ventiladores centrífugos tipo sirocco - Soler Palau

Сomentários

Transcrição

ventiladores centrífugos tipo sirocco - Soler Palau
TDA/TSA
VENTILADORES CENTRÍFUGOS
TIPO SIROCCO
ÍNDICE
CONTEÚDO
Pág Nº
Generalidades sobre ventiladores
4
Generalidades sobre as curvas características
5
Nomenclatura e terminologia
6
Níveis sonoros
7
Características construtivas - ventiladores dupla aspiração - TDA-L
17
Dimensões TDA-L / Série Pequena
18
Dimensões TDA-T2L / Série Pequena
19
Características construtivas - ventiladores dupla aspiração - TDA-SR
20
Dimensões TDA-SR / Série Pequena
21
Dimensões TDA-SR / Série Grande
22
Dimensões TDA-T2SR / Série Pequena
23
Dimensões TDA-T2SR / Série Grande
24
Dimensões TDA-T3R
25
Curvas características linha TDA
26
Características construtivas - ventiladores simples aspiração - TSA-SR
42
Dimensões TSA-SR / Série Pequena / Arranjo 1
43
Dimensões TSA-SR / Série Pequena / Arranjo 4
44
Dimensões TSA-SR / Série Pequena / Arranjo 4K
45
Dimensões TSA-SR / Série Pequena / Arranjo 3
46
Dimensões TSA-SR / Série Grande / Arranjo 1
47
Dimensões TSA-SR / Série Grande / Arranjo 3
48
Curvas características linha TSA
49
Acessórios
59
3
GENERALIDADES SOBRE
VENTILADORES
Fundamentos
Medida de pressões
Um ventilador é uma turbomáquina cuja missão é assegurar a circulação do ar com pressões de até 30.000 Pa.
Se classificam em dois grupos genéricos: centrífugos e
axiais.
Nos primeiros a corrente de ar se estabelece radialmente através do rotor. Nos segundos esta corrente se estabelece axialmente.
Por sua vez, os ventiladores centrífugos podem ser classificados em função:
a) do aumento de pressão que produzem;
b) da forma das pás;
c) da disposição das pás;
d) de suas diversas aplicações.
Os ventiladores objeto deste catálogo pertencem ao
grupo dos centrífugos, de baixa pressão, com múltiplas
pás curvadas para frente, para instalações de calefação, ventilação e ar condicionado.
A medida de pressões em um conduto deve efetuar-se
num tramo de regime estável (afastado de mudanças de
seção, curvas, etc.).
A pressão dinâmica se mede com um tubo de Pitot ou
um tubo de Prandtl, conectado a um manômetro diferencial. O tubo de Prandtl é o mais utilizado, já que permite
também a medição da pressão estática.
Não se pode esquecer de diferenciar os condutos de
aspiração e descarga, já que, assim como a pressão
dinâmica é sempre positiva, a pressão estática é negativa na aspiração e positiva na descarga, sendo a pressão
total a soma algébrica de ambas.
É conveniente ter igualmente em conta, para a medida
de pressões dinâmicas, e conseqüentemente da vazão
de ar, que estas são mais baixas próximo à parede do
conduto que no centro do mesmo. Este fenômeno é
mais pronunciado em regime laminar que em regime
turbulento. Nas figuras abaixo estão representadas as
curvas de distribuição de velocidades de ambos os
regimes, onde se pode apreciar o que foi explicado.
Definições
- Vazão de ar (V): É o volume de ar movido por um ventilador na unidade de tempo, e é independente da densidade do ar.
Fluxo turbulento:
- Pressão estática (Pst): É a força por unidade de
superfície exercida em todas as direções e sentidos,
independentemente da direção e sentido da velocidade
do ar.
- Pressão dinâmica (Pd): É a pressão resultante da
transformação integral da energia cinética em pressão.
Vem expressada por:
sendo:
g= densidade do ar em kg/m3
g = aceleração da gravidade (9,81 m/s2)
v = velocidade do ar em m/s
Fluxo laminar:
- Pressão total (Pt): É a soma das pressões estática e
dinâmica. Segundo o teorema de Bernoulli, a pressão
total é constante em todos os pontos de um conduto. Tal
teorema só é aplicável no caso de um fluido perfeito (isto
é, livre de atrito e turbulência), e incompressível, ou que
possa ser tratado como tal.
Ainda que na prática não existam fluidos perfeitos nem
canalizações sem atrito, esta lei pode ser aplicada com
boa aproximação, e nos permite deduzir que a pressão
dinâmica pode transformar-se em pressão estática, e
vice-versa, quando se produzem mudanças na seção
de um conduto. Esta transformação traz uma perda de
pressão, tanto maior quanto maior seja a variação de
velocidades.
4
GENERALIDADES SOBRE AS
CURVAS CARACTERÍSTICAS
Curvas características
b) A pressão e a potência absorvida, para uma mesma
vazão,são proporcionais à densidade.
As curvas características foram determinadas para o ar
à temperatura de 20oC e uma pressão barométrica de
760 mmHg; equivalente a uma densidade de 1,2 kg/m3.
Qualquer variação destes valores implica na utilização
dos coeficientes de correção indicados na tabela nº1.
Assim se necessitamos um ventilador que forneça uma
vazão de ar de 12.000 m3/h com uma pressão total de 50
mmca, situado numa localidade a 1500 m acima do nível
do mar e a uma temperatura de 38°C, procederemos da
seguinte forma:
- Da tabela nº1 obtemos o coeficiente de correção, que é
de 0,785.
- Selecionamos um ventilador para 12.000 m3/h e uma
pressão de 50 /0,785 = 64 mmca.
- A potência real absorvida será equivalente à potência
absorvida lida nas curvas, multiplicada por 0,785.
Exemplo de aplicação:
Segundo as leis dos ventiladores relativas à variação da
densidade do ar, temos:
a) A vazão em volume permanece invariável
V1 = V 2
TABELA Nº 1
TEMPERATURA
DO AR °C
-40
-18
0
20
38
66
93
121
149
177
205
ELEVAÇÃO SOBRE O NÍVEL DO MAR (m)
Nível
do mar
300
450
760
735
720
705
695
680
1,234
1,152
1,082
1,000
0,946
0,869
0,803
0,747
0,679
0,654
0,616
1,191
1,110
1,043
0,964
0,912
0,838
0,775
0,720
0,672
0,630
0,594
1,170
1,092
1,024
0,947
0,895
0,824
0,760
0,707
0,660
0,620
0,583
1,150
1,072
1,005
0,930
0,878
0,807
0,747
0,695
0,647
0,608
0,572
1,128
1,052
0,990
0,913
0,863
0,793
0,733
0,682
0,626
0,597
0,562
1,105
1,033
0,970
0,896
0,847
0,779
0,720
0,670
0,625
0,586
0,552
600
750
900
1200
1500
1800
2100
655
630
610
585
1,066
0,950
0,934
0,864
0,816
0,750
0,693
0,645
0,602
0,564
0,532
1,028
0,957
0,900
0,832
0,785
0,722
0,667
0,622
0,579
0,543
0,512
0,987
0,922
0,865
0,799
0,755
0,695
0,642
0,592
0,577
0,522
0,482
0,956
0,894
0,838
0,774
0,732
0,672
0,622
0,578
0,540
0,507
0,477
PRESSÃO BAROMÉTRICA (mmHg)
Para ter em conta as unidades utilizadas correntemente,
a saber:
Fórmulas relativas aos ventiladores centrífugos
Leis de proporcionalidade
Indicamos a seguir as leis de proporcionalidade dos ventiladores centrífugos, que, ainda que teóricas, podem
ser aplicadas com suficiente precisão às condições reais.
Para um ventilador e um conjunto de dados, com ar à
densidade constante, temos:
- Vazão em m3/h
- Dpt em mmca
- Potência absorvida em kW
devemos introduzir uma constante, ficando a fórmula da
seguinte forma:
Vazão
Pressão
A potência absorvida lida nas curvas deve ser incrementada para ter em conta as perdas de transmissão, assim
como uma eventual sobrecarga.
Esta se produz quando o ponto de funcionamento do
ventilador não coincide com o ponto de projeto.
Se a queda de pressão ocasionada pelo sistema, para a
vazão de projeto, for inferior à prevista, o ponto de trabalho se deslocará à direita, seguindo a curva de velocidade de rotação imposta pela transmissão, sendo a potência absorvida neste caso superior à prevista.
Tendo em conta o que foi explicado, é aconselhável
incrementar a potência absorvida em 20%, para selecionar adequadamente o motor a instalar.
Potência Absorvida
Rendimento, potência absorvida e potência
instalada.
O rendimento vem expressado pela equação:
V = vazão em m3/s
2
Dpt = pressão total em Pa (N/m )
PA = potência absorvida em W (Nm/s)
5
NOMENCLATURA E
TERMINOLOGIA
Nomenclatura:
Os ventiladores S&P Brasil marca OTAM são definidos por três grupos de letras ou números:
1º grupo: tipo
2º grupo: tamanho
3º grupo: linha
Exemplo:
TDA - 15/11 - T2SR
TDA
TSA
Dupla aspiração,
rotor sirocco.
