Transporte paletes

Сomentários

Transcrição

Transporte paletes
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
2/10/12
09:20
Página 40
Este sistema de transporte busca a
combinação ideal entre a eficiência dos
transelevadores e os processos de entrada,
expedição e manipulação das unidades de
carga. Trata-se de um conjunto de elementos
dedicados ao traslado, acumulação e/ou
distribuição da mercadoria para as
posições específicas requeridas pela
operação de logística.
09:20
Página 41
Transportadores Paletes
2/10/12
ÍNDICE
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
Elementos de transporte
42
Transportador de roletes
Transportador de correntes
Transferência mista de roletes
e correntes
Transportador (de roletes ou correntes)
giratório
Transportador de correntes
de entrada e saída do armazém
Controle de gabarito
Elevador para paletes
Área de controle
Transportador elevador de roletes
Transportador para meio pallet
Carro transportador transferidor
Lançadeira
Transportador de roletes a cota 0
Sistema de carga e descarga
automática de caminhões
Empilhador/Desempilhador de paletes
Despaletizador por camadas
Eletrovias
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
2/10/12
09:21
Página 42
Mecalux dispõe de uma
ampla gama de elementos
vinculados ao transporte
de unidades de carga.
Procurou-se obter a máxima
padronização das medidas e
componentes com o objetivo
de facilitar a produção,
montagem e a futura
colocação em operação.
Tudo isto resulta em
uma redução dos prazos
de entrega e dos custos
de instalação.
ELEMENTOS DE TRANSPORTE
8
11
12
8
1
42 Transportadores de Paletes
7
5
4
2
3
10
1
Transportadores de roletes (TR)
2
Transportadores de correntes (TC)
3
Transferência mista de roletes e
correntes (TM)
4
Transportador giratório (TG)
5
Transportador de correntes de
entrada e saída do armazém
6
Elevador de paletes
2/10/12
09:21
Página 43
Transportadores Paletes
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
Transportador
de roletes (TR)
Permite a transferência de paletes
na direção das faixas longitudinais.
É o elemento mais adequado para
transportar paletes quando existe
grandes distancias a cobrir, sendo estes
transportados no sentido longitudinal.
Admite diferentes larguras de paletes,
para configurar a orientação mais
adequada.
Concebido para oferecer capacidade
suficiente para transportar unidades de
carga pesada independentemente. De
igual modo, admite configurações de
acúmulo sequencial de mais de uma carga
e de até 4.000 kg.
7
Transportador elevador de
roletes (TRE)
DADOS TÉCNICOS / Transportador de roletes
Bases de transporte
8
Lançadeira (LZ)
Peso da unidade de carga máx.
9
Empilhador e desempilhador
de paletes (AP)
Longitudes padrão
10
Despaletizador por camadas (APC)
Alturas padrão de transporte
11
Eletrovias (EV)
Condições ambientais
Elementos de segurança
Freio
12
Seu projeto robusto proporciona grande
confiabilidade em todos os ambientes
de trabalho. As condições ambientais
descritas na tabela de dados técnicos são
as admitidas pelo modelo standard, mas
podem ser ampliadas com a instalação
das proteções adequadas.
Velocidade de transporte
PBR / Europaletes 1.000 / 800 mm
1.500 kg
1.340/2.676/3.010 mm
Fixa 10 m/min - Variável 20 m/min
600/900/1.100 mm
–30 ºC a +40 ºC
Opcional
e defesas
www.mecalux.com.br
43
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
>>
2/10/12
09:21
Página 44
ELEMENTOS DE TRANSPORTE
Transportador
de correntes (TC)
Transferência mista
de roletes e correntes (TM)
Transportador de paletes para o
transporte no sentido transversal
aos paletes. É o complemento perfeito
do transportador de roletes já que a
união de ambos permite realizar giros
de 90º ou 180º, facilitando a criação de
recirculações e de circuitos de transporte,
úteis para certas necessidades. Pode
ter 2, 3 ou 4 ramais de correntes, em
função das características da carga.
Mudança de direção a 90º no avanço
das unidades de carga com entrada no
transportador de roletes e saída no de
correntes, ou vice versa. Para realizar
esta operação, é necessária a
combinação de um transportador
de roletes fixo na bancada e um
transportador de correntes sobre
um bastidor de elevação excêntrica.
