Florestas Plantadas

Сomentários

Transcrição

Florestas Plantadas
1
CONSULTORIA | ENGENHARIA | GERENCIAMENTO
2
CONSULTORIA | ENGENHARIA | GERENCIAMENTO
23 e 24 de agosto de 2016
FAE BUSINESS SCHOOL
Curitiba - PR
3
CONSULTORIA | ENGENHARIA | GERENCIAMENTO
PROGRAMA
Dia 1 | 23 de agosto de 2016
8:00
-
9:00
Credenciamento, entrega de materiais e welcome coffee
9:00
-
9:10
Abertura oficial
9:10
-
10:10
PALESTRA 1 – Sustentabilidade e o papel dos serviços ecossistêmicos e biodiversidade no mundo pós Paris/15
10:10
-
10:30
Coffee break
10:30
-
12:30
PAINEL 1 – Tendências em Sustentabilidade e Governança – Cases Corporativos
10:30
-
11:00
Sustentabilidade & Governança: o
case da Telefônica Vivo
João Francisco L. Zeni - Gerente de Sustentabilidade Telefônica – Vivo
11:00
-
11:30
Sustentabilidade & Governança: o
case da Bayer Agronegócio
Cristiane Lourenço, Gerente de Desenvolvimento Sustentável e Parcerias
na Cadeia de Valor
11:30
-
12:00
Sustentabilidade & Governança: o
case do BRDE
Orlando Pessuti – Vice Presidente BRDE
12:00
-
12:30
Debate / Perguntas e Respostas
12:30
-
14:00
Almoço / Integração
14:00
14:00
-
16:20
14:30
PAINEL 2 – Capital Natural e sustentabilidade
O valor e o preço do clima
Carlos Rittl – Secretário Executivo do Observatório do Clima
14:30
-
15:00
O valor e o preço do carbono
Forest Trends – (confirmado, representante a definir)
15:00
-
15:30
O valor e o preço da biodiversidade
Vera Lucia Imperatriz Fonseca – ITV/IPBES
15:30
-
16:00
O valor e o preço das florestas
A confirmar
16:00
-
16:30
Debate / Perguntas e Respostas
16:30
-
17:00
Coffee break
-
18:00
Ivan Tomaselli – Presidente STCP
Pavan Sukhdev – CEO GIST Advisory / TEEB
17:00
18:00
-
18:15
PALESTRA 2 – A contribuição dos recursos florestais para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento
Sustentável da ONU (ODS-ONU)
Manoel Sobral Filho, Diretor UNFF (United Nations Forum on Forests)
Encerramento do dia
Miguel Milano
18:15
-
20:00
Coquetel de confraternização e networking
4
CONSULTORIA | ENGENHARIA | GERENCIAMENTO
PROGRAMA
Dia 2 | 24 de agosto de 2016
8:00
-
9:00
Welcome coffee
9:00
-
9:10
Abertura do dia
09:10
- 09:40
PAINEL 3 – Gestão da sustentabilidade e comunicação institucional: imagem pública e realidade corporativa
09:10
- 09:40
Regulação, controle estatal e
sustentabilidade corporativa
09:40
-
10:10 Construção de marco legal
Karin Kassmayer – Dra. Prof. Licenciada UFPR e Assessora Parlamentar
10:10
-
10:40 Publicidade e Propaganda na
construção da “imagem corporativa
relacionada a sustentabilidade”
Marcelo Romaniewicz – Vice Presidente da Master Comunicação
10:40
-
11:00 Coffee break Debate
11:00
-
11:30 Imprensa e sustentabilidade: o que e
para quem comunicamos?
