Baixe o arquivo

Сomentários

Transcrição

Baixe o arquivo
Roman Wróbel
A Sereníssima República
Já em Outubro de 1918, as forças polonesas começaram a desarmar os alemães
e austríacos. Em Novembro, foi inaugurado o primeiro governo polonês provisório,
sob a liderança do socialista Ignacy Daszynski. Depois do retorno de Jozef Pilsudski
para a Polônia, o comandante da legião estava à frente do exército e do governo
provisório. Pilsudski ficou o Chefe de Estado.
Já no ano de 1918 estalaram lutas na Ucrânia, e a adesão da região de
Wielkopolska efetuou-se a custo duma revolta. O Tratado de Versalhes terminando a
Primeira Guerra, assinado por Romad Dmowski, sancionou a independencia polonesa.
A integridade territorial da República da Polônia perigava no Leste. A Rússia
bolchevique, que proclamava uma “marcha da revolução através da Europa”, esteve
perto de vencer a guerra de 1920. As tropas russas chegaram aos arrabaldes de
Varsóvia. A batalha que teve lugar entre os dias de 13 e 18 de agosto foi considerada
pelo diplomata britânico lorde D’Abernon como uma das “18 batalhas mais
importantes na história do mundo” os poloneses eram o “milagre na margem do
Vístula”. A guerra terminou com a assinatura do Tratado de Riga em Riga na Letónia
em 18 de março de 1921.
A Assembleia Legislativa inaugurada em Janeiro de 1919 adotou a Pequena
Constituição conferindo o poder executivo a Jozef Pilsudski como Chefe de Estado. O
estado polonês inicialmente incluía o Reino da Polônia e a Galícia Ocidental. O
Tratado de Versalhes atribuiu à Polônia: a Pomerânia sem Gdansk que recebeu o
status da cidade livre e a região de Wielkopolska liberada pela revolta e na Alta Silésia
e em Warmia-Masuria ordenou plebiscitos. Na Alta Silésia, as ações violentas das
autoridades alemãs levaram às revoltas posteriores, a fronteira foi definida finalmente
pela terceira revolta que eclodiu após o primeiro plebiscito desfavorável para os
poloneses. A fronteira na Silésia de Cieszyn foi fixada em Julho de 1920 durante a
conferência em Spa, de acordo com as sugestões dos tchecos através da inclusão de
dois distritos poloneses no estado tcheco. No leste, inicialmente tentou-se
implementar a idéia de federação de Pilsudski, assumindo a independência da
Lituânia, Ucrânia e Bielorrússia como o baluarte anti-russo da Polônia, mas a
democracia nacional era oposta, tentando criar um estado nacional etnicamente
uniforme.
Três meses depois da recuperação da independência, o a Assembleia
Legislativa começou a trabalhar. A adoção da reforma agrária, a criação de órgãos da
administração do estado, a reconstrução da educação e da indústria destruída durante a
guerra tiveram lugar durante as revoltes da Silésia e a guerra com a Rússia Soviética. Já
em março de 1921, a República teve uma constituição moderna. Em maio de 1926,
com a ajuda dos tropas fiéis, Jozef Pilsudski, por quatro anos restante à margem da
vida política, decidiu sobre a manifestação armada contra o governo constitucional sob
a bandeira da "sanação". As lutas, que duraram vários dias e ficaram conhecidas como
o “golpe de maio”, resultaram na demissão do Presidente Stanislaw Wojciechowski e
do Governo do Primeiro-Ministro Wincenty Witos. Piłsudski foi eleito Presidente
pela Assembleia, mas não aceitou esse posto, propondo, por sua vez, a candidatura do
professor Ignacy Mościcki. Na Polônia começou o período chamado “governos de
sanação” ou “governos dos coronéis”, porque a maioria da equipa de Piłsudski eram
oficiais ativos do exército.
Os governos de sanação trouxeram uma estabilidade económica para a Polónia,
mas ao mesmo tempo eram também um período de transição da democracia para o
autoritarismo. O marechal Piłsudski governava com mão de ferro, não tolerava
oposição e não hesitava em usar métodos drásticos para dominar os políticos da
