Organização Curricular do Curso de Bacharelado em Administração

Сomentários

Transcrição

Organização Curricular do Curso de Bacharelado em Administração
Organização Curricular do Curso de Bacharelado em Administração Habilitação Comércio Exterior - ACE 2006/1
Organização Curricular do Curso de Bacharelado em Administração - Habilitação
Comércio Exterior
1 DADOS LEGAIS:
Reconhecido pela Portaria MEC 447 de 08 de agosto de 2006, publicada no Diário Oficial da União em 09 de
agosto de 2006, página 15, seção I. Alteração curricular aprovada pela Ata 30 do CONEPE de 17 de novembro de
2005, publicada no Diário Oficial da União em 10 de maio de 2006, página 131, seção III.
2 PERFIL PROFISSIOGRÁFICO:
O Instituto Blumenauense de Ensino Superior propõe para o curso em questão o oferecimento de um conteúdo
didático-pedagógico adequado aos mais elevados princípios éticos, no sentido de que o profissional egresso do
curso seja dotado de visão estratégica, com sólida formação básica, capaz de identificar e definir problemas e
desenhar soluções de forma sistêmica.
Esse profissional deve ter capacidade empreendedora e inovadora na compreensão dos meios de produção e
distribuição, dotado de iniciativa e capacidade de liderança, pois dele partirão decisões que influenciarão a
comunidade e o ambiente onde atua. Precisa ter gosto por aprender continuamente. Deve contar com o raciocínio
de caráter abstrato, sociabilidade, capacidade de expressão e comunicação, aptidão analítica e numérica,
comportamento equilibrado e desenvolvo, além de elevado senso ético.
Sua visão técnico-científica e empresarial deve estar aliada à postura de um cidadão que, com responsabilidade
social busca preservar os valores éticos baseados na concepção do bem estar social.
Deve ser capaz de transferir conhecimentos para o ambiente e comunidade em que atua e promover ação reflexiva,
crítica e atualizada, buscando reforçar o exercício pleno da cidadania e contribuir, de forma concreta, para formar
mais clara a concepção de qualidade em serviços no ramo de Comércio Exterior, buscando e formulando novos
paradigmas em face da realidade socioeconômica do cenário nacional e mundial.
3 VALIDADE:
Válido para todas as turmas iniciantes entre o primeiro semestre de 2006 e o segundo semestre de 2006, exceto
para aqueles alunos que solicitaram, expressamente, a alteração de grade curricular.
4 CARGA HORÁRIA E PERÍODO PARA INTEGRALIZAÇÃO DO CURSO:
O curso possui 3.180 h.a. (de 50 min), incluindo o Estágio de 300 h.a., podendo ser integralizado no mínimo em 8
semestres e no máximo em 14 semestres.
5 EMENTÁRIOS:
1º Período
ECONOMIA
Princípios econômicos básicos. Sistemas econômicos. Evolução histórica da Ciência Econômica. Teoria do
consumidor: demanda, oferta, equilíbrio, elasticidade. Teoria da produção. Teoria de custos. A macroeconomia:
definições e campo de atuação. Os princípios agregados macroeconômicos. Moeda: origem, funções e meios de
pagamento. Autoridades monetárias. Sistema Financeiro Nacional. Setor externo: balanço de pagamentos. Sistema
Financeiro Internacional. Processos de organização do trabalho frente aos novos modelos de gestão. Informações
nas organizações. Mudanças organizacionais.
Bibliografia Básica
ROSSETTI, José Pachoal. Introdução à economia. 19. ed. São Paulo: Atlas, 2002.
VASCONCELLOS, Marco Antonio Sandoval de. Economia: micro e macro. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2002.
SILVA, F.; JORGE, F. Economia aplicada à administração. São Paulo: Futura 2002.
REGO, J.; MARQUES, R. Economia brasileira. São Paulo: Saraiva, 2005.
SILVA, E. Visão dos problemas econômicos. São Paulo: Unisa, 1999.
Bibliografia Complementar
EQUIPE dos Professores da USP. Manual de economia. São Paulo: Saraiva, 1998.
MANKIW, N. Introdução à economia. Rio de Janeiro: Campus, 1999.
PASSOS, C.; NOGAMI, O. Princípios de economia. São Paulo: Pioneira, 1998.
VASCONCELOS, M.; TROSTER, R. Economia básica. São Paulo: Atlas, 1998.
VASCONCELLOS, M. Fundamentos da economia. São Paulo: Saraiva, 1998.
TROSTER, R.; MOCHÓN, F. Introdução à economia. São Paulo: Makron Books, 1994.
RQ 9403 Rev. 00
Página 1 de 26
WESSELS, W. Economia. São Paulo: Saraiva, 1998.
INSTITUIÇÕES DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO
Legislação básica: aspectos teóricos e práticos, fontes e principais ramos. Direito civil e comercial: aspectos
teóricos e práticos e novas tendências frente ao contexto brasileiro e internacional. Sistema Tributário Nacional.
Normas gerais de direito tributário. Tributos. Tributação da micro-empresa. Crimes contra a Fazenda Pública.
Principais instituições do direito privado. Relações das ciências administrativas com o direito público e o direito
privado. Estado. Constituição Federal. Direito público.
Bibliografia Básica
MARTINS, Sérgio Pinto. Instituições de direito público e privado. São Paulo: Atlas, 2004.
NASCIMENTO, A. PINHO, R. Instituições de direito público e privado: introdução ao estudo do direito, noções
de ética profissional. São Paulo: Atlas, 2002.
FERREIRA FILHO, M. Aspectos do direito constitucional contemporâneo. São Paulo: Saraiva 2003.
TELES JÚNIOR, G. Iniciação na ciência do direito. São Paulo: Saraiva 2002.
MONTORO, A. Introdução à ciência do direito. São Paulo: RT, 2000.
Bibliografia Complementar
BASTOS, C. Curso de direito administrativo. São Paulo: Saraiva, 1996.
CARVALHO, A. Instituições de direito privado. Rio de Janeiro: Forense, 1980.
CONTRIN, G. Direito legislação: introdução ao direito. São Paulo: Saraiva, 1997.
DI PIETRO, M. Direito administrativo. São Paulo: Atlas, 1998.
POLETTI, R. Introdução ao direito. São Paulo: Saraiva, 1996.
FÜHRER, Maximilianus C. A., MILARÉ, Edis. Manual de direito público e privado. São Paulo: Revista dos
Tribunais,2004
DOWER, Nelson Godoy Bassil. Instituições de direito público e privado. São Paulo: Nelpa, 2001.
MAIA, Jaime de Mariz. Economia internacional e comércio exterior. São Paulo: Atlas, 2000.
BASSO, Maristela. Contratos internacionais do comércio. São Paulo: Livraria do Advogado, 1998.
FREZEK, J. F. Direito internacional público. São Paulo: Saraiva, 1996.
FERREIRA FILHO, Manoel Gonçalves. Curso de direito constitucional. São Paulo: Saraiva, 1994.
MACHADO, Hugo de Brito. Curso de direito tributário. São Paulo: Malheiros, 1999.
OLIVEIRA, Lamartino França de. O direito é legal. São Paulo: Elfort, 2004
SILVA, Edson Jacinto da. Instituições de direito público e privado. Campinas: LZN, 2003
MEIRELES, Hely Lopes. Direito administrativo brasileiro. São Paulo: Malheiros, 1993.
TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO I
Definições e bases históricas da Administração. Estudo das teorias da Administração. Abordagens clássicas,
humanista e organizacional. Organização. Direção. Planejamento. Administração por Objetivos. Controle e
Coordenação. Funções administrativas frente às novas tendências.
Bibliografia Básica
MAXIMIANO, A. Teoria geral da administração: da escola científica à competitividade em economia
globalizada. São Paulo: Atlas, 2000.
MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital.
3. ed. rev. São Paulo: Atlas, 2002.
SCHERMERHORN J. Administração. Rio de Janeiro: LTC, 1999.
CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração: edição compacta. 2. ed. rev. Rio de
Janeiro: Campus, 2002.
DAFT, Richard L. Administração. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1999.
MORAES, A. Iniciação ao estudo da administração. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2001.
SOUZA, A.; FERREIRA, V. Introdução à administração: uma iniciação ao mundo das organizações. Rio de
Janeiro: Pontal, 2004.
Bibliografia Complementar
CHIAVENATO, I. Introdução à teoria geral da administração. São Paulo: Makron Books, 1997.
DAFT, R. Teoria e projeto nas organizações. Rio de Janeiro: LTC, 1999.
DRUCKER, Peter Ferdinand. Administrando para o futuro: os anos 90 e a virada do Século. 6. ed. São Paulo:
Pioneira, 1998.
PARK, K.; BONIS, D.; ABUD, M. Introdução ao estudo da administração. São Paulo: Pioneira, 1997.
JUCIUS, M. Introdução à administração. São Paulo: 1990.
KWASNICKA, E. Teoria geral da administração: resumo. São Paulo: Atlas, 1995.
RQ 9403 Rev. 00
Página 2 de 26
MAXIMIANO, A. Introdução à administração. São Paulo: Atlas, 1990.
MOTTA, F. Teoria geral da administração. São Paulo: Pioneira, 1992.
MONTANA, P. Administração. São Paulo: Saraiva, 1998.
HAMPTON, D. Administração contemporânea. São Paulo: McGraw-Hill, 1983.
STONER, J.; FREEMAN, R. Administração. São Paulo: Prentice Hall.
MATEMÁTICA
Conjuntos e subconjuntos. Funções de primeiro e segundo grau. Funções logarítmicas e exponenciais. Limites e
continuidades. Diferenciação. Integral, Derivadas. Integração simples. Funções de várias funções. Matrizes e
sistemas lineares. Problemas empresariais.
Bibliografia Básica
SILVA, S. Matemática para os cursos de economia, administração e ciências contábeis. São Paulo: Atlas, 1999.
YAMANE, T. Matemática para economistas. São Paulo: Atlas, 1972.
Bibliografia Complementar
BONINI, E. Matemática: exercícios para economia. São Paulo: Loyola, 1971.
LEITHOLD, Louis. Matemática aplicada à economia e administração. São Paulo: Harbra, 2001.
GIOVANNI, José Ruy. Matemática fundamental: 2° grau. São Paulo: FTD, 1994.
ROMANO, R. Cálculo diferencial e integral: funções de uma variável. São Paulo: Altas, 1983.
ÁVILA, G. Cálculo diferencial e integral. v. 1. Rio de Janeiro: LTC, 1997.
GUELLI, C. A. Conjuntos, relações, funções e inequações. São Paulo: Moderna, s.d.
ROMANO, R. Cálculo diferencial e integral: funções de uma variável. São Paulo: Atlas, 1983.
CONTABILIDADE
Objetivos da Contabilidade. Relatórios contábeis: Quais são, introdução ao Balanço Patrimonial, Ativo Passivo e
Patrimônio Líquido. Balanço Patrimonial: Quais são os grupos de contas, critérios de classificação. Ciclo
Operacional. Aspectos sobre situação financeira X situação econômica. Termos contábeis: Receita, Despesa,
Custo, Perda e Ganho. Demonstração do Resultado do Exercício: Apuração de Resultado, Tipos de Resultados.
Integração entre Balanço Patrimonial e Demonstração do Resultado do Exercício. Operações com mercadorias.
Introdução à análise das demonstrações contábeis.
Bibliografia Básica
MARTINS, E. Contabilidade de custos: inclui o ABC. São Paulo: Atlas, 2001.
IUDÍCIBUS, Sérgio de. Contabilidade introdutória. 9. ed. São Paulo: Atlas, 1998.
IUDÍCIBUS, Sérgio de. Curso de contabilidade para não contadores: para as áreas de administração, economia,
direito e engenharia. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2000.
MARION, José Carlos. Contabilidade básica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 1998.
RIBEIRO, O. Contabilidade comercial fácil. São Paulo: Saraiva, 1999.
Bibliografia Complementar
MARION, J. Contabilidade gerencial. São Paulo: Atlas, 1998.
MATARAZZO, D. Análise financeira de balanço: abordagem básica e gerencial. São Paulo: Atlas, 1996.
RIBEIRO, O. Contabilidade geral. São Paulo: Saraiva, 1997.
FRANCO, Hilário. Contabilidade geral. 23. ed. São Paulo: Atlas, 1997.
2º Período
INFORMÁTICA
Evolução da informática desde os primórdios do processamento de dados. Conceitos básicos de sistemas.
Memórias. Conceitos de hardware e software. Ambientes operacionais. Administração, complementação e
tendências da Informática. Sistemas de Apoio à Decisão. Utilização do Windows nas organizações. Explorando o
computador pelo windows. Trabalhando com arquivos. Word. Excel. Power Point. Software de Administração e
Contábeis. Internet. Arquivos HTML. WWW.
Bibliografia Básica
MEYER, M.; BABER, R.; PFAFFENBERGER, B. Nosso futuro e o computador. Porto Alegre: Bookman, 2000.
MEIRELLES, F. Informática: novas aplicações com microcomputadores. São Paulo: Makron Books, 1994.
VELLOSO, F. Informática: conceitos básicos. Rio de Janeiro: Campus, 2003.
RQ 9403 Rev. 00
Página 3 de 26
Bibliografia Complementar
ALBERTIN, A. Administração de informática. São Paulo: Atlas, 1995.
GRISSON, S. Manual de informática. São Paulo: Atlas, 1997.
MANZANO, A. Estudo dirigido de informática básica. São Paulo: Erica, 1998.
PALMER, O. Análise essencial de sistemas. São Paulo: Makron Books, 1991.
PFAFFENBERGER, B. Webster’s New Word: dicionário de informática. Rio de Janeiro: Campus, 1998.
UNDERDAHL, B. Windows 98. São Paulo: IDG, 1998.
DALFOVO, O. Sistema de informações: estudos e casos. Blumenau: Acadêmica, 2004.
FILOSOFIA
O que é filosofia. O que é Ética. Ética na administração. Ontologia e razão. Fundamentos filosóficos.
