Diapositivo 1 - Agrupamento de Escolas de Arganil

Сomentários

Transcrição

Diapositivo 1 - Agrupamento de Escolas de Arganil
Estudo Principal - PISA 2012
ProjAVI – Projetos de Avaliação Internacional de Alunos
O que é o PISA?
2
PISA – O que é?
Fonte: http://oecd.org/edu
3
PISA – O que é?
 O PISA - Programme for International Student
Assessment, é um estudo internacional lançado pela
OCDE
(Organização
para
a
Cooperação
e
Desenvolvimento Económico) em 1990, visando avaliar
a capacidade dos alunos que se aproximam do final do
ensino obrigatório, na maioria dos países participantes,
para a resolução dos desafios da vida quotidiana.
 O PISA é, pois, um projeto baseado na idade dos alunos
que se aproximam do final do ensino obrigatório,
avaliando estudantes de 15 anos que frequentem pelo
menos o 7º ano de escolaridade.
4
PISA – O que é?
 Os estudos do PISA ocorrem em ciclos de três anos,
tendo sido iniciados em 2000 (1º ciclo PISA) com cerca
de 32 países participantes.
 Em cada ciclo PISA uma das três áreas avaliadas
(Literacia de Matemática, Literacia de Ciências e
Literacia de Leitura) é selecionada como domínio
principal. Em 2000 o domínio principal foi a Leitura, em
2003 a Matemática, em 2006 a Ciência e em 2009 foi
novamente a Leitura.
5
PISA – O que é?
 Em 2012, a Literacia da Matemática vai voltar a ser o
domínio principal do estudo PISA e além da aplicação
do teste em papel – Paper Based Assessment - será
aplicado também um teste em suporte digital–
Computer
Based
Assessment
–
incindindo
principalmente numa temática nova, a Resolução de
Problemas.

Em 2012 participam no PISA cerca de 67 países (34
países membros da OCDE e 33 países que são parceiros
económicos).
6
PISA – O que é?
Em 2012 participam no PISA cerca de 67 países:
Albânia*
Chinese Taipei*
Geórgia
Alemanha
Colômbia*
Grégia
Argentina *
Costa Rica*
Hong Kong*
(China)
Austrália
Croácia*
Hungria
Áustria
Dinamarca
Índia*
Azerbaijão*
Dubai
Indonésia*
Bélgica
Estónia
Irlanda
Brasil*
Eslovénia
Islândia
Bulgária*
Espanha
Israel
Canadá
Estados Unidos
Itália
Cazaquistão*
Finlândia
Japão
Chile
França
Jordânia*
* Países não pertencentes à OCDE
7
Nova
Zelândia
Rep. Sérvia*
Turquía
Noruega
Rep. *
Montenegro
UAE (exceto
Dubai) *
Lituânia*
Panamá*
Roménia*
Uruguai*
Luxemburgo
Perú *
Rússia*
Xangai *
(China)
Macau (China)
Polónia
Singapura*
Malásia*
Portugal
Suécia
Malta*
Qatar*
Suíça
Mauritius*
Reino Unido
Tailândia*
México
Rep. Checa
Tamil Nadu &
Miranda *
(Venezuela)
Rep.
Eslovaca
Trinidad *
&Tabaco
Moldávia*
Rep.
Quirsguistão
Tunísia*
Letónia*
Liechtenstein*
* Países não pertencentes à OCDE
8
Que tipo de itens estão
incluídos no PISA?
http://www.pisa.oecd.org
http://www.gave.min-edu.pt/np3/134.html
9
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2000 / Literacia de Leitura / Chocolate
CHOCOLATE
COM SABOR A SOPA DOS POBRES
De Arnold Jago
Sabiam que, em 1996, os australianos
gastaram quase o mesmo em
chocolate que o Governo australiano
em auxílio internacional aos pobres?
Estará alguma coisa errada quanto às
nossas prioridades?
O que é que vocês vão fazer a este
respeito?
Sim, vocês.
Arnold Jago,
Mildura
Esta carta foi publicada num jornal australiano em 1997.
10
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2000 / Literacia de Leitura / Chocolate
Esta carta foi publicada num jornal australiano em 1997. Fundamente-se na
carta para responder às questões que se seguem.
