abril/2015 - Agenda da Periferia

Сomentários

Transcrição

abril/2015 - Agenda da Periferia
ANO 9 - NÚMERO 88
WWW.AGENDADAPERIFERIA.ORG.BR
TRIUNFO
Paulo Henrique Sant’Anna
DISTRIBUIÇÃO GRATUITA
ABRIL 2015
CAPITAL E GRANDE SÃO PAULO
Ainda vivendo a repercussão do lançamento da biografia e do
documentário lançados em 2014, Nelson Triunfo será tema
de programação durante todo o mês no SESC Campo Limpo.
A vida e a obra desse artista único na cena cultural brasileira
serão abordadas em debates, shows musicais, espetáculos
de dança, exposição, entre outras atrações.
7º SAMBA
PELA PAZ PAGODE DA 27
PLÍNIO MARCOS:
80 ANOS
DE ESCRITA
MALOQUEIRA
LOUCOS POR
VINIL FAIR – 13º
EDIÇÃO
Flores em vida Flores em vida Flores em vida Flores
AL
I
R
O
IT
D
E
Flores em vida
“Se alguém quiser fazer por mim
Que faça agora.
Me dê flores em vida”
Divulgação
Esses versos do samba “Quando eu me chamar saudade”, de Nelson
Cavaquinho, parece que foram feitos para Nelson Triunfo. O bailarino de
bailes funk dos anos 70 e 80 e um dos precursores do movimento hip hop
no Brasil, vem tendo sucessivas homenagens em vida. No ano passado, ele foi
tema de uma vasta biografia e de um filme documentário. Ambas as obras tiveram
ampla repercussão trazendo de volta o velho Nelsão para o centro da cena. Após o
lançamento do livro e do filme, ele passou a participar de inúmeros eventos, palestras e
a fazer shows, voltando a ser figurinha carimbada na TV, mídia impressa, internet e rádio.
O ano passou, chegou 2015 e Nelson Triunfo mantém-se em evidência. Dessa vez ele
será homenageado pela Unidade Campo Limpo do SESC, que durante todo o mês de abril
fará uma série de atividades relacionadas à vida e carreira desse grande artista numa
programação muito bem construída, mostrando um artista para além da identificação
com o hip hop e os bailes funk. Triunfo não ficou restrito a essas duas vertentes que são,
evidentemente, centrais na sua carreira. Ele se dedicou muito ao ensino de arte, mais
especificamente da dança de rua à educação de forma geral e à memória da cultura negra
e difusão da cultura nordestina.
Nelson Triunfo tem uma faceta também ligada com a militância política. Ele foi um dos que
fundaram a Casa do Hip Hop de Diadema, pioneira no Brasil. Participou de movimentos
culturais e sociais, foi candidato a vereador, ajudou a criar a Zulu Nation. Parceirão de
King Nino Brow, disseminou o hip hop na grande São Paulo e no Brasil. Organizou o Rap
Repentente, evento histórico que fez a conexão do Rap com a tradição da literatura de
cordel e do repente. Realizado na Paraíba em 2004, esse encontro teve a participação do
então ministro da cultura, o músico Gilberto Gil.
O dramaturgo Nelson Rodrigues dizia que toda unanimidade é burra e isso faz muito
sentido. Mas a história reserva poucos lugares a pessoas que conseguem superar essa
sentença. Nelson Triunfo é um caso assim de uma unanimidade que resiste ao tempo.
Não há no hip hop quem não o admire. Todas as gerações desse movimento o têm como
um arauto, uma fonte inesgotável de influência. De Mano Brown a Rashid, de Sharylaine
a Flora Matos, todos saúdam Nelsão como um mestre. Ele
consegue em vida, ter o reconhecimento que certos
artistas só tiveram depois de mortos, como Raul
Seixas e Carolina de Jesus. Por isso é mais do
que justa essa homenagem do SESC Campo
Limpo a este artista nordestino, do sertão
de Pernambuco, mais especificamente de
Triunfo que fica próximo de Serra Talhada
onde nasceu Lampião. Há quem diga
que pernambucano não veio ao mundo a
passeio. Nelsão parece que cumpre essa
sina. Que ele receba todas as flores que
merece em vida, pois, completando os
versos de Nelson Cavaquinho, “Depois
que eu me chamar saudade/Não preciso
de vaidade/Quero preces e nada mais”.
Vida longa a Nelson Triunfo!
Hip Hop
08
Formação Cultural
Divulgação
ÍNDICE
04
Samba
EVERSON LANÇA
CD SOLO
05
Literatura
11
Teatro
Alexandre Kishimoto
12
Outras
Cenas
LANÇAMENTOS SOBRE
IRMANDADE DO
JATOBÁ (MG)
13
Hip-Hop
Divulgação
SOU HIP HOP – HOMENAGEM A
NELSON TRIUNFO E SABOTAGE
Programação especial dedicada à
Cultura Hip Hop.
Dias 07 e 28 (terças-feiras),20h. Filme:
Branco Sai, Preto Fica.
Dias 08 e 09 (quarta e quinta-feira),
19h. Vivência: Com o Dj Slick.
Dia 10 (sexta-feira), a partir das 19h.
Homenagem a Nelson Triunfo e
Sabotage. Bate papo.Mediação: Paulo
Brown. 20h - Discotecagem Triunfo e
Sabotage: Com Kl Jay, Rappin hood e
Sandrão RZO.
Dia 10 e 24 (sextas-feiras), 18h30.
Customização de tênis.
Dia 11 (sábado), 20h30. Show: Versão
Popular e Poesia Samba Soul
Dia 12 (domingo), 19h. Show: MC
Ralph e Coletivo
Dias 15 e 16 (quarta e quinta-feira),
19h. Vivência: Com Elly Pretoriginal.
Dia 18 (sábado), 18h30. Leitura
literária: Marcello Gugu.
Dia 21 (terça-feira), 19h. Espetáculo:
Urbanóides 2.0. Discípulos do Ritmo.
Dia 22 e 23 (quarta e quinta-feira), 19h.
Vivência: Break Dance:
Dia 25 (sábado), 15h. Vivência: Nos
Tempos da São Bento: Com Marcelinho
Back Spin.
Dia 25 (sábado), 20h. Show: Nelson
Triunfo - participação de Mano Brown e
Flora Matos.
Sesc Campo Limpo - Rua Nossa Senhora do Bom
Conselho, 120. Campo Limpo, Zona Sul. Entrada
franca. (11) 5510-2700.
04
BATALHA DA ESTAÇÃO
Encontro de rap na Estação Francisco Morato
para batalhas de freestyle e com elementos
da Cultura Hip Hop como graffiti, DJ, break e
microfone aberto. Apresentação: Mamuti Zero
Onze. Discotecagem: DJ Clevinho. Convidado:
Rapadura.
Dia 17 (sexta-feira), a partir das 18h. Praça Juvenal Harttman
- Rua Juvenal Hartmann, S/N. Centro. Francisco Morato. Em
frente à Estação CPTM. Entrada franca.
[email protected]
RITMO E POESIA: HIP-HOP E
LITERATURA PERIFÉRICA
Atividade que aproxima ainda mais a relação
do rap nacional com a literatura periférica.
