Informativo Junho_Julho2013

Сomentários

Transcrição

Informativo Junho_Julho2013
"NÓS CUIDAMOS DE SUA COLUNA”
Nº 86 - Jun-Jul/2013
I. O MÊS DE MAIO foi para mim enriquecedor! Mais uma vez, tive o privilégio de estar numa
semana de reciclagem em Portland no PACIFIC NORTHWEST PILATES Studio:
-
JOHN GAREY, na atualização em CONDICIONAMENTO ATLÉTICO foi fantástico :
complementou nosso trabalho em Prevenção De Lesões – colocando em prática o que
tanto temos estudado a respeito das lesões mais comuns em quadril, joelho, coluna . Isto
sinaliza que estamos no rumo certo.
-
CAROL BURNHAM , trouxe as novidades do ZENGA. Que energia de Carol!
-
MELANIE BYFORD, na área de PILATES REABILITAÇÃO, sempre “ Abrindo a nossa
visão “ em Como se Mover Melhor & Reabilitar !
Segue agora os pontos mais importantes da Palestra de Melanie sobre “Cuidados com a
Coluna” realizado para os clientes do PNW Studio. Vale a pena conferir!
II. NÓS CUIDAMOS DE SUA COLUNA – Ajudando a capacitar pessoas com dor nas costas a
restaurar a funcionalidade e confiança através do movimento e reeducação
Fundamentos para uma coluna saudável:
! É tudo uma questão de equilíbrio: flexibilidade, mobilidade, força
! Pés, quadris, tórax , ombros, pescoço em bom alinhamento
! Não use a Força para combater a Força
! Não sobrecarregue onde já há Sobrecarga,
! Não mova onde já existe Muita Mobilidade.
Problemas comuns que resultam de dores nas costas e pescoço:
! Compensações posturais tornam-se o problema: por exemplo, encurtar as
passadas, andar encurvado, tensionar demais os quadris ou abdômen, utilizar um
braço mais do que o outro (perna, quadril, etc)
! Estratégias para o movimento e proteção tornam-se disfuncionais
O SISTEMA NERVOSO E DOR NAS COSTAS
"A Dor está dentro do Cérebro" - David Butler
O Cérebro lembra da dor e tenta evitar sua recorrência se preparando através de uma
resposta de luta ou fuga diante de uma circunstância dolorosa que surge. Isto resulta
em :
! Tensionar os músculos de forma excessiva e precoce .
! Desenvolver sensação de rigidez (como a mão espremida)
! Você pode retreinar o cérebro! Aprenda a avaliar o que é realmente ameaçador vs o
que é percebido como uma ameaça desnecessariamente.
O movimento é um LUBRIFICANTE : líquido sinovial (David Butler)
! Girar para LUBRIFICAR
! Mova ou perca o movimento
! Para o CORE (centro de estabilização) - MENOS é MAIS
! Não é suficiente compreender a dor, você precisa MOVER-SE conscientemente
para mudar os seus MOVIMENTOS e sua MENTE.
Apoia OLIMPIADAS 2016
Studio Pilates Clinic
Avenida Angélica, 2.466 – cj 22 | 62 – São Paulo
+55 11 3129 8007
[email protected]
www.pilatesclinic.com.br
"NÓS CUIDAMOS DE SUA COLUNA”
Nº 86 - Jun-Jul/2013
PILATES PARA RESOLUÇÃO de LESÕES EM COLUNA e retornando de volta à vida:
!
Movimentos progressivos
!
Abordagem HOLÍSTICA
METAS dos exercícios - Restaurar a facilidade de movimento
- Restaurar o equilíbrio da flexibilidade, controle e força
- Restaurar a seqüência de ativação muscular
- Restabelecer a independência das partes do corpo (a coluna como uma
coluna , a perna como uma perna)
- Trabalhar progressivamente
EXERCÍCIOS - Os 5 Princípios Básicos:
1. RESPIRAÇÃO - Faça isso! Certifique-se de que você pode respirar à medida que você ativa seu abdômen
2. PELVE - centrada e equilibrada
3. CAIXA TORÁCICA - centrada e equilibrada! NEM expandida NEM tensionada demais, evite a postura militar.
4. CINTURA ESCAPULAR - centrada e equilibrada, cheque a mobilidade do pescoço para garantir alinhamento.
5. CABEÇA E PESCOÇO - centrada e equilibrada; pequeno aceno de cabeça como o movimento do “sim”.
Noções básicas de movimento para uma coluna saudável
1. Braços acima da cabeça - sentado ou deitado, manter alinhamento
enquanto se eleva um braço para cima, tão longe quanto o alinhamento da
coluna pode ser mantido sem tensão ou deslocamento.
2. Liberação do Quadril - deitado ou sentado à beira da cadeira: manter a
coluna estável enquanto você move a perna num movimento circular.
3. Alongar a coluna para a frente - sentado, mover-se lenta e
suavemente, arredondando a coluna para frente da cabeça ao cóccix,
respirar e reerguer-se remontando a sua coluna.
4. Em pé , elevar os calcanhares e dobrar os tornozelos.
5. Quadrúpede - aceno de cabeça, alongamento do gato, elevar a mão
6. Rotação vertebral Suave.
III. PARA ALÍVIO DA DOR: do livro, “ EXPLIQUE A DOR” por David Butler e Lorimer Moseley
1 - Educação e compreensão
a - Todos podem entender a fisiologia da dor, leia de novo, TODO MUNDO PODE, não
importa qual formação tenha.
b - APRENDER SOBRE fisiologia da dor reduz o valor da ameaça da dor. Isto irá REDUZIR a
