Aula 1 8a Serie 2 versão PDF

Сomentários

Transcrição

Aula 1 8a Serie 2 versão PDF
Aula 1: O mundo e suas
diversidades
Casa estilo alemão
Casa: etnia Jê Xavante
Casa estilo japonês
Casa estilo russo
Casa caipira
Casa de Taipa
Yurts (Mongólia)
O que as imagens tem em comum?

As imagens mostram que a construção
das casas foi realizada a partir de
técnicas
Globalização: Milton Santos
Econômica: ―A globalização é o estágio supremo
da internacionalização.. O mundo inteiro
torna-se envolvido em todo tipo de troca:
técnica, comercial, financeira, cultural.
 ORIGEM DA GLOBALIZAÇÃO: Técnicas
 PRODUÇÃO E INFORMAÇÃO
GLOBALIZADAS:
◦ Nova Divisão Internacional do Trabalho
◦ Tendência à Homogeneização Cultural
◦ Tendência à Homogeneização Técnica
Vivemos em um Mundo Global?
É
possível um isolamento?
 Não existem mais fronteiras?
 A circulação é livre?
 As Técnicas são iguais no mundo
todo. Mas e a criação das técnicas? É
controlada igualmente por todos?
Homogeneização da cultura
Indústria cultural: as diversas manifestações
culturais e artísticas são, cada vez mais, vendidas
como qualquer mercadoria.
 ―destaca-se seu poder em destituir dos indivíduos a
autonomia em julgar e decidir. Se a revolução
industrial mecanizou a relação entre homem e
trabalho, a indústria cultural mecanizou a relação
entre o homem e sua própria subjetividade.‖
 Através da massificação da cultura, consegue-se
extrair o máximo de lucro dela: do mesmo modo
como foi feito no fordismo industrial

Atividade
Calvin está conversando com seu pai e
traz uma importante estratégia da
Indústria Cultural. Qual é?
2. Na segunda tirinha, Calvin e Haroldo
conversam e, no final, falam sobre a
relação entre individualidade
(subjetividade) e indústria cultural.
Explique essa relação e qual a sua
importância para o avanço do
capitalismo.
1.
Andy Warhol: a Pop Art

O anos 1960 marcam uma guinada na sua carreira
de artista plástico e passa a se utilizar dos
motivos e conceitos da publicidade em suas
obras, com o uso de cores fortes e brilhantes e
tintas acrílicas. Reinventa a pop art com a
reprodução mecânica e seus múltiplos serigráficos
são temas do cotidiano e artigos de consumo,
como as reproduções das latas de sopas
Campbell e a garrafa de Coca-Cola, além de
rostos de figuras conhecidas como Marilyn
Monroe, Liz Taylor, Elvis Presley, Che Guevara e
símbolos icônicos da história da arte, como Mona
Lisa. Estes temas eram reproduzidos serialmente
com variações de cores.
Caracteristicas da Industria Cultural
Baseia-se em cultura de massa (expressão cultural
feita para outro consumir) e meios de
comunicação de massa.
 A indústria cultural elabora os conteúdos de
forma a aumentar o consumo e modificar
hábitos,
 Para isso necessita atingir a sociedade como um
todo.
 Transforma as manifestações culturais e naturais
em mercadorias desejáveis: Música, dança,
gastronomia, indumentária,corpo, amor, meio
ambiente.

Qual o papel do ídolo na Indústria
cultural?

Você se lembra... Delas?
Por onde andam???
As Spice Girls foram uma banda pop britânica criada originalmente em 1993.
Formada por Emma Bunton, Geri Halliwell, Melanie B, Melanie C e Victoria
Beckham, o grupo tornou-se conhecido em 1996 com o primeiro single,
Wannabe.
Em apenas três álbuns gravados: Spice, Spiceworld e Forever o grupo vendeu
mais de 55 milhões de discos, e tornou-se a banda pop e girlband mais famosa
mundialmente de todos os tempos e recordista de vendas.
Após a demissão do empresário Simon Fuller e a saída de Geri Halliwell do
grupo, em 1998, as Spice Girls passaram algumas conturbações, retornando
apenas em2000 com o terceiro álbum, Forever. Em 2001 o grupo dissolveu-se
definitivamente, seguindo, cada integrante, sua própria carreira músical
distinta.
Separadas desde então, as Spice Girls, voltaram a se reunir em sua formação
original em 2007, para gravar um Greatest Hits, com algumas faixas inéditas, e
realizar uma turnê mundial intutulada The Return Of The Spice Girls (O
Retorno das Spice Girls) com seus maiores sucessos, finalizando por vez o
grupo em 2008. As Spice Girls consagraram grandes sucessos como Wannabe,
Holler, 2 Become 1,Say You'll Be There,Viva Forever e Spice Up Your Life.
Alienação e Indústria cultural