A união de ambos os componentes
em um único elemento, configura a opção
mais adequada para evitar as mudanças
de direção.
As condições ambientais descritas
na ficha de dados técnicos são as
aceitas pelo modelo padrão, mas é
possível ampliá-las com a instalação
das proteções adequadas.
Incorpora o stop
para garantir o
posicionamento
do palete antes
da transferência.
DADOS TÉCNICOS / Transportador de correntes
DADOS TÉCNICOS / Transferência mista
Bases de transporte
Bases de transporte
PBR / Europalete 1.000 / 800 mm
Peso da unidade de carga máx.
Longitudes padrão
Velocidade de transporte
Alturas padrão de transporte
Condições ambientais
1.500 kg
1.300/2.000/2.700 mm
Fixa 10 m/min - Variável 20 m/min
650/950/1.150 mm
–30 ºC a +40 ºC
Freio
Opcional
44 Transportadores de Paletes
Peso da unidade de carga máx.
Longitude do lado dos roletes
Velocidade de transporte
Alturas de transporte (correntes)
PBR / Europalete 1.000 / 800 mm
1.500 kg
1.190 mm
Fixa 10 m/min - Variável 20 m/min
650/950/1.150 mm
Largura do transportador (no lado das correntes) 1.250/1.450 mm
Condições ambientais
–30 ºC a +40 ºC
2/10/12
09:21
Página 45
Transportadores Paletes
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
Transportador (roletes
ou correntes) giratório (TG)
Transportador de roletes ou correntes
com capacidade de giro, que permite
transferir as unidades de carga entre
transportadores não alinhados.
O transportador de roletes ou
correntes giratório possibilita
direcionar o pallet a qualquer ângulo
com relação à direção de entrada.
DADOS TÉCNICOS / Transportador giratório
Bases de transporte
Peso da unidade de carga máx.
Longitude
Diâmetro da escora aprox.
Velocidade de transporte
Alturas de transporte
Largura do transportador
Tempo de giro mínimo a 90º
Giro máximo
Condições ambientais
www.mecalux.com.br
PBR / Europalete 1.000 / 800 mm
1.500 kg
1.329 mm
1.900 mm
Fixa 10 m/min - Variável 20 m/min
Roletes: 600/90071.100 mm
Correntes: 650/950/1.150 mm
960/1.160 mm
4s
180º
–30 ºC a +40 ºC
45
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
>>
2/10/12
09:22
Página 46
ELEMENTOS DE TRANSPORTE
Transportador de corrente
de entrada e saída para
o armazém
Como regra geral, o palete sempre recebe
o garfo do transelevador por seu lado mais
estreito para sua colocação no interior do
armazém automático. A fim de otimizar a
capacidade da instalação, é necessário
posicionar transportadores de correntes
nas entradas e saídas dos corredores do
armazém.
É semelhante ao transportador de
correntes descrito anteriormente, mas sua
longitude e número podem variar em
função das necessidades de acumulação.
Posto de inspeção
de entradas (PIE)
O posto de inspeção de entradas
é um equipamento de controle
do sistema de transporte, cuja
missão é comprovar que as dimensões
das unidades de carga nas entradas
cumprem com as especificações
da instalação. Ao ser o primeiro
controle da unidade de carga e base,
se inclui um leitor de etiquetas de
códigos de barras, para identificação
do produto e seu posterior registro
no sistema SGA.
Para garantir seu correto transporte e
posterior armazenagem, se instalam
dois dispositivos de controle do estado
e qualidade da base de transporte. Um
controla os vãos por onde entrarão os
garfos do transelevador e o outro os
patins de apoio na estante.
As verificações que devem ser
realizadas são:
I
I
I
I
I
Controle de sobre carga.
Controle de largura da carga.
Controle de alturas diferentes.
Controle de excesso de peso.
Identificação com escaner para leitura
da etiqueta de código de barras.
Em caso de detecção de alguma anomalia,
a unidade de carga se rejeita e um painel
operativo mostra o defeito para seu
recondicionamento.
