Como Calcular o Ponto de Equilíbrio Operacional

Сomentários

Transcrição

Como Calcular o Ponto de Equilíbrio Operacional
Como calcular o Ponto de Equilíbrio Operacional
(PEO)
Objetivo: Analisar os fatores que influenciarão no ponto de equilíbrio
operacional, e realizar o cálculo do PEO do mês.
Definição: Ponto de equilíbrio operacional (PEO) indica o nível mínimo de
receitas necessário para o cumprimento de todos os compromissos da
empresa, ou seja, o pagamento dos custos fixos e variáveis. Roberto Assef
(1999).
Primeiramente deve-se organizar os custos da empresa separando-as em
fixos, variáveis e outros.
Custos Fixos são aqueles que não variam, independentemente do volume
de vendas ou produção. Exemplos: Aluguel, salário de funcionários, conta
de telefone, energia elétrica, água e esgoto, etc.
Custos Variáveis oscilam de acordo com o faturamento da empresa. São
custos que estão diretamente relacionados à venda ou produção, por isso,
só existirão se houver volume de vendas e produção. Exemplo: Comissão
sobre vendas, impostos sobre mercadorias vendidas, fretes, etc.
Custo Outros são custos que não estavam previstos, e ocorreram somente
naquele mês. Exemplo: Conserto de um equipamento que apresentou
defeito.
Margem de Contribuição (MC)
Margem de Contribuição é a diferença entre a Receita Total (Vendas) da
empresa e os seus Custos e despesas variáveis. Podemos entender ainda,
que a margem de contribuição é a parcela da receita total que ultrapassa
os custos e despesas variáveis e que contribuirá para cobrir as despesas
fixas e, ainda, formar o lucro.
No módulo Financeiro acesse o menu Conta Corrente e selecione a opção
Cadastro de Conta Contábil.
Fig. 1.0
Para verificar se a conta contábil está devidamente registrada como fixa,
variável ou outros. Clique duas vezes sobre a conta e pressione o botão
alterar.
Fig. 1.1
Selecione uma das opções de custo de acordo com os conceitos de custos
abordados anteriormente neste documento.
Fig. 1.2
Pressione o botão Gravar para salvar as alterações.
Fig. 1.3
Após registrar este procedimento, registre as contas a pagar da empresa
no sistema discriminando a conta contábil referente à origem da parcela.
Fig. 1.4
Veja que foi informada a conta contábil referente ao tipo de conta.
Fig. 1.5
No módulo Financeiro clique sobre o menu Análise e selecione a opção
Análise Financeira.
Fig. 1.6
Informe o mês e o ano referente ao período a ser analisado.
Para relacionar somente os custos (contas a pagar) baixados no mês
informado, a opção “Pegar informações de Contas a Pagar” deve estar
desmarcada. Esta opção trará todas as contas a pagar que vencerão no
mês informado independente de estarem baixadas ou pendentes.
Fig. 1.7
Cálculo:
TOTAL = (% Margem de Contribuição * % Faturamento) / 10.000
Ponto de Equilíbrio Operacional = Custo Fixo Mensal / TOTAL
Calculando o Ponto de Equilíbrio de acordo com a figura 1.7:
TOTAL = (37, 6869 * 100,00) / 10000
TOTAL = 0, 376869
Ponto de Equilíbrio Operacional = 17436,69 / 0, 376869
Ponto de Equilíbrio Operacional = R$ 46.267,24
30/04/2012