o ensino/aprendizagem de lngua espanhola

Сomentários

Transcrição

o ensino/aprendizagem de lngua espanhola
Vivências: Revista Eletrônica de Extensão da URI
ISSN 1809-1636
APRESENTAÇÃO
Maria Elaine Bernardes BRASIL1
Sandro Rogério Vargas USTRA2
A edição de maio, da Revista Vivências pode ser considerada festiva. Um dos motivos é o 17º
aniversário da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI, que ocorreu
no dia 19 de maio.
Motivo ainda de comemoração é a repercussão da Revista; que, através de seu conteúdo,
amplia sua circulação, estabelece e fortalece interações em torno do tema Extensão. Pelo
acompanhamento realizado pela PROPEPG/URI, verificou-se um aumento expressivo do número
de acessos no Brasil e em países como Estados Unidos, Argentina, Uruguai, Chile, Portugal,
Espanha, Suécia, Canadá, Paraguai e Peru. Da mesma forma, contamos com uma crescente
colaboração de colegas extensionistas de outras Instituições e de outros países, cujos trabalhos
somam-se no esforço comum de consolidar a Extensão como um importante e indelével espaço de
produção e sistematização de conhecimentos.
Nossos leitores terão uma excelente oportunidade para adentrar nos processos e resultados dos
temas aqui abordados, possibilitando uma efetiva interação com os relatos e com seus
protagonizadores.
Iniciando a leitura, deparamo-nos com o artigo dos professores Eduardo A. Terrazzan e Maria
E. Gama, Ações extensionistas de formação continuada de professores em serviços, que
apresenta uma experiência de assessoramento a uma rede municipal de ensino na construção e
desenvolvimento de um processo de formação continuada dos professores em serviço.
Neusa M. J. Scheid, Briseidy M. Soares e Maria L. T. Flores apresentam o artigo A promoção
da formação continuada de professores de ciências da Escola Básica por meio de monitoria
didático-científica, resultado de um projeto de extensão que tem por finalidade promover um
intercâmbio da universidade com as escolas e discutir subsídios teórico-metodológicos para a
melhoria da formação inicial e continuada.
Coletivo educador do Alto Uruguai gaúcho: por uma educação ambiental permanente,
participativa e continuada é o texto de autoria de Xenes M. B. Bordin, Sônia B. B. Zakrzevski e
Vanderlei Decian, que enfoca a formação permanente, participativa e continuada de educadores
ambientais, com vistas à construção de um território sustentável.
Geni M. da Costa assina o artigo O ensino/aprendizagem de língua espanhola como forma
de inclusão social, discorrendo sobre o projeto "Español para todos: curso de lengua española", que
busca o desenvolvimento e a inclusão social através do ensino/aprendizagem da língua espanhola de
forma prazerosa e lúdica.
Cidadania: da omissão à ação é de autoria de Daniela Skrowonski e Mara R. B. Orth; fruto
de estudos e reflexões sobre cidadania com base em duas interfaces, da omissão à ação, visando à
educação para a cidadania em uma perspectiva participativa, democrática e emancipatória.
Em Educação popular e práxis freireana no contexto atual, Fabiane S. Back, Rosana I.
Lauermann e Cênio B. Weyh proporcionam uma reflexão crítica sobre a prática do projeto de
extensão intitulado “Paulo Freire, Educação Popular e Pedagogia da Participação”, desenvolvido
com o objetivo de promover a formação de lideranças identificadas com os interesses das classes
populares na perspectiva freireana.
1
2
Editora-Assistente da Revista Vivências.
Editor da Revista Vivências.
Vivências. Vol.5, N.7: p. 01-02, Maio/2009
1
Vivências: Revista Eletrônica de Extensão da URI
ISSN 1809-1636
Carmen Mañas Viejo, em La Coeducación como eje de las acciones políticas para
combatir la violencia contra las mujeres: la violencia de género, nos traz uma reflexão sobre a