Conhecimento. Ciência. Política. Cultura. Moral. Lógica. Distinção entre a filosofia do senso comum e do
conhecimento científico. Cenários novos. Tendências filosóficas.
Bibliografia Básica
CHAUI, Marilena de Souza. Convite à filosofia. 13. ed. São Paulo: Ática, 2004.
SROUR, R. Ética empresarial: a gestão da reputação. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.
SINGER, P. Ética prática. São Paulo: Martins Fontes, 2002.
ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofando: introdução à filosofia. 2. ed. rev. São Paulo: Moderna, 2002.
HOBBES, Thomas. Leviatã: ou matéria, forma e poder de um estado eclesiástico e civil. São Paulo: Martin Claret,
2003.
HAIGHT, Mary. A serpente e a raposa: uma introdução à lógica. São Paulo: Loyola, 2003.
Bibliografia Complementar
FARIA, M. Aristóteles: a plenitude do ser. São Paulo: Moderna, 1994.
LOCKE, John. Segundo tratado sobre o governo. São Paulo: Martin Claret, 2002.
MORAES, A. Filosofia: exercícios de leitura. São Paulo: DeLeitura, 1998.
PLATÃO. A república. Belém: UFPA, 1988.
RIBEIRO, R. Primeira filosofia. São Paulo: Brasiliense, 1986.
ROUSSEAU, J. Do contrato social. São Paulo: Abril, 1983. Os Pensadores.
SEVERINO, A. Filosofia. São Paulo: Cortez, 1992.
WATANABE, L. Platão: por mitos e hipóteses. São Paulo: Moderna, 1996.
ANDERY, M. Para compreender a ciência: uma perspectiva histórica. Rio de Janeiro: Espaço e Tempo; São
Paulo: Educ, 2002.
GLEISER, Marcelo. Fim da terra e do céu: o apocalipse na ciência e na religião. São Paulo: Companhia das
Letras, 2001.
LACEY, H. Valores e atividade científica. São Paulo: Discurso Editorial, 1998.
MÁTTAR NETO, J. A. Filosofia e administração. São Paulo: Makron Books, 1997.
WESTON, A. A arte de argumentar. Lisboa: Gradiva, 1996.
SALMON, Wesley C. Lógica. 3. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2002.
ESTATÍSTICA
Introdução. Arredondamento de acordo com a precisão desejada. Tipos de variáveis. Distribuição de freqüências.
Séries estatísticas. Medidas estatísticas. Preparação de dados para análise estatística. Separatrizes. Assimetria e
curtose. Probabilidades. Distribuição de probabilidades. Programação linear. Aplicações dos softwares estatísticos
com o uso do computador. Testes de hipóteses sobre as provas paramétricas e não paramétricas aplicáveis à
pesquisa no campo da Administração.
Bibliografia Básica
HOFFMANN, Rodolfo. Estatística para economistas. 3. ed. rev. São Paulo: Pioneira, 2001.
CRESPO, Antônio Arnot. Estatística fácil. 17. ed. São Paulo: Saraiva, 2001.
REINHOLD, I.; NEHRING, H. Estatística. Blumenau:Nova Letra, 2001.
MARTINS, G.; FONSECA, J. Curso de estatística. São Paulo: Atlas, 1996.
TOLEDO, G.; OVALLE, I. Estatística básica. São Paulo: Atlas, 1995.
MAGALHÃES, M.; LIMA, A. Noções de probabilidade e estatística. São Paulo: Edusp, 2002.
Bibliografia Complementar
LAPPONI, J. Estatística usando o Excel. São Paulo: Lapponi Treinamento e Editora, 2000.
NAZARETH, H. Curso básico de estatística. São Paulo: Ática, 1998.
SPIEGEL, M. Estatística. São Paulo: McGraw-Hill, 1993.
STEVENSON, W. Estatística aplicada a administração. Rio de Janeiro: Harbra, 1987
RQ 9403 Rev. 00
Página 4 de 26
CONTABILIDADE II
Confrontação entre Contabilidade de Custos, Contabilidade Financeira e Contabilidade Gerencial. Terminologia
contábil e implantação de sistemas de custos. Fluxo operacional e sistêmico dos eventos empresariais. Visão
sistêmica de custos. Custos para valorização de estoques e apuração do resultado. Princípios contábeis aplicados a
custos. Algumas classificações e nomenclaturas de custos. O esquema básico da Contabilidade de Custos. Custos
diretos de produção - materiais diretos: controle e valorização. Mão-de-obra direta: controle e valorização. Custos
indiretos de fabricação. Controle, rateio dos produtos, departamentalização, critérios de rateio, o esquema básico
da Contabilidade de Custos. Contabilização dos custos de produção, o custo do produto vendido e a demonstração
do resultado. Aplicação dos cursos indiretos de fabricação. Sistemas de custeamento: por ordens/encomenda, por
processo/contínuo, produção conjunta. Aspectos fiscais relativos à avaliação de estoques.
Bibliografia Básica
MARTINS, E. Contabilidade de custos: inclui o ABC. São Paulo: Atlas, 2001.
IUDÍCIBUS, Sérgio de. Contabilidade introdutória. 9. ed. São Paulo: Atlas, 1998.
IUDÍCIBUS, Sérgio de. Curso de contabilidade para não contadores: para as áreas de administração, economia,
direito e engenharia. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2000.
MARION, José Carlos. Contabilidade básica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 1998.
RIBEIRO, O. Contabilidade comercial fácil. São Paulo: Saraiva, 1999.
Bibliografia Complementar
BACKER, N.; LYLE J. Contabilidade de custos: um estoque de administração de empresas. Rio de Janeiro:
MCGraw-Hill, 1978.
HORNGREN, C. Contabilidade de custos: um enfoque administrativo. São Paulo: Atlas, 1978.
LEONE, G. Custos: planejamento, implantação e controle. São Paulo: Atlas, 1981.
SOCIOLOGIA
Sociologia como ciência. Sociologia Geral e Sociologia Aplicada à Administração. Estratificação social.
Organizações e burocracias. Indivíduo e organização. Organização formal e informal. Organização social: fator
humano e suas dimensões. Processos de organização do trabalho frente aos novos modelos de gestão. Informações
nas organizações. Mudanças organizacionais.
Bibliografia Básica
COSTA, M. Sociologia: introdução à ciência da sociedade. São Paulo: Moderna, 2000.
MARTINS, Carlos Benedito. O que é sociologia. 38. ed. São Paulo: Brasiliense, 2002.
SELL, Carlos Eduardo. Sociologia clássica: Durkheim, Weber, Marx. 3. ed. Blumenau: Edifurb, 2004.
GUARESCHI, Pedrinho A. Sociologia crítica: alternativas de mudança. 56. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004.
OLIVEIRA, Pérsio Santos de. Introdução à sociologia. 24. ed. São Paulo: Ática, 2002.
CHARON, J. Sociologia. São Paulo: Saraiva, 2002.
LAKATOS, Eva Maria. Sociologia geral. 7. ed. rev. São Paulo: Atlas, 1999.
DIAS, R. Sociologia aplicada ao comércio exterior. Campinas: Alínea, 2000.
Bibliografia Complementar
CHAMPION, D. A sociologia das organizações. São Paulo: Saraiva, 1985.
CHIAVENATO, I. Introdução à teoria geral da Administração. São Paulo: McGraw-Hill, 1983.
COHN, G. Max Weber: sociologia. São Paulo: Ática, 1997.
DELORENZO NETO, A. Sociologia das organizações. São Paulo: Atlas, 1981.
BENEDITO. Dicionário de ciências sociais. Rio de Janeiro: FGV, 1987..
FORACCHI, M.; MARTINS, J. Sociologia e sociedade: leituras de introdução à sociologia. Rio de Janeiro: LTC,
1977.
FREIRE, P. Considerações críticas sobre o ato de estudar. Belo Horizonte, UFMG.
GIDDENS, A. A transformação da intimidade. São Paulo: UNESP, 1992.
IANNI, Octavio. Sociedade global. 6. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1998.
MARTINS, Ives Gandra da Silva. Visão do mundo contemporâneo. São Paulo: Pioneira, 1996.
MOTTA, Fernando C. Prestes. O que é burocracia. 16. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.
OLIVEIRA, S. Sociologia das organizações. uma análise do homem e das empresas no ambiente competitivo.
São Paulo: Pioneira, 2002.
RIBEIRO JÚNIOR, J. O que é positivismo. São Paulo: Brasiliense, 1983.
TOMAZI, N. Iniciação à sociologia. São Paulo: Atual, 1993.
WEBER, Max. Ética protestante e o espírito do capitalismo. 2. ed. rev. São Paulo: Pioneira, 2001.
RQ 9403 Rev. 00
Página 5 de 26
WEBER, Max. Economia e sociedade. Brasília: UNB, 1991.
MACROECONOMIA
Introdução à macroeconomia. O princípio da demanda efetiva. A lei Say e suas implicações. O princípio da
demanda efetiva: uma formulação geral. A determinação da renda e do emprego em Keynes. Introdução à teoria
Keynesiana o fundo clássico. Valorização patrimonial, incerteza e expectativas. A demanda efetiva: a visão de
Keynes. Consumo, investimento e poupança. A teoria do consumo. O multiplicador e a relação do consumo com o
investimento. A determinação do investimento. A avaliação da rentabilidade dos ativos e a eficiência marginal do
capital. A preferência pela liquidez e taxa de juros. A teoria geral e o Keynesianismo. A determinação da renda e
do emprego em Kalecki. Introdução. O esquema de reprodução Kaleckiano. Os determinantes da distribuição de
renda. Variação salarial e distribuição de renda.
Bibliografia Básica
DORNBUSCH, R.; FISHER, S. Macroeconomia. São Paulo: Makron Books, 2001.
WONNACOTT, P.; WONNACOTT, R. Introdução à economia. São Paulo: Makron Books, 1985.
MANKIW, N. Macroeconomia. Rio de Janeiro: LTC, 2004.
VASCONCELOS, M.; PINHO, D. Manual de economia. São Paulo: Saraiva, 2003.
GONÇALVES, R.; BAUMANN, R. Nova economia internacional: uma perspectiva brasileira. Rio de Janeiro:
Campus, 1998.
MAIA, J. Economia internacional e comércio exterior. São Paulo: Atlas, 2003.
Bibliografia Complementar
BLANCHARD, O. Macroeconomics. New Jersey: Prentice Hall, 1996.
HALL, R.; TAYLOR, J. Macroeconomia: teoria, desempenho e política. Rio de Janeiro: Campus, 1989.
DORNBUSH, R.; Fischer, S. Macroeconomics. New York: McGraw-Hill, 1994.
ROMER, D. Advanced macroeconomics. New York: McGraw-Hill, 1996.
MONTORO FILHO, F. Contabilidade social: uma introdução à macroeconomia. Atlas: São Paulo: 1992.
TEORIAS DE ADMINISTRAÇÃO II
Teoria do desenvolvimento organizacional. Processos organizacionais. Desempenho e estratégias organizacionais.
Relações inter-organizacionais e ambientais. Teoria de sistemas. Teoria da decisão. Gestão organizacional frente
aos novos paradigmas. Administração da ação empresarial.
Bibliografia Básica
MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria geral da administração: da escola científica à competitividade na
economia globalizada. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2000.
MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital.
3. ed. rev. São Paulo: Atlas, 2002.
SCHERMERHORN J. Administração. Rio de Janeiro: LTC, 1999.
CHIAVENATO, I. Introdução à teoria geral da administração: edição compacta. Rio de Janeiro: Campus,
2002.
DAFT, R. Administração. Rio de Janeiro: LTC, 1999.
MORAES, A. Iniciação ao estudo da administração. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2001.
SOUZA, A. FERREIRA, V. Introdução à administração: uma iniciação ao mundo das organizações. Rio de
Janeiro: Pontal, 2004.
Bibliografia Complementar
CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração. Rio de Janeiro: Campus, 1999.
DAFT, R. Teoria e projeto nas organizações. Rio de Janeiro: LTC, 1999.
DRUCKER, P. Administrando para o futuro: os anos 90 e a virada do século. São Paulo: Pioneira, 1992.
PARK, K.; BONIS, D.; ABUD, M. Introdução ao estudo da administração. São Paulo: Pioneira, 1997.
JUCIUS, M. Introdução à administração. São Paulo: 1990.
KWASNICKA, E. Teoria geral da administração: Resumo. São Paulo: Atlas, 1995.
MAXIMIANO, A. Introdução à administração. São Paulo: Atlas, 1990.
MOTTA, F. Teoria geral da administração. São Paulo: Pioneira, 1992.
MONTANA, P. Administração. São Paulo: Saraiva, 1998.
HAMPTON, D. Administração contemporânea. São Paulo: McGraw-Hill, 1983.
STONER, J.; FREEMAN, R. Administração. São Paulo: Prentice Hall
RQ 9403 Rev. 00
Página 6 de 26
3º Período
ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS I
Rotinas de departamento pessoal. Organizações e administração de pessoal. Evolução da administração de pessoal.
Seleção. Recrutamento, treinamento e desenvolvimento de recursos humanos. Aspectos de direito do trabalho.
Auditoria em recursos humanos.
Bibliografia Básica
CHIAVENATO, I. Recursos humanos. São Paulo: Atlas, 2002.
CHIAVENATO, I. Gerenciando pessoas: o passo decisivo para a administração participativa. São Paulo: Makron
Books, 1997.
HELLER, R. Como aprimorar a gestão de pessoas. São Paulo: Publifolha, 2000.
ROBBINS, S. Administração: mudanças e perspectivas. São Paulo: Saraiva, 2003.
CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro:
Elsevier, 2005.
Bibliografia Complementar
CHIAVENATO, I. Como transformar RH de um centro de despesas em um centro de lucro. São Paulo:
Makron Books, 1996.
PICARELLI FILHO, Vicente. Remuneração estratégica: a nova vantagem competitiva. 2. ed. São Paulo: Atlas,
1999.
COSTA, S. A Prática das novas relações trabalhistas. São Paulo: Atlas, 1997.
DUTRA, J. Administração de carreiras: uma proposta para repensar a gestão de pessoas. São Paulo: Atlas, 1996.
