Exame Veterinario

Сomentários

Transcrição

Exame Veterinario
MultVet 4.11®
CRMV-BA:3269
Erliquiose
Laudo:
ECAN04449-2015
Clínica:
Universo Animal
Veterinário(a):
Cíntia Serravalle CRMV-BA: 2380
Proprietário(a):
Suzana Xavier
Paciente:
Scoby-Rg.: 16639
Sexo: Macho
Espécie:
Canina 4 - 11 Meses
Idade: 8 Meses
Raça:
Golden Retriever
Data da colheita:
3/06/2015 Data de entrada: 3/06/2015
Req.Nº: 030793
Detecção de anticorpos IgG anti Ehrlichia canis
Método: ELISA "Dot-Blot"
Material: Sangue/Soro
RESULTADO:
TÍTULO:
FRACAMENTE
REAGENTE
<1:10
Obs.:
REFERÊNCIA:
Não Reagente (sem título): considerar ausência de anticorpos
Fracamente Reagente (título < 1:10): interpretar de acordo com correlação clínica
Fracamente Reagente (1:20 a 1:40): exposição prévia/anticorpos residuais/início de infecção/reação inespecífica
Reagente (título 1:80 ou maior): relacionado à infecção/anticorpos residuais
Interpretação:
O anticorpo anti -E.canis pode ser detectado entre 2 a 3 semanas pós -infecção. Testes realizados durante a fase aguda (antes de 10
dias de infecção), e filhotes com menos de 3 meses, podem ter resultado não reagente, devido ao tempo necessário para a
soroconversão ou demora na elevação dos títulos. Interpretar em correlação com hemograma e quadro clínico. Permanecendo a
suspeita, recomenda-se repetir o teste após 15 dias.
Os títulos de anticorpos podem manter -se elevados por 6 a 10 meses, tornando -se indetectáveis após 12 meses se a resposta ao
tratamento for efetiva. Para investigar possível infecção de animais com histórico de infecção anterior há menos de 12 meses, sugere se a realização de testes pareados, com intervalo de 15 dias.
Resultados fracamente reagentes, abaixo de 1:80 (ponto de corte do teste), devem ser interpretados em correlação com dados do
histórico, exame clínico e resultado do hemograma. Considerar exposição prévia (sem desenvolvimento da infecção), anticorpos
residuais (infecção anterior) ou início de infecção ativa. Pode ainda ser resultado de reação inespecífica. Recomenda-se repetir o teste
após 15 dias.
Animais assintomáticos com título 1:80 ou mais considerar fase subclínica. Correlacionar com dados do histórico, exame clínico e
resultado do hemograma.
Animais tratados ou em tratamento (há mais de 20 dias) com título 1:80 ou mais, considerar reinfecção, ineficácia do tratamento,
demora no declínio dos títulos de anticorpos ou estado de portador.Recomenda-se repetir o teste após 30 dias.
Títulos elevados podem ocorrer tanto na fase aguda quanto na fase crônica da doença e podem persistir por 6-12 meses.
Em todos os casos, como exame complementar e para para acompanhamento da resposta ao tratamento indica
-se a determinação das
frações globulínicas através de eletroforese de proteínas.
Data da conclusão do laudo
Assinado eletronicamente, por:
3/06/2015
Drª Cláudia Trevisan
CRMV-BA: 1695