Os dispositivos móveis são inseridos na vida das crianças cada vez

Сomentários

Transcrição

Os dispositivos móveis são inseridos na vida das crianças cada vez
Os dispositivos móveis são inseridos na vida das crianças cada vez mais
cedo, como alternativa aos tradicionais livros e jogos infantis. E se isso é
bom ou ruim para o seu filho, vai depender de você POR MAYARA KRIGNER
iBaby
36 | Anuário do Bebê CARAS
E
m janeiro de 2011, a atriz Sandra
Bullock fez uma declaração enquanto passava pelo red carpet
do Globo de Ouro que deixou muitos
pais surpresos: “Estou tendo alguns problemas com a tecnologia. O Louis tem
um iPhone, um computador e um iPad.
A cada cinco minutos, meu celular toca
porque recebi alguma foto ou mensagem dele”, disse a ganhadora do Oscar
de Melhor Atriz de 2010. Louis é o filho
adotivo da atriz e, na época da declaração, tinha apenas um ano de idade.
Seria um exagero uma criança com
essa idade já ter acesso a todas essas
mídias? Depende de quem responde.
Para os pais que gostam de novidades e incentivam os filhos a
adotar as tecnologias, seria
uma forma de entreter e preparar para um futuro sem
volta dominado cada vez
mais por computadores,
smartphones, tablets e a
web em geral. Já para
alguns especialistas, seria o possível
começo de muitos problemas.
Apesar desses
vilões tecnológicos não serem novos — a
TV, o celular, o computador, os videogames e até as histórias em quadrinhos já
foram consideradas inadequadas para
os pequenos —, desde o lançamento do
primeiro iPad, em janeiro de 2010, cada
vez mais o dispositivo ocupa um espaço maior dentro de casa. Muitos pais já
optaram por aplicativos infantis ao invés
dos tradicionais livros e jogos. A interatividade com essa tecnologia proporciona
às crianças o descobrimento de um novo,
e provavelmente eterno, contato com
os modernos
meios de comunicação.
A interação
é quase inevitável e pode desenvolver nos pequenos algumas características peculiares.
“A principal vantagem
dos iPads com as crianças é o crescimento emocional, cognitivo e sinestésico. Elas tocam e movem
objetos na tela e observam os
resultados de suas ações”, diz
Pasha Antonenko, professor de
Anuário do Bebê CARAS | 37
iBaby
O americano Nicholas Callaway começou na literatura como escritor,
se tornou editor e hoje é dono de uma das maiores agências de desenvolvimento de aplicativos infantis. A seguir, ele diz que o iPad
causará uma revolução entre os bebês usuários dessa tecnologia.
Editoras de livros impressos estão sendo deixadas de fora porque, até muito
recentemente, negligenciavam a aquisição de direitos digitais e não tinham
os meios criativos ou tecnológicos para
explorar esses direitos.
O livro em seu formato original, em papel, está com os dias contados?
Provavelmente 99% dos livros que estão
sendo fabricados não têm razão de existir no papel. E nos próximos dez anos,
veremos uma grande mudança do impresso para o digital. Os livros vão continuar ‘vivos’, mas apenas os que têm uma
razão de existir em papel (os exemplares
de alto design e alto valor de produção),
que se tornarão cada vez mais raros ​​e
procurados como objetos de arte.
Você acredita que as crianças que
utilizam produtos eletrônicos, como
o iPad, por exemplo, têm uma vantagem no processo de aprendizagem?
Se os editores utilizassem plenamente
o toque baseado em interfaces interativas, isso iria tornar o aprendizado
mais divertido, rápido e eficaz.
Como editoras tradicionais podem
se adaptar à nova era eletrônica?
Elas precisam entender que essa não é
apenas uma nova plataforma. Mas sim
um meio inteiramente novo, que veio
para ficar e que altera fundamentalmente o conceito de como o conteúdo é
criado, comunicado e distribuído.
Como você vê a questão da propriedade intelectual no mundo digital?
O domínio da propriedade intelectual
é o centro de tudo no mundo digital. Como é o processo de criação de um
aplicativo para iPad?
É um quebra-cabeça muito complexo
que requer dominar todas as mídias,
mudando rapidamente a tecnologia
avançada e o admirável mundo novo
do marketing digital.
Como você descobriu essa ‘profissão’
de desenvolvedor de aplicativos?