1º número
Diâmetro nominal
do rotor, em
polegadas
Simples aspiração,
rotor sirocco
2º número
Largura nominal
do rotor, em
polegadas
Fabricação Especial
Sob pedido podem ser estudadas linhas de ventiladores com variantes
construtivas,tais como:
– Montagens especiais;
– Acabamento com pintura epoxi;
– Eixo prolongado;
Assim como podem ser fornecidos com os seguintes acessórios:
– Base regulável para o motor;
– Flanges e contra-flanges;
– Tela de proteção na aspiração;
– Protetor de polias e correias;
– Base única para motor e ventilador.
Terminologia
Símbolos
V
pt
p st
Pd
n
u
C2
PA
h
I
g
Unidades
m³/h ou m³/s
mmca ou Pa
mmca ou Pa
mmca ou Pa
rpm
m/s
m/s
kW
A
m/s²
kg/m³
Designação
Vazão de ar
Pressão total
Pressão estática
Pressão dinâmica
Velocidade de rotação
Velocidade periférica
Velocidade de descarga
Potência absorvida
Rendimento
Corrente absorvida
Aceleração da gravidade
Densidade
6
L
Sem quadro
de fixação
SR
Com quadro
de fixação
T2L
Duplex, sem quadro
de fixação
T2SR
Duplex, com quadro
de fixação
T3L
T3R
Triplex, sem
quadro de fixação
Triplex, com mancais
de FoFo e com
quadro de fixação
NÍVEIS SONOROS
DETERMINAÇÃO DE NÍVEIS
SONOROS
Considerações gerais
Para os ventiladores tipo TDA utilizar os gráficos 1 e 2.
Para os ventiladores tipo TSA utilizar os gráficos 3 e 4.
Os gráficos 1 e 3 dão um valor base em dB conforme o
tamanho e a rotação. Se o ventilador for duplex somar 3
dB, e se for triplex somar 5 dB.
Os gráficos 2 e 4 corrigem o valor base em função da
vazão, da pressão total e do tamanho do ventilador.
O resultado será que o nível de potência sonora resulta
do valor base + correção em dB.
O ruído gerado por um determinado ventilador depende
de um grande número de fatores, tais como: número de
pás, forma das pás, vazão e pressão de trabalho, velocidade do ar, etc.
Os métodos de determinação de ruído estão baseados
na medição do nível de pressão sonora, em diversos
pontos, mediante um decibelímetro, associado a um
analisador de bandas de oitavas, a partir do qual se faz
uma avaliação do nível de potência sonora.
O nível de potência sonora é característico de uma
determinada fonte, e não depende, como o nível de pressão sonora, de fatores externos, tais como as características do local onde se encontra a fonte sonora (local
reverberante ou local absorvente), distância da mesma,
dimensões do local, existência de outras fontes sonoras, etc.
Ambos níveis, potência e pressão sonora, são designados em decibéis (dB), que é uma unidade adimensional,
expressada como o logarítmo da relação entre o valor
medido e um valor de referência.
Assim, o nível de potência sonora, SWL, vem dado pela
expressão:
SWL
A partir deste valor de potência sonora gerada, em dB,
seguindo os passos marcados na tabela de cálculo
seguinte determinaremos:
• Potência sonora emitida ao duto em dB;
• Espectro desta potência sonora;
• Espectro ponderado segundo a escala de atenuação A;
•Espectro atenuado segundo a escala A da potência emitida pelo ventilador;
• Potência sonora emitida pelo ventilador em dB;
• Pressão sonora a uma distância D do ventilador, em
dB, em condições de campo livre.
Exemplo:
10 log w
wº
Determinar o nível de potência sonora, em dB, emitido a
um duto, assim como o nível de pressão sonora, em dB,
a 1m de distância para um ventilador TDA 18/18 que tem
10.000 m³/h de vazão de ar, com uma pressão total de
68 mmca, girando a 900 rpm de rotação.
Devemos obter como resultado:
Potência sonora emitida ao duto: 88 dB.
Pressão sonora a 1 m de distância: 79 dB.
sendo:
W = potência sonora em Watts
W = potência sonora de referência (10 Watts)
°
-12
É conveniente recordar que todos os ventiladores centrífugos possuem seu mínimo nível sonoro no entorno
do ponto de rendimento ótimo; assim, não é correto selecionar um ventilador simplesmente porque sua velocidade de descarga é baixa, ou caracterizar o nível sonoro segundo a velocidade de giro.
Determinação dos níveis sonoros
Para determinar os valores dos níveis sonoros gerados
por um ventilador em seu funcionamento, anexamos os
gráficos (1 e 2 para ventiladores de dupla aspiração,
TDA, 3 e 4 para ventiladores de simples aspiração,
TSA) e a tabela A.
Os dados necessários para iniciar o cálculo são:
• Tipo de ventilador, TDA ou TSA
• Tamanho do ventilador
• Vazão do ventilador (m³/h)
• Pressão total (mmca)
• Rotação do ventilador (rpm)
8
DETERMINAÇÃO DE NÍVEIS
SONOROS - EXEMPLO
DETERMINAÇÃO DE NÍVEIS SONOROS
Tamanho do Ventilador: 18/18
Gráfico 1 ou 3
Gráfico 2 ou 4
Vazão (m³/h) : 10.000
rpm: 900
A) 104 (*)
B) -3
Pressão total (mmca): 68
Potência sonora, dB
(A+B)
C) 101
Potência sonora emitida através do duto, em dB, NWE:
Espectro de potência sonora emitida pelo ventilador
tendo a aspiração ou a descarga dutada.
NwE = C) = 101 dB
Banda (Hz)
63 125 250 500 1K
C)
D)
101 101 101 101 101 101 101 101
-2
-6 -13 -18 -19 -22 -25 -30
95
88
83
82
63 125 250
E)
G) tabela A
99
-10
500
1K
2K
4K
8K
79
76
95
-6
88 83
-2
0
82
0
79
0
76
0
71
0
Espectro de potência sonora radiada pelo ventilador:
H) = E) + G)
89 89 86 83
82 79 76 71
Espectro de potência sonora emitida ao conduto:
E) = C) = D) 99
Banda (Hz)
2K 4K 8K
71
Realizando a soma logarítima do espectro H) temos:
E)
Pond. A)
-26
-16
-9
-3
0
+1
+1
-1
Potência sonora emitida, em dB, NWR = 94
Espectro ponderado, na escala A, de potência sonora:
F) = E) + Pond. A)
73 79 79 80 82 80 77 70
H)
Pond. A)
-26
-16
-9
-3
0
+1
+1
Espectro ponderado, na escala A, de potência sonora
emitida: I) = H) + Pond. A)
63
73 77 80 82 80 77 70
Realizando a soma logarítima do espectro F) temos:
Potência emitida ao conduto, em dB(A), NWEA = 88
Realizando a soma logarítima do espectro I) temos:
Potência sonora emitida, em dB(A), NWRA = 87
Pressão sonora, em dB(A), NPA, a 1 metro(s), em
condições de campo livre:
SOMA LOGARÍTIMA
Dif
Soma
Dif
Soma
3
2,5
2,1
1,8
1,5
1,2
1
0,8
8
9
10
11
12
13
14
15
0,7
0,9
0,5
0,4
0,3
0,3
0,2
0,2
NPA = NWRA - Dedução
1º)Ordenar o espectro de
maior a menor.
2º)Agrupar os valores dois
a dois e somar ao maior o
valor da seguinte tabela, de
acordo com a diferença
entre os valores a somar.
0
1
2
3
4
5
6
7
-1
NPA = 79
DEDUÇÃO EM dB POR DISTÂNCIA
1m : 8
1,5 : 11,5
2m : 14
3m : 17,5
5m : 22
(*) Nos ventiladores duplex, somar 3 dB ao valor base; nos ventiladores triplex, somar 5 dB.
9
DETERMINAÇÃO DE NÍVEIS
SONOROS
DETERMINAÇÃO DE NÍVEIS SONOROS
Tamanho do Ventilador:
Gráfico 1 ou 3
Gráfico 2 ou 4
Vazão (m³/h) :
rpm:
A)
B)
Pressão total (mmca):
(*)
Potência sonora, dB
(A+B)
C)
Potência sonora emitida através do duto, em dB, NWE:
NwE = C) =
Espectro de potência sonora emitida pelo ventilador
tendo a aspiração ou a descarga dutada.
dB
Banda (Hz)
Banda (Hz)
C)
D)
63 125 250 500 1K
63 125 250
500
1K
2K
4K
8K
2K 4K 8K
E)
G) tabela A
-2
-6
-13
-18 -19 -22 -25 -30
Espectro de potência sonora radiada pelo ventilador:
H) = E) + G)
Espectro de potência sonora emitida ao conduto:
E) = C) = D)
Realizando a soma logarítima do espectro H) temos:
E)
Pond. A)
-26
-16
-9
-3
0
+1
+1
-1
Potência sonora emitida, em dB, NWR =
Espectro ponderado, na escala A, de potência sonora:
F) = E) + Pond. A)
H)
Pond. A)
Realizando a soma logarítima do espectro F) temos:
Espectro ponderado, na escala A, de potência sonora
emitida: I) = H) + Pond. A)
-26
-16
-9
-3
0
+1
+1
Potência emitida ao conduto, em dB(A), NWEA =
Realizando a soma logarítima do espectro I) temos:
Potência sonora emitida, em dB(A), NWRA =
Pressão sonora, em dB(A), NPA, a 1 metro(s), em
condições de campo livre:
SOMA LOGARÍTIMA
Dif
Soma
Dif
Soma
3
2,5
2,1
1,8
1,5
1,2
1
0,8
8
9
10
11
12
13
14
15
0,7
0,9
0,5
0,4
0,3
0,3
0,2
0,2
NPA = NWRA - Dedução
1º)Ordenar o espectro de
maior a menor.
