LaMEM LaMEM

Сomentários

Transcrição

LaMEM LaMEM
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
LaMEM - SET - EESC - USP
ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE ESTRUTURAS
LABORATÓRIO DE MADEIRAS E DE ESTRUTURAS DE MADEIRA
COBERTURAS RESIDENCIAIS
LaMEM
TRAÇADO DOS TELHADOS
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Como determinar ?
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
Duas águas
Quatro águas
Regras:
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
1- Os espigões formam ângulos de 45 graus com as
paredes, saindo dos cantos externos
2- As águas furtadas formam ângulos de 45 graus com as
paredes e saem dos cantos internos
3 – As cumeeiras são paralelas a duas paredes e
eqüidistantes destas
4 – O encontro entre uma linha de cumeeira e uma linha de
água furtada determina uma linha de espigão que forma um
ângulo reto com a água furtada
Resultado: mesma inclinação em todos os panos do
telha e pé direito externo constante na edificação
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Simplificações:
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Obs:
1) inclinação pode ter variação
2)Pé direito externo não é constante
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Madeiramento
da cobertura
(trama)
LaMEM - SET - EESC - USP
Terças
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
RIPAS
RIPAS
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
CAIBROS
CAIBROS
TERÇAS
TERÇAS
APOIO DA TRAMA
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
-Tesouras
-Tesourasou
ou
Pontaletes
Pontaletes
Detalhe
Detalhedos
dospontaletes
pontaletes
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Aumento
Aumentodo
dovão
vãodas
dasterças
terças
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Ligação
entre
terça e
tesoura
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Ligação entre pontalete, terça de
cumeeira e caibros
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Ligação entre
cumeeira,
espigão e
caibro
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Beirais
Telhados
Telhadoscom
comvariação
variaçãode
deinclinação
inclinação
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
Exemplo:
Exemplo:
Pontaletes
Pontaletes
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM
LaMEM - SET - EESC - USP
LLaaMEM
MEM