Baixar - NEEJA

Сomentários

Transcrição

Baixar - NEEJA
NEEJA- NUCLEO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E
ADULTOS
CULTURA POPULAR CONSTRUINDO UM NOVO MUNDO
APOSTILA DE GEOGRAFIA – ENSINO FUNDAMENTALMÓDULO 4
PROFESSORAS
SANDRA M. CASSOL SCHERER
IVONE VENDRUSCULO
O
TERRITÓRIO
LOCALIZAÇÃO.
BRASILEIRO-
FORMAÇÃO
REGIONALIZAÇÃO
E
O Brasil por sua amplitude territorial, é considerado um país de dimensões continentais.
Tanto no sentido norte-sul quanto no sentido leste-oeste, ele apresenta grande extensão.
Em relação a superfície terrestre o Brasil está localizado totalmente no hemisférios Ocidental,
isto é, a oeste do meridiano de Greenwich. Além disso, 93% das terras brasileira encontram-se no
hemisfério sul, isto é a sul da linha do Equador; enquanto 7% estendem-se pelo hemisfério norte, ou
seja a norte da linha do Equador.
Para localizar corretamente a posição do território brasileiro, assim como de qualquer outro
lugar terrestre, utilizamos as coordenadas geográficas, isto é, as latitudes e as longitudes.
Em relação ao subcontinente sul-americano o Brasil se encontra localizado na sua parte centro
oriental.
O MEIO AMBIENTE –
O Brasilé um país com enorme extensão territorial: apresenta área de 8.514.876 km², sendo
seu território dividido em Regiões.
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é o órgão responsável pela divisão
regional do território brasileiro. Para reunir estados em uma mesma região são utilizados critérios
como semelhanças nos aspectos físicos, humanos, culturais, sociais e econômicos.
Muitas divisões regionais do território brasileiro já foram estabelecidas ao longo da história,
atualmente está em vigor a divisão estabelecida no ano de 1970, que é composta por cinco Regiões:
Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sul e Sudeste.
DIVISÃO REGIONAL DO BRASIL
A Região Centro-Oeste é composta pelos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do
Sul e pelo Distrito Federal. Sua área é de 1.604.850 km², ocupando aproximadamente 18,8% do
território do Brasil, tendo a segunda maior extensão territorial entre as regiões brasileiras, sendo
menor apenas que a Região Norte.
Conforme contagem populacional realizada em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística (IBGE), a população total do Centro-Oeste é de 14.058.094 habitantes, cuja densidade
demográfica é de 8,7 habitantes por quilômetro quadrado.
O Nordeste brasileiro é formado pelos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do
Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. Sua área é de 1.554.257,0 km². Abriga uma
população de aproximadamente 53.081.950 habitantes, esses estão distribuídos em nove estados. O
grande número de cidades litorâneas contribui para o desenvolvimento do turismo na região.
A Região Norte é composta pelos estados de Roraima, Acre, Amapá, Amazonas, Pará,
Rondônia e Tocantins. Está localizada entre o maciço das Guianas, ao norte; o Planalto Central, ao
sul; a cordilheira dos Andes, a oeste; e o oceano Atlântico, a noroeste. Sua extensão territorial é de
3.853.397,2 km², sendo a maior região do Brasil, corresponde a aproximadamente 42% do território
nacional. Possui uma população de cerca de 15,8 milhões de habitantes.
A Região Sudeste
Os estados que formam a região Sudeste são: Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e Rio
de Janeiro. Situa-se na parte mais elevada do Planalto Atlântico, onde estão as serras da Mantiqueira,
do Mar e do Espinhaço. Sua extensão territorial é de 924.511,3 km². Abriga uma população de
80.364.410
habitantes,
correspondendo
a
aproximadamente
40%
do
contingente populacional brasileiro. A densidade demográfica é de 87 habitantes por quilômetro
quadrado,sendo a região mais populosa e povoada do país.
A Amazônia, ,(também chamada de Floresta Amazônica, Selva Amazônica, Floresta
Equatorial da Amazônia, Floresta Pluvial ou Hileia Amazônica) é umafloresta latifoliada úmida que
cobre a maior parte da Bacia Amazônica da América do Sul. Esta bacia abrange sete milhões de
quilômetros quadrados, dos quais cinco milhões e meio de quilômetros quadrados são cobertos pela