No capitalismo, os homens tendem à
◦ Trabalho: que é trocado por um valor em moeda
inferior às forças por ele gastas
◦ alienado do produto de seu trabalho: que ele
mesmo não pode comprar, pois seu trabalho não
é remunerado a altura do que ele mesmo produz;
◦ alienado, enfim, em relação a tudo, alienado de
seus projetos, da vida do país, de sua própria vida,
uma vez que não dispõe de tempo livre, nem de
cultura capaz de permitir-lhe a crítica de si
mesmo e da sociedade
Reificação
Para essa sociedade, o padrão maior de
avaliação tende a ser a coisa, o bem, o
produto; tudo é julgado como coisa,
portanto tudo se transforma em coisa —
inclusive o homem.
 Na sociedade de massas, TER E PARCER
É MAIS IMPORTANTE QUE SER.

Evolução das Técnicas
Nesse período houve uma grande
evolução técnica no mundo.
 Essa evolução ocorreu principalmente em
relação aos:

◦ Meios de transporte
◦ Meios de informação
◦ Pesquisa científica.
Técnicas e homogeneização

O aprimoramento das técnicas, contudo, manteve
a Divisão Internacional do Trabalho, ou seja:
◦ Os países desenvolvidos produzindo, inovando em todos
os setores de tecnologia – e lucrando através de
royalties, direitos de patente etc.
◦ Os países subdesenvolvidos industrializados compram
tecnologia dos países desenvolvidos. Pouco ou nenhum
investimento em pesquisa e inovação.
◦ Os países subdesenvolvidos continuam exportando
apenas matérias-primas e importando produtos
industrializados: ou seja, a desigualdade entre eles é
mantida, se não tiver sido ampliada.
Para o desenvolvimento de um
simples aparelho de barbear, lançado
em 2000, uma multinacional norteamericana investiu um bilhão de
dólares no projeto, fabricação e
estratégia de marketing. O projeto
levou seis anos para ficar pronto e
foi desenvolvido por 500
engenheiros. Foram registradas 35
patentes nos EUA, desde a lâmina de
carbono até a tarja azul no alto do
cartucho, que, ao ficar branco, indica
a necessidade da troca
Aspectos da globalização, segundo
Milton Santos: Fábula

A globalização como fábula ou como nos
querem fazer crer: É a globalização como
os órgãos de imprensa, controlados por
grandes corporações, quer nos fazer
acreditar.
Algumas idéias falsas sobre
globalização
Mito da aldeia global (fazendo crer na difusão
instantânea de notícias, e que todas as pessoas
tem acesso igual)
 Encurtamento das distâncias - para aqueles que
realmente podem viajar (difunde a noção de
tempo e espaço contraído), como se o mundo
estivesse ao alcance da mão de todos
 Mercado global capaz de homogeneizar o planeta,
na verdade as diferenças locais são aprofundadas.
 A uniformidade está a serviço dos atores
hegemônicos, mas o mundo se torna menos
unido, e o sonho da cidadania universal mais
distante.

Algumas idéias falsas sobre
globalização
Consumo como sinônimo de liberdade.
 Morte do Estado: os governos perderam
seu poder
 Ideologia neo-liberal: os governos devem
cortar os gastos, as barreiras alfandegárias
devem ser extinguidas, as legislações
trabalhistas flexibilizadas, de modo a
facilitar as demissões etc.

Qual a intenção da Mídia em
propagar essas idéias?
Aspectos da globalização, segundo
Milton Santos: Perversidade

A globalização como perversidade ou
como ela é: a exploração dos
trabalhadores foi ampliaram, bem como a
desigualdade entre ricos e pobres e entre
países desenvolvidos e subdesenvolvidos.
Situações de ―perversidade‖
Aspectos da globalização, segundo
Milton Santos: Possibilidade

A globalização como possibilidade ou
uma outra globalização: os avanços
técnicos a serviço de uma sociedade
democrática onde todos poderão,
igualmente, aproveitar seus benefícios
Como atingir essa outra
globalização?

Documentos relacionados

Spice Girls levam metas da ONU a 53 milhões de

Spice Girls levam metas da ONU a 53 milhões de A campanha que teve o maior poder "viral" na internet na última semana usou uma música pop das Spice Girls que acaba de completar 20 anos. Wannabe, um dos primeiros sucessos do grupo britânico, foi...

Leia mais