Lâminas UC 6

Сomentários

Transcrição

Lâminas UC 6
Lâminas UC 6
Seta – células gigantes multinucleadas com
células epitelioides (macrófagos) ao redor.
Ulceração – Lâmina de apendicite aguda.
Apendicite aguda.
Apendicite aguda.
Seta – Necrose de coagulação no glomérulo.
Necrose de coagulação.
Necrose de coagulação.
Lâmina de degeneração gordurosa – Fígado.
Degeneração gordurosa.
Degeneração gordurosa – fígado.
• É reversível;
• Acumulo de gordura em células que metabolizam gordura.
• Presença de núcleos;
• Vacúolos citoplasmáticos de limites precisos
Seta – granuloma. Dentro da parte roxa, tem
calcificação distrófica.
Degeneração hialina zenker.
Degeneração hialina.
Degeneração hialina.
Degeneração hialina zenker.
• Acumulo de proteínas desnaturadas dentro da célula;
• Acontece em processos inflamatórios muito graves (toxinas/altas
temperaturas);
• É reversível;
• Grande eosinofilia citoplasmática;
• Nucleos periféricos.
Lamina de degeneração hialina. Seta – sem
degeneração (presença de fibras).
Lamina de pneumonia purulenta.
Pneumonia purulenta.
• Infiltrado de neutrófilos;
• Ainda se vê um pouco do arcabouço tecidual.
• Aguda.
Pneumonia purulenta.
Lamina de necrose caseosa – pulmão.
Necrose caseosa – pulmão.
• Bem eosinofílica;
• Anel de fibroblastos;
Inflamação crônica.
• Predomínio de macrófagos
e linfócitos;
• Presença
de
células
epitelioides
e
células
gigantes.
• Granuloma (necrose + anel
de macrófagos + anel de
linfócitos
+
anel
de
fibroblastos)
Necrose liquefativa por heterólise.
• Região eosinofílica;
• Neutrófilos morrendo;
• Perda do arcabouço celular;
• Destruição do tecido;
• Resto de infiltrado inflamatório.
Inflamação aguda – Apendicite.
• Grande quantidade de linfócitos/neutrófilos;
• Infiltrado fibrinopurulento;
• Hiperemia – vasos repletos de sangue;
• Piócitos (neutrófilos);
Granuloma.
Necrose liquefativa por autólise – cérebro.
• Perda do arcabouço
celular;
• Áreas
esbranquiçadas;
• Quase não há células
imunológicas.
Necrose liquefativa por autólise.
Hipertrofia do miocárdio.
Hipertrofia do miocárdio.
Hipertrofia do miocárdio.
• Núcleos mais centrais e nítidos;
• Proteínas não desnaturadas;
• Mais vermelho que rosa.
Hiperplasia prostática
Ocorre no epitélio que deixa de ser simples e passa a ser estratificado.
Pneumonia granulomatosa.
Presença de granulomas;
Presença de células
gigantes tipo langerhans;
Presença de macrófagos
e linfócitos;
Inflamação crônica.
Pneumonia granulomatosa.
Úlcera péptica.
Úlcera.
Úlcera de pele.
Úlcera de pele.
Tecido de granulação.
Queloide.