Professora: Elisa Frühauf Garcia Disciplina: História dos índios na

Сomentários

Transcrição

Professora: Elisa Frühauf Garcia Disciplina: História dos índios na
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Centro de Estudos Gerais
Instituto de Ciências Humanas e Filosofia
Área de História
Departamento de História
Curso de Graduação em História
Professora: Elisa Frühauf Garcia
Disciplina: História dos índios na América
Tipo: Optativa de ênfase
Eixo Cronológico: Moderna
Período:
-
Linha Temática: Poder e idéias políticas
Turno: Manhã
Horário: Quarta e sexta, 9/11
______________________________Programa de Disciplina__________________________
Título: História dos índios na América
Ementa: Os processos de conquista e colonização da América engendraram profundas modificações nas
sociedades nativas. A disciplina abordará tais modificações articulando tanto questões teórico-metodológicas
quanto a leitura de trabalhos clássicos e produções recentes sobre a temática. A ênfase será dada às ações dos
próprios índios, problematizando como eles se relacionaram com diferentes agentes (missionários, funcionários
reais, escravos africanos) e foram sujeitos ativos na construção da sociedade colonial.
Objetivos: Propiciar aos alunos um conhecimento mínimo acerca da historiografia sobre os índios na América,
com ênfase no período colonial, e do arcabouço conceitual utilizado atualmente nas pesquisas sobre a temática.
Pretende-se assim formar tanto professores capacitados para abordar a temática nas salas de aula quanto estimular
futuras pesquisas.
Bibliografia Básica (máximo de 10 obras):
BOCCARA, Guillaume. "Mundos Nuevos en las Fronteras del Nuevo Mundo: Relectura de los Procesos
Coloniales de Etnogénesis, Etnificación y Mestizaje en Tiempos de Globalización", Mundo Nuevo
Nuevos Mundos, revista eletrônica, Paris, 2000. www.ehess.fr/cerma/Revue/debates.htm
ESTENSSORO, Juan Carlos. “O símio de Deus”. In: NOVAES, Adauto (org.). A outra margem do
ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.
GIBSON, Charles. Los Aztecas bajo el dominio español (1519-1810). México, D.F.: Siglo Veintiuno,
1967.
GRUZINSKI, Serge. A colonização do imaginário: sociedades indígenas e ocidentalização no México
espanhol. Séculos XVI-XVIII. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.
MONTEIRO, John. Tupis, tapuias e historiadores: estudos de história indígena e do indigenismo. Tese
apresentada ao concurso de livre docência no departamento de antropologia na Universidade Estadual
de Campinas, Campinas, 2001.
POLONI-SIMARD, Jacques. El mosaico indígena: movilidad, estratificación social y mestizaje en el
corregimiento de Cuenca (Ecuador) del siglo XVI al XVIII. Quito: Abya-Yala, 2006.
RAPPAPORT, Joanne. “Quem é mestiço? - decifrando a mistura racial no Novo Reino de Granada,
séculos XVI e XVII”, Varia Historia, vol.25, n.41, jan./jun.2009.
SERULNIKOV, Sergio. Conflictos sociales e insurreción en el mundo colonial andino. Buenos Aires:
Fondo de Cultura Económica, 2006.
STERN, Steve. Los pueblos indígenas del Perú y el desafío de la conquista española-Huamanga hasta
1640. Madri: Alianza, 1986.
WILDE, Guillermo. Religión y poder en las misiones de guaraníes. Buenos Aires: SB, 2009.

Documentos relacionados

História dos índios na América_Manha_elisa

História dos índios na América_Manha_elisa Pretende-se assim formar tanto professores capacitados para abordar a temática nas salas de aula quanto estimular futuras pesquisas. Bibliografia Básica (máximo de 10 obras):

Leia mais