2º)Agrupar os valores dois
a dois e somar ao maior o
valor da seguinte tabela, de
acordo com a diferença
entre os valores a somar.
0
1
2
3
4
5
6
7
NPA =
DEDUÇÃO EM dB POR DISTÂNCIA
1m : 8
1,5 : 11,5
2m : 14
3m : 17,5
5m : 22
(*) Nos ventiladores duplex, somar 3 dB ao valor base; nos ventiladores triplex, somar 5 dB.
10
-1
POTÊNCIA SONORA
DETERMINAÇÃO DO VALOR BASE
DUPLA ASPIRAÇÃO (TDA)
Gráfico nº 1
rpm
3000
7 /7
2900
2800
2700
2600
9/7
9/9
2500
2400
10/
8
10/
10
2300
2200
2100
2000
12
12
/9
/12
1900
1800
1700
1600
1500
15
15
/1
/1
1
1300
5
1400
1200
18
1000
8
/1
18
/1
3
1100
900
/22
22
800
700
/20
20
600
/25
25
500
28
400
30/
300
200
100
70
75
80
85
90
11
95
100
105
dB
POTÊNCIA SONORA
CORREÇÃO DO VALOR BASE
DUPLA ASPIRAÇÃO (TDA)
30
/2
8
25
/2
5
18
20/18
/2
0
22
/2
2
18
15/13
/1
5
7/
7
9/
7
dB
15
13
11
9/
109
10/8
/1
12 0
/9
15
/11
12
/1
2
Gráfico nº 2
9
6
5
4
3
2
1
0
-1
-2
-3
-4
-5
-6
-7
-8
-9
140
120
- 1400
- 1200
100
80
70
60
- 1000
- 900
- 800
- 700
- 600
50
45
40
35
30
- 500
- 450
- 400
- 350
- 300
25
- 250
20
- 200
15
- 150
10
- 100
- 50
x 1000 m
1
2
3
4
5
6 7 8 9 10
12
15
20 25 30
40 50 60 70
90
pt(Pa)
pt(mmca)
-10
POTÊNCIA SONORA
DETERMINAÇÃO DO VALOR BASE
SIMPLES ASPIRAÇÃO (TSA)
Gráfico nº 3
rpm
3000
2900
9/4
2800
2700
2600
2500
10/5
2400
2300
2200
2100
12/6
2000
1900
1800
1700
15/7
1600
1500
1400
18/9
1300
1200
20/10
1100
22/11
1000
25/13
900
800
30/14
700
600
500
400
300
200
100
70
75
80
85
90
13
95
100
105
dB
POTÊNCIA SONORA
CORREÇÃO DO VALOR BASE
SIMPLES ASPIRAÇÃO (TSA)
20
/1
22 0
/
30
25 11
/1
/1
4
3
9
18
/9
9/
4
10
/5
dB
15
13
11
12
/6
e
15
/7
Gráfico nº 4
6
5
4
3
2
1
0
-1
-2
-3
-4
-5
-6
-7
-8
-9
-10
- 1800
- 1600
- 1400
- 1200
100
90
80
70
60
- 1000
- 900
- 800
- 700
50
45
40
35
30
- 500
- 400
- 450
- 350
- 300
25
- 250
20
- 200
15
- 150
- 600
- 100
x 1000 m
1
2
3
4
5
6 7 8 9 10
14
15
20 25 30
40 50 60 70
90
pt(Pa)
pt(mmca)
200
180
160
140
120
TABELA A
Tabela A
63
125
250
500
1K
2K
4K
8K
7/7
-16
-11
-7
-3
0
0
0
0
9/4
-14
-10
-5
-2
0
0
0
0
9/7
-14
-10
-5
-2
0
0
0
0
9/9
-14
-10
-5
-2
0
0
0
0
10/5
-13
-9
-5
-1
0
0
0
0
10/8
-13
-9
-5
-1
0
0
0
0
10/10
-13
-9
-5
-1
0
0
0
0
12/6
-12
-8
-4
-1
0
0
0
0
12/9
-12
-8
-4
-1
0
0
0
0
12/12
-12
-8
-4
-1
0
0
0
0
15/7
-11
-7
-3
0
0
0
0
0
15/11
-11
-7
-3
0
0
0
0
0
15/15
-11
-7
-3
0
0
0
0
0
18/9
-10
-6
-2
0
0
0
0
0
18/13
-10
-6
-2
0
0
0
0
0
18/18
-10
-6
-2
0
0
0
0
0
20/10
-9
-5
-1
0
0
0
0
0
20/20
-9
-5
-1
0
0
0
0
0
22/11
-8
-4
-1
0
0
0
0
0
22/22
-8
-4
-1
0
0
0
0
0
25/13
25/25
-8
-8
-4
-4
-1
-1
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
30/14
-7
-3
0
0
0
0
0
0
30/28
-7
-3
0
0
0
0
0
0
Correção do espectro de potência sonora, por efeito de ter a aspiração ou a impulsão livre, para determinar a potência emitida
pelo ventilador.
15
DUPLA ASPIRAÇÃO
DIMENSÕES E CURVAS CARACTERÍSTICAS
CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS
VENTILADORES DUPLA ASPIRAÇÃO - LINHA L
- Lingueta: Vai montada na boca de descarga e tem por
objetivo evitar possíveis turbulências na saída do ar,
para o qual seu perfil tem um projeto aerodinâmico especial. A forma de união da lingueta à carcaça, mediante
um sistema de encaixe e parafusos, permite sua desmontagem para uma fácil extração do rotor.
Gama de Fabricação
Quatro famílias compõem os ventiladores da linha ligeira:
-Rotor único(L): São ventiladores de dupla aspiração
para acionamento por transmissão e poderão ser fornecidos com fixação mediante pés de apoio. São fabricados nos tamanhos 7/7 ao 18/18.
- Suportes dos rolamentos: São fixados aos bocais de
aspiração mediante rebites, e estão projetados de forma
a obter uma grande rigidez e uma mínima resistência à
passagem do ar.
Rotor
É do tipo de ação (pás curvadas para frente), e integrado
por: pás, discos centrais, cubo de fixação e anéis
laterais. O conjunto é perfeitamente balanceado
estática e dinamicamente em máquinas eletrônicas de
alta sensibilidade.
- Rotor Duplo (T2L): Se trata de dois ventiladores de
dupla aspiração formando um só conjunto com eixo de
acionamento comum. São fabricados nos tamanhos 7/7
ao 18/18.
-Pás: A forma e o número das pás foram projetados para
assegurar um alto rendimento. São fabricadas em
chapa de aço galvanizado.
-Discos centrais: As pás são fixadas aos discos
centrais mediante um esmerado sistema de encaixe.
Ambos os discos estão unidos entre si mediante rebites
ou parafusos, e são fabricados em chapa de aço
galvanizado.
-Cubo de fixação: Se acopla aos discos centrais
mediante rebites ou parafusos e são fixados ao eixo
mediante chaveta e/ou parafuso prisioneiro.
- Rotor Triplo (T3L): Se trata de três ventiladores de
dupla aspiração formando um só conjunto com eixo de
acionamento comum. São fabricados nos tamanhos 7/7
ao 18/18.
-Anéis laterais: Em chapa de aço galvanizado, permitem a recravação das pás.
Eixo
Elaborado a partir de barra de aço retificada com
tolerância adequada. Suas extremidades estão previstas para fixação da polia mediante chaveta.
Características construtivas
Carcaça
Está integrada por: cinta, laterais, linguetas e suportes
dos rolamentos. Todos estes elementos, à exceção dos
suportes dos rolamentos, são fabricados em chapa de
aço galvanizado de primeira qualidade. Os suportes dos
rolamentos são fabricados em alumínio fundido.
Nos ventiladores tipo T2L e T3L, as cintas são unidas
mediante três perfis, de chapa galvanizada, rebitados às
mesmas, que conferem grande robustez ao conjunto.
Rolamentos
São do tipo rígido autocompensador de esferas,
blindados, com lubrificação permanente.
Vão montados dentro de amortecedores de borracha
assegurando ruído mínimo.
Os ventiladores da família T2L são montados com três
mancais, dois nos bocais de aspiração extremos e outro
em um dos bocais de aspiração centrais, entre os
ventiladores. A temperatura de trabalho está situada
entre -30°C e 80°C.
- Laterais: As laterais se unem à cinta mediante solda
elétrica por pontos e são fabricadas numa só peça. Os
bocais de aspiração, projetados de forma aerodinâmica
para conseguir maior rendimento, são estampados nas
mesmas. Levam uma série de furos para fixação dos pés
de apoio, permitindo quatro posições de montagem.
Acabamento
O acabamento da carcaça se realiza recobrindo os
pontos de solda com pintura anti-oxidante.
O eixo é recoberto com verniz de proteção ou graxa.