Questão 1: CHOCOLATE
O objectivo de Arnold Jago nesta carta é:
A. culpabilizar.
B. divertir.
C. assustar.
D. agradar.
CHOCOLATE: CRITÉRIOS DE CODIFICAÇÃO Q1
OBJECTIVO DA QUESTÃO: Refletir sobre a Forma de um Texto - identificar o objectivo do
escritor.
Cotação total
Código 1: A. culpabilizar.
Cotação nula
Código 0: Outras respostas; Código 9: Sem resposta.
11
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2000 / Literacia de Leitura / Chocolate
Esta carta foi publicada num jornal australiano em 1997. Fundamente-se na
carta para responder às questões que se seguem.
Questão 2: CHOCOLATE
Na sua opinião, a que tipo de resposta ou de acção gostaria Arnold
Jago que esta carta desse origem?
.................................................................................................................
.................................................................................................................
.................................................................................................................
CHOCOLATE: CRITÉRIOS DE CODIFICAÇÃO Q2
OBJECTIVO DA QUESTÃO: Reflectir sobre o Conteúdo de um Texto.
Cotação total
Código 4:
Os governos e indivíduos deveriam gastar mais em auxílio (internacional).
· As pessoas doarem mais dinheiro para auxílio internacional.
· Doar dinheiro para obras de caridade.
·…
·
12
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2000 / Literacia de Leitura / Chocolate
CHOCOLATE: CRITÉRIOS DE CODIFICAÇÃO Q2
OBJECTIVO DA QUESTÃO: Reflectir sobre o Conteúdo de um Texto.
Cotação parcial
Código 3:
Os governos e indivíduos deveriam alterar as suas prioridades ou consciencialização.
· Mudar as nossas prioridades.
· Ele gostaria que as pessoas se consciencializassem acerca da forma como gastamos os nossos
recursos.
· As pessoas resolverem pensar mais em ajudar os outros do que em satisfazer todos os seus
prazeres. [Focaliza-se na atitude (“pensar mais”) e não na acção.]
· A consciencialização das pessoas de que os pobres precisam da nossa ajuda, para que façam
alguma coisa nesse sentido. [Ênfase na consciencialização.]
Código 2:
Identifica a estratégia do escritor para fazer o leitor sentir-se culpado.
· Sentir-se culpado / envergonhado.
Código 1:
Gastar menos em chocolate / ser menos ganancioso.
· Não voltar a comprar chocolate.
· Deixar de comer comida de plástico.
· Ele gostaria de nos ver fazer outra coisa que não enchermo-nos de chocolate. [Não atinge o
ponto principal: o que é “outra coisa”;ênfase posta em comer.]
Cotação nula
Código 0:
Outras respostas, incluindo respostas inadequadas ou irrelevantes. Código 9: Sem resposta.
13
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2003 / Literacia de Matemática / Conversar no Chat
CONVERSAR NO CHAT
Mark (de Sidney, na Austrália) e Hans (de Berlim, na Alemanha)
comunicam muitas vezes entre si, utilizando o chat na Internet.
Eles têm de estar ligados à Internet ao mesmo tempo, para
poderem conversar no chat.
Para encontrar uma hora conveniente para conversarem no chat,
Mark consultou uma tabela de fusos horários e descobriu o
seguinte:
Greenwich 24h
Berlim 1h 00min
Sidney 10h 00min
14
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2003 / Literacia de Matemática/ Conversar no Chat
Questão 1: CONVERSAR NO CHAT
Quando são 19h 00min em Sidney, que horas são em Berlim?
Resposta: ........................................................................
Questão 2: CONVERSAR NO CHAT
Mark e Hans não podem conversar no chat entre as 9h 00min e as 16h
30min, horas locais, porque têm de ir à escola. Também não podem
conversar no chat entre as 23h 00min e as 7h 00min, horas locais,
porque estão a dormir.
Quais são as melhores horas para Mark e Hans conversarem no chat?
Escreva as horas locais no quadro:
Local
Hora
Sidney
Berlim
15
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2006 / Literacia de Ciências / Ultra-sons
ULTRA-SONS
Em muitos países, é possível obter imagens do feto (bebé em
desenvolvimento no útero da mãe) graças às técnicas de imagem
por ultra-sons (ecografia). Os ultra-sons são considerados seguros,
tanto para a mãe como para o feto.