Mesclando poesia, ritmo e história, uma
apresentação dinâmica que passeia
pelo universo poético e político da cena
contemporânea brasileira. Com os convidados:
Fino Du Rap, DJ F-Zero, Mel Duarte e Dugueto
Shabazz.
Dia 09 (quinta-feira), 15h. Fábricas de Cultura da Brasilândia
– Av. Inajar de Souza, 7001. Jardim dos Francos. Zona Norte.
Entrada franca. (11) 3859-2300.
REDUTO DO RAP
Idealizado pelo Coletivo NusCorre. Surgiu para
fortalecer os eventos de rap na periferia da Zona
Norte e aproximar os jovens da Cultura Hip Hop.
Dia 12 (domingo), das 14h às 17h30.
Lançamento do documentário Reduto do Rap.
Microfone aberto. Shows com Raul, Will e
Mamuti 011. Discotecagem com os DJ’s:
Makola e Dipper.
Fábricas de Cultura Jaçanã – Rua Raimundo
Eduardo da Silve, 138. Jaçanã, Zona Norte.
Entrada franca.
Dia 25 (sábado), das 18h às 22h. Lançamento
do documentário Reduto Rap e da coletânea
“Aonde tem rap eu vou”, com apresentações de
beatbox com Ere. Ow. Discotecagem com DJ
Makola. Microfone aberto.
CEU Jardim Paulistano – Rua Aparecido do
Toboado, s/n. Prédio Redondo. Freguesia do Ó,
Zona Norte. Entrada franca.
Informações: (11)98063-5683 / 96683-3443.
[email protected]
Samba
EVENTOS
SAMBA DA COMUNIDADE
SAMBA DO BALAIO DO CANJICO
Dia 02 (quinta-feira), das 19h às 22h. Ação Educativa – Rua
General Jardim, 660. Vila Buarque. Entrada franca. (11)
3151-2333.
Dia 11 (sábado), das 15h às 21h. Rua Diogo Domingues, 102.
Próximo ao Largo do Clipper. Freguesia do Ó, Zona Norte.
Entrada franca. (11)99259-8181.
O Movimento Cultural @migos do Samba.com
em parceria com Ação Educativa promovem
a roda de samba em conjunto com as
comunidades de roda de samba. Nesta edição
com a Roda de Samba 12 x 8.
SAMBA FAMÍLIA
Concebida em agosto de 2011 e privilegia o
samba tradicional. Sua principal característica é
o ambiente familiar para que toda a comunidade
possa se divertir. Discotecagem: DJ Fábio.
Acontece no segundo domingo do mês.
Dia 12 (domingo), das 12h às 17h. Avenida Visconde de Nova
Granada, 513. Osasco. Entrada franca.
projetosambafamilia.comunidades.net
Esta roda teve início em setembro de 2013 com
uma reunião mensal para difundir o samba de
raiz e resgatar compositores da velha guarda.
Nesta edição com Campanha de incentivo à
Leitura, com trocas de livros.
SAMBA NOSSAS COISAS
Idealizado pelos @migosdosamba.com, em
parceria com a Ação Educativa, o projeto
convida sambistas das rodas de samba.
Convidada: Dayse Cordeiro.
Dia 17 (sexta-feira), das 19h30 às 22h. Ação Educativa –
Rua General Jardim, 660. Vila Buarque. Entrada franca. (11)
3151-2333.
EVERSON LANÇA CD SOLO
TERAPIA DOS BOÊMIOS
Idealizado por Reginaldo em novembro de 2012
com um encontro de amigos para um bate papo
informal abordando temas do cotidiano, que
resultou em samba de raiz.
SAMBA DO OLARIA
Iniciou em 2004 com uma reunião de amigos
e instrumentistas num bate-papo sobre a
autenticidade do ritmo, sem a intenção de
prosseguir regularmente. Em formato de Samba
de Mesa. Todo segundo domingo do mês com
brinquedos para as crianças.
Dia 12 (domingo), a partir das 14h. Rua Gaspar Barreto,
387. Vila Alpina. Zona Leste. Entrada franca. (11) 999091837/96722-6924 c/ Ricardo Romano.
TERREIRO DE COMPOSITORES
Encontro de sambistas e compositores na Zona
Leste, que se reúnem para apresentar suas
músicas e evidenciar as composições de samba
que são reunidas em um caderno para que todos
possam acompanhar a letra e seguir a melodia.
Todas as quintas-feiras, das 20h30 às 23h. Bareskina –
Avenida Luis Inácio de Anhaia Mello, 1720. Próximo ao Metrô
Vila Prudente. Zona leste. Entrada franca. (11) 72285080/[email protected]
Divulgação
Todas as quartas-feiras, 20h. Sallin Bar – Rua Tomás Antônio
Villani,175. Paralela Av. Deputado Emílio Carlos, altura do
nº 2071. Vila Santa Maria. Zona Norte. Entrada franca.
(11)94786-5330/96154-1080.
O músico Everson lança seu primeiro
CD da carreira solo. Ele, que é um dos
fundadores do Quinteto em Branco e
Preto, realiza seu primeiro show da
nova fase musical em Itaquera, Zona
Leste. Diretor musical, produtor, cantor,
compositor, arranjador e também
um dos líderes do Berço do Samba
de São Matheus. No repertório estão
composições de músicas inéditas e
sucessos já interpretados e gravados
pelo músico.
Dia 15 (domingo), das 14h às 21h. Casa das Dia
08 (quarta-feira), 21h. Bar Colonial – Rua São
Teodoro, 1.451. Itaquera, Zona Leste. Entrada HR$
20,00 e M R$ 10,00.
05
RODAS DE SAMBA DE COMUNIDADE
Toon Nascimento
SOCIEDADE SAMBA DÁ CULTURA!
Criada em 2006 por antigos sambistas
e moradores da região de Santo Amaro,
nas imediações do Guarapiranga
e M’Boi Mirim, no qual reúnem
admiradores desse gênero musical.
Dia 05 (domingo), a partir das 17h. Casa Popular
de Cultura M´Boi Mirim - Av. Inácio Dias da Silva,
S/Nº, Piraporinha. Zona Sul. Entrada franca. (11)
5514-3408/98560-6042.
www.sambadacultura.com
MOVIMENTO CULTURAL SAMBA DO
SINO
Roda teve início em dezembro de 2008 e surgiu
da necessidade em manter acesa a chama
da Cultura Popular Brasileira, trazendo à tona
histórias que são cantadas através de sambas
de raiz de todo o território nacional.
Todas as terças-feiras, 20h. Ensaio aberto.
Dia 11(sábado), 18h.Samba Três – Samba do Sino e Família
Mantiqueira convida Os Favoritos da Catira.
Pontão de Cultura Giramundo – Rua Jacob, 223. Jardim
Tranquilidade. Guarulhos. Entrada franca. (11) 4970-6846.
SAMBA DA LAJE
Teve início em 1997 e reúnem-se para
reverenciar o melhor do samba de raiz com
os músicos da própria comunidade. A roda
acontece no segundo domingo do mês. É
possível também apreciar uma deliciosa feijoada
preparada pela líder do samba Dona Generosa.