17
B
So
C
DIMENSÕES TDA-L
SÉRIE PEQUENA
L1
K
Po
K
L
J
A
W1
Z
Y
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO
A
B
C
J
K
L
L1
Po
So
W1
7/7
307
321
179
392
80
146
28
232
209
45
9/7
376,5
391
218
417
84
180
34
249
265
9/9
376,5
391
218
458
80
180
34
298
10/8
427
441
246
442
84
207
38
10/10
427
441
246
494
84
207
12/9
497
522
291
493
92
12/12
497
522
291
564
15/11
580
616
344
15/15
580
616
18/13
688
18/18
688
Y
Z
19,05
6,35
21,7
5
55
19,05
6,35
21,7
8,5
265
50
19,05
6,35
21,7
9
274
289
55
19,05
6,35
21,7
9,5
38
326
289
55
19,05
6,35
21,7
10,5
236
38
309
341
65
25,4
6,35
28,05
14
89
236
38
386
341
65
25,4
6,35
28,05
16
564
96
272
39
372
402
65
25,4
6,35
28,05
21
344
665
96
272
39
473
402
70
25,4
6,35
28,05
24
743
416,5
638
105
320
41
428
480
80
30
8
33
28,5
743
416,5
766
105
320
41
556
480
80
30
8
33
34
18
ØX
Peso(Kgf)
B
So
C
DIMENSÕES TDA-T2L
SÉRIE PEQUENA
L1
K
Po
N
Po
K
L
J
A
Y
Z
W1
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO
A
B
C
J
K
L
L1
N
Po
So
W1
7/7
307
321
179
808
80
146
28
184
232
209
45
9/7
376,5
391
218
866
94
180
34
180
249
265
9/9
376,5
391
218
1020
94
180
34
236
298
10/8
427
441
246
886
94
207
38
150
10/10
427
441
246
1070
94
207
38
12/9
497
522
291
1081
104
236
12/12
497
522
291
1235
104
15/11
580
616
344
1333
15/15
580
616
344
18/13
688
743
18/18
688
743
Y
Z
19,05
6,35
21,7
11,5
65
19,05
6,35
21,7
19
265
65
19,05
6,35
21,7
20,5
274
289
65
19,05
6,35
21,7
22
230
326
289
65
19,05
6,35
21,7
24
38
255
309
341
80
25,4
6,35
28,05
30
236
38
255
386
341
80
25,4
6,35
28,05
34
104
272
39
381
372
402
80
25,4
6,35
28,05
45
1535
104
272
39
381
473
402
80
25,4
6,35
28,05
52,5
416,5
1573
130
320
41
457
428
480
70
30
8
33
63
416,5
1829
130
320
41
457
556
480
70
30
8
33
75
19
ØX
Peso(Kgf)
CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS
VENTILADORES DUPLA ASPIRAÇÃO - LINHA SR
-Laterais: As laterais se unem à cinta mediante solda
elétrica por pontos. Na série pequena são fabricados
numa só peça, sendo estampados nas mesmas os bocais de aspiração. Na séria grande os bocais são postiços
e são unidos às laterais por rebites.
Gama de Fabricação
Cinco famílias compõem os ventiladores da linha cúbica:
-Rotor único(SR): São ventiladores de dupla aspiração
para acionamento por transmissão e fixação por meio do
quadro que faz parte de sua estrutura. São fabricados do
tamanho 7/7 ao 30/28. Os tamanhos 20/20 ao 30/28 possuem mancal de ferro fundido.
- Lingueta: Tanto na série pequena quanto na série
grande, tem uma desmontagem fácil e permite a
extração do rotor.
-Quadro: É fabricado de cantoneira de aço de espessura adequada. Sua forma cúbica confere grande rigidez
ao ventilador e permite a montagem em quatro posições
distintas.
-Suportes dos rolamentos: Na série pequena são
fixados aos bocais de aspiração mediante rebites, e tem
forma idêntica aos da linha ligeira. Na série grande,
assim como na linha T3R, os mancais (de ferro fundido)
se apoiam numa base parafusada.
- Rotor Duplo (T2SR): Se trata de dois ventiladores de
dupla aspiração, estruturados, formando um só conjunto
com eixo de acionamento comum. São fabricados nos
tamanhos 7/7 ao 30/28. Os tamanhos 20/20 ao 30/28
possuem mancal de ferro fundido estruturados.
Rotor
É do tipo de ação (pás curvadas para frente), e integrado
por: pás, discos centrais, cubos de fixação e anéis
laterais. O conjunto é perfeitamente balanceado
estática e dinamicamente com máquinas eletrônicas de
alta sensibilidade.
-Pás: A forma e o número das pás foram projetados
para assegurar um alto rendimento. São fabricadas em
chapa de aço galvanizado.
-Discos centrais: Ambos os discos estão unidos entre
si mediante rebites, e são fabricados em chapa de aço
galvanizado.
- Rotor Triplo (T3R): Se trata de três ventiladores de
dupla aspiração, com mancais de ferro fundido, estruturados, formando um só conjunto com eixo de acionamento comum. São fabricados nos tamanhos 7/7 ao 30/28.
-Cubos de fixação: Se acoplam aos discos centrais
mediante rebites e/ou parafusos e são fixados ao eixo
mediante chaveta e/ou parafuso prisioneiro.
-Anéis laterais: Em chapa de aço galvanizado, permitem a recravação das pás na série pequena. Na série
grande as pás são rebitadas/recravadas aos anéis.
Eixo
Elaborado a partir de barra de aço com tolerância
adequada. Suas extremidades estão previstas para
fixação da polia mediante chaveta.
Características construtivas
Rolamentos
São do tipo rígido autocompensador de esferas,
blindados com lubrificação permanente. Na série
pequena são montados dentro de amortecedores de
borracha. Na série grande, assim como toda a gama de
T3R, os rolamentos são montados em mancal de ferro
fundido com graxeira. A série T3R possui três mancais.
Carcaça
Está integrada por: cinta, laterais, lingueta, quadro e
suportes dos rolamentos. Todos estes elementos, à exceção dos suportes dos rolamentos, são fabricados em
chapa de aço galvanizado de primeira qualidade. Para
efeitos de descrição, vamos dividir a gama de modelos
em duas séries: até o tamanho 18/18, que chamaremos
de pequena, e a dos tamanhos superiores, que chamaremos de série grande.
Acabamento
O acabamento da carcaça se realiza recobrindo os
pontos de solda com pintura anti- oxidante.
O eixo é recoberto com verniz de proteção.
- Cinta: A rigidez da boca de descarga é conseguida através do quadro.
20
DIMENSÕES TDA-SR
SÉRIE PEQUENA
Hb
L
I
J
=
K1
Hc
Ø10
F1
E
So
K1
=
Po
Q
=
F
=
=
=
D
P
Y
Z
W1
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO
D
E
F
Hb
Hc
I
J
K1
L
P
Po
Q
So
W1
Y
Z
7/7
295
330
220
255
F1
167
146
4,5
392
56
146
280
232
257
209
45
19,05
6,35
21,7
6
9/7
351
400
280
327
198
178
4
417
60
180
297
249
274
265
55
19,05
6,35
21,7
10,5
9/9
351
400
280
327
198
178
4
458
56
180
346
298
323
265
50
19,05
6,35
21,7
11,5
10/8
402
452
326
377
225
201
5
442
60
207
322
274
299
289
55
19,05
6,35
21,7
12
10/10
402
452
326
377
225
201
5
494
60
207
374
326
351
289
55
19,05
6,35
21,7
13,5
12/9
475
534
384
443
269
238
5
493
63
236
367
309
339
341
65
25,4
6,35
28,05
17
12/12
475
534
384
443
269
238
5
564
60
236
444
386
416
341
65
25,4
6,35
28,05
19
15/11
553
622
460
531
313
273,5
4,5
564
67
272
430
372
403
402
65
25,4
6,35
28,05
24
15/15
553
622
460
531
313
273,5
4,5
665
67
272
531
473
504
402
70
25,4
6,35
28,05
28
18/13
666
754
553
641
380
333
5
638
70
320
498
428
464
480
80
30
8
33
33,5
18/18
666
754
553
641
380
333
5
766
70
320
626
556
592
480
80
30
8
33
39
21
ØX
Peso(Kgf)
DIMENSÕES TDA-SR
SÉRIE GRANDE
Hb
L
7,5
J
=
K1
F1
Hc
E
So
K1
Ø 12
=
Po
=
F
=
=
Q
=
D
P
Y
Z
W1
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO
D
E
F
F1
Hb
Hc
J
K1
L
P
Po
Q
So
W1
ØX
Y
Z
20/20
795
935
595
735
467
402,5
872
95
373
682
602
646
604
50
35
10
38
84
22/22
863
1019
663
819
509
436,5
925
95
399
735
655
699
694
50
35
10
38
94
1035
95
427
845
765
809
794
50
35
10
38
113
1230
131
517
968
888
932
932
80
40
12
43
145
25/25
953
1142
753
942
571
490,5
30/28
1159
1374
959
1174
687
588
22
Peso(Kgf)
DIMENSÕES TDA-T2SR
SÉRIE PEQUENA
J
Po
N
Hb
L
I
Po
So
=
K1
Hc
E
F1
K1
Q
=
O
Q
=
Ø10
=
F
=
P
=
D
Y
Z
W1
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO D
E
F
F1 Hb
Hc
146
I
J
K1
L
N
O
P
Po
Q
So
W1 ØX
Y
Z
Peso(Kgf)
7/7
295
330
220
255
167
4,5
808
56
146
184
159
696
232
257
209
45
19,05 6,35
21,7
13
9/7
351
