DIA 4 - Real Gabinete Português de Leitura

Сomentários

Transcrição

DIA 4 - Real Gabinete Português de Leitura
“Percursos interculturais luso-brasileiros: modos de pensar e fazer”
7º Colóquio do Polo de Pesquisas Luso-Brasileiras - PPLB
Real Gabinete Português de Leitura, 1 a 5 de setembro de 2014
Mantendo elos de coerência com os colóquios precedentes, além de ratificar seu perfil e a
linha de ações que para si definiu, o Polo de Pesquisas Luso-Brasileiras (PPLB), vinculado ao
Centro de Estudos do Real Gabinete Português de Leitura, promove o seu 7º Colóquio de caráter
internacional.
Diz Michel de Certeau, em seu A invenção do cotidiano, que “o enfoque da cultura começa
quando o homem ordinário se torna o narrador, quando define o lugar (comum) do discurso e o
espaço (anônimo) de seu desenvolvimento.” (Petrópolis: Vozes, 1994, p.63). Com essa provocação,
indicamos vários trajetos para discutirmos modos de pensar e fazer a interculturalidade lusobrasileira. Cada vez mais o diálogo entre as culturas de língua portuguesa se torna fundamental num
presente de globalização, em que as diferenças parecem ser apagadas em prol de uma
homogeneização simplificadora. Nossa proposta é, portanto, um modo de resistência a essa
simplificação, questionando-a e demonstrando que, nos caminhos entre Brasil e Portugal, há
necessariamente muitas pontes a percorrer para que os homens comuns, nossas sociedades,
compreendam a riqueza, a diversidade e a força de nossas culturas de mesma língua nos
seus diferentes aspectos. Pensar e fazer são duas práticas de viver que inevitavelmente devem se
unir para construção de uma consciência política de existir no mundo e dar-lhe sentido.
Neste colóquio, todos são convidados a percorrer tais caminhos, em busca de compreender,
com densidade e certa criatividade, aspectos do espaço luso-brasileiro e suas muitas maneiras de
existir no mundo.
Comissão Organizadora:
Profa. Doutora Gilda Santos (UFRJ- Coordenadora-Geral do PPLB e do 7º Colóquio)
Profa. Doutora Ida Alves (UFF)
Profa. Doutora Luciana Salles (UFRJ)
Profa. Doutora Mônica Fagundes (UFRJ)
Prof. Doutor Eduardo da Cruz (UFRRJ)
Comissão Científica:
Assessoria Acadêmica:
Profa. Doutora Angela Telles (UNESA/PPLB)
Julianna Bonfim (UERJ)
Luiz Felipe Ventura (UERJ)
Marlon Barbosa (UFRJ)
Zadig Gama (UFRJ)
Berty Biron (UERJ/PPLB)
Prof. Doutor Luiz Felipe Baêta Neves Flores
Profa. Doutora
(UERJ/PPLB)
Prof. Doutor Sérgio Nazar David (UERJ/PPLB)
Profa. Doutora
Tania Bessone (UERJ/PPLB)
Plano geral do
7º Colóquio do PPLB
“Percursos interculturais luso-brasileiros: modos de pensar e fazer”
01 set. (2ªf)
14:00h
Abertura
1 4 :3 0
Sessão Plenária
RGPL
15:30h
Sessão Plenária
RGPL
02 set. (3ªf)
03 set. (4ªf)
04 set. (5ªf)
05 set. (6ªf)
9:00h
Comunicações
RGPL
9:00h
Comunicações
RGPL
9:00h
Comunicações
RGPL
9:00h
Comunicações
LLP
10:00h
Comunicações
RGPL
10:00h
Comunicações
RGPL
10:00h
Comunicações
RGPL
10:00h
Comunicações
LLP
11:00h
Comunicações
RGPL
11:00h
Comunicações
RGPL
11:00h
Comunicações
RGPL
11:00h
Comunicações
LLP
ALMOÇO
ALMOÇO
ALMOÇO
ALMOÇO
14:00h
Sessão Plenária
RGPL
14:00h
Sessão Plenária
RGPL
14:00h
Sessão Plenária
RGPL
14:00h
Comunicações
LLP
15:30h
Sessão Plenária
RGPL
15:30h
Sessão Plenária
RGPL
15:30h
Sessão Plenária
RGPL
17:00h
17:00h
RECITAL DE
MÚSICA
PALESTRA
16:00h
Comunicações
LLP
____________
Encerramento
RGPL = Real Gabinete Português de Leitura – Rua Luís de Camões, 30 (Centro)
LLP = Liceu Literário Português – Rua Pereira da Silva, 322 (Laranjeiras)
SESSÕES PLENÁRIAS
"Sala dos Brasões"
Real Gabinete Português de Leitura
1 set. (2ªf)
14h
15:30h
17h
2 set. (3ªf)
3 set. (4ªf)
4 set. (5ªf)
Pensar e fazer 1 –
Diálogos BrasilPortugal
Pensar e fazer 3 –
De Camões
à CPLP
Pensar e fazer 5 –
Poesia
e outras artes
Pensar e fazer 7 –
Poesia
e poetas
Pensar e fazer 2 –
Sobre Eça de
Queirós
Pensar e fazer 4 –
Urbanismos
Pensar e fazer 6 –
Periódicos
ontem e hoje
Abertura
RECITAL
Grupo de chorinho
"Vê se gostas"
Pensar e fazer 8 –
Crônica,
ficção, ensaio
Pensar e fazer 9 –
Um testemunho
Sessões plenárias – Real Gabinete Português de Leitura
Dia 1
(2ªf.)
14h
Abertura: breves alocuções
 do Exmo. Sr. Embaixador Nuno Bello, Cônsul-Geral de Portugal no Rio de Janeiro,
 do Dr. Gomes da Costa, Presidente do Real Gabinete Português de Leitura
 da Profª. Doutora Gilda Santos, Coordenadora-Geral do PPRLB e do 7º Colóquio
“Percursos interculturais luso-brasileiros: modos de pensar e fazer”.
Dia 1 Pensar e fazer 1 – Trânsitos Brasil-Portugal
Coord: Gilda Santos
(2ªf.)
14:30h
 Isabel Pires de Lima (Un. do Porto) – Trânsitos interculturais Brasil/Portugal na
literatura (século XXI)
 José Barahona (realizador de cinema) – A adaptação cinematográfica do romance