46 Transportadores de Paletes
2/10/12
09:22
Página 47
Transportadores Paletes
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
www.mecalux.com.br
47
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
>>
2/10/12
09:22
Página 48
ELEMENTOS DE TRANSPORTE
Elevador para paletes (EP)
Sistemas de controle
Trata-se de um elemento de
transporte vertical de unidades
de carga baseado em um dispositivo
de elevação por meio de contrapeso
e sistema de tração. É implementado
em instalações com sistemas de
transporte a diferentes níveis
de altura. Permite uma recirculação
vertical.
O funcionamento automático de
todos os elementos que configuram
um armazém automático está controlado
por sistemas elétricos e eletrônicos. Estes
equipamentos são quadros elétricos com
manobras de controle e proteção de
motores, assim como componentes
eletrônicos de potência para o controle
das velocidades de transporte. Estes
quadros estão por sua vez comandados
por PC’s programados para seu ótimo
funcionamento.
Suporta diferentes configurações
que permitem transferir cargas por
rolos ou correntes.
DADOS TÉCNICOS / Elevador para paletes
Bases de transporte
PBR / Europalete 1.000 / 800 mm
Peso máximo da unidade de carga
1.500 kg
Nº máximo de cargas
2
Velocidade máx. de elevação
60 m/min
Nível de carga inferior mínimo
600 mm
Regulador de velocidade vertical
Variador de freqüência
Condições ambientais
–30 ºC a +40 ºC
Sistemas de elevação
Acessos de manutenção
Correntes com contrapeso
Plataforma em grupo de elevação
com corrimãos e escada de acesso
Segundo motor de reserva
48 Transportadores de Paletes
Opcional
A posição destes componentes e quadros
de controle se define junto com o cliente
para sua melhor acessibilidade e
proteção.
2/10/12
09:22
Página 49
Transportadores Paletes
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
www.mecalux.com.br
49
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
>>
2/10/12
09:22
Página 50
COMPONENTES MECÁNICOS
Transportador
para paletes menores
Quando uma unidade de carga tem
as dimensões de medida de palete
(600 x 800 mm), os transportadores
de correntes devem incorporar dois
ramais centrais de correntes adicionais
para poder transportar duas medidas
de paletes em paralelo.
Quando estas medidas de paletes
se deslizam sobre os roletes, estes
são de diâmetro menor e estam
colocados a um passo inferior
entre eles.
TC05 (corrente paletes menores)
Na medida que os paletes se deslizam
sobre as correntes e se transportam
em paralelo de dois em dois,
ocupando toda a largura entre os
eixos de correntes exteriores.
TR05 (roletes paletes menores)
Na medida que os paletes se
deslizam sobre roletes de 60 mm de
diâmetro, colocados a um passo
inferior entre eles, se os
comparamos com um transportador
para paletes.
TM05 (transferencia mixta
paletes menores)
Este transportador permite a
transferência de duas medidas de
paletes. Se realiza agrupando-os
em pares.
Transportador
de roletes a cota 0 (TRX)
Transportador que permite a carga e
descarga com uma transpaleteira a nível
do solo, prescindido de mesas elevadoras.
até igualar o nível do resto do sistema
de transporte e facilitar assim seu
deslocamento contínuo.
Para sua aplicação nos postos de entradas
e saídas, o nível dos roletes estão a 80 mm.
A carga se eleva automaticamente
Integra um detector por anel de indução,
como elemento de segurança para
as pessoas.
DADOS TÉCNICOS / Lançadeira única carga
Bases de transporte
Carga máx. do palete
Longitudes disponíveis
Alturas de transporte
Velocidades
Guia do paletes
Condições ambientais
50 Transportadores de Paletes
PBR / Europalete 1.000 / 800 mm
1.500 kg
1.300 mm
80 mm
10 m/min
Mediante canais
–30 ºC a +40 ºC
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
2/10/12
09:22
Página 51
Carro de transferência (CT)
Caso as necessidades da instalação
exijam, seus trilhos podem ser embutidos
no piso para evitar a criação de uma
barreira física ao longo de seu percurso.
Para obter mais serviços em ciclos,
carga ou velocidade, pode-se utilizar
lançadeiras com diferentes configurações
e sistemas embarcados (roletes,
correntes, garfos...). Opcionalmente,
a lançadeira pode transportar duas
cargas de uma vez.