400
280
327
198
178
4
866
70
180
180
155
726
249
274
265
65
19,05 6,35
21,7
20
9/9
351
400
280
327
198
178
4
1020
70
180
236
211
880
298
323
265
65
19,05 6,35
21,7
22
10/8
402
452
326
377
225
201
5
886
70
207
150
125
746
274
299
289
65
19,05 6,35
21,7
25
10/10
402
452
326
377
225
201
5
1070
70
207
230
205
930
326
351
289
65
19,05 6,35
21,7
28
12/9
475
534
384
443
269
238
5
1081
75
236
255
225
931
309
339
341
80
25,4
6,35 28,05
33
12/12
475
534
384
443
269
238
5
1235
75
236
255
225
1085 386
416
341
80
25,4
6,35 28,05
40
15/11
553
622
460
531
313 273,5
4,5
1333
75
272
381
350
1183
372
403
402
80
25,4
6,35 28,05
45
15/15
553
622
460
531
313 273,5
4,5
1535
75
272
381
350
1385 473
504
402
80
25,4
6,35 28,05
60
18/13
666
754
553
641
380
333
5
1573
95
320
457
421
1383
428
464
480
70
30
8
33
74
18/18
666
754
553
641
380
333
5
1829
95
320
457
421
1639
556
592
480
70
30
8
33
84
23
DIMENSÕES TDA-T2SR
SÉRIE GRANDE
J
Hb
L
7.5
Po
N
Po
So
=
K1
Hc
F1
E
K1
Q
=
Q
O
=
Ø12
=
F
=
P
=
D
Y
Z
W1
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO
D
E
F
F1
Hb
Hc
J
K1
L
N
O
P
Po
Q
So
W1
ØX
Y
Z
20/20
795
935
595
735
467
402,5
2028
132
373
480
436
1764
602
646
604
80
40
12
43
195
22/22
863
1019
663
819
509
436,5
2210
130
399
560
516
1950
655
699
694
90
45
14
48,5
215
25/25
953
1142
753
942
571
490,5
2510
130
427
640
596
2250
765
809
794
90
50
14
53,5
260
30/28
1159
1374
959
1174
687
588
2840
132
517
720
676
2576
888
932
932
90
50
14
53,5
330
24
Peso(Kgf)
DIMENSÕES TDA-T3R
Ø10
TAMANHOS 9/7 a 18/18
Po
J
Po
N
Hb
Po
L
I
N
E
F1
So
=
Hc
K1
K1
O
Q
O
Q
=
Ø12
Q
=
=
F
=
P
=
D
TAMANHOS 20/20 a 30/28
Y
Z
W1
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO
D
E
F
F1
Hb
Hc
I
J
K1
L
N
O
P
Po
Q
So
W1
ØX
Y
Z
9/7
351
400
280
327
198
178
4
1333
85
180
184
159
1163
249
274
265
75
25,4
6,35
28,05
40
9/9
351
400
280
327
198
178
4
1606
88
180
244
219
1430
298
323
265
80
25,4
6,35
28,05
58
10/8
402
452
326
377
225
201
5
1468
85
207
214
189
1298
274
299
289
80
25,4
6,35
28,05
55
10/10
402
452
326
377
225
201
5
1722
85
207
263
238
1552
326
351
289
80
25,4
6,35
28,05
60
12/9
475
534
384
443
269
238
5
1669
98
236
244
214
1473
309
339
341
95
30
8
33
70
12/12
475
534
384
443
269
238
5
2054
95
236
324
294
1864
386
416
341
95
30
8
33
80
15/11
553
622
460
531
313
273.5
4,5
1952
95
272
294
263
1762
372
403
402
95
30
8
33
95
15/15
553
622
460
531
313
273.5
4,5
2435
95
272
384
353
2245
473
504
402
95
30
8
33
115
18/13
666
754
553
641
380
333
5
2458
95
320
457
421
2268
428
464
480
70
30
8
33
140
18/18
666
754
553
641
380
333
5
2560
95
320
316
280
2370
556
592
480
70
30
8
33
160
20/20
795
935
595
735
467
402.5
7,5
3106
130
373
480
436
2846
602
646
604
80
40
12
43
315
22/22
863
1019
663
819
509
436.5
7,5
3425
130
399
560
516
3165
655
699
694
90
45
14
48,5
345
25/25
953
1142
753
942
571
490.5
7,5
3915
130
427
640
596
3655
765
809
794
90
50
14
53,5
425
30/28
1159
1374
959
1174
687
588
7,5
4444
130
517
720
676
4184
888
932
932
90
50
14
53,5
540
25
Peso(Kgf)
TDA 7/7
L
n max.
motor max.
150
140
130
120
110
100
T2L
3100
1,5
2500
1
rpm
kW
2400
1,5
2500
1,5
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,02
0,02
0,04
0,04
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x2,15
x 1,05
n(rpm) x 0,0097
1400
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
100
10
250
C² (m/s)
pd (mmca)
500
2
3
1500
1000
4
1
5
10
2
3
26
4
5
3000
2000
15
10
4000
20
20
5000
V(m³/h)
30
30 40 50
70
TDA 9/7
L
n max.
motor max.
T2L
2400
2
1800
1
rpm
kW
1800
1,5
T3
2400
3
1800
4,5
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,03
0,03
0,06
0,06
0,09
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0126
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
500
C² (m/s)
pd (mmca)
1000
3
4
1
1500
2000
5
3000
10
2
3
4
15
10
5
27
4000
6000
20
20
8000 10000
30
30 40 50
40
70
V(m³/h)
TDA 9/9
L
n max.
motor max.
T2L
2400
2,3
1800
1,3
rpm
kW
T3
1800
1,7
2400
3
1800
4,5
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,06
0,06
0,11
0,11
0,16
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0126
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
10
100
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
500
C² (m/s)
pd (mmca)
1000
2
3
1500
4
1
2000
3000
5
4000
10
2
3
4
5
28
6000
15
10
20
20
8000 10000
30
30 40 50
40
70
V(m³/h)
TDA 10/8
L
n max.
motor max.
T2L
2200
3
1700
1,5
rpm
kW
T3
1700
2
2200
4,5
1700
6
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,05
0,05
0,9
0,9
0,14
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0140
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
500
C² (m/s)
pd (mmca)
1000
2
3
1500
4
1
2000
3000
5
4000
10
2
3
4
5
29
6000
15
10
20
20
8000 10000
30
30 40 50
40
70
V(m³/h)
TDA 10/10
L
n max.
motor max.
T2L
2200
3
1700
2
rpm
kW
T3
1700
2,5
2200
4,5
1700
6
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,06
0,06
0,11
0,11
0,16
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0140
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
500
C² (m/s)
pd (mmca)
1000
2
3
1500
4
1
2000
3000
5
4000
10
2
3
30
4
5
6000
15
10
8000 10000
20
20
30 40
30 40 50
70
V(m³/h)
TDA 12/9
L
n max.
motor max.
T2L
1800
3,5
1400
2,5
rpm
kW
T3
1400
3
1400
7
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,09
0,09
0,18
0,18
0,27
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0169
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
50
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
1800
5,5
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
750
C² (m/s)
pd (mmca)
1000
1500
3
4
1
2000
3000
4000
5
6000
10
2
3
4
15
10
5
31
8000 10000
20
20
14000
30
30 40 50
40
70
V(m³/h)
TDA 12/12
L
n max.
motor max.
T2L
1800
3,5
1400
2,5
rpm
kW
T3
1400
3
1800
5,5
1400
7
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,11
0,11
0,22
0,22
0,33
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0169
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
1000
C² (m/s)
pd (mmca)
1500
3
2000
4
1
3000
4000
5
6000
10
2
3
4
15
10
5
32
8000 10000
20
20
15000
20000
30
40
30 40 50
70
V(m³/h)
TDA 15/11
L
n max.
motor max.
T2L
1400
5
1200
74
rpm
kW
T3
1200
5
1400
8,5
1200
11
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,23
0,23
0,46
0,46
0,69
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0203
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
1000
1500
2
3
C² (m/s)
pd (mmca)
2000
3000
4
1
4000
6000
5
8000 10000
10
2
3
4
5
33
15
10
20
20
15000
20000
30
40
30 40 50
70
V(m³/h)
TDA 15/15
L
n max.
motor max.
T2L
1400
5,5
1200
4
rpm
kW
T3
1200
5,5
1400
8,5
1200
11
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,27
0,27
0,54
0,54
0,80
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0203
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
1500
C² (m/s)
pd (mmca)
2000
3
3000
4
1
4000
6000
5
8000 10000
10
2
3
4
15000
15
5
10
34
20
20
20000
30
30 40 50
30000
40
70
V(m³/h)
TDA 18/13
L
n max.
motor max.
T2L
1200
7
1000
5
rpm
kW
T3
1000
6
1200
11
1000
13
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,46
0,46
0,92
0,92
1,38
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0241
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
2000
C² (m/s)
pd (mmca)
3
3000
4
1
4000
6000
8000 10000
5
10
2
3
4
5
15000
15
10
35
20
20
20000
30000
30
30 40 50
40
70
40000
V(m³/h)
TDA 18/18
L
n max.
motor max.