violência de gênero, apontando para a Escola como epicentro das políticas de igualdade e na coeducação como ferramenta de intervenção que transcende o contexto escolar, aportando na própria
construção do social.
O processo de inclusão escolar: relato de uma experiência é o artigo de Naires de C. N.
Moraes e Elaine M. D. de Oliveira, oriundo de atividades extensionistas de acompanhamento e
atendimento pedagógico a alunos carentes de uma rede municipal de ensino, portadores de
necessidades especiais e/ou dificuldade de aprendizagem.
Ester Precht Bañados assina o texto Dimensión legal en el respeto a la diversidad,
discorrendo sobre o papel das leis, na orientação e transformação da visão sobre a integração na
diversidade, a partir do caso da experiência do Chile com a Lei Indígena.
Em O desvelar da ciência nos anos iniciais do Ensino Fundamental: um olhar pelo viés
da experimentação, Vilmar Malacarne e Dulce M. Strieder apresentam resultados de um projeto
no qual se buscou atuar junto ao ensino na disciplina de Ciências nas series iniciais, fazendo uso da
experimentação.
As autoras Danusa de L. Bonoto, Maria A. da S. Soares e Maria C. M. Martins, no artigo A
análise da dialética ferramenta-objeto no objeto de aprendizagem 'Potencializando o seu
Conhecimento', relatam sua experiência com um projeto, cujo enfoque é analisar o ensino de
funções na Escola Básica, na perspectiva da dialética ferramenta-objeto.
A importância da assistência à saúde da mulher na prevenção do câncer de colo de
ùtero: projeto de extensão, de autoria de Tatiane C. Heck, Vanessa T. do Nascimento, Andressa
de A. Pias, Fabiane A. Vargas e Vera R. A. Vargas, relata o trabalho de assistência social, realizado
em parceria com a Liga Feminina de Combate ao Câncer e escolas municipais.
Em Sala de espera: um ambiente para efetivar a educação em saúde, Andréia D.
Rodrigues, Carlise R. Dallanora, Jonathan da Rosa e Alessandra R. M. Germani apresentam as
atividades desenvolvidas na implementação de salas de espera no âmbito municipal do Sistema
Único de Saúde – SUS.
Sobre A importância do paço municipal, Amélia S. Schwertner e Cristiane S. Haerter,
destacam o trabalho de resgate da história da paisagem dos paços municipais e a preservação da
memória coletiva destes espaços.
Identificação de sinais de adaptabilidade de espécies e cultivares frutíferas para o Médio
Alto Uruguai, RS é o artigo de Loiva Somavilla e Lauro L. Somavilla, que apresentam os
resultados de um trabalho realizado para identificar sinais de adaptabilidade de espécies e cultivares
de rosáceas frutíferas, com vistas ao desenvolvimento agrícola da região.
Clézio Santos e Yara Kulaif oferecem, em A participação dos docentes de Cartografia na
formação de professores de Geografia, uma reflexão sobre as contribuições da cartografia para a
formação inicial de professores de geografia, ressaltando a importância da pesquisa neste contexto.
Finalizando, informamos que a Revista Eletrônica Vivências foi indexada no LATINDEX no
último dia 27/abril, agora integrando o Catálogo deste Sistema. Este processo constitui o
cumprimento de uma das metas propostas para a qualificação contínua da Revista. Diretório e
Catálogo
do
LATINDEX
podem
ser
acessados
no
sítio:
http://www.latindex.unam.mx/latindex/busquedas1/index.html?opcion=2.
Dessa forma, agradecemos aos nossos autores e a todos os membros do Conselho Editorial,
pela inestimável colaboração. Principalmente, agradecemos aos nossos leitores, fundamentais no
processo de interlocução que se procura estabelecer.
Uma excelente interação a todos!!!
Brasil, E. e Ustra, S.
2

Documentos relacionados

o uso das tecnologias nas aulas de biologia

o uso das tecnologias nas aulas de biologia A desenfreada cascata de novas tecnologias e informações lançadas diariamente faz com que nós, professores, muitas vezes, nos sintamos impotentes ao nos depararmos com a realidade educativa. Em ple...

Leia mais