27. serviço pioneiro em atenção farmacêutica aos

Сomentários

Transcrição

27. serviço pioneiro em atenção farmacêutica aos
SERVIÇO PIONEIRO EM ATENÇÃO FARMACÊUTICA AOS PACIENTS
CHAGÁSICOS NO ESTADO DO CEARÁ
Maria de Fátima Oliveira; Darlan da Silva Cândido; Alanna Carla da Costa; Monise Anne Lima; João
Vitor de Souza Oliveira; Francisco Aucélio Alves Marinho Junior; Fábia Natany Fernandes Oliveira. (Email: [email protected])
INTRODUÇÃO: As ações de controle vetorial e transfusional da doença de Chagas sempre
foram o grande desafio dos governantes. Diante deste controle efetivo nossa principal
preocupação foi olhar para os doentes já existentes, visto que no Brasil, a estimativa é de 2 a 3
milhões de pessoas infectadas, principalmente populações pobres que residem na zona rural em
condições precárias. OBJETIVOS: Para atender as necessidades do Ceará, região endêmica em
doença de Chagas, foi criado no inicio de 2005 o serviço de atenção farmacêutica aos portadores
de infecção chagásica sob a coordenação da Profa Dra Maria de Fátima Oliveira, sendo hoje a
maior referencia em doença de Chagas em todo o Estado do Ceará. METODOLOGIA:As
atividades do serviço de atenção farmacêutica são desenvolvidas no Laboratório de Pesquisa em
Doença de Chagas (LPDC), localizado no Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas da
Universidade Federal do Ceará (UFC). O serviço mantém parceria com o Hospital Universitário
Walter Cantídio ? HUWC e a Secretária de Saúde do Estado do Ceará que disponibiliza o
benzonidazol para o tratamento dos pacientes. O benzonidazol é o único medicamento disponível
no Brasil para tratar a doença de Chagas. Esse fármaco é bastante tóxico levando muitas vezes
a suspensão do medicamento por induzir diversas reações adversas. RESULTADOS E
DISCUSSÃO: No hospital os pacientes passam por uma avaliação física, clínica e laboratorial e
no caso de haver indicação de tratamento com benzonidazol são encaminhados ao LPDC para
dispensação e seguimento farmacoterapêutico, como também realização de exames sorológicos
como critério de controle de cura. Atualmente, o serviço dispensa 47% de todo o benzonidazol
distribuído no Estado do Ceará. Hoje, o serviço conta com 480 pacientes cadastrados com
prescrição de benzonidazol na faixa etária acima de 18 anos proveniente de vários municípios do
Ceará: Russas, Crateús, Jaguaruana, Limoeiro do Norte, Quixeré, Independência etc. Essa
prática de atenção farmacêutica traz vários benefícios para o paciente como também para o
estado minimizando os riscos associados ao uso do medicamento, reduzindo os custos com
internação, evitando sequelas por reações adversas, reduzindo as taxas de morbi-mortalidade e
_______________________________________________________________________________
Revista Brasileira de Biodiversidade e Biotecnologia
GPI Cursos - Teresina-PI - CNPJ:14.378.615/0001-60
Registro: http://gpicursos.com/slab2015/Sistema/trabalho-pdf.php?id=719"
melhorando a qualidade de vida de milhões de pacientes chagásicos fazendo com que os
mesmos se sintam acolhidos dentro do sistema de saúde. CONCLUSÃO: O aparecimento de
reações adversas intensas e de longa duração provoca varias perdas para o paciente e a
sociedade tais como ausência ao trabalho, gasto com medicamentos e sofrimento. Esse serviço
de acompanhamento terapêutico visa evitar essas perdas e o sofrimento do paciente,
melhorando sua qualidade de vida e esclarecendo as dúvidas sobre a doença e até mesmo
evitando internação.
_______________________________________________________________________________
Revista Brasileira de Biodiversidade e Biotecnologia
GPI Cursos - Teresina-PI - CNPJ:14.378.615/0001-60
Registro: http://gpicursos.com/slab2015/Sistema/trabalho-pdf.php?id=719"