Plásticos - Câmara de Comércio e Indústria Brasil

Сomentários

Transcrição

Plásticos - Câmara de Comércio e Indústria Brasil
XX Simpósio
Internacional sobre
Tecnologias de
II SIMPÓSIO INTERNACIONAL
DE NOVAS TECNOLOGIAS EM
ELASTÔMEROS
Plásticos
13 e 14 de março de 2012 - das 8:00 às 18:00 - Club Transatlântico - São Paulo - SP
CONHEÇA UM POUCO DAS GRANDES NOVIDADES
QUE SERÃO APRESENTADAS NOS DOIS SIMPÓSIOS
E JÁ!
INSCREVAM-S
PROGRAMA PRELIMINAR
Sala 1: SIMPÓSIO PLÁSTICOS/ELASTÔMEROS 2012
DIA 13 DE MARÇO DE 2012
08:00 – 08:30
Credenciamento
08:30 – 09:00
SOLENIDADE DE ABERTURA
Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo
Sra. Désirée Moraes Zouain (a confirmar)
Coordenadoria de Ciência e Tecnologia
09:00 – 10:00
PLENÁRIA: NOVA TECNOLOGIA DE INJEÇÃO BICOMPONENTES COM TPE
Dr. Peter Neumann - ENGEL – Áustria
O processo é destinado à produção de componentes internos de caminhões com superfície Soft-Touch de alta qualidade. O procedimento previsto
até então com várias etapas, é reduzido a um processo que combina em um só estágio a moldagem por injeção e espumagem. O processo é uma
interessante alternativa para o acabamento de muitos componentes em forma de sanduíche ou componentes de poliuretano (PUR) espumados para o
espaço interior dos veículos. A maioria dos projetos elaborados concentra-se em painéis de instrumentos, peças de consoles, abas e revestimento de
portas.
10:00 – 10:30
Coffee-Break
Sala 1: SIMPÓSIO PLÁSTICOS 2012
DIA 13 DE MARÇO DE 2012
10:30 – 11:15
TÉCNICAS DE PROCESSAMENTOS ORIENTADOS AO PRODUTO
Dipl.-Ing. Christian Renners - SUMITOMO/DEMAG - Alemanha
• Avaliar as técnicas de processamento
• Analisar as exigências da produção
• Definir as grandezas de processamento
• Decisão orientada ao objetivo
• Exemplos de aplicação
11:15 – 12:00
INOVAÇÕES EM CHILLERS E DRYCOOLERS: AS NOVAS TECNOLOGIAS SE REVERTEM EM BENEFÍCIOS REAIS PARA O USUÁRIO?
Janos Szego - MECALOR - Brasil
A inovação tecnológica aliada à sustentabilidade são temas recorrentes em seminários e trabalhos publicados. Ninguém duvida que sejam desejáveis.
Porém, a questão de quem ganha com produtos mais avançados nem sempre é tão fácil de responder.
Será compartilhado uma reflexão sobre os benefícios que as novas tecnologias implantadas nos últimos anos propiciam para os usuários e para a
sociedade.
12:00 – 13:30
Almoço
13:30 – 14:15
TÉCNICAS DE MOLDE EM FORMA DE CUBO GIRATÓRIO PARA AUMENTO DA PRODUTIVIDADE
Martin Würtele - KraussMaffei- Alemanha
A moldagem de Multicomponentes é uma forma altamente efetiva na fabricação de produtos que combinam diversas propriedades de materiais,
integrando funções e reduzindo passos de montagem. O Sistema de Cubo Giratório possibilita maior produtividade e vantagem frente à pressão de
custos. Outra grande vantagem deste sistema é que não há restrições ao tamanho dos moldes que existem nas mesas giratórias.
14:15 – 15:00
OTIMIZAÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA NA MOLDAGEM POR INJEÇÃO
Rudolf Pichler - BATTENFELD - Áustria
15:00 – 15:45
MERCADO FUTURO PARA AS TÉCNICAS DE MOLDAGEM POR INJEÇÃO DE COMPONENTES ÓPTICOS - VISÃO DA CADEIA DE PROCESSAMENTO
Prof. Dr. – Ing.Paul Thienel – Alemanha
• Crescimento de peças ópticas injetadas
• Princípios básicos da óptica
• Utilização de elementos construtivos ópticos
• Vantagens de elementos construtivos ópticos de material plástico
• Projeto de composição de tecnologias ópticas: peça construtiva, molde / técnica de máquinas, pesquisas
15:45 – 16:15
Coffee-Break
16:15 – 17:00
PEÇAS INJETADAS COM PROTEÇÃO SUPERFICIAL EM PUR
Dr. Peter Neumann - ENGEL – Áustria
Novidade mundial na moldagem por injeção: anti-aderência de PUR somente através de Openair-Plasma (PUR = Poliuretano)
17:00 – 17:45
BIOPOLÍMEROS: DESENVOLVIMENTO PARA APLICAÇÕES, PROPRIEDADES, PROCESSAMENTO DE COMPOSTOS BASEADOS EM FONTES
RENOVÁVEIS E BIODEGRADÁVEIS
Alberto Rejeman - TECNARO - Alemanha
Será apresentada uma grande variedade de aplicações, propriedades e considerações para um processamento positivo de misturas e compostos biobaseados e biodegradáveis. Esses materiais contribuem para um futuro sustentável devido ao uso de recursos renováveis.