floresta tropical. Esta região inclui territórios pertencentes a nove nações. A maioria das florestas está
contida dentro do Brasil, com 60 por cento da floresta, seguida pelo Peru com 13 por cento e com
partes menores na Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e França (Guiana
Francesa). Estados ou departamentos de quatro nações vizinhas do Brasil têm o nome de Amazonas
por isso.
A Amazônia representa mais da metade das florestas tropicais remanescentes no planeta e
compreende a maior biodiversidade em uma floresta tropical no mundo. É um dos seis grandes
biomas brasileiros.
No Brasil, para efeitos de governo e economia, a Amazônia é delimitada por uma área
chamada "Amazônia Legal" definida a partir da criação da Superintendência do Desenvolvimento da
Amazônia (SUDAM), em 1966. É chamado também de Amazônia o bioma que, no Brasil, ocupa
49,29% do território e abrange três das cinco divisões regionais do país (Norte, Nordeste e CentroOeste), sendo o maior bioma terrestre do país. Uma área de seis milhões de hectares no centro de sua
bacia hidrográfica, incluindo o Parque Nacional do Jaú, foi considerada pela Organização das Nações
Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, em 2000 (com extensão em 2003), Patrimônio da
Humanidade.
A Floresta Amazônica foi pré-selecionada em 2008 como candidata a uma das Novas 7
Maravilhas da Natureza pela Fundação Sete maravilhas do mundo moderno. Em fevereiro de 2009, a
Amazônia foi classificada em primeiro lugar no Grupo. E, a categoria para as florestas, parques
nacionais e reservas naturais.
O nome "Amazônia" deriva das amazonas, mulheres guerreiras da Mitologia grega. Segundo
a lenda, as amazonas pertenciam a uma tribo, comandada por Hipólita, que não aceitava homens: as
crianças de sexo masculino eram mortas ao nascer.
"Amazonas" é o nome dado pelos gregos às mulheres guerreiras. O termo "Amazônia", no
sentido de região, foi utilizado pela primeira vez em "O País das Amazonas", do barão Santa Anna
Néri (1899).
A Região Sul é formada pelos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Sua
extensão territorial é de 576.409,6 km². Sua população é estimada em 27,3 milhões de habitantes.
A FAUNA E A FLORA NO BRASIL
O Brasil possui em seu meio ambiente a maior biodiversidade do planeta. Dono das maiores
reservas de água doce e de um terço das florestas tropicais que ainda restam no mundo, ele possui
sete biomas: Amazônia, Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, Pantanal, Costeiro e Pampas.
Dentre os biomas brasileiros, a Amazônia, maior floresta tropical úmida do mundo, é o
destaque nacional e também global, possuindo a maior variedade de vida da Terra. O Cerrado,
conhecido como “savana brasileira”, apresenta uma vegetação adaptada à escassez de nutrientes e,
ainda assim, possui uma grande biodiversidade animal e vegetal. O Pantanal, por sua vez, é a maior
área alagada da América do Sul e do mundo e possui uma grande diversidade biológica adaptada às
mudanças entre períodos alagados e secos.
Já a Caatinga brasileira possui solos pedregosos e secos, porém apresenta uma grande riqueza
de ambiente e espécies. O bioma dos pampas, ou campos sulinos, possui a maior biodiversidade
concentrada na fauna. Do contrário, a Mata Atlântica tem na biodiversidade a sua principal
característica, sendo considerada como uma das áreas mais ricas em espécies da fauna e da flora
mundial. Por fim, o bioma Costeiro compõe-se de vários ecossistemas que formam o litoral
brasileiro: manguezais, restingas, dunas, praias, ilhas, costões rochosos, baías, brejos e recifes de
corais, entre outros.
A POPULAÇÃO E O TRABALHO NO BRASIL
A POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA (PEA), é composta de pessoas de 10 a 65
nos de idade, que estão trabalhando ou procurando emprego.Ao contrário da PEA, a POPULAÇÃO
ECONOMICAMENTE INATIVA compreende a parcela da população que está sem ocupação ou
que não está procurando emprego, como as donas de casa, os estudantes e os aposentados.
Ao considerar pessoas em idade ativa aquelas com 10 anos de idade ou mais, a metodologia
do IBGE entra em desacordo com as disposições do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA),