Em 1991, eu vi a animação Tin Toy, de
John Lasseter. Percebi que construir mundos digitalmente e em 3D iria revolucionar o ato de contar histórias. Esse foi o
meu “momento ah-ha” e eu sabia que, a
partir daquele ponto, o dia em que todas
as mídias iriam convergir digitalmente
em um dispositivo móvel estava próximo.
Mudei o foco da minha empresa para a
criação de propriedade intelectual que
poderia ser produzida por múltiplas
plataformas. Para que pudéssemos estar prontos quando os dispositivos móveis e tablets chegassem. Eu nasci para
ser um editor de aplicativos, mas estive
preso no corpo de um editor de livros
por algumas décadas.
Quais são as razões para o aumento da procura e do interesse pelos
aplicativos infantis?
As crianças de hoje estão sendo criadas com dispositivos móveis e interativos desde cedo, como meio primário. A experiência de um livro impresso
linear não será mais satisfatória para
eles. Portanto, com a proliferação dos
tablets e dispositivos móveis, haverá
uma crescente demanda por aplicativos infantis. Os filhos da ‘Geração iPad’
são o nosso público-alvo.
Você publicou uma série de livros
escritos pela cantora Madonna. Você
acha que livros infantis assinados por
celebridades podem ter maior apelo
comercial do que outros? Somos a editora dos livros da Madonna
há quase 20 anos e começamos com
um livro que definitivamente não era
para crianças, intitulado Sex e que ainda
detém o recorde de ser o livro mais vendido de todos os tempos. Alguns anos
mais tarde, quando publicamos o livro
Miss Spider’s Tea Party, Madonna leu ao
vivo em uma apresentação para promover seu álbum Bedtime Stories (lançado
em 1994). Havia um tom de “professora”
em seu jeito e isso despertou uma ideia
na minha cabeça. Ela deveria escrever
livros para crianças — o que ela fez e
que nós publicamos quase uma década mais tarde. O primeiro, The English
Roses, foi lançado em 110 países e 42
línguas diferentes no mesmo dia; uma
amplitude ainda maior do que o livro
Sex. Eu sabia que a ideia da Madonna
escrevendo livros infantis seria ainda mais chocante do que Sex! Mas eu
também sabia que os livros não seriam
bem-sucedidos se não contassem uma
história forte, com lições de vida importantes. E é exatamente por isso que
eles fizeram sucesso.
O iPad é a maior invenção dos últimos
tempos? Podemos esperar mais?
O iPad é o dispositivo mais transformador
de transmissão de informação, entretenimento e aprendizagem desde a invenção dos dispositivos móveis. Celulares e
tablets, combinados com a internet e as
telecomunicações, têm fundamentalmente e inalteravelmente mudado nosso
mundo. E isso é só o começo...
tecnologia educacional na Oklahoma lidar com essas ferramentas durante a
State University, nos Estados Unidos. vida. Não vejo essa necessidade de en“Os aplicativos multimídia com vídeo, trar em contato com isso tão cedo”, fala
áudio e texto são baseados em estí- Sueli Damergian, professora doutora do
mulos que fornecem uma rica experiên- Departamento de Relações Humanas do
cia perceptual e ajudam as crianças a Instituto de Psicologia da Universidade
de São Paulo (USP). “As novas tecnocriar e aprender”, completa.
A comparação entre tablets e livros in- logias causam fascínio nas crianças por
fantis vai além da influência na aprendiza- conta das cores, desenhos e músicas e
gem das crianças. “As duas ferramentas elas optam pelo novo. Mas, com isso,
têm certas limitações. Por exemplo, livros perdem a formação humanista”, diz.
Os pais que escolhem apresentar o
impressos podem ser pesados e podem
se deteriorar com o tempo, mas os iPads mundo tecnológico às crianças desde
podem ter dificuldade para exibir um tex- cedo devem tomar alguns cuidados.
to ou dificultar a leitura sob luz solar inten- “Os pais são o exemplo dos filhos.