"Estive em Lisboa e lembrei de você"
Dia 1 Pensar e fazer 2 – Sobre Eça de Queirós
Coord: Isabel Pires de Lima
(2ªf.)
15:30h
 Maria Cristina Batalha (UERJ) – O motivo do mandarim assassinado: Eça de Queirós
e Machado de Assis
 Madalena Vaz Pinto (UFF) – Camilo e Machado críticos d ́O primo Basílio: um caso
de pudor?
 Barbara Freitag Rouanet (UnB) – A dialética da senhora e da escrava n'O Primo
Basílio
Dia 1
(2ªf.)
17h
Recital de Música
Grupo de chorinho "Vê se gostas"
Dia 2 Pensar e fazer 3 – De Camões à CPLP
Coord: Sérgio Nazar David
(3ªf.)
14:00h
 Vanda Anastácio (Un. de Lisboa) – Entre o Rio de Janeiro e Lisboa: modos de pensar e
de fazer os Estudos Camonianos em 1925
 Débora Dias (Un. de Coimbra) – “A compleição do patriotismo português”, um diálogo com
o Brasil
 Pedro Bastos de Souza (UERJ) – A CPLP e o desafio das múltiplas identidades no espaço
lusófono
Dia 2 Pensar e fazer 4 – Urbanismos
Coord: Ida Alves
(3ªf.)
15:30h
 Paula Silveira de Paoli (IPHAN/UFRJ) – Entre ruptura e permanência: o parcelamento
do solo do Centro do Rio de Janeiro e as reformas urbanas de Pereira Passos (19021906)
 Paulo Maurício Rangel Gonçalves (FAETEC) – Morro da Conceição (RJ): entre lusas
tradições e a efervescência do(s) lugar(es)
 Margareth Gomes de Figueiredo (UEMA) – Influência pombalina na morfologia
urbana de São Luís do Maranhão
 Grete Soares Pflueger (UEMA) – Ruínas do Imperador em Alcântara – Maranhão
Dia 3 Pensar e fazer 5 – Poesia e outras artes
Coord: João Tiago Lima
(4ªf.)
14:00h
 Joana Matos Frias (Un. do Porto) – Literatura, esse cinema com cheiro: filme e poesia
nos modernismos português e brasileiro
 Marcia Arruda Franco (USP) – O eu e os outros, um tópico da poesia contemporânea
 Mônica Genelhu Fagundes (UFRJ) – Arte de dança: pensar o fazer – modos de autoreflexividade na poesia luso-brasileira.
Dia 3 Pensar e fazer 6 – Periódicos ontem e hoje
Coord: Eduardo da Cruz
(4ªf.)
15:30h
 Ernesto Rodrigues (Un. de Lisboa) – Portugal -Brasil na imprensa portuguesa
oitocentista.
 Maria Eunice Moreira (PUC-RS) – As “Senhoras” do Almanaque
 Nelson Schapochnik (USP) – Mistérios urbanos: Portugal e Brasil nas trilhas de
Eugène Sue
 Teresa Martins Marques (Un. de Lisboa) – A Mulher que venceu D. Juan: romance na
era digital
Dia 4 Pensar e fazer 7 – Poesia e poetas
Coord: Mônica Fagundes
(5ªf.)
14:00h
 Eucanaã Ferraz (UFRJ) – Sophia: cesteira e cesto
 Ida Ferreira Alves (UFF) – Modos de resistir na poesia
 Eduardo Coelho (UFRJ) – Encontros e desencontros na poesia de Mário Cesariny
Dia 4 Pensar e fazer 8 – Crônica, ficção, ensaio
Coord: Teresa Martins Marques
(5ªf.)
15:30h
 Eduardo da Cruz (UFR-RJ) – António Feliciano de Castilho, cronista de uma
sociedade em transformação
 Francisco Ferreira de Lima (UEFS) – Paisagens (d)e pobreza em Miguel Torga e
Manuel da Fonseca
 João Tiago Lima (Un. de Évora) – Adolfo Casais Monteiro: modos de pensar e fazer a
literatura portuguesa no Brasil.
Dia 4
(5ªf.)
17h
Pensar e fazer 9 – Um testemunho
Coord: Luciana Salles
 Zuenir Ventura: Os cravos de abril, 40 anos depois
Comunicações no RGPL (Rua Luís de Camões, 30)
DIA 2 (3ªf)
Sala
Herculano
Sala dos
Brasões*
DIA 3 (4ªf)
Sala
Herculano
Sala
Camilo
09h
Percursos Percursos Percursos
intercultu- intercultu- interculturais 1 –
rais 4 –
rais 7 –
Figuras
Do Sophia de
oitocentis- Iluminismo M. Breyner
tas
Andresen
Percursos
interculturais 10 –
Vozes do
Sul
10h
Percursos
interculturais 2 –
O
Romantismo
revisitado
Percursos
interculturais 5 –
Da escrita
camiliana
11h
Percursos
interculturais 3 – Do
literário
oitocentista
Percursos
interculturais 6 – A
História
reavaliada
DIA 4 (5ªf)
Sala dos
Sala
Brasões* Herculano
Sala
Camilo
Sala dos
Brasões*
Percursos Percursos
intercultu- interculturais 13 –
rais 16 –
Da cultura Guimarães
lusoRosa
brasileira
Percursos
interculturais 19 –
Ficção
contemporânea (a)
Percursos Percursos
intercultu- interculturais 8 –
rais 11 –
Jorge de
Poesia
Sena finissecular
(a)
Percursos
interculturais 14 –
Da
narrativa
contemporânea
Percursos
interculturais 17 –
José
Saramago
(a)
Percursos Percursos
intercultu- interculturais 20 –
rais 23 –
Ficção Bibliotecas
contemporânea (b)
Percursos
interculturais 9 –
Jorge de
Sena
(b)
Percursos
interculturais 15 –
Ciências e
saúde
Percursos
interculturais 18 –
José
Saramago
(b)
Percursos
interculturais 21 –
Ficção
contemporânea (c)
*Sala dos Brasões: auditório com datashow
Percursos
interculturais 12 –
Fernando
Pessoa
Percursos
interculturais 22 –
Língua,
lusofonia,
CPLP
Percursos
interculturais 24 –
Diálogos
camonianos
DIA 2 (3ª feira) – Real Gabinete Português de Leitura
09h Percursos interculturais 1 – Figuras oitocentistas
Coord: Eduardo da Cruz