Dia 12 (domingo), 14h. Rua Jadi, 79 Travessa da Rua Jorge
Duprat Figueiredo. Vila Santa Catarina. Zona Sul. Entrada 1
kg de alimento não-perecível. (11) 96084-2294/5566-0345.
[email protected]
06
COMUNIDADE MARIA CURSI
Roda fundada em julho de 2004, formada por
moradores da Zona Leste. O público chega
de vários cantos da cidade para apreciar o
samba de raiz e de terreiro. Com um repertório
formado por nomes consagrados da música
brasileira, como Cartola, Nelson Cavaquinho,
João Nogueira, Demônios da Garoa e Martinho
da Vila, o encontro da Comunidade Maria Cursi
também evidencia novos compositores.
Dias 11,18 e 25 (sábados), das 20h às 00h. Avenida Maria
Cursi, 799 - São Mateus (altura do nº 2680 da Av. Mateo Bei).
Zona Leste. Entrada franca. 99188-9186.
COMUNIDADE SAMBA JORGE
A Comunidade Samba Jorge teve inicio em
setembro de 2007, com uma reunião entre
amigos para uma confraternização uma vez por
mês com samba de raiz. A roda acontece na
Associação Recreativa São Jorge, sede do time
de futebol fundada em 1952, por pais e avós
dos integrantes da comunidade.
Dia 18 (sábado), 16h. Bar Coro Come – Sede do Time São
Jorge – Rua Guaraita, 192. Vila Curuça. São Miguel Paulista,
Zona Leste. Entrada franca. (11)7245-9007. [email protected]
sambajorge.org.br. www.sambajorge.org.br.
COMUNIDADE SAMBA DA VELA
Criada em 2000 com o intuito de celebrar
o autêntico samba de terreiro, enaltecer
compositores da velha guarda e revelar novos
autores, os quais atuam e desenvolvem
trabalhos em outras comunidades e em prol do
samba paulista. Seguem um ritual próprio, com
uma vela no centro da roda que indica o começo
do samba e só termina quando sua luz se apaga.
É servido caldinho após o encontro.
Todas as segundas-feiras), a partir das 20h30.Casa de Cultura
de Santo Amaro - Praça Francisco Ferreira Lopes, 434 (Altura
do nº 820 da Av. João Dias) - Santo Amaro. Zona Sul. Entrada:
R$ 5,00. (11) 3106-8569/ 99851-4175.
PAGODE DO SOBRADO
Concebido em janeiro de 2007 quando o Sr.
Alisson e sua família resolveram abrir as portas
da sua casa para enaltecer o Samba Raiz e o
Partido Alto.
Dia 25 ( sábado),das 15h às 22h. Av. Sítio Novo, 176 - Jd.
Lenize (em frente à escola Cyro Barreiros) – Guarulhos.
Entrada 1 kg de alimento não- perecível ou R$ 5,00. (11)
2467-0818/[email protected]
COMUNIDADE MOGIANA
PACATICABUM
Grupo formado por amigos amantes e
pesquisadores dos Sambas de Raiz. Fundada
em 19 de agosto de 2011, com as cores
Rosa, Branco e Preto com sede em Mogi das
Cruzes. O Pacaticabum é composto por vinte
integrantes.
Dia 18 (sábado), a partir das 16h. Rua Francisco Afonso
de Melo, 630. Ao lado do Fórum de Brás Cubas. Mogi
das Cruzes. Entrada franca. (11)98403-6036 / 976569810/9.4870-9521. [email protected]
SAMBA NA FEIRA
A roda foi concebida em 2007 a partir de um
encontro casual entre compositores da Escola
de Samba Camisa Verde e Branco na feira
de domingo. Desde então, os sambistas se
reúnem sempre no terceiro domingo do mês
com um repertório de sambas consagrados e
composições inéditas de integrantes da própria
comunidade.
BURACO DO SAPO
Teve início nos anos 80 com a reunião de um
grupo de amigos para expor ideias de melhorias
para o bairro. Com isso surgiu a roda que busca
resgatar o samba de raiz e outros talentos.
Dia 12 (domingo), a partir das 15h. Rua Armando Guzzi, s/n,
(travessa com a Rua João Cordeiro) Freguesia do Ó. Zona
Norte. Entrada franca. (11) 99466-3216 c/ Geraldo.
[email protected]
SAMBA DA TENDA
Roda de samba formada em 2001 por músicos
e compositores de São Miguel Paulista com
o objetivo de resgatar o samba popular e
apresentar composições da comunidade.
Acontece no último sábado do mês.
Dia 25 (sábado), das 17h ás 21h. CDC Tide Setúbal – Rua
Mário Dallari, 170. Jardim São Vicente. São Miguel Paulista,
Zona Leste. Entrada franca. (11) 2297-5969 / 8419-0665 c/
Ney.
7º SAMBA PELA PAZ PAGODE DA 27
SAMBA NO ASFALTO
Criada em 2007 no bairro de Ermelino
Matarazzo, tem o objetivo de resgatar o samba
de raiz e proporcionar lazer e cultura para a
comunidade. Conta com a participação dos
compositores e intérpretes locais. Dia 05 –
Homenagem à memória de Clarice Fonseca.
Dias 05 e 19 (domingos), a partir das 15h. Rua Cinturão
Verde, s/n. Rotatória – Vila Santa Inês, Zona Leste. Entrada
franca. (11)99154-2808.
www.projetosambanoasfalto.blogspot.com
SAMBA NA 2
Roda de samba fundada em 2009 com
compositores e interpretes de samba tradicional
de outras comunidades ou que seguem carreira
solo. A roda é organizada pelo Instituto Favela da
Paz, no segundo domingo do mês, que também
realiza uma feira cultural com os moradores da
região. Discotecagem com o DJ Tubarão.
Dia 12 (domingo), das 15h às 21h. Rua Miguel Dionisio do
Vale, conhecida como Rua 2. Jardim Nakamura, Zona Sul.
Entrada franca. (011) 5833-5901.
Divulgação
Dia 19 (domingo), a partir das 12 h, na Feira Livre da Eulina.
Av. Eulina, s/n, Vila Santa Maria, Limão. Zona Norte. Próximo
da Av. Deputado Emílio Carlos, na altura do nº 2.200. Entrada
franca. (11) 99194-4924 Alexandre.
Teve início em 2005 no bairro do Grajaú
e promove uma roda de samba todos
os domingos. Busca revelar novos
compositores, mas também exalta
grandes nomes e preserva as raízes do
samba mantendo o comprometimento
com a sua história. Realiza trabalhos
sociais em pról dos moradores da
região do Grajaú.
Dia 05 (domingo), 16h. 7º SAMBA
PELA PAZ - Está na sétima edição,
neste dia os integrantes e a comunidade
participam com roupas brancas.
Todos os domingos, das 16h às 20h. Rua
Manoel Guilherme dos Reis s/n. Grajaú. Zona Sul.
Contribuição Voluntária: 1 kg de alimento nãoperecível. (11) 5939-2913 / 9109-2772 / 76391602. [email protected]
http://www.pagodeda27.com.
