Liturgia das Horas - Textos para Estudo

Сomentários

Transcrição

Liturgia das Horas - Textos para Estudo
Liturgia das
Horas
Liturgia das Horas e Salmos, segundo D. Estevão Bettencourt
Ofício Divino
O Ofício Divino consta de Horas
Canônicas, que são modelos de
oração.
Esse modelo é adaptado às
diferentes horas do decorrer do
dia.
As horas do Ofício são ditas
canônicas porque estão no padrão
dos livros oficiais da Igreja.
Os exercícios de piedade devem
levar à Liturgia, os quais, por sua
natureza, de muito os supera.
Horas Canônicas
Fundamento Bíblico
“Louvei-vos sete vezes
por dia.” (Sl. 118,164)
“Levantava-me no
meio da noite para
louvar-vos.” (Sl.
118,62)
Horas Canônicas
Laudes
• “Deve-se rezar de manhã para que, pela oração
matinal, seja celebrada a ressurreição de Jesus
Cristo.”
• São Cipriano (séc. III)
Vésperas
• “Fica conosco, Senhor, porque o dia já vai
declinando.”
• Lc 24,29
Oração do Ofício Divino
Oração de Cristo
• “A oração de Jesus foi mais do que um exemplo e mais do
que um apelo a que nós oremos. Jesus abriu-nos um
caminho e deu-nos a possibilidade de participar da sua
relação pessoal com o Pai.”
Oração da Igreja
• “Mesmo a oração que faz no quarto e a portas fechadas,
sempre necessária e recomendável, fazem-na os membros
da Igreja por Cristo no Espírito Santo; mas a oração da
comunidade tem uma dignidade especial.” IGLH 9
Eficácia do Ofício Divino
A Igreja roga a Cristo
e, por Cristo, ao Pai
Pedindo pela salvação
do mundo inteiro
Esta é a voz de Cristo,
unido à sua Esposa
Desse prolongamento
e união, resulta a
eficácia singular da
Liturgia das Horas
A Igreja prolonga as
preces de Cristo na
terra
Quando o Corpo reza,
é a cabeça quem
entrega as orações ao
Pai
Pela oração, a Igreja
exerce a maternidade
das almas
Salmos
Refletem as mais diversas
circunstâncias da vida humana
A Encarnação imprime um significado
mais rico e um valor novo aos salmos
No Saltério, encontramos as palavras
que Cristo consagrou pelo seu uso
O Saltério transforma nossa situação
vital em oração
Formas de Cristianização dos Salmos
Com Cristo, ao Pai: Cristo,
juntamente com sua Igreja,
reza o salmo ao Pai
(Sl. 70(69,3)
A Cristo (= ao Pai): a Igreja
se volta a seu Esposo
(Sl. 23(22)
Ao Pai a respeito de Cristo:
é o caso dos salmos
históricos, em que não há
diálogo, mas somente
narração (Sl. 105(106)
Bibliografia
BETTENCOURT, Estevão. Curso de Liturgia.
Módulos 35 a 38. Escola Mater Ecclesiae.
Mimeo.