Elisabeth Fernandes Martini (UERJ) – Deus e o diabo nas terras do Alentejo:Fialho
de Almeida e a razão (as)cética
Julianna de Souza Cardoso Bonfim (UERJ) – A.P. Lopes de Mendonça: o cronista
Ana Cristina Comandulli da Cunha (UFF/UniRio) – As sociedades de António
Feliciano de Castilho
10h Percursos interculturais 2 – O Romantismo revisitado
Coord: Eduardo da Cruz
Sala
Herculano



Rodrigo Vieira Ávila de Agrela (UFMG) – Conformidade e antinomia: o
romantismo português e o brasileiro
Ewerton de Sá Kaviski (UFPR) – Camilo e Alencar: confrontos
Caroline Aparecida de Vargas (UFPR) – A crítica clerical de Camilo Castelo Branco
e Bernardo Guimarães
11h Percursos interculturais 3 – Do literário oitocentista
Coord: Eduardo da Cruz




Roberto Loureiro (Univ. Coimbra) – A personagem na literatura portuguesa
oitocentista
Hugo Lenes Menezes (USP) – Relações literárias de Herculano e de Garrett com a
Cultura letrada brasileira
Eunice de Morais (UEPG) – Configurações do Romance Histórico por Alencar e
Herculano
DIA 2 (3ª feira) – Real Gabinete Português de Leitura
09h Percursos interculturais 4 – Do Iluminismo
Coord: Ida Alves



Berty Ruth Rothstein Biron (PPLB) – Considerações acerca do Iluminismo lusoBrasileiro
Iverson Geraldo da Silva (UFJF) – Uma herança oculta: ética e jurisprudência
verneyniana e um diálogo com o neotomismo.
Alex Gonçalves Varela (Lab. REDES/UERJ) – As memórias “históricas” do
ilustrado luso-brasileiro José Bonifácio de Andrada e Silva na Academia Real das
Ciências de Lisboa (1800-1819)
10h Percursos interculturais 5 – Da escrita camiliana
Coord: Ida Alves
Sala
dos
Brasões



Vanessa Suzane Gonçalves dos Santos (UFPA) – Prefácios camilianos: imagens do
romance
Atílio Bergamini Junior (Unicamp) – “República das letras e das tretas”: o
romance e seus suportes em Coração, cabeça e estômago e nos comentários sobre
Camilo Castelo Branco
Neila Mendonça Garcês Lima (UFPA) – O romance de Camilo Castelo Branco no
espaço folhetim do jornal Diário do Gram-Pará da década de 1860
11h Percursos interculturais 6 – A História reavaliada
Coord: Ida Alves