07
Formação Cultural
Divulgação
TEATRO HIP HOP: A PERFORMANCE
POÉTICA DO ATOR-MC
Surgido a partir da junção de elementos
da cultura hip-hop e do teatro épico,
difundido por Bertold Brecht. O Núcleo
Bartolomeu de Depoimentos falará
sobre a pesquisa, os processos das
montagens e da linguagem criada e
desenvolvida ao longo desses 15 anos.
Com Roberta Estrela D’Alva.
Dia 16 (quinta-feira), 19h30 às 21h30. Centro de
Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo - Rua Dr.
Plínio Barreto, 285, 4º andar. Prédio da Fecomércio
SP. Entrada franca. (11) 3254.5600. sescsp.org.br/
centrodepesquisaeformacao.
VOZES E ESCRITAS NEGRAS:
FUNDAMENTOS, PEDAGOGIAS E
ESTILOS
Serão encontros com escritores, poetas,
músicos e pesquisadores.
Dia 27 (segunda-feira) - Ragga e Rap: Do
Caribe às quebradas de São Paulo. Com Allan
da Rosa e Amanda Negrasim.
Dia 28 (terça-feira) - Vissungos: Irmão de
jongos e congados. Com Allan da Rosa e
Spirito Santo.
Dia 04/05 ( segunda-feira) - Literatura:
Escanteados pelo apartheid editorial
brasileiro. Com Allan da Rosa e Miriam Alves.
Dia 05/05 (terça-feira) - Funk: Muito além do
que é comumente divulgado e amplamente
consumido. Com Allan da Rosa e Mano Teko.
Dias 27/04 a 05/05, segundas e terças-feiras, das 19h
às 21h40. Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São
Paulo - Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar. Prédio da
FecomércioSP. Inscrições R$ 60,00 (inteira), R$ 30,00 (meia)
e R$ 18,00 (comerciário). (11)3254.5600. sescsp.org.br/
centrodepesquisaeformacao.
08
DOMINGO NA PRAÇA - OCUPAÇÃO
HIP HOP
Aos domingos, o hip hop irá ocupar a praça
central do Jardim Jangadeiro, na Zona Sul,
com diversas tendas de oficinas, workshops e
intervenções musicais.
Dias 05,12 e 19 (domingos), das 14h às 16h.
Oficinas: DJ : Dri. Dança: B.Boy Coquinho.
Graffiti: Keto.
Dia 26 (domingo), das 13h às 17h. Palestra:
O Hip Hop é minha vida e minha fonte de
resistência - P.M.C. Microfone aberto: Rap/
FreeStyle e BeatBox - Johnny MC e Borracha
BeatBox.
Praça do Jardim Jangadeiro, rua Emilio Briedes, s/nº. Entrada
franca. www.jangamaisacao.org.br
OFICINA DE ROTEIRO DE CURTA
METRAGEM PARA CRIANÇAS
De forma colaborativa, o Núcleo Educativo irá
introduzir o básico da linguagem audiovisual
do curta metragem.A oficina irá promover a
criatividade e trabalho em equipe das crianças.
Dia 21 (terça-feira), 15h. Centro Cultural da Juventude - Av.
Deputado Emílio Carlos, 3.641. Vila Nova Cachoeirinha,
Zona Norte. Entrada franca. Inscrições a partir do dia 14, na
recepção do CCJ. (11) 3984-2466.
OFICINA DE DANÇA AFRICANA
A expressão do corpo na cultura do Oeste
Africano é parte marcante do contexto maior
que é a vida. Com Mariama Camara: bailarina,
mestra de dança e percussão Guineana.
Todos os sábados, 10h. Centro Cultural da Juventude - Av.
Deputado Emílio Carlos, 3.641. Vila Nova Cachoeirinha, Zona
Norte. Entrada franca. (11) 3984-2466.
OFICINA DE CONSTRUÇÃO DE
BONECOS DE VARA
A partir de cabos de vassoura, papel, retalhos,
garrafas pet, entre outros materiais; o ator,
bonequeiro e arte-educador Nilson Neves irá
compartilhar o conhecimento em construção
de bonecos que podem ser utilizados no teatro,
em contações de histórias e onde mais a sua
imaginação quiser. Início no dia 07.
Todas as terças-feiras, das 14h às 17h. Espaço Cultural CITA
Rua Haroldo de Azevedo, 20. Jd. Bom Refugio, Campo Limpo.
Zona Sul. Entrada franca. (11) 5844-4116-99862-4821.
Literatura
COLETIVO PERIFATIVIDADE
SARAU MAGOMA
Dia 26 (domingo), 14h. Campo do Pereirinha – Rua José
Pereira Cruz, s/n. Parque Bristol, Zona Sul. Entrada franca.
(11) 98167-8807/96748-4730. http://perifatividade.com.
Dia 16 (quinta-feira), 19h ás 22h. Associação de Moradores
do Parque Fernanda - Rua Participação, Nº 704. Parque
Fernanda, Zona Sul. Entrada franca. (11) 96341-4171.
www.coletivomagoma.blogspot.com
SARAU DO VINIL
RODA DE POESIA CAPS
O grupo desenvolve atividades culturais para
incentivar e promover a leitura no Fundão do
Ipiranga na Zona Sul. Nesta edição comemora os
12 anos do E.C.Favela, time de futebol da região
do Parque Bristol. Especial Famílias do Rap, com
GGF a Família e Família Gesin.
O Sarau do Vinil conta com o apoio do Programa
ProAc e é um encontro de amantes da boa
música, com a qualidade sonora insubstituível
dos famosos “bolachões”, além da sempre
inusitada literatura marginal e clássica. O
Sarau do Vinil se divide em sessões de viagens
musicais na vitrola, poesia, crônicas e música
acústica. Mentes e microfones abertos sempre
surpreendem e vez ou outra uma frase incita
um debate, uma intervenção teatral, uma rima
improvisada.
Atividade realizada pelo Coletivo Magoma reúne
a poesia e a música para incentivar a leitura e
estimular a criatividade de escritores e músicos.
Nesta edição, comemorando os 103 anos do
bairro Capão Redondo.
O Centro de Arte e Promoção Social – CAPS
organiza todo segundo sábado do mês o
encontro de sustentabilidade e a roda de poesia.
Microfone aberto para intervenções artísticas.
Dia 11 (sábado), 19h às 22h. Casa de Cultura Palhaço
Carequinha – Parque América – Rua Professor Oscar Barreto
Filho, 350. Grajaú, Zona Sul. Entrada franca. (11) 98296-7527.
SARAU DO Ó
Dia 16 (quinta-feira), 20h. Av. Yervant Kissajikian, 1439. Vila
Joaniza, Zona Sul. Entrada franca. (11) 9 8601-4453/983223324. [email protected]
O Sarau do Binho já se transformou em marco
importante de expressão cultural para poetas
e escritores dos movimentos de periferia da
cidade. O interesse dos participantes pela
cultura é construído com o próprio esforço, e
gera frutos de qualidade. Lançamento do livro
Sagrado Sopro, de Raquel Almeida. Convidado:
Paulo Lins.
