Ciências da Natureza e Ciências Humanas

Сomentários

Transcrição

Ciências da Natureza e Ciências Humanas
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 1
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 2
2–
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 3
Ciências Humanas e suas Tecnologias
Questões de 1 a 45
1
D
“Na noite fatal em que o cavalo de madeira vomitou seu
conteúdo de homens armados, dando como resultado a
destruição da cidade. Eneias conseguiu fugir com os
sobreviventes (…). Os navios finalmente chegaram ao
litoral da Itália, onde o oráculo os aconselhou a procurar
um lugar aprazível para se fixarem.”
(Thomas Bulfinch. O Livro de Ouro da Mitologia.
Ediouro. Adaptado.)
Resolução
A estrutura político-social de Esparta caracterizava-se
pelo predomínio de uma aristocracia militarizada que
dominava uma sociedade rigidamente estamental. Os
estamentos inferiores eram formados pelos periecos,
homens livres dedicados ao artesanato, ao comércio
e ao cultivo de suas terras, e pelos hilotas, escravos
do Estado destinados aos trabalhos agrícolas nas
áreas pertencentes à elite espartíata.
3
A
A leitura do texto e de outros conhecimentos sobre o
tema permitem-nos identificar
a) o episódio final das Guerras Púnicas, quando os romanos penetraram em Cartago.
b) um conflito mitológico entre gregos e troianos, visto
que a cidade de Troia jamais existiu.
c) o estratagema do cavalo de Troia, o qual serviu como
meio de fuga para Eneias.
d) a conclusão da Guerra de Troia e o início da aventura
que iria dar origem a Roma.
e) as Guerras Médicas e a Segunda Diáspora Grega,
orientada para o Ocidente.
Resolução
O texto combina a narrativa de Homero na Ilíada, referente ao fim de Troia, com a Eneida de Virgílio, quando
descreve a fuga de Eneias e sua chegada à Itália.
2
A
Podemos citar, como uma característica de Esparta,
a) a existência de uma oligarquia aristocrática que monopolizava o poder político e militar, conservadora, intelectualmente pouco desenvolvida e desinteressada em
relação às atividades mercantis.
b) o predomínio de uma aristocracia com origem
fundiária, cuja força política derivava de seu poder
econômico, que combinava as atividades mercantis
com a prática da agricultura.
c) a intensa atividade intelectual, resultante do interesse
da camada dominante pelo pensamento filosófico e
pela produção teatral, o que fez dessa pólis um
importante centro cultural.
d) a criação do regime democrático, alcançada após um
longo período de obscurantismo provocado pelo
isolamento dos espartanos em relação às demais
cidades do Mundo Grego.
e) a estrutura clânica da sociedade, na qual comunidades
isoladas umas das outras cultivavam a terra em regime
de propriedade coletiva, sob a chefia de um pater com
poderes hereditários.
ENEM/2013
Juan Gerson, Os cavaleiros do Apocalipse, 1562.
“Em meados do século XVI, um pintor nativo mexicano, batizado como Juan Gerson, criou um extraordinário
ciclo de pinturas para a Igreja franciscana de Tecamachalco,
no atual estado de Puebla. O ciclo representa os eventos
bíblicos do Apocalipse em formato oval, pintados em
papel amate, tradicionalmente usado pelos mexicas.”
(Richard Perry. Mexico’s fortress monasteries. Espadaña Press, 1993.
Disponível em:
www.colonial-mexico.com/PueblaTlaxcala/apocalypse.html.
Acesso em: 5 jul. 2012. Adaptado.)
–3
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 4
“Um espanhol, assustado ao ver os progressos da
adoção da escrita em latim entre os índios, escrevia, já na
década de 1540: ‘Os índios têm escritores tão bons e tão
numerosos que não sei dizer o número deles, e esses
escritores redigem cartas que os colocam a par de todos
os negócios do país de um mar a outro, o que antes da
conquista era coisa impossível’.”
(Serge Gruzinski. “O Renascimento Ameríndio.” In: Adauto Novaes. A
e pela melhoria de suas condições morais e materiais de
existência e a cooperar na supressão da escravatura e
principalmente do tráfico de negros; elas protegerão e
favorecerão, sem distinção de nacionalidade ou de culto,
todas as instituições e empresas religiosas, criadas e
organizadas para esses fins ou que tendam a instruir os
indígenas e a lhes fazer compreender e apreciar as
vantagens da civilização.”
Outra Margem do Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.
p. 294. Adaptado.)
A pintura e a escrita em latim eram práticas das elites
artísticas e intelectuais indígenas no início da colonização
da América pelos espanhóis. O estudo de tais práticas
permite-nos concluir que a participação dessas elites,
naquele período histórico, evidencia
a) a mistura de elementos provenientes das tradições
indígenas e da cultura ocidental na sociedade colonial
em construção.
b) a dificuldade dos espanhóis em impedir o acesso à formação artístico-acadêmica dos indígenas que se projetaram no cenário cultural colonial.
c) os esforços da Igreja para destruir a cultura e a religião
indígenas, dentro do processo de cristianização e
ocidentalização da América.
d) o potencial civilizador europeu, que permitiu retirar da
barbárie e do paganismo populações até então privadas
dos benefícios da civilização.
e) seu interesse em se integrar aos dominadores
espanhóis, de forma a assegurar a sobrevivência dos
valores religiosos nativos.
Resolução
Para facilitar a catequese dos nativos durante o processo de colonização da América Ibérica, os missionários desenvolveram métodos que buscavam, por
meio da pintura, associar concepções do mundo
cristão a elementos da arte indígena. Dessa forma, os
índios convertidos assimilavam o catolicismo sem
abandonar inteiramente os traços de suas origens
culturais.
4
D
Ata Geral da Conferência de Berlim, 26 de fevereiro de
1885:
“Capítulo I – Declaração referente à liberdade de
comércio na Bacia do Congo.
.............................................
Artigo 6 .o – Todas as Potências que exercem direitos de
soberania ou uma influência nos referidos territórios
comprometem-se a velar pela conservação dos aborígines
4–
Pela leitura do texto, podemos deduzir que ele
a) demonstra que o interesse em investimentos financeiros constituía a tônica do Congresso.
b) evidencia a atração pela abundância de recursos
minerais na região subsaariana.
c) explicita as intenções religiosas do imperialismo, reveladas na proteção à ação dos missionários.
d) revela a ideologia do colonialismo europeu quando se
refere às “vantagens da civilização”.
e) reflete a preocupação das potências capitalistas em
manter a escravidão negra.
Resolução
Embora seja corrente a ideia de que o Congresso de
Berlim efetuou a partilha da África, ele apenas
ratificou a dominação belga sobre a Bacia do Congo
e definiu as regras que deveriam nortear as futuras
ocupações do território africano. O trecho transcrito
evidencia a justificativa “civilizatória” usada pelas
potências colonialistas, de acordo com as ideias do
darwinismo social, sintetizadas mais tarde na
expressão “fardo do homem branco”.
5
C
As raízes da Primeira Guerra Mundial encontram-se em
grande parte na história do século XIX. Entre esses
fatores, podemos citar
a) a hegemonia da Grã-Bretanha no processo de industrialização, contrastando com o reduzido crescimento
padrão econômico dos Estados Europeus.
b) a emergência de ideologias socialistas e a irrupção de
insurreições operárias que desajustaram as relações
entre os países capitalistas.
c) a vitória da Prússia sobre a França, durante o processo
da unificação alemã, e a incorporação da Alsácia-Lorena
ao Império Alemão.
d) a secular rivalidade entre França e Inglaterra e os
efeitos danosos provocados na economia inglesa pelo
Bloqueio Continental.
e) a ruptura do equilíbrio europeu, provocada pela
unificação italiana, e a ameaça militar representada pela
Rússia em relação à Alemanha.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 5
Resolução
A vitória dos alemães na Guerra Franco-Prussiana de
1870-71 rompeu o equilíbrio europeu, pois a
Alemanha unificada tornou-se militarmente hegemônica na Europa, além de rivalizar seriamente com
a produção industrial britânica. A humilhante derrota
dos franceses diante da Prússia, somada à perda da
Alsácia-Lorena, deu origem ao revanchismo francês –
um dos fatores causais da Primeira Guerra Mundial.
6
B
C
“Uma família isolada mudava-se de suas terras. O pai
pedira dinheiro emprestado ao banco e agora o banco
queria as terras. A companhia quer tratores em vez de
pequenas famílias nas terras. Se esse trator produzisse
os compridos sulcos em nossa própria terra, a gente
gostaria do trator, gostaria dele como gostava das terras
quando ainda eram da gente. Mas esse trator faz duas
coisas diferentes: traça sulcos nas terras e expulsa-nos
dela. Não há quase diferença entre esse trator e um
tanque de guerra. Ambos expulsam os homens que lhes
barram o caminho, intimidando-os, ferindo-os.”
(John Steinbeck. As Vinhas da Ira, 1972.)
O texto acima está relacionado com
a) a mecanização da lavoura norte-americana no século
XIX, possibilitada pela utilização de máquinas agrícolas
movidas a vapor.
b) o período posterior à Segunda Guerra Mundial, quando
a crise econômica desestabilizou a sociedade de consumo dos Estados Unidos.
c) a Grande Depressão que se seguiu à Crise de 1929 e
arruinou, entre outros segmentos sociais, os pequenos
proprietários rurais.
d) a Depressão Econômica iniciada em 1873, caracterizada por uma crise de superprodução que derrubou os
preços dos produtos agrícolas.
e) uma crise cíclica do capitalismo marcada pelo desequilíbrio entre o aumento do consumo e a queda na
produção de gêneros alimentícios.
Resolução
A Crise de 1929 provocou uma onda recessiva que
atingiu o sistema capitalista em todo o planeta. Nos
Estados Unidos, a chamada “Grande Depressão”
afetou todos os segmentos da sociedade (exceto o
crime organizado), entre eles, os pequenos agricultores, forçados a pedir empréstimos bancários devido à
queda dos preços agrícolas e que não conseguiram
quitar as hipotecas contraídas sobre suas terras.
ENEM/2013
7
A foto mostra um aspecto do “Dia D” – 6 de junho de
1944 –, quando forças anglo-americano-canadenses
desembarcaram na Normandia (França). Essa operação
militar tinha como objetivo
a) evitar que a “guerra-relâmpago” desencadeada pelos
alemães resultasse no colapso da França e em sua
ocupação pelas forças nazistas.
b) apressar o fim da Alemanha Nazista, abrindo uma nova
frente de batalha que aliviasse a pressão sofrida pela
União Soviética na Europa Oriental.
c) forçar Hitler a entrar em acordo com Roosevelt e
Churchill, formando uma frente militar que contivesse
o avanço soviético no Leste Europeu.
d) avançar rapidamente em direção à Alemanha, a fim de
conquistar Berlim antes da chegada das forças
soviéticas à capital inimiga.
e) estabelecer uma ligação com o Exército Vermelho, o
qual avançava vindo do leste, para isolar as forças
alemãs que combatiam na Itália contra os Aliados.
Resolução
Quando os anglo-americanos-canadenses desencadearam o “Dia D”, os Aliados lutavam contra os
alemães em duas frentes: na Itália, onde a exiguidade
do front e o relevo acidentado facilitavam a defesa
pelos alemães; e na Europa Oriental, onde os soviéticos avançavam em uma larga frente de combate. A
abertura de uma zona de operações na França
desviaria parte dos contingentes nazistas para oeste,
diminuindo a resistência alemã à progressão do
Exército Vermelho.
–5
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 6
8
D
9
B
“Em 1.o de dezembro de 1955, a costureira negra Rosa
Parks recusou-se a ceder seu assento a um homem
branco em um ônibus de Montgomery, Alabama,
conforme determinavam as leis do Estado. A mulher foi
presa e posteriormente levada a julgamento, o que
motivou a criação da Montgomery Improvement
Association (“Associação pela Melhoria de Montgomery”),
cuja presidência foi entregue ao pastor Martin Luther
King. No dia do julgamento de Rosa Parks, King discursou
para uma multidão, declarando: ‘Quero assegurar a todos
que trabalharemos para fazer prevalecer a justiça nos
ônibus da cidade. Se estivermos errados, a Suprema
Corte desta nação estará errada. Se estivermos errados,
a Constituição dos Estados Unidos estará errada. Se
estivermos errados, Deus Todo-Poderoso estará errado’.”
(Disponível em: http://vejaabril.com.br. Adaptado.)
Assassinado em 1968, Martin Luther King iniciou suas
atividades políticas em 1956, a partir do episódio relatado
no texto.
O principal resultado das propostas de Martin Luther King
para a sociedade norte-americana está diretamente
relacionado com
a) a uniformização das leis estaduais.
b) a ampliação da igualdade social.
c) a regulamentação de leis trabalhistas.
d) a universalização dos direitos civis.
e) a segregação positiva dos negros.
Resolução
O episódio de Rosa Parks serviu como ponto de partida da luta dos negros norte-americanos pela
igualdade dos direitos civis, sob a liderança de Martin
Luther King. O movimento ganhou projeção internacional e, em julho de 1964, o presidente Lyndon
Johnson sancionou a Lei dos Direitos Civis, que
estabeleceu a igualdade racial nos Estados Unidos,
derrubando a legislação segregacionista vigente nos
Estados do Sul.
(Disponível em: www.linoresende.jor.br. Acesso em: 14 jun. 2012.)
Cartaz alusivo ao Festival Woodstock de Música e Arte,
realizado nos Estados Unidos em 1969 e que se tornou
um símbolo dos agitados anos 60 e 70. O festival
mobilizou cerca de 500 mil pessoas e vários expoentes
da cultura pop. Ele está inserido em um contexto de
movimentos culturais e sociais variados que, em
conjunto, expressavam
a) as reivindicações dos jovens por maior participação na
política partidária.
b) a contestação da juventude aos valores dominantes na
sociedade de consumo de massa.
c) a rebeldia da juventude, contrária à participação dos
Estados Unidos na Guerra da Coreia.
d) a mobilização estudantil de jovens que defendiam as
práticas culturais do stalinismo.
e) o reacionarismo da juventude fascista dos anos 60 e
sua oposição à “contracultura”.
Resolução
A década de 1960 foi marcada pela mobilização da
juventude em diversos países, a partir da revolta dos
estudantes parisienses em maio de 1968. Embora
quase sempre desvinculados da vida partidária, esses
6–
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 7
movimentos demonstraram certo grau de politização,
com um forte componente ideológico neoanarquista.
Nos Estados Unidos, a juventude se opôs aos padrões
culturais e sociais dominantes, produzindo manifestações artísticas significativas e dando origem à
importante corrente pacifista e ambientalista dos
hippies, opositores da Guerra do Vietnã e proponentes de uma “contracultura”.
c) iniciado com a Revolução Industrial, gerou problemas
ainda não resolvidos, como assegurar o bem-estar da
população sem pôr em risco a segurança ambiental.
d) para continuar a se desenvolver de forma viável,
necessita de uma harmonização entre o homem e a
Natureza que elimine as indústrias de transformação.
e) que vem se desenvolvendo desde o fim da Idade Média, gerou um excesso de ofertas de trabalho que não
têm sido preenchidas devido ao decréscimo populacional.
10
Resolução
O crescimento da população urbana, antes restrito
aos países desenvolvidos e agora também presente
nos emergentes e nos subdesenvolvidos, tem intensificado a exploração dos recursos naturais e o consequente impacto ambiental de forma alarmante. O
dilema gerado por essa situação consiste na necessidade de evitar o caos social mediante a manutenção
do progresso tecnológico, sem, com isso, provocar o
colapso ambiental.
A
Após mais de meio século de “revolução socialista”,
Cuba inicia a segunda década do século XXI, vivenciando
um processo de reformulação. Entre os aspectos que
caracterizam esse novo momento da história cubana,
destacam-se
a) a abertura econômica e uma relativa liberalização
política, com a ascensão de Raúl Castro à chefia do
governo.
b) o enfraquecimento dos movimentos sociais oposicionistas e o fortalecimento do Partido Comunista
Cubano.
c) o incentivo à emigração de cidadãos descontentes
com o regime e a introdução de valores baseados na
sociedade de consumo.
d) o maior acesso da população aos bens de consumo e
o aumento do poder aquisitivo dos trabalhadores, tanto
urbanos quanto rurais.
e) o abrandamento das tensões com os Estados Unidos
e a busca de novos aliados, após o fim da União
Soviética.
Resolução
A crise do socialismo real, acarretando o fim da URSS
e de sua ajuda econômica a Cuba, mergulhou a Ilha de
Fidel Castro em uma profunda crise, agravada pela
insistência do velho líder em manter a ortodoxia
socialista. Com a substituição de Fidel por Raúl
Castro, o governo cubano tem procurado ampliar
suas relações econômicas externas, sobretudo com a
Europa, ao mesmo tempo que ensaia certa flexibilização em relação a seus opositores internos.