Ana Carolina Delmas (UERJ) – Infantas de Bragança na política luso-brasileira: a
presença feminina desde o reinado de D. Tareja até a regência de D. Isabel Maria
Isabele de Matos Pereira de Mello (UFF) – Magistrados a serviço do rei: os
desembargadores da Relação do Rio de Janeiro
Agnes Alencar (PUC-Rio) – Guerra e colonização em missivas portuguesas: uma
reflexão sobre a Guerra dos Tamoios
Maria Bertolina Costa (Univ. Coimbra) – Intelectuais maranhenses e movimentos
sociais: os egressos da Universidade de Coimbra na trama da Balaiada (18381841)
DIA 3 (4ª feira) – Real Gabinete Português de Leitura
9h
Percursos interculturais 7 – Sophia de Mello Breyner Andresen
Coord: Luciana Salles



Eduardo Silva Russel (UFRJ) – “Só em poesia se pode falar de poesia”: Sophia de
Mello Breyner Andresen lê Cecília Meireles
Rafael da Silva Mendes (UFRJ) – Sophia de Mello Breyner Andresen e João Cabral
de Melo Neto: um gume, duas facas
Victor Andrade da Silva Rosa (UFRJ) – Brasil ou do outro lado do mar: o lugar
poético fundado por Sophia de Mello Breyner Andresen
10h Percursos interculturais 8 – Jorge de Sena (a)
Coord: Gilda Santos

Sala
Herculano


Marcio Roberto Pereira (UNESP/Assis) – As representações do intelectual na
correspondência entre Jorge de Sena e Vergílio Ferreira (1950-1975)
Mariana Dourado da Rocha (UFRJ) – Travessia para além do Atlântico: a
transgressão dos limites em Jorge de Sena
Marco Antonio Saraiva (UFRJ) – A metamorfose como forma de refletir e criar a
poesia em língua portugesa.
11h Percursos interculturais 9 – Jorge de Sena (b)
Coord: Gilda Santos



William Cunha de Freitas (UFRJ) – Ósculo óculo: a ótica do beijo em Jorge de
Sena e Carlos Drummond de Andrade
Alessandro Barnabé Ferreira Santos (UFMa) – Figurações do testemunho
poético: modos de sentrir e ver o mundo em Ferreira Gullar e Jorge de
Sena.
Rodrigo Corrêa Machado (UFF) – Castro Alves e Jorge de Sena, uma leitura de
aproximações.
DIA 3 (4ª feira) – Real Gabinete Português de Leitura
09h Percursos interculturais 10 – Vozes do Sul
Coord: Mônica Fagundes



Gregory Magalhães Costa (UFRJ) – A poesia como espaço radical do tempo
extremo de vida e morte – Mário Quintana
Viviane Viebrantz Herchmann (FAPA) – Moysés Vellinho: um intelectual lusobrasileiro
Fábio Varela Nascimento (PUC-RS) – Desgraça açoriana e improviso colonial:
considerações sobre Um quarto de légua em quadro, de Luiz Antonio de Assis
Brasil.
10h Percursos interculturais 11 – Poesia finissecular
Coord: Mônica Fagundes

Sala
Camilo


Annie Gisele Fernandes (USP) – Para fazer poesia: a consciência da linguagem, do
eu e do mundo.
Bruno Anselmi Matangrano (USP) – A poesia simbolista em português: dois modos
de fazê-la e pensá-la
Karine Ferreira Maciel (UFRJ) – O amor na opressão do espaço urbano: uma
análise da atualização da tradição atavés do tempo
11h Percursos interculturais 12 – Fernando Pessoa
Coord: Luciana Salles



Gabriel Cid Garcia (UniRio) – Fernando Pessoa e o futuro de Portugal: as
possibilidades metafísicas do movimento imperial
Elizabeth Barros de Sousa Lima (Un.Brasília) – Leituras de morte: um estudo
comparado da poesia de Manuel Bandeira e Fernando Pessoa
Edson Tavares Costa (UEPB) – A “clara simplicidade” de Alberto Caeiro: a visão
de mundo do mais simples dos heterônimos pessoanos.
DIA 3 (4ª feira) – Real Gabinete Português de Leitura
09h Percursos interculturais 13 – Da cultura luso-brasileira
Coord: Cida Mota



Elcio Lucas (UEMC) – Utopia tropical: cordialidade e democracia racial no Brasil.
Joana Luíza Muylaert de Araújo (UFU) – Narrativas do exílio: considerações sobre
o local e o regional na prosa brasileira contemporânea.
Márcio Matiassi Cantarin (UTFPR) – Uma ideia sem lugar: notas sobre a invenção
do Brasil moderno em A máquina de madeira, de Miguel Sanches Neto
10h Percursos interculturais 14 – Da narrativa contemporânea
Coord: Cida Mota

