manual técnico - linha telha - alterado

Сomentários

Transcrição

manual técnico - linha telha - alterado
JULHO 2012
www.tectubo.com.br
Coberturas que respeitam
você e o meio ambiente.
Telhas de PVC
Coberturas com durabilidade,
segurança e beleza.
Dê mais modernidade a sua casa com o mais
novo sistema de coberturas lançado no Brasil.
Elaboradas com composto de resina de pvc com alta tecnologia,
as telhas de PVC TECTUBO proporcionam leveza, praticidade,
eficiência e ótimo acabamento.
UNIDADE TUBOS E FORROS
UNIDADE TELHAS
Distrito Industrial Governador Luiz Cavalcante,
Distrito Industrial Governador Luiz Cavalcante,
Rua João José Pereira Filho, s/n, Qd. 05, Mód. 11/12
Rua João José Pereira Filho, s/n, Qd. 05, Mód. 04
Tabuleiro do Martins | Maceió | Alagoas
Tabuleiro do Martins | Maceió | Alagoas
+55 82 2122.8600
+55 82 3214.2450
MANUAL TÉCNICO
3
VANTAGENS QUE VOCÊ PODE
Inovação, Praticidade, Beleza e Durabilidade são algumas das vantagens que as telhas de
PVC TECTUBO têm a oferecer para seus clientes. Com essa invoção oferecemos inúmeros
recursos e vantagens
Praticidade
Beleza
Disponíveis em placas, as telhas
As telhas TECTUBO trazem beleza
TECTUBO são leves, e por serem
para sua obra e possuem proprie-
disponíveis em placas, o tempo de
dades que inibem o aparecimento
instalação e montagem diminui
de fungos, evitando que o seu
comparado
telhado escureça.
às
uma
telha
de
cerâmica.
Resistência
Durabilidade
As telhas TECTUBO são resistentes
As telhas TECTUBO são resistentes
a mudanças bruscas de tempera-
a agentes atmosféricos e químicos,
tura e se mantêm estáveis. Sua
como exalações industriais, névoa
resistência
salina, ácidos e outros agentes
mecânica
garante
excelente capacidade de suportar
granizo, rajadas de vento e até
mesmo a circulação de animais.
MANUAL TÉCNICO
4
agressivos.
TER USANDO AS TELHAS TECTUBO :
ANOS
5 anos de Garantia
Não propagam chamas
Resguarda o consumidor em caso
As telhas TECTUBO proporcionam
de
mais
problemas
estruturais
ou
segurança,
pois
a
sua
degradação do produto*. Essa
composição evita a propagação de
extensa
chamas.
garantia
comprova
a
resistência das telhas TECTUBO e
seu baixo custo de manutenção.
100% Reciclável
Economia
As telhas TECTUBO são 100%
Utilizando as telhas TECTUBO o
recicláveis. O processo de produção
custo final do seu telhado pode
permite a reciclagem do refugo e o
diminuir, quando comparado aos
reaproveitamento.
outros tipos de telhas disponíveis:
menor tempo de instalação, menor
perda, menor estrutura de madeira,
entre outros.
*Pequenas alterações físicas são possíveis de ocorrer mas não alteram a qualidade ou propriedades técnicas das telhas de PVC. Para ter direito à garantia,
a telha de PVC deve ser transportada, manuseada e instalada conforme estabelecido no manual de instalação.**As telhas de PVC estão passando por
processo de normatização, sendo a TECTUBO participante do mesmo.
MANUAL TÉCNICO
5
Linha
Telhas de PVC
COLONIAL
TELHA
REFERÊNCIA
Comprimento
2,30m
2,63m
3,28m
3,94m
4,59m
5,25m
Largura
0,90m
0,90m
0,90m
0,90m
0,90m
0,90m
Módulo
7
8
10
12
14
16
2,76m 2
3,31m 2
3,86m2
4,41m2
0,84m
0,84m
0,84m
0,84m
1,93m
2,21m
0,84m
0,84m
2
Espessura
2,30mm 2,30mm 2,30mm 2,30mm 2,30mm 2,30mm
Apoio (qtde. por telha)
Peso (por telha)
2
4
4
5
6
7
8
9,2kg
10,5kg
13,1kg
15,8kg
18,4kg
21kg
9
12
15
18
21
Parafuso* (Qtde. por telha) 9
*Parafuso de fixação TECTUBO 4’
Cores Disponíveis:
Marfim
900mm
Cerâmica
MANUAL TÉCNICO
7
Acessórios
Telha Colonial
Linha Colonial
Acessórios
Cumeeira Articulada
Comprimento útil: 800mm
Capa Lateral
Comprimento útil: 1200mm
MANUAL TÉCNICO
10
Fechamento da Cumeeira
Comprimento útil: 800mm
260
30 °
Kit de fixação TECTUBO
e parafuso autobrocante. Os parafusos podem ser específicos para peças metálicas ou
caibros de madeira.
MANUAL TÉCNICO
11
TT EE LL H
H AA
MINIONDA
REFERÊNCIA
Comprimento
2,44m
3,0m
Largura
1,20m
1,20m
2
Espessura
1,17m
1,17m
1,17m
1,30mm
1,30mm
1,30mm
6
7
14
7,6kg
9,4kg
18,7kg
18
