dv05:Grupo Editorial.qxd - Projeto Escola e Família em Formação

Сomentários

Transcrição

dv05:Grupo Editorial.qxd - Projeto Escola e Família em Formação
17 DE NOVEMBRO DE 2011 QUINTA-FEIRA
WWW.DIARIODEVISEU.PT
5
VISEU
15 MIL EUROS GASTOS DESDE O INÍCIO DO ANO
BREVES
Fundo Solidário da Cáritas
de Viseu está quase esgotado
O Fundo Solidário, criado pela
Cáritas Diocesana de Viseu com o
objectivo de dar resposta às
pessoas mais carenciadas, está
quase esgotado. Desde o início do
ano foram gastos cerca de 15 mil
euros em apoios para fazer face a
pedidos de pagamento de facturas
da água, de electricidade e de gás.
Segundo o presidente da Cáritas de Viseu, José Borges, as solicitações têm vindo a aumentar,
prevendo-se que a situação não
melhore no próximo ano. Até ao
final do passado mês de Outubro, foram atendidas cerca de
1.500 pessoas.
Entretanto, a campanha de
Natal ‘10 milhões de estrelas –
um gesto pela paz’, da Cáritas
Portuguesa, vai reverter este ano
em favor de projectos destinados a apoiar famílias portuguesas em situação de carência,
com 65% do montante recolhido.
Em comunicado, o organismo
I
humanitário católico realça que
a nona edição do evento pretende “motivar os cidadãos para os
valores da paz, da justiça e da
solidariedade”, num ano em que
os pedidos de ajuda aumentaram consideravelmente.
A falta de meios financeiros
tem feito com que algumas delegações diocesanas não consigam atender, em tempo útil, a
todas as solicitações, indica o
documento. Nesse sentido, a
Caritas Portuguesa já classificou
a campanha como “uma excelente oportunidade” para que se
manifeste o “sentido de solidariedade que sempre caracterizou o povo português para superar esta crise”.
O Conselho Geral da organização católica revelou, que nos
primeiros 10 meses de 2011, as
Cáritas diocesanas já atenderam
cerca de 28 mil famílias portuguesas. l
VISEU RECEBE ACTIVIDADES NO DIA 25
Jornada de solidariedade
contra violência sobre as mulheres
No âmbito do Dia Internacional Contra a Violência Sobre
as Mulheres, que se assinala a 25
de Novembro, a associação
Adamastor vai organizar em
Viseu uma jornada de solidariedade que aborda esta temática, com diversas manifestações artísticas, tendo como base
a situação actual das mulheres
no Afeganistão, considerado o
país mais perigoso do mundo
para as mulheres.
Assim, no Rossio, pelas
16h00, haverá arte de rua, com
exposição de obras de artistas
locais, seguindo-se, duas horas
I
mais tarde, uma marcha solidária até ao Largo da Sé, onde será
feita uma vigília com velas e
lenços verdes.
Às 20h30, no IPJ, realiza-se
uma conferência sobre “Mulheres, Paz e Segurança”, com a
participação de Filomena Pires,
do Movimento Democrático de
Mulheres, Manuela Antunes
presidente da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em
Risco de Viseu, Catarina Vieira e
Castro, da ONG Olho Vivo, e
Lucia Casarola, de ACNUR
Italia. Seguir-se-á a projecção do
filme “Persepolis”. l
RECEITA REVERTE PARA OS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS
Lions Clube de Viseu promove
matiné solidária este domingo
I O movimento Lions de Viseu
vai promover uma matiné
dançante, cujas receitas vão
reverter a favor dos Bombeiros
Voluntários de Viseu e de uma
instituição de doença mental.
O evento vai ter lugar no edifício dos Bombeiros Voluntários,
este domingo, pelas 16h00, onde
será também servido um lanche
buffet. A matiné dançante vai
ser animada por Silvana Pereira
e Eduardo Paulo, um duo de
cantores que vai ajudar o Lions
Clube de Viseu nesta causa
solidária.
Durante a festa será sorteado
um quadro a óleo feito por um
elemento do Lions Clube de
Viseu. Este clube, criado em
Viseu em 1978 e inserido na
Associação Lions Clubs Internacional, tem como missão
apoiar projectos ou instituições
que precisam da ajuda da sociedade civil. l
I O CAMPUS DE VISEU do
Instituto Piaget é palco,
amanhã, pelas 18h30, da
inauguração da “Exposição
4+2”, da autoria de Ana
Barbeiro e Yuraldi Rodriguez, que conta com a colaboração de Carlos Nolasco, Khalid Fekhari e Ângeles
Saura.
A APRESENTAÇÃO do
11.º cromo Viseupédia terá
lugar sábado, na Empório,
pelas 15h00. A temática é
“A Basílica Paleocristã de
Viseu”, da autoria de João
Luís Inês Vaz (texto) e César
Figueiredo (imagem).
I
A FNAC recebe sábado,
pelas 17h00, o concerto de
Sónia Oliveira, que vai apresentar ‘Páginas’, o segundo
álbum de originais da cantora, que conta com a produção de Vitor Salgueiral e a
masterização de Yoad Nevo,
que já trabalhou com nomes
como Bryan Adams, Duran
Duran, Sugababes, Pet Shop
Boys, Sophie Ellis Bextor,
Goldfrap ou Moby.
I
A POUSADA DE VISEU é
palco, segunda-feira, da
apresentação do livro “O
Hospital Novo da Misericórdia de Viseu. Assistência,