Sala
dos
Brasões


Simone de Souza Braga Guerreiro (SEEDUC) – As metáforas da memória e do
esquecimento nas narrativas de Mia Couto e de Milton Hatoum
Tahis Seabra Leite (UFRJ) – Quixotesca semelhança: a tradição ficcional de José
Luís Peixoto e Machado de Assis
Davidson M.V. Alves (UFRJ) – Uma análise crítica da obra Morreste-me, de José
Luís Peixoto, sob uma visão imagética da linguagem literária.
11h Percursos interculturais 15 – Ciências e saúde
Coord: Cida Mota




Aires Antunes Diniz (Esc. Sec. Avelar Brotero) – Ciências naturais como tema no
diálogo luso-brasileiro
Maria Gabriela Silva Martins da Cunha Marin (UFABC) – Ecos da ilustração
portuguesa: médicos e militares luso-brasileiros na construção de dispositivos
sanitários na América Portuguesa (1790-1840)
Nathália Figueiredo de Azevedo (UFRJ) – Brasil e Portugal: a modernidade e as
instituições sociais de saúde
Diadiney Helena de Almeida (Fiocruz/Univ. Coimbra) – Saúde e doença nas obras de
folcloristas brasileiros e portugueses
DIA 4 (5ª feira) – Real Gabinete Português de Leitura
09h Percursos interculturais 16 – Guimarães Rosa
Coord: Iza Quelhas


Jaqueline Koehler (UFPR) – O terceiro sertão de Guimarães Rosa: o olhar
português sobre o Brasil.
Edna da Silva Polese (PUC-PR) – A figura do sertanejo como representação ou
êmulo do cavaleiro medieval – uma leitura de Eduardo Lourenço sobre Grande
Sertão: Veredas e Os Sertões.
10h Percursos interculturais 17 – José Saramago (a)
Coord: Iza Quelhas

Sala
Herculano


Diana Almeida Lourenço (UFPR) – A figura feminina em “O conto da ilha
desconhecida”, de José Saramago
Luana Barossi (USP) – Por uma leitura ciência-ficcional do Ensaio sobre a cegueira
Bruna Dancini Godk (UFPR) – O papel do leitor na obra História do Cerco de
Lisboa, de José Saramago
11h Percursos interculturais 18 – José Saramago (b)
Coord: Iza Quelhas



Pedro Fernandes de Oliveira Neto (UFRN) – Marcas da Literatura Brasileira de
1930 na obra de José Saramago
Marlus Regis Alvarenga (UnB) – As intermitências da morte e/em Memórias
póstumas de Brás Cubas: e no dia seguinte ninguém ressuscitou
Wagner Lacerda (UFJF) – Passado, presente e futuro em O ano de 1993 e Não verás
país nenhum
DIA 4 (5ª feira) – Real Gabinete Português de Leitura
09h Percursos interculturais 19 – Ficção contemporânea (a)
Coord:Madalena Vaz Pinto



Maria Aparecida da Costa (UFRN) – O mito do amor na narrativa contemporânea
luso-brasileira: Lygia Fagundes Telles e Lídia Jorge
Helena Maria de Souza Costa Arruda (UFRJ) – Os sons do silêncio e o despertar da
vozes femininas – entre A Costa dos Murmúrios, de Lídia Jorge e O tropical sol da
liberdade, de Ana Maria Machada
Antonia Marly Moura da Silva (UERN) – Para além do espaço ficcional: reflexões
sobre o insólito no conto contemporâneo.
10h Percursos interculturais 20 – Ficção contemporânea (b)
Coord: Madalena Vaz Pinto
Sala
Camilo



Ilca Vieira de Oliveira (UEMC) – Luzes de Leonor, de Maria Teresa Horta: a
clausura, a escrita e o voo de liberdade
José de Mota de Souza (UFMA) – A memória como tessitura do lugar: uma análise de
A casa da Cabeça de Cavalo, de Teolinda Gersão
Sophia Gaspar Leite (UFMA) – Memória e Esquecimento em A cidade sitiada e A
casa da cabeça de cavalo: onde Clarice Lispector e Teolinda Gersão se encontram
11h Percursos interculturais 21 – Ficção contemporânea (c)
Coord: Madalena Vaz Pinto




Rodrigo Lopes da Fonte Ferreira (UFRJ) – Vozes em desventura: testemunhos
multiperspectivados da realidade social na literatura engajada de Jorge Amado e
Fernando Namora
Aline de Almeida Rodrigues (UFRJ) – Xô: a incógnita brasileira em Um Amor
Feliz
Tércia Costa Valverde (UNEB) – António Lobo Antunes: sua escrita, seu mundo
Luara Pinto Minuzzi (PUC-RS) – A construção idealizada de Brasil e Portugal em
O retorno, de Dulce Maria Cardoso
DIA 4 (5ª feira) – Real Gabinete Português de Leitura
09h Percursos interculturais 22 – Língua, lusofonia, CPLP
Coord: Roberto Loureiro



Elena Lombardo (USP) – Contribuições do digital para os estudos da História da
Língua Portugesa: a reprsentação de um conjunto temático de crônicas históricas
Davidson Martins Viana Alves (UFRJ) – Representações socioculturais e
linguísticas de Brasil, de Portugal e de Moçambique no imaginário de falantes de
Português como língua não-materna
Nina Barbieri Pacheco (UERJ) – Galiza e a lusofonia no tempo da autoajuda
10h Percursos interculturais 23 – Bibliotecas
Coord: Roberto Loureiro
Sala
dos
Brasões



