alberto romão madruga da costa - Associação Antigos Alunos Liceu

Сomentários

Transcrição

alberto romão madruga da costa - Associação Antigos Alunos Liceu
ALBERTO ROMÃO MADRUGA DA COSTA
Alberto Romão Madruga da Costa (Horta, 15 de Abril de 1940 – Ponta Delgada, 14 de Novembro de 2014).
Filho de Romão Nunes da Costa e de Ema Clotilde Madruga da Silva Costa. Casado com Verónica da Costa
Pereira Madruga da Costa.
Realizou os estudos básicos na Horta. Frequentou o Liceu Nacional da Horta, o Liceu Nacional de Ponta Delgada
e, posteriormente, a Faculdade de Letras das Universidades de Lisboa e de Coimbra, onde concluiu o 4º ano
da licenciatura em Filologia Germânica.
Cumpriu o serviço militar nos Açores, no Continente e em Angola, interrompendo os estudos.
Foi bancário e gerente da Agência da Horta do Banco Português do Atlântico.
Após a revolução de 25 de Abril de 1974, tornou-se personalidade destacada no lançamento da democracia no
Faial e na projecção da ilha na vida política açoriana.
Foi Vogal da Comissão Administrativa da Câmara Municipal da Horta em 1974/1975 e Presidente da Comissão
Administrativa da Junta Geral do Distrito Autónomo da Horta em 1975/1976.
Aderiu ao PPD em 1974, tendo exercido diversas funções partidárias, nomeadamente Presidente da Comissão
Política da Ilha do Faial, Presidente da Mesa do Congresso e do Conselho do PSD-Açores e Vice-Presidente da
Comissão Política Regional do PSD-Açores de 1990 a Dezembro de 1995.
Foi eleito Deputado Regional pelo círculo eleitoral do Faial nas I, II, III, IV, V e VI Legislaturas da Assembleia
Legislativa da Região Autónoma dos Açores, respectivamente em 1976/1980, 1980/1984, 1984/1988,
1988/1992, 1992/1996 e 1996/2000 (24 anos).
Foi Vice-Presidente da Assembleia Legislativa Regional dos Açores de Julho de 1976 a Novembro de 1978.
Presidente da Assembleia Legislativa Regional dos Açores de Novembro de 1978 a Setembro de 1979 e entre
1991 e 1995.
Em 10 de Junho de 1979 representou o Presidente da República nas comemorações do Dia de Camões, de
Portugal e das Comunidades, na Costa Leste dos Estados Unidos da América.
Foi Secretário Regional dos Transportes e Turismo, entre Setembro de 1979 e Outubro de 1984.
Foi, por diversas vezes, Presidente do Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata na Assembleia
Legislativa Regional dos Açores, entre Outubro de 1985 e Setembro de 1991.
Em Outubro de 1995 é empossado Presidente do Governo da Região Autónoma dos Açores, cargo que exerceu
até Novembro de 1996.
Membro do Comité das Regiões da União Europeia e Vice-Presidente da Comissão das Ilhas da Conferência das
Regiões Periféricas Marítimas da Europa.
Por inerência de funções de Presidente do Governo Regional foi Conselheiro de Estado, Vogal do Conselho
Superior de Defesa Nacional, do Conselho Superior de Segurança Interna e do Conselho Superior de
Informações.
Foi condecorado, em Junho de 1995, pelo Presidente da República, Mário Soares, com a Grã-Cruz da Ordem
do Mérito.
Foi distinguido pela Câmara Municipal da Horta, em 2001, por ocasião das comemorações dos 168 anos da
elevação da Vila da Horta a Cidade.
Por deliberação unânime da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, em sessão plenária de 11
de Maio de 2006, foi-lhe atribuída a Insígnia Autonómica de Valor.
Foi condecorado, em Janeiro de 2010, pelo Presidente da República, Cavaco Silva, com a Grã-Cruz da Ordem
do Infante D. Henrique.
Foi Director do Jornal Correio da Horta, entre Março 2004 e Dezembro de 2005.
Foi nomeado administrador não executivo da Empresa de Electricidade dos Açores, EDA.
Desde 2009, foi Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Santa Casa da Misericórdia da Horta, Presidente
do Conselho Consultivo e Membro da Direcção Geral da Escola Profissional da Horta e Presidente da Mesa de
Assembleia Geral da Associação EPH - Escola Profissional da Horta.
Portador de uma sólida formação cristã distinguiu-se, ao longo da vida, num importante papel humanista.
Colaborou como leigo, com a diocese de Angra e Ilhas dos Açores.