GOMES, D. Fator K: conscientização e comprometimento. São Paulo: Pioneira, 1994.
LOBOS, J. Sindicalismo e negociação. Rio de Janeiro: José Olympio, 1988.
ORLICKAS, E. Consultoria interna de recursos humanos. São Paulo: Makron Books, 1998.
SERSON, J. Curso básico de administração de pessoal. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1990.
TACHIZAWA, T. Gestão com pessoas. Rio de Janeiro: FGV, 2001.
VIEIRA, H. Recursos humanos: uma abordagem interativa. São Paulo: Cedas, 1994.
GOMES, D. Fator K: conscientização e comprometimento. São Paulo: Pioneira, 1994.
MARRAS, J. Administração de recursos humanos: do operacional ao estratégico. São Paulo: Futura, 2000.
BOHLANDER, G. SNELL, S. SHERMAN, A. Administração de recursos humanos. São Paulo: Thompson,
2003.
CARVALHO, A. NASCIMENTO, L. Administração de recursos humanos. São Paulo: Thomson, 2002.
MILKOVICH, T. BOUDREAU, J. Administração de recursos humanos. São Paulo: Atlas, 2000.
GUSTAVO, G. Manual de gestão de pessoas e equipes: estratégias e tendências. São Paulo: Gente, 2002.
CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro:
Campus, 1999.
CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas. Rio Janeiro: Campus, 2004.
INTRODUÇÃO AO COMÉRCIO EXTERIOR
Conhecimento dos documentos utilizados. A análise das determinantes do comércio internacional, do
comportamento do sistema financeiro internacional, o equilíbrio internacional de pagamentos e os mecanismos de
estabilidade e expansão da economia internacional. Ênfase especial será dada às políticas do comércio exterior por
parte dos países desenvolvidos e dos países em via de desenvolvimento. Estudos de caso. Análise de comunicados
relativos ao comércio exterior e despacho aduaneiro.
Bibliografia Básica
BORTOTO, A. Comércio exterior: teoria e Gestão. São Paulo: Atlas, 2004.
ARAUJO, Ana Clarissa Masuko dos Santos. Drawback e o comércio exterior: visão jurídica e operacional. São
Paulo: Aduaneiras, 2004.
BIZELLI, João dos Santos. Incoterms 2000: regras oficiais da CCI para a interpretação de termos comerciais. São
Paulo: Aduaneiras, 2000.
BILZETI, J. B. Normas básicas de importação. São Paulo: Aduaneiras, 2001.
VAZQUEZ, José Lopes. Comércio exterior brasileiro. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2001.
Bibliografia Complementar
FORTUNA, Eduardo. Mercado financeiro. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1995.
RATTI, B. Comércio exterior e câmbio. São Paulo: Aduaneiras, 1993.
RATTI, B. Comércio internacional e câmbio. São Paulo: Aduaneiras, 1994.
RQ 9403 Rev. 00
Página 7 de 26
ADUANEIRAS. Normas administrativas de exportação. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
ADUANEIRAS. Siscomex: importação - normas gerais. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
PIRES, J. Comércio exterior: burocracia x modernidade. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
CARPIO, R. Carta de crédito e UCP 500: comentada. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
OLIVEIRA, C. Batalha de exportação. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
TORRES, Igor Gonçalves. Comércio internacional no Século XXI. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
JÚNIOR, A. Contratos indexados do direito brasileiro e variação cambial. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
SOSA, R. O controle do valor aduaneiro. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
PONTES, T. Dicionário de comércio exterior. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
LUNARDI, Angelo Luiz. Incoterms 2000: condições internacionais de compra e venda. 2. ed. São Paulo:
Aduaneiras, 2001.
ADMINISTRÇÃO DE CUSTOS E PREÇOS
Conceitos de custos; tipos de custos de uma empresa; gestão estratégica de custos; custos como um fator de
competitividade; plano de centro de custos, de despesas e de receitas. Precificação; controle e acompanhamento de
preços; sistemas automatizados; relações custo/volume/lucro/preço.
Bibliografia Básica
WERNKE, Rodney. Análise de custos e preços de venda: ênfase em aplicações e casos nacionais. São Paulo:
Saraiva, 2005.
BORNIA, Antonio César. Análise gerencial de custos: aplicação em empresas modernas. Porto Alegre:
Bookman, 2004.
OLIVEIRA, Luís Martins de. Contabilidade de custos para não contadores. São Paulo: Atlas, 2000
DUTRA, R. Custos: uma abordagem prática. São Paulo: Atlas, 2003.
HORNGREN, Charles T. Contabilidade de custos: uma abordagem gerencial. 11. ed. São Paulo: Prentice Hall,
2004.
BERNARDI, Luiz Antonio. Manual de formação de preços: políticas, estratégias e fundamentos. 3. ed. São
Paulo: Atlas, 2004.
Bibliografia Complementar
LEONE, G. Custos: planejamento, implantação e controle. São Paulo: Atlas, 2000.
GARCI, L. Exportar: rotinas e procedimentos, incentivos e formação de preços. São Paulo: Aduaneiras, 1998.
MARTINS, E. Contabilidade de custos. 7 . ed. São Paulo: Atlas, 2000.
ATKINSON, A. Contabilidade gerencial. São Paulo: Atlas, 2000.
METODOLOGIA DA PESQUISA
O papel da ciência. Definição de ciência. Senso comum e ciência. Ciências humanas e naturais. Ciência e
ideologia. Tipos de conhecimento. Conhecimento científico. Método e técnica. Processo de leitura. Trabalhos
acadêmicos: tipos, características e composição estrutural. Projeto de pesquisa experimental e não experimental.
Pesquisa qualitativa e quantitativa. Relatório de pesquisa. Estilo de redação. Referências e citações bibliográficas.
Apresentação gráfica. Normas da ABNT.
Bibliografia Básica
SOUZA, F. Escrevendo e normalizando trabalhos acadêmicos: um guia metodológico. Florianópolis: UFSC,
2001.
KÖCHE, J. Fundamentos de metodologia científica: teoria da ciência e iniciação à pesquisa. Petrópolis: Vozes,
2002.
ANDRADE, M. Introdução à metodologia do trabalho científico: elaboração de trabalhos na graduação. São
Paulo: Atlas, 2001.
TRIVIÑOS, A. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas,
1987.
LAKATOS, E.; MARCONI, M. Metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2000.
SEVERINO, A. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez, 2000.
LAKATOS, E.; MARCONI, M. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa
bibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos... São Paulo: Atlas, 2001.
GIL, A. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.
Bibliografia Complementar
BARBOSA, M. Introdução à pesquisa: métodos, técnicas e instrumentos. Rio de Janeiro: LTC, 1989.
CONTANDRIOPOULOS, A. Saber preparar uma pesquisa. São Paulo: Hucitec, 1994.
ECO, H. Como se faz uma tese. São Paulo: Perspectiva, 1998.
RQ 9403 Rev. 00
Página 8 de 26
RUDIO, F. Introdução ao projeto de pesquisa. Petrópolis: Vozes, 1999.
CASTRO, C. A pátria da pesquisa. São Paulo: McGrawHill do Brasil, 1981.
VERGARA, S. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 1998.
LUNA, S. V. de. Planejamento de pesquisa: uma introdução. São Paulo: EDUC, 2000.
BASTOS, Cleverson; KELLER, Vicente. Aprendendo a aprender: introdução á metodologia científica. 17. ed.
Petrópolis, 2003.
ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projetos de estágio e de pesquisa em administração. 3. ed. São Paulo: Atlas,
2005.
MEDEIROS, João Bosco de. Redação científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2004.
ANDRADE, Maria Margarida de. Introdução à metodologia do trabalho científico. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2005.
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
Contaminação do discurso oral. Regências verbal e nominal. Pontuação. Vícios de linguagem. Técnicas de leitura.
Técnicas de redação. Ideologia dos textos. Leitura. Condição de produção de leitura. Como redigir. Produção de
textos. Discursos. Dissertação científica. Teoria do texto. Produção de textos. Redação técnica e oficial. Elaboração
de documentos. Memorando. Pedido. Ofício. Requerimentos. Atas. Contratos.
Bibliografia Básica
FIORIN, J. SAVIOLI, F. Lições de texto: leitura e redação. São Paulo: Ática, 2001.
ANDRADE, M. HENRIQUES, A. Língua portuguesa: noções básicas para cursos superiores. São Paulo: Atlas,
1999.
CITELLI, A. Linguagem e persuasão. São Paulo: Ática, 2001.
CUNHA, C. CINTRA, L. Nova gramática do português contemporâneo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001.
ROSSIGNOLI, W. Português: teoria e prática. São Paulo: Ática, 2003.
MEDEIROS, J. Português instrumental: para os cursos de contabilidade, economia e administração. São Paulo:
Atlas, 2000.
MARTINS, E. Manual de redação e estilo. São Paulo: Moderna, 2005.
Bibliografia Complementar
PINHEIRO, J. B. G. Análise sintática: teoria e prática. São Paulo: Atual, 1998.
CITELLI, A. O texto argumentativo. São Paulo: Scipione, 1994.
PLATÃO & FIORIN. Para entender o texto. São Paulo. Ática, 1991.
SOARES & CAMPOS. Técnicas de redação. São Paulo: Ao Livro Técnico, 1989.
ESPANHOL TÉCNICO
Redação em língua espanhola: diálogos, cartas informais e técnicas, descrição, narração e ensaio. Relativos:
construções adjetivas, construções subordinativas. Verbos transitivos, intransitivos, reflexivos e pronominais.
Vozes verbais. Construções impessoais. Uso dos infinitivos. Uso do gerúndio e do particípio. Desenvolvimento e
aperfeiçoamento da expressão oral e escrita. Leitura de artigos referente as ciências administrativas. Elaboração de
textos.
Bibliografia Básica
CERROLAZA, M.; CERROLAZA, Ó.; LLOVET, B. [email protected]: libro del alumno. Madrid: Edelsa, 2002.
BALLESTERO-ALVAREZ, M.; BALBÁS, M. Dicionário espanhol-português português-espanhol. São Paulo:
FTD.
Bibliografia Complementar
SECO, R. Diccionario de dudas y dificultades de la lengua española. Madrid: Aguilar, 1989.
SECO, R. Manual de gramática española. Madrid, Aguilar, 1988.
PALOMINO, M. A. Primer plano 1: profesional. Madrid: Edelsa, 2000.
MILANI, E. M. Gramática de espanhol para brasileiros. São Paulo: Saraiva, 2000.
FLAVIAN, E.; FERNÁNDEZ, G. E. Minidicionário esp.-port., port.-esp. São Paulo: Ática, 2000.
MINIDICIONÁRIO Saraiva. Esp.-port., port.-esp. São Paulo: Saraiva, 2001.
MICROECONOMIA
Transformações das empresas e Concorrência na dinâmica capitalista. Considerações gerais sobre o processo de
concorrência. Lógicas particulares dos mercados. Relação entre competição e dinamismo. Efeitos dinâmicos da
concorrência. Tamanho de mercado versus economias de escala. Geração e difusão de tecnologia. Teoria do
consumidor: demanda, oferta, equilíbrio, elasticidade. Teoria da produção. Teoria de custos; custos de produção;
teorias da demanda e da oferta; elasticidade; imperfeição de mercados.
RQ 9403 Rev. 00
Página 9 de 26
Bibliografia Básica
PINDYCK, R.; RUBINFELD, D. Microeconomia. São Paulo: Prentice Hall, 2005.
CARVALHO, L. Microeconomia introdutória: para cursos de administração e contabilidade; com questões e
soluções. São Paulo: Atlas, 2000.
BAUMANN, R. Brasil e a economia global. Rio de Janeiro: Campus, 2002.
REGO, J.; MARQUES, R. Economia brasileira. São Paulo: Saraiva, 2004.
Bibliografia Complementar
VARIAN, H. Microeconomia: princípios básicos. Campus, Rio de Janeiro: 1999.
SALVATORE, Dominick. Microeconomia. McGraw-Hill. São Paulo: 1994.
GARÓFALO, Gilson de Lima. Teoria microeconômica. São Paulo: Atlas, 1995.
4º Período
ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS II
Gestão de Recursos Humanos. Organizações e administração de pessoal. Evolução da administração de pessoal.
Seleção. Recrutamento, treinamento e desenvolvimento de recursos humanos. Desafios da gestão pessoal. Direito
do trabalho. Responsabilidade social das organizações. Comunicação humana nas organizações. Novos paradigmas
de cargos e salários. Auditoria em recursos humanos. Cenários futuros.
Bibliografia Básica
CHIAVENATO, I. Recursos humanos. São Paulo: Atlas, 2002.
CHIAVENATO, I. Gerenciando pessoas: o passo decisivo para a administração participativa. São Paulo: Makron
Books, 1997.
HELLER, R. Como aprimorar a gestão de pessoas. São Paulo: Publifolha, 2000.
ROBBINS, S. Administração: mudanças e perspectivas. São Paulo: Saraiva, 2003.
CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro:
Elsevier, 2005.
Bibliografia Complementar
CHIAVENATO, I. Como transformar RH de um centro de despesas em um centro de lucro. São Paulo:
Makron 1996.
PICARELLI FILHO, Vicente. Remuneração estratégica: a nova vantagem competitiva. 2. ed. São Paulo: Atlas,
1999.
COSTA, S. A. Prática das novas relações trabalhistas. São Paulo: Atlas, 1997.
DUTRA, J. Administração de carreiras: uma proposta para repensar a gestão de pessoas. São Paulo: Atlas, 1996.
GOMES, D. Fator K: Conscientização e Comprometimento. São Paulo: Pioneira, 1994.
LOBOS, J. Sindicalismo e negociação. Rio de Janeiro: José Olympio, 1988.
ORLICKAS, E. Consultoria interna de recursos humanos. São Paulo: Makron Books, 1998.
SERSON, J. Curso básico de administração de pessoal. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1990.
TACHIZAWA, T. Gestão com pessoas. Rio de Janeiro: FGV, 2001.