11
C
No ano de 2007, mais da metade da população mundial
havia passado a morar e trabalhar nas cidades. Esse
processo,
a) se não for interrompido imediatamente por meio da
volta da população para o campo, levará à destruição
dos ecossistemas, evitando o aquecimento global.
b) embora tenha diminuído no século XX, tem provocado
debates entre os ambientalistas e os partidários de
uma desaceleração na exploração dos recursos naturais.
ENEM/2013
12
E
Segundo a explicação mais difundida sobre o povoamento
da América, grupos asiáticos teriam chegado a esse
continente pelo Estreito de Bering, há 18 mil anos. A partir
dessa região, localizada no extremo noroeste das
Américas, aqueles grupos e seus descendentes teriam
migrado para outras áreas, chegando até a porção sul do
continente. Entretanto, estudos arqueológicos realizados
no Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, descobriram vestígios da presença humana que teriam até 35
mil anos. Se validadas, as provas materiais encontradas
pelos arqueólogos
a) comprovam que o Piauí abrigou grupos provenientes
da África há aproximadamente 35 mil anos.
b) confirmam que o homem é originário da América, de
onde migrou para outros continentes.
c) contestam a teoria de que o homem americano surgiu
primeiro na América do Sul.
d) confirmam que grupos de origem asiática cruzaram o
Estreito de Bering há 18 mil anos.
e) contestam a teoria de que o povoamento da América
teria começado há 18 mil anos.
Resolução
Os estudos arqueológicos realizados no Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, pela antropóloga Niède Guidon, apontam para uma origem do
homem americano muito mais remota (35 mil anos)
do que a teoria da “ponte de gelo” no Estreito de
Bering (18 mil anos).
–7
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 8
13
b)
c)
d)
e)
C
a corrupção praticada por ministros portugueses.
as doenças causadas pela ignorância do povo.
o mau aproveitamento das riquezas pelo povo.
a falta de salubridade, geradora de doenças.
Resolução
A questão alude à corrupção que acompanhava a
exploração do Brasil pela Metrópole Portuguesa,
devendo-se entender como “ministros” os altos
funcionários incumbidos de administrar a Colônia
Brasileira.
15
Pintura rupestre da Toca do Pajaú (PI).
(Disponível em: www.betocelli.com)
A pintura rupestre acima reproduzida, que é um
patrimônio cultural brasileiro, expressa
a) o conflito entre os povos indígenas e os europeus durante o processo de colonização do Brasil.
b) a organização social de um povo indígena local e a
hierarquia entre seus membros.
c) aspectos da vida cotidiana de grupos que viveram durante a Pré-História Brasileira.
d) os rituais que envolviam sacrifícios de animais
atualmente extintos no Brasil.
e) as constantes guerras entre diferentes grupos
paleoindígenas da América.
Resolução
A pintura rupestre reproduzida na questão apresenta
uma cena de caça – tema recorrente na arte pré-histórica em todas as regiões do mundo e que mostra um
aspecto essencial para a sobrevivência das comunidades primitivas.
14
E
Ruy Guerra e Chico Buarque de Holanda escreveram uma
peça de teatro chamada Calabar – o Elogio da Traição,
pondo em dúvida a reputação de traidor atribuída a
Calabar, pernambucano que ajudou decisivamente os
holandeses na invasão do Nordeste Brasileiro, em 1632.
Avalie os textos a seguir, todos referentes a Domingos
Fernandes Calabar.
Texto I
“Calabar traiu o Brasil, que ainda não existia? Traiu Portugal, nação que explorava a colônia onde Calabar havia
nascido? Calabar, mulato em uma sociedade escravista e
discriminatória, traiu a elite branca?”
(Ruy Guerra e Chico Buarque. Calabar – O Elogio da Traição.)
Texto II
“Dos males que causou à pátria, a História, a inflexível
História, lhe chamará infiel, desertor e traidor, por todos os
séculos.”
(Francisco Adolfo de Varnhagen. In: A. de Souza Júnior. Do
Recôncavo aos Guararapes. Rio de Janeiro: Bibliex, 1949.)
Texto III
B
“Perde-se o Brasil, Senhor, porque alguns ministros de
Vossa Majestade não vêm cá buscar o nosso bem, vêm
buscar nossos bens. Esse tomar o alheio, ou seja, o do
Rei ou o dos povos, é a origem da doença da colônia
brasileira.“
“Sertanista experimentado, em 1627, procurava as minas
de Belchior Dias com a gente da Casa da Torre; ajudara
Matias de Albuquerque na defesa do Arraial, onde fora
ferido, e desertara em consequência de vários crimes
praticados [contrabando e roubo].”
(Pedro Calmon. História do Brasil. Rio de Janeiro:
(Padre Antônio Vieira, século XVII. In: R. Faoro. Os Donos do Poder.
José Olympio, 1959.)
São Paulo: Globo, 1991. Adaptado.)
De acordo com o padre Antônio Vieira, o maior problema
da colônia brasileira, no século XVII, era
a) o abuso de poder do rei de Portugal.
8–
A leitura dos três textos permite-nos afirmar que
a) os três textos, embora escritos por autores com
diferentes posições ideológicas, chegam às mesmas
conclusões sobre a pretensa traição de Calabar.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 9
b) os textos I e II refletem tolerância com relação à
suposta traição de Calabar, enquanto o texto III mostra
uma posição contrária à atitude da personagem.
c) os textos II e III mostram-se contrários à atitude de
Calabar, enquanto o texto I denota indiferença em
relação à suposta traição cometida pela personagem.
d) os textos I e III mantêm-se neutros com relação à
suposta traição de Calabar, ao contrário do texto II, que
condena a atitude da referida personagem.
e) o texto I questiona a validade da reputação de traidor
que o texto II atribui a Calabar, enquanto o texto III
descreve ações positivas e negativas dessa personagem.
Resolução
Francisco Adolfo de Varnhagen, visconde de Porto
Seguro (1816-78), foi um representante da ideologia
nacionalista aristocrática que predominou durante o
Brasil Império; dentro dessa perspectiva, considera
Calabar um traidor da comunidade luso-brasileira. Já
Pedro Calmon (1902-85), na condição de historiador
mais moderno do que Varnhagen, preocupa-se em
fazer uma análise isenta sobre Calabar, atendo-se aos
fatos ligados à personagem. Quanto a Ruy Guerra e
Chico Buarque, com uma postura ideológica assumidamente esquerdista, procuram subverter a visão historiográfica oficial sobre Calabar, objetivando combater
valores defendidos pela ditadura militar brasileira.
16
a)
b)
c)
d)
e)
militarmente a bacia hidrográfica do Amazonas.
economicamente as grandes rotas comerciais.
as fronteiras entre nações indígenas.
o escoamento da produção agrícola.
o potencial de pesca da região.
Resolução
No século XVIII, durante a administração do Marquês
de Pombal (1750-77), foi realizado um esforço para
consolidar a dominação portuguesa ao longo do Rio
Amazonas, incorporando sua bacia hidrográfica ao
Estado do Grão-Pará e Maranhão, na época, separado
do restante do Brasil.
17
C
A
O mapa a seguir apresenta parte do contorno da América
do Sul, destacando a Bacia Amazônica. Os pontos
assinalados representam fortificações instaladas no
século XVIII pelos portugueses. A linha indica os limites
fixados pelo Tratado de Tordesilhas, revogado pelo Tratado
de Madri em 1750.
Gravura de Théodore de Bry (século XVI).
(Carlos de Meira Mattos. Geopolítica e
Teoria de Fronteiras. Adaptado.)
Pode-se afirmar que a construção dos fortes pelos portugueses visava principalmente dominar
ENEM/2013
Pedro Américo, Tiradentes Esquartejado, 1893.
–9
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 10
A primeira ilustração apresenta um ritual antropofágico
dos índios do Brasil. A segunda mostra Tiradentes
esquartejado por ordem dos representantes da Coroa
Portuguesa. Com base nas duas reproduções, analise as
proposições a seguir.
I. Os dois artistas registraram duas práticas usuais no
Brasil, quais sejam, a antropofagia e o esquartejamento.
II. A antropofagia era parte do universo cultural indígena;
e o esquartejamento, uma forma de se fazer justiça na
época de Tiradentes.
III. A comparação das imagens faz ver como é relativa a
diferença entre “bárbaros” indígenas e europeus
“civilizados”.
Assinale a alternativa correta.
a) Apenas as proposições I e II são verdadeiras.
b) Apenas as proposições I e III são verdadeiras.
c) Apenas as proposições II e III são verdadeiras.
d) Todas as proposições são verdadeiras.
e) Todas as proposições são falsas.
Resolução
A proposição I é falsa porque nem todas as nações
indígenas brasileiras praticavam a antropofagia;
ademais, o esquartejamento não era usual no Brasil
Colônia, embora fizesse parte das práticas judiciais
do Antigo Regime.
18
D
“No início do século XIX, o naturalista alemão Carl von
Martius esteve no Brasil em missão científica, para estudar a flora e a fauna nativas, assim como as sociedades
indígenas. Referindo-se ao índio brasileiro, ele afirmou:
‘Permanecendo no grau inferior da humanidade, moralmente ainda na infância, a civilização não o altera; nenhum
exemplo o excita e nada o impulsiona para um nobre
desenvolvimento. Esse estranho e inexplicável estado do
indígena americano, até o presente, tem feito fracassarem todas as tentativas para conciliá-lo com a Europa
vencedora e torná-lo um cidadão satisfeito e feliz’.”
(Carl von Martius. O Estado do Direito entre os Autóctones do Brasil.
Belo Horizonte/São Paulo: Itatiaia/Edusp, 1982.)
Com base na análise transcrita, conclui-se que o naturalista von Martius
a) apoiava a independência do Novo Mundo, acreditando
que os índios, diferentemente dos europeus, respeitavam a flora e a fauna locais.
b) discriminava as populações originárias da América,
recomendando que permanecessem segregadas em
relação aos colonizadores europeus.
10 –
c) defendia um projeto civilizatório avançado para o século
XIX, objetivando tornar o indígena americano um
cidadão satisfeito e feliz.
d) desvalorizava o patrimônio étnico e cultural das
sociedades indígenas e reforçava a ideia da “missão
civilizadora” europeia.
e) condenava a aculturação dos silvícolas brasileiros,
preferindo descrever cientificamente a cultura das
populações autóctones.
Resolução
O texto do naturalista von Martius afirma que os
índios não conseguiram se adaptar à cultura dos dominadores europeus, apesar de todas as tentativas
realizadas. Com isso, ele ressalta a importância
cultural da Europa e desqualifica a cultura indígena.
19
A
“São Paulo, 18 de agosto de 1929.
Carlos [Drummond de Andrade],
Achei graça em seu entusiasmo pela candidatura Getúlio
Vargas – João Pessoa. Mas veja como estamos trocados.
Esse entusiasmo devia ser meu e sou eu que conservo o
ceticismo que deveria ser de você. Eu contemplo numa
torcida apenas simpática a candidatura Getúlio Vargas,
que antes desejara tanto. Mas, pra mim, presentemente,
essa candidatura (única aceitável, está claro) fica
manchada por essas pazes fragílimas de governistas
mineiros, gaúchos e paraibanos com democráticos paulistas (que pararam de atacar o Bernardes) e oposicionistas cariocas e gaúchos. Tudo isso não me entristece,
pois continuo reconhecendo a existência de males
necessários. Porém, isso me afasta do meu país e da
candidatura Getúlio Vargas (repito: única aceitável).”
Mário [de Andrade]
(Mário de Andrade. Apud: Renato Lemos. Bem Traçadas Linhas – a
História do Brasil em Cartas Pessoais. Rio de Janeiro: Bom Texto,
2004. p. 305. Adaptado.)
Acerca da crise política ocorrida no final da Primeira
República, a carta do paulista Mário de Andrade ao
mineiro Carlos Drummond de Andrade revela
a) a simpatia de Drummond pela candidatura Vargas e o
desencanto de Mário de Andrade com as composições
articuladas por aquele político.
b) a admiração de Drummond e Mário de Andrade pelo
gaúcho Getúlio Vargas, que se aliara à oligarquia
cafeeira de São Paulo.
c) a concordância de ambos quanto ao caráter inovador
da política varguista, que montara uma ampla coalizão
para derrotar a oligarquia mineira.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 11
d) a discordância entre Mário de Andrade e Drummond
sobre a aliança de Vargas com o paulista Júlio Prestes
nas eleições presidenciais de 1930.
e) o otimismo de Mário de Andrade em relação a Getúlio
Vargas, que se recusava a fazer alianças para vencer
as eleições presidenciais.
Resolução
Em sua carta, Mário de Andrade faz referência à
simpatia de Drummond por Getúlio Vargas (candidato
da Aliança Liberal à Presidência da República) e
demonstra contrariedade com as composições políticas feitas por aquele líder com adversários da véspera.
20
E
“A figura de Getúlio Vargas, como personagem histórica,
é bastante polêmica, devido à complexidade e à relevância de sua atuação como presidente do Brasil durante
um longo período (1930-45). Foram anos de grandes e
importantes mudanças para o País e para o mundo. Pode-se
perceber o destaque dado a Getúlio Vargas pelo simples
fato de esse período ser conhecido no Brasil como a ‘Era
Vargas’. Entretanto, esse dirigente não é visto de forma
favorável por todos. Se muitos o consideram um fervoroso nacionalista, um progressista ativo e o ‘Pai dos Pobres’, outros tantos o definem como ditador oportunista,
um intervencionista e amigo das elites.”
As diferentes interpretações do papel de Vargas podem
ser analisadas de acordo com uma das opções abaixo.
Assinale-a.
a) Se a avaliação de um grupo estiver certa, a do outro
estará inteiramente errada, pois as avaliações de ambos
são diametralmente opostas.
b) Aqueles que acusam Vargas de ser ditador estão
errados, pois ele somente tomou medidas de exceção
premido pelas circunstâncias.
c) Os dois grupos estão certos, pois cada um mostra
Vargas da forma que serve melhor a seus interesses,
já que ele não tinha ideologia.
d) Erram os que consideram Vargas um autêntico nacionalista, pois suas medidas nacionalizantes foram tomadas para iludir os brasileiros.
e) Os dois grupos estão errados porque enfocam aspectos parciais e, às vezes, conjunturais, como sendo
posturas absolutas e definitivas.
Resolução
Como o próprio texto demonstra, Vargas é uma personagem de grande complexidade que não pode ser
analisado por meio de estereótipos, até porque sua
habilidade política o fez adotar atitudes e medidas
aparentemente antagônicas, de acordo com as
circunstâncias.
ENEM/2013
21
B
“A Superintendência Regional do Instituto do Patrimônio
Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desenvolveu o
projeto ‘Comunidades Negras de Santa Catarina’, que tem
como objetivo preservar a memória do povo afrodescendente no Sul do País. Nele, a ancestralidade negra é
abordada em suas diversas dimensões: arqueológica, arquitetônica, paisagística e imaterial. Em regiões como a
do Sertão de Valongo, no município de Porto Belo, a
fixação dos primeiros habitantes ocorreu imediatamente
após a abolição da escravidão no Brasil. O Iphan
identificou nessa região um total de 19 referências
culturais, como os conhecimentos tradicionais de ervas
de chá, o plantio agroecológico de bananas e os cultos
adventistas de adoração.”
(Disponível em:
http://portal.iphan.gov.br/portal/montarDetalheConteudo.do?id=14256
&sigla=Noticia&retorno=detalheNoticia.
Acesso em: 1.o jun. 2009. Adaptado.)
O texto permite analisar a relação entre cultura e
memória, demonstrando que
a) as referências culturais da população afrodescendente
estiveram ausentes no Sul do País, cuja composição
étnica se restringe aos brancos.
b) a preservação dos saberes das comunidades afrodescendentes contribui para a construção da identidade e
da diversidade cultural do País.
c) a sobrevivência da cultura negra resulta do isolamento
das comunidades tradicionais, com a proibição de
alterações em seus costumes.
d) os contatos com outros segmentos da sociedade
nacional têm impedido a conservação da memória e
dos costumes dos quilombolas.
e) a permanência de referenciais culturais que expressam
a ancestralidade negra compromete o desenvolvimento econômico da região.
Resolução
Embora a preocupação do Iphan seja de “preservar a
memória do povo afrodescendente no Sul do País”,
deve-se observar que, no caso do Sertão de Valongo,
em Santa Catarina, a descrição dos conhecimentos
encontrados aborda aspectos da cultura indígena
(cultivo do chá e plantio agroecológico de bananas) e
de elementos culturais protestantes dos norte-americanos e europeus (adventismo). Tais elementos não
são próprios da cultura africana; ao contrário, demonstram a aculturação dos afrodescendentes
naquela região.