Poder e Imagem”, da autoria de Vera Lúcia Magalhães. A apresentação, pelas
18h30, estará a cargo António Pimentel, da Universidade de Coimbra.
I
ESTÁ PATENTE ao público na “Casa de Lavoura e
Oficina do Linho”, em Várzea de Calde, até 30 de Dezembro, a exposição temporária “Raízes”, de José
Manuel Dias Xavier. A mostra pode ser apreciada de
terça-feira a domingo, das
10h00 às 12h00 e das
14h00 às 17h00.
I
I ATÉ FINAL DO MÊS, a
delegação de Viseu do Instituto Português da Juventude acolhe uma exposição
de pranchas de BD sobre a
figura histórica de Álvaro
Gonçalves Coutinho - O
"Magriço", lendário cavaleiro de Penedono, da autoria de Pedro Emanuel,
natural de Gonçalo (Guarda).
Projecto “puxa”
os pais para a escola
“Pais e Professores em Formação/Acção”
é uma iniciativa que visa a aproximação dos pais
à escola, valorizando o seu envolvimento
na aprendizagem dos filhos
I Coordenado por Maria Martins, o projecto conta com uma
equipa de profissionais de diversas áreas, nomeadamente
seis professores da Escola
Básica 2,3 Infante D. Henrique, a
psicóloga responsável pelos
SPO do Agrupamento, um docente da Escola Superior de Educação de Viseu, um médico da
Unidade de Saúde Familiar
Grão Vasco, uma dietista do
Hospital S. Teotónio, uma enfermeira do mesmo hospital, uma
assistente social do Centro de
Saúde 3 e duas psicólogas encarregadas de educação.
A iniciativa “Pais e Professores
em Formação/Acção” prevê a
realização de sessões temáticas
ao longo do ano, nas quais serão
abordados diversos temas que se
prendem com a necessidade de
reforçar a colaboração e o envolvimento entre escola e família.
“Orientação no estudo” foi o
tema apresentado na primeira
sessão do projecto, realizada na
Escola Infante D. Henrique. A
estreia da iniciativa foi um sucesso e contou com uma participação elevada de pais e encarregados de educação.
Na primeira parte, após a
apresentação do grupo de pessoas envolvido no projecto, Maria Martins apresentou os resultados de um estudo realizado
nesta escola, através da aplicação de inquérito aos encarregados de educação e aos directores de turma, com o objectivo de
perceber algumas questões
relacionadas com a participação
dos encarregados de educação
ALBERTO CARTAGENA E MARIA MARTINS orientaram a 1.ª sessão
na vida escolar dos seus educandos.
Nesta apresentação foi dado
particular destaque aos resultados sobre a percepção dos inquiridos no que respeita aos factores
que se constituem como constrangimentos a essa colaboração. De seguida, Alberto Cartagena, em representação da Escola
Superior de Educação de Viseu,
abordou a importância da participação dos pais e encarregados
de educação na vida da escola, salientando a necessidade dos
mesmos apoiarem os filhos nas
aprendizagens.
Referiu mesmo que todos os
estudos realizados confirmam
que, quando os pais se envolvem
efectivamente, os resultados
escolares e educativos dos filhos
são melhores.
A segunda parte da sessão
contou com uma metodologia
dinâmica, permitindo uma intervenção activa dos pais e
encarregados de educação. Estes
foram divididos em grupos
restritos por diversas salas,
onde cada grupo procedeu à
análise de uma situação concreta e registou as principais
conclusões dessa reflexão. No
final, de novo em grupo, foi
apresentada uma síntese dessas
conclusões, tendo saído reforçado o reconhecimento da necessidade de uma estreita cooperação
entre a escola e as famílias.
Nesse sentido, e no que toca à
participação a partir de casa, os
participantes destacaram de
modo particular a importância da
organização e planificação de toda
a dinâmica familiar em função do
cumprimento das tarefas escolares do seu educando, o diálogo
com o educando no sentido da
valorização da escola e a comunicação regular com a escola.
A próxima sessão realiza-se a
30 de Novembro, onde será
desenvolvida a temática “Hábitos de uma alimentação saudável: nutrição/obesidade”. l
ENCONTRO DECORRE NO PAVILHÃO MULTIUSOS
Associações juvenis reúnem em Viseu
O pavilhão multiusos acolhe
este fim-de-semana a 11. edição
do Encontro Nacional de Associações Juvenis.
Trata-se de uma iniciativa
promovida pela Federação Nacional de Associações Juvenis, e
que conta com o apoio da Câmara de Viseu.
I
Segundo a organização, o
encontro será um espaço de
debate e intercâmbio, de projecção pública, de discussão e de
reflexão participativa das matérias que interessam e preocupam os jovens portugueses,
de formulação de políticas
públicas de juventude em
Portugal, de consolidação dos
elementos identitários do sector
e de projecção da melhoria e
fortalecimento da sua acção.
Estima-se a participação de
cerca de um milhar de representantes do movimento associativo juvenil nacional neste encontro.l

Documentos relacionados