DIA 14 DE MARÇO DE 2012
08:30 – 09:15
REFORÇO DA FIBRA (UNIÃO SEM FIM DAS FIBRAS / CHAPAS ORGÂNICAS), CONVERSÃO E MOLDAGEM POR INJEÇÃO COMBINADAS
Dr.-Ing. Erwin Bürkle - Alemanha - GEORG KAUFMANN – Suíça
Componentes plásticos com reforço de tecidos contínuos se destacam pelo reduzido peso, boas qualidades mecânicas e favoráveis em casos de
trombadas. Um novo processo de acabamento combina a transformação por calor de um semi-acabamento termoplástico reforçado por fibras e o
processo de moldagem por injeção. Desta forma é possível produzir com segurança e a preços favoráveis uma grande quantidade de componentes
leves que comportam elevados pesos.
09:15 – 10:00
AUMENTO DE QUALIDADE E REDUÇÃO DE CUSTOS ATRAVÉS DOS PROCESSOS ESPECIAIS DE INJEÇÃO
Dipl. Ing. Bernhard Hoster - GIRA – Alemanha
• Processo com pressão de gás posterior e interno
• Injeção de 3 componentes
• Tecnologia dos moldes
• Otimização do processo
• Valores empíricos práticos
10:00 – 10:30
Coffee-Break
10:30 – 11:15
CONTROLE DE PROCESSOS E CONTROLE EM CLOSED LOOP BASEADOS EM TERMOGRAFIA INTEGRADA
Dipl.- Ing. Georg Schwalme - SKZ – Alemanha
Condição para otimizar o uso de controle termográfico com imagens térmicas, aplicado no controle de qualidade de peças injetadas e em moldes de
injeção em malha fechada (closed loop).
11:15 – 12:00
AVANÇOS NO CONTROLE DO PROCESSO DE INJEÇÃO
Dr.-Ing. Oliver Schnerr - KISTLER – Alemanha
Diagnóstico de processo para a melhoria da qualidade de peças injetadas.
12:00 – 13:30
Almoço
13:30 – 14:15
MOLDES DE SUPERFÍCIES DE ALTÍSSIMA QUALIDADE
Dr. –Ing. Erwin Bürkle - Alemanha - GEORG KAUFMANN – Suíça
Superfícies de elevada qualidade há muito deixaram de ser empregadas exclusivamente em veículos de alta classe. O acabamento interior de veículos
pequenos e médios também devem apresentar um efeito agradável similar a um toque de couro ou de maciez nas superfícies. O mesmo se aplica
a cabines de caminhões, que cada vez mais estão sendo melhores equipadas. A execução e aplicação requerem um processo aplicável a grandes
séries, próprio também a superfícies complexas tridimensionais com passagens estreitas que dispensam a necessidade de trabalho complementar
nos componentes.
14:15 – 15:00
NOVAS TECNOLOGIAS PARA O CONTROLE DE TEMPERATURA
Dipl. Ing. Bernhard Hoster - GIRA - Alemanha
• valores empíricos
• processos variotérmicos
• têmpera indutiva, cerâmica e variotérmica
• técnicas do molde
• comparativo de custos
15:00 – 15:45
REDUÇÃO DE FALHAS EM MOLDES ATRAVÉS DE USINAGEM ULTRAPRECISA COM DIAMANTE - FABRICAÇÃO DE MOLDES COMPLEXOS
Dr. –Ing. Christian Wenzel - INNOLITE – Alemanha
• Comparação com a construção convencional de moldes ópticos
• Princípio e vantagens da usinagem por diamante
• Geometrias produzíveis
• Critérios de qualidade
• Possibilidades de aplicação e exemplos de utilização
15:45 – 16:15
Coffee-Break
16:15 – 17:00
(tema a confirmar)
17:00 – 17:45
DEFEITOS NOS MOLDES TRANSFERIDOS ÀS PEÇAS TERMOPLÁSTICAS DE MOLDAGEM POR INJEÇÃO
Prof. Dr. –Ing. Paul Thienel - Alemanha
• Procedimento sistemático em uma otimização do processo de injeção
• Visão geral sobre diversas falhas de superfície (linhas de fluxo, diferenças de brilho, estrias, etc)
• Causas para falhas de superfície de ferramentas
• Processos corretivos
Sala 2: SIMPÓSIO ELASTÔMEROS 2012
DIA 13 DE MARÇO DE 2012
10:30 – 11:15
GRUPO DE MATERIAIS TPE E LIMÍTROFE COM OS MATERIAIS DE BORRACHA
Viviana Avendano - ALLOD - Espanha
Elastômeros termoplásticos se tornam cada vez mais importantes como grupo de materiais. Há anos, muitos destes materiais são usados nas mais
diversas áreas de aplicação. Devido ao seu contínuo desenvolvimento, estas matérias primas possuem até hoje uma taxa de crescimento acima da
média. A palestra oferece uma breve visão geral sobre as propriedades, processamento e áreas de aplicação dos elastômeros termoplásticos.
