Imaginário da II.ª - Núcleo Cego do Maio

Сomentários

Transcrição

Imaginário da II.ª - Núcleo Cego do Maio
 Imaginário da IIª secção Karol Wojtyła -­‐ IIª Grande Guerra O teatro e a vida Polónia, 1939 Aos 19 anos de idade, Karol Wojtyła junto do seu amigo judeu Jerzy Kluger pratica a sua arte favorita…a arte da representação. Durante a guerra, Kluger e seu pai foram presos pelos russos e enviados para um "gulag" (campo de trabalhos forçados) na Sibéria. Karol Wojtyła promove a resistência cultural incentivando a dramatização de peças de autores polacos, como forma de devolver o orgulho ao seu povo. Em 6 de Agosto de 1944 No chamado "Domingo Negro", a Gestapo reprime qualquer resistência, prendendo quem se opunha à ocupação. Karol escapou escondendo-­‐se no porão da casa de um tio, enquanto as tropas alemãs vasculhavam os andares superiores. Mais de oito mil homens e rapazes foram levados presos naquele dia, mas Karol conseguiu depois escapar para o palácio do arcebispo, onde ele permaneceria até a retirada dos alemães. Mesmo assim, Karol conseguiu ajudar uma rapariga judia de 14 anos chamada Edith Zierer, que tinha fugido de um campo de concentração nazi em Częstochowa. Edith havia desmaiado na plataforma de trens e Karol a carregou e ficou com ela durante toda a viagem até Cracóvia. As forças aliadas reúnem-­‐se na base. Juntos, eles vão lutar pela vitória contra as forças de ocupação nazis. A base está dividida em 3. O grupo América/pacífico, com as forças do continente americano e da Oceania. O grupo Europa com as forças de resistência francesas, inglesas, belgas, norueguesas, etc. O grupo Africa/Ásia, com as forças da Índia, Filipinas, China, África do Sul, etc. Em conjunto a sua missão é combater e vencer o regime nazi e as suas teorias da superioridade da raça ariana e de eliminação das outras raças consideradas biologicamente inferiores. As forças aliadas saem da base e fazem o desembarque na Normandia. As forças aliadas fazem a manutenção da base com diversas atividades. Entretanto é dada a notícia que as forças nazis lançaram a ofensiva “Campanha Ardenas-­‐Alsácia” que faz perigar as forças aliadas. Estas têm de se lançar ao encontro do inimigo para evitar o desastre e garantir a vitória final…é a Batalha das Ardenas. Após a vitória nas Ardenas os aliados festejam com uma grande festa. Agradece-­‐se a Deus pelo fim da guerra e início de uma paz que se quer duradoura. Os soldados nazis rendem-­‐se e os estandartes nazis são destruídos. 1 

Documentos relacionados

jogava futebol

jogava futebol publicação com as memórias do Papa polaco e de seus amigos, amigas, vizinhos e professores. Fala sobre a sua infância e adolescência em Wadowice, como era, de que estava interessado e como passava ...

Leia mais