Dia 13 (segunda-feira), 21h. Espaço Clariô –Rua Santa Luzia,
96. Vila Santa. http://saraudobinho.blogspot.com
SARAU PALMARINO
Evento de iniciativa do núcleo Embu das Artes
do Circulo Palmarino, corrente do movimento
negro. Acontece todo último sábado do mês
na periferia da cidade de Embu das Artes. A
atividade reúne músicos, poetas, dançarinos,
ativistas culturais e pessoas da comunidade e
da região.
Dia 25(sábado), a partir das 20h. Sede Nacional do
Circulo Palmarino - Rua Campos Sales, 12. Presidente
Kennedy. Embu das Artes. Entrada franca. (11) 4557-5773.
[email protected]
Wagner Alves
SARAU DO BINHO
Acontece na Casa de Cultura Salvador
Ligabue na Freguesia do Ó, sempre no
último sábado do mês com microfone
aberto que é uma oportunidade para
que os presentes possam se manifestar
artisticamente com diversas linguagens
como poesias, contos, músicas,
entre outras. Apresentação: Monahyr
Campos. Coordenação: Carmen Oliveira
e equipe.
Dia 25 (sábado), 19h30. Casa de Cultura Salvador
Ligabue – Rua da Matriz de Nossa Senhora do Ó,
215. Freguesia do Ò, Zona Norte. Entrada franca.
(11) 3931-8266.
09
SARAU DE PARAISÓPOLIS
SARAU LITERATURA NOSSA
Atividade organizada pela Associação Cultural
Literatura no Brasil. Acontece toda terceira
sexta-feira do mês. Nesta edição, lançamento
do livro Te Pego Lá Fora, de Rodrigo Ciríaco e
pocket show de Ba Kimbuta.
Dia 17 (sexta-feira), 19h30. Comunidade Kolping do Jardim
Revista – Rua Cumbica, 630. Jardim Revista. Suzano. Entrada
franca. (11) 98950-9446. www.literaturanobrasil.blogspot.com
Divulgação
SARAU SUBURBANO
Realizado pelo Núcleo Arte e
Comunicação - Programa Einstein na
Comunidade de Paraisópolis desde
2011. É um sarau temático com
apresentações de teatro, dança, música,
poesia, entre outras manifestações
artísticas realizadas pelos jovens
artistas da comunidade. Acontece no
último sábado do mês.
Dia 25 (sábado), a partir das 18h. Programa Einstein
na comunidade de Paraisópolis - Rua Ernest Renan,
1068 - Paraisópolis. Zona Sul. Entrada franca. (11)
2151-6704. saraudeparaisopolis.blogspot.com.
SARAU POESIA NA BRASA
Sarau criado em julho de 2008 com o objetivo
de produzir e divulgar arte e poesia dentro da
comunidade da Zona Norte. Há, também, um
espaço de expressão, discussão e reflexão,
aberto a todos que queiram comungar da
palavra.
Dia 11 (sábado),20h30. Bar do Carlita – Rua Professor
Viveiros Raposo, 534 (em frente da escola E.E. João Solimeo).
Brasilândia. Zona Norte. Entrada franca. (11) 9169-9690.
http://brasasarau.blogspot.com.
3º SARAU DA MARIQUINHA
Atividade concebida em fevereiro deste ano,
realizada pela ONG Associação Casarão da
Mariquinha. Acontece no último sábado do mês.
Todas as edições com convidados.
Dia 25 (sábado), a partir das 18h. Rua Alfredo Cardoso,
2.Largo Bom Jesus. Mogi das Cruzes. Entrada franca. (11)
99610-6524 (Gilberto).
10
Acontece desde 2010 dentro da Livraria
Suburbano Convicto, especializada em literatura
marginal e periférica. Apresentação: Tubarão
Dulixo e Alessandro Buzo. Toda edição realiza
lançamentos de livros, CD’s e video-clipes.
Microfone aberto para recital de poesias e
intervenções artísticas.
Todas as terças-feiras, das 19h30 às 22h. Livraria Suburbano
Convicto – Rua 13 de Maio,70. 2º andar. Bixiga. Entrada
franca. (11) 2569-9151. www.sarausuburbano.blogspot.com
SARAU PRETO NO BRANCO
Criado em 2012 e formado por um grupo
de jovens do Jd. Ibirapuera justamente para
incentivar jovens da região, poetas e artistas do
bairro a se expressarem. Microfone aberto com
poesias e manifestações culturais.
Dia 25 (sábado), das 19h às 22h. Bloco do Beco – Rua Doutor
Benedito Arruda Vianna,126. Jardim Ibirapuera, Zona Sul.
Entrada franca. [email protected]
SLAM DO GRITO
Torneio de Poesia (Poetry Slam). O evento é
realizado no Ipiranga (Bairro do Grito) dentro
do metrô Sacomã (Linha 2 - Verde). Acontece
sempre na penúltima quarta-feira do mês com
espaço aberto para poetas, lançamento de
livros e a própria competição que está dentro
do circuito do Slam BR (vale uma vaga para
a competição na Copa do Mundo de Poesia
em Paris, na França). Organização: Lews
Barbosa, Ket Chup, Janaina Moitinho, João
Marcos e Thabata Fonseca. Nesta edição com
o lançamento do EP “à margem”, de Lucas
Afonso.
Dia 22 (quarta-feira), 20h. Estação Sacomã (Linha 2 - Verde
do Metrô) Pegar escada rolante em direção ao terminal.
Entrada franca. (11) 95917-2848 / 9728-7510.
PLÍNIO MARCOS: 80 ANOS DE
ESCRITA MALOQUEIRA
SARAU DA PONTE PRA CÁ!
Todas as segundas-feiras, 19h. Rua Ivar Beckman, 97. Em
frente ao Bar e Restaurante da Gô. Referência: próximo a
Microlins – Campo Limpo, Zona Sul. Entrada franca. (11) 9
9318-9075.
SARAU PORTAS ABERTAS
Começou em 2013, na cozinha da casa de
Patrícia Cândido com uma reunião de amigos.
Como espaço ficou pequeno, acontece agora
no bairro Jardim Angélica II em Guarulhos,
com microfone aberto e diversas intervenções
artísticas. Acontece no 3º sábado do mês.
Nesta edição, comemoração de dois anos de
atividades com lançamento do livro Escritóro
de Pensamentos, do poeta e rapper Mano Ril
e pocket show do grupo de rap Pensamento
Negro.
Dia 18 (sábado), 15h. Rua Capitão Antônio Ribeiro da Costa,
375. Jardim Angélica II. Guarulhos. Entrada franca.
SARAU SOBRENOME LIBERDADE
Idealizado pelo poeta Ni Brisant que promete
uma noite de palavras com microfone aberto
para todas as linguagens artísticas no bairro de
Jordanópolis na Zona Sul. Nesta edição com
lançamentos dos livros “Nelson Triunfo, do
Sertão ao Hip Hop, de Gilberto Yoshinaga e “Te
pego lá fora”, de Rodrigo Ciríaco. Intervenção e
pocket show de Mixel Nogueira. Varal e projeção
de fotopoesias de diversos artistas. Distribuição
de postais do Projeto Praga.
Dia 02 (quinta-feira), 19h30. Relicário Rock Bar – Rua Manoel
de Lima,178. Bairro Jordanópolis, Zona Sul. Entrada franca.