VIEIRA, H. Recursos humanos: uma abordagem interativa. São Paulo: Cedas, 1994.
MARRAS, J. Administração de recursos humanos: do operacional ao estratégico. São Paulo: Futura, 2000.
BOHLANDER, G.; SNELL, S.; SHERMAN, A. Administração de recursos humanos. São Paulo: Thomson,
2003.
CARVALHO, A.; NASCIMENTO, L. Administração de recursos humanos. São Paulo: Thomson, 2002.
MILKOVICH, T.; BOUDREAU, J. Administração de recursos humanos. São Paulo: Atlas, 2000.
GUSTAVO, G. Manual de gestão de pessoas e equipes: estratégias e tendências. São Paulo: Gente, 2002.
MARRAS, Jean Pierre. Administração da remuneração. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.
CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.
BOOG, Gustavo (coord.). Manual de gestão de pessoas e equipes. São Paulo: Gente, 2002. 2v.
MARRAS. Jean Pierre. Administração de recursos humanos: do operacional ao estratégico. São Paulo: Futura,
2000.
MILKOVICH, George T.; BOUDREAU, John W. Administração de recursos humanos. São Paulo: Atlas, 2000.
BOHLANDER, George W.; SNELL, Scott; SHERMAN, Arthur. Administração de recursos humanos. São
Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2003.
TIBOR, Simcsik. Adequação de recursos humanos. São Paulo: Futura, 2003.
CHIAVENATO, Idalberto. Recursos humanos: edição compacta. São Paulo: Atlas, 2002.
GIL, Antônio Carlos. Administração de recursos humanos: um enfoque profissional. São Paulo: Atlas, 1994.
RQ 9403 Rev. 00
Página 10 de 26
CARVALHO, Antônio Vieira de. Administração de recursos humanos. 2v. São Paulo: Pioneira Thomson
Learning, 2002.
ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA
Evolução do conceito de marketing. Compreensão da administração de marketing. Análise e oportunidades de
marketing. Sistemas de marketing. Tipos de mercado. Segmentação de mercado. Composto de marketing. Pesquisa
e seleção de mercados-alvos; Desenvolvimento da estratégia de marketing. Planejamento organização, implantação
e controle das estratégias de marketing. Natureza, objetivo, método e aplicação da pesquisa mercadológica.
Marketing integrado. Marketing de serviços. Merchandising. Publicidade e propaganda.
Bibliografia Básica
KOTLER, P. Administração de marketing. São Paulo: Prentice Hall, 2002.
BERKOWITZ, E.; KERIN, R.; HARTLEY, S.; RUDELIUS, W. Marketing. Rio de Janeiro: LTC, 2003.
KOTLER, P. Marketing de A a Z: 80 conceitos que todo profissional precisa saber. Rio de Janeiro: Campus,
2003.
CHINEM, R. Marketing e divulgação da pequena empresa: como o pequeno e o microempresário podem
chegar à mídia. São Paulo: Senac, 2002.
VAZ, G. Marketing institucional: o mercado de idéias e imagens. São Paulo: Pioneira, 2003.
RODRIGUES, V. Marketing no varejo. São Paulo: Globo, 1999.
COSTA, N. Marketing para empreendedores: um guia para montar e manter um negócio: um estudo da
administração mercadológica. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2003.
SHIMP, T. Propaganda e promoção: aspectos complementares da comunicação integrada de marketing. Porto
Alegre: Bookman, 2002.
SOLOMON, M. Comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. Porto Alegre: Bookman, 2002.
Bibliografia Complementar
BREEN, G. Faça você mesmo pesquisa de mercado. São Paulo: McGraw-Hill, 1991.
COLER, P. Administração de marketing. São Paulo: Markron Books, 1990.
HOLTJE, H. Marketing: exercícios e casos. São Paulo: McGraw Hill, 1982.
LAIRD, D. Psicologia aplicada na arte de vender. São Paulo: Ibrasa, 1986.
LEDUC, R. Como lançar um novo produto. São Paulo: Vértice, 1986.
MILIONI, B. Administração do tempo em vendas. São Paulo: Nobel, 1989.
RIES, A. Marketing de guerra. São Paulo: McGraw-Hill, 1989.
RICHERS, R. O que é marketing? São Paulo: Brasiliense, 1982.
ORGANIZAÇÃO SISTEMAS E MÉTODOS
Racionalização do trabalho. Organização, reorganização e reengenharia. Análise Administrativa. Processo
Empresarial. Distribuição física. Gráficos de organização. Manuais administrativos. Benchmarking. Empowerment.
Formulários. Metodologias para levantamento, análise e prognóstico das organizações. Conceitos e funções de
sistemas. SIG-Sistemas de Informações Gerenciais.
Bibliografia Básica
CURY, A. Organização e métodos: uma visão holística. São Paulo: Atlas, 2000.
BALLESTERO-ALVAREZ, M. Manual de organização, sistemas e métodos: abordagem teórica e prática da
engenharia da informação. São Paulo: Atlas, 2000.
OLIVEIRA, D. Sistemas de informações gerenciais: estratégicas, táticas, operacionais. São Paulo: Atlas, 2004.
OLIVEIRA, D. Sistemas, organização e métodos: uma abordagem gerencial. São Paulo: Atlas, 2005.
CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração. Rio de Janeiro: Campus, 1999.
ARAUJO, L. Organização, sistemas e métodos e as modernas ferramentas de gestão organizacional:
arquitetura organizacional, benchmarking, empowerment, gestão pela qualidade total, reengenharia. São Paulo:
Atlas, 2001.
Bibliografia Complementar
ALVAREZ, M. Organização, sistemas e métodos. São Paulo: McGraw Hill, 1990. 2v.
CAUTELA, A. Sistemas de informação na administração de empresas. São Paulo: Atlas, 1996.
LERNER, W. Organização, sistemas e métodos. São Paulo: Atlas, 1982.
OLIVEIRA, D. Sistemas, organização e métodos: uma abordagem gerencial. São Paulo: Atlas, 1998.
ARAÚJO, L. Organização e métodos: integrando comportamento, estrutura, estratégia e tecnologia. São Paulo:
Atlas, 2001.
BULGACOV, S. Manual de gestão empresarial. São Paulo: Atlas, 1999.
RQ 9403 Rev. 00
Página 11 de 26
CHINELATO FILHO, J. O&M integrado à informática. Rio de Janeiro: LTC, 1998.
OLIVEIRA, D. Sistemas de informações gerenciais. São Paulo: Atlas, 2004.
RITZ, R. Estrutura e comportamento organizacional. São Paulo: Pioneira, 1997.
ROCHA, L. Organização e métodos: uma abordagem prática. São Paulo: Atlas, 1987.
VARGAS, N. MENEZES, D. Método de racionalização do trabalho. São Paulo: Pini, 1998.
LACOMBE, Francisco; HEILBORN, Gilberto. Administração: princípios e tendências. São Paulo: Saraiva, 2003
MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Introdução a administração. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2004.
DIREITO TRABALHISTA
Natureza jurídica do direito do trabalho. Princípios de direito do trabalho. Fontes do direito do trabalho. Sujeitos
do contrato de trabalho: empregador, empresa e estabelecimento. Empregado, contrato de trabalho, representantes,
sócios e profissionais liberais. Remuneração: elementos integrantes do salário, salário mínimo, salário profissional,
salário família, suspensão do contrato de trabalho. FGTS. Contrato individual de trabalho. Estabilidade.
Organização sindical. Negociação coletiva. Dissídio. Direito de greve. Legislação previdenciária. Participação nos
lucros. Acidentes do trabalho.
Bibliografia Básica
MARTINS, S. Síntese de direito do trabalho. Curitiba: JM, 1999.
FÜHRER, M. FÜHRER, M. Resumo de direito do trabalho. São Paulo: Malheiros, 2005.
NASCIMENTO, A. Iniciação ao direito do trabalho. São Paulo: LTr, 2005.
Bibliografia Complementar
DIXIT, A. Pensamento estrategicamente: a vantagem. São Paulo: Atlas, 1994.
TRACY, D. 10 Passos para o empowerment: um guia sensato para a gestão de pessoas. Rio de Janeiro: Campus,
1994.
CONSTITUIÇÃO da República Federativa do Brasil. Rio de Janeiro: Saraiva, 1997.
MARRION, V. Comentários à consolidação das leis do trabalho. São Paulo: Saraiva, 2005.
MARTINS, S. Direito do trabalho. São Paulo: Atlas, 2005.
NASCIMENTO, A. Iniciação ao direito do trabalho. São Paulo: LTr, 2005.
PAIXÃO, F. PAIXÃO, L. A previdência social em perguntas e respostas. Porto Alegre: Síntese, 2005.
GODINHO DELGADO, Maurício. Curso de direito do trabalho. São Paulo: LTr, 2006.
MONTEIRO DE BARROS, Alice. Curso de direito do trabalho. São Paulo: LTr, 2006.
PINTO MARTINS, Sergio. Direito do trabalho. São Paulo: Atlas, 2006.
CARRION, Valentin. Comentários à consolidação das leis do trabalho. São Paulo: Atlas, 2006.
HORVATH JÚNIOR, Miguel. Direito previdenciário. São Paulo: Atlas, 2005.
PSICOLOGIA
Psicologia do comportamento organizacional: homem analítico, sintomas comportamentais. Natureza da ciência do
comportamento. Indivíduo e a organização. Comportamento humano, motivação, liderança e comunicação. Papéis
e valores. Personalidades. Processos de liderança. Poder: definição, símbolos e linguagem. Tensão e conflito
Feedback; Funcionamento e desenvolvimento de grupos. Criatividade: conceitos, mensuração e treinamento.
Problemas relativos à profissão do administrador.
Bibliografia Básica
MINICUCCI, A. Psicologia aplicada à administração. São Paulo: Atlas, 1995.
Bibliografia Complementar
BERGAMINI, C.W. Psicologia aplicada à administração de empresas: psicologia do comportamento
organizacional. São Paulo: Atlas, 1990.
CHANLAT, J. F. O Indivíduo na organização: dimensões esquecidas. São Paulo: Atlas, 1993.
HERSEY/BLANCHARD. Psicologia para administradores: a teoria e as técnicas de liderança situacional. São
Paulo: EPU, 1986.
MATEMÁTICA FINANCEIRA
Capitalização simples. Capitalização composta. Série de pagamentos (anuidades). Depreciação. Empréstimos e
amortizações. Análise de investimentos.
Bibliografia Básica
ASSAF NETO, A. Matemática financeira e suas aplicações. São Paulo: Atlas, 2002.
KUHNEN, O. BAUER, U. Matemática financeira aplicada e análise de investimentos. São Paulo: Atlas, 2001.
RQ 9403 Rev. 00
Página 12 de 26
MATHIAS, W. GOMES, J. Matemática financeira: com + de 600 exercícios resolvidos e propostos. São Paulo:
Atlas, 2002.
SHINODA, C. Matemática financeira para usuários do excel. São Paulo: Atlas, 1998.
Bibliografia Complementar
PUCCINI. Matemática financeira objetiva e aplicada. São Paulo: Saraiva, 1999.
BONINI, E. E. Matemática: exercícios para economia. São Paulo: Loyola, 1971.
ÁVILA, G. Cálculo diferencial e integral. v. 1. São Paulo: LTC, [s.d.].
GUELLI, C. A. Conjuntos, relações, funções e inequações. São Paulo: Moderna, s.d.
ROMANO, R. Cálculo diferencial e integral: funções de uma variável. São Paulo: Atlas, 1983.
INGLÊS INSTRUMENTAL I
Redação Técnica em língua inglesa: diálogos, cartas informais e técnicas, descrição, narração e ensaio da área de
Comércio Exterior. Compreensão e produção oral em língua inglesa.
Bibliografia Básica
GRANT, D.; MCLARTY, R. Business basics. New York: Oxford University Press, 2000.
RICHARDS, J. HULL, J. PROCTOR, S. Interchange: english for international communication. New York:
Cambridge University Press, 1999.
HOLLETT, V. Quick work pre-intermediate: a short course in business english. New York: Oxford University
Press, 2000.
Bibliografia Complementar
PIETZSCLIKE, F.; WIMMER, F. New michaelis illustrated dictionary. São Paulo: Melhoramentos, 1961.
GRANT, D.; McLARTY, R. Business basics. Oxford: Oxford University Press 1995.
MACZIOLA S.; WHITE, G. Getting ahead. Cambridge: Cambridge University Press 1993.
VINEY, P.; CURTIN, J. Survival english: international communication for professional people. Oxford:
Heinemann 1994.
BYRNE, T. Intermediate english file: business resource book. Oxford: Oxford University Press. 1993.
STOTT T.; BUCKINGHAM, A. At your service. Oxford: Oxford University Press. 1995.
HOLLETT, V. Quick work elementary. New York: Oxford University Press. 2002.
SPÍNOLA, V. Let’s trade in english. São Paulo: Aduaneiras, 2001.
5º Período
DIREITO TRIBUTÁRIO
O conceito de Direito Comercial. Divisão do Direito Comercial e suas relações com os demais ramos do Direito.
Evolução histórica do Direito Comercial. O Direito Comercial no Brasil. A autonomia do Direito Comercial. A
matéria do comércio. Fontes do Direito Comercial. A determinação da qualidade jurídica do comerciante. Registro
do Comércio. As obrigações comuns aos comerciantes. Os agentes auxiliares do comércio. As bolsas. As normas
tributárias como instrumentos de gestão governamental. Princípios constitucionais tributários. Competência
tributária. Classificação jurídica dos tributos. Isenções tributárias. Impostos no Sistema Tributário Nacional.
Impostos sobre importação. Impostos sobre exportação. Impostos sobre renda. IPI. Imposto sobre operações de
crédito e câmbio.
Bibliografia Básica
CASSONE, V. Direito tributário. São Paulo: Atlas, 2004.
COELHO, F. Curso de direito comercial. São Paulo: Saraiva, 2004.
COELHO, F. Manual de direito comercial. São Paulo: Saraiva, 2005.
MARTINS, F. Curso de direito comercial: empresa comercial, empresários individuais, microempresas,
sociedades empresárias, fundo de comércio. Rio de Janeiro: Forense, 2005.