18
36
*Parafuso de fixação TECTUBO 2 1 2
Cor Disponível:
1200mm
8
2
3,51m
Parafuso* (Qtde. por telha)
MANUAL TÉCNICO
1,20m
2
2,85m
Apoio (qtde. por telha)
Peso (por telha)
6,0m
Branco
7,02m
Acessórios
Telha Minionda
Cumeeira Central - Modelo Minionda
Comprimento útil: 340x1100mm
1100
R22
175
3
120 °
325.1
MANUAL TÉCNICO
12
R25
Instalação
e Segurança
Material de
Instalação e Segurança
Segurança sempre em primeiro lugar.
Ferramentas e
equipamentos de proteção
Para a instalação das telhas de PVC TECTUBO são necessários: fio de prumo, furadeira
elétrica, broca, serra elétrica, régua, esquadro, chave de boca e lixa. Também são
necessários todos os itens e procedimentos de segurança para o trabalho.
EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) segundo Norma NR18 -
Caso o telhado esteja úmido ou molhado evite a subida,
pois ele estará escorregadio
Tenha cuidado com a rede elétrica
O local ao redor e logo abaixo do telhado deve ser isolado
Sempre ande em cima das tábuas, nunca em cima das telhas
Tenha bastante atenção para não prensar as mãos
MANUAL TÉCNICO
14
Lado do Telhado
Declividade
A declividade mínima da cobertura em duas águas com as telhas de PVC TECTUBO é de
20 graus. O produto pode ser instalada na vertical, desde que sejam mantidos os cuidados de fixação contidos neste manual. Em casos de telhados com uma só água, a declividade poderá ser a partir de 5 graus.
Estrutura metálica, de concreto e de madeira.
Após fixada a estrutura metálica com massa de cimento, é importante que se garanta
que a superfície esteja plana e com espaçamento perfeito;
as tesouras, metálicas ou de madeira, devem passar por um tratamento contra corrosão
ou apodrecimento. As peças metálicas podem ser soldadas e as de madeira, fixadas
diretamente;
as soldas devem seguir as especificações próprias, de acordo com as normas de trabalho
de cada projeto;
toda a parte metálica deve passar por tratamento antiferrugem;
as peças devem estar planas, sem deformação e sua espessura deve ser acima de 25mm
(de acordo com o espaçamento da tesoura adotada, define-se a espessura do
caibro/ripão);
a superfície de madeira deve ser tratada com óleo próprio, ser bem plana e ter as dimensões corretas, sem brocas e defeitos (como fendas e outros);
a fixação entre as peças de madeira pode ser feita através de prego próprio e parafusos.
MANUAL TÉCNICO
15
Apoio
Os apoios podem ser de 25x60mm (ripão), 40x60mm (caibros) ou 60x120mm
(dependendo do vão livre de apoio das peças). Se forem metálicos, usar perfil U de
30x50mm ou 40x75mm;
Os apoios metálicos devem ter tratamento antiferrugem e ser pintados com uma
camada de tinta epóxi. A madeira pode ser pintada ou tratada com líquido de limpeza ou
óleo de linhaça;
A primeira peça deve estar a 70mm da extremidade do apoio. A última peça deve estar
a 100mm da linha da cumeeira.
Simulação Minionda
A distância máxima entre os apoios deverá ser:
Minionda: 500mm / Colonial: 660mm
Simulação dos apoios para
o telhado com as telhas de
PVC TECTUBO Minionda.
PENÚLTIMO
APOIO
SEGUNDO
APOIO
PRIMEIRO
PRIMEIRO
70
430
500
500
500
500
500
LINHA DA
CUMEEIRA
ÚLTIMO
APOIO
100
A DE
LINH RTURA
COBE
Inclinação entre 20 e 80 graus.
MÍNIMO DE 20 GRAUS PARA DUAS ÁGUAS
MÍNIMO DE 5 GRAUS PARA UMA ÁGUA
Simulação Colonial
Simulação dos apoios para
o telhado com as telhas de
PVC TECTUBO Colonial.
PENÚLTIMO
APOIO
SEGUNDO
APOIO
PRIMEIRO
APOIO
70
660
660
660
660
660
530
LINHA DA
CUMEEIRA
ÚLTIMO
APOIO
100
A DE
LINH RTURA
COBE
Inclinação entre 20 e 80 graus.
MÍNIMO DE 20 GRAUS PARA DUAS ÁGUAS
MÍNIMO DE 5 GRAUS PARA UMA ÁGUA
Deve-se colocar uma vigota na cumeeira para melhor fixação da mesma.
MANUAL TÉCNICO
16
Instalação
Muito importante seguir correntamente.
Fluxo correto de instalação das telhas
Tesouras ou
Estruturas
Fazer correção
superficial, conexões
e encontros.
Puxar linha
Colocar apoios
Tratamento
das calhas
Colocar
cumeeira central
Colocar
telhas centrais
Colocar
cumeeira inclinada