Se eles usam muito
sa”, diz Antonenko.
os eletrônicos, elas
Além disso, aintambém vão querer
da existe a dúvida
usar”, afirma Mados pais em inserir
ristela Angotti, proesses itens moderfessora do Departanos tão cedo na vimento de Didática
da de seus filhos.
do curso de Peda“O relacionamento
gogia da Universidas crianças com os
dade Estadual PauiPads é muito precoce. Elas terão tem- Pasha Antonenko, professor lista (Unesp). “Eles
de tecnologia educacional incentivam o uso
po de sobra para
“Elas tocam e
movem objetos
na tela e
observam os
resultados de
suas ações”
iBaby
A Galinha Pintadinha
também está no iPad
DIVERSÃO na palma da mão
Na hora da historinha ou brincadeira, o iPad pode ser uma alternativa
Nighty Night! HD
Por Shape Minds and
Moving Images GmbH
(em inglês)
Quando chega a noite, as luzes se apagam e os
animais precisam de uma ajudinha para dormir.
As crianças aprendem sobre os bichos e podem
tornar o jogo parte do processo de ir para a cama.
Chapeuzinho Vermelho
Por Manati Produções
Editoriais Ltda
A tradicional história ganha uma versão interativa
onde a narração pode ser feita pela Chapeuzinho
e também pelo Lobo Mau. Além disso, as
páginas podem ser coloridas, as roupinhas
podem ser trocadas e as crianças podem gravar
a sua própria versão para o conto.
Os Três Porquinhos
Por Manati Produções
Editoriais Ltda
Os porquinhos que se protegem do Lobo Mau
ganharam versão interativa, com sons divertidos,
jogo da memória, quebra-cabeça e ainda um
incrível passeio pelo ‘Lobomóvel’ – o carro do
vilão da história!
Infinite Maze
Por Exact Magic
Software, LLC
As crianças entram em contato com diversos
labirintos, em vários níveis, e devem conduzir
uma bolinha até a saída.
Zig Zig Zaa
Por Nexia Mobile Solutions
O aplicativo contém dois jogos: das sombras e da
memória. As crianças exercitam a criatividade,
coordenação motora e a habilidade de associação.
Garbageman HD
Por doubleleft
O objetivo desse jogo é colocar todo o lixo das ruas
dentro do caminhão, mas é preciso tomar cuidado
com os obstáculos que surgem no caminho.
Angry Birds Rio HD
Por Rovio Mobile Ltd.
Os pássaros zangados vieram para o Rio de Janeiro.
Na versão carioca desse aplicativo, o objetivo
é salvar as araras de quem as capturou.
Racing Penguin, Flying
Free - Por Top Free
O pinguim precisa escapar do urso polar! Para isso,
ele deve voar e deslizar pelas montanhas de neve.
Sam Phibian
Por 3CD
Nesse aplicativo, a criança deve alimentar
o sapo com a quantidade certa de insetos,
mas deve tomar cuidado com os objetos
que surgem para confundir.
Miss Spider's Tea Party
Por Callaway Arts &
Entertainment (em inglês)
O conto sobre a festa do chá da Dona Aranha ganha
uma versão em 3D, com narração, quebra-cabeças,
jogos e imagens para colorir. As músicas da
historinha são outra atração para as crianças.
Turma da Galinha
Pintadinha
Por ZeroUm Digital
A Turma da Galinha Pintadinha está reunida nesse
aplicativo que tem músicas, animações e imagens
para colorir. O personagem que conquistou
o universo infantil com seus DVDs agora está
disponível para as crianças também no iPad.
Fontes: Mariana Massarani, escritora e ilustradora, www.marianamassarani.blogspot.com
e Roberto de Freitas, contador de histórias, www.robertodefreitas.com.br
40 | Anuário do Bebê CARAS
FOTOS: SHUTTERSTOCK E DIVULGAÇÃO
por comodidade própria. Enquanto as
crianças estão mexendo no iPad, ficam
entretidas e quietas. Um conforto para
os pais”, acrescenta.
E sociabilizar com outras crianças
é uma questão fundamental para o
crescimento dos bebês. “Quando as
crianças utilizam somente os eletrônicos, elas têm uma alteração afetiva.
O compartilhar e o sociabilizar se tornam difíceis e elas ficam cada vez mais
fechadas. Além disso, perdem o conceito de infância, de brincadeira com
interação de amigos”, diz Maristela.
O número de aplicativos infantis
disponíveis para download é crescente, assim como o aperfeiçoamento dos
layouts e da interatividade. Mesmo
assim, a grande questão na hora de escolher o que é adequado para seu filho
é o bom senso. Dosar o tempo que a
criança permanece com os tablets, unir
com a interação de outros livros e jogos
infantis que também desenvolvam o raciocínio e aliar tudo isso à presença e
ensinamento constantes dos pais ainda
parece ser a fórmula perfeita. u