– 11
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 12
22
C
Sítios arqueológicos são lugares em que os arqueólogos fazem escavações para recuperar objetos que permitam saber
como viviam povos em épocas passadas. A Prefeitura de São Paulo pretende fazer uma lei que obrigue as construtoras
a contratar arqueólogos antes de iniciar obras na cidade. Os donos das construtoras dizem que a intenção da Prefeitura
é nobre, mas acham que a lei prejudicará o mercado da construção e afirmam que as escavações arqueológicas não são
importantes para a cidade. Sobre esse debate entre a Prefeitura e os construtores, é correto afirmar que
a) a lei que a Prefeitura quer impor é um absurdo, pois prejudicaria a população.
b) as críticas dos construtores estão corretas, visto que as escavações arqueológicas não são importantes.
c) a lei que a Prefeitura quer estabelecer é importante e deve ser discutida com a sociedade.
d) a Prefeitura deverá deixar os donos das construtoras decidirem sobre esse assunto.
e) os estudos arqueológicos impedem a evolução da tecnologia e do progresso.
Resolução
A questão enfatiza a necessidade de se conhecer nosso passado, inclusive preservando os objetos com ele
relacionados.
23
D
Desde sua independência, o Brasil recebe levas de imigrantes que, por aqui, procuram melhores condições de vida e
oportunidades. Esses fluxos variam conforme a evolução da economia. O diagrama abaixo mostra pedidos de trabalho
feitos pelos imigrantes até meados de 2013.
QUEM MAIS PEDIU
CARTEIRA DE TRABALHO
ONDE ESTÃO INDO
TRABALHAR
Carteiras emitidas em 2013
1º.
Bolivianos
2º.
Peruanos
303
3º.
Paraguaios
281
4º.
Haitianos
213
5º.
Portugueses
120
6º.
Colombianos
102
7º.
Argentinos
73
2.432
8º.
Nigerianos
59
9º.
Espanhóis
51
10º.
Franceses
47
Setor têxtil/confecções
e oficinas de costura
> Bolivianos
> Peruanos
> Paraguaios
Construção civil
> Haitianos
Setor farmacêutico
> Franceses
Setor de turismo,
bares e restaurantes
> Argentinos
> Espanhóis
> Franceses
Telecomunicações
e tecnologia da informação
> Espanhóis
> Franceses
Varejo
> Portugueses
(Folha de S.Paulo, 11/8/2013.)
12 –
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 13
Percebe-se que esses imigrantes
a) dirigem-se apenas para locais de grande concentração de serviços, como a cidade de São Paulo.
b) vêm exclusivamente de países latino-americanos.
c) operam somente no ramo da indústria têxtil e são largamente explorados, trabalhando em condições subumanas.
d) chegam dos mais diversos continentes do mundo, aproveitando a expansão econômica do Brasil.
e) operam em diversos setores da economia, sendo que os europeus atuam somente nas atividades de alta tecnologia.
Resolução
Em a, os imigrantes se distribuem em diversas cidades brasileiras (fato não diagnosticado no diagrama); em b,
os imigrantes são oriundos de diversos continentes; em c, os imigrantes operam em diversos ramos, desde os
mais sofisticados até os mais simples; em e, há europeus operando também nos setores farmacêutico e de
turismo e comércio varejista.
24
A
Anualmente o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento lança dados para o IDH, Índice de Desenvolvimento
Humano, a partir dos quais é possível calcular esse índice para estados, municípios e cidades. Para o estado de São Paulo,
com seus 645 municípios, obtiveram-se os seguintes dados:
79,5% dos municípios de
São Paulo acima da média no Brasil
Estado acabou com IDHM baixo e muito baixo
Educação
IDHM Geral
Renda
2000
81
1
5
24
62
96
2000
2010
462
559
Muito baixo
Baixo
0,000 até 0,499
0,500 até 0,599
Médio
Alto
0,600 até 0,699
0,700 até 0,799
Muito alto
acima de 0,800
74,4% dos municípios de
São Paulo acima da média no Brasil
2010
276
2010
423
394
2010
0 0
0 0
445
405
198
7 20
2 3
800
800
2 0
23
217
173
209
0
2000
0 0
42 3
39
66
2
800
Longevidade
2000
0
301
100% dos municípios de
São Paulo acima da média no Brasil
0
800
800
622
0
800
(O Estado de S. Paulo, 30/7/2013.)
Comparando-se os dados, observa-se:
a) Em 2010, nenhum município do estado de São Paulo possuía IDHM inferior a 0,599.
b) Os municípios paulistas apresentam valores de IDH-educação que acompanham a média nacional.
c) O IDH-renda dos municípios de São Paulo se constitui num ponto fraco do estado, pois nenhum deles apresenta
valores considerados “muito altos”.
d) Em termos de longevidade, todos os IDHMs sempre foram superiores a 0,700.
e) Entre 2000 e 2010, os IDHMs dos municípios do estado de São Paulo apresentaram estagnação em seu processo de
evolução.
Resolução
Em b, no estado de São Paulo, 79,5% dos municípios apresentam IDHM-educação superior à média nacional; em
c, ao contrário, 74,4% dos municípios do estado possuem IDHM-renda superior à média nacional; em d, havia,
em 2000, dois municípios com IDHM-longevidade de 0,600 a 0,699; em e, comparando-se os gráficos de 2000 e 2010,
observa-se uma melhora considerável nos números, findando-se a existência de IDHMs considerados “baixo” ou
“muito baixo”.
25
C
Doenças transmissíveis constituem-se num problema de ordem mundial. Atente ao texto e ao gráfico a seguir:
CASOS DE VARÍOLA DO MACACO AUMENTAM MAIS RAPIDAMENTE DO QUE O PREVISTO
É difícil manter o controle de infecções de varíola do macaco em seres humanos; a doença atinge principalmente
áreas remotas, distantes de assistência médica, e não é fácil confirmar infecções passadas. Já se esperava um aumento
do número de casos após a vacinação de rotina contra a varíola, depois de ser suspensa em 1980, mas resultados de
pesquisas nos últimos 40 anos sugerem que a varíola do macaco ocorreu com frequência ainda maior. Conflitos civis e
desmatamento podem ter impelido as pessoas a se alimentar ou manusear animais selvagens sem perceber que
estavam infectados. O aumento de casos pode ter consequências de longo alcance, pois dá ao vírus mais oportunidades
de se adaptar às pessoas.
ENEM/2013
– 13
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 14
República Democrática
do Congo
Camarões
República Centro-Africana
Gabão
República do Congo
Libéria
Serra Leoa
Nigéria
Costa do Marfim
Estados Unidos
Sudão
*Nem todos os casos
de 1996-1997 puderam
ser confirmados por
testes de laboratório
404 casos
1970
Intervalos
de estudos:
14 casos
1980
1970-1986
58 casos
511 casos*
1990
1987-1995
10 casos
2000
1996-1997
760 casos
2010
2003 2005 2006-2007
(Scientific American Brasil, n.o 54.)
14 –
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:18 Página 15
A varíola do macaco:
I.
Constitui-se num problema exclusivo de áreas da
África subsaariana, onde o clima semiárido facilita a
dispersão da doença.
II.
Tem na ausência de vacinação o único fator responsável pelo recrudescimento da doença em locais
distantes da África equatorial.
III. Além da pobreza e da ausência de vacinação, elementos políticos, como guerras, levaram ao isolamento de grupos populacionais, facilitando uma maior
incidência da doença.
IV. Apresenta na República Democrática do Congo uma
incidência absurdamente gigantesca em função de
diversos fatores, entre eles, a presença da floresta do
Congo, fechada, com elevado número de símios que
facilitam a propagação da doença e também as guerras civis que dificultam o atendimento aos atingidos.
Estão corretas:
a) I e II.
c) III e IV.
e) Nenhuma delas.
b) II e III.
d) Todas as afirmações.
Resolução
As rochas ditas cristalinas (ígneas e metamórficas)
constituem a base da crosta terrestre, mas, na superfície, 75% são sedimentares; e 25%, cristalinas,
distribuídas conforme os processos de formação.
27
B
A gravura abaixo mostra a foz do Rio Mississipi, o mais
importante meio fluvial da América do Norte:
o
Ri
Resolução
Em I, a região analisada, a África subsaariana, apresenta, em geral, climas tropicais úmidos (com exceção da região do Deserto de Calahari); em II, não é
apenas a ausência de vacinação que aumenta a incidência da doença, mas também o isolamento e as
guerras.
Assim, permite-se dizer:
a) A crosta terrestre é uma massa de rocha sólida e
contínua.
b) Por se constituir no resultado da destruição das rochas
cristalinas antigas, as rochas sedimentares predominam sobre a crosta terrestre.
c) As rochas cristalinas (ígneas e metamórficas) constituem 75% das rochas superficiais.
d) Não há rochas ígneas despontando à superfície.
e) Na crosta terrestre, sucedem-se manchas de rochas
sedimentares entremeadas por extrusões cristalinas.
iss
M
E
i
ip
iss
26
A respeito da distribuição das rochas sobre a crosta
terrestre, afirma-se o seguinte:
A crosta terrestre representa a camada sólida externa
do planeta. Ela está dividida em crosta continental, que
corresponde às áreas continentais emersas, e crosta
oceânica, que constitui os assoalhos oceânicos. Tanto
uma quanto a outra são formadas por rochas. Estudos da
distribuição litológica da crosta continental indicam que
95% de seu volume total corresponde a rochas
cristalinas, ou seja, rochas ígneas e metamórficas; e
apenas 5%, a rochas sedimentares. Entretanto, considerando a distribuição destas rochas em área de exposição rochosa superficial, os números se modificam para
75% de rochas sedimentares e apenas 25% de rochas
cristalinas. Isto indica que as rochas sedimentares representam uma fina lâmina rochosa que se dispõe sobre as
ígneas e metamórficas, consideradas principais na
constituição litológica da crosta continental.
(Decifrando a Terra. Cia. Ed. Nacional.)
ENEM/2013
Golfo do México
10km
(Decifrando a Terra. Cia. Editora Nacional.)
Conhecedor da fisiologia das desembocaduras dos
diversos rios do planeta, conclui-se corretamente:
a) Trata-se de um estuário, onde predomina a erosão, haja
vista os inúmeros canais que a foz do Mississipi
apresenta.
b) Trata-se de uma foz em delta, com inúmeros canais
com camadas de aluviões possivelmente férteis, o que
possibilita sua utilização.
– 15
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 16
c) Por se constituir num rio que vem das Montanhas Rochosas, possui sedimentos basálticos impróprios para a utilização
agrícola.
d) A foz em delta, como retratada na gravura, impossibilita a navegação a montante da foz.
e) Em função da existência dessa foz estuarina, torna-se possível a utilização energética de seu vale a montante, em
função da presença de inúmeras cachoeiras.
Resolução
O Rio Mississipi é um rio de planície que nasce nas proximidades do Lago Michigan, na porção central do
território dos EUA, e termina num delta no Golfo do México. Esse delta avança para dentro do golfo e possui
enorme quantidade de sedimentos, o que empresta fertilidade à foz e possibilita atividades agrícolas.
28
E
Os estudos de geologia são básicos para a análise e o conhecimento dos recursos minerais disponíveis num país. O mapa
abaixo mostra para o Brasil um determinado tipo de formação geológica que se conclui se tratar de:
Tacutu
Foz do Amazonas
Pará-Maranhão
Barreirinhas
Ceará
Marajó
Amazonas
Potiguar
Solimões
Parnaíba
Alto-Tapajós
Acre
Jatobá
Paraíba
Tucano
Sergipe/Alagoas
Parecis
Recôncavo
Bananal
Bahia-Norte
São
Francisco
Camamu-Almada
Jequitinhonha
Cumuruxatiba
Pantanal
Mucuri
Paraná
Espírito Santo
0m
20
20
América do Sul
0m
Campos
Pelotas
Santos
OCEANO ATLÂNTICO
500km
(Decifrando a Terra. Cia. Ed. Nacional.)
16 –
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 17
a) As principais formações cristalinas do Brasil, onde
rochas metamórficas concentram as maiores reservas
de minerais metálicos do País.
b) Os derrames basálticos do País, onde a decomposição
das rochas deu origem a extensas manchas de terra
roxa em vários pontos do território nacional.
c) As rochas cristalinas, que concentram as reservas de
minerais fósseis com as maiores jazidas de carvão
mineral.
d) As formações geológicas, em que se encontram as
reservas de petróleo, mas apenas nas formações
continentais.
e) As bacias sedimentares do País, tanto em terra quanto
no mar, concentrando as jazidas de petróleo, gás
natural, carvão mineral e xisto pirobetuminoso.
Resolução
As bacias sedimentares, que ocupam vales de rios
atuais ou de antigas eras geológicas, possuem concentrações de minerais fósseis que, de acordo com
sua formação (vegetais ou animais – plâncton), deram
origem ou a reservas de carvão mineral (mais comuns
na Bacia do Paraná) ou a petróleo e gás natural (caso
da Bacia do Solimões/Amazonas) em terra ou na
plataforma continental (como as Bacias de Campos e
Santos, no centro-sul).
29
Assim, conclui-se:
a) A desertificação é um processo exclusivamente natural.
b) Na desertificação, há a incidência da ação climática,
adicionada à ação humana.
c) A ação humana pode criar desertos em qualquer ponto
do planeta.
d) Só a ação humana é capaz de criar um deserto.
e) É apenas na retirada da cobertura vegetal pela atividade
humana que se dá início ao processo de desertificação.
Resolução
É preciso haver uma confluência de situações para
que se desencadeie o processo de desertificação, no
qual o ambiente natural, já restringido de cobertura
vegetal, com baixos índices pluviométricos, vê intensificada a ação humana ao retirar de forma predatória
grande escala de recursos naturais.
30
C
O gráfico abaixo indica os índices históricos de temperatura da superfície do Oceano Pacífico:
B
Criada em 1977 pela ONU, a Convenção das Nações
Unidas de Combate à Desertificação tenta, por uma série
de estudos e decisões, mitigar esse fenômeno. Sobre ele,
leia o texto abaixo:
(Climatologia. Ed. Oficina de Textos.)
[...] quando se propõe uma conceituação do ponto de
vista biológico (e/ou ecológico), o destaque é dado ao
maior ou menor vigor da biosfera, sendo os limites
estabelecidos pelo volume da biomassa presente no
meio. A escassez de organismos vivos, principalmente
vegetais, indicaria a incidência do ambiente desértico e
o agravamento dessa deficiência, ou seja, o declínio da
atividade biológica corresponderia ao avanço do processo
de desertificação. Instalar-se-ia uma reação em cadeia,
com a mineralização do solo, o agravamento do trabalho
erosivo, a invasão maciça das areias e outros processos
que acabariam por criar uma degradação ambiental
generalizada e o surgimento de condições semelhantes
à dos desertos. A ação do homem estaria na origem dessa modalidade de desertificação, por causa da retirada
predatória e, em grande escala, dos recursos da natureza.
Os picos de máxima e mínima indicam
a) a presença de tormentas e furacões.
b) calmarias e tormentas.
c) os fenômenos El Niño e La Niña.
d) quedas contínuas nas atividades pesqueiras.
e) a formação de nevascas em pleno oceano.
Resolução
Os picos de máxima indicam um superaquecimento
da água do Pacífico equatorial, quando se desencadeia o fenômeno El Niño. Já os picos de mínima
representam o fenômeno de resfriamento das águas
do Pacífico equatorial, conhecido como La Niña, que
ocorre logo ao término do El Niño.
(Climatologia. Ed. Oficina de Textos.)
ENEM/2013
– 17
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 18
31
D
A favela é quase uma instituição nacional, tal o elevado
número que se encontra em muitos municípios do Brasil,
inclusive alguns de pequeno porte. O cartograma e os
dados abaixo mostram um panorama das favelas no Brasil:
BRASIL FAVELADO
Resolução
A anamorfose é bastante útil quando se quer representar em destaque dados volumétricos ou quantidades como, no caso, o número absoluto de população
favelada por estados do País. Fica evidente que São
Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Pará e Bahia
possuem contingentes enormes de população vivendo em condições precárias de vida.
São 11,4 milhões de habitantes em 6.329 aglomerados precários
População
em favelas
10 maiores aglomerados
subnormais
Baixadas da Estrada
Nova Jurunas
Pirambu
Coroadinho
AP
Cidade
de Deus
CE
MA
PA
AM
PI
População
em favelas
PA
AP
RJ
AM
PE
BA
ES
SP
AC
CE
DF
MA
AL
PI
SE
MG
PB
RN
RS
RO
MT
PR
SC
TO
GO
MS
RR
mais de 15%
de 10% a 15%
de 5% a 10%
até 5%
Em mil
1.267,2
108,1
2.023,7
381,3
875,4
970,9
243,3
2.715,1
36,8
441,9
133,6
348,1
130,4
131,4
82,2
598,7
130,9
86,7
297,5
47,7
57,0
217,2
75,7
7,4
8,8
7,2
1,2
MT
BA
DF
Em %
17
16
13
11
10
7
7
7
5
5
5
5
4
4
4
3
3
3
3
3
2
2
1
1
0
0
0
Casa
Amarela
PE
Sol Nascente
MG
ES
Estados com o
tamanho distorcido
de acordo com a
população vivendo
em aglomerados
subnormais.