(11) 5939-3134. http://levantecult.blogspot.com.br/
SARAU URBANISTA CONCRETO
Sarau idealizado pelo poeta Germano Gonçalves
em parceria com a Biblioteca do CEU São Rafael
na Zona Leste com microfone aberto para
apresentações de poesias e diversas linguagens
artísticas. Acontece no último sábado do mês.
Dia 25 (sábado), das 14h às 16h. CEU São Rafael – Rua Cinira
Polônio, 100.Jardim Rio Claro, Zona Leste. Entrada franca.
(11) 2752-1066/ 98469-7832.
Reprodução
Organizada em setembro de 2014 com o intuito
de incentivar a leitura e reunir poetas, músicos,
compositores, dançarinos e partilhar arte na
comunidade. Microfone aberto.
A Biblioteca Mário de Andrade com
a curadoria do escritor Allan da Rosa
realizam debates, leituras dramáticas,
entre outras para celebrar oito décadas
de Plínio Marcos.
Dia 07 (terça-feira), 19h. Filme e batepapo - Plínio Marcos nas quebradas do
mundaréu, de Julio Calasso.
Dia 08 (quarta-feira), 19h. A nova
guarda maloqueira apresenta o escritor
das quebradas. Leitura de ‘Oração para
um pé de chinelo’ com Lucélia Sergio e
Allan da Rosa. Bate-papo: Akins Kinte,
Jenyffer Nascimento e Walner Danziger.
Dia 09 (quinta-feira), 19h. A nova
guarda maloqueira apresenta o escritor
das quebradas. Leitura de “O abajur
lilás” com Martinha Soares e Allan da
Rosa. Bate-papo: Sonia Bischain, Michel
Yakini e Raffaela Fernandez.
Dia 10 (sexta-feira), 19h. Oficina: “A
letra presepeira de Plinio e o direito à
moradia”, com Ruivo Lopes. Ocupação
São João – Avenida São João, 588
Biblioteca Mario de Andrade: 22h: Filme:
Querô, de Carlos Cortez. 00h: Peça:
Dois perdidos numa noite suja, da Cia
Benditos Malditos).02h: Show: Leo
Lama. 03h: Peça: “Quando as máquinas
param”. 04h30: Roda de samba com o
Bando da Garoa e Kiko Barros.
Dias 07 a 10 (terça a sexta-feira), a partir das 19h.
Biblioteca Mário de Andrade - Rua da Consolação,
94. Consolação. Entrada franca. (11) 3256-5270.
11
Teatro
Kelson Barros
MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA
ESTÉTICAS DAS PERIFERIAS - MOSTRA
DE ARTES CÊNICAS
Corpo político - O rasgar do tempo e do
espaço
A proposta do primeiro semestre
de 2015 consiste em fortalecer os
processos de vínculos e circulação da
produção de dança de pesquisa e de
cunho político. Curadoria: Gal Martins
Dia 16 (quinta-feira), 19h30. Exibição de
trabalhos em vídeo dança.
Coreografia: Elo, uma coreografia com
Barbara Freitas.
20h30 - Espetáculo: Trupe Benkady
A Trupe Benkady traz a dança e a música
Mandingue, povo do Oeste Africano.
Dia 23 (quinta-feira), 19h30. Exibição
de trabalhos em vídeo dança. 20h –
Intervenção: Sapateado com Marcelo
Santos - Solista do Festival Internacional
de Sapateado Americano.
20h30 – Espetáculo: “Yebo” com
Gumboot Dance Brasil (foto).
Gumboot dance (dança de botas de
borracha) é uma forma de dança popular
que foi criada pelos trabalhadores no
século XIX nas minas de ouro e de
carvão da África do Sul. Ele cria um
dialeto sonoro a partir das batidas
nas botas de borracha. Direção Geral:
Rubens Oliveira.
Espaço Cultural Periferia no Centro – Ação
Educativa – Rua General Jardim, 660. Vila Buarque.
Entrada franca. (11) 3151-2333.
Patrocínio
12
Apoio
Realização
SANGOMA – CAPULANAS CIA DE
ARTE NEGRA
O espetáculo Sangoma narra a história de seis
mulheres Sangomas que habitam uma casa
sagrada com laços ancestrais. Estas mulheres
que romperam o silêncio e compartilham suas
histórias de vida e seus caminhos para chegar à
cura. Direção: Kleber Lourenço.
Dias 04,05,11,12,18 e 19 (sábados, 20h e domingos, 19h).
Goma Capulanas – Rua José Barros Magaldi, 1.121. Jardim
São Luís, Zona Sul. Entrada franca. 30 lugares. Se chover não
haverá espetáculo. (11) 2619-7694.
[email protected]
AOS VENCEDORES AS BATATAS
Em tempos em que é comum falar de si mesmo
em processos artísticos, como as subjetividades
podem olhar de uma forma crítica para o
mundo? Aqui a tarefa era construir solos, cada
qual com uma temática própria, partindo de
um entendimento individual sobre a palavra
“ruptura”. Cia Fragmento de Dança.
Dias 09 (quinta-feira, 16h) e 10 (sexta-feira, 20h). Centro
Cultural da Juventude - Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641. Vila
Nova Cachoeirinha, Zona Norte. Entrada franca.
BARRACO DE PEDRA
O espetáculo teatral do Coletivo Favela em Cena,
narra a história de um jovem que relembra
acontecimentos de sua vida e experiências na
periferia. Com apenas um ator em cena, um DJ e
uma lona como cenário, o espetáculo fala sobre
o universo periférico da cidade de São Paulo.
Dias 11 (sábado, 19h) e 17 (sexta-feira,20h30). SESC Campo
Limpo - Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120. Parque
Arariba, Zona Sul.Entrada franca. (11) 5510-2700.
SEX SHOP CAFÉ
Na história, um obscuro grupo terrorista resolve
usar produtos eróticos em seus ataques,
infiltrando-se em uma sex shop e utilizando
sua “infra-estrutura” para espalhar o terror pelo
Brasil. É o “orgasmo-bomba”: gozou, morreu.
Não existe camisinha contra o terror. Texto:
Gilberto Amendola. Direção: Orias Elias.
Todos os sábados, 20h30. Espaço Cultural Encena Rua Sargento Estanislau Custódio, 130. Butantã, Zona
Oeste. Entrada franca. (11) 98336-0546/ 2867-4746.
[email protected]
http://ciadeteatroencena.blogspot.com.br
Outras Cenas
LANÇAMENTOS SOBRE
IRMANDADE DO JATOBÁ (MG)
Intervenção musical de forró com artistas locais
em um ponto de encontro tradicional do Bairro
do Jardim São Luís.
Dia 05 - Trio da Lua
Dia 12 - Trio O três da Garoa
Dia 19 - Trio Serelepe
Dia 26 - Trio Forró na Pressão.
Todos os domingos, 17h. Praça do Feirão – Rua Geraldo Fraga
de Oliveira, s/n. Jardim São Luís, Zona Sul. Entrada franca.
SHOW DA BANDA VEJA LUZ
Formada em março de 2008, a banda iniciou
sua trajetória com músicos que já se conheciam
há pelo menos 13 anos e que já atuavam juntos
em outro projeto (Varal Roots), além de nomes
importantes do cenário Reggae e Hip Hop.