Transportadores Paletes
Carro transportador pertence aos
sistemas de transporte não contínuo de
unidades de carga, e sua implementação
é adequada quando os requisitos
dinâmicos não são elevados. Sempre
inclui outro elemento de transporte a
bordo, como roletes ou correntes.
DADOS TÉCNICOS / Carro transportador
Bases de transporte
PBR / Europalete 1.000 / 800 mm
Carga máx. do pallet
1.500 kg
Velocidade translação máx.
80 m/min
Condições ambientais
–30 ºC a +40 ºC
Sistema de posicionamento
Telêmetro
Alimentação elétrica
Contatos deslizantes
Sistema de comunicação
Fotocélulas de infravermelhos
Lançadeira (LZ)
Lançadeira única carga (LZ-1L)
É igual ao carro transferidor, a
lançadeira está desenhada para o
transporte transversal de cargas,
admitindo um alto fluxo de transporte
graças a uma maior velocidade de
translação.
Lançadeira para duas cargas (LZ-2L)
A diferença em relação à de simples
carga, é que a de dupla carga permite
personalizar a distância entre cargas
segundo as necessidades de instalação,
sendo esta, um parâmetro configurável.
Deste modo, a peça de união entre
ambos bastidores será variável em
função da distância entre cargas.
Dispõe de grande capacidade de
carga (2 x 1.000 kg).
DADOS TÉCNICOS / Lançadeira única carga
DADOS TÉCNICOS / Lançadeira dupla carga
Bases de transporte
Bases de transporte
PBR / Europalete 1.000 / 800 mm
palete pequeno 800x600 mm
Carga máx. do palete
Velocidade de translação máx.
Condições ambientais
Sistema de posicionamento
Sistema de comunicação
Alimentação elétrica
www.mecalux.com.br
1 x 1.500 kg ou 2 x 500 kg
140 m/min
0 a +40 ºC (–30 ºC opcionais)
Telêmetro
Fotocélulas de infravermelhos
Contatos deslizantes
PBR / Europalete 1.000 / 800 mm
palete pequeno 800x600 mm
Carga máx. do palete
Velocidade de translação máx.
Condições ambientais
Sistema de posicionamento
Sistema de comunicação
Alimentação elétrica
2 x 1.000 kg ou 2 x (2 x 500) kg
120 m/min
0 a +40 ºC (–30 ºC opcionais)
Telêmetro
Fotocélulas de infravermelhos
Contatos deslizantes
51
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
>>
2/10/12
09:22
Página 52
ELEMENTOS DE TRANSPORTE
Sistema de carga e descarga
automática de caminhões
Sistema para carga e descarga de
caminhões de forma automática. Para
tanto é necessário:
I
I
I
Um equipamento fixo na plataforma
de carga.
Um equipamento na plataforma
de descarga.
Um semi reboque equipado com
um sistema de transporte embarcado.
Plataforma de carga e descarga
Composta de seis ramais, cada um
deles formado por um suporte sobre o
qual se desloca, devidamente guiada,
a corrente de transporte do tipo duplex.
As plataformas têm uma longitude
máxima de 13,6 m e somente se
diferenciam no sentido da marcha
dos transportadores.
Semi reboque
Em cada reboque se instala um
transportador motorizado de seis ramais
de cadeias.
Confiabilidade e segurança do sistema
Toda a instalação está blindada e protegida
contra possíveis golpes ou colisões que
podem afetar o funcionamento.
A alimentação elétrica se produz desde
um enchufe colocado no exterior de início
de carga. Com este sistema a
transferência desde o transportador
de início ao caminhão está garantida
e evita bloqueios e desgaste do reboque.
Vantagens do sistema
I Manipulação massiva de mercadoria.
I Economia importante no tempo
de carga e descarga.
I Eliminação de acidentes na
manipulação da carga.
I Redução de pessoal e equipe de
manutenção.
I Possibilidade de utilizar "carrinhos"
(dependendo da tipologia).
I Capacidade de deslocamento total
de uma carga de até 32 t.
Um sistema de centralização exterior
posiciona e suporta corretamente o
reboque para a transferência.