SP
RJ
PR
RS
SC
Rio das Pedras
Heliópolis Rocinha
Paraisópolis
32
A
Atente à definição proposta pelo autor Wahab:
Uma atividade humana intencional que serve como meio
de comunicação e como elo de interação entre povos,
tanto dentro de um mesmo país quanto fora dos limites
geográficos dos países. Envolve o deslocamento temporário de pessoas para outra região, país ou continente,
visando à satisfação de necessidades outras que não o
exercício de uma função remunerada. Para o país receptor, ______________ é uma indústria cujos produtos são
consumidos no local, formando exportações invisíveis.
Pensando nas atividades humanas, tal definição se
encaixa para
a) turismo.
b) informática.
c) acumulação flexível.
d) telecomunicações.
e) hotelaria.
Resolução
Essa é uma das muitas formas de se definir a atividade turística, que hoje engloba 9% do PIB mundial
(cerca de US$ 6 trilhões) e emprega 245 milhões de
pessoas no mundo todo.
(Folha de S.Paulo, 22/12/2011.)
Em relação a essa representação e quanto aos dados
GEO-BR-000892-bpb
disponíveis, é possível dizer:
a) Trata-se de uma projeção cônica que exagera as áreas
de elevada latitude, tornando-se apropriada para
representar os estados do Brasil como maiores
contingentes populacionais.
b) É uma anamorfose, porém empregada incorretamente,
pois não representa corretamente o estado do Pará,
aquela unidade da federação que apresenta o maior
percentual de favelados.
c) Por se tratar de uma projeção cilíndrica de Mercator,
seria mais bem-empregada para representar a topografia do País e não elementos do quadro humano,
como a questão da população favelada.
d) É uma anamorfose que, utilizando números absolutos
quanto à população favelada brasileira, deixa claro os
estados que possuem o maior contingente, como é o
caso de São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Pará.
e) É uma projeção plana (ou azimutal) centrada no estado
de São Paulo para melhor representar a população
favelada do Brasil.
18 –
33
E
Em janeiro de 2013, o primeiro-ministro do Reino Unido
anunciou num discurso que pretende consultar a
população sobre seu desejo de permanecer ou não na
União Europeia. Uma provável saída do Reino Unido da
organização poderia
a) resultar no fim da organização, pois o Reino Unido é o
país de maior PIB da União Europeia.
b) determinar o fim do uso do euro, pois a base monetária para essa moeda é a libra esterlina britânica.
c) causar uma divisão no Reino Unido, pois Escócia e País
de Gales pretendem permanecer na União.
d) determinar um confronto armado com a França, líder
da União, que não pretende assistir a dissensões
dentro da organização.
e) enfraquecer a União Europeia e trazer certo isolamento
do Reino Unido em relação às facilidades econômicas
que a organização oferece.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 19
Resolução
Em a, a União Europeia não findaria com a defecção do Reino Unido; em b, tampouco o euro deixaria de existir
com a saída do Reino Unido, mesmo porque a Grã-Bretanha não usa a moeda europeia; em c, a Escócia e o País
de Gales, como membros do Reino Unido, acompanhariam a Grã-Bretanha; em d, França e Reino Unido não
chegariam a ponto de uma guerra em função de uma suposta saída deste da organização.
34
C
A questão ambiental envolve não apenas a preocupação com a vida selvagem ou as coberturas vegetais, mas também
as condições sociais de um país. Assim sendo, observe o conjunto de gráficos que cobrem o ambiente natural, mas
também condicionantes sociais do Brasil:
Desflorestamento na Amazônia Legal
Uso de energia
Em milhares de km2
% de energia renovável
na matriz energética
Acumulado
800
700
600
500
400
300
200
100
0
Bruto anual
754.840
Consumo final de energia
(em milhões de GJ)
48
50
40
9.000
10.089
30
20
92
00
0
11
92
00
O desmate anual caiu pela metade,
mas, no acumulado, a Amazônia
perdeu área maior que São Paulo
5
4
100
4
80
3
60
2
40
Faltam
dados
34
20
0
0
98
0
Coleta de lixo
Esgoto sem
tratamento (%)
Volume de esgoto coletado
(em bilhões de m3/ano)
95
10
O uso de energia dobrou, mas
fontes limpas continuam a
representar metade dos gastos
Esgoto e tratamento
1
6.000
3.000
10
6.238
12.000
99
Volume de lixo coletado
(toneladas/dia)
259.549
250
225
200
175
150
125
100
75
50
25
0
34
89
08
A quantidade de esgoto quase
dobrou; total sem tratamento
passou de 90% para 34%
Lixo com destinação
final inadequada (%)
00
80
70
60
50
40
30
20
10
0
08
O total de lixo com destino
inadequado caiu pela metade, e a
a quantidade de dejetos triplicou
(O Estado de S. Paulo, 16/6/2012.)
A análise dos dados e da situação comentada para cada indicador nos leva a concluir:
I.
As fontes energéticas do Brasil são um dos elementos positivos na melhoria das condições sociais, pois são todas
originárias de fontes limpas.
II.
As coletas seletivas eliminaram totalmente a disposição inadequada de lixo, configurando mais um quesito positivo
da condição ambiental do Brasil.
III.
O crescimento populacional gera cada vez mais esgotos e, em função disso, a quantidade de esgoto sem tratamento
aumentou consideravelmente.
IV.
Apesar da queda nos índices de desmatamento da Amazônia, o processo ainda permanece, e a área desmatada já
equivale a um território comparável ao de um estado.
Estão corretos os itens:
a) I e II.
b) II e III.
ENEM/2013
c) III e IV.
d) Todos.
e) Nenhum.
– 19
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 20
Resolução
Em I, o Brasil ainda utiliza fontes energéticas não renováveis, como carvão, lenha, derivados de petróleo
e gás natural, para obter energia, o que gera poluentes. Em II, 34% do lixo ainda é disposto de forma
inadequada.
35
E
A atividade agrícola brasileira é parte integrante da história
nacional. O Brasil teve início como país agrícola e, até
hoje, obtém dessa atividade uma fonte de renda e
emprego. Leia o texto abaixo:
O agronegócio brasileiro é responsável por pouco mais
de um terço do Produto Interno Bruto (PIB) e, não fossem
as exportações de commodities agrícolas, nossa balança
comercial seria deficitária em pelo menos US$ 70 bilhões.
As safras brasileiras batem recorde atrás de recorde, com
históricos 185 milhões de toneladas em 2012-2013. No
entanto, enquanto o campo cresceu em produção, produtividade e tecnologia, investimentos em infraestrutura,
logística, defesa sanitária e formação de mão de obra,
além de eficientes políticas públicas que incentivem o
associativismo e protejam o agricultor da crescente concentração de mercado, não andaram na mesma velocidade.
(O Estado de S.Paulo. Suplemento. 3/8/2013.)
Assim, conclui-se que
a) a agricultura responde por apenas 10% do PIB do
Brasil.
b) o recorde de safra brasileira repousa no biênio 2011-2012.
c) o Brasil obteria superávit independentemente das
exportações agrícolas.
d) a mecanização eliminou a utilização de mão de obra na
lavoura nacional.
e) a infraestrutura brasileira não acompanhou a evolução
agrícola.
Resolução
Vários aspectos da legislação brasileira não contemplam adequadamente a lavoura nacional, e sistemas de transportes e armazenagem não conseguem
proteger e escoar a produção brasileira, cada vez
maior.
20 –
36
C
O texto a seguir descreve a situação dos curdos:
O sistema internacional não permitirá a formação de um
Estado unificado, sonho de alguns líderes curdos. Mas
pode-se dizer que os curdos foram um grupo que
realmente se beneficiou da guerra de 2003 e subsequente invasão do Iraque. Tiveram assim a chance de
obter um certo grau de autonomia, além do respeito por
sua cultura e talvez os benefícios do petróleo em suas
terras tradicionais – coisas que antes lhes eram
sistematicamente negadas.
O povo curdo está unido pela geografia e por uma história
que, acredita-se, remonta a mais de dois milênios e
certamente já existia na fundação do islamismo. Mas
parece ter havido pouca ou mesmo nenhuma percepção
coletiva da identidade curda até os anos de declínio do
Império Otomano. Quando este foi dividido em consequência da Primeira Guerra Mundial, o estabelecimento do Estado independente do Curdistão foi uma
promessa logo esquecida.
(O Atlas do Oriente Médio. Ed. Publifolha.)
Assim, depreende-se:
a) O povo curdo é um grupo humano estranho ao Oriente
Médio, tendo se estabelecido na região apenas após o
fim do Império Otomano.
b) O povo curdo ocupa uma região sem recurso natural
algum, o que torna sua área de vivência sem interesse
para os países da região.
c) A invasão dos EUA ao Iraque poderia beneficiar os
curdos, que talvez obtivessem alguma autonomia
quanto ao usufruto do petróleo existente em suas
terras.
d) Dominados pelos povos vizinhos, os curdos nunca
cogitaram a hipótese da autonomia.
e) Sua dissensão em relação aos povos vizinhos reside
no fato de seguirem a religião cristã, conflitando com
os muçulmanos vizinhos.
Resolução
Apesar da antiguidade de sua existência, os curdos,
povo islâmico, pouca possibilidade terão de se constituir como país, pois os estados dos quais participam
pouco interesse têm de permitir-lhes a independência, o que significaria perdas territoriais e de
recursos naturais.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 21
37
A
O Brasil, com 8,5 milhões de km2, é considerado um dos mais extensos países do mundo. Como consequência, sua
fronteira se torna uma preocupação nacional. Observe os dados abaixo:
UMA FRONTEIRA RODEADA DE PROBLEMAS
Unidades do Exército
Amapá
Unidades da Polícia Federal
Posto avançado
Delegacia
Roraima
VENEZUELA
GUIANA
Norte do Amazonas
GUIANA
FRANCESA
SURINAME
COLÔMBIA
RR
AP
Garimpo
Contrabando
Narcotráfico
Sul do Amazonas
AM
Entrada de haitianos
Desmatamento
Conflitos fundiários
AC
Tráficos de armas/
munição/explosivos
RO
Veículos roubados
PERU
Acre
MT
BOLÍVIA
GO
MS
Rondônia
PARAGUAI
PR
SC
Mato Grosso
ARGENTINA
RS
URUGUAI
Mato Grosso do Sul
Paraná
Rio Grande do Sul
(Folha de S.Paulo, 2/6/2013.)
ENEM/2013
– 21
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 22
A situação fronteiriça é preocupante
a) ao longo de toda a sua extensão, pois cada estado da
federação enfrenta problemas comuns aos outros ou
mesmo peculiares a seu estado.
b) quanto ao narcotráfico, que é a única questão a
envolver a necessidade de repressão policial e militar.
c) apenas quanto ao garimpo, pois este esvai importantes
riquezas, como ouro e pedras preciosas.
d) pois os conflitos fundiários envolvem toda a sua
extensão.
e) quanto ao tráfico de armas, munições e explosivos,
que envolve a permuta com carros roubados, dilapidando a frota automobilística nacional.
e) mostra que palestinos e israelenses não precisam de
mediação estrangeira para solucionar suas querelas
políticas.
Resolução
Com 16.886 km de fronteiras terrestres, o Brasil vê se
avolumar a seu redor os mais diversos problemas,
como tráfico de drogas, armas, carros roubados e
madeira, entre outros, o que torna sua vigilância uma
das maiores preocupações do exército nacional.
Tornados (do castelhano “torcidos”, chamados nos EUA
de ”twisters”) são fenômenos atmosféricos que se
observam em diversas partes do mundo. Mas, nos EUA,
sua frequência e intensidade são bem maiores. O mapa
a seguir mostra a frequência e a distribuição de tornados
entre 1953 e 1980:
38
Resolução
A ação de radicais limita as negociações: enquanto os
radicais do Hamas imobilizam a atuação do líder
palestino, Abu Abbas, os assentados israelenses
impedem que o primeiro-ministro de Israel abra
negociações.
39
B
B
0,5
0,5
1 0,5
3
0,5
1
3
5
7
3
Mais uma vez, conduzida pelo secretário do Exterior dos
EUA, John Kerry, árabes palestinos e israelenses tentam
retomar negociações. Sobre essa situação, foi feita a
seguinte charge:
5
5
7
0,5
3
1
3
0,5
0,5
3
7
9
7
9
5
9
3
QUE AS
CONVERSAÇÕES
SE INICIEM
5
5
3
5
7
53
0,5
(Atmosfera, Tempo e Clima. Ed. Bookman.)
Com os conhecimentos a respeito do ambiente natural
dos EUA, analise as proposições abaixo:
HA
MA S
KERRY
(The Economist, 27 jul. / 2 ago. 2013.)
A interpretação da charge
a) torna otimista a expectativa em torno da reunião, com
reais possibilidades de se chegar a um acordo de paz.
b) vê poucas possibilidades de solução dos impasses, em
função de radicais, tanto palestinos quanto israelenses,
que amordaçam os interlocutores.
c) mostra a boa vontade dos EUA de solucionar a questão, convidando ferrenhos oponentes, como palestinos
e israelenses, a negociar.
d) demonstra que a atuação do governo dos EUA, na
figura de seu secretário do Exterior, John Kerry, só
atrapalha as negociações.
22 –
I. A maior frequência de tornados ocorre na porção
centro-sul do território do país, em áreas de planícies
onde a temperatura de verão é bastante elevada, provocando diferenças de pressão atmosférica que
acabam por movimentar em redemoinho grandes
massas de ar.
II. Na porção centro-oeste, a presença das Montanhas
Rochosas e suas maiores altitudes tornam a temperatura do ar mais fria, o que dificulta a formação de
tornados.
III. Os tornados formados na Península da Flórida, extremo sudeste do território, estão relacionados aos furacões que se formam na região do Golfo do México.
IV. O fenômeno do aquecimento global – do qual os EUA
são em parte responsáveis, devido à intensa emissão
de gases para o efeito estufa – deve elevar o número
de tornados, em função da maior temperatura atmosférica. É o que conjecturam climatologistas que estudam os tornados.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 23
Estão corretas as proposições:
a) I, II e III.
b) I, II e IV.
c) III e IV.
d) Todas.
e) Nenhuma.
Resolução
Em III, os tornados são fenômenos desencadeados
em terra: têm que ver com o elevado aumento da
temperatura atmosférica superficial, provocado pelo
calor típico das estações de verão. Não se relacionam
com os furacões, fenômeno provocado no mar,
quando a temperatura da água superficial ultrapassa
os 27°C, aquecendo o ar circundante e fazendo-o subir
em forma de turbilhões.
40
A
Os pluviogramas a seguir se referem a duas cidades canadenses localizadas na porção oeste do país. Observe-os
com o mapa:
CANADÁ
Conhecedor da geografia do Canadá e mediante o
posicionamento das cidades:
a) Parte das precipitações mostrada nos gráficos deve ser
sólida, como neve, identificada no gráfico em escuro.
b) O volume precipitado em Calgary é baixo em função
de a cidade se encontrar numa zona desértica, no
centro do país.
c) O volume de Glacier é típico de regiões superúmidas,
com características de tropicalidade.
d) Os volumes indicam climas mediterrâneos, típicos
dessa região localizada no interior do Canadá.
e) As duas localidades possuem climas temperados continentais secos, pois estão situadas nas planícies
centrais do Canadá.
Resolução
Glacier é uma pequena cidade localizada no interior
das Montanhas Rochosas, apresentando um clima de
montanha, no qual grande parte das precipitações é
sólida, isto é, neve. Já Calgary fica nas planícies, na
província de Alberta, com climas temperados continentais que também assistem a precipitações sólidas
no inverno. No gráfico, as precipitações sólidas estão
representadas por cores escuras, adicionadas ao
volume normal de chuvas.
41
Glacier
D
Calgary
O mapa abaixo representa a cidade de Londres, retratada
em 14 de maio de 1959. O fenômeno representado na
figura e o rio que atravessa a capital do Reino Unido são,
respectivamente,
EUA
Área construída
Glacier (1.250m)
51°N, 117°W
mm
200
100
11ºC
10ºC
0
J
F
M
A
M
J
J
A
S
O
N
9ºC
D
8ºC
7ºC
6ºC
5ºC
Calgary (1.128m)
51°N, 114°W
mm
100
0
10
(Atmosfera, Tempo e Clima. Ed. Bookman.)
50
0
m
J
F
M
A
M
J
J
A
S
O
N
D
(Atmosfera, Tempo e Clima. Ed. Bookman.)
ENEM/2013
a) ilha de calor, Rio Sena.
b) inversão térmica, Rio Tâmisa.
c) chuvas ácidas, Rio Sena.
– 23
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 24
d) ilha de calor, Rio Tâmisa.
e) efeito estufa, Rio Reno.
