Manejo ideal

Сomentários

Transcrição

Manejo ideal
58
Aves
Manejo ideal:
bem-estar da ave em 1º lugar
Foto meramente ilustrativa: Divulgação
Por Yuri Domeniconi
“Indiferente da espécie
de ave que está
exposta em uma loja,
as exigências para
o bem-estar são as
mesmas”
Este é o primeiro artigo que
escrevo para a revista Pet Center.
O convite me foi dado para que escreva colunas mensais que orientem
os lojistas que comercializam aves
em seus estabelecimentos. Desde
criança noto que algumas das lojas
de animais que comercializam aves
pecam em princípios básicos e acabam por comprometer o bem-estar
dos animais vendidos. Indiferente
da espécie de ave que está exposta
em uma loja, as exigências para o
bem-estar são as mesmas. Segundo
o comitê Branbell Report (comitê
britânico criado em 1960 para intensificar a criação de animais), o
bem-estar de um animal depende
de cinco condições ou liberdades:
1 Ser livre de fome e sede: Garanta que os animais que estão expostos tenham livre acesso à água
fresca e que essa água seja trocada
pelo menos duas vezes ao dia. Aves
eventualmente empoleiram-se em
seus potes e acabam defecando na
água ou comida. A comida deve ser
variada ou a ração deve ser de boa
qualidade e específica para cada
espécie.
2 Ser livre de desconforto: Pen-
se em gaiolas menos populosas para
pequenas aves, os animais precisam
de espaço para se sentirem confortáveis. Poleiros adequados para
o tamanho das patas, variação de
poleiros com grossuras diferentes
evitam dores nos pés. Ninhos para
poderem deitar, sim, aves gostam
de deitar-se.
3 Ser livre de dor, maus-tratos e
doenças: Identificar dor em aves é
muito difícil, mas “prevenir ainda é
melhor que remediar”. Sempre que
manusear os animais seja gentil,
aves são animais frágeis. As doenças eventualmente são contagiosas. Garantindo-se que os animais
de venda estão saudáveis, evita-se
grandes buracos no orçamento da
loja, tanto em tratamentos quanto
em óbitos desnecessários.
4 Ser livre para expressar seu
comportamento normal: Estude o
comportamento, ecologia e hábitos
das aves que vende. Isso, além de
garantir que você conseguirá oferecer um viveiro ou gaiola rica em
atividades para os animais, também
garante que você terá assunto para
convencer o seu cliente a comprar
o animal que se adaptará melhor à
rotina da família.
5 Ser livre de medo e tristeza: A
maioria das aves vendidas em pet
60
Aves
shops faz parte de um grupo na natureza que chamamos de: PRESA.
Portanto a maioria desses animais
gosta de poder se esconder, pois
eles se sentem mais seguros e sem
medo caso possam escolher entre
estar expostos ou escondidos caso
haja algo ou alguém que lhes amedronte. Para as espécies que vivem
em bandos, oferecer companhia
seja de outro animal, seja devotando algum tempo para esses animais
sociais. É sempre um meio de garantir que não ficarão tristes.
A preocupação das lojas com
estas cinco condições de garantia do
bem-estar dos animais pode e deve
ser utilizada como forma de fidelizar o cliente. A partir do momento
que o comprador percebe que ter
um animal significa preocupar-se
com ele, a venda dos acessórios
que garantem o bem-estar em casa
torna-se uma fonte contínua de receita da loja. Um único animal vendido viverá durante anos na casa do
cliente e a loja deve ser fornecedora
de novidades, brinquedos e viveiros por todo este período. O poder
de transformar uma “ave na gaiola”
facilmente substituída em um “bichinho de estimação” querido pela
família e merecedor de atenção e
dinheiro gasto para que sua saúde e
felicidade sejam garantidas está na
mão do bom vendedor ou lojista.
É importante que eles consigam assimilar os conceitos de bem-estar,
se instruam sobre as espécies que
vendem e consigam mostrar para
o cliente como os produtos da loja
podem ser uma fonte de felicidade
tanto para os animais quanto para a
família. Animais felizes fazem uma
família feliz.
Yuri Domeniconi é biólogo e
treinador de animais.
www.beanimal.com.br