que proíbe qualquer trabalho amenores de 16 anos de idade, exceto na condição de aprendiz a partir
dos 14 anos.
Segundo a Pesquisa nacional por Amostra de Domicílios de 2003 (PNAD 2003), realizada
pelo IBGE, o Brasil apresentava cerca de 90 milhões de pessoas compondo a PEA. Desse total, mais
de 50 milhões correspondiam a homens e quase 40 milhões, a mulheres.
Cerca de 20% das mulheres brasileiras se encontram fora da PEA, fazendo trabalhos domésticos. A
participação feminina no mercado de trabalho vem crescendo a cada ano, fazendo com que o número
de
mulheres
na
PEA
esteja
próximo
ao
número
de
homens.
A situação de trabalho é bastante desigual entre homens e mulheres:
Em média, as mulheres recebem remunerações mais baixas que os homens, ainda que
exercendo as mesmas funções;
Os homens têm mais promoções, chegando mais rapidamente a cargos de chefia.
3. Em momentos de crise econômica, as mulheres são as primeiras a ser demitidas.
4. Há mais mulheres no mercado informal, trabalhando sem registro e nenhum tipo
de benefício, do que homens.
5. Muitas mulheres são vítimas de assédio sexual no trabalho.
Todos esses dados indicam que o preconceito em relação à mulher ainda existe no mercado de
trabalho brasileiro. Além disso, há o desrespeito a direitos conquistados, como a licença maternidade
e a licença para amamentar.
A População Economicamente Ativa distribui-se em três setores da economia:
PRIMÁRIO, SECUNDÁRIO e TERCIÁRIO.
1. SETOR PRIMÁRIO - constituído pelas atividades agropecuárias e extrativas.
2.SETOR SECUNDÁRIO – compreende as atividades industriais.
3. SETOR TERCIÁRIO – formado pelas atividades de comércio, de prestação de serviços e
da administração pública.
Até meados do século XX, as atividades agropecuárias e extrativas concentravam a maior
parte da população trabalhadora. Com a intensificação do processo de industrialização, mais pessoas
passaram a exercer atividades nos setores secundário e terciário. Nas últimas décadas, o emprego nas
indústrias também diminuiu, já que muitas foram modernizadas com a instalação de equipamentos e
a robotização, substituindo a mão-de-obra dos trabalhadores na produção.
O setor terciário, foi o que mais cresceu, concentrando cerca de 60% do total da PEA em
2000. São trabalhadores atuando na administração pública, no comércio e na prestação de serviços,
nos mais diversos ramos: transportes, educação, saúde, lazer, telecomunicações, sistemas bancários,
turismo etc.
A criação de novos postos de trabalho no setor terciário é insuficiente para absorver a
demanda de trabalhadores que migram dos demais setores, principalmente porque, em geral, as novas
funções necessitam de mão-de-obra especializadas ou mais qualificada.
O Sul do Brasil é formado pelos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Sua
extensão territorial é de 576.409,6 km². Sua população é estimada em 27,3 milhões de habitantes.
Na região sul, possui um clima Subtropical, sendo que a característica desse tipo de clima são
as estações do ano bem definidas. Inverno rigoroso, com temperaturas atingindo ou próximas a zero
grau. Verão é com temperaturas elevadas chegando a quase 37 graus centigrados.
Rios Principais: rio Paraná, rio Uruguai, rio Itajaí, rio Jacuí e rio Pelotas
- Usinas Hidrelétricas: Usina Hidrelétrica de Itaipú (no rio Paraná), Machadinho (rio Pelotas) e Itá
(no rio Uruguai).
- Agricultura (principais produtos agrícolas): soja, trigo, arroz, algodão, cana-de-açúcar, laranja,
uva, café, erva-mate.
- Economia: bem diversificada e desenvolvida. Destacam-se as indústrias de transformação,
automobilística, têxtil, alimentícia, produtos eletrônicos e tecnológicos. A área de serviços também é
muito importante, destacando-se o turismo nas cidades litorâneas, principalmente, de Santa Catarina.
O comércio também é bem movimentado em toda região Sul.
- Social: Grande parte das cidades da região sul apresenta ótimos índices sociais e de qualidade de
vida.
- Turismo: as cidades litorâneas possuem uma excelente infraestrutura turística (aeroportos,
pousadas, hotéis, parques, etc). As praias se destacam pelas belezas naturais, principalmente no