Resolução
O excesso de edificações de grande porte nas áreas centrais das cidades, dificultando a circulação atmosférica,
a falta de áreas verdes que poderiam absorver o calor e a reflexão própria de calor efetuada pelo recobrimento
dos terrenos, desencadeia o fenômeno conhecido como ilha de calor, aqui mostrado em Londres, mas já
observado em diversas cidades do mundo.
42
B
Devido ao movimento de rotação que as impulsiona, as águas oceânicas circulam pelo mundo, formando correntes
marinhas, algumas superficiais, algumas de média e grande profundidade. O mapa abaixo mostra algumas correntes de
profundidade:
90º
90º
60º
30ºW
0º
30ºE
60º
90º
120º
150º
180º
150º
120º
90º
S
60º
60º
R
30ºN
30ºN
0º
Quen
te
0º
Co
30ºS
rre
30ºS
nt
e
Fria
Corrente
60º
Salgada
Profundo
S
90º
60º
Corrente
densa e
profunda
30ºW
0º
Fluxo de
retorno
menos
profundo
30ºE
60º
Outros
fluxos
de
retorno
90º
S
120º
Zonas de
subsidência
de alta
densidade
R
60º
S
150º
180º
Zonas de
ressurgência
oceânica
150º
Ressurgência
120º
Permanente
Sazonal
(Atmosfera, Tempo e Clima. Ed. Bookman.)
A percepção dos elementos mostrados no mapa faz com que se conclua que
a) as correntes de profundidade (maior ou menor) devam manter sempre a mesma temperatura.
b) a profundidade faça variar tanto a temperatura quanto a salinidade das águas.
c) as correntes de profundidade não consigam margear os continentes.
d) as correntes de profundidade formem um único sistema que não receba influências de elementos externos a ele.
e) não haja variação de salinidade ao longo do percurso do sistema de correntes profundas.
24 –
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 25
Resolução
Em a, com a variação da salinidade, deve haver também a variação na temperatura; em c, observa-se nas
margens de alguns territórios, como a costa oeste da América e a África, um fenômeno chamado ressurgência,
que é o surgimento de correntes de profundidade que se elevam à superfície, banhando esses continentes; em
d, nota-se a adição de águas que partem dos polos ou que para eles se dirigem (flechas brancas); em e, conforme
a profundidade, a salinidade diminui ou aumenta.
43
C
“É a economia, estúpido!” Foi esta a frase que levou Bill Clinton, candidato democrata, ao poder nos EUA na década de 1990.
Seguindo essa ideia, observe o gráfico que mostra o crescimento da economia estadunidense nos últimos tempos:
VARIAÇÃO DO PIB ANTE O TRIMESTRE IMEDIATAMENTE ANTERIOR, EM %
1,5
RECESSÃO AMERICANA
1,2
1,0
1,0
0,9
0,5
0,4
0,4
3
3
i/1
2º.
tr
i/1
1º.
tr
2
i/1
1º.
tr
1º.
tr
-0,5
- 0,3
i/11
1º.
tr
i/1
0
0,0
0,3
0,1
-0,7
-1,0
-1,5
-1,4
-2,0
-2,2
Governo Bush
-2,5
1º. tri/07
1º. tri/08
Governo
Obama
1º. tri/09
(Folha de S.Paulo. 11/8/2013.)
Comparando os dados apresentados:
a) Percebe-se que a economia estadunidense nunca se recuperou da crise bancário-imobiliária de 2008.
b) A economia dos EUA recuperou-se totalmente da crise bancário-imobiliária de 2008 e voltou a crescer a taxas
comparáveis àquelas da China.
c) Houve recuperação da economia dos EUA, mas o ritmo de crescimento permanece lento.
d) A economia estadunidense manteve o crescimento negativo observado no final do governo de George W. Bush.
e) Ao longo de sua história, os EUA nunca haviam tido uma crise econômica tão séria como a observada em 2008.
Resolução
Em a, observa-se uma recuperação econômica modesta durante o governo Obama; em b, a recuperação pós-2008
é, ainda, modesta; em d, houve, a partir do governo Obama, uma lenta recuperação; em e, muito mais grave do
que a crise de 2008, a Crise de 1929 precipitou o famoso “crack” da Bolsa de Nova York.
ENEM/2013
– 25
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 26
44
E
Tal qual a economia dos EUA, a evolução econômica da China também é motivo de preocupação mundial. Seguem-se
abaixo alguns dados referentes a investimentos chineses no Brasil:
NÚMERO DE PROJETOS CHINESES NO BRASIL
34
30
US$ 68,5
bilhões
Total
Confirmados
23
é o valor dos projetos
anunciados entre
2007 e junho de 2012
13
12
9
7
3
2007
1
1
2008
3
1
2009
2010
2011
2012*
PRINCIPAIS FRENTES DO INVESTIMENTO CHINÊS NO BRASIL E EXEMPLOS DE AQUISIÇÕES
Petróleo e gás
Sinopec compra, em
2011, a operação
brasileira da
espanhola Repsol
por US$ 7 bilhões
Energia elétrica
A partir de 2010,
Stategrid compra
14 concessionárias
espanholas
de energia
Agronegócio
Chongqing Grain
Group compra, em
2011, terras para a
produção de soja
no Nordeste
Mineração
Honbridge compra
projeto de minério de
ferro e de mineroduto,
da Votorantim Novos
Negócios, em 2010
(Folha de S.Paulo, 11/8/2013.)
Pode-se pensar:
I.
A necessidade de matérias-primas por parte da China é relativizada pela enorme disponibilidade de recursos
existentes em seu imenso território.
II.
O Brasil compartilha com a China inúmeras preocupações: a China é um mercado comprador de matérias-primas
brasileiras e, ao mesmo tempo, investe na economia brasileira como forma de obter dividendos.
III. O Brasil não tem interesse em estreitar relações com a China por este país se constituir num sério concorrente
nosso no mercado externo.
IV. O reforço na relação econômica do Brasil com a China se intensifica a partir da crise econômica mundial de 2008,
quando os dois países estreitam relações no âmbito do grupo BRICS.
V.
O relacionamento econômico do Brasil com a China se dá principalmente no setor de tecnologia de ponta, como
informática, telecomunicações e biotecnologia.
Estão corretas:
a) I e II.
b) II, III e V.
c) III e IV.
d) I e III.
e) II e IV.
Resolução
Em I, mesmo possuindo muitos recursos em seu território, o consumo de matéria-prima na China é de proporção tão
elevada que o país é obrigado a buscar recursos pelo mundo todo, daí seu interesse nos produtos brasileiros; em III,
o Brasil se interessa, sim, pelo mercado comprador chinês, um potencial freguês de matérias-primas brasileiras; em
V, os setores nos quais os chineses investem no Brasil são os de petróleo e gás, energia elétrica, agronegócio e
mineração.
26 –
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 27
45
B
A questão populacional preocupa qualquer país, pois se
relaciona diretamente com seu futuro como nação. Em
Portugal, a situação é a que se observa no diagrama a
seguir:
CRISE DEMOGRÁFICA EM PORTUGAL
gal em 1960 era de 3,16, cuja metade corresponderia
a 1,58, contra 1,28 de 2013; em e, o maior período de
crescimento populacional de Portugal se deu entre
1970 e 1981, como demonstra o gráfico.
País pode perder 1 milhão de habitantes
nos próximos 10 a 20 anos
Saldo natural
da população
Nascimentos
menos mortes,
417.157
em 2011
Saldo migratório
Imigrações menos
emigrações, em 2011
Portugal
953.800
Portugal
-5.986 União
Europeia
-24.331
União
Europeia
População portuguesa
Em milhões de pessoas,
segundo os censos
Taxa de fecundidade
Número de filhos
por mulher
3,16
10,4
1,9
9,8
10,6
9,9
1,28
8,6
Portugal
2013
Brasil
Portugal
1960
1970 1981 1991 2001 2011
(Folha de S.Paulo, 11/8/2013.)
A situação mostrada permite concluir que
a) o caso português é idêntico ao encontrado em todos
os demais países da União Europeia.
b) a população portuguesa apresenta a preocupante
tendência a diminuir nos próximos anos, em função da
queda nas taxas de fecundidade.
c) o saldo negativo do crescimento vegetativo é compensado pelo saldo positivo na taxa de migração.
d) a taxa de fecundidade da população portuguesa é, em
2013, exatamente a metade da taxa de 1960.
e) o período de maior crescimento populacional de Portugal se deu entre 2001 e 2011.
Resolução
Em a, nem todos os países da União Europeia apresentam taxas de crescimento demográfico negativo,
já que, no total, a população europeia apresentou um
crescimento de 417.157 habitantes em 2011; em c, a
taxa de migração de Portugal se mostrou negativa em
24.331 pessoas; em d, a taxa de fecundidade de Portu-
ENEM/2013
– 27
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 28
Ciências da Natureza e suas Tecnologias
Questões de 46 a 90
46
D
47
(VUNESP – 2013) – O metabolismo basal é entendido
como a potência mínima gasta para o organismo manter
as funções vitais durante o repouso. No quadro estão representados valores aproximados do metabolismo basal
médio de alguns animais.
Animal
Metabolismo basal
(watt/quilograma)
C
(USF – SP)
Massa (kg)
pombo
5,0
1,0
cachorro
1,3
5,0
homem
1,2
80
boi
1,0
400
Para uma situação em que todos esses animais estão na
fase adulta, a ordem crescente de perda de energia em
1 hora de repouso é
a) boi, homem, cachorro, pombo.
b) boi, pombo, homem, cachorro.
c) pombo, boi, cachorro, homem.
d) pombo, cachorro, homem, boi.
e) boi, cachorro, homem, pombo.
Resolução
Para compararmos o metabolismo basal e calcularmos a energia mecânica total perdida por hora (potência), devemos considerar a massa de cada animal
e multiplicarmos pelo respectivo metabolismo nasal.
1) Pombo: massa de 1,0 kg ⇒ Pot1 = 5,0 W
2) Cachorro: massa de 5,0 kg ⇒ Pot2 = 6,5 W
3) Homem: massa de 80 kg ⇒ Pot3 = 96 W
4) Boi: massa de 400 kg ⇒ Pot4 = 400 W
Situada na região de Mistieri, sítio arqueológico perdido
de Hopi Hari, há quem jure que a base da montanha foi
construída com os ossos dos dinossauros e outras
espécies pré-históricas descobertas nas ruínas. Na quinta
maior montanha-russa de madeira do mundo, o objetivo
é aproveitar, em mais de um quilômetro, 100% de
adrenalina, curvas em aceleração e velocidade superior a
100 km/h.
(Disponível em:
<http://www.hopihari.com.br/mistieri/conheca_mistieri_montezum.aspx>
Acesso em: 15/9/2011.)
Supondo-se que a velocidade escalar máxima atingida
seja de 108 km/h, podemos afirmar que, se pudéssemos
desprezar o atrito do carrinho com a pista e a resistência
do ar, a altura do maior desnível da montanha-russa seria
igual a (g = 10 m/s2)
a) 30 m
b) 40 m
c) 45 m
d) 50 m
e) 60 m
Resolução
Ep = EC
m V2máx
m g H = ––––––––––
2
V2máx
900
H = ––––––– = –––– (m)
20
2g
Ordem crescente: pombo – cachorro – homem – boi.
H = 45 m
28 –
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 29
48
D
(UFMG) – Quando uma pessoa olha para um objeto, a
imagem deste deve formar-se sobre a retina. Algumas
pessoas, por terem um defeito de visão, veem objetos
próximos fora de foco, enquanto os distantes ficam mais
bem focados. Outras têm o defeito contrário – ou seja, os
objetos distantes são vistos fora de foco e os próximos,
nitidamente.
49
D
(FACID – 2013) – A lente em questão é utilizada para
observar atentamente uma formiguinha.
Ah, Bidu, estou
apaixonada pelo
elefante, mas ele
nem me olha!
Você não
podia me
dar uma
mãozinha?
Elmo é um professor de Física portador de um desses
dois defeitos e, para corrigi-lo, ele precisa usar óculos.
Claro!
Deixe
comigo!
Nestas figuras, Elmo está sem óculos, à esquerda, e com
óculos, à direita.
Como se pode notar na figura da direita, os óculos fazem
com que os olhos de Elmo pareçam maiores.
Podemos afirmar que
a) Elmo usa lentes convergentes e pode ser míope.
b) Elmo usa lentes divergentes e é míope.
c) Elmo usa lentes cilíndricas e é míope.
d) Elmo usa lentes convergentes e pode ser hipermetrope.
e) Elmo usa lentes divergentes e pode ser hipermetrope.
Resolução
Como a imagem do olho está ampliada, as lentes
usadas são convergentes, que são adequadas para a
correção da hipermetropia.
Bidu deseja comprar uma lente em que a imagem da
formiguinha seja direta e ampliada cinco vezes. Se a lente
está a 20 cm da formiga, então a sua vergência é de
a) 1,0 di
b) 2,0 di
c) 3,0 di
d) 4,0 di
e) 5,0 di
Resolução
f
1) A = –––––
f–p
f
5 = –––––
f – 20
5 f – 100 = f ⇒ 4 f = 100 ⇒ f = 25 cm
1
1
2) f = ––––– m ⇒ V = ––– = 4,0 di
4,0
f
50
B
(ACAFE-SC) – Em uma cartilha fornecida pelos DETRANs
do País, é alertado sobre o risco de acidente se cabos
elétricos estiverem em contato com os veículos. Nessa
cartilha, há um erro conceitual quando é afirmado que:
“No interior dos veículos, as pessoas estão seguras,
desde que os pneus estejam intactos e não haja nenhum
contato com o chão. Se o cabo estiver sobre o veículo,
ENEM/2013
– 29
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 30
elas podem ser eletrocutadas ao tocar o solo. Isso já não
ocorre se permanecerem no seu interior, pois o carro está
isolado pelos pneus.”
força de reação do solo sobre as pernas é
consideravelmente menor, evitando fraturas
ósseas.
3 (
(Noções de Primeiros Socorros no Trânsito, p. 25/São Paulo:
ABRAMET – 2005.)
Assinale a alternativa correta que proporciona uma
justificativa cientificamente adequada para a situação
descrita na cartilha.
a) As pessoas jamais estarão seguras, pois os pneus não
têm isolamento adequado.
b) As pessoas devem permanecer no interior do carro
porque estão blindadas eletricamente, independentemente de o veículo estar isolado pelos pneus.
c) Os pneus devem estar cheios de ar, caso contrário não
haverá isolamento.
d) Se as pessoas estiverem com calçados de borracha,
elas podem saltar do carro.
e) No interior do veículo, o campo gravitacional é nulo.
Resolução
No interior de uma estrutura metálica, o campo
elétrico é nulo, fenômeno denominado “blindagem
eletrostática”.
51
B
(FACID-PI)
O impulso e a quantidade de
movimento no nosso dia-a-dia
) Os materiais utilizados nos veículos são
projetados para, no caso de colisão, deformarem-se ou mesmo quebrarem absorvendo parte
da energia envolvida. Esse processo também
aumenta o tempo de atuação das forças
impulsivas, reduzindo seus efeitos.
a) V – V – V
b) F – V – V
d) F – F – V
e) F – F – F
c) V – F – V
Resolução
1 (F) A força de interação é menor porque o
tempo de interação é maior.
I = F Δt = ΔQ
→
→
2 (V) O impulso é o mesmo ( I = Δ Q) e o aumento
de Δt implica redução de F.
3 (V)
52
B
(VUNESP) – O gráfico da figura 1 representa a intensidade da radiação transmitida ou refratada (curva T) e a
intensidade da radiação refletida (R) em função do ângulo
de incidência da luz numa superfície plana de vidro
transparente de índice de refração absoluto 1,5. A figura
2 mostra três direções possíveis — I, II e III — pelas quais
o observador O olha para a vitrina plana de vidro
transparente, V.
Em diversas situações de nossa vida diária, deparamo-nos
com fatos ou ocorrências que costumam despertar nossa
curiosidade e que podem ser interpretadas pelos
conceitos de impulso e quantidade de movimento.
A respeito desses conceitos, julgue os itens em verdadeiro (V) ou falso (F) e assinale a alternativa que os analisa
correta e respectivamente.
1 (
) Quando um atleta salta de um trampolim elevado, não se machuca ao penetrar na água da
piscina, pois o tempo de interação com a água
é muito menor do que seria com o solo rígido.
Portanto, a força de interação com o líquido é
pequena e, por isso, o atleta não sofre nada.
2 (
) Ao pular de uma certa altura (de uma mesa, por
exemplo) para o chão, qualquer pessoa, automaticamente, dobra seus joelhos ao tocar o solo. O
fato de dobrar os joelhos torna maior o tempo
que decorre até a pessoa parar completamente
em sua interação com o chão. Nesse caso, a
30 –
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 31
Comparando-se as duas figuras, pode-se concluir que
esse observador vê melhor o que está dentro da vitrina
quando olha na direção
a) I e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na
direção II.
b) I e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na
direção III.
c) II e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na
direção I.
d) II e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na
direção III.
e) III e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na
direção I.