Colocar
telhas laterais
Fazer as pontas
das cumeeiras
Linhas
O primeiro procedimento é definir as linhas do telhado, cumeeiras, calhas e
respectivos cortes.
Instalação das calhas
As calhas podem ser feitas de chapa galvanizada ou de PVC.
As chapas metálicas devem ter uma espessura de 0,6mm e as chapas de PVC, uma espessura de 1,5mm. A largura deve ser 270mm.
antes de colocar qualquer tipo de calha, certifique-se de que o modelo e o tamanho
estão de acordo com o projeto.
MANUAL TÉCNICO
17
Coberturas com telhas PVC TECTUBO
Telha Minionda
Para as telhas Minionda, a distância máxima entre o centro dos apoios deverá
ser de 500mm.
50
0
)
50
m
m
a(
id
ed
M
0
50
0
50
0
0
43
70
Kit de Fixação TECTUBO
Apoio
Telha Colonial
Para as telhas coloniais, a distância máxima entre o centros dos apoios deverá
ser de 660mm.
IO
APO
m
70m
0
66
)
m
m
a(
id
ed
0
25
M
0
66
0
66
70
MANUAL TÉCNICO
18
Peças de Fixação
Apoio
Colocação das telhas
Para a colocação das telhas, deve-se colocar a primeira folha na parte baixa. Certifique-se
de seu alinhamento com a linha do próprio telhado. Fixe a parte baixa da telha e depois
vá fixando a parte de cima, conforme ordem numérica da figura a seguir:
5
O trepasse no comprimento entre
8
folhas de telhas deverá ser:
3
7
4
1
Telhas Minionda: mínimo de 150mm
2
6
Telhas Coloniais: mínimo de 100mm
Os furos devem ser feitos na parte alta das ondas. A fixação deve ser, no mínimo, em três
pontos, seguindo os modelos abaixo:
Perfil Minionda
Perfil Ondinha
Kit de Fixação Tectubo
Peça de Apoio
Perfil Colonial
Kit de Fixação Tectubo
Peça de Apoio
MANUAL TÉCNICO
19
mento até terminar o telhado;
as laterais devem estar sempre encaixadas e parafusadas.
na fixação nos encontros das telhas, a extremidade deve ser fixada a 100mm da borda. No
encontro da primeira com a segunda, deve-se respeitar também essa distância;
IO
APO
ULO
MÓD
m
70m
a distância entre a telha e o eixo da cumeeira deve ser de no máximo 100mm. Caso
necessário, corte as telhas, usando uma serra elétrica;
todas as telhas devem estar sobrepostas (trepasse) nas laterais, cantos e outros. A sobra
deve ser cortada. Antes de cortar, conferir o alinhamento lateral e beiral.
Beiral
Para um melhor acabamento do beiral, sugere-se a colocação de um ripão e de um
avanço da madeira de 0,58m. Os caibros de apoio deverão ter espaçamento de 3m.
MANUAL TÉCNICO
20
Cumeeira central de 20o
encaixar as ondas e fixá-las com os parafusos;
Para ser colocada, a cumeeira central deve ser alinhada ao telhado, sendo ajustadas as
ondas das duas partes. De um modo geral, cada cumeeira é fixada em 3 pontos;
Fechamento da cumeeira
A tampa da cumeeira é colocada na extremidade. Na parte de baixo, geralmente, deixase uma ponta de 100 a 200mm;
a TECTUBO fornece a peça exclusiva para a ponta. Sua fixação deve ser feita em 2
pontos.
MANUAL TÉCNICO
21
Cuidados
-
Siga corretamente.
As telhas devem ser transportadas com cuidado, para evitar riscos ou danos;
Procure armazenar as telhas num lugar plano, empilhadas, não passando de 100 folhas
em cada pilha;
As normas de segurança para manipulação das telhas devem ser sempre respeitadas;
As telhas TECTUBO são 100% recicláveis. Direcione os resíduos da sua construção para
MANUAL TÉCNICO
22
Distribuição
Alagoas (Indústria)
Bahia
Ceará
Pará
Paraíba
Pernambuco
Maranhão
Minas Gerais
Rio Grande do Norte
Sergipe
www.tectubo.com.br
UNIDADE TUBOS E FORROS
UNIDADE TELHAS
Distrito Industrial Governador Luiz Cavalcante,
Distrito Industrial Governador Luiz Cavalcante,
Rua João José Pereira Filho, s/n, Qd. 05, Mód. 11/12
Rua João José Pereira Filho, s/n, Qd. 05, Mód. 04
Tabuleiro dos Martins | Maceió | Alagoas
Tabuleiro dos Martins | Maceió | Alagoas
+55 82 2122.8600
+55 82 3214.2450
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(82) 3214.2450
[email protected]
www.tectubo.com.br

Documentos relacionados

Telhas de Fibrocimento

Telhas de Fibrocimento 1º Esta é a primeira telha a ser colocada.

Leia mais