A médica segura uma sonda que vai movendo sobre o abdómen da mãe.
As ondas de ultra-sons são transmitidas para dentro do abdómen, onde
são refletidas pela superfície do feto. A sonda capta estas ondas
refletidas e transmite-as para uma máquina que gera uma imagem.
16
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2003 / Literacia de Matemática/ Conversar no Chat
Questão 1: ULTRA SONS
Para formar uma imagem, a máquina de ultra-sons precisa de
calcular a distância entre o feto e a sonda. As ondas de ultra-sons
deslocam-se através do abdómen, a uma velocidade de 1540 m/s. O
que é que a máquina tem de medir para poder calcular a distância?
Resposta: .......................................................................
……………………………………………………………………………………………………………..
……………………………………………………………………………………………………………..
Questão 2: ULTRA SONS
Também é possível obter imagens de um feto, usando raios X
(radiografia). No entanto, as mulheres são aconselhadas a evitar
fazer radiografias ao abdómen durante a gravidez. Por que motivo
uma mulher deve evitar fazer radiografias ao abdómen durante a
gravidez?
Resposta: .......................................................................
17
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2003 / Literacia de Matemática/ Conversar no Chat
Questão 3: ULTRA SONS
Poderão as ecografias feitas às mulheres grávidas dar respostas às
questões seguintes? Faça um círculo em torno de “Sim” ou de “Não”,
para cada questão.
Uma ecografia pode dar resposta a
esta questão?
Sim ou Não?
Há mais do que um bebé?
Sim / Não
De que cor são os olhos do bebé?
Sim / Não
O bebé tem um tamanho normal?
Sim / Não
18
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2003 / Resolução de Problemas/ Férias
FÉRIAS
Este problema consiste em planear o melhor itinerário para umas
férias. As Figuras 1 e 2 mostram um mapa da região e as distâncias entre as cidades.
Figura 1: Mapa das estradas de ligação entre as cidades.
19
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2003 / Resolução de Problemas/ Férias
Figura 2: Distância mais curta, por estrada, entre as cidades, em
quilómetros.
Questão 1: FÉRIAS
Calcule a distância mais curta, por estrada, entre Nuben e Kado.
Distância: …………………………..quilómetros.
20
Itens incluídos no PISA
Ciclo Pisa 2003 / Resolução de Problemas/ Férias
Questão 2: FÉRIAS
A Zélia vive em Angaz. Pretende ir visitar Kado e Lapat. Não pode
fazer mais de 300 quilómetros por dia, mas pode interromper a
viagem acampando à noite algures entre as cidades.
A Zélia ficará duas noites em cada cidade, de modo a poder
visitar cada uma durante um dia inteiro.
Estabeleça o itinerário da Zélia, completando a tabela seguinte
para indicar onde ela fica cada uma das noites.
21
Que tipo de questionários
estão incluídos no PISA?
http://www.pisa.oecd.org
http://www.gave.min-edu.pt/np3/134.html
22
Questionários incluídos no PISA
Questionários
O estudo do PISA
questionários:
considera também as respostas a três
 Questionário ao Aluno
 Questionário aos Pais
 Questionário on-line à Escola
Nestes questionários recolhem-se informações sobre vários
aspectos sociodemográficos dos alunos participantes e respetivos
encarregados de educação, e ainda informações sobre diversos
aspectos das escolas selecionadas, como a sua organização e
prestação educacional. Esta informação é recolhida com o
objetivo de permitir um estudo detalhado dos factores dentro e
entre os países, que estão relacionados com níveis variados de
literacia de leitura e, literacia matemática e científica entre os
alunos de 15 anos de cada país.
23
Questionários incluídos no PISA
Questionário ao Aluno
Neste caderno, o aluno encontrará questões acerca:
 de si e da sua família;
 da aprendizagem e das suas experiências com a matemática;
 da escola;
 da profissão que gostava de ter;
 das suas experiências de resolução de problemas;
 da familiaridade com as TIC.
24
Questionários incluídos no PISA
Questionário aos Pais
Qual é o objectivo deste questionário?