Resolução
1) Para ver melhor o que está dentro da vitrina, deve-se maximizar a refração e minimizar a reflexão (θ = 0°), isto é, incidência normal (raio I).
2) Para ver melhor o que a vitrina está refletindo,
devemos maximizar a reflexão, isto é, o ângulo θ
deve ser máximo (no caso, raio III).
53
C
(UFSC – 2013) – A eletricidade estática gerada por atrito é
fenômeno comum no cotidiano. Pode ser observada ao
pentearmos o cabelo em um dia seco, ao retirarmos um
casaco de lã ou até mesmo ao caminharmos sobre um tapete. Ela ocorre porque o atrito entre materiais gera
desequilíbrio entre o número de prótons e elétrons de cada
material, tornando-os carregados positivamente ou negativamente. Uma maneira de identificar qual tipo de carga
um material adquire quando atritado com outro é consultando uma lista elaborada experimentalmente, chamada
série triboelétrica, como a mostrada abaixo. A lista está
ordenada de tal forma que qualquer material adquire carga
positiva quando atritado com os materiais que o seguem.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
ENEM/2013
Materiais
Pele humana seca
Couro
Pele de coelho
Vidro
Cabelo humano
Náilon
Chumbo
Pele de gato
Seda
Papel
Madeira
Latão
Poliéster
Isopor
Filme de PVC
Poliuretano
Polietileno
Teflon
Com base na lista triboelétrica, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).
(1) A pele de coelho atritada com teflon ficará carregada
positivamente, pois receberá prótons do teflon.
(2) Uma vez eletrizados por atrito, vidro e seda quando
aproximados irão atrair-se.
(3) Em processo de eletrização por atrito entre vidro e
papel, se o vidro adquire carga de + 5 unidades de
carga, então o papel adquire carga de – 5 unidades de
carga.
(4) Atritar couro e teflon irá produzir mais eletricidade
estática do que atritar couro e pele de coelho.
(5) Dois bastões de vidro aproximados depois de
atritados com pele de gato irão atrair-se.
(6) Um bastão de madeira atritado com outro bastão de
madeira ficará eletrizado.
A sequência correta de proposições verdadeiras (V) e
falsas (F) é:
a) V F F F V V
b) F V F V F V
c) F V V V F F
d) V F V F V F
e) F F V V F F
Resolução
1) (F) A pele de coelho ficará carregada positivamente porque cede elétrons para o teflon.
2) (V) Na eletrização por atrito, as cargas adquiridas têm sinais opostos e a força eletrostática
é de atração.
3) (V) As cargas adquiridas por atrito têm módulos
iguais e sinais opostos.
4) (V) Quanto mais afastados na série triboelétrica,
maior será a quantidade de carga elétrica
transferida.
5) (F) Os dois bastões de vidro estarão com carga
positiva e vão repelir-se.
6) (F) Os materiais atritados somente ficarão
eletrizados se tiverem eletronegatividades
diferentes.
54
E
(PASUSP) – Uma das mais importantes formas de
produção de energia elétrica, em nossa vida cotidiana, é
proveniente de processos de transformação que
envolvem a obtenção dessa energia pelo movimento. A
construção de geradores de energia elétrica baseia-se nos
estudos de Faraday, que observou correntes elétricas
(induzidas) em circuitos fechados, sem que pilhas ou
baterias estivessem conectadas a eles. As figuras representam, esquematicamente, situações fundamentais para
a compreensão das condições necessárias para a
obtenção de corrente elétrica induzida.
– 31
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 32
Ímã
Ímã
Sentidos do N
movimento
N
S
S
Bobina
Bobina
Bobina
Sentidos do
movimento
Sentidos do
movimento
Eletroímã
i
Bateria
i
Bobina
+
Bobina
Quando uma carreta é colocada sobre uma dessas barcaças, o volume de água deslocado é de 20 m3. Sabendo-se
que a densidade da água é 1,0 . 103 kg/m3 e que a aceleração da gravidade tem módulo 10 m/s2, o empuxo que
surge devido à presença da carreta tem intensidade igual a
a) 1,0 . 105 N
b) 1,6 .105 N
c) 2,0 . 105 N
d) 4,0 . 105 N
e) 8,0 . 105 N
Correntes elétricas induzidas aparecem em um circuito
fechado quando
I.
um ímã ou uma bobina permanecem parados
próximos ao circuito.
II. um ímã ou um eletroímã movem-se na região do
circuito.
III. ocorrem variações, com o tempo, do campo
magnético na região do circuito.
Está correto o que se afirma apenas em
a) I
b) II
c) III
d) I e III e) II e III
Resolução
A corrente elétrica induzida é consequência da
variação do fluxo magnético concatenado com o
circuito e, para que isto ocorra, deve haver movimento relativo entre o ímã e a bobina.
I (F)
II (V)
III (V)
Resolução
E = μa Vi g
E = 1,0 . 103 . 20 . 10 (N)
E = 2,0 . 105 N
56
B
(FACID-PI) – A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia
acontece, anualmente, no mês de outubro, desde 2004,
quando foi criada por decreto do Presidente da República
Luis Inácio Lula da Silva. É coordenada pelo Ministério da
Ciência e Tecnologia (MCT) e cresce a cada ano. Em 2004,
257 instituições, distribuídas por 252 municípios do País,
promoveram 1.848 atividades. Já em 2005, foram 844 instituições, que, em 332 municípios, realizaram 6.701 atividades.
(Informativo do MCT enviado a vários segmentos da sociedade em
abril de 2006.)
55
C
(VUNESP-UEA – 2013) – O sistema “Ro Ro caboclo”,
corruptela de roll on – roll off ferry, consiste no uso de
barcaças onde são colocadas as carretas de caminhões,
para seu transporte sobre as águas.
32 –
No ano de 2006 se comemorou o centenário do voo do 14
bis (23/10/1906), idealizado e pilotado por Alberto Santos
Dumont e que teve a duração de 8 segundos. Um evento
que entrou para a história mundial e que mostrou que o
homem poderia, sim, voar.
Suponha que o voo do 14 bis tenha durado o suficiente
para que Santos Dumont pudesse fazer uma curva em
pleno voo e que, semelhante aos aviões atuais, ele
tivesse de incliná-lo para isso. Considerando-se a massa
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 33
do 14 bis igual a 200 kg, a massa de Alberto Santos
Dumont igual a 75 kg, a aceleração da gravidade normal
(g = 9,8 m/s2) e que o avião tenha, no momento da curva,
uma inclinação de 30° em relação à vertical, calcule a
→
intensidade da força de sustentação F exercida pelo ar
que permitiria tal manobra. Considere que o ar não
oferece resistência dissipativa e que a força de
→
sustentação F seja perpendicular às asas do avião (ver
figura).
asas
®
F
30°
Considere uma pessoa de massa 80kg e a velocidade do
carro, no instante de colisão, com módulo igual a 72 km/h.
F2
A razão ––––
é um valor mais próximo de:
F1
®
P
b) 550 kgf
e) 740 kgf
Sem o uso de tais dispositivos de segurança, a pessoa
continua indo para a frente, durante a freada, de acordo
com a 1.a Lei de Newton, até colidir violentamente com o
painel ou com o para-brisa. Como estas superfícies são
rígidas, o passageiro desacelera em uma distância da
ordem de 5,0mm.
Seja F1 a intensidade da força média aplicada sobre a
pessoa que usa o dispositivo de segurança e F2 a intensidade da força média quando não estiver usando tais
dispositivos.
60°
a) 240 kgf
d) 720 kgf
uma distância aproximada de 1,0 m enquanto a frente do
carro está sendo amassada.
c) 640 kgf
a) 10
b) 20
c) 50
d) 100
e) 200
Resolução
TEC: τR = ΔEcin
Resolução
®
®
Fy
F
60°
®
60°
Fx
30°
mV02
F . d . (–1) = 0 – –––––
2
m V02
F d = –––––
2
60°
30°
®
P
Fy = P
F cos 60° = P
1
F . –– = P
2
F = 2P
m = 275 kg
g = 9,8 m/s2
P = mg = 275 . 9,8 N
9,8 N = 1 kgf
P = 275 kgf
F = 2P = 550 kgf
57
E
O cinto de segurança e o airbag são usados para reduzir
a força exercida sobre as pessoas durante a freada de um
veículo em uma colisão.
Quando ocorre a colisão, com o uso do dispositivo de proteção (cinto de segurança ou airbag), a pessoa percorre
ENEM/2013
Com ou sem dispositivo de segurança, o valor de
mV02
é o mesmo e portanto:
–––––
2
F1d1 = F2d2
F2
d1
1,0
= ––––
= ––––––––––
––––
F1
d2
5,0 . 10–3
F2
––––
= 200
F1
58
B
(UNESP) – Em um experimento didático de óptica
geométrica, o professor apresenta aos seus alunos o
diagrama da posição da imagem conjugada por uma lente
esférica delgada, determinada por sua coordenada p’, em
função da posição do objeto, determinada por sua
coordenada p, ambas medidas em relação ao centro
óptico da lente.
– 33
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 34
59
A
(FUVEST – 2013 – ADAPTADO) – A tabela traz os comprimentos de onda no espectro de radiação eletromagnética, na faixa da luz visível, associados ao espectro de
cores mais frequentemente percebidas pelos olhos
humanos. O gráfico representa a intensidade de absorção
de luz pelas clorofilas a e b, os tipos mais frequentes nos
vegetais terrestres.
Comprimento de onda (nm)
Cor
380 – 450
Violeta
450 – 490
Azul
II. A lente utilizada produz imagens reais de objetos
colocados entre 0 e 10 cm de seu centro óptico.
490 – 520
Ciano
III. A imagem conjugada pela lente a um objeto linear
colocado a 50 cm de seu centro óptico será invertida
520 – 570
Verde
570 – 590
Amarelo
590 – 620
Alaranjado
620 – 740
Vermelho
Analise as afirmações.
I.
A convergência da lente utilizada é 5,0 di.
1
e terá ––– da altura do objeto.
4
Está correto apenas o contido em
a) II.
b) III.
d) I e III.
e) II e III.
c) I e II.
Resolução
(I) INCORRETA.
Do gráfico, para p = 20 cm = 0,20 m, tem-se
p’ = 20 cm = 0,20 m.
1
V = –––
f
1
1
1
1
1
mas ––– = ––– + ––– ⇒ V = –––– + –––– (di)
f
p
p’
0,20
0,20
V = 10 di
(II) INCORRETA.
Para valores de p entre 0 e 10cm, obtêm-se valores de p’ negativos, o que significa imagens
virtuais.
(III) CORRETA.
1
1
f = ––– ⇒ f = –––– (m) = 0,10 m ⇒ f = 10 cm
V
10
f
10
A = ––––– ⇒ A = ––––––– ⇒
f–p
10 – 50
1
A = – ––
4
O sinal negativo de A indica que a imagem é invertida.
34 –
(Baseado em: Tratado de Botânica de Estrasburger,
36a. ed., Artmed, 2012.)
Responda ao teste a seguir, com base nas informações
fornecidas na tabela e no gráfico.
Em um experimento, dois vasos com plantas de crescimento rápido e da mesma espécie foram submetidos
às seguintes condições:
vaso 1: exposição à luz solar;
vaso 2: exposição à luz verde.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 35
A temperatura e a disponibilidade hídrica foram as mesmas para os dois vasos. Depois de algumas semanas,
verificou-se que o crescimento das plantas diferiu entre
os vasos.
Sabe-se que o crescimento das plantas é mais acentuado
quando há maior absorção da energia radiante intensificando o processo de fotossíntese.
Considere as proposições a seguir:
1) A planta do vaso 1 cresceu mais rapidamente que a do
vaso 2.
2) As plantas dos vasos 1 e 2 cresceram com a mesma
rapidez.
3) As folhas da maioria das plantas se apresentam verdes
porque absorvem mais intensamente as radiações de
cor verde (520 nm a 570 nm).
A resistência RD do fotorresistor obedece à seguinte
equação: RD = 10 000 – 30 I onde RD é dado em ⍀ e I é
dado em W/m2. A bateria que alimenta o circuito tem 9,0
V. Os valores da resistência R e do capacitor C precisam
ser:
a) R = 125⍀ e C = 9,0 μF.
b) R = 240⍀ e C = 9,0 μF.
c) R = 300⍀ e C = 18 μF.
Somente está correto o que se afirma em:
a) 1
b) 2
c) 3
d) 1 e 3
d) R = 8 000⍀ e C = 27 μF.
e) 2 e 3
Resolução
1) (V) A luz solar é composta por radiações de
todas as cores. As plantas absorvem pouco
o verde e o amarelo; as demais cores são
mais absorvidas e fornecem a energia que
desencadeia a fotossíntese e intensifica o
crescimento da planta.
A planta do vaso (1) crescerá mais rapidamente que a do vaso (2), pois a luz verde
será refletida e o processo de fotossíntese na
planta do vaso (2) será prejudicado.
2) (F)
3) (F) A cor da planta é determinada pela luz que
ela reflete. A planta se apresenta verde
porque reflete intensamente esta cor,
absorvendo-a pouco.
e) R = 125⍀ e C = 1,0 μF.
Resolução
E
RE
Q
1) I = –––––– ; UR = R I = –––––– = –––
RD + R
RD + R
C
Q (RD + R)
CE = ––––––––––
(1)
R
2) Q = 9,0 μC ⇔ RD = (10 000 – 30 . 300)⍀ = 1 000⍀
Q = 1,0 μC ⇔ RD = 10 000⍀
9,0 (1 000 + R)
1,0 (10 000 + R)
–––––––––––––– = –––––––––––––––
R
R
9 000 + 9 R = 10 000 + R ⇒ 8 R = 1 000 ⇒ R = 125⍀
60
A
(OLIMPÍADA PAULISTA DE FÍSICA) – Dispositivos
conhecidos como fotorresistores possuem resistência
que varia com a incidência de luz. Diego e Paulo estavam
no laboratório de eletrônica e precisavam fazer um circuito
com um capacitor que, sob iluminação com intensidade
de 300 W/m2, tivesse 9,0 μC de carga. Sem iluminação,
a carga no capacitor é de 1,0 μC. Diego e Paulo
propuseram o seguinte circuito:
ENEM/2013
9,0 . 10– 6 (1 000 + 125)
3) Em (1): C . 9,0 = ––––––––––––––––––––––––
125
C = 9,0 μF
– 35
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 36
61
E
No tubo 1 existe uma solução contendo células de fígado
de boi. Em 2, há uma solução de células extraídas de
folhas de bananeira.
Você deseja eliminar completamente todos os constituintes dos envoltórios celulares presentes em ambos os
tubos. Para isso, dispõe de três enzimas digestivas
diferentes:
C: digere carboidratos em geral;
L: digere lipídios;
P: digere proteínas.
Para atingir seu objetivo gastando o menor número
possível de enzimas, você deve adicionar a 1 e a 2,
respectivamente:
a) 1 = C; 2 = P.
b) 1 = L; 2 = C.
c) 1 = C e P; 2 = C e L.
d) 1 = C e P; 2 = C, L e P.
e) 1 = L e P; 2 = C, L e P.
Resolução
As enzimas L (lipase) e P (protease) digerem os componentes da membrana lipoproteica que reveste as
células animais (fígado) e vegetais (bananeira).
A enzima C (carboidrase) promoverá a digestão da
parede celular celulósica presente, exclusivamente,
nas células extraídas da bananeira.
62
A
A síndrome de Gaucher é autossômica e recessiva. Ela
consiste na deficiência de uma enzima dos lisossomos,
responsável pela digestão de gorduras das células. No
caso de pacientes com a síndrome de Gaucher, pode-se
afirmar corretamente que
a) a deficiência da enzima levará ao acúmulo de lipídios
no fígado do portador da síndrome.
b) a introdução de cópias do gene normal nas células do
fígado evitará a síndrome nos descendentes.
c) a deficiência enzimática e a mutação estão presentes
apenas nas células do fígado.
d) por ser uma anomalia de enzima dos lisossomos, ela
não é hereditária.
e) o cruzamento de um homem heterozigótico com uma
mulher afetada resulta em 25% de probabilidade de
filhos afetados.
36 –
Resolução
A deficiência da enzima provocará acúmulo de
gorduras no fígado.
63
B
Em um experimento, preparou-se um conjunto de plantas
por técnica de clonagem a partir de uma planta original
que apresentava folhas verdes. Esse conjunto foi dividido
em dois grupos, que foram tratados de maneira idêntica,
com exceção das condições de iluminação, sendo um
grupo exposto a ciclos de iluminação solar natural e outro
mantido no escuro. Após alguns dias, observou-se que o
grupo exposto à luz apresentava folhas verdes como a
planta original e o grupo cultivado no escuro apresentava
folhas amareladas.