MENDONÇA, J. Tratado de direito comercial brasileiro. Campinas: Russel, 2005.
MACHADO, H. Curso de direito tributário. São Paulo: Malheiros, 2005.
Bibliografia Complementar
GARAZZA, R. Curso de direito tributário. São Paulo: Atlas, 2000.
LAZARIM, A. Introdução ao direito tributário. São Paulo: Atlas, 1996.
DORIA, D. Direito comercial. São Paulo: Saraiva, 2000.
GIUSTI, M. Sumário de direito comercial. São Paulo: Riedel, 2004.
RQ 9403 Rev. 00
Página 13 de 26
MARTINS, S. Manual de direito tributário. São Paulo: Atlas, 2005.
BRASIL, Código Civil, 2006.
BRASIL, Código Tributário Nacional, 2006.
BRASIL, Constituição da República Federativa do Brasil, 2006.
ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO
Histórico. Conceitos e estrutura da administração da produção. Visão estratégica da produção. Sistemas de
produção. Produtividade. Planejamento, programação e controle da produção. Balanceamento das linhas
produtivas. Desenvolvimento de novos produtos. Engenharia simultânea e reversa. Localização industrial. Arranjo
físico das instalações.
Bibliografia Básica
SLACK, N. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 2002.
LAUGENI, F. MARTINS, P. Administração da produção. São Paulo: Saraiva, 2002.
MOREIRA, D. Administração da produção e operações. São Paulo: Pioneira, 2002.
BALLESTERO-ALVAREZ, M. Administração da qualidade e da produtividade: abordagens do processo
administrativo. São Paulo: Atlas, 2001.
TUBINO, D. Manual de planejamento e controle da produção. São Paulo: Atlas, 2000.
JURAN, J. Qualidade desde o projeto: novos passos para o planejamento da qualidade em produtos e serviços.
São Paulo: Pioneira, 2002.
Bibliografia Complementar
CORRÊA, H. L.; GIANESI, I. G. N. Just in Time, MRPII e OPT: um enfoque estratégico. São Paulo: Atlas,
1996.
GOLDRATT, E. M.; COX, J. A meta: um processo de aprimoramento contínuo. São Paulo: Educator, 1992.
MARTINS, P. G. Administração da produção. São Paulo: Saraiva, 1998.
LUBBEN, R. T. Just in time: uma estratégia avançada de produção. São Paulo: McGraw-Hill, 1989.
KRAJEWSKI, L. J.; RITZMAN, L. P. Operations management: strategy and analysis. New York: AddisonWesley, 1996.
SLACK, N. et al. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 1997.
VOLLMANN, T. E.; BERRY, W. L.; WHYBARK, D. C. Manufacturing planning & control systems. New
York: McGraw-Hill, 1997.
WATERS, D. Operations management: producing goods & services. New York: Addison-Wesley, 1996.
DALFOVO, Oscar (org.). Sistema de Informação: estudos de casos. Blumenau: Acadêmica, 2004.
ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA I
O papel da administração financeira e do administrador financeiro. Ambiente operacional da empresa.
Administração do capital de giro: caixa, duplicatas a receber e estoques. Gestão do fluxo de caixa. Demonstrações
financeiras, depreciação. Análise das demonstrações financeiras.
Bibliografia Básica
MATARAZZO, D. Análise financeira de balanços: abordagem básica e gerencial. São Paulo: Atlas, 2003.
WELSCH, G. Orçamento empresarial. São Paulo: Atlas, 1983.
GROPPELLI, A.; NIKBAKHT, E. Administração financeira. São Paulo: Saraiva, 2002.
SANVINCENTE, A. Administração financeira. São Paulo: Atlas, 1997.
SILVA, J. Análise financeira das empresas. São Paulo: Atlas, 2004.
GITMAN, L.J. Princípios de administração financeira. São Paulo: Harbra, 2002.
Bibliografia Complementar
BREALEY, R. A. Myers. Princípios de finanças empresariais. Rio de Janeiro: Mc Graw-Hill, 1992.
BRIGHAM, E. F. Fundamentos da moderna administração financeira. Rio de Janeiro: Campus, 1999.
FREZATTI, Fabio. Orçamento empresarial. São Paulo: Atlas, 1999.
GROPELLI, A.; NIKBAKHJ, E. Administração financeira. São Paulo: Saraiva, 1998.
HOJJ, M. Administração financeira: uma abordagem prática. São Paulo: Atlas, 1999.
MATARAZZO, D. C. Análise financeira de balanço: abordagem básica e gerencial. São Paulo: Atlas, 1998.
ROSS, S. A., et al. Princípios de administração financeira. São Paulo: Atlas, 1997.
SANVICENTE, A. Z. Administração financeira. São Paulo: Atlas, 1991.
WELSCH, G. A. Orçamento empresarial. São Paulo: Atlas, 1996.
RQ 9403 Rev. 00
Página 14 de 26
ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS
Evolução e conceitos da administração de recursos materiais e patrimoniais. Fluxo interno e externo de recursos.
Administração do patrimônio. Administração de materiais: plano de necessidades. Informática aplicada ao controle
de materiais. A função compras. Decisão fabricar ou comprar. Técnicas japonesas: Just-in-time aplicado a
suprimentos. Armazenamento e movimentação de materiais. Normalização, padronização e codificação.
Transporte e distribuição. Logística integrada. Gerenciamento da cadeia de abastecimento. Resposta rápida ao
consumidor (ECR - Efficient Consumer Response). Curva ABC, Estoque e Lote Econômico.
Bibliografia Básica
POZO, H. Administração de recursos materiais e patrimoniais: uma abordagem logística. São Paulo: Atlas,
2002.
DIAS, M. Administração de materiais: uma abordagem logística. São Paulo: Atlas, 1993.
SIMCHI-LEVI, D.; KAMINSKY, P.; SIMCHI-LEVI, E. Cadeia de suprimentos: projeto e gestão. Porto Alegre:
Bookman, 2003.
BALLOU, R. Gerenciamento da cadeia de suprimentos: planejamento, organização e logística empresarial.
Porto Alegre: Bookman, 2001.
GOMES, C.; RIBEIRO, P. Gestão da cadeia de suprimentos: integrada à tecnologia da informação. São Paulo:
Pioneira, 2004.
CHING, H. Gestão de estoques na cadeia de logística integrada: supply chain. São Paulo: Atlas, 2001.
RODRIGUES, P. Introdução aos sistemas de transporte no Brasil e à logística internacional. São Paulo:
Aduaneiras, 2005.
ROCHA, P. Logística & aduana. São Paulo: Aduaneiras, 2003.
BOWERSOX, D.; CLOSS, D. Logística empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimento. São
Paulo: Atlas, 2001.
MARTINS, P. ALT, P. Administração de materiais e recursos patrimoniais. São Paulo: Saraiva, 2003.
Bibliografia Complementar
ALVARENGA, A.; NOVAES. A. Logística aplicada: suprimento e distribuição física. São Paulo: Pioneira, 1997.
MAGEE, J. F. Logística industrial: análise e administração dos sistemas de suprimento e distribuição. São Paulo:
Pioneira, 1977.
SANTOS, G. Administração patrimonial. Florianópolis: Papa-Livro, 1997.
SCHONBERGER, R. J. Técnicas industriais japonesas: nove lições ocultas sobre a simplicidade. São Paulo:
Pioneira, 1993.
SLACK, N. et al. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 1997.
ARNOLD, J.R. Administração de materiais: uma introdução. São Paulo: Atlas, 1999.
ALVARENGA,A.,NOVAES,A. Logística aplicada: suprimento e distribuição física. São Paulo: Pioneira, 1997.
BALLOU, Ronald H. Gerenciamento da cadeia de suprimentos: planejamento, organização e logística
empresarial. Porto Alegre: Bookman, 2001.
CHING, Hong Yoh. Gestão de Estoques: na cadeia de logística integrada. São Paulo: Atlas, 2001.
BAILY, Peter; FARMER, David e etc. Compras: princípios e administração. São Paulo: Atlas, 2002.
VIANA, João José. Administração de materiais: um enfoque prático. São Paulo: Atlas, 2002.
POZO, Hamilton. Administração de recursos materiais e patrimoniais: uma abordagem logística. São Paulo:
Atlas, 2002.
MARTINS, Petrônio Garcia; CAMPOS, Paulo Renato. Administração de materiais e recursos patrimoniais. 3.
ed. São Paulo: Saraiva, 2003.
MOURA, Reinaldo A. Sistemas e técnicas de movimentação e armazenagem de materiais. v. 1. 5. ed. São
Paulo: IMAN, 2000.
MOURA, Reinaldo A. Equipamentos de movimentação e armazenagem. v. 4. 5. ed. São Paulo: IMAN, 2000.
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
Organizações e tratados internacionais. Teoria do comércio internacional. Teoria do balanço de pagamentos.
Sistema monetário internacional. Política de comércio exterior. Análise macroeconômica da realidade brasileira.
Agrupamentos econômicos. Comercialização internacional. Importação. Exportação.
Bibliografia Básica
GONÇALVES, W. Relações internacionais. Rio de Janeiro: Zahar, 2002.
SEITENFUS, R. Relações internacionais. São Paulo: Manole, 2004.
OLIVEIRA, O. Relações internacionais: estudos de introdução. Curitiba: Juruá, 2003.
HELD, D.; MCGREW, A. Prós e contras da globalização. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.
PECEQUILO, C. Introdução às relações internacionais: temas, atores e visões. Petrópolis: Vozes, 2004.
RQ 9403 Rev. 00
Página 15 de 26
Bibliografia Complementar
NORONHA G. Mercosul e nafta. São Paulo: Observador Legal Editora, 1996.
RATTI, B. Comércio internacional & câmbio. São Paulo: Aduaneiras, 1994.
KEEGAN, W.J. Marketing global. São Paulo: Atlas, 1982.
BAUMANN, R. O Brasil e a economia global. Rio de Janeiro: Campus, 1996.
GONÇALVES, R. A nova economia internacional: uma perspectiva brasileira. Rio de Janeiro: Campus, 1998.
GRIECO, F. O Brasil e o comércio internacional. São Paulo: Aduaneiras, 1994.
LANGONI, C. A nova América Latina. Rio de Janeiro: FGV, 1997.
MAIA, J. Economia internacional e comércio exterior. São Paulo: Atlas, 1991.
MURTA, R. INCONTERMS. São Paulo: Aduaneiras, 1990.
SANDRONI, P. Novo dicionário de economia. São Paulo: Best-Seller
INGLÊS INSTRUMENTAL II
Redação Técnica em língua inglesa: diálogos, cartas informais e técnicas, descrição, narração e ensaio da área de
Comércio Exterior. Compreensão e produção oral em língua inglesa.
Bibliografia Básica
GRANT, D. MCLARTY, R. Business basics. New York: Oxford University Press, 2000.
RICHARDS, J. HULL, J. PROCTOR, S. Interchange: english for international communication. New york:
Cambridge University Press, 1999.
HOLLETT, V. Quick work pre-intermediate: a short course in Business English. New York: Oxford University
Press, 2000.
Bibliografia Complementar
PIETZSCLIKE, F.; WIMMER, F. New Michaelis illustrated dictionary. São Paulo: Melhoramentos, 1961.
GRANT, D., McLARTY, R. Business basics. Oxford: Oxford University Press.
MACZIOLA-JONES, S.; WHITE, G.. Getting ahead. Cambridge: Crambridge University Press.
VINEY, P., CURTIN, J. Survival english: international communication for professional people. Oxford:
Heinemann.
BYRNE, T. Intermediate english file: business resource book. Oxford: Oxford University Press.
STOTT T., BUCKINGHAM, A. At your service. Oxford: Oxford University Press.
HOLLETT, V. P. Quick Work pre-intermediate. New York: Oxford University Press.
HOLLETT, V.P. Quick work elementary. New York: Oxford University Press.
6º Período
ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO II
Técnicas modernas de administração da produção (MRPII, Just-in-time/Kanban, OPT). Administração de projetos
(PERT/CPM). Manutenção industrial. Processo de melhoria contínua (KAIZEN). Competitividade. Sistema
integrado de gestão empresarial (ERP - Enterprise Resource Planning).
Bibliografia Básica
SLACK, N. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 2002.
LAUGENI, F. MARTINS, P. Administração da produção. São Paulo: Saraiva, 2002.
MOREIRA, D. Administração da produção e operações. São Paulo: Pioneira, 2002.
BALLESTERO-ALVAREZ, M. Administração da qualidade e da produtividade: abordagens do processo
administrativo. São Paulo: Atlas, 2001.
TUBINO, D. Manual de planejamento e controle da produção. São Paulo: Atlas, 2000.
JURAN, J. Qualidade desde o projeto: novos passos para o planejamento da qualidade em produtos e serviços.
São Paulo: Pioneira, 2002.
Bibliografia Complementar
CORRÊA, H. L.; GIANESI, I. G. N. Just in Time, MRPII e OPT: um enfoque estratégico. São Paulo: Atlas,
1996.
GOLDRATT, E. M.; COX, J. A meta: um processo de aprimoramento contínuo. São Paulo: Educator, 1992.
MARTINS, P. G. Administração da produção. São Paulo: Saraiva, 1998.
LUBBEN, R. T. Just in time: uma estratégia avançada de produção. São Paulo: McGraw-Hill, 1989.
KRAJEWSKI, L. J.; RITZMAN, L. P. Operations management: strategy and analysis. New York: AddisonWesley, 1996.
RQ 9403 Rev. 00
Página 16 de 26
SLACK, N., et al. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 1997.
VOLLMANN, T. E.; BERRY, W. L.; WHYBARK, D. C. Manufacturing planning & control systems. New
York: McGraw-Hill, 1997.
WATERS, D. Operations management: producing goods & services. New York: Addison-Wesley, 1996.
ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA II
Princípios de fluxo de caixa e do orçamento de capital. Técnicas de análise de orçamento de capital. Teoria de
custo de capital. Fontes de financiamento; Planejamento econômico financeiro.