DADOS TÉCNICOS / Sistema de carga e descarga automática
Longitude
12.000 mm
Largura total
Altura de transporte
Peso máx. por unidade de carga
Capacidade de carga máxima
Tempo de carga e descarga em semi reboques de 12 m
52 Transportadores de Paletes
2.400 mm
650/950 mm
1.000 kg
32.000 kg
4,5 min
2/10/12
09:23
Página 53
Transportadores Paletes
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
Empilhador/Desempilhador
de paletes
Despaletizador por camadas
Um despaletizador por camadas é uma
máquina cuja unidade de movimentação
é a camada completa de uma unidade de
carga. Isto significa que, partindo de
um palete mono-produto, o despaletizador
por camadas retira camada a camada as
unidades, depositando-as sobre outros
paletes com destino à expedição.
Os sistemas de transporte automático
que requerem colocação ou extração
de paletes vazios dispõe de um
empilhador de paletes.
Mediante um sistema de garfos
telescópicos com elevação
eletromecânica, se deposita a pilha de
paletes vazios sobre um novo palete,
elevando depois toda a pilha. O mesmo
dispositivo pode inverter o processo,
realizar a função de desempilhar,
depositar a pilha sobre o transportador
e elevar os paletes que estão por cima
do inferior, sendo este último liberado
para seu transporte.
Oferecemos dois tipos de empilhadores
de camadas:
1. Empilhador por vácuo: succiona os
produtos de uma camada. Este sistema
está projetado para camadas com
produtos de grande variedade.
2. Apilador por ventosas/garras: uma
camada inteira sujeitando os produtos
graças a múltiplas ventosas ou garras
prensáveis. Esse sistema é concebido
para camadas de produtos compactos e
homogêneos.
Com estes elementos é possível
configurar conjuntos que permitam
distribuir os paletes vazios a postos de
preparação de pedidos ou ao processo
contrário, acumulando os paletes que
sobram do mesmo processo.
DADOS TÉCNICOS / Despaletizador por camadas
DADOS TÉCNICOS /
Empilhador/Desempilhador de paletes
Altura máx. da carga (com palete)
Capacid. de empilhamento máx.
14 pallets
Peso máx. da camada
Velocidade de transferencia
20 m/min
Velocidade máx. de translação
Longitudes disponíveis
Roletes 1.340 mm - Correntes: 1.800 mm
Velocidade de elevação
Altura máxima de cargas Roletes 2.213 mm - Correntes: 2.187 mm
Nº máx. de postos de despaletizado
Altura de transporte
Longitude máx. de translação
Condições ambientais
www.mecalux.com.br
Roletes: 600/900/1.100mm
Correntes: 650/950/1.150 mm
–30 ºC a +40 ºC
Ciclos de funcionamento de entrada máx.
Ciclos de funcionamento de saída máx.
2.500 mm
300 kg
120 m/min
30 m/min
20 m
25 m
25 paletes/hora
150 camadas/hora
53
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
>>
2/10/12
09:23
Página 54
ELEMENTOS DE TRANSPORTE
Eletrovías
Um transporte de mercadorias alternativo
se faz mediante veículos com comando
individuais que se movem por um trilho
em forma de “I”.O trilho está suspenso
no teto do armazém ou fixado ao solo
mediante estrutura tipo pórtico.
Vantagens:
I
I
I
I
I
I
I
Modo de uso simples.
Confiabilidade ante requisitos fortes.
Grande adaptabilidade das
necessidades próprias de cada planta.
Sua instalação e manutenção
afetam muito pouco a atividade da
planta.
Sistema econômico, funciona
somente quando se transporta
uma carga.
Não representam uma barreira física.
Os carros de transporte são
elementos autônomos, permitindo
sua retirada do conjunto do sistema
de forma individual .
O projeto da eletrovia pode ser adaptado
a cada uma das zonas de trabalho da
empresa com desvios, giros, entradas
e saídas.
A eletrovia possibilita equilibrar os tempos
de ciclos gerais em produção.
3
1
4
1
Desvio de entrada
e saída
2
Mudança de três vias
3
Mudança de via
paralela
4
Cruzamento giratório
5
Cruzamento giratório
de duas vias
2
5
2
Esquema das mudanças de vias
54 Transportadores de Paletes
2/10/12
09:23
Página 55
Transportadores Paletes
03 BR AUTO V7 TPP.qxd:C AUTOMATICOS G
Elementos básicos de construção
Elementos de comando centralizados
da eletrovia
Conduzem a eletrovia com um código
de destino desde a saída até o ponto de
chegada. Sempre se utiliza o caminho
mais adequado e os veículos vazios são
distribuídos nos diferentes pontos de
carga do percurso.