O aluno que levar este questionário foi selecionado para
participar no PISA. Solicita-se aos pais dos alunos participantes no
PISA que respondam ao Questionário aos Pais sobre temas como:
 as atividades anteriores do filho relacionadas com a
matemática;
 a opinião que têm da escola frequentada pelo filho;
 a matemática no futuro profissional do filho e as exigências do
mercado de trabalho;
 expectativas académicas e profissionais relacionadas com a
matemática;
 o custo dos serviços educativos;
 a sua instrução e a sua actividade profissional.
Estes dados permitirão identificar as semelhanças e as
diferenças entre grupos de escolas, contribuindo para a
definição do contexto educativo dos alunos avaliados.
25
Questionários incluídos no PISA
Questionário on-line à Escola
Este questionário destina-se a recolher informação sobre:
 as caraterísticas da escola;
 o corpo discente;
 os recursos da escola;
 o corpo docente;
 a organização da escola;
 os programas;
 a orientação escolar e profissional.
As informações que nos fornecerem serão muito úteis para nos
ajudarem a compreender como se desenvolve a competência
científica nos alunos e que factores influenciam esse
desenvolvimento.
26
Para que servem os
resultados do PISA?
http://www.pisa.oecd.org
http://www.gave.min-edu.pt/np3/134.html
27
Resultados do PISA
O estudo PISA procura:
Conduzir os governos a preparem os seus alunos para:
 lidarem com a mudança…
 empregos ainda não criados…
 usarem tecnologias, mesmo as ainda não inventadas…
 resolverem problemas que ainda não sabemos se virão a
ocorrer.
Fornecer bases para uma política de diálogo e colaboração na
definição e implementação de objetivos educacionais:
 mostrar aos países que conquistas são possíveis...
 ajudar os governos a definir políticas educativas...
 facilitar a aprendizagem entre pares.
(Schleicher, A., PISA 2009 Results)
28
Resultados do PISA
Os estudos PISA dão a oportunidade de conhecer as capacidades
dos nossos alunos de 15 anos em literacia de leitura e, literacia
matemática e de ciências, em comparação com os alunos da mesma
idade de muitos países.
Os resultados dos vários ciclos PISA têm conduzido a variados
estudos que se encontram publicados:
 Os sistemas de ensino podem moderar o impacto do estatuto
social e da imigração no desempenho do aluno?
 Os alunos de 15 anos e a leitura: Que motivações e estratégias de
aprendizagem?
 O que torna uma escola num caso de sucesso?
Portugal tem também que investir na análise dos resultados do PISA
para, avaliando o sistema educativo, poder melhorar a qualidade
do ensino.
29
Que procedimentos devem ser
adotados na aplicação do
Estudo Principal PISA 2012?
http://www.pisa.oecd.org
http://www.gave.min-edu.pt/np3/134.html
30
Procedimentos PISA 2012
A aplicação do Estudo Principal do PISA 2012
Fase1
Data
Atividade
Marcação de datas para a avaliação
I. Preparação
6 semanas antes
Elaboração da Lista de Alunos Elegíveis
Preenchimento do Relatório de Diagnóstico
do Sistema Informático da Escola
Receção e verificação dos materiais
enviados pelo ProjAVI
2 semanas antes
Informação aos professores, alunos e pais
sobre a avaliação PISA
Revisão e atualização da Lista de Controlo
de Alunos
II. Antes da
aplicação
Entrega do Questionário à Escola
1-2 semanas
antes
Confirmação da planificação da avaliação
com os professores/alunos envolvidos e
com o Aplicador de Teste
…
31
[1]
NEE - Necessidades Educativas Especiais
Exemplo de Lista de Alunos Elegíveis
32
Procedimentos PISA 2012
A aplicação do Estudo Principal do PISA 2012
Fase1
Data
Atividade
Marcação de datas para a avaliação
I. Preparação
6 semanas antes
Elaboração da Lista de Alunos Elegíveis
Preenchimento do Relatório de Diagnóstico
do Sistema Informático da Escola
Receção e verificação dos materiais
enviados pelo ProjAVI
2 semanas antes
Informação aos professores, alunos e pais
sobre a avaliação PISA
Revisão e atualização da Lista de Controlo
de Alunos
II. Antes da
aplicação
Entrega do Questionário à Escola