Simone Aparecida Fontes (UFRRJ) – Luís Joaquim dos Santos Marrocos: um
bibliotecário português nos trópicos
Clara Carolina Souza Santos (Unicamp) – Bibliotheca Lusitana (1836): um caso de
Literatura Brasileira e Lusitana em território inglês
Teodoro Koracakis (UERJ) – A Biblioteca Internacional de Obras Célebres: uma
aventura editorial luso-brasileira
11h Percursos interculturais 24 – Diálogos camonianos
Coord: Roberto Loureiro




Rodrigo Franco da Costa (UFRJ) – A construção da ideia de Pátria na Literatura
Portuguesa: a identidade cultural na epopeia de Luís de Camões
Geovanna Marcela da Silva Guimarães (UFPA) – O que é repensado em “A
Máquina do Mundo”: o poeta, a tradição ou a poesia?
Paulo Ricardo Braz de Sousa (UFF) – Camões antropófago
Fabiano Cataldo (UniRio) – O meu e o seu Camões
Comunicações dia 05 de setembro (6a. feira)
no
Liceu Literário Português – Rua Pereira da Silva, 322 (Laranjeiras)
- plano geral SALA
A
SALA
B
SALA
C
SALA
D
9h
Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais
35 – Revisitas ao Séc.
40 – Poesia
25 – Arte
30 – Educação
XIX
contemporânea (a)
10h
Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais
31 – Imprensa nos sécs.
41 – Poesia
26 – Teatro (a)
36 – Comércio
XIX e XX
contemporânea (b)
11h
Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais
37– Imprensa
42 – Poesia
27 – Teatro (b)
32 – Paisagem
oitocentista e mercado
contemporânea (c)
ALMOÇO
ALMOÇO
ALMOÇO
ALMOÇO
ALMOÇO
ALMOÇO
ALMOÇO
ALMOÇO
14h
Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais
33 – Periódicos dos sécs. 38 – Quinhentismo e
43 – Poesia
28 – Teatro (c)
XIX e XX
Seiscentismo
contemporânea (d)
16h
Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais Percursos interculturais
39– Espaços luso44 – Música, fotografia,
29 – Eça de Queirós
34 – Vergílio Ferreira
brasileiros
cinema
Comunicações dia 05 de setembro (6a. feira)
SALA A (Auditório c/ Datashow)
Percursos interculturais 25 – Arte
Coord: Gilda Santos



sala A - 9h
Ronaldo Vicente Pereira (IFRJ) – Análises dos retábulos portugueses nas igrejas de Santo Antonio e
Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência
Ana Maria Pessoa dos Santos (FCRB) – Estucadores portugueses no Rio de Janeiro séc.XIX.
Ana Lucia Vieira dos Santos (UFF) – Família Meira – estucadores portugueses no Rio de Janeiro.
Percursos interculturais 26 – Teatro (a)
Coord: Flavia Maria Corradin



sala A - 10h
Marta Brites Rosa (Un. Lisboa) – António José de Paula – contributos para a história teatral do
Brasil
Victor Emmanuel T. M. Abalada (UERJ) – Ópera, italianità e cultura portuguesa setecentista: um
rápido olhar sobre um significativo processo de trocas culturais
Wagner José Maurício Costa (UESPI) – Os “modos de fazer” comédia na peça “Amor, engaños y
zelos de Manuel Botelho de Oliveira e a tradição ibérica.
Percursos interculturais 27 – Teatro (b)
Coord: Berty Biron




sala A - 11h
Andrea Luisa Teixeira (PUC-GO/ UFG) – A arte de António José da Silva no espaço luso-brasileiro
Carlos Junior Gontijo Rosa (USP) – Anfitrião revisitado
Francisco Maciel Silveira (USP) – Pedro e Inês no divã com Freud
Flavia Maria Corradin (USP) – Madame: a distorção do ídolo?
Percursos interculturais 28 – Teatro (c)
Coord: Francisco Maciel Silveira




sala A - 14h
Renata Romero Geraldes (Unicamp) – Portugal: o mediador dos diálogos entre os palcos brasileiros
e europeus
Bruna Grasiela da Silva Rondinelli (Unicamp) – Os dramas de Mendes Leal nos palcos do Rio de
Janeiro: notas sobre as encenações e a recepção crítica
Maria Clara Gonçalves (Unicamp) – Furtado Coelho e sua atuação no Teatro Ginásio Dramático do
Rio de Janeiro
Lucas de Castro Lamonica (Unicamp) – Filomena Borges: entre peças portuguesas e problemas
brasileiros
Percursos interculturais 29 – Eça de Queirós
Coord: Monica Figueiredo




sala A - 16h
Débora Soares de Araújo (UFPR) – Paisagens da civilização – diálogo entre Euclides da Cunha e
Eça de Queirós
Carlos Alexandre Baumgarten (PUC-RS) – Eça de Queirós na “Província de São Pedro”
Marcella de Sá Brandão (e Virgilio Coelho de Oliveira) (UFMG) – O Liberalismo e o Catolicismo em
debate: uma análise do romance O crime do Padre Amaro.
Virgílio Coelho de Oliveira Júnior (e Marcella de Sá Brandão) (UFMG) – O Liberalismo e o