litoral catarinense. Há também o turismo histórico-cultural, com cidades de arquitetura do período da
colonização italiana e alemã (final do século XIX e início do XX).
- Cultura: muitas cidades do sul do país foram fundadas por colonos alemães e italianos. Portanto, a
cultura desta região é fortemente marcada pela influência cultural destes países europeus. Festa
típicas, danças, músicas e a culinária são marcadas por traços alemães e italianos.
Na culinária podemos destacar o arroz carreteiro, chimarrão e churrasco (típicos do Rio Grande do
Sul). Em Santa Catarina destacam-se os pratos a base de camarão, o marreco com repolho roxo e a
bijajica. No Paraná, os pratos mais típicos são arroz com pinhão, barreado e o carneiro no buraco.
ANEXOS: APA DO BRASIL E DA REGIÃO SUL
REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
Piletti,Nelson,HistóriaeVida,volume 3,3ª Edição, Atica
Ceriacopi, Reinaldo e Azevedo C.Gislaine,História em Movimento, volume 1, Etitora Ática.
Educação de Jovens e Adultos,EditoraVergínia, e Moderna,1ª Edição, São Paulo-2013.
Carneiro; Miguel Castilho Junior, Rubem Gorki,Educação de Jovens e Adultos- Global.
CORTI, ANA PAULA, VIVER, APRENDER, INTERDISCIPLINAR, 1ª EDIÇÃO, EDITORA
GLOBAL, SÃO PAULO, 2013.
Educação de jovens e adultos/Neide Aparecida de Almeida. -1ªed. São Paulo: Global, 2013.
LUCI, Eliam Alabai, Homem e Espaço Geografia. 11º edição. São Paulo: Saraiva 1998..
MELHEM, Adas. Geografia. 3º edição. São Paulo: Moderna, 1988.
MOREIRA, Igor Antônio Gomes. Construindo o espaço brasileiro. São Paulo: Ática, 2002;
MORINA, Lúcia: RIGOLIN, Tércio. Geografia. 1ºEdição. São Paulo: Ática,2002.
NOVO Dicionário Aurélio (Aurélio Buarque de Holanda)
Rubem Gorki, TELECURSO 2000;
VESENTINI, j.Willian; Wlach, Vânia. Geografia crítica- O espaço natural e a ação humana. 1º
edição. São Paulo Ática,2000.
William Roberto Cereja, Thereza Cochar Magalhães. -7ed. Reformada. -São Paulo: Saraiva 2010
eleito Presidente e Vice em 2011 e que foram reeleitos em 2014?
EXERCÍCIOS DO MÓDULO 4 GEOGRAFIA FUNDAMENTAL
1- O que é a Cartografia?
2-Qual a posição que o Brasil ocupa quanto a sua extensão no Mundo?
3- Quais os Países que superam o Brasil quanto a sua extensão?
4-Qual a Região brasileira mais desenvolvida e Industrializada?
5- Qual o principal fator responsável pelo desenvolvimento da Região Sudeste?
6-Qual o lugar ocupado pelo Brasil quanto ao PIB, “ Produto Interno Bruto”?
7- Quais os Únicos países Sul-Americanos que não se limitam com o Brasil?
8-Quais os fatores responsáveis pela ampla variedade de climas no nosso país?
9-Qual a maior floresta Tropical do Mundo, e que está situada no Brasil?
10-Qual a extensão territorial do Brasil?
11-Quais os 4 campos ou camadas da Geografia Física?
12-Qual o ponto mais elevado do relevo brasileiro?
13- Quais os tipos de relevos predominantes no Brasil?
14-Como é chamado a grande quantidade de Petróleo encontrado no Litoral brasileiro?
15- Qual o Rio brasileiro considerado o maior do Mundo?
16- Além da navegação dos rios brasileiros, eles apresentam características acidentados o que
favorece para a instalação de........................................................
17- Qual a Hidroelétrica brasileira considerada a maior do Mundo?
18- Qual a principal preocupação “Dos estudos da Geografia Humana do Brasil”?
19- Diferencie a situação Demográfica do Sudeste e do Norte Brasileiro:
20- Quanto aos transportes brasileiros, quais os meios que superam ou predominam no Brasil?
21- No período do açúcar brasileiro, qual o tipo de propriedade que predominava no Brasil?
22- Hoje em nossa região qual o tipo de propriedade que predomina?
23-Quais os Estados que compõem a Região sul do Brasil?
24-Qual a maior Lagoa do Rio Grande do Sul?
25-Qual a vegetação característica da região Sul do Brasil?
26-No campo da Economia, a Região Sul caracteriza-se por quais atividades?

Documentos relacionados

Autorreguladas - 7º ano

Autorreguladas - 7º ano econômicos do país, evidenciando um desenvolvimento territorial desigual no Brasil. O Centro-Sul se desenvolveu economicamente depois do Nordeste. Sendo a área mais industrializada, a mão-de-obra e...

Leia mais