nitrato de prata - Faculdades Oswaldo Cruz

Сomentários

Transcrição

nitrato de prata - Faculdades Oswaldo Cruz
Rev. Abril/2003
NITRATO DE PRATA
1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO
Nome químico: nitrato de prata
Fórmula química: AgNO3
Sinônimos: cáustica lunar; sal de prata I do ácido nítrico.
CAS: 7761-88-8
3
0
3
2. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES
Número CAS: 7761-88-8
99-100%
PERIGOSO
3. IDENTIFICAÇÃO DOS PERIGOS
VENENOSO! PERIGOSO! CORROSIVO. CAUSA QUEIMADURAS EM QUALQUER ÁREA DE
CONTATO. PODE SER FATAL SE INGERIDO. NOCIVO SE INALADO. FORTE OXIDANTE.
PODE PEGAR FOGO EM CONTATO COM OUTROS MATERIAIS.
EFEITOS POTENCIAIS PARA A SAÚDE
9 Por inalação: Extremamente destrutivo para os tecidos da mucosa das membranas e trato
respiratório superior. Sintomas incluem sensação de queimadura, tosse, laringite, dificuldade
respiratória, dor de cabeça, náusea e vômito.
9 Por ingestão: CORROSIVO! Se ingerido causa severas queimaduras na boca, garganta e
estômago. Causa dores na garganta, vômito cor de café e diarréia. VENENOSO! Os sintomas
incluem dor e queimadura na boca, escurecimento da pele e membranas das mucosas,
garganta e abdômen, salivação, vômitos de cor escura, diarréia, colapso, choque, coma,
podendo levar à morte.
9 Contato com a pele: CORROSIVO! Sintomas de vermelhidão, dores e queimaduras severas.
9 Contato com os olhos: CORROSIVO! Deixa a visão embaçada, vermelhidão, dor e
queimaduras severas.
9 Por exposição crônica: Ingestões repetidas causam a descoloração permanente da pele, da
conjuntiva e membranas das mucosas. Inalações repetidas causam problemas nos pulmões.
9 Agravamento de condições pré-existentes: pessoas com problemas de pele , olhos e pulmões
são mais sensíveis a este produto.
4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS
CONTATO COM A PELE: Retire as roupas contaminadas e lave imediatamente com água por 15
minutos. Se aparecerem sintomas como vermelhidão ou irritação, leve a vítima para o hospital.
INALAÇÃO: Saia da área contaminada. Leve a vítima para um local arejado. Se a vítima
apresentar dificuldades respiratórias, faça respiração artificial ou dê oxigênio. Leve ao médico.
CONTATO COM OS OLHOS: Cheque se a vítima tem lentes de contato e remova-as. Lave com
água durante 15 minutos no lava-olhos. Leve a pessoa ao médico.
INGESTÃO: NÃO INDUZA O VÔMITO. Dê bastante água para a pessoa beber, se ela estiver
inconsciente não dê nada a ela. Leve ao médico.
5. MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO
Este material é um oxidante forte e pode aumentar a inflamabilidade de materiais combustíveis.
Muitas reações podem causar explosões, como a reação com amônia que formam compostos
sensíveis a choques mecânicos. Em caso de incêndio use água. Não use pó químico, CO2 ou
espuma.
6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO E VAZAMENTO
REMOVA TODAS AS FONTES DE IGNIÇÃO. Ventile bem a área . Vista equipamento especial de
proteção. Limpe a área de maneira que o pó não disperse muito no ar. Para recolher o material
use papel adsorvente. Se possível coloque num frasco vazio para tratamento ou reciclagem.
7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO
Estoque em área ventilada longe de materiais oxidantes, num frasco pequeno, sem umidade e
bem fechado. DEIXE AFASTADO DE FONTES DE IGNIÇÃO E CALOR. Evite estocar em
armários de madeira. Deixe longe de materiais incompatíveis, combustíveis e orgânicos. Proteja da
luz. Estoque na ÁREA AMARELA do almoxarifado.
8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL
OSHA: TWA: 0,01 mg/m3 para a Prata metálica
ACGIH: TWA: 0,01 mg/m3 para compostos de prata solúveis
VESTIMENTA MÍNIMA RECOMENDADA: avental de algodão de manga comprida, use óculos de
segurança.
LUVAS: de borracha descartável
MÁSCARA RESPIRATÓRIA RECOMENDADA: P3
9.PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICOS
Descrição física: cristais transparentes
Odor: inodoro
Massa Molecular: 169,87
Ponto de fusão : 212°C
Ponto de ebulição: 444°C com decomposição
pH: cerca de 6 (neutro ao papel de tornassol)
SOLUBILIDADE:
Água: 219 g/ 100 g @ 20°C
Gravidade especifica : 4,352
Pressão de vapor: muito baixa
Densidade de vapor (Ar=1): 4,4
10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE
Estável a temperatura ambiente dentro de frascos selados. Se exposto a luz, ocorre descoloração.
Sua decomposição gera óxidos de nitrogênio. É incompatível com amônia, alcalinos, arsenitos,
brometos, carbonatos, cloretos, iodetos, tiocianato, sais ferrosos, fosfato, ácido tânico e tartarato.
11.INFORMAÇÕES TOXICOLOGICAS
Dose típica
Modo
Espécie
Quantidade
LD50
Orl
Rato
1173
PODER IRRITANTE: olho/coelho: 1 mg severo padrão Draize
CARCINOGENICIDADE: investigado como tumorígeno
DADOS DE MUTAÇÃO: investigado
EFEITO REPRODUTIVO: investigado
Unidades
mg/kg
12.INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS
Informação não encontrada.
13.CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO
1. Há métodos para recuperação da prata com hidróxido de amônia e cobre (monografia das
FOC).
2. Trate a solução com cloreto de sódio ou carbonato de sódio. Filtre o precipitado e encaminhe
para aterro classe 1.
3. Para cada 200mL de solução contendo no máximo 1000ppm do metal adicione 1g de resina
amberlite IRA-400 ou Dowex IX8-50. Misture por 24h, filtre e disponha o resíduo em aterro
classe 1.
14.INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE
Número ONU: 1493
15.REGULAMENTAÇÕES
NFPA: Saúde: 4 Inflamabilidade: 0 Reatividade: 0
Rótulo: OXIDANTE
VENENOSO! PERIGOSO! CORROSIVO. CAUSA QUEIMADURAS EM QUALQUER ÁREA DE
CONTATO. PODE SER FATAL SE INGERIDO. NOCIVO SE INALADO. FORTE OXIDANTE.
PODE PEGAR FOGO EM CONTATO COM OUTROS MATERIAIS.
BIBLIOGRAFIA
ARMOUR, M.A. Hazardous Laboratory Chemical: Disposl Guide. Boca Raton: CRC Press, 1996.
Guia de Seleção de Respiradores 3M. 2001.
http://www.jtbaker.com
ELABORADO E REVISADO PELA COORDENAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES –
PROFESSORA MARIA LUCILA UJVARI DE TEVES

Documentos relacionados

SULFATO DE POTÁSSIO hidrogenado

SULFATO DE POTÁSSIO hidrogenado INGESTÃO: NÃO INDUZA O VÔMITO. Dê bastante água para a vítima. Encaminhe ao médico. 5. MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO Não é considerado perigoso de inflamar-se. Chamas quando envolvem este material ...

Leia mais

ácido fórmico - Faculdades Oswaldo Cruz

ácido fórmico - Faculdades Oswaldo Cruz Neutralize com hidróxido de sódio ou carbonato de sódio até pH 5-9. Descarte no esgoto. 14. INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE Número da ONU: 1779

Leia mais