T2L
1200
7
1000
5
rpm
kW
T3
1000
6
1200
11
1000
13
u
m/s
PD²/4
kg m²
0,59
0,59
1,18
1,18
1,77
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0241
150
140
130
120
110
100
1400
1200
1000
90
900
80
800
70
700
60
600
500
40
400
30
300
20
200
Pa(N/m²)
pt (mmca)
50
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
2000
C² (m/s)
pd (mmca)
3000
4000
3
4
1
6000
8000 10000
5
10
2
3
4
5
10
36
15000
20000
15
20
20
30000
30
30 40 50
40000
40
70
V(m³/h)
TDA 20/20
n max.
motor max.
950
17
1000
9
rpm
kW
900
20
u
m/s
PD²/4
kg m²
1,14
2,27
3,41
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0288
120
110
1200
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
100
900
80
800
70
700
60
600
50
500
40
400
30
300
20
200
10
100
Pa(N/m²)
pt (mmca)
90
1000
2000
C² (m/s)
pd (mmca)
3000
2
4000
3
6000
4
1
8000
10000
15000
10
5
2
3
4
37
5
20000
30000
15
10
20
20
40000
30
30 40 50
70
V(m³/h)
TDA 22/22
n max.
motor max.
850
20
900
11,5
rpm
kW
800
23
u
m/s
PD²/4
kg m²
1,60
3,19
4,79
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0314
120
110
100
90
1200
1000
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
900
800
70
700
60
600
50
500
40
400
30
300
pt (mmca)
Pa(N/m²)
80
200
20
100
10
2000
C ² (m/s)
pd (mmca)
3000
2
4000
6000
3
4
1
8000
10000
15000
20000
10
5
2
3
38
4
5
30000
15
10
40000
20
20
30 40 50
V(m³/h)
TDA 25/25
n max.
motor max.
650
23
700
13
rpm
kW
600
26
u
m/s
PD²/4
kg m²
2,49
4,98
7,46
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0351
120
110
1200
1000
100
900
80
800
70
700
60
600
50
500
40
400
30
300
pt (mmca)
Pa(N/m²)
90
200
20
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
5000
C ² (m/s)
pd (mmca)
10000
3
4
1
15000
20000
30000
40000
10
15
20
5
2
3
4
5
10
39
20
60000
80000 100000 V(m³/h)
30
30
40 50
40
70
TDA 30/28
n max.
motor max.
550
28
600
15
rpm
kW
500
32
u
m/s
PD²/4
kg m²
4,98
9,97
14,95
V
PA
n
m³/h
kW
rpm
x1
x1
x1
x2
x 2,15
x 1,05
x3
x 3,25
x 1,08
n(rpm) x 0,0419
120
110
1200
1000
100
900
80
800
70
700
60
600
50
500
40
400
30
300
pt (mmca)
Pa(N/m²)
90
200
20
100
10
Não utilizável
Utilizável segundo a série
Não recomendado
5000
C ² (m/s)
pd (mmca)
10000
2
3
15000
4
1
20000
30000
5
40000
10
2
3
4
40
5
60000
15
10
30
20
20
80000 100000 V(m³/h)
30
40 50
40
70
SIMPLES ASPIRAÇÃO
DIMENSÕES E CURVAS CARACTERÍSTICAS
CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS
VENTILADORES SIMPLES ASPIRAÇÃO - LINHA SR
SÉRIE GRANDE
Gama de Fabricação
É composta de uma só família, de rotor único, denominada TSA. São fabricados nos tamanhos 7/3 ao 30/14
C a r c a ça
-Laterais: No lado da transmissão a lateral é cega,
com furo para passagem do eixo. É soldada por pontos à cinta.
No lado da aspiração o bocal é uma peça à parte e
unido à lateral mediante rebites. Unido à carcaça
por parafusos é fornecido um colarinho para facilitar o acoplamento à instalação.
Características Construtivas
Para efeitos de descrição, vamos dividir a gama dos
modelos em duas séries:
-Série pequena = tamanhos 7/3, 9/4, 10/5, 12/6, 15/7 e
18/9.
-Série grande = tamanhos 20/10, 22/11, 25/13 e 30/14.
-Suportes dos rolamentos: No lado da aspiração o
suporte é fixado ao colarinho de aspiração por parafusos. É feito de perfil de aço galvanizado de espessura
adequada. No lado da transmissão o suporte do
rolamento é parafusada ao quadro principal.
Sendo esta família pertencente a série cúbica, descrita
anteriormente para dupla aspiração, destacaremos unicamente os aspectos que diferem destes últimos.
SÉRIE PEQUENA
Carcaça
- Laterais: Em ambos os lados são construídas de uma
só peça. No lado da transmissão a lateral é cega, com
furo para a passagem do eixo; no lado da aspiração a
lateral possui bocal de aspiração estampado. Na aspiração é fornecido um colarinho soldado para acoplamento
a dutos.
Rotor
As pás são fixadas ao disco e anel laterais mediante
sistema de encaixe.
É do tipo de ação (pás curvadas para frente), e integrado
por: pás, disco lateral, cubo de fização (os tensores são
utilizados somente no tamanho 30/28).
O cubo é acoplado ao disco mediante rebites.
-Suportes dos rolamentos: No lado da aspiração o
suporte é fixado ao bocal de aspiração mediante rebites,
e tem forma idêntica ao da linha ligeira. No lado da transmissão o suporte do rolamento se apoia numa travessa
rebitada a lateral.
Rolamentos
São do tipo rígido autocompensador de esferas,
blindados, com lubrificação permanente, e são montados em mancal de ferro fundido com graxeira.
Rotor
É do tipo de ação (pás curvadas para frente), e integrado
por: pás, disco lateral, cubo de fixação e anel lateral.
As pás são fixadas ao disco e anel laterais mediante um
sistema de encaixe. O cubo é acoplado ao disco mediante rebites.
Acabamento
O acabamento da carcaça se realiza recobrindo os
pontos da solda com pintura anti-oxidante.
O eixo é recoberto com verniz de proteção ou graxa.
O colarinho, na série pequena, assim como o conjunto
colarinho-base do mancal, na série grande, são fabricados em chapa galvanizada.
Rolamentos
São do tipo rígido autocompensador de esferas, blindados, com lubrificação permanente.
No lado da aspiração são montados dentro de amortecedores de borracha. No lado da transmissão são montados em mancal de chapa de aço repuxada com anel
amortecedor de borracha.
42
DIMENSÕES TSA-SR
SÉRIE PEQUENA / ARRANJO 1
Hb
U
L
Hc
ØR
E
F1
So
=
I
V ±10
=
Ø10
Ø10
=
Po
Q
Q1
=
Q2
M
=
P
=
F
D
Y
Z
W1
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO D
E
F
F1 Hb
Hc
I
L
M
P
Po
Q
Q1 Q2 ØR
So
U
V
W1 ØX
Y
Z
132
364
30
19,05
6,35
21,7
148,5 380,5
30
19,05
6,35
21,7
7/3
295
330
220
255
167
146
4,5
146
180
392
136
175
194
156
210
209
9/4
351
400
280
327
198
178
4
180
224
425
169
207
194
200
248
265
10/5
402
452
326
377
225
201
5
207
250
438
182
220
194
226
278
289
155
387
30
19,05
6,35
21,7
12/6
475
534
443
269
238
5
236
280
472
210
257
188
253
313
341
174
402
40
25,4
6,35
28,05
15/7
553
622
460
531
313 273,5
4,5
272
355
531
269
316
188
328
398
402 203,5 431,5
40
25,4
6,35
28,05
18/9
666
754
553
641
380
5
320
400
636
298
354
248
366
448
480
50
30
8
33
384
333
43
224
523
DIMENSÕES TSA-SR
SÉRIE PEQUENA / ARRANJO 4
V* ±10
Hb
L
F1
Hc
ØR
E
So
=
I
U
=
Ø10
Ø10
=
Po
Q
Q1*
Q2
M
=
=
P*
=
F
D
* Cotas "P", "V" e "Q1" referem-se ao maior motor utilizado.
TAMANHO D
E
F
F1 Hb
Hc
I
L
M
P
Po
Q
Q1 Q2 ØR
So
U
V
Maior motor
utilizado
132
298
71
148,5 332,5
80
7/3
295
330
220
255
167
146
4,5
146
180
362
136
175
164
156
210
209
9/4
351
400
280
327
198
178
4
180
224
425
169
207
194
200
248
265
10/5
402
452
326
377
225
201
5
207
250
438
182
220
194
226
278
289
155
382
90L
12/6
475
534
384
443
269
238
5
236
280
512
210
257
228
253
313
341
174
433
100L
15/7
553
622
460
531
313 273,5
4,5
272
355
601
269
316
258
328
398
402 203,5 518,5
132S
18/9
666
754
553
641
380
5
320
400
686
298
354
298
366
448
480
132M
333
44
224
571
DIMENSÕES TSA-SR
SÉRIE PEQUENA / ARRANJO 4K
L
=
Hc
ØR
E
F1
So
=
Hb
I
U
V*
Ø10
Po
=
=
=
Q
=
F
D
P
* Cota "V" refere-se ao maior motor utilizado.