Bibliografia Básica
MATARAZZO, D. Análise financeira de balanços: abordagem básica e gerencial. São Paulo: Atlas, 2003.
WELSCH, G. Orçamento empresarial. São Paulo: Atlas, 1983.
GROPPELLI, A. NIKBAKHT, E. Administração financeira. São Paulo: Saraiva, 2002.
SANVICENTE, A. Administração financeira. São Paulo: Atlas, 1997.
SILVA, J. Análise financeira das empresas. São Paulo: Atlas, 2004.
GITMAN, L. Princípios de administração financeira. São Paulo: Harbra, 2002.
Bibliografia Complementar
BREALEY, R. A. Myers. Princípios de finanças empresariais. Rio de Janeiro: Mc Graw- Hill, 1992.
BRIGHAM, E. F. Fundamentos da moderna administração financeira. Rio de Janeiro: Campus, 1999.
FREZATTI, Fabio. Orçamento empresarial. São Paulo: Atlas, 1999.
GROPELLI, A.; NIKBAKHJ, E. Administração financeira. São Paulo: Saraiva, 1998.
HOJJ, M. Administração financeira: uma abordagem prática. São Paulo: Atlas, 1999.
MATARAZZO, D. C. Análise financeira de balanço: abordagem básica e gerencial. São Paulo: Atlas, 1998.
ROSS, S. A. et al. Princípios de administração financeira. São Paulo: Atlas, 1997.
SANVICENTE, A. Z. Administração financeira. São Paulo: Atlas, 1991.
WELSCH, G. A. Orçamento empresarial. São Paulo: Atlas, 1996.
ADMINISTRAÇÃO DE VENDAS
Venda pessoal como elemento da estratégia promocional da empresa. Planejamento e administração de vendas.
Equipe de vendas. Seleção treinamento de pessoal de vendas. Remuneração das forças de vendas. Motivação do
vendedor. Supervisão, previsão e orçamento de vendas. Elementos de marketing impulsionadores de vendas.
Análise de mercado e considerações estratégicas de vendas.
Bibliografia Básica
COBRA, M. Administração de vendas. São Paulo: Atlas, 1994.
KOTLER. Administração de marketing. São Paulo: Prentice Hall, 2005.
LAS CASAS, A. L. Administração de vendas. São Paulo: Atlas, 2002.
LAS CASAS, A. L. Marketing de varejo. São Paulo: Atlas, 2000.
UNDERHILL, P. Vamos às compras: a ciência do consumo; indispensável para quem gosta de consumir,
imperdível para quem quer vender. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.
SHIMP, T. Propaganda e promoção: aspectos complementares da comunicação integrada de marketing. Porto
Alegre: Bookman, 2002.
Bibliografia Complementar
DIAS, R. Gestão de marketing. São Paulo : Saraiva, 2003.
LAS CASAS, A. L. Marketing. São Paulo: atlas, 2002.
LOVELOCK, C. Serviços: marketing e gestão. São Paulo: Saraiva, 2002.
PORTER, M.E. Vantagem competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1989.
THORN, J. Gerente de vendas: o desafio da primeira gerência. São Paulo: Makron Books, 1992.
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
Introdução ao sistema de informações. Funcionamento da área computacional. Informação gerencial. Tipos e usos
de informação. Tratamento das informações versus atividades fins. Sistemas de apoio à decisão. Gerenciamento de
sistemas: integração, segurança, controle. Uso estratégico e administração da tecnologia da informação. Aplicação
da tecnologia da informação na empresa para a obtenção de vantagens competitivas. Tomada de decisão através de
relatórios gerenciais.
Bibliografia Básica
OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças. Sistemas de informações gerenciais: estratégias, táticas, operacionais.
São Paulo: Atlas, 1999.
RQ 9403 Rev. 00
Página 17 de 26
LAUDON, Kenneth. Sistemas de informação com internet: Rio de Janeiro: LCT, 1999.
Bibliografia Complementar
BIO, S. R. Sistemas de informação: um enfoque gerencial. São Paulo: Atlas, 1995.
CASSARRO, A. C. Sistemas de informação para tomada de decisões. São Paulo: Pioneira, 1999.
CAUTELLA, A. L.; POLLONI E. G. F. Sistemas de informação na administração de empresas. São Paulo:
Atlas, 1996
FURLAN, J. D. Como elaborar e implementar o planejamento estratégico de sistemas de informações. São
Paulo: Makron Books, 1991.
TORRES, N. A. Planejamento de informática na empresa. São Paulo: Atlas, 1991.
TEORIA E PRÁTICA DE CÂMBIO
Definições básicas da área de câmbio. Histórico do câmbio e origem da moeda. Moedas conversíveis e não
conversíveis, comum e convênio. Estrutura do câmbio no Brasil e órgãos intervenientes oficiais e opcionais.
Consolidação das normas cambiais, manuseio e utilização. Taxas de câmbio, formação, cálculo, divulgação e
utilização. Contratos de câmbio, definições e características, preenchimento e cláusulas do Bacen e das Ifs.
Sistemas de pagamento, câmbio manual e sacado, meios de pagamento contas de bancos no exterior, sistema swift,
CCR e moedas convênio. Juros internacionais, prime e libor, divulgação e cálculo. Modalidades de pagamento na
exportação, adiantamento, deságio, alteração de contrato, liquidação, posição especial, cancelamento e baixa,
cálculo de custos. Financiamentos internos e externos á exportação. Modalidades de pagamento na importação,
contratação e vinculação com os documentos e o pagamento internacional. Financiamentos internos e externos à
importação. Operações financeiras. Garantias bancárias e operações especiais.
Bibliografia Básica
VIEIRA, A. Teoria e prática cambial: exportação e importação. São Paulo: Aduaneiras, 2004.
MAIA, J. Economia internacional e comércio exterior. São Paulo: Atlas, 2003.
MARINHO, H. Política cambial brasileira. São Paulo: Aduaneiras. 2003.
GARCIA, L. Exportar: rotinas e procedimentos, incentivos e formação de preços. São Paulo: Aduaneiras, 2001.
MURTA, R. Princípios e contratos em comércio exterior. São Paulo: Saraiva. 2005.
Bibliografia Complementar
RATTI, B. Comércio internacional e câmbio. São Paulo: Aduaneiro, 2001.
SCHULZ, A. Comércio exterior para brasileiros. Blumenau: Edifurb, 2000.
SPINOLA, N. Como exportar e dialogar melhor com o sistema financeiro na alvorada do E-trade. São Paulo:
Futura, 1998.
7º Período
SISTEMÁTICA DO COMÉRCIO EXTERIOR
Conhecimento dos documentos utilizados. A análise das determinantes do comércio internacional, do
comportamento do sistema financeiro internacional, o equilíbrio internacional de pagamentos e os mecanismos de
estabilidade e expansão da economia internacional. Ênfase especial será dada às políticas do comércio exterior por
parte dos países desenvolvidos e dos países em via de desenvolvimento. Estudos de caso. Análise de comunicados
relativos ao comércio exterior e despacho aduaneiro.
Bibliografia Básica
BORTOTO, A. Comércio exterior: teoria e gestão. São Paulo: Atlas, 2004.
ARAUJO, A. SARTORI, A. Drawback e o comércio exterior: visão jurídica e operacional. São Paulo:
Aduaneiras, 2004.
BIZELLI, J. Incoterms 2000: regras oficiais da CCI para a interpretação de termos comerciais. São Paulo:
Aduaneiras, 2000.
BIZELTI, J e B. Normas básicas de importação. São Paulo: Aduaneiras, 2001.
VAZQUEZ, J. Comércio exterior brasileiro. São Paulo: Atlas, 2001.
Bibliografia Complementar
FOTUNA, Eduardo. Mercado financeiro Rio de Janeiro: Qualitymark, 1995.
RATTI, B. Comércio exterior e câmbio. São Paulo: Aduaneiras, 1993.
RATTI, B. Comércio internacional e câmbio. São Paulo: Aduaneiras, 1994.
ADUANEIRAS. Normas administrativas de exportação. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
ADUANEIRAS. Siscomex - importação - normas gerais. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
RQ 9403 Rev. 00
Página 18 de 26
PIRES, J. Comércio exterior: burocracia x modernidade. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
CARPIO, R. Carta de crédito e UCP 500 - comentada. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
OLIVEIRA, C.. Batalha de exportação. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
TORRES, I. Comércio internacional no século XXI. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
LUNARDI, Â. Condições internacionais de compra e venda: incoterms 2000. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
JÚNIOR, A. Contratos indexados do direito brasileiro e variação cambial. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
SOSA, R. O controle do valor aduaneiro. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
PONTES, T. Dicionário de comércio exterior. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA
Conceito, metodologia e políticas de planejamento estratégico. Diagnósticos, projetos e planos. Implementação e
desafios empresariais. Eficiência, eficácia e efetividade. Avaliação e controle. Análise de resultados; o
planejamento estratégico e o processo decisório na gestão de negócios e carreiras.
Bibliografia Básica
WRIGHT, P.; KROLL, M.; PARNELL, J. Administração estratégica: conceitos. São Paulo: Atlas, 2000.
BÊRNI, D. Teoria dos jogos: jogos de estratégia, estratégia decisória, teoria da decisão. Rio de Janeiro:
Reichmann & Affonso, 2004.
HAMEL, G. PRAHALAD, C. Competindo pelo futuro: estratégias inovadoras para obter o controle do seu setor
e criar os mercados de amanhã. Rio de Janeiro: Campus, 2002.
OLIVEIRA, D. Estratégia empresarial e vantagem competitiva: como estabelecer, implementar e avaliar. São
Paulo: Atlas, 2001.
SALIM, C.; HOCHMAN, N.; RAMAL, A.; RAMAL, S. Construindo planos de negócios: todos os passos
necessários para planejar e desenvolver negócios de sucesso. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.
CHIAVENATO, I.; MATOS, F. Visão e ação estratégica. São Paulo: Prentice Hall, 2002.
Bibliografia Complementar
ALMEIDA, F. Planejamento estratégico. São Paulo: Atlas, 2000.
ROSA, J. Planejamento estratégico. São Paulo: Campus, 2000.
STRICKLAND, T. Planejamento estratégico. São Paulo: Pioneira, 1998.
DAVID H.; THOMAS L. Princípios e práticas. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso Editores, 2002.
CAVALCANTI, M. Gestão estratégica de negócios. São Paulo: Pioneira, 2001.
BETHLEM, A. Evolução do pensamento estratégico no Brasil: texto e casos. São Paulo: Atlas, 2003.
CASAROTTO F. Projetos de negócio: estratégias e estudos de viabilidade. São Paulo: Atlas, 2002.
COSTA, B.; ALMEIDA, M. Estratégia: perspectivas e aplicações. São Paulo: Atlas, 2002.
FILHO, P.; PAGNONCELLI, D. Construindo estratégias para vencer. Rio de Janeiro: Campus, 2001.
GHEMAWAT, P. A. Estratégia e o cenário dos negócios: texto e casos. Porto Alegre: Bookman, 2000.
HUNGER, J. Gestão estratégica: princípios e prática. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso, 2002.
KAPLAN, R.; NORTON, D. A Estratégia em ação: balanced scorecard. Rio de Janeiro: Campus, 1997.
MINTZBERG, H., LAMPEL, J. Safari de estratégia: um roteiro pela selva do planejamento estratégico. Porto
Alegre: Bookman, 2000.
THOMPSON, A. Planejamento estratégico: elaboração, implementação e execução. São Paulo: Pioneira, 2000.
BRUCE, A.; LANGDON, K. Como usar o pensamento estratégico: seu guia de estratégia pessoal. São Paulo:
Publifolha, 1998.
DIREITO DE NAVEGAÇÃO
A história da Navegação Marítima. O surgimento da indústria da Navegação, a armação e exploração do navio, o
credenciamento naval junto aos órgãos competentes. Análise das responsabilidades civis do armador por atos ou
fatos a bordo, bem como obrigações e responsabilidades civil do armador e obrigações e responsabilidade do
fretador ou transportador. O tribunal marítimo e a conceituação de riscos e avaria.
Bibliografia Básica
OLIVEIRA, C. Comércio exterior e a questão portuária. São Paulo: Aduaneiras, 1992.
ARAUJO, A.; SARTORI, A. Drawback e o comércio exterior: visão jurídica e operacional. São Paulo:
Aduaneiras, 2004.
FURLAN, F. Integração e soberania: o Brasil e o Mercosul. São Paulo: Aduaneiras, 2004.
RAPHAEL, L. Direito marítimo. São Paulo: Aduaneiras, 2003.
VIEIRA, G. Transporte internacional de cargas. São Paulo: Aduaneiras, 2002.
RODRIGUES, P. Introdução aos sistemas de transporte no Brasil e à logística internacional. São Paulo:
Aduaneiras, 2005.
RQ 9403 Rev. 00
Página 19 de 26
ROCHA, P. Logística e aduana. São Paulo: Aduaneiras, 2003.
Bibliografia Complementar
LEAL, A. Compêndio de termos do comércio internacional e transportes marítimos. São Paulo: Aduaneiras,
1992.
MOURA, G. B. Transporte aéreo e responsabilidade civil: direito de navegação em comércio exterior. São
Paulo: Aduaneiras, 1992.
RODRÍGUEZ, F.; AGOSTINHO, I. Jurisprudência do transporte aéreo, marítimo e terrestre. São Paulo:
Revista dos Tribunais, 1988.
EDIÇÕES ADUANEIRAS. Drawback legislação básica. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
GOYOA Jr. Ensaios do direito internacional. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
SOSA, R. Glosário de aduana e comércio exterior. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
OLIVEIRA, C. Modernização dos portos. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
LEAL, A. Compêndio de termos do comércio internacional e transporte marítimo. São Paulo: Aduaneiras,
2000.
COIMBRA, D. Conhecimento de carga no transporte marítimo. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
SILVA, C. Transportes, seguros e a distribuição física internacional de mercadorias. São Paulo: Aduaneiras,
2003.
SANTOS, T. Direito de navegação marítima e aérea. Rio de Janeiro: Forense, 1968.