11:15 – 12:00
MANUSEIO DA MATÉRIA PRIMA NA INDÚSTRIA DA BORRACHA
Harald Wilms - ZEPPELIN – Alemanha
Nas fábricas de processamento de plásticos, o abastecimento das matérias primas, o transporte, preparação e dosagem são operações de extrema
importância. Da mesma forma, os produtos finais devem receber cuidados na embalagem e na logística. Serão apresentadas tecnologias para este
processo e exemplos das instalações necessárias.
12:00 – 13:30
Almoço
13:30 – 14:15
MATERIAIS TPV E RESPECTIVAS PROBABILIDADES
Eric Richter - ALBIS – Alemanha
• As fortes exigências para a aceitação bem como as técnicas de produção tornam a produção dos TPVs um imenso desafio.
• A palestra trata dos seguintes aspectos:
- Introdução do TPV e limitações em relação a outros TPEs
- Possibilidades da variação de propriedades influenciarem a aceitação e as técnicas de produção
• Exemplos de aplicação e tendências.
14:15 – 15:00
APLICAÇÕES DE EPP NA ÁREA DE SEGURANÇA PESSOAL
Walter Kurtz – KURTZ - Alemanha
• Desenvolvimento histórico de capacetes e as variedades dos mesmos.
• Suas aplicações diversificadas necessitam de requisitos alternativos.
• Os desenvolvimentos mais recentes facilitam as vitórias nas corridas da Formula I.
• Informações sobre o mercado global.
15:00 – 15:45
TECNOLOGIAS AVANÇADAS DE EXTRUSÃO DE TPEs
André Grundmann - JSW/POLYMER ALLIANCE – Alemanha
Para compostos TPE usados nas classes automotivas, diversas etapas de processos precisam ser combinadas numa única extrusão – processo de
peletização, diferenciando ainda as tarefas de processo necessárias. Um sistema modular será apresentado, com requisitos otimizados incorporados,
incluindo o equipamento anterior e posterior em torno da área de extrusão, o que prova ser o método mais avançado, simplificar a extrusão e
aumentar a flexibilidade e confiabilidade das modernas plantas de formulações.
15:45 – 16:15
Coffee-Break
16:15 – 17:00
VANTAGENS DA SIMULAÇÃO DE TRANSFORMAÇÃO POR INJEÇÃO EM ELASTÔMEROS
Luciana Stuewe - MAGMA – Brasil
A demanda por produtos de borracha aumenta globalmente e consequentemente as empresas são mais pressionadas pelos clientes em termos
de redução dos tempos de desenvolvimento, alta qualidade e redução de custo dos produtos. Muitas empresas até hoje contam apenas com
sua experiência e com os erros – método das tentativas, para desenvolver projetos e processos. Hoje é possível usar meshes 3D para simular
precisamente o processo de enchimento de injeção de elastômeros, vulcanização e resfriamento, juntamente com o comportamento térmico do
molde. O objetivo da apresentação é mostrar as características de simulação do projeto e processo no campo do elastômero e como isso pode ajudar
as empresas em termos de economia de custo.
17:00 – 17:45
OTIMIZAÇÃO DA RESISTÊNCIA DE MATERIAIS TPE A ARRANHÕES NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA
Bettina Kaiser - ALLOD – Alemanha
Copolímeros termoplásticos de estireno, em blocos, possuem um amplo leque de aplicações devido à sua variabilidade com relação à dureza,
densidade, segurança, etc. Atualmente estão ocorrendo desenvolvimentos que visam melhorar a sensibilidade das superfícies contra arranhões, a fim
de abrir novos campos de aplicação, especialmente na indústria automobilística. A palestra mostra o estágio atual deste desenvolvimento, descreve os
resultados da resistência a arranhões de acordo com PV 3952, apresentando alguns exemplos para sua aplicação.