TAMANHO D
E
F
F1 Hb
Hc
I
L
P
Po
Q ØR
U
V
Maior motor
utilizado
263
71
7/3
295
330
220
255
167
146
4,5
146
184
136
161
210
132
9/4
351
400
280
327
198
178
4
180
217
169
193
248
148,5 296,5
80
10/5
402
452
326
377
225
201
5
207
230
182
206
278
155
345
90L
12/6
475
534
384
443
269
238
5
236
268
210
240
313
174
396
100L
15/7
553
622
460
531
313 273,5
4,5
272
327
269
300
398 203,5 481,5
132S
18/9
666
754
553
641
380
5
320
368
298
333
448
132M
333
45
224
536
DIMENSÕES TSA-SR
SÉRIE PEQUENA / ARRANJO 3
V
U
Hb
L
Hc
ØR
E
F1
So
=
I
K1
=
Ø10
Po
=
F
=
Q
=
=
D
P
Y
Z
W1
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO D
E
F
F1
Hb Hc
I
K1
L
P
Po
Q
ØR So
U
V
132
158
7/3
295
330
220
255
167
146
4,5
66
146
184
136
161
210
209
9/4
351
400
280
327
198
178
4
66
180
217
169
193
248
265
10/5
402
452
326
377
225
201
5
66
207
230
182
206
278
289
155
12/6
475
534
384
443
269
238
5
64
236
268
210
240
313
341
174
15/7
553
622
460
531
313 273,5
4,5
70
272
327
269
300
398
402
18/9
666
754
553
641
380
5
82
320
368
298
333
448
480
333
46
Y
Z Peso(Kg)
40
19,05 6,35
21,7
6
40
19,05 6,35
21,7
10
181
40
19,05 6,35
21,7
11
198
40
25,4
6,35 28,05
15
45
25,4
6,35 28,05
23
55
30
148,5 174,5
203,5 233,5
224
W1 ØX
266
8
33
30
DIMENSÕES TSA-SR
SÉRIE GRANDE / ARRANJO 1
Hb
L
7,5
U
Hc
F1
ØR
E
So
=
V
=
Ø12
Ø12
=
Po
Q
Q1
Q2
M
=
=
P
W1
=
F
D
Z
Y
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO D
E
F
F1
Hb
Hc
L
M
P
Po
Q
Q1 Q2 ØR
So
U
V
W1 ØX
Y
Z
20/10
795
935
595
735
467 402,5
373
500
658
315
376
246
464
558
604
257,5
550,5
50
35
10
38
22/11
863
1019
663
819
509 436,5
399
560
691
348
409
246
524
628
694
274
567
50
35
10
38
25/13
953
1142
753
942
571 490,5
427
630
751
407
469
246
594
678
794
303,5
597,5
50
35
10
38
30/14
1159 1374 959
517
710
848
464
526
286
674
798
932
332
696
80
40
12
43
1174 687
588
47
DIMENSÕES TSA-SR
SÉRIE GRANDE / ARRANJO 3
U
L
Hb
7,5
V
Hc
ØR
E
F1
So
=
K1
=
Ø12
Po
=
F
=
Q
=
=
D
P
Y
Z
W1
ØX
PONTA DE EIXO
TAMANHO D
E
F
F1
Hb
Hc
K1
L
P
Po
Q
ØR So
20/10
795
935
595
735
467
402,5
95
373
395
315
359
558
604
22/11
863
1019
663
819
509
436,5
95
399
428
348
392
628
694
25/13
953
1142
753
942
571
490,5
95
427
487
407
451
678
794
30/14
1159 1374
959 1174
687
588
130
517
544
464
508
798
932
48
U
V
257,5 292,5
274
309
303,5 338,5
332
402
W1 ØX
Y
Z Peso(Kgf)
50
35
10
38
68
50
35
10
38
75
50
35
10
38
89
80
40
12
43
120
TSA 7/3
n max.
motor max.
rpm
kW
3100
1,5
u
m/s
n(rpm) x 0,0097
2
kg
kg m
m²
PD²/4
150
140
130
120
110
0,010
1400
Não utilizável
Não recomendado
1200
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
60
500
50
400
300
30
Pa(N/m²)
pt (mmca)
40
200
20
100
10
200
125
C2² (m/s)
pd (mmca)
2
3
500
4
1
1000
750
5
10
2
3
49
4
5
1500
15
10
2000
V(m³/h)
30
20
20
2500
30
40 50
70
TSA 9/4
n max.
motor max.
rpm
kW
2800
2
u
m/s
n(rpm) x 0,0126
2
kg
kg m
m²
PD²/4
200
190
180
170
160
150
140
0,018
1800
Não utilizável
Não recomendado
1600
1400
130
1200
120
110
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
500
50
400
40
300
30
200
20
500
250
C² (m/s)
pd (mmca)
2
3
1000
4
1
1500
5
2000
10
2
3
4
50
5
3000
15
10
4000
30
20
20
5000
30
40 50
70
100
V(m³/h)
Pa(N/m²)
pt (mmca)
60
TSA 10/5
n max.
motor max.
rpm
kW
2400
2,5
u
m/s
n(rpm) x 0,0140
2
kg
kg m
m²
PD²/4
0,026
200
190
180
170
160
150
140
1800
1600
1400
130
1200
120
110
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
500
50
400
40
300
30
0,0
8
200
20
Não utilizável
Não recomendado
1000
500
C² (m/s)
pd (mmca)
3
4
1
1500
2000
5
10
2
3
4
5
4000
3000
15
10
51
30
20
20
6000
30
40 50
70
8000
10000
100
V(m³/h)
Pa(N/m²)
pt (mmca)
60
TSA 12/6
n max.
motor max.
rpm
kW
2000
3
u
m/s
n(rpm) x 0,0169
2
kg
kg m
m²
PD²/4
200
190
180
170
160
150
140
0,074
1800
Não utilizável
Não recomendado
1600
1400
130
1200
120
110
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
500
50
400
40
300
30
200
20
1000
500
C² (m/s) 2
pd (mmca)
3
4
1
1500
2000
3000
5
10
2
3
4
52
6000
15
10
5
4000
30
20
20
8000
30
40 50
10000
40
70
100
V(m³/h)
Pa(N/m²)
pt (mmca)
60
TSA 15/7
n max.
motor max.
rpm
kW
1600
4
u
m/s
n(rpm) x 0,0203
2
kg
kg m
m²
PD²/4
0,168
200
190
180
170
160
150
140
1800
1600
1400
130
1200
120
110
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
500
50
400
40
300
30
200
20
Não utilizável
Não recomendado
750
C² (m/s) 2
pd (mmca)
1000
1500
3
4
1
2000
3000
5
2
3
4
4000
6000
10
15
10
5
53
8000
14000
30
20
20
10000
30
40 50
40
70
100
V(m³/h)
Pa(N/m²)
pt (mmca)
60
TSA 18/9
n max.
motor max.
rpm
kW
1300
5
u
m/s
n(rpm) x 0,0241
2
kg
kg m
m²
PD²/4
0,369
200
190
180
170
160
150
140
1800
1600
1400
130
1200
120
110
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
500
50
400
40
300
30
200
20
Não utilizável
Não recomendado
1000
C² (m/s) 2
pd (mmca)
1500
3
2000
4
1
3000
4000
6000
5
10
2
3
4
15
10
5
54
8000 10000
30
20
20
15000
30
40 50
100
20000 V(m³/h)
40
70
Pa(N/m²)
pt (mmca)
60
TSA 20/10
n max.
motor max.
rpm
kW
1100
7
u
m/s
n(rpm) x 0,0288
2
kg
kg m
m²
PD²/4
0,586
200
190
180
170
160
150
140
1800
1600
1400
130
1200
120
110
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
500
50
400
40
300
30
200
20
Não utilizável
Não recomendado
2000
C² (m/s) 3
pd (mmca)
3000
4
1
4000
6000
5
8000 10000
10
2
3
4
5
15000
15
10
55
30
20
20
20000
30
40 50
30000
40
70
40000
100
V(m³/h)
Pa(N/m²)
pt (mmca)
60
TSA 22/11
n max.
motor max.
rpm
kW
1000
7
u
m/s
n(rpm) x 0,0314
2
kg
kg m
m²
PD²/4
200
190
180
170
160
150
140
0,840
1800
Não utilizável
Não recomendado
1600
1400
130
1200
120
110
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
500
50
400
40
300
30
200
20
3000
2000
C² (m/s)
pd (mmca)
3
4000
4
1
6000
8000 10000
5
10
2
3
4
5
15000
15
10
56
20000
30
20
20
30000
30
40 50
40
70
40000
100
V(m³/h)
Pa(N/m²)
pt (mmca)
60
TSA 25/13
n max.
motor max.
rpm
kW
900
10
u
m/s
n(rpm) x 0,0351
2
kg
kg m
m²
PD²/4
200
190
180
170
160
150
140
1,309
1800
Não utilizável
Não recomendado
1600
1400
130
1200
120
110
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
500
50
400
40
300
30
200
20
4000
C² (m/s) 2
pd (mmca)
3
4
1
8000
16000
5
10
2
3
4
15
10
5
57
100
V(m³/h)
32000
30
20
20
30
40 50
40
70
Pa(N/m²)
pt (mmca)
60
TSA 30/14
n max.