1-2 semanas
antes
Confirmação da planificação da avaliação
com os professores/alunos envolvidos e
com o Aplicador de Teste
…
33
Procedimentos PISA 2012
DIAGNÓSTICO DO SISTEMA INFORMÁTICO
PARA APLICAÇÃO DO CBA – AVALIAÇÃO EM
SUPORTE DIGITAL
Procedimentos PISA 2012
Procedimentos PISA 2012
Procedimentos PISA 2012
Procedimentos PISA 2012
Procedimentos PISA 2012
Procedimentos PISA 2012
Procedimentos PISA 2012
Procedimentos PISA 2012
Procedimentos PISA 2012
A aplicação do Estudo Principal do PISA 2012
Fase1
Data
Atividade
Marcação de datas para a avaliação
I. Preparação
6 semanas antes
Elaboração da Lista de Alunos Elegíveis
Preenchimento do Relatório de Diagnóstico
do Sistema Informático da Escola
Receção e verificação dos materiais
enviados pelo ProjAVI
2 semanas antes
Informação aos professores, alunos e pais
sobre a avaliação PISA
Revisão e atualização da Lista de Controlo
de Alunos
II. Antes da
aplicação
Entrega do Questionário à Escola
1-2 semanas
antes
Confirmação da planificação da avaliação
com os professores/alunos envolvidos e
com o Aplicador de Teste
…
43
Procedimentos PISA 2012
O Questionário on-line à Escola procura recolher
informação sobre:
a estrutura e organização da escola,
o corpo discente e docente,
os recursos da escola,
o modelo de ensino, o currículo e a avaliação da
escola,
 o ambiente da escola,
 as políticas e as práticas da escola.




Procedimentos PISA 2012
Considere
como
Escola
apenas
o
estabelecimento de ensino que está a
participar no estudo do PISA, no caso de a sua
escola fazer parte de um agrupamento de
escolas.
Procedimentos PISA 2012
Alguns exemplos de perguntas:
Se na sua escola não existir o 10.º ano de escolaridade, responda à
questão com base num ano aproximado onde esteja matriculada a
maioria dos alunos de 15 anos de idade (por exemplo, 9.º ano).
Q11
Qual é o número de alunos inscritos no 10.º ano?
Q12
Qual é o número aproximado de computadores que estão
disponíveis para estes alunos para fins educacionais?
Q13
Quantos destes, aproximadamente, estão ligados à Internet?
Procedimentos PISA 2012
Q10
Na sua escola, quantos professores de matemática das seguintes categorias existem?
Inclua tanto os professores a tempo inteiro como os professores a tempo parcial.
Um professor a tempo inteiro é aquele que trabalha como professor pelo menos 90% do seu horário semanal
de 35 horas, durante todo o ano letivo. Todos os outros devem ser considerados professores a tempo parcial.
Contabilize apenas os professores que estão ou estiveram a lecionar matemática durante este ano
letivo.
(Indique um número em cada espaço disponível. Indique 0 (zero) no caso de não haver nenhum.)
A tempo inteiro
a) Professores de matemática no TOTAL
b) Professores de matemática com uma qualificação
de, pelos menos, 3 anos de ensino superior universitário.
c) Professores de matemática com uma qualificação
de, pelo menos, 3 anos de ensino superior universitário,
cuja componente essencial dos seus cursos é a matemática.
d) Professores de matemática que tenham somente um diploma de ensino superior politécnico (3 anos).
A tempo parcial
Procedimentos PISA 2012
A aplicação do Estudo Principal do PISA 2012
Fase
Data
Dia da aplicação
III. Durante e
após avaliação
Na mesma
semana da sessão
principal, se
possível
Atividade
Entregar ao Aplicador de Teste a Lista
Controlo de Alunos
Presença durante toda a sessão
avaliação, para auxiliar o Aplicador
Teste (se possível)
Apoio ao Aplicador de Teste na sessão
Avaliação em Suporte Digital
de
de
de
de
Organização de uma segunda aplicação (se
necessário)
48
Estudo Principal PISA 2012
O Estudo Principal PISA 2012 só poderá
contribuir para ajudar a avaliação do sistema
educativo e assim poder contribuir para a
melhoria dos nossos currículos e práticas
educativas se contar com as nossas Escolas,
com os nossos professores, com os nossos
alunos e os seus pais.
49
Estudo Principal PISA 2012
aa
Vem representar
PORTUGAL!
O ProjAVI CONTA COM TODOS VÓS!
50