DIA 14 DE MARÇO DE 2012
08:30 – 09:15
CONTROLE ADAPTATIVO DE CURA – TEMPOS DE CURA ULTRA-RÁPIDOS COM ALTA ESTABILIDADE DE PROCESSO
Peter Steinl - LWB Steinl – Alemanha
09:15 – 10:00
TPE EM APLICAÇÕES AUTOMOTIVAS ALTAMENTE TÉCNICAS
Dr. Ernst Osen - FREUDENBERG – Alemanha
• Introdução às classes de materiais TPE
• Novos tipos à base de ACM, EAM e FKM
• Comparação de longevidade entre elastômeros e TPE
• Aplicação em peças que suportam elevadas temperaturas
Devido às elevadas temperaturas e exposição a cargas como óleos, graxas, combustíveis, foi considerada crítica a aplicação de TPE para vedação em
peças na área do motor. Graças aos recentes desenvolvimentos do TPE, especialmente pela adição de materiais especiais como acrílicos e borracha,
flúor em TPVs dinamicamente vulcanizados, puderam ser obtidos bons resultados com relação à resistência e durabilidade.
10:00 – 10:30
Coffee-Break
10:30 – 11:15
(tema a confirmar)
11:15 – 12:00
(tema a confirmar)
12:00 – 13:30
Almoço
13:30 – 14:15
REVESTIMENTOS EM PASTA FLUIDA PARA BORRACHA EPDN E TERMOPLÁSTICOS. A FIXAÇÃO É O ATRIBUTO MAIS IMPORTANTE
David Bareich - G.B.I.E. Inc. – Canadá
Os revestimentos SLIP aplicam-se a PVC, EPDM e termoplásticos para controlar as propriedades superficiais ou funções dos produtos (valor
agregado). Esta palestra discutirá a importância de garantir excelente adesão ao substrato antes de considerar as características superficiais.
Exemplos na indústria que mostram falhas de revestimento absoluto ou em geral mau desempenho do revestimento serão discutidos juntamente com
soluções para esses problemas. A palestra demonstrará a vasta gama de qualidades superficiais possíveis e discutirá alguns usos populares dos
revestimentos.
14:15 – 15:00
LINHAS DE EXTRUSÃO DE PERFIS DE TPE PARA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA
Herbert Ghirardello - KraussMaffei – Brasil
Conceitos básicos para linha de extrusão de perfis de TPE para indústria automotiva. Conceitos aplicados no processamento de TPEs para a produção
de perfis; co-extrusão de dois ou mais materiais em linha, espumas de TPE co-extrusão, insertos de reforço; corte a acabamento dos perfis. 15:00 – 15:45
ELASTÔMEROS TERMOPLÁSTICOS NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA – DESAFIOS PARA OS PRÓXIMOS ANOS
Amauri Gentil - GM – Brasil
Abordagem sobre os Termoplásticos elastoméricos utilizados na indústria automotiva. Principais aplicações destes polímeros além das vantagens
e desvantagens quando comparados com os elastômeros. Comentários sobre as substâncias restritas e controladas declaráveis ou proibidas que
compõe os plásticos de engenharia. Requisitos legais de peças plásticas utilizadas no interior do veículo bem como os ensaios de “fogging”, odor, e
compostos orgânicos voláteis.
15:45 – 16:15
Coffee-Break
16:15 – 17:00
(tema a confirmar)
17:00 – 17:45
OTIMIZAÇÃO TOPOLÓGICA
Nicole Sailer - MEKRA LANG – Alemanha
Uma manipulação eficiente com matérias primas traz vantagens ecológicas, assim como econômicas. Com o auxílio da otimização da topologia
é verificada com um algoritmo de cálculo a distribuição ideal da massa de uma peça construtiva estrutural. Este resultado de cálculo alcantilado e
poroso pode ser transformado com o auxílio de um construtor experiente em um modelo otimizado de superfície. No exemplo da estrutura de suporte
de um espelho externo o método é explicado e os passos necessários são esclarecidos.
OURO
PATROCÍNIO
APOIO
BRONZE
MÍDIA
REALIZAÇÃO
www.vdibrasil.com.br / www.especifica.com.br
ESPECÍFICA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS
Rua Augusta, 2516 – 2º andar – cj. 22 – 01412-100 – São Paulo – SP
Tel.: (0xx11) 3081-7388 – Fax.: (0xx11) 3083-2650 e-mail.: [email protected] / [email protected]

Documentos relacionados