Tópicos Especiais 5 - Relações Raciais

Сomentários

Transcrição

Tópicos Especiais 5 - Relações Raciais
Universidade de Brasília
Departamento de Sociologia
Disciplinas: Tópicos Especiais em Sociologia 5 – Relações Raciais
Professor: Joaze Bernardino-Costa
2o semestre de 2016, quintas-feiras, das 8h às 11h40min (PJC BT 125)
Programa
Objetivo
O curso tem por objetivo o estudo do pensamento negro feminista: suas agendas de
pesquisa e de intervenção política. Ao lado disso, visitando os textos clássicos do
feminismo do chamado atlântico negro, o curso propõe-se a estabelecer um diálogo
entre feministas negras brasileiras e feministas negras africanas e norteamericanas.
Procedimentos
Aulas Expositivas
Avaliação
Serão realizadas duas avaliações: (1) trabalho de até 3 (três) páginas a ser entregue
no dia 29/09 sobre a bibliografia discutida; (2) trabalho de até 7 (sete) páginas a ser
entregue no dia 01/12 sobre a bibliografia discutida.
Cada trabalho corresponde a 40% da nota final da disciplina. Os outros 20% serão
atribuídos à participação em sala de aula, o que envolve presença.
Cronograma e Bibliografia
Data
11/08
18/08
Bibliografia
Apresentação e palestra do Professor Madiagne Diallo: os desafios do
Intercâmbio Brasil-África
COLLINS, Patricia Hill. (2000) Black Feminist Thought: knowledge,
consciousness, and politics of empowerment. New York/London:
Routledge.(Ch. 11 – Black Feminist Epistemology) – Há uma tradução.
DU BOIS, W.E. B. (1999)[1903] As Almas da Gente Negra. Rio de Janeiro:
Lacerda Editores. (Cap. 1 – Sobre as nossas lutas espirituais, pp. 51 – 62;
Cap.6 – Sobre a instrução dos negros, pp. 143-162)
1
25/08
01/09
08/09
15/09
22/09
29/09
hooks, Bell (1981) Ain’t I a woman: black women and feminism. Boston:
South End Press. (Introduction, pp. 1 -14; Ch. 1-Sexism and the black
female slave experience, pp. 15-50; Ch.2 – Continued devaluation of
black womanhood, pp. 51 – 86; Ch. 5 – Black women and feminism, pp.
159-197) – Há uma tradução
Bernardino-Costa, Joaze (2015) Saberes Subalternos e Decolonialidade:
os sindicatos das trabalhadoras domésticas no Brasil. Brasília: Editora
da UnB (pp. 7 – 71).
Participação: Creuza de Oliveira (Fenatrad)
Natalia Cabanillas (2016) Más allá de lo politico: mujeres activistas en
Ciudad del Cabo, Sudáfrica. (Tese de doutorado - Departamento de
Sociologia, Universidade de Brasília). 286 páginas (a selecionar)
Oyewùmí, Oyèrónké (1997) The invertion of women: making an african
sense of western gender discourses. Menneapolis: University of
Minnesota Press.
Oyewùmí, Oyèrónké (2004) Conceitualizando o gênero: os fundamentos
eurocêntricos dos conceitos feministas e o desafio das epistemologias
africanas. CODESRIA Gender Series. Volume 1, Dakar, p. 1-8.
Não haverá aulas: Participação do Professor no Congresso Nacional das
Trabalhadoras Domésticas – Rio de Janeiro
***Entrega da Primeira Avaliação *****
Gonzáles, Lélia. A categoria político-Cultural de ameficanidade. In:
Tempo Brasileiro. Rio de Janeiro, n. 92/93 (jan./jun.). 1988, p. 69-82.
________________. A mulher negra na sociedade brasileira. In: Madel T. Luz
(org.) O lugar da Mulher: estudos sobre a condiçãoo feminina na
sociedade atual. Rio de Janeiro, Edições Graal, 1982, pp. 87 – 106.
_________________. Por un feminismo afrolatinoamericano. In: Isis
International, vol. IX, Junio 1988. Pp. 133-141.
Bairros, Luiza. (2000) Lembrando de Lélia Gonzáles 1935-1994. Revista
Afro-Ásia
n.
23.
http://www.afroasia.ufba.br/pdf/afroasia_n23_p347.pdf
06/10
13/10
Seminário: Decolonialidade e Perspectiva Negra
Neusa Santos Souza (1983) Tornar-se negro ou as vicissitudes da
identidade do negro brasileiro em ascensão social. Rio de Janeiro:
2
20/10
27/10
03/11
10/11
Edições Graal, 1983.
Jurema Pinto Werneck (2007) O samba segundo as ialodês: mulheres
negras e a cultura midiática. (Tese de doutorado - Escola de
Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro) 297 páginas (a
selecionar)
Semana Universitária/Anpocs
CARNEIRO, Sueli (2005) A construção do outro como não-ser como
fundamento do ser. (Tese de Doutorado – Programa de Pós-Graduação
em Educação, Universidade de São Paulo). 340 páginas (a selecionar)
Patricia Hill Collins. On Intellectual Activism.
University Press, 2013 (capítulos a selecionar).
Philadelphia:Temple
COLLINS, Patricia Hill (2016) Aprendendo com a Outsider Within: a
significação sociológica do pensamento feminista negro. Estado e
Sociedade, v. 31, n.1 , pp. 99 -127.
17/11
24/11
01/12
08/12
Patricia Hill Collins (2006) From Black Power to Hip Hop: racismo,
nationalism, and feminism. Philadelphia: Templo University Press.
(capítulos a selecionar).
Sernegra
**** Entrega da Segunda Avaliação****
Encerramento do Curso
3

Documentos relacionados

Feminismos Negro e afro-latinoamericano - PPGSA

Feminismos Negro e afro-latinoamericano - PPGSA America Latina y el Caribe. Chile, ISIS INTERNATIONAL, VOL IX, Junho de 1988. p. 132-141. DAVIES, Angela. O significado da emancipação de acordo com as mulheres negras e Educação e libertação: a pe...

Leia mais