Ao final do experimento, os dois grupos de plantas apresentaram
a) os genótipos e os fenótipos idênticos.
b) os genótipos idênticos e os fenótipos diferentes.
c) diferenças nos genótipos e fenótipos.
d) o mesmo fenótipo e apenas dois genótipos diferentes.
e) o mesmo fenótipo e grande variedade de genótipos.
Resolução
As plantas clonadas a partir de um vegetal original
apresentam o mesmo genótipo e diferentes fenótipos
resultantes da exposição diferencial à luz e à escuridão.
64
D
A figura seguinte representa um modelo de transmissão
da informação genética nos sistemas biológicos. No fim
do processo, que inclui a replicação, a transcrição e a
tradução, há três formas proteicas diferentes denominadas a, b e c.
Depreende-se do modelo que
a) a única molécula que participa da produção de proteínas é o DNA.
b) o fluxo de informação genética, nos sistemas biológicos, é unidirecional.
c) as fontes de informação ativas durante o processo de
transcrição são as proteínas.
d) é possível obter diferentes variantes proteicas a partir
de um mesmo produto de transcrição.
e) a molécula de DNA possui forma circular e as demais
moléculas possuem forma de fita simples linearizada.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 37
Resolução
O modelo que representa o fluxo de informações
genéticas nos sistemas biológicos aponta para a
possibilidade da produção de diferentes proteínas a
partir de um mesmo produto de transcrição (RNA).
65
B
A vacina, o soro e os antibióticos submetem os organismos a processos biológicos diferentes. Pessoas que
viajam para regiões em que ocorrem altas incidências de
febre amarela, de picadas de cobras peçonhentas e de
leptospirose e querem evitar ou tratar problemas de
saúde relacionados a essas ocorrências devem seguir
determinadas orientações.
Ao procurar um posto de saúde, um viajante deveria ser
orientado por um médico a tomar preventivamente ou
como medida de tratamento
a) antibiótico contra o vírus da febre amarela, soro
antiofídico caso seja picado por uma cobra e vacina
contra a leptospirose.
b) vacina contra o vírus da febre amarela, soro antiofídico
caso seja picado por uma cobra e antibiótico caso entre
em contato com a Leptospira sp.
c) soro contra o vírus da febre amarela, antibiótico caso
seja picado por uma cobra e soro contra toxinas
bacterianas.
d) antibiótico ou soro, tanto contra o vírus da febre
amarela como para veneno de cobras, e vacina contra
a leptospirose.
e) soro antiofídico e antibiótico contra a Leptospira sp e
vacina contra a febre amarela caso entre em contato
com o vírus causador da doença.
Resolução
Vírus da febre amarela
Vacina
Picada de cobra peçonhenta
Soro antiofídico
Leptospira sp (infecção
bacteriana)
Antibiótico
66
a) odor, papilas gustativas, células nervosas, medula
espinhal e cérebro.
b) som, orelha, células auditivas, medula espinhal e córtex
auditivo.
c) pressão, epiderme, células musculares, medula
espinhal e encéfalo.
d) calor, nervo sensorial, células epidérmicas, bulbo e
hipotálamo.
e) luz, olho, células da retina, nervo óptico e córtex visual.
Resolução
I (luz) – II (olho) – III (células da retina) – IV (nervo
óptico) – V (córtex visual).
67
B
Alguns anfíbios e répteis são adaptados à vida subterrânea. Nessa situação, apresentam algumas características corporais como, por exemplo, ausência de patas,
corpo anelado que facilita o deslocamento no subsolo e,
em alguns casos, ausência de olhos.
Suponha que um biólogo tentasse explicar a origem das
adaptações mencionadas no texto utilizando conceitos da
teoria evolutiva de Lamarck. Ao adotar esse ponto de
vista, ele diria que
a) as características citadas no texto foram originadas
pela seleção natural.
b) a ausência de olhos teria sido causada pela falta de uso
deles, segundo a lei do uso e desuso.
c) o corpo anelado é uma característica fortemente
adaptativa, mas seria transmitida apenas à primeira
geração de descendentes.
d) as patas teriam sido perdidas pela falta de uso e, em
seguida, essa característica foi incorporada ao patrimônio genético e então transmitida aos descendentes.
e) as características citadas no texto foram adquiridas por
meio de mutações e depois, ao longo do tempo, foram
selecionadas por serem mais adaptadas ao ambiente
em que os organismos se encontram.
Resolução
Segundo Lamarck, a falta de uso explica a existência
de animais desprovidos de patas, cegos ou sem
olhos, em ambientes subterrâneos.
E
Considere o seguinte esquema:
Os números I, II, III, IV e V podem ser substituídos,
correta e respectivamente, por
ENEM/2013
– 37
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 38
68
A(s) afirmação(ões) correta(s) são:
a) apenas I
b) apenas II
d) apenas I e II
e) apenas I e III
B
MENSTRUAÇÃO
Estrogênio
OVULAÇÃO
Na figura abaixo são representadas etapas do ciclo
menstrual.
Dias do Ciclo
0
4
7
14
21
28
Com base no gráfico apresentado e nos seus conhecimentos sobre menstruação, todas as alternativas seguintes estão corretas, exceto:
a) Na menstruação ocorre a descamação da mucosa
uterina.
b) A menstruação decorre da grande quantidade de progesterona no sangue.
c) A ovulação acontece cerca de 14 dias após o início da
menstruação.
d) A menstruação é o período menos provável de
fecundação.
e) A menstruação coincide com o início da elevação do
nível de estrogênio.
Resolução
Se o óvulo não for fecundado, os níveis de estrógeno
e progesterona caem sensivelmente, devido à
involução do corpo amarelo; a diminuição desses
hormônios provoca a descamação da mucosa do
útero e o rompimento de vasos.
Os tecidos necrosados e o sangue que fluem dos
vasos rompidos são eliminados no útero e daí para o
exterior. É o que se chama de menstruação.
69
A
Protozoários diversos podem causar doenças no homem.
As afirmativas a seguir referem-se a estes organismos.
I. A malária é doença endêmica em muitos países
tropicais, provocada por esporozoário Plasmodium.
II. O mosquito Anopheles transmite os tripanossomídeos
de um indivíduo doente para um sadio, através da picada.
III.O molusco Biomphalaria serve de hospedeiro intermediário para o protozoário Trypanosoma cruzi.
38 –
Resolução
II. Falsa. O mosquito Anopheles transmite o
Plasmodium.
II. Falsa. O molusco Biomphalaria serve de hospedeiro intermediário para o Schistosoma mansoni.
70
Progesterona
c) apenas III
A
Na agricultura, o sistema chamado mandala começa com
a construção de um reservatório de água, de alvenaria ou
mesmo de terra batida. Desse centro, saem mangueiras
para irrigar a plantação, que deve abrigar culturas
diferentes dispostas em canteiros concêntricos. As que
precisam de mais água, como as verduras, ficam
próximas ao tanque. Nessa área também pode haver um
pequeno galinheiro. As culturas mais resistentes e de
maior porte, como o café ou a laranja, podem ficar nos
círculos mais afastados. A última camada é a proteção
contra invasores: bananeiras são boa opção.
(Adaptado de http://revistavidanatural.uol.com.br/saudealimentos/17/imprime113616.asp. Acesso em 17/12/2009.)
Nas extensas áreas de monoculturas, devido à presença
de pragas, o uso de agrotóxicos ocorre geralmente em
grande escala. No sistema mandala, ao contrário, a
possibilidade de pragas é menor uma vez que
a) há maior variabilidade de espécies.
b) não se utiliza nenhum tipo de fertilizante.
c) a forma concêntrica impede a dispersão dos parasitas.
d) a terra é arada manualmente, sem interferência de
máquinas.
e) a água utilizada na irrigação é toda originária da coleta
das chuvas.
Resolução
A maior variabilidade de espécies reduz a quantidade
de pragas que atacam plantas cultivadas.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 39
Sobre o resultado do experimento, é correto afirmar que
a) nenhuma das espécies de fungos estudadas é capaz
de produzir substâncias bactericidas.
b) houve aparentemente um problema no experimento,
pois no controle cresceram bactérias.
c) as espécies A e D são as que produzem as substâncias
mais letais para as bactérias.
d) ao menos uma das espécies aparenta produzir
substâncias bactericidas eficientes.
e) a espécie C produz uma substância altamente benéfica
para as bactérias.
ENEM/2013
c)
Insulina
Ác. graxos
Lactato
Insulina
Insulina
Glicose
Lactato
Ác. graxos
Ác. graxos
Glicose
Lactato
Glicose
Insulina
e)
Insulina
Concentração (U/cm3 )
d)
Concentração (U/cm3 )
b)
Concentração (U/cm3 )
a)
Glicose
Em seguida, o pesquisador deixou as placas em temperatura adequada para o desenvolvimento das bactérias
por dois dias. Por último, analisou as placas de cultura e
contou o número de colônias de bactérias em cada uma
delas. O gráfico a seguir é um resumo dos resultados
obtidos.
Observação: A linha tracejada representa a concentração
normal das substâncias no sangue dos atletas quando em
estado de repouso.
Lactato
Certos fungos são capazes de produzir substâncias
tóxicas para bactérias. Um pesquisador, interessado em
descobrir novas drogas bactericidas, extraiu substâncias
de 5 espécies de fungos (A, B, C, D e E) e aplicou-as em
placas de cultura infectadas com bactérias. Uma das
placas, chamada de controle, não recebeu substância
vinda de fungos e foi apenas inoculada com bactérias.
Analise os gráficos a seguir e assinale a opção que contém as concentrações das substâncias no sangue dos
atletas, após serem submetidos a intenso esforço físico
por um longo período de tempo.
Ác. graxos
D
Na partida final de um campeonato de futebol, o placar
manteve-se inalterado no período normal e na prorrogação, levando a decisão à disputa por pênaltis. Na
prorrogação, um dos jogadores sentiu o desgaste e mal
podia caminhar por causa das câimbras.
Lactato
72
D
Ác. graxos
Resolução
O gás metano (CH4) é produzido por arqueobactérias
que vivem em ambientes anaeróbios, como pântanos
e lixo compactado em aterros sanitários.
73
Glicose
O metano (CH4) destaca-se por ser um dos chamados
“gases do efeito estufa”. É também o hidrocarboneto
mais simples e elemento essencial do ciclo do carbono,
participando em diversos processos biogeoquímicos.
Entre as fontes antrópicas de metano, está
a) o metabolismo de certas espécies de pteridófitas.
b) a decomposição de lixo orgânico.
c) o metabolismo de certas espécies de fungo.
d) a reação química de bactérias aeróbicas.
e) a crosta terrestre.
Resolução
O gráfico mostra que uma espécie de fungo (C) produziu substâncias tóxicas que inibiram o crescimento
de bactérias.
Concentração (U/cm3 )
B
Concentração (U/cm3 )
71
Resolução
Esforço físico excessivo provoca a fermentação lática
na musculatura.
– 39
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 40
74
E
No Brasil, 60% das doenças têm origem no uso de água de
má qualidade, em virtude do saneamento precário. Em
nosso país, muitos rios são degradados pelo lançamento,
em suas águas, de esgoto sem tratamento. Esse fato, além
de alterar a qualidade da água, modifica totalmente a
biodiversidade do ambiente. Considere o ecossistema de
um rio que passa a sofrer o lançamento de esgoto
doméstico rico em fosfatos.
As concentrações em % de fitoplâncton (1), de O2
dissolvido na água (2) e de tilápias (3), após esse evento,
poderiam ser representadas pelo gráfico:
%
%
1
2
a)
1
3
b)
2
3
tempo
tempo
%
%
1
2
3
c)
2
1
d)
3
tempo
%
c) Este processo é realizado por bactérias fixadoras de
nitrogênio e algumas algas azuis, sendo a enzima
nitrogenase a responsável pela fixação e pela produção
de aminoácidos.
d) O nitrogênio é absorvido pelas bactérias nos nódulos
das leguminosas e transferido na forma gasosa para as
plantas, eliminando a adubação nitrogenada.
e) Leguminosas e outros vegetais associam-se com
bactérias fixadoras de nitrogênio as quais reduzem o N2
atmosférico a NH3.
Resolução
Plantas leguminosas e algumas gramíneas associam-se
com bactérias, como os rizóbios, responsáveis pela
fixação biológica do N2 da atmosfera para a produção
de NH3 (amônia), a qual, fornecida à planta, será
utilizada na síntese de compostos nitrogenados.
tempo
1
76
B
Uma nova era, o Antropoceno, foi anunciada numa publicação de British Royal Society. De acordo com ela, a
espécie humana já mudou mais da metade da superfície
terrestre livre de gelo e as emissões de CO2 farão com que
os mares fiquem até 0,4 unidade mais ácidos na escala de
pH até o final do século. Em consequência disso, as
conchas calcárias finas e mais claras de muitos habitantes
do mar se dissolverão, de modo que nos próximos mil anos
deverá haver apenas um depósito de conchas mais grossas
e escuras no leito marinho.
o
(Revista Geo, n. 32, 2011. p. 17.)
e)
2
3
tempo
Resolução
1) O fitoplâncton tem aumentada inicialmente a
população, por conta da adubação com fosfato.
2) O teor de O2 dissolvido na água diminui, acarretando a morte das tilápias (3).
75
E
A adubação verde é uma prática agrícola que consiste no
plantio de determinadas espécies vegetais, de forma
alternada ou intercalada no mesmo período, com as plantas
de interesse econômico. Visa à melhoria da qualidade do
solo e pode contribuir para a fixação biológica de nitrogênio.
Sobre a fixação biológica de nitrogênio, é correto afirmar:
a) Algumas espécies vegetais e fungos interagem com
as bactérias fixadoras de nitrogênio, retirando o nitrogênio do ar e transformando-o em formas absorvíveis.
b) As bactérias fixadoras de nitrogênio endofíticas
também atuam no interior de algumas plantas, como
cana-de-açúcar, cereais, gramíneas forrageiras, algas
verdes e vermelhas.
40 –
Equilíbrios simultâneos decorrentes da dissolução de CO2
na água:
–
+
CO (g) + H O (l) →
← H CO (aq) →
← H (aq) + HCO (aq) →
←
2
2
2
3
3
2–
+
→
← 2 H (aq) + CO 3 (aq)
A diminuição do pH desloca o equilíbrio simultâneo no
sentido dos
a) reagentes, com consequente diminuição do CO2 (g).
b) reagentes, com consequente diminuição do CO2–
3 (aq).
c) produtos, com consequente diminuição do H2CO3 (aq).
d) produtos, com consequente aumento do CO2 (g).
e) produtos, com consequente aumento do CO2–
3 (aq).
Resolução
A diminuição do pH desloca os equilíbrios simultâneos no sentido dos reagentes, pois aumenta as
concentrações dos íons H+.
pH = – log [H+]
↓
↓
diminui
aumenta
A concentração do CO2 (g) aumenta enquanto a concentração do CO2–
(aq) diminui.
3
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 41
77
D
Pode-se obter cal hidratada a partir de cal viva e água pela
transformação representada por:
cal viva + água – energia → cal hidratada
Por outro lado, pode-se obter cal viva e água a partir da cal
hidratada, pela transformação representada por:
cal hidratada + energia → cal viva + água
As lacunas desse texto são preenchidas, correta e respectivamente, por:
a) líquido ... iônica ... íons
b) líquido ... covalente ... elétrons
c) gás ... iônica ... íons
d) gás ... covalente ... elétrons
e) gás ... covalente ... íons
Resolução
temperatura ambiente
HCl
PF
PE
-114°C
-85°C
Examinando-se essas representações, conclui-se que a
HCl é um gás.
A ligação entre os átomos de H e Cl é covalente.
••
H • • Cl
••
••
••
H • • Cl +
••
Está correto o que se afirma apenas em
a) I.
b) II.
c) III.
d) I e III.
e) II e III.
Resolução
I. Correta.
Cal viva + água → cal hidratada + energia
O processo é exoergônico, pois libera energia.
II. Errada.
Cal hidratada é uma substância composta cuja
fórmula química é Ca(OH)2.
III. Correta.
Cal viva + água →
← cal hidratada + energia
Temos um processo revertível.
78
E
Considere as seguintes informações sobre o cloreto de
hidrogênio, HCl:
– apresenta ponto de fusão igual a – 114°C e ponto de
ebulição igual a – 85°C, a 1 atm;
– quando puro, no estado líquido, conduz muito mal a
corrente elétrica;
H2O
H3O+
+
••
Cl
••
–
••
III. obtenção de cal viva e água a partir de cal hidratada é
um processo revertível.
••
II. cal hidratada é uma mistura de substâncias constituída
por cal viva e água;
••
I. obtenção de cal hidratada é um processo exoergônico;
íons hidratados
79
B
Três recipientes indeformáveis, A, B e C, todos com
volumes iguais, contêm, respectivamente, três diferentes
gases de comportamento ideal, conforme a descrição
contida na tabela abaixo.