Diante de muita sinergia e influências do reggae
jamaicano e inglês, de ritmos de origem negra
como a Soul Music, Jazz, Blues, R&B, além da
brasilidade, tornou-se referência no estilo por
apresentar um som orgânico e que dialoga com
diversas linguagens musicais.
Dia 17 (sexta-feira), 20h. Centro Cultural da Juventude – Av.
Deputado Emílio Carlos, 3.641. Vila Nova Cachoeirinha, Zona
Norte. Entrada franca. (11) 3984-2466.
SLAM DA GUILHERMINA
O Campeonato de poesias faladas (spokenword)
acontece toda última sexta-feira. Reúne poetas
freqüentadores de saraus e M.C.’s, tem
características próprias e se divide em dois
momentos: Recital livre e a Batalha. Os poetas
precisam trazer três textos de sua autoria com
duração máxima de três minutos. O vencedor da
noite ganha vários livros e cds.
Dia 24(sexta-feira), 20h. Metro Guilhermina-Esperança - na
Praça ao lado esquerdo da catraca, Zona Leste. Entrada
franca. [email protected]
BODEGA DO BRASIL
Movimento cultural que reúne música, literatura
e teatro e divulga a cultura popular em suas
variadas vertentes e também um ponto de
encontro para cantores, atores, poetas e
interessados. Criado em outubro de 2009 com a
curadoria do cantor e cordelista Costa Senna.
Dia 11 (sábado), a partir das 17h. Ação Educativa – Rua
General Jardim, 660. Vila Buarque. Entrada franca. (11)
99448-2049/9419-7667.
Alexandre Kishimoto
FORRÓ NA PRAÇA
Associação Cachuera! lança Livro, CD e
DVD sobre a Irmandade do Jatobá (MG),
que preserva a tradição do Reinado/
Congado, com roda de conversa
e cortejo pelas ruas de Perdizes.
Reinado é uma tradição do catolicismo
afro-brasileiro que historicamente
desenvolve-se em estreita relação
com as Irmandades Negras de Nossa
Senhora do Rosário, São Benedito e
outros patronos de devoção negra. A
irmandade, formada por cerca de 150
pessoas, mantém a tradição do Reinado
há mais de 130 anos. As narrativas
históricas, depoimentos e reflexões
dos reis, rainhas, capitães, músicos
e dançantes sobre a Irmandade e seu
Reinado trançam-se à teia mais ampla
da história das relações entre o Brasil
e a África, marcada pela exploração
escravista do Atlântico, destacando a
força e a importância histórica, social e
cultural das confrarias negras católicas
no estado de Minas Gerais.
15h – Roda de conversa e apresentação
do projeto com a presença dos
integrantes.
16h30 – Cortejo com as guardas de
Congo e Moçambique da Irmandade do
Jatobá pelas ruas da região de Perdizes.
Dia 25 (sábado), a partir das 15h. Espaço
Cachuera! – Rua Monte Alegre,1.094. Perdizes.
Entrada franca.
13
Divulgação
ESPECIAL - DIA
NACIONAL DO CHORO
Em comemoração ao Dia Nacional do
Choro, o CCJ promove a Hora do Choro.
ALEXANDRE RIBEIRO E AMIGOS - O
clarinetista possui uma rara e complexa
intimidade musical.
Dia 23 (quinta-feira), 18h. Coreto da
Bovespa – Centro.
DOIS POR QUATRO - O grupo apresenta
repertório interpretando em Lendas do
Choro.
Dia 23 (quinta-feira), 18h. Vão Livre do
MASP – Paulista.
ANDRÉ PARISI E LÍNGUA BRASILEIRA
O compositor e arranjador paulistano.
Dia 23 (quinta-feira), 18h. C.F.C. Cidade
Tiradentes – Zona Leste.
QUARTETO PIZINDIM -Formado por
jovens músicos.
Dia 23 (quinta-feira), 18h. Praça
Fortunato da Silveira – Morumbizinho –
Zona Leste.
CANARINHO CHORÃO -O quinteto
paulistano apresenta seu repertório
autoral.
Dia 23 (quinta-feira), 18h. Largo da
Batata – Pinheiros, Zona Oeste.
CHORO DAS
ESTAÇÕES
Música E
INQUERÍTO
LANÇA
O CD -CORPO
instrumental
brasileira
(foto)
ALMA
Dia 23
(quinta-feira),
Praça
O poeta
Fuzzil
e DeeJay Mi 18h.
lançam
o EPFloriano
“De
Peixoto
– Santo
Amaro,
Zona
Eleito”,
um dos
melhores
discos
de Sul.
2014.
MAKIKO
YONEDA
O álbum
Corpo
e Alma é lançado em um
espetáculo
que mescla rap,18h.
MPB,Largo
reggaedoe soul
Dia 23 (quinta-feira),
e conta
com –
convidados
especiais.
Japonês
Zona Norte.
Dia 14 (sábado), 21h. Auditório Ibirapuera - Av. Pedro
Alvares Cabral, s/n - Portão 2 - Parque Ibirapuera. Entrada R$
20,00(inteira) e R$ 10,00 (meia).
14
80º ANIVERSÁRIO DO PARQUE
PERUCHE
Terra de sambistas e esportistas, assim é
conhecido um dos mais tradicionais bairros da
cidade de São Paulo, o Parque Peruche, situado
na zona norte da cidade com uma mescla de
população nipônica, latina e afro descendente.O
CCJ, em parceria com comissão de festa
do Parque Peruche, irá comemorar o 80º
aniversário do bairro com um bolo de 80 metros
e muitas atividades como: basquete, futebol e
shows da Bernadete, Mc Kekão, Velha Guarda
do Unidos do Peruche e entre outras.
Dia 12 (domingo), das 10h às 20h. Escola Estadual Ary
Barroso - Rua Santa Eudoxia, 630 - Parque Peruche, Zona
Norte. Entrada franca.
SARAU SERTANEJO
Com grupos de viola caipira e cantoria, resgata o
valor das antigas modas do sertanejo brasileiro.
Encontro da música regional misturando
poesia com a sonoridade da viola. É uma
atividade regular na Belmonte, idealizado por
Alcione Kosmos, na qual o público propõe
músicas, canta e interage com o organizador.
Apresentação de Guarani e organização de Paula
Dundee.
Dia 25 (sábado), 15h.Biblioteca Temática de Cultura Popular
Belmonte – Auditório Kiyomi Oba. Rua Paul Eiró, 525 – Santo
Amaro. Zona Sul. Entrada franca. (11) 5687- 0408.
CINEMA DE VÁRZEA INVADE O
CENTRO DE SÃO PAULO
Lançamento do longa metragem “Doc. Cine
Campinho - da terra à tela” produzido pelo
coletivo Lentes Periféricas - um grupo cultural
formado na periferia do distrito de Lajeado com
jovens da região e de outras quebradas como
Jardim Brasil, Vila Ema e Jardim Jabaquara.
Durante o ano de 2014, reuniram depoimentos e
resgataram imagens de uma das ações culturais
mais importantes que aconteceu no bairro
do Jardim Bandeirantes: o Cine Campinho. O
documentário coloca em discussão o acesso
à cultura e ao lazer na periferia da cidade sob
o olhar do que foi e significou a ação do Cine
Campinho para a realidade do bairro.