Catolicismo em debate: uma análise do romance O crime do Padre Amaro.
Silvio Cesar dos Santos Alves (FAETEC/RJ) – Um texto fora do lugar: algumas hipóteses sobre os
“esquecimentos” da segunda parte do artigo “A propósito de Thermidor”, de Eça de Queirós
Comunicações dia 05 de setembro (6a. feira)
SALA B (c/ Datashow)
Percursos interculturais 30 – Educação
Coord: Angela Telles



sala B - 9h
Ana Lúcia Cunha Fernandes (UFRJ) – A imprensa literária, artística e cultural e a construção de
uma história da educação luso-brasileira.
Maria Alzira Leite (PUC-MG) – Diálogos entre os modos de dizer e ser professor no Brasil e em
Portugal.
Teresa Sequeira-Santos (Un. de Lisboa) – Academias e Heterotopias: belas-artes vs. ciências, artes e
ofícios no Brasil-reino.
Percursos interculturais 31 – Imprensa nos sécs. XIX e XX
Coord: Eduardo da Cruz



sala B - 10h
Adelaide Maria Gonçalves Pereira Bastos (UFCE) – O anarquista Pinto Quartim entre Lisboa e Rio
de Janeiro
Karla Janaina Costa Cruz (UFPB) – Cultura impressa protestante no Oitocentos: um diálogo lusobrasileiro.
Natanael Duarte de Azevedo (UFPB) – O circuito da produção de um impresso pornográfico:
estratégias e táticas.
Percursos interculturais 32 – Paisagem
Coord: Ida Alves




sala B - 11h
Silvana Maria Pessoa de Oliveira (UFMG) – “Uma fugaz anatomia de árvores”: sobre as imagens da
floresta na obra de Carlos de Oliveira
Iza Quelhas (UERJ) – Para pensar minúsculas repúblicas em Terra Fria de Ferreira de Castro
Tatiana Prevedello (UFRS) – A representação geoespacial da ilha de São Miguel na poesia de
Cecília Meireles e Natália Correia.
Leonardo de Barros Sasaki (USP) – Dum subterrâneo parecido conosco: escuridão e crise em As
ilhas descohecidas
Percursos interculturais 33 – Periódicos dos sécs. XIX e XX
Coord: Eduardo da Cruz





sala B - 14h
Robertha Pedroso Triches Ribeiro (UFF/CPII) – Reconstruindo os laços luso-brasileiros através da
história: uma análise da revista Lusitania
Priscila Velozo da Silva (UERJ) – Atlântida: os esforços de João de Barros e João do Rio a favor da
campanha luso-brasileira.
Maria Lucilena Gonzaga Costa Tavares (UFPA) – Entre laços: permanência dos laços portugueses
no Brasil do século XIX
Adriana Mello Guimarães (Esc. Sup. Ed. de Portalegre) – A modernização, problema cultural lusobrasileiro: um estudo em torno da Revista de Portugal.(1889-1892)
Marcello Felisberto Morais de Assunção (UFG) – O Estado Novo brasileiro como espelho do
salazarismo: autoritarismo e corporativismo na seção “Crítica” da Revista Brasília (1942-1944)
Percursos interculturais 34 – Vergílio Ferreira
Coord: Tatiana Prevedello





sala B - 16h
Sabrina Sedlmayer (UFMG) – Todo velho é uma confissão: os diários de Vergílio Fereira
Alice Vieira Barros (UFMG) – O corpo e o fragmento: velhice e escrita nos diários de Vergílio
Ferreira.
Constance von Krüger de Alcântara e Silva (UFMG) – Emaranhados em nós: temas alinhavados nos
diários de Vergílio Ferreira
Maria Silvia Duarte Guimarães (UFMG) – O repertório literário de Vergílio Ferreira: a sua relação
com a literatura
Nathalia Greco (UFMG) – Na impossibilidade de ser um: Conta-corrente, de Vergílio Ferreira
Comunicações dia 05 de setembro (6a. feira)
SALA C
Percursos interculturais 35 – Revisitas ao Séc. XIX
Coord: Eduardo da Cruz



sala C - 9h
Natasha Mastrangelo Silva de Moraes (UERJ) – Paulo Barreto no Portugal d'Agora: outra
perspectiva do flâneur brasileiro.
Helio de Seixas Guimarães (USP) – As relações luso-brasileiras na correspondência de Machado de
Assis
Andreia Alves Monteiro de Castro (UERJ) – Um Porto de sensações: os mistérios de Gervásio
Lobato.
Percursos interculturais 36 – Comércio
Coord: Berty Biron


