Idosos do Vida em Movimento realizam Festa dos Anos 60

Сomentários

Transcrição

Idosos do Vida em Movimento realizam Festa dos Anos 60
Idosos do Vida em Movimento
realizam Festa dos Anos 60
Alunos do curso de Dança de Salão do projeto Vida em Movimento, da
Prefeitura de Itaboraí, participaram de uma animada Festa dos Anos 60 na
tarde da última terça-feira (02), na sede do projeto. O evento contou com
aproximadamente 200 pessoas, entre alunos da modalidade e participantes de
outros cursos.
A festa, organizada pelos próprios alunos, faz parte da comemoração de
encerramento do gênero musical Bolero, trabalhado durante quase dois meses nas
aulas de dança de salão. A próxima modalidade a ser aprendida será o tango e
anteriormente foi o forró.
Para a primeira-dama e coordenadora do Vida em Movimento, Ana Maria Cardozo,
a iniciativa da festa é dos participantes das aulas de dança, mas aberto a todos os
idosos que frequentam os cursos e as aulas de Educação para Jovens e Adultos
(EJA) da sede.
“Aqui eles são animados e gostam de interagir com os outros participantes.
Algumas roupas da festa, por exemplo, foram produzidas pelas aulas do curso de
corte e costura, inclusive esta minha linda saia de bolinhas. Em relação ao curso
de dança de salão, nosso objetivo não é formar profissionais de dança, mas
promover benefícios a saúde, além de elevar a autoestima”, frisou Ana Maria.
Vestidos a caráter, o casal João Rodrigues, 65 anos e Creuma Fernandes, 55,
juntos há dois anos e moradores de Outeiro das Pedras, se conheceram através da
dança, em um baile da terceira idade, no centro de Itaboraí, e não se
desgrudaram mais. Tanto que participam juntos das aulas de dança de salão do
projeto.
“Eu sempre gostei de dançar, mas há tempos não fazia isso. Uma coisa eu
tenho certeza, dançar é o melhor remédio para o corpo e a mente, e para
pessoas da nossa idade é essencial. Nós sempre saímos para dançar, em diversas
festas, colocamos em prática aquilo que aprendemos aqui”, disse João elogiando o
trabalho do professor Amaury.
Satisfeito com o resultado que vem obtendo com seus alunos de dança, o
professor Amaury Lorenzo destacou a animação e a determinação dos idosos.
“Vejo participantes que no início não conseguiam tirar o pé do chão, achavam que
não iriam conseguir. Hoje qualquer ritmo coloco eles já sabem o compasso, isso
prova que ritmo é adquirido com dedicação e persistência. Todos podem aprender
a dançar, basta praticar”, ressaltou Amaury, que é formado em Artes Cênicas pela
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) e bailarino pelo Centro
Mineiro de Dança de Salão, além de diretor teatral e ator na Oficina
Social de Teatro, em Niterói.
O curso de Dança de Salão conta com aproximadamente 60 alunos,
divididos em quatro turmas. As aulas, com duração de 2h, acontecem duas vezes
por semana (terça e quinta-feira), na sede do projeto.
Projeto Vida em Movimento
O Vida em Movimento atende aproximadamente 2 mil pessoas no município, entre
homens e mulheres a partir dos 50 anos. O objetivo é resgatar a autoestima e
proporcionar melhor qualidade de vida.
São oferecidas atividades físicas orientadas por professores especializados, que
incluem exercícios de alongamento e um trabalho específico para as articulações,
melhorando a força e o equilíbrio. As aulas acontecem duas vezes por semana,
com uma hora de duração, em cada um dos 25 polos no município. Todos os 12
professores dos polos de atividades são qualificados, profissionais
graduados em Educação Física e a maioria com pós-graduação.
O projeto conta ainda com aulas de informática, hidroginástica,
Educação de Jovens e Adultos (EJA), corte e costura, dança de salão,
pintura em tela, pintura em tecido, crochê, tricô, vagonite e outros