motor max.
rpm
kW
750
11
u
m/s
n(rpm) x 0,0419
2
kg
kg m
m²
PD²/4
2,581
200
190
180
170
160
150
140
1800
1600
1400
130
1200
120
110
1000
100
900
90
800
80
700
70
600
500
50
400
40
300
30
200
20
Não utilizável
Não recomendado
6000
4000
C² (m/s)
pd (mmca)
3
4
1
8000
10000
15000
5
10
2
3
4
5
30000
20000
15
10
58
40000
30
20
20
60000
30
40 50
40
70
80000
100
V(m³/h)
Pa(N/m²)
pt (mmca)
60
ACESSÓRIOS
=
=
k x ØE
ØD3
TAMANHO
7/3
9/4
10/5
12/6
15/7
18/9
20/10
22/11
25/13
30/14
Peso (kgf)
ØD2
ØD3
k x ØE
226
240
8 x Ø6
45°
0,2
275
300
8 x Ø7
45°
0,3
305
330
8 x Ø7
45°
0,4
341
366
8 x Ø9
45°
0,4
426
451
8 x Ø9
45°
0,5
486
521
8 x Ø9
45°
0,8
598
636
16 x Ø11
22°30'
1,5
668
706
16 x Ø11
22°30'
1,7
718
756
16 x Ø11
22°30'
1,8
838
876
16 x Ø11
22°30'
2,1
ØD2
FLANGE E CONTRA-FLANGE DE ASPIRAÇÃO
VENTILADORES TSA
hxt
ØG
TAMANHO
7/3
9/4
10/5
12/6
15/7
18/9
20/10
22/11
25/13
30/14
P2
P3
hxt
S2
S3
ixt
ØG
J
Peso (kgf)
160
182
1 x 80
233
255
2 x 80
9
18
0,4
196
221
1 x 80
292
317
3 x 80
9
25
0,5
209
234
1 x 80
316
341
3 x 80
9
25
0,6
237
262
2 x 80
368
393
4 x 80
9
25
0,6
296
321
2 x 80
429
454
4 x 80
11
25
0,8
332
364
3 x 80
514
546
5 x 80
11
32
1,2
355
393
2 x 100
644
682
6 x 100
12
38
2,2
388
426
3 x 100
734
772
7 x 100
12
38
2,5
447
485
3 x 100
834
872
8 x 100
12
38
2,8
504
542
4 x 100
974
1012
9 x 100
12
38
3,3
FLANGE E CONTRA-FLANGE DE DESCARGA
VENTILADORES TSA
ØG
TAMANHO
7/7
9/7
9/9
10/8
10/10
12/9
12/12
15/11
15/15
18/13
18/18
20/20
22/22
25/25
30/28
FLANGE E CONTRA-FLANGE DE DESCARGA
VENTILADORES TDA
59
P2
P3
hxt
S2
S3
ixt
ØG
J
Peso (kgf)
256
278
2 x 80
233
255
2 x 80
9
18
0,5
276
301
2 x 80
292
317
3 x 80
9
25
0,6
325
350
3 x 80
292
317
3 x 80
9
25
0,7
301
326
3 x 80
316
341
3 x 80
9
25
0,7
353
378
3 x 80
316
341
3 x 80
9
25
0,7
336
361
3 x 80
368
393
4 x 80
9
25
0,7
413
438
4 x 80
368
393
4 x 80
9
25
0,8
399
424
4 x 80
429
454
4 x 80
11
25
0,9
500
525
5 x 80
429
454
4 x 80
11
25
1,0
462
494
5 x 80
514
546
5 x 80
11
32
1,3
590
622
6 x 80
514
546
5 x 80
11
32
1,5
642
680
5 x 100
644
682
6 x 100
12
38
2,7
695
733
6 x 100
734
772
7 x 100
12
38
3,0
805
843
7 x 100
834
872
8 x 100
12
38
3,4
930
968
8 x 100
974
1012
9 x 100
12
38
4,1
ACESSÓRIOS
=
TAMANHO
7/3
9/4
10/5
12/6
15/7
18/9
20/10
22/11
25/13
30/14
Peso (kgf)
ØD2
ØD3
k x ØE
226
240
8 x Ø6
45°
1,0
275
300
8 x Ø7
45°
1,4
305
330
8 x Ø7
45°
1,6
341
366
8 x Ø9
45°
1,8
426
451
8 x Ø9
45°
2,2
486
521
8 x Ø9
45°
3,7
598
636
16 x Ø11
22°30'
5,6
668
706
16 x Ø11
22°30'
6,3
718
756
16 x Ø11
22°30'
6,8
838
876
16 x Ø11
22°30'
8,0
LIGAÇÃO FLEXÍVEL DE ASPIRAÇÃO
VENTILADORES TSA
ØG
TAMANHO
7/3
9/4
10/5
12/6
15/7
18/9
20/10
22/11
25/13
30/14
P2
P3
hxt
S2
S3
ixt
ØG
Peso (kgf)
160
182
1 x 80
233
255
2 x 80
9
1,0
196
221
1 x 80
292
317
3 x 80
9
1,4
209
234
1 x 80
316
341
3 x 80
9
1,5
237
262
2 x 80
368
393
4 x 80
9
1,7
296
321
2 x 80
429
454
4 x 80
11
2,0
332
364
3 x 80
514
546
5 x 80
11
2,9
355
393
2 x 100
644
682
6 x 100
12
5,1
388
426
3 x 100
734
772
7 x 100
12
5,7
447
485
3 x 100
834
872
8 x 100
12
6,5
504
542
4 x 100
974
1012
9 x 100
12
7,5
LIGAÇÃO FLEXÍVEL DE DESCARGA
VENTILADORES TSA
ØG
LIGAÇÃO FLEXÍVEL DE DESCARGA
VENTILADORES TDA
TAMANHO
7/7
9/7
9/9
10/8
10/10
12/9
12/12
15/11
15/15
18/13
18/18
20/20
22/22
25/25
30/28
60
P2
P3
hxt
S2
S3
ixt
ØG
Peso (kgf)
256
278
2 x 80
233
255
2 x 80
9
1,3
276
301
2 x 80
292
317
3 x 80
9
1,6
325
350
3 x 80
292
317
3 x 80
9
1,7
301
326
3 x 80
316
341
3 x 80
9
1,7
353
378
3 x 80
316
341
3 x 80
9
1,9
336
361
3 x 80
368
393
4 x 80
9
2,0
413
438
4 x 80
368
393
4 x 80
9
2,2
399
424
4 x 80
429
454
4 x 80
11
2,3
500
525
5 x 80
429
454
4 x 80
11
2,6
462
494
5 x 80
514
546
5 x 80
11
3,4
590
622
6 x 80
514
546
5 x 80
11
3,8
642
680
5 x 100
644
682
6 x 100
12
6,2
695
733
6 x 100
734
772
7 x 100
12
6,9
805
843
7 x 100
834
872
8 x 100
12
7,9
930
968
8 x 100
974
1012
9 x 100
12
9,5
ACESSÓRIOS
PÉS DE APOIO
LINHAS TDA-L e TDA-T2L / SÉRIE PEQUENA
POS. 0°
POS. 90°
POS. 180°
POS. 270°
7/7
POSIÇÃO 0°
POSIÇÃO 90°
POSIÇÃO 180°
POSIÇÃO 270°
A Ha Ia
B Hb Ib
C Hc Ic
D D1 Hd Id
P Q R S u
v
(kgf)
TAMANHO
Peso (Par)
CORTE XX
328
186,5
18
315,5
169,5
33,5
328,5
149
58
304,5
2,5
143,5
15,5
254
227
32
10
10
15
0,5
417
244
68
383
203
43,5
401
183
77
370,5
6
174
41
320
280
32
10
10
15
0,8
471
276
73,5
435,5
228,5
49
450,5
204,5
85
421,5
5,5
201,5
71
360
317
32
10
10
15
1,1
559
328
70
506
270
36
530
239
82
492
5
231
36
435
400
32
10
10
15
1,4
654
382
82
588,5
316,5
52
623,5
279,5
93
575,5
4,5
267,5
52
500
460
35
13
10
20
1,6
779,5
453
67
699
379
78
749,5
333
88
682
6
314
79
620
580
35
13
12
20
2,5
9/7
9/9
10/8
10/10
12/9
12/12
15/11
15/15
18/13
18/18
61
BASE REGULÁVEL
VENTILADORES COM QUADROS DE FIXAÇÃO
POSIÇÃO DO
VENTILADOR
POSIÇÕES DE MONTAGEM DO MOTOR
POSIÇÃO 1
POSIÇÃO 2
POSIÇÃO 3
H
HD
HC
H/0°
H/90°
MOTOR
CARCAÇA
63
71
80
90
100
112
132
160
H/180°
H/270°
A/0°
A/90°
A/180°
A/270°
OBSERVAÇÃO: A POSIÇÃO DA CAIXA DE LIGAÇÃO DO MOTOR É APENAS ILUSTRATIVA.
62
H
HC HD
123
184
131
199
140
217
150
237
160
258
192
315
360
212
354
399
240
397
450
www.solerpalau.com.br
TDA/TSA-22/2013-J
[email protected]

Documentos relacionados