MOURA, G. Direito de navegação em comércio exterior. São Paulo: Forense,1991.
DIREITO INTERNACIONAL
Conceitos de direito internacional público e privado; fontes de direito público e privado; teorias estatutárias; teorias
modernas e contemporâneas; elementos de conexão; situação jurídica do estrangeiro; direito contratual; direito
sucessório; literatura jurídica internacional; aplicação de lei do estrangeiro. Direito e deveres do Estado; Corte
internacional de justiça. Litígios internacionais.
Bibliografia Básica
GARCIA JUNIOR, A. A lei aplicável aos contratos internacionais. São Paulo: Aduaneiras. 2004.
LEGISLAÇÃO. Acordo de valoração aduaneira. São Paulo: Aduaneiras. 2003.
ROCHA, P. Regulamento aduaneiro, anotado com textos legais transcritos. São Paulo: Aduaneiras. 2004.
DOLINGER, J. Direito Internacional privado: parte geral. Rio de Janeiro: Renovação, 2005.
Del OLMO, F. Curso de direito internacional contemporâneo: estudos em homenagem ao Prof. Dr. Luis Ivani
Amorim Araújo pelo seu 80 aniversário. Rio de Janeiro: Forense. 2003.
Bibliografia Complementar
MELLO, C. Direito internacional. São Paulo: Renovar, 2000.
NETO, J. Direito internacional. São Paulo: Atlas, 2001.
RECHSTEINER, W. Introdução ao direito internacional privado. São Paulo: Saraiva, 2000.
REZEK, J. Direito internacional público: curso elementar. São Paulo: Saraiva, 2002.
SILVA, R. Direito internacional público. Belo Horizonte: Del Rey, 2002.
AMORIM, E. Direito internacional privado. Uberaba: Forense, 2001.
CASTRO, A. Direito internacional privado. Uberaba: Forense, 2000.
RECHSTEINER, W. Direito internacional privado. São Paulo: Saraiva, 2004.
ROSSANI J. Curso de direito internacional privado. Rio de Janeiro: Forense, 2002.
STRENGER, I. Direito internacional privado. São Paulo: LTr, 2004.
STRENGER, I. Contratos internacionais do comércio São Paulo: LTr, 2004.
DOLINGER, J. Direito internacional privado: arbitragem comercial internacional. Rio de Janeiro: Renovar,
2003.
ENGELBERG, E. Contratos internacionais do comércio. São Paulo: Atlas, 2003.
DOLINGER, J. Direito internacional privado. Rio de Janeiro: Renovar, 2003.
GUIMARÃES, F Nacionalidade: aquisição, perda e reaquisição. Rio de Janeiro: forense, 2002.
JO, H. Moderno direito internacional privado. São Paulo: LTr, 2001.
ARAÚJO, N. Direito internacional privado: teoria e prática brasileira Rio de Janeiro: Renovar, 2003.
RECHSTEINER, W. Arbitragem privada internacional no Brasil. São Paulo: RT, 2001
ROSSANI G. Curso de direito internacional privado. Rio de Janeiro: Forense, 2000.
SILVA C. Direito processual civil internacional brasileiro. São Paulo: LTr, 2003.
STRENGER, I. Direito processual internacional. São Paulo: LTr, 2003.
RQ 9403 Rev. 00
Página 20 de 26
SEMINÁRIOS AVANÇADOS EM TEMAS INTERNACIONAIS I
O objeto desta disciplina visa preparar o aluno à administração integrada, fator preponderante da competitividade
global, levantando-os à percepção das características da administração em comércio exterior das empresas e na
organização do trabalho e das unidades autônomas de negócios, através de análises e do gerenciamento de
ambientes que aplicam estas técnicas de gestão e utilização de tecnologias avançadas. Abordará estrutura e
gerenciamento organizacional, sistemas e estruturas de produtos, sistemas integrados de gestão, inovação e
aspectos estratégicos para o futuro, e análise de comunicados relativos ao comércio exterior e despacho aduaneiro.
Bibliografia Básica
KAPLAN, R. NORTON, D. Mapas estratégicos: balanced scorecard; convertendo ativos intangíveis em
resultados tangíveis. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.
OLIVEIRA, D. Estratégia empresarial e vantagem competitiva: como estabelecer, implementar e avaliar. São
Paulo: Atlas, 2001.
DRUCKER, P. Administrando para o futuro: os anos 90 e a virada do Século. São Paulo: Pioneira, 1998.
HAMMER, M. STANTON, S. A revolução da reengenharia: um guia prático. Rio de Janeiro: Campus, 1995.
MORGAN, G. Imagens da organização. São Paulo: Atlas, 1996.
HARTLEY, R. Erros de marketing e sucessos. São Paulo: Manole, 2001.
ROTONDARO, R. Seis sigma: estratégia gerencial para a melhoria de processos, produtos e serviços. São Paulo:
Atlas, 2002.
MINTZBERG, H. Ascensão e queda do planejamento estratégico. Porto Alegre: Bookman, 2004.
Bibliografia Complementar
BLANCHARD, K. Empowerment. São Paulo: Objetiva, 1994.
CHIAVENATTO, I.. Planejamento Estratégico: fundamentos e aplicações. São Paulo: Campus, 2004.
CHRISTOPHER, M. Logística e gerenciamento da cadeia de abastecimento: estratégias. São Paulo: Pioneira
Thomson, 2002.
DRUCKER, P. O Líder do Futuro. São Paulo: Futura, 1996.
DRUCKER, P. A administração na próxima sociedade. São Paulo: Nobel, 2003.
DRUCKER, P. Desafios Gerenciais para o Século XXI. São Paulo: Pioneira Thomson, 2001.
DRUCKER, P. A Profissão de Administrador. São Paulo: Pioneira, 2002.
DONELLY, J. Administração: princípios de gestão empresarial. Rio de Janeiro: McGraw-Hill, 2000.
DORNELAS, J. Empreendedorismo: transformando idéias em negócios. Rio de Janeiro: Campus, 2001.
GARELLI, S. Competitiveness of nations: the fundamentals. IMD - Word Compettiveness Yarbook, 2003.
GHEMAWAT, P. A estratégia e o cenário dos negócios. Porto Alegre: Bookman, 2000.
GRACIOSO, F. Planejamento estratégico orientado para o mercado. Atlas: São Paulo: 1998.
HAMMER, M. CHAMPY, J. Reengenharia. São Paulo: Campus, 1991.
HAMEL, G.; PRAHALAD, C. Competindo pelo futuro: estratégias inovadoras para obter o controle do seu setor
e criar os mercados de amanhã. 16. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1995.
LAMEIRA, V. Governança corporativa. São Paulo: Forense Universitária, 2001.
LACOMBE, F; HILBORN, G. Administração: princípios e tendências. São Paulo: Saraiva, 2003.
MARTINELLI, D. et al. Negociação internacional. São Paulo: Atlas, 2004.
MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital.
3. ed. rev. São Paulo: Atlas, 2002.
NOSÉ, A. Marketing Internacional: uma estratégia empresarial. São Paulo: Pioneira Thomson, 2005.
NETO, E. A clinica de gerenciamento. São Paulo: Prentice Hall, 2003.
PANDE, R.; NEUMANN, R. A estratégia seis sigma. São Paulo: Qualitmark, 2002.
POTER, M.; MONTGOMERY, A. Estratégia: a busca da vantagem competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1998.
PORTER, M. Estratégia competitiva. São Paulo: Campus, 1986.
PORTER, M. Competição. São Paulo: Campus, 1999.
PORTER, M. Vantagem competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1986.
KAPLAN, R. Organização orientada para a estratégia. Rio de Janeiro: Campus, 2002.
KEEGAN, J. Princípios de marketing global. São Paulo: Saraiva, 2003.
KOTLER, P. Marketing essencial. São Paulo: Prentice Hall, 2005.
ROBERT, M. Estratégia. São Paulo: Negócio Editora, 1998.
SENGE, P. A quinta disciplina. São Paulo: Best Seller, 2000.
SWIFT, R. CRM: o revolucionário marketing de relacionamento com o cliente. São Paulo: Campus, 2001.
STONER, J.; FREEMAN, R. Administração. Rio de Janeiro: Prentice-Hall do Brasil, 1985.
TAYLOR, F. Princípios da administração científica. São Paulo: Atlas, 1990.
NEGOCIAÇÃO INTERNACIONAL
Introdução à negociação internacional. Negociação, o estado da arte. Enfoques para a análise da negociação em
comércio exterior. O processo de negociação. Habilidade negociadora. Atendimento ao cliente. Elementos a
negociar.
RQ 9403 Rev. 00
Página 21 de 26
Bibliografia Básica
TORQUATO, G. Tratado de comunicação: organizacional e política. São Paulo: Thomsom, 2004.
ACUFF, F. Como negociar qualquer coisa com qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo. São Paulo:
SENAC, 2004.
MASAAKI, K. Administração de marketing global. São Paulo: Atlas, 1999.
MARTINELLI, D. Negociação internacional. São Paulo: Atlas, 1999.
MARTINELLI, D. Negociação: como transformar confrontos em cooperação. São Paulo: Atlas, 1997.
ANDRADE, R. Princípios de negociação, ferramentas e gestão. São Paulo: Atlas, 2000.
Bibliografia Complementar
COLAIÁCOVO, J. Negociação moderna: teoria e prática. Blumenau: FURB, 1997.
DAEMON, D. Mercados x produtos : negociações internacionais. Blumenau: FURB, 1995.
STARK, P. Aprenda a negociar: o manual de táticas, ganha-ganha. São Paulo: Littera Mundi, 1998.
WEIL, P.; TOMPAKOW, R. O corpo fala: a linguagem silenciosa da comunicação não-verbal. Petrópolis: Ed.
Vozes, 1999.
ESTÁGIO SUPERVISIONADO I
8º Período
TRANSPORTE E SEGUROS
Conhece a fundo detalhes de transportes e o processo administrativo e funcional de seguros. Apresenta a realidade
dos modais (marítimo, fluvial, lacustre, rodoviário, ferroviário e aéreo). Demonstra alternativas para os modais de
transportes. Praticar simulações de transporte e seguro. Clausulas e condições gerais das apólices de seguros.
Cobertura de riscos. Abrangência das coberturas de seguros. Cláusulas particulares. Prêmios particulares. Prêmios
de Seguros. Tarifas de fretes. Condições de acondicionamento. Legislação de Transportes e de Seguros. O Direito
Consuetudinário. Comércio FOB. Comércio CIF.
Bibliografia Básica
VIEIRA, G. Transporte internacional de cargas. São Paulo: Aduaneiras, 2002.
KEEDI, S. MENDONÇA, P. Transportes e seguros no comércio exterior. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
RODRIGUES, P. Introdução aos sistemas de transportes no Brasil e à logística internacional. São Paulo:
Aduaneiras, 2005.
SILVA, C. PORTO, M. Transportes, seguros e a distribuição física internacional de mercadorias. São Paulo:
Aduaneiras, 2003.
ROCHA, P. Logística & aduana. São Paulo. Aduaneiras, 2003.
GUIMARÃES, A. Contratos internacionais de seguros. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2002.
Bibliografia Complementar
HANDABAKA, Alberto R. Gestão logística da distribuição física internacional. São Paulo: Maltese, 1994.
MENDONÇA, Paulo; KEEDI, Samir. Transporte e seguro no comércio exterior. São Paulo: Aduaneiras, 1997.
BOWERSOX, D. CLOSS, D. Logística empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimento. São
Paulo: Atlas, 2001.
DORNIER, P. Logística e operações globais: texto e casos. Atlas: São Paulo: 2000.
BOWERSOX, D. CLOSS, D. Logística empresarial: o processo suprimento. São Paulo: Atlas, 2001.
ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING INTERNACIONAL
Feiras e Exposições Internacionais. Serviços promocionais no exterior. Campanhas institucionais. Agencias de
comunicação. Centrais de distribuição e comercialização. O marketing no Brasil e o marketing internacional. O
comércio mundial: sistemas de operação. Perspectiva do comércio exterior. Planejamento, organização, ação e
controle. Determinação de mercado exterior. Determinação de objetivos e desenvolvimento de estratégicas.
Barreiras ao comércio exterior. Atuação do Brasil no comércio internacional. Modelos e casos de marketing
internacional.
Bibliografia Básica
KOTABE, M.; HELSEN, K. Administração de marketing global. São Paulo: Atlas, 2000.
KOTLER, P. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. São Paulo: Atlas,
1998.
AMBRÓSIO, V. Plano de marketing: passo a passo. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonse, 1999.
MALHOTRA, N. Introdução à pesquisa de marketing. São Paulo: Prentice Hall, 2005.
RQ 9403 Rev. 00
Página 22 de 26
MAIA, J. Economia internacional e comércio exterior. Atlas: São Paulo: 2003.
Bibliografia Complementar
COBRA, M. Administração de marketing. São Paulo: Atlas, 1996.
KUAZAKUI, E. Marketing internacional. São Paulo: Makron Books, 1999.
KEEGAN, W. Princípios de marketing global. Saraiva: São Paulo: 1999.
PIPKIN, A. Marketing internacional. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
ADMINISTRAÇÃO DE FINANÇAS INTERNACIONAIS
Os mercados de investimento. Bolsas de valores. Bolsas de Mercadorias. Taxas de Juros internacionais. A prime
rate. A libor. O mercado de ouro. O mercado de divisas. Moedas conversíveis. As compras e vendas a prazo.
Vendas e compras à crédito. A legislação bancária. Políticas monetárias dos países. Os mercados paralelos e
oficiais. O mercado de câmbio.
Bibliografia Básica
ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. São Paulo: Atlas, 2003.
KUHNEN, O. BAUER, U. Matemática financeira aplicada e análise de investimentos. São Paulo: Atlas, 2001.
HELFERT, E. Técnicas de análise financeira. Porto Alegre: Bookman, 2000.
EICHENGREEN, B. Globalização do capital: uma história do Sistema Monetário Internacional. São Paulo:
Editora 34, 2002.
GITMAN, L. Princípios de administração financeira. São Paulo: Harbra, 2002.