Dia 04 (sábado), 18h – Matilha Cultural – Rua Rêgo Freitas,
542. República. Entrada franca.
LOUCOS POR VINIL FAIR
13º EDIÇÃO
O projeto Terça Afro surgiu em julho de 2012,
propõe ao público uma roda de conversa
trazendo as muitas dimensões que compõe
o extenso universo negro no Brasil. Por meio
de um bate-papo com cinco encontros com
o objetivo de discutir a seguinte temática: O
fortalecimento e equilíbrio das comunidades
negras através da espiritualidade. Realização:
Coletivo Akira.
Dia 07 (terça-feira), 19h. Movimento Rastafari –
Com Priest Tiger.
Dia 14 (terça-feira), 19h. Religiosidade da
Comunidade Negra nas Igrejas Evangélicas –
Com o Pastor Luis de Jesus.
Dia 28 (terça-feira),19h.Resistência nas
Irmandades Católicas Negras – Antônio de Paula
Junior.
Centro Cultural da Juventude – Av. Deputado Emílio Carlos,
3.641. Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte. Entrada franca.
(11) 3984-2466.
CASA POPULAR DE CULTURA DO
M’BOI MIRIM
Atividades regulares promovida pela comunidade
em parceria com a Casa de Cultura do M’Boi
Mirim.
Dia 12 (domingo), a partir das 18h. A voz do
vinil - Evento para quem gosta do bom e velho
vinil, exposição de capas e história do vinil.
Dia 18 (sábado), 19h. Sarau do Pira - Evento
com participação de poetas e músicos da
região. Microfone aberto.
Dia 24 (sexta-feira), 14h. Baile da melhor
idade - Atividade com música ao vivo da banda
Mensageiros da Alegria.
Dia 24 (sexta-feira), 19h. Panelafro - Evento de
manifestação cultural para promover, difundir,
cultivar e preservar a cultura afro-brasileira, por
meio do maculelê, ijexá, capoeira, maracatu,
forró, rap, afoxé e outros.
Dia 26 (domingo), 17h. Café filosófico da
Periferia - Espaço de debate e análise filosófica
do cotidiano.
Casa de Cultura do M’ Boi Mirim – Avenida Inácio Dias da
Silva, S/N. Piraporinha, Zona Sul. Entrada franca. (11) 55143408.www.cpcmboi.blogspot.com.br
Divulgação
TERÇA AFRO
Loucos por Vinil foi idealizado em
2001 pelo artista plástico Paulo Dud e
assumido pelo governo da cidade de
Embu das Artes, por meio da Secretaria
de Cultura, com o objetivo de reunir
colecionadores e admiradores do velho
“bolachão”. A décima terceira edição
do Loucos por Vinil Fair, de Embu das
Artes, terá como tema o Jazz e a atração
principal é o guitarrista Tony Babalu e
sua banda. A programação terá bandas
locais e convidadas representando o
Jazz e suas influências contemporâneas
como Taioba Quarteto (jazz),Mario
Deganelli (mpb), The Iron Men- The
Black Sabbath Tribute (rock), Pete
Hassle & Screw’d Blues Band (blues),
Loop B (musica contemporânea), NAU
Brasillis (reggae big band). Nesta edição,
o Loucos por Vinil vai retratar a época
do auge da Feira de Artes de Embu
lembrando os melhores precursores do
Jazz nacional. Acontecerá também a
exposição A arte de Embu em Vinil, com
mais de 30 artistas plásticos renomados
da cidade usando os discos descartados
como base para expressar diversas
técnicas de pintura e de artesanato.
Dias 10 a 12 ( sexta-feira a domingo), das 9h às
21h. Centro Cultural Mestre Assis do Embu –
Largo 21 de Abril, 29. Centro. Embu das Artes.
Entrada franca. (11) 4785-3686/4781-4462.
[email protected]
15
Prêmio Milton Santos
O Prêmio Milton Santos foi instituído pela Câmara Municipal de São
Paulo por meio da Resolução6/2002 e visa reconhecer publicamente
projetos ou iniciativas que promovam formas locais de organização e
desenvolvimento social no município de São Paulo. Podem concorrer
munícipes, ONGs, associações, instituições, grupos informais ou
empresas que apresentem trabalhos promovendo formas locais de
organização e desenvolvimento social no município de São Paulo.
O prêmio não é em dinheiro, porém, é uma importante chancela de reconhecimento e ampliará a
visibilidade e credibilidade das iniciativas vencedoras. Podem ser inscritos apenas projetos em
execução há pelo menos um ano ou concluídos em 2014.
As inscrições estão abertas até dia 17 de abril. O regulamento encontra-se no site da Câmara Municipal
de São Paulo: www.camara.sp.gov.br. O formulário preenchido e os anexos devem ser encaminhados
em arquivo pdf para o e-mail [email protected] ou pelo correio no endereço do parlamento
municipal: Viaduto Jacareí, 100. 3º andar, sala 321, Bela Vista, CEP 01319 -900, São Paulo.
A Agenda Cultural da Periferia está no Rádio! Todas as terças-feiras,
das 16h às 17h. Programa Agenda da Periferia, com a locutora:
Elizandra Souza.Acompanhe pelo site www.radioheliopolisfm.com.br
ou direto pelo rádio nas imediações da comunidade: 87,5 FM
www.agendadaperiferia.org.br
/agendadaperiferia
@agendaperiferia
Ação Educativa - Assessoria, Pesquisa e Informação
Rua General Jardim, 660 - CEP 01223-010
São Paulo - SP - BRASIL
Para divulgar eventos na Agenda Cultural da Periferia fale
com Elizandra Souza pelo telefone (11) 3151-2333, ramal
142 ou pelo e-mail [email protected]
[email protected] - www.acaoeducativa.org
A Ação Educativa mantém em sua sede o Ponto de
Cultura: Espaço Cultural Periferia no Centro, aberto ao
público, que promove regularmente atividades de formação,
intercâmbio e difusão cultural.
Patrocínio
Coordenação: Eleilson Leite.
Edição e redação: Elizandra Souza.
Assistente de Comunicação: Michelle Ohl.
Projeto Gráfico: Agência Enkel.
Diagramação: Gledson Neix.
Revisão: Marcel Coronato.
Site: Paulo Pastor Monteiro.
Colaboração: Paulo Henrique Sant’Anna, Roniel
Felipe, Sonia Bischain, Sérgio Most, Jana Inocêncio,
Juliane Cintra, Denise Eloy e Waldo Lao.
Jornalista Resp.: Elizandra Souza - MTB 62725/SP.
Tiragem: 10.000 exemplares.
Apoio
Realização

Documentos relacionados

março/2015 - Agenda da Periferia

março/2015 - Agenda da Periferia Dia 15 (domingo), a partir das 12 h, na Feira Livre da Eulina. Av. Eulina, s/n, Vila Santa Maria, Limão. Zona Norte. Próximo da Av. Deputado Emílio Carlos, na altura do nº 2.200. Entrada franca. (1...

Leia mais