Recipiente
Gás
armazenado
Temperatura
Pressão
A
hélio (He)
400 K
3 atm
B
nitrogênio (N2)
600 K
4,5 atm
C
oxigênio (O2)
200 K
1 atm
Os balões são interligados entre si por conexões de
volumes desprezíveis, que se encontram fechadas pelas
válvulas 1 e 2. O sistema completo encontra-se ilustrado
na figura a seguir.
– ao interagir com água líquida, origina solução aquosa
que conduz muito bem a corrente elétrica.
Sendo assim, o HCl é um __________ nas condições ambientes. Conduz mal a corrente elétrica no estado líquido,
pois a ligação entre os átomos em sua molécula é
__________ . Em contato com a água líquida, essas
ligações são rompidas, originando __________ hidratados.
ENEM/2013
Ao serem abertas as válvulas 1 e 2, a mistura gasosa
formada teve sua temperatura estabilizada em 300 K.
Desse modo, a pressão interna final do sistema é igual a
a) 1,5 atm
b) 2,0 atm
c) 2,5 atm
d) 3,0 atm
e) 3,5 atm
– 41
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 42
Resolução
Após a abertura das válvulas 1 e 2, haverá um único
sistema de volume 3 V e a quantidade de matéria será
a soma das quantidades de matéria de A, B e C.
Determinação da quantidade de matéria no sistema A:
3.V
PAVA = nARTA ⇒ nA = –––––––
400 R
Determinação da quantidade de matéria no sistema B:
4,5 . V
PBVB = nBRTB ⇒ nB = –––––––
600 R
Resolução
m
n
M = –– ∴ M = –––––
M.V
V
69 . 10–3 g
Na: M = ––––––––––––––––––––––
23 g/mol . 200 . 10–3 L
M = 0,015 mol/L
78 . 10–3 g
K: M = ––––––––––––––––––––––
39 g/mol . 200 . 10–3 L
Determinação da quantidade de matéria no sistema C:
1.V
PCVC = nCRTC ⇒ nC = –––––––
200 R
M = 0,01 mol/L
No sistema final: volume = 3 V
quantidade de matéria: n = nA + nB + nC
81
9V+9V+6V
4,5 V
V
3V
n = –––––– + –––––– + –––––– = –––––––––––––– =
200 R
1 200 R
600 R
400 R
Há 100 anos Niels Bohr propôs um modelo para a
descrição do átomo de hidrogênio. Bohr considerou um
modelo planetário em que um elétron orbita um próton
da mesma forma que a Terra orbita o Sol. No modelo
atômico de Bohr, novos ingredientes físicos tiveram de
ser considerados, entrando em cena a natureza quântica
24 V
= ––––––––
1 200 R
Cálculo da pressão final:
24 V . R . 300
PfVf = n R T ⇒ Pf = ––––––––––––––– ⇒ Pf = 2,0 atm
1 200 R . 3 V
80
da matéria.
A respeito desses novos ingredientes, introduzidos no
modelo atômico de Bohr, analise as proposições.
I.
B
Bebidas isotônicas são desenvolvidas com a finalidade de
prevenir a desidratação, repondo líquidos e sais minerais
que são eliminados através do suor durante o processo de
transpiração. Considere um isotônico que apresenta as
informações no seu rótulo:
D
Os raios das possíveis órbitas do elétron ao redor do
próton são quantizados, ou seja, assumem valores
discretos.
II. O elétron, em suas possíveis órbitas ao redor do
próton, pode assumir quaisquer valores de energias.
III. Ao passar de uma órbita com raio maior para uma
órbita com raio menor, o elétron emite um fóton, ou
seja, radiação eletromagnética na forma de luz.
Tabela nutricional
Assinale a alternativa correta:
cada 200 mL contém
Energia
21,1 kcal
a) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.
Glicídios
6,02 g
b) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.
Proteínas
0,0 g
c) Somente a afirmativa II é verdadeira.
Lipídios
0,0 g
d) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
Fibra alimentar
0,0 g
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.
Sódio
69 mg
Potássio
78 mg
Assinale a alternativa que corresponde à concentração,
em quantidade de matéria (mol/L), de sódio e potássio,
respectivamente, nesse recipiente de 200 mL.
São dadas as massas molares, em g/mol: Na = 23 e K = 39.
a) 0,020 e 0,02
b) 0,015 e 0,01
c) 0,22 e 0,120
d) 0,34 e 0,980
e) 0,015 e 0,003
42 –
Resolução
I. Correta.
Cada orbita circular do elétron, representado
pelas letras K, L, M, N, O, P e Q, tem um conteúdo
de energia que vai aumentando com o aumento
do raio de órbita.
II. Errada.
O elétron pode assumir valores discretos de
energia.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 43
III. Correta.
elétron
emite
luz
núcleo
raio
menor
82
coloração de folhas, frutas e flores. A pelargonidina é uma
antocianina que produz coloração laranja-avermelhada de
diferentes frutas, como a amora, a acerola e o morango.
A estrutura de uma molécula de pelargonidina está
representada a seguir.
raio
maior
OH
+
O
HO
A
OH
O processo de eletrodeposição em peças metálicas, como talheres, instrumentos cirúrgicos, automóveis, não é
utilizado apenas para embelezamento delas, mas também
para sua proteção contra a corrosão. É necessário niquelar
10 peças de aço idênticas utilizando-se uma solução de
sulfato de níquel (II). Para niquelar cada uma, gasta-se
1,18 g de níquel com uma corrente elétrica de 38,6 A.
Devido às dimensões reduzidas do equipamento, só é
possível niquelar uma peça por vez. Desprezando o tempo
necessário para colocação das peças no equipamento,
assinale a alternativa que indica corretamente o tempo
gasto para fazer a niquelação das 10 peças.
Dados: 1F = 96.500 C/mol e Ni = 59 g/mol.
a) 16 min e 40 segundos
b) 20 min e 50 segundos
c) 42 min e 20 segundos
d) 35 min e 10 segundos
e) 14 min e 29 segundos
OH
Volpi preparava suas tintas utilizando uma emulsão de
verniz (que é um derivado do petróleo) e claras de ovos
(que contém cerca de 90% de água) como solvente,
sendo que
a) essa emulsão apresenta a propriedade de dissolver
tanto compostos polares quanto apolares.
b) a presença de grupos hidroxila na estrutura da
pelargonidina justifica sua alta solubilidade no verniz.
c) na estrutura da pelargonidina encontram-se as funções
álcool e ácido carboxílico.
d) a fórmula molecular da pelargonidina é C16H11O5.
e) na estrutura da pelargonidina encontram-se três
átomos de carbono assimétricos (quirais).
Resolução
Resolução
A semirreação que ocorre é indicada pela equação:
⎯⎯→ Ni
Ni2+ + 2 e–
2. 96 500 C –––––– 59 g
Q
–––––– 1,18 g
Q = 3860 C
Usando a equação Q = i . t, temos:
3860 C = 38,6 A . t
t = 100 s
Para 10 peças, temos 1 000 s, que correspondem a
16 min e 40 segundos.
83
A
Fórmula molecular: C15H13O5
A presença de grupos hidroxila (— OH) na estrutura
da pelargonidina justifica sua alta solubilidade na
água.
A emulsão utilizada tem a propriedade de dissolver
tantos compostos polares (presença de água na
emulsão) quanto apolares (presença de hidrocarbonetos).
Alfredo Volpi foi um pintor que gostava de misturar tintas
e criar novas cores. Sua obra era dominada pelas cores e
pelo estilo abstrato geométrico, sendo as bandeirinhas
multicoloridas sua marca registrada.
Entre os pigmentos naturais mais utilizados por Volpi,
estão os do grupo das antocianinas, responsáveis pela
ENEM/2013
– 43
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 44
84
86
A
O calcário biodetrítico, formado principalmente por CaCO3
e CaMg(CO3)2, é comumente encontrado na forma de
conchas de moluscos, esqueletos de corais e restos de
algas calcárias. Atualmente, tem sido pesquisado para
preparação de cal virgem. Uma das reações desse
processo está representada a seguir.
800°C
CaCO3 (s) ⎯⎯⎯→ CaO (s) + CO2 (g)
Supondo que esse processo tenha 95% de rendimento,
para obter 100 kg de cal virgem, é necessária uma massa,
em kg, de CaCO3 de, aproximadamente,
a) 188
b) 342
c) 484
d) 610
e) 867
Dado: massas molares em g/mol: Ca: 40; C: 12; O: 16.
A
Para a obtenção do café solúvel, dois processos podem
ser realizados na secagem do extrato do café: por ar seco
e por liofilização (realizado em temperatura de – 20°C e
pressões perto do vácuo, em que não há presença de
água no estado líquido). Em ambos os casos se retira a
água, sendo que o primeiro se dá por
a) evaporação e o segundo, por sublimação.
b) sublimação e o segundo, por liquefação.
c) liquefação e o segundo, por condensação.
d) condensação e o segundo, por fusão.
e) fusão e o segundo, por solidificação.
Resolução
Primeiro processo:
Resolução
CaCO3(s) ⎯→ CaO (s)
+
CO2 (g)
ar seco
1 mol
1 mol
(R = 100%)
1mol
0,95 mol
(R = 95%)
extrato de café
100 g –––––––– 0,95 . 56 g
x
Haverá a evaporação da água até atingir a pressão de
vapor de equilíbrio da água.
Segundo processo:
–––––––– 100 kg
x = 188 kg
85
vácuo
C
A 25°C, o produto iônico da água, Kw, é igual a 1 x 10–14.
Nessa temperatura, o papel de tornassol azul torna-se
vermelho em soluções aquosas cujo pH é inferior a 5 e o
papel de tornassol vermelho torna-se azul em soluções
aquosas cujo pH é superior a 8. Esses dois papéis
manterão sua cor inalterada, caso sejam imersos em uma
solução aquosa em que a concentração de íons OH–, em
mol por litro, seja igual a
a) 1 x 10–11
b) 1 x 10–10
c) 1 x 10–8
–5
–3
d) 1 x 10
e) 1 x 10
Resolução
vermelha
5
inalterada
8
azul
pH
extrato de café
Haverá a sublimação da água, isto é, passagem do
estado sólido ao estado de vapor, pois nessas condições de P e T não temos água líquida.
87
B
O documentário “Lixo Extraordinário”, baseado nos
trabalhos do artista plástico Vik Muniz, relata a trajetória
do lixo dispensado em um aterro, bem como a relação
entre lixo e arte aproximando o universo intelectual à tão
diferente realidade das pessoas que colhem o lixo.
Kw = [H+] [OH–]
1 x 10–14 = [H+] 1 x 10–8 mol/L
[H+] = 1 . 10–6 mol/L
Como pH = – log [H+]
Temos pH = 6
44 –
(Disponível em: <www.usinadocinema.com.br>.
Acesso em: 5 jul. 2012.)
O lixo, retratado pelo artista plástico Vik Muniz,
a) se enterrado e isolado da atmosfera por uma camada
de terra nos aterros sanitários, ficará protegido da decomposição por micro-organismos.
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 45
b) é um dos males do consumismo humano, gerando,
entre outros problemas, a contaminação do solo a
partir do descarte incorreto de pilhas ou baterias.
c) tem a quantidade aumentada por meio da reciclagem,
uma vez que será devolvido para a natureza imediatamente.
d) recolhido pelas pessoas por catação, possui grandes
quantidades de sacolas plásticas de fácil decomposição
pelo meio natural.
e) tem a quantidade aumentada por meio de reaproveitamento (reutilização), uma vez que aumenta a extração de matéria-prima do ambiente.
Resolução
O lixo é um dos males do consumismo humano,
gerando, entre outros problemas, a contaminação do
solo a partir do descarte incorreto de pilhas e
baterias, pois esses artefatos contêm metais tóxicos
e pesados, como Hg, Pb e Cd.
Resolução
I. Correta.
O
OH + HO
H 2N
II. Correta.
O
O
+ HOH
O
OH + HO
H2N
H 2N
Ácido p-aminobenzoico
III. Incorreta.
O
O
Éster
Amina
C
A benzocaína, cuja fórmula estrutural está representada a
seguir, é um anestésico local, usado como calmante para
dores, que atua bloqueando a condução de impulsos
nervosos e diminuindo a permeabilidade da membrana
neuronal ao iodeto de sódio.
De acordo com a fórmula estrutural dada, considere as
afirmações I, II, III e IV.
I.
O
Etanol
H2N
H 2N
88
O
O etanol é um dos reagentes utilizados para a obtenção da benzocaína.
II. A hidrólise ácida da benzocaína produz o ácido p-aminobenzoico.
III. A benzocaína possui os grupos funcionais cetona, éter
e amina aromática.
IV. Incorreta.
Fórmula molecular: C9H11NO2
89
C
No livro O Século dos Cirurgiões, de Jurgen Thorwald, o
autor enfatiza diversas substâncias químicas que mudaram a história da humanidade, entre elas: o fenol, que em
1865 era chamado de ácido carbólico e foi usado pelo
médico inglês Joseph Lister como bactericida, o que diminuiu a mortalidade por infecção hospitalar na Europa; o éter
comum, usado pela 1.a vez em 1842, em Massachusetts
(EUA), pelo cirurgião John Collins Warren como anestésico por inalação que possibilitou a primeira cirurgia sem
dor e, por fim, o clorofórmio, usado em 1847 também
como anestésico, mas posteriormente abandonado
devido a sua toxidez.
Abaixo, estão expressas as fórmulas estruturais de ácido
carbólico (fenol), éter e clorofórmio.
OH
IV. A benzocaína apresenta caráter básico e fórmula
molecular C9H13NO2.
CH3 — CH2 — O — CH2 — CH3
Éter
Fenol
São verdadeiras, somente, as afirmações
a) I, II e III.
b) II e IV.
c) I e II.
d) II, III e IV.
e) I e III.
Cl
Cl — C — H
Cl
Clorofórmio
ENEM/2013
– 45
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 46
Observe as seguintes afirmações em relação às estruturas.
I.
O fenol pode ser chamado de hidroxibenzeno.
II. A nomenclatura IUPAC do éter é etanoato de etila.
III. O éter não apresenta ligações de hidrogênio entre as
moléculas.
IV. O clorofórmio é um haleto orgânico.
V.
Todos os carbonos do fenol são secundários.
Estão corretas:
a) Apenas I
c) Apenas I, III, IV e V
e) I, II, III, IV e V
foi transferido para um balão volumétrico de 1000 mL e
completou-se com água destilada até a aferição. Qual
alternativa indica o pH dessa solução?
São dadas as massas molares, em g/mol: CaO = 56 e
Ca(OH)2 = 74.
a) 4
b) 9
c) 10
d) 11
e) 12
Resolução:
CaO (s) + H2O (l) → Ca(OH)2 (aq)
56 g
2,8
b) Apenas I, II
d) Apenas II, III e V
Resolução
I. Correta.
O fenol pode ser chamado de hidroxibenzeno ou
benzenol.
II. Errada.
A nomenclatura IUPAC do éter é éter dietílico ou
etoxietano.
III. Correta.
Não temos átomo de H ligado a átomo de O.
IV. Correta.
O clorofórmio é um haleto orgânico, pois apresenta átomo de cloro (halogênio) ligado a átomo
de carbono.
V. Correta.
.10–3 g
–––––––––––––– 1 mol
–––––––––––––– x
x = 5 . 10–5 mol
5 . 10–5 mol
[Ca(OH)2 ] = –––––––––––––
1L
[Ca(OH)2] : 5 . 10–5 mol/L
Ca(OH)2 ⎯→
5 . 10–5 mol/L
Ca2+ + 2 OH–
10 .10–5 mol/L
pOH = – log [OH–]
pOH = – log 10–4
pOH = 4
pH + pOH = 14
pH = 10
OH
S
S
S
S: carbono secundário
S
S
S
90
C
Hidróxido de cálcio [Ca(OH)2] é uma substância bastante
utilizada em diversas áreas. Funciona como agente
floculante no tratamento de água, é ingrediente para
fabricação de tintas, argamassa, gesso e asfalto, e
substitui o hidróxido de sódio em alisadores de cabelos.
Um dos processos para a sua obtenção é a reação do
óxido de cálcio com água, conforme mostra a reação
abaixo:
CaO (s) + H2O (l) → Ca(OH)2 (aq)
ΔH = – 68,7 kJ/mol
Na obtenção do hidróxido de cálcio, foram adicionados
2,8 mg de óxido de cálcio em um béquer contendo água
destilada; a reação ocorreu com o consumo total desse
óxido. Como a reação é exotérmica, deixou-se esfriar
durante trinta minutos. Em seguida, o volume preparado
46 –
ENEM/2013
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 47
ENEM/2013
– 47
ENEM_PROVA1_5_10_PROF_ALICE 16/09/13 08:19 Página 48
48 –
ENEM/2013

Documentos relacionados