oposição. Isso foi especialmente visível nos anos 30, quando a Polónia foi atingida
pelas consequências do grande crash da bolsa de Nova Iorque, e a crise económica
provocou tensões sociais. Em setembro de 1930 Piłsudski dissolveu o parlamento e
ordenou aprisionar muitos deputados da oposição que foram logo condenados a penas
de prisão num processo que foi uma paródia da justiça. Em 1934 foi criado um campo
em Bereza Kartuska em que eram isoladas as pessoas que “constituíam ameaça à
segurança e à ordem”. Antes de morrer em 12 de maio de 1935, Piłsudski ainda
assinou a autoritária constituição de abril que limitou o poder da Assembleia e
aumentou as prerrogativas do presidente.
Após a recuperação da independência, nossos compatriotas enfrentaram muitos
novos desafios e problemas enormes O país recriado tem feito um grande esforço para
unir economicamente e comunicar as três partições. Em 1924, foi realizada a reforma
monetária o que resultou na estabilização da situação económica na Polônia. Foi
construído o porto em Gdynia, as linhas ferroviárias Varsóvia - Poznan e Silésia Gdynia. A grande conquista da Segunda República foi a industrialização do país e a
eliminação da superpopulação rural. No final dos anos trinta foi construído o Central
Distrito Industrial que incluiu 51 novas plantas industriais. Foi a maior conquista da
civilização da Segunda República.
O estado polonês renascido introduziu a educação obrigatória para as crianças
dos 7 aos 14 anos de idade. Houve uma rápida expansão do ensino superior, e no
período entre guerras a ciência polaca tinha muitas realizações importantes para o
mundo inteiro. As escolas polonesas de matemática eram muito reconhecidas: a escola
de Lviv centrada em torno de seus criadores Stefan Banach e Hugo Steinhaus e a
escola de Varsóvia dos professores Waclaw Sierpinski e Stefan Mazurkiewicz. A
filosofia polonesa representada pelo escola de Varsóvia-Lviv, na pessoa de Tadeusz
Kotarbiński e Kazimierz Ajdukiewicz, era conhecida em todo o mundo da ciência.
Bronislaw Malinowski, o antropólogo polonês, trabalhando fora do país, tem
alcançado sucesso no estudo das culturas primitivas.
A Polônia do período inter-guerra vivia também uma verdadeira "explosão" de
arte. A décade de 20 era principalmente o domínio da poesia, em que havia duas
tendências: de Skamander e da vanguarda. Além dos artistas tradicionais e já
reconhecidos (Stefan Zeromski, Wladyslaw Reymont - o Prêmio Nobel da literatura
em 1924) apareceram os representantes das novas formas abordando os problemas
psicológicos e existenciais do ser humano (Zofia Nalkowska, Maria Dabrowska, Maria
Kuncewiczowa, Jaroslaw Iwaszkiewicz Jan Parandowski, Pola Gojawiczynska e
Zbigniew Unilowski).
O teatro era bem desenvolvido, seus principais centros eram Varsóvia, Vilnius e
Lviv. Definitivamente, a maior carreira fez a atriz Apolónia Chalupiec que sob o
pseudônimo de Pola Negri conquistou Hollywood. A música polonesa foi
representada por Karol Szymanowski, Feliks Nowowiejski, Artur Rubinstein e
Grazyna Bacewicz. Ganharam fama mundial os cantores Jan Kiepura e Ada Sari. Os
líderes da escultura não só na Polónia mas também no mundo eram: Xawery
Dunikowski e Zbigniew Pronaszko e da pintura: Julian Falat, Wojciech Kossak e Jacek
Malczewski.

Documentos relacionados

Baixe o arquivo

Baixe o arquivo parlamento polonês: o Conselho de Estado Provisório, o Conselho de Regência e o Conselho de Estado do Reino da Polônia. Também a Rússia mudou sua posição sobre a Polônia cujo governo provisório, fo...

Leia mais

Pesquisa histórica e redação

Pesquisa histórica e redação Polônia; o romance serviu de base a um filme dirigido por Jerzy Hoffman que foi estreado em 1999 com o mesmo título; Potop (O Dilúvio, 1886) retrata a invasão da Polônia pela Suécia no século XVII; ...

Leia mais