23 – EBS 2016 – 7 a 13 de agosto

Сomentários

Transcrição

23 – EBS 2016 – 7 a 13 de agosto
07 a 13 de agosto de 2016
Assistir aos enfermos (parte 2)
“Imporão as mãos aos enfermos e eles ficarão curados” (Mc 16,18b).
Deus quer que todos oremos pelos doentes, como o próprio Senhor Jesus fazia. A oração suplicando a cura
divina faz parte da obra da evangelização tanto quanto a pregação, a acolhida, a caridade, o louvor etc.
É verdade que a cura é apresentada como um dom extraordinário, como ensina o Catecismo: “O Espírito
Santo dá a algumas pessoas um carisma especial de cura para manifestar a força da graça do
Ressuscitado” (CAT, 1508), mas isto não deve nos fazer crer que apenas estes devem orar pelos enfermos.
Caso queria aprofundar os carismas no Catecismo da Igreja Católica, leia os n.: 798-801. 951. 2003. 2690.
Sempre temos de orar por cura, pois: 1) é desejo de Deus para Seu povo a saúde completa; 2) Cristo já
pagou com Sua Paixão e Morte o preço de nossa completa Redenção; 3) a doença faz as pessoas sofrerem
e como cristãos precisamos ser misericordiosos com elas, buscando junto ao Senhor a consolação.
Ora, Deus nos criou em plena harmonia com Ele, conosco, uns com os outros e com a criação. O pecado
quebrou esta comunhão, e não mais gozamos do pleno bem estar físico, psíquico e espiritual. Este
desequilíbrio é a raiz dos diversos tipos de doença. A cura, portanto, é a restauração deste equilíbrio.
Três tipos de doenças que requer a oração de cura
Segundo o Pe. Emiliano Tardif, em JESUS ESTÁ VIVO, existem três tipos de doenças: a do coração, originada
por uma ferida emocional, requer a oração de cura interior (que se dá principalmente pelo perdão); a do
espírito, consequência do pecado, quando rompemos a comunhão com Deus cedendo à tentação ou
opressão maligna, requer a oração de libertação, seguida da fé e conversão; e a doença do corpo, originada
por múltiplas causas, como uma degeneração dos órgãos ou membros, ou por um acidente ou por
contaminação por vírus ou bactéria. Requer a oração de cura física. Estas doenças são contempladas
claramente no texto que resume a missão salvadora do Senhor Jesus: Lc 4,18-19.
Embora o homem seja um composto de corpo, alma e espírito (cf. 1 Ts 5,23), e, portanto, uno e indivisível,
dividimos os tipos de doenças por razões pedagógicas. Mas o fato é que doenças físicas podem contribuir
para doenças psíquicas e para as espirituais, como também podem proceder delas, ou mesmo ser causadas
por influências demoníacas. Estudos científicos falam que 89% das doenças físicas têm causas emocionais.
Seja você um cristão que tenha recebido o carisma da cura ou não, diante dos diversos males que
acometem as pessoas, saiba que é uma linda obra de misericórdia orar pedindo essa graça. A cura
comprova a eficácia da Palavra pregada, é um sinal do Reino de Deus entre nós, é também um testemunho
contundente que Jesus está vivo e age com o mesmo poder que realizou maravilhas em Seu tempo, além
de ser demonstração da ternura de Deus que sempre deseja a salvação integral do homem.
Comunidade Fanuel
«Rosto de Deus»
① Leia Mc 3,7-15 e explique que relação há entre o ministério de Cristo e o dos apóstolos (a Igreja).
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
② Que gesto Jairo suplicou de Jesus ao lhe apresentar o drama da doença da filha? (Mc 5,23).
___________________________________________________________________________________________
③ O que o gesto do versículo anterior tem a ver com a missão dos evangelizadores, segundo Mc 16,18b?
___________________________________________________________________________________________
④ Você costuma orar pela cura em sua célula e impor as mãos sobre as pessoas enfermas? Reflita nas
respostas acima e peça ao Senhor aquilo que precisa para abrir-se ainda mais a esta graça. Anote depois.
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
⑤ O que há em Nosso Senhor Jesus Cristo, capaz de curar as pessoas? (Mc 5,30).
___________________________________________________________________________________________
⑥ De onde vinha essa graça do Senhor? (At 10,38).
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
⑦ O que o testemunho acima (acerca de Cristo e Seu ministério) tem a ver com a promessa divina
destinada a todos nós, tanto em At 1,8 quanto em At 2,39?
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
⑧ Leia os textos a respeito dos tipos de doenças e curas, e ligue as colunas:
At 16,16-18:
At 3,1-8:
Sl 147,3:
Cura Física
Cura Interior (Emocional)
Cura Espiritual (Libertação)
⑨ Leia primeiramente At 14,8-10. Agora, leia a sequência (At 14,11-15) e responda: o que a atitude do
apóstolo Paulo tem a lhe ensinar a respeito de quem ora pela cura divina?
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
⑩ Como deve ser a pessoa que Deus usa para abençoar a vida de outros, por exemplo, com a cura divina?
(Tg 5,16.18).
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
# FICA-A-DICA: você já leu o livro JESUS ESTÁ VIVO, do Pe. Emiliano Tardif, escrito junto com o Prado
Flores? Se sim, testemunhe na reunião o que mais te edificou; se não, procure um e leia-o.