Veículos automotivos
com elementos portadores
O grupo motriz é idêntico para veículos
simples ou duplos e é composto
por um travessão com vários ganchos
dependendo das cargas transportadas.
Um único motor redutor com mudança
de sentido fica encarregado de mover
o veículo ao longo da eletrovia. Há várias
possibilidades de portadores: fixos,
móveis e pendulares.
Pode-se incluir um transportador de
roletes a bordo ou adaptá-lo a sistemas
de pick to light, por exemplo.
Trilho de circulação
com alimentação elétrica
Fornece a alimentação aos motores
através de suas linhas de cobre.
www.mecalux.com.br
Controle de movimentos sem sensores
A comunicação pelos trilhos de cobre
permite saber a todo instante a posição
de cada carro e evitar ter que manter
elementos de detecção externos.
Mudanças de vias, cruzamentos
e desvios
Diversos elementos possibilitam fazer as
mudanças de vias necessárias, atalhos
e habilitação de zona de manutenção.
Estação de diagnóstico
É recomendável utilizar estações
de diagnóstico automáticas para
inspecionar cada nova fase de transporte
evitando assim erros de fluxo.
A estação também detecta as avarias
e controla o nível de desgaste dos
elementos críticos.
Elementos de construção
complementares
Elevadores verticais
Ajudam a superar diferenças de níveis
dentro de um mesmo percurso,
habilitando assim a comunicação vertical.
Proteção de segurança
Máxima proteção com a possibilidade
de montar malhas de segurança por baixo
dos trilhos.
Elementos de centralização
Trata-se de motores
lineares que deslocam um lance de
rodagem sobre o próprio trilho. Para
o gancho, são peças mecânicas
que o mantem imóvel na posição
adequada.
DADOS TÉCNICOS / Eletrovias
Capacidade de carga por veículo simples/duplo
Velocidade de transporte máx.
250 kg /2.000 kg
100 m/min
Raios de curva
Desde 500 mm
Pendente máx.
4%
55
Para mais informações visite a nossa página www.mecalux.com.br
ou entre em contato através do e-mail [email protected]
SÃO PAULO FÁBRICA
SÃO PAULO ESCRITÓRIO
Rua Eonio Moreira Diniz, s/nº
Jardim Nova Europa - Hortolândia - SP
CEP 13184-861
Tel.: (19) 3809 6800
Alameda Rio Negro, 585, Cj. 85
Alphaville Industrial - Barueri - SP
Tel.: (11) 4134 2155
SEDE CORPORATIVA (AMÉRICA)
SEDE CORPORATIVA (MUNDIAL)
1600 N. 25th Ave.
Melrose Park, IL 60160
Silici, 1 08940 Cornella de Llobregat, Barcelona
Espanha
Delegaciões na: Alemanha - Argentina - Bélgica - Brasil - Canadá - Chile - Eslovaquia - Espanha - EUA - França - Holanda
Itália - México - Panamá - Peru - Polônia - Portugal - Reino Unido - República Checa - Turquia - Uruguay
Copyright © 2011 Mecalux. Todos os direitos reservados.
MK-077699-10/12 - ©MECALUX,SA
MECALUX ESTÁ PRESENTE EM MAIS DE 70 PAÍSES EM TODO O MUNDO

Documentos relacionados

SoluçõeS em TRANSPoRTADoReS De PAleTeS

SoluçõeS em TRANSPoRTADoReS De PAleTeS de várias configurações de montagem dos roletes, bem como dos seus acionamentos, torna o CDLR o produto mais frequentemente utilizado no portfólio de transportadores de paletes da Intelligrated.

Leia mais

movimentação contínua aérea

movimentação contínua aérea contínuos aéreos podem incluir transportadores contínuos elevados tipo “power and free”, correntes e monotrilhos. Estes produtos em geral são usados em ambientes de produção e montagem.

Leia mais