sala C - 10h
Alda Mourão (Un. de Coimbra) – A comunicação empresarial entre dois continentes: o Boletim da
Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro (1913-1931)
Angela Telles (Un. Estácio de Sá) – A vinculação governo imperial e comerciantes na formulação da
política promocional do café do Brasil no exterior (1880): catálogo da exposição de cafés do Brasil,
em Amsterdã (1883)
Percursos interculturais 37 – Imprensa oitocentista e mercado
Coord: Eduardo da Cruz



sala C - 11h
Camila Machado Burgardt (UFPB) – A invenção discursiva da seca no século XIX: a imprensa
nortista
Gilsa Elaine Ribeiro Andrade (UFPB) - O nome do autor; entre táticas e estratégias de manutenção e
apagamento
Virna Lúcia Cunha de Farias (IFPB) – O futuro: estratégias de mercado
Percursos interculturais 38 – Quinhentismo e Seiscentismo
Coord: Luiz Felipe Baêta Neves Flores
sala C - 14h





Fernanda Verdasca Botton (FATEC) – O reflexo de Caupé: como os europeus retratavam a beleza dos
índios nas crônicas históricas produzidas no século XVI
Bruna Baldini de Miranda (USP) – A trajetória editorial da obra de Gabriel Soares de Sousa:
aspectos linguísticos e filológicos
Daniel Vecchio Alves (Unicamp) – Viagem e imaginário: o quinto centenário da publicação da
Peregrinação (1614) de Fernão Mendes Pinto
Maria Alice Ribeiro Gabriel (USP) – Vieira e a impossibilidade de um retrato único
Marco Antonio Cabral Pereira (SEEDUC-RJ) – Laterones e Latrones: Pe. Antonio Vieira e os
desgovernos no Brasil restaurado (1640-1668)
Percursos interculturais 39 – Espaços luso-brasileiros
Coord: Silvana Maria Pessoa de Oliveira



sala C - 16h
Ricardo Nicolay de Souza (UERJ) – Lisboa, o lugar do fado
Jean Lucas da Silva Brum (UFF) – “Em Coimbra fui feliz”: as dimensões do lugar na
experiência da migração estudantil
Marcio Jean Fialho de Sousa (USP) – O espaço físico e o fazer literário
Comunicações dia 05 de setembro (6a. feira)
SALA D
Percursos interculturais 40 – Poesia contemporânea (a)
Coord: Ida Alves



sala D - 9h
André Luiz Silva da Rocha (UFRJ) – Glauco Mattoso, Camões e um diálogo sobre o soneto
Matthews Carvalho Rocha Cirne (UFAM) – O processo plagiotrópico em Rilkeana, de Ana Hatherly
Sidnei Ferreira Sales (USP) – Manutenções de um interdito: leitores e leituras de brasileiros e
portugueses das obras de Luis Nava e Eugénio de Andrade
Percursos interculturais 41 – Poesia contemporânea (b)
Coord: Ida Alves



sala D - 10h
Roberto Mário Schramm Júnior (UFSC) – Bestiários de Nemésio e Cabral; zoologias poéticas
comparadas.
Graciele Batista Gonzaga (UFMG) – Diálogos de O'Neill com Drummond e Mendes
Isabella Batista de Souza (UFMG) – Ruy Belo e Manuel Bandeira: como fazem os poetas
Percursos interculturais 42 – Poesia contemporânea (c)
Coord: Luciana Salles




sala D - 11h
Julia Pinheiro Gomes (UFRJ) – Transformar e transformar a realidade: os surrealistas portugueses
no debate sobre fingimento e testemunho em poesia.
Marcela Rodrigues Soares (IFBA/UFBA) – “Não só fui morto como sigo insepulto” ou “Todos somos
uns grandes imbecis” – alegoria e morte na poesia de Mayarant Gallo e Gonçalo M. Tavares.
Roberto Bezerra de Menezes (UFMG) – Faces da crítica brasileira da poesia de Herberto Helder
Antonio Carlos Cortez (Univ. Lisboa) – A poesia: modos de fazer mundos ou diálogos luso-brasileiros
Percursos interculturais 43 – Poesia contemporânea (d)
Coord: Mônica Fagundes



sala D - 14h
Patricia Carla Freitas da Silva (UFBA) – “Há feridas cíclicas”: notas sobre poesia e imagem em
poemas de Luiza Neto Jorge
Ana Cristina Joaquim (USP) – O poço é lá no alto: uma leitura de “Indulgência Plenária”, de
Alberto Pimenta
Júlia Telésforo Osório (UFSC) – Para uma poética da valorização do rascunho: Poetas sem
qualidades
Percursos interculturais 44 – Música, fotografia, cinema
Coord: Mônica Fagundes



sala D - 16h
João Baptista Ferreira de Mello (UERJ) – Traços de união Brasil-Portugal no cancioneiro popular
Samuel José Gilbert de Jesus (UFG) – Ut fotografia poesis: repensar as relações entre literatura e
fotografia a partir dos ensaios de Maureen Bisiliat e de Vitor Palla e Costa Martins
Patrícia Resende Pereira (UFMG) – As mil raízes entrelaçadas: Amazônia e Gândara no filme
“Carlos de Oliveira – sobre o lado esquerdo”, de Margarida Gil
((((((((((((((())))))))))))))))

Documentos relacionados