Bibliografia Complementar
MELLO, Fábio de. Manual de crédito documentário: teoria e prática. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
GRIECO, Francisco de Assis. O comércio exterior e as crises financeiras. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
FOSCHETTE, Mozard. Relações econômicas internacionais. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
JUNIOR, Armando A. Garcia. Tributação no comércio exterior. São Paulo: Aduaneiras, 2000.
LEGISLAÇÃO ADUANEIRA COMPARADA
Tópicos da Legislação Aduaneira adotada em cada país. Características próprias. Características comuns.
Burocracia de Liberação. Armazenagem e Transportes, direito e obrigações. Tarifas de comércio. Acordos
Bilaterais de favorecimento. Políticas de incentivo. Políticas de proteção. Legislação Específica. Abordar todas as
normas referente ao processo de desembaraço de uma mercadoria importada por uma empresa brasileira, dando
tanto o enfoque administrativo como o operacional.
Bibliografia Básica
GARCIA JUNIOR, A. A lei aplicável aos contratos internacionais. São Paulo: Aduaneiras, 2004.
LEGISLAÇÃO. Acordo de valoração aduaneira. São Paulo: Aduaneiras, 2003.
Del OLMO, F. Curso de direito internacional contemporâneo: estudos em homenagem ao Prof. Dr. Luis Ivani
Amorim Araújo pelo seu 80 aniversário. Rio de Janeiro: Forense, 2003.
ALVES, P. Regulamento aduaneiro: anotado com textos legais transcritos. São Paulo: Aduaneiras, 2005.
MURTA, R. Princípios e contratos em comércio exterior. São Paulo: Saraiva, 2005.
ROCHA, P. Logística & aduana. São Paulo: Aduaneiras, 2003.
Bibliografia Complementar
MELLO, C. Direito internacional. São Paulo: Renovar, 2000.
NETO, J. Direito internacional. São Paulo: Atlas, 2001.
STRENGER, I. Contratos internacionais do comércio. São Paulo: LTr, 2004.
DOLINGER, J. Direito internacional privado: arbitragem comercial internacional. Rio de Janeiro: Renovar,
2003.
ENGELBERG, E. Contratos internacionais do comércio. São Paulo: Atlas, 2003.
ARAÚJO, N. Direito internacional privado: teoria e prática brasileira. Rio de Janeiro: Renovar, 2003.
RECHSTEINER, W. Arbitragem privada internacional no Brasil. São Paulo: RT, 2001.
SEMINÁRIOS AVANÇADOS EM TEMAS INTERNACIONAIS II
O objetivo desta disciplina visa preparar o aluno à administração integrada, fator preponderante da competitividade
global, levantando-os à percepção das características da administração em comércio exterior das empresas e na
organização do trabalho e das unidades autônomas de negócios, através de análises e do gerenciamento de
ambientes que aplicam estas técnicas de gestão e utilização de tecnologias avançadas . Abordará estrutura e
gerenciamento organizacional, sistemas e estruturas de produtos, sistemas integrados de gestão, inovação e
aspectos estratégicos para o futuro, e análise de comunicados relativos ao comércio exterior e despacho aduaneiro.
RQ 9403 Rev. 00
Página 23 de 26
Bibliografia Básica
KAPLAN, R. NORTON, D. Mapas estratégicos: balanced scorecard; convertendo ativos intangíveis em
resultados tangíveis. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.
OLIVEIRA, D. Estratégia empresarial e vantagem competitiva: como estabelecer, implementar e avaliar. São
Paulo: Atlas, 2001.
DRUCKER, P. Administrando para o futuro: os anos 90 e a virada do Século. São Paulo: Pioneira, 1998.
HAMMER, M. STANTON, S. A revolução da reengenharia: um guia prático. Rio de Janeiro: Campus, 1995.
MORGAN, G. Imagens da organização. São Paulo: Atlas, 1996.
HARTLEY, R. Erros de marketing e sucessos. São Paulo: Manole, 2001.
ROTONDARO, R. Seis sigma: estratégia gerencial para a melhoria de processos, produtos e serviços. São Paulo:
Atlas, 2002.
MINTZBERG, H. Ascensão e queda do planejamento estratégico. Porto Alegre: BOOKMAN, 2004.
Bibliografia Complementar
BLANCHARD, K. Empowerment. São Paulo: Objetiva, 1994.
CHIAVENATTO, I. Planejamento estratégico: fundamentos e aplicações. São Paulo: Campus, 2004.
CHRISTOPHER, M. Logística e gerenciamento da cadeia de abastecimento: estratégias. São Paulo: Pioneira
Thomson, 2002.
DRUCKER, P. O líder do futuro. São Paulo: Futura, 1996.
DRUCKER, P. A administração na próxima sociedade. São Paulo: Nobel, 2003.
DRUCKER, P. Desafios gerenciais para o século XXI. São Paulo: Pioneira Thomson, 2001.
DRUCKER, P. A profissão de administrador. São Paulo: Pioneira, 2002.
DONELLY, J. Administração: princípios de gestão empresarial. Rio de Janeiro: McGraw-Hill, 2000.
DORNELAS, J. Empreendedorismo: transformando idéias em negócios. Rio de Janeiro: Campus, 2001.
GARELLI, S. Competitiveness of nations: the fundamentals. IMD - Word Competitiveness Yearbook, 2003.
GHEMAWAT, P. A estratégia e o cenário dos negócios. Porto Alegre: Bookman, 2000.
GRACIOSO, F. Planejamento estratégico orientado para o mercado. Atlas: São Paulo: 1998.
HAMMER, M.; CHAMPY, J. Reengenharia. São Paulo: Campus, 1991.
HAMEL, G; PRAHALAD, C. Competindo pelo futuro: estratégias inovadoras para obter o controle do seu setor
e criar os mercados de amanhã. 16. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1995.
LAMEIRA, V. Governança corporativa. São Paulo: Forense Universitária, 2001.
LACOMBE, F; HILBRON, G. Administração: princípios e tendências. São Paulo: Saraiva, 2003.
MARTINELLI, D. et al. Negociação internacional. São Paulo: Atlas, 2004.
MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital.
3. ed. rev. São Paulo: Atlas, 2002.
NOSÉ, A. Marketing internacional: uma estratégia empresarial. São Paulo: Pioneira Thomson, 2005.
NETO, E. A cliníca de gerenciamento. São Paulo: Prentice Hall, 2003.
PANDE, R. NEUMANN, R. A estratégia seis sigma. São Paulo: Qualitmark, 2002.
PORTER, M.; MONTGOMERY, A. Estratégia: a busca da vantagem competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1998.
PORTER, M. Estratégia competitiva. São Paulo: Campus, 1986.
PORTER, M. Competição. São Paulo: Campus, 1999.
PORTER, M. Vantagem competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1986.
KAPLAN, R. Organização orientada para a estratégia. Rio de Janeiro: Campus, 2002.
KEEGAN, J. Princípios de marketing global. São Paulo: Saraiva, 2003.
KOTLER, P. Marketing essencial. São Paulo: Prentice Hall, 2005.
ROBERT, M. Estratégia. São Paulo: Negócio Editora, 1998.
SENGE, P. A quinta disciplina. São Paulo: Best Seller, 2000.
SWIFT, R. CRM: o revolucionário marketing de relacionamento com o cliente. São Paulo: Campus, 2001.
STONER, J.; FREEMAN, R. Administração. Rio de Janeiro: Pretince-Hall do Brasil, 1985.
TAYLOR, F. Princípios da administração científica. São Paulo: Atlas, 1990.
CONSULTORIA E NEGÓCIOS INTERNACIONAIS
Perfil do consultor e das empresas em comércio e nas relações internacionais. Consultoria: empreendimento,
sistemas de gerenciamento. Gestão de riscos, de objetivos, do escopo, das pessoas, das interfaces, da comunicação.
Desafios gerenciais. Ampliação da capacidade gerencial do consultor. Técnicas e práticas de consultoria na área
internacional. Negociação e negócios internacionais, conceitos básicos, variáveis condicionantes, determinação do
problema, identificação dos reais interesses, busca de opções para o consenso, negociação, comunicações e
relacionamentos. Condições adversas. Cenários e tendências no comércio e nas relações internacionais.
Bibliografia Básica
TORQUATO, G. Tratado de comunicação: organizacional e política. São Paulo: Thomson, 2004.
MARTINELLI, D. Negociação internacional. São Paulo: Atlas, 1999.
RQ 9403 Rev. 00
Página 24 de 26
ACUFF, F. Como negociar qualquer coisa com qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo. São Paulo:
SENAC, 2004.
ANDRADE, R. Princípios de negociação, ferramentas e gestão. São Paulo: Atlas, 2000.
Bibliografia Complementar
WANDERLEY, José Augusto. Negociação total. São Paulo: Gente, 1998.
CARVALHAL, Eugenio. Negociação: fortalecendo o processo. Rio de Janeiro: Vision, 2002.
OLIVEIRA, D. Manual de consultoria empresarial: conceitos, metodologia e práticas. São Paulo: Atlas, 2005.
PEREIRA, E. Método de consultoria em administração da produção de bens. Florianópolis: 2000
ESTÁGIO SUPERVISIONADO II
DISCIPLINA OPTATIVA
LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS - LIBRAS
Língua de sinais e conceito, mais terminologia surdo x mudo. História da educação dos surdos no Brasil e no
Mundo. Alfabeto Manual. Vocabulário das Classes Semânticas (Cores, vestuários, animais, alimentos, família e
outros). Gramática (pronomes, verbos e adjetivos). Vocabulário (horas, profissões, lugares públicos, lateralidade,
cidades, estados, países, economia, utensílios domésticos). Sistema de transcrição para Libras. Interpretação de
frases.
Bibliografia Básica
MOURA, M.C., LODI, A. C. B.; PEREIRA. M. C. C. Língua de sinais e educação do surdo. v. 3. São Paulo:
Sociedade Brasileira de Neuropsicologia, 1993.
FELIPE, Tânia. Libras em contexto. São Paulo: Edupe, 2002.
FELIPE, T.; MONTEIRO, M. S. Libras em contexto: curso básico. Brasília: MEC; SEESP, 1997.
Bibliografia Complementar
ALMEIDA, E.C. Leitura e surdez: um estudo com adultos não oralizados. Rio de Janeiro: Revinter, 2000.
BRASIL. O tradutor e intérprete de língua brasileira de sinais e língua portuguesa. Secretaria de Educação
Especial; Programa Nacional de Apoio à Educação de Surdos. Brasília: MEC; SEESP, 2004.
BRASIL. Ensino da língua portuguesa para surdos: caminhos para a prática pedagógica. Brasília: MEC;
SEESP, 2003.
BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes nacionais para a educação especial na educação básica. Brasília:
MEC; SEESP,200l.
GOLDFELD, M. A criança surda: linguagem e cognição numa perspectiva sócio-interacionista. São Paulo:
Plexus, 1997.
QUADROS, R. M. Educação de surdos: a aquisição da linguagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.
QUADROS, R. M. Língua de sinais brasileira: estudos lingüísticos. Porto Alegre: Artmed, 2004.
6 QUADRO DE CARGAS HORÁRIAS POR SEMESTRE
2o Período
1o Período
DISCIPLINAS
CARGA HORÁRIA
PRÉREQUISITO
Cód.
Semanal
Total
Cód.
Economia
1
4
72
-
Instituições de Direito Público e Privado
2
4
72
-
Teoria da Administração I
3
4
72
-
Matemática
4
4
72
-
Contabilidade
5
4
72
-
Informática
6
4
72
-
Filosofia
7
2
36
-
Estatística
8
4
72
-
Contabilidade II
9
2
36
5
Sociologia
10
2
36
-
Macroeconomia
11
2
36
1
Teorias de Administração II
12
4
72
3
RQ 9403 Rev. 00
Página 25 de 26
3o Período
4o Período
5o Período
6o Período
7o Período
8o Período
#
Administração de Recursos Humanos I
13
4
72
-
Introdução ao Comércio exterior
14
4
72
-
Administração de Custos e Preços
15
2
36
9
Metodologia da Pesquisa
16
2
36
-
Português Instrumental
17
2
36
-
Espanhol Técnico
18
2
36
-
Microeconomia
19
4
72
1
Administração de Recursos Humanos II
20
4
72
13
Administração Mercadológica
21
4
72
-
Organização sistemas e Métodos
22
4
72
12
Direito Trabalhista
23
2
36
2
Psicologia
24
2
36
-
Matemática Financeira
25
2
36
4
Inglês Instrumental I
26
2
36
-
Direito Tributário
27
2
36
2
Administração da Produção
28
4
72
3º período
Administração Financeira e Orçamentária I
29
4
72
25
Administração de Recursos Materiais e Patrimoniais
30
4
72
3º período
Relações Internacionais
31
4
72
3º período
Inglês Instrumental II
32
2
36
26
Administração da Produção II
33
4
72
28
Administração Financeira e Orçamentária II
34
4
72
29
Administração de Vendas
35
4
72
21
Sistemas de Informação
36
4
72
5º período
Teoria e Prática de Câmbio
37
4
72
38
Sistemática do Comércio Exterior
38
4
72
37
Administração Estratégica
39
4
72
-
Direito de Navegação
40
4
72
27; 23
Direito internacional
41
4
72
27; 23
Seminários Avançados em Temas Internacionais I
42
2
36
6º período
Negociação Internacional
43
2
36
6º período
Estágio Supervisionado I
44
4
150
-
Transporte e Seguros
45
2
36
38
Administração de Marketing Internacional
46
4
72
7º período
Administração de Finanças Internacionais
47
4
72
7º período
Legislação Aduaneira Comparada
48
4
72
41
Seminários Avançados em Temas Internacionais II
49
2
36
7º período
Consultoria e Negócios Internacionais
50
4
72
-
Estágio Supervisionado II
51
4
150
44
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS
52
2
36
-
-
168
3.180*
-
Total
* Incluindo 300 h.a de Estágio Supervisionado
# Disciplina Optativa
RQ 9403 Rev. 00
Página 26 de 26

Documentos relacionados