ativação de todos os nossos sistemas de proteção: sistema nervoso simpático, hormônios e
padrões de movimento compensatório. Isto por sua vez, ajuda a restaurar a função
imunológica normal e, portanto, diminui a inflamação.
c - COMBINANDO EDUCAÇÃO da fisiologia da DOR com abordagens de movimento - irá
produzir o máximo de benefício, aumentando a capacidade física, reduzindo a dor e
melhorando a sua QUALIDADE DE VIDA.
d - Uma maneira de compreender a fisiologia da dor é facilitar a "APRENDIZAGEM
PROFUNDA", em que a informação é lembrada, entendida e aplicada de imediato e a longo
prazo.
e - SOMENTE APRENDER o que fazer, mas não aprender por que, pode ser uma
aprendizagem superficial, quando a informação é lembrada, mas não compreendida ou
integrada com ATITUDES E CONVICÇÕES.
f - Assim, entender o máximo possível sobre o que está causando a dor, e não apenas o que você deve fazer sobre ela. Lembrese: O CONHECIMENTO É O GRANDE LIBERTADOR!
Apoia OLIMPIADAS 2016
Studio Pilates Clinic
Avenida Angélica, 2.466 – cj 22 | 62 – São Paulo
+55 11 3129 8007
[email protected]
www.pilatesclinic.com.br
"NÓS CUIDAMOS DE SUA COLUNA”
Nº 86 - Jun-Jul/2013
2 - Sua DOR não vai prejudicá-lo:
Quando você está com Dor, isso não significa necessariamente que algum dano está ocorrendo ao seu corpo.
Leia a última frase, é importante. Então, dor nem sempre é sinônimo de prejuízo ou danos .
3- Estimulação e exposição gradual - Paciência e persistência necessárias
a. Decida o que você mais quer fazer: escolher uma atividade que você quer
e/ou mais precisa fazer, por ex: ler, caminhar, trabalhar, jogging, jardinagem,
brincar com as crianças, etc.
b. Encontre o seu ponto de partida. Um ponto de partida é a quantidade de
atividade que você pode fazer e sabe que a dor não vai deflagrar a dor.
c. Planeje a sua progressão. O lema "sem dor, sem ganho" não é o caminho
ideal. Planejar os avanços do ponto de partida. Seja gentil com você mesmo.
d. Não deflagre a dor, mas não se desespere se isto acontecer. Se isto
acontecer, não considere este momento difícil a ponto de se estressar! Lembrese que um “deflagrar a dor“ é o seu sistema nervoso tentando protegê-lo,
mesmo quando você não precisa .
e. Isto é questão de Estilo de Vida: A curto prazo você terá que planejar sua vida um pouco mais. Você se beneficiará
em procurar "atividades felizes e divertidas”, fazê-las com pessoas divertidas, ou com sua música favorita.
4 - Acessando o corpo virtual - Exemplo: DOR AO INCLINAR-SE PARA FRENTE
O objetivo é reaprender o movimento de inclinar-se para frente sem tocar a orquestra da melodia da dor.
a. Movimentos imaginados – Ativando áreas motoras do cérebro
b. Altere influências gravitacionais. O CÉREBRO ADORA VARIEDADES!
c. Adicione Desafios de equilíbrio Variados
d. Varie as informações visuais - alimentar a mensagem no cérebro de “estar sem dor“
e. Altere o ambiente das Atividades
f. Faça o movimento em diferentes estados emocionais - ensinar a orquestra
tocar NOVAS MELODIAS esquecendo-se da velha melodia da dor.
e. Acrescente Distração - remove a concentração e foco na dor e desativa a
saída da dor do seu cérebro.
f. Brincando com suas falhas - Eu realmente preciso ter esta falha ?
LEIA TEXTO ACIMA NA ÍNTEGRA : acesse www.pilatesclinic.com.br
(conhecimentos/artigos)
IV. MEDITAÇÃO: PERSEVERANÇA & FÉ PARA VENCER
“Sabendo que momentos difíceis produzem a PERSEVERANÇA e a perseverança a experiência, e a experiência a
esperança; e a esperança não desaponta, porque o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo
que nos foi dado “ Rom 5: 4-5
Qual é o segredo dos que vencem? Apenas a FÉ? O que dizer dos que manifestaram a fé e inda assim, perderam tudo?
Engana-se quem pensa que apenas atos de fé são suficientes para vencer.
A febre pelos benefícios imediatos de uma crença cega conduz a pessoa ao desespero.
Imagine se o agricultor não tivesse paciência para esperar o tempo certo da colheita?
Em tudo na vida há de se perseverar até o fim para conquistar os benefícios. O segredo
daqueles que frutificam não foi simplesmente a fé, mas a firmeza e a perseverança. A
verdadeira fé anda lado a lado com a perseverança.
O segredo dos heróis da fé foi a perseverança. Eles sabiam que O Deus que fez a promessa
estava acima das tempestades enfrentadas! E, assim como Deus não falha, a palavra que saiu
de Sua boca não há de falhar!
Portanto, os que Nele confiam, devem se manter firmes até a vitória final.
Na guerra contra o mal , vencem os mais persistentes.
Apoia OLIMPIADAS 2016
Studio Pilates Clinic
Avenida Angélica, 2.466 – cj 22 | 62 – São Paulo
+55 11 3129 8007
[email protected]
www.pilatesclinic.com.br

Documentos relacionados