Artesanato Tradicional e Mercado

Сomentários

Transcrição

Artesanato Tradicional e Mercado
Artesanato
Tradicional
e
Mercado
•Arte contemporânea
• Arte popular
• Manualidades
• Arte folclórica
•Trabalhos manuais
•Artesanato cultural
•Arte
•Industrianato
•Design contemporâneo
•Artesanato hippie
•Verdadeira arte
• Artesanato de raiz
•Arte erudita
•Artesanato tradicional
Diversidade do mercado
Círio de Nazaré
Feira da providência
Espaço de comercialização - CNFCP
Sala do Artista Popular - CNFCP
Feira do Porto
Espaço de comercialização- CNFCP
O que seria do
amarelo
se todos
gostassem do
azul?
Brinquedos de miriti
Afinal quem
é
o mercado?
Icoaraci
Icoaraci
Maragogipinho
Maragogipinho
“Qualquer que seja o tipo de mundo social onde
exista, o folclore é sempre uma fala, é uma
linguagem que o uso torna coletiva. O folclore são
símbolos, através dele as pessoas dizem o que
querem dizer. A mulher poteira que desenha flores
num pote de barro, que queima no fundo do
quintal sabe disso. Potes servem para guardar
água, mas flores nos potes servem para guardar
símbolos. Servem para guardar a memória de
quem fez, de quem bebe e de quem, vendo as
flores, lembra de onde veio. E quem é. Por isso há
potes com flores”
Carlos Rodrigues Brandão
Unaí
Irará
Pedras de Maria da Cruz
O Artesanato
“não quer durar milênios
nem está possuído pela
pressa de morrer logo.
Transcorre com os dias,
flui conosco, desgasta-se
pouco a pouco, não
busca a morte nem a
nega: aceita-a.”
Otávio Paz
Passagem
Passagem
Ministério da Cultura
Instituto do Patromônio Histórico e Artístico Nacional
Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular
Artesanato tradicional e mercado
Roteiro- Ricardo Gomes Lima
Produção - Luciana Versiani
Fotografias – Acervo CNFCP