"). Devido a grande altitude e a proximidade da linha ...

Leia mais