Alexandre Mansur – Editor Revista Época
11:30
-
12:00 Debate / Perguntas e Respostas
12:00
-
13:30 Almoço / Integração
13:30
-
16:00 PAINEL 4 – Energia e sustentabilidade
13:30
-
14:00 Energia Eólica (ABEEólica)
14:00
-
14:30
14:30
-
15:00 Inovação em suprimento (ANEEL)
15:00
15:30
-
16:00
-
15:30 Debate / Perguntas e Respostas
16:00 Coffee break
17:20 DEBATE SÍNTESE DO EVENTO
Aspectos regulatórios e
desenvolvimento sustentável (FMASE)
José Carlos de Carvalho – (consultor, ex-secretário de estado de MA (MG)
e ex-ministro MMA)
A Confirmar
Ênio Marcos Brandão Fonseca, Presidente do FMASE e Superintendente
de Gestão Ambiental da CEMIG Geração e Transmissão
A Confirmar
Miguel Milano; Kalil Cury Filho (Partner); Joésio D. P. Siqueira (VP STCP)
17:20
- 17:30
Encerramento
Joésio D. P. Siqueira – Vice Presidente STCP
5
Perspectivas e Desafios da Engenharia
Florestal no Brasil
Joésio Siqueira
[email protected]
28 de junho de 2016
CREA/MS
CAMPO GRANDE - MS
6
ASPECTOS GERAIS
CADEIA PRODUTIVA FLORESTAL - BRASIL (2015)
PRODUTO
PRIMÁRIO
1ª E 2ª TRANSFORMAÇÃO
OFERTA DE TORAS
Nativa
Plantada
TOTAL
Energia /
Pellets
48,9 MM m³
(46%)
56,2 MM m³
(54%)
105,1 MM m³
Carvão Vegetal
5,7 MM m³
(14%)
34,6 MM m³
(86%)
40,2 MM m³
92,4 MM m³
(100%)
92,4 MM m³
13,8 MM m³
(21%)
51,9 MM m³
(79%)
65,7 MM m³
68,4 MM m³
(22%)
235,1 MM
m³ (78%)
303,4
MM m³
Lenha
Celulose
Tora Celulose
Tora Serraria
Tora Laminação
Painéis
Reconstituídos
Serrados
Lâminas
--
PMVA /
Beneficiados
Compensado
TOTAL
Segmento de madeira processada mecanicamente
Fonte: IBGE (2015) – elaborado por STCP (2016)
7
ASPECTOS GERAIS
SETOR DE BASE FLORESTAL
• Área e Produção de Toras - Plantadas e Nativas (2015)
Área
Tipo de Floresta Área (MM ha)
%
Nativa¹
485,8
98,4%
7,7
1,6%
493,5
100%
Plantada
Total
´¹ Área sob PMFS no Brasil = 63,8 milhões ha
Fonte: FAO (2015); IBA (2015) – elaborado por STCP (2016)
Produção de Madeira em Tora
Florestas Plantadas
• 1,6% da área florestal
82% produção de tora
• Produtividade 37 x
maior que em nativas
Tipo de Floresta
Nativa¹
Produção Total
MM m³
Produtividade
%
m³/ha.ano
48,4
18%
0,76
Plantada
215,0
82%
27,79
Total
263,3
100%
3,68
´¹ Área sob PMFS no Brasil = 63,8 milhões ha
Fonte: IBGE (2015); IBA (2015) – elaborado por STCP (2016)
8
CONTEXTUALIZAÇÃO
AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
• Área Ocupada, Valor Bruto da Produção e Renda por Hectare
Uso da Terra
Área
(MM ha)
Valor Bruto da
Produção
(R$ Bilhões)
Renda por
Hectare
(R$/ano)
Lavoura
76
326
4.275
Pecuária
160
175
1.096
8
61
7.836
244
562
2.303
Floresta Plantada
Renda por
Hectare (R$/ano)
Total
10.000
7.836
4.275
5.000
1.096
0
Lavoura
Pecuária Floresta Plantada
Fonte: MAPA (2016), IBGE (Produção Agrícola Municipal 2014); IBGE (Censo Agropecuário 2006); IBA (2015) –elaborado por STCP (2016) 9
CONTEXTUALIZAÇÃO
AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
• Geração de Empregos Total e por Hectare
Lavoura
Pecuária
Floresta Plantada
Total
76
160
8
244
Empregos Diretos
por 1.000 ha
Setor
Área
(MM ha)
100
Geração de
Empregos
Empregos Diretos
por 1.000 ha
(x1.000)
5.740
75
3.090
19
610
79
9.440
39
79
75
50
19
0
Lavoura
Pecuária Floresta Plantada
Fonte: IBGE (PNAD Contínua 2016); IBA (2015) - elaborado por STCP (2016)
10
FLORESTAS PLANTADAS
PANORAMA ATUAL
• Área Plantada por Espécie e Região (2015)
#
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
Estado
Minas Gerais
São Paulo
Paraná
Mato Grosso do Sul
Bahia
Santa Catarina
Rio Grande do Sul
Mato Grosso
Espírito Santo
Maranhão
Pará
Tocantins
Goiás
Amapá
Piauí
Outros
Total
Área Plantada por Espécie (Mil ha)
Eucalipto
Pinus
Outras
Total
1.400
40
5
1.445
976
124
90
1.190
224
674
16
914
804
7
23
834
631
6
34
671
113
541
7
661
309
185
104
597
187
113
300
229
3
15
246
211
211
125
72
197
116
0
46
162
124
9
5
138
60
2
62
31
31
18
56
74
5.559
1.589
589
7.736
%
18,7%
15,4%
11,8%
10,8%
8,7%
8,5%
7,7%
3,9%
3,2%
2,7%
2,6%
2,1%
1,8%
0,8%
0,4%
1,0%
100%
Fonte: IBA (2015) – elaborado por STCP (2016)
Principais Estados com Florestas Plantadas
MG, SP, PR, MS, BA, SC, RS concentram 82% do total
11
FLORESTAS PLANTADAS
PANORAMA ATUAL
• Demanda - Tora Florestas Plantadas (2014)
Segmento
Madeira em Tora (Milhão m³)
Eucalipto
Pinus
Outras
Total
%
Celulose e Papel
61,8
8,1
0,0
69,9
36,8%
Lenha Industrial
42,7
1,8
4,3
48,8
25,7%
7,0
24,4
0,4
31,8
16,7%
22,2
11,7%
14,2
7,5%
-
1,8
1,0%
-
1,2
0,6%
190,0
100%
100,0%
-
Madeira Processada Mecanicamente
22,2
Carvão Vegetal
-
Painéis Reconstituídos
6,5
7,3
Madeira Tratada
1,8
Outros
1,1
0,1
Total
143,2
41,8
%
75,3%
22,0%
0,4
-
5,1
2,7%
Fonte: IBA (2015) – adaptado por STCP (2016)
12
FLORESTAS PLANTADAS
PANORAMA ATUAL
• Tendências
‒ Plantios comprometidos | suprimento industrial
‒ ⇑ Área fomento florestal
‒ ⇑ Área plantada de eucalipto: +4,7% a.a. (2006-15)
‒ Participação TIMOs e produtores independentes
‒ Ganho em produtividade (⇑ IMA)
‒ ⇑ Custo da terra e arrendamento
‒ ⇑ Custo de produção e investimentos
• Custo da matéria-prima (tora) ... crescente
‒ Adoção de novas tecnologias ... > aproveitamento industrial
• Perspectivas
‒ ⇑ % produtores independentes na área plantada
‒ Adaptação indústria madeireira à matéria prima (eucalipto)
‒ ⇑ Exportações madeira processada mecanicamente
13
FLORESTAS PLANTADAS
PANORAMA ATUAL
• Oportunidades
‒ Outros usos (eucalipto): madeira serrada
e tratada, EGP, etc.
‒ Florestas energéticas
‒ ⇑ Extensão de terras com vocação florestal
‒ Utilização de madeira em casas populares (EUA / Canadá)
‒ Terceirização de atividade fim? PLC nº 30/15
‒ Aquisição, arrendamento e cadastro imóvel rural por
pessoas físicas e jurídicas estrangeiras? ... PL nº 4059/12
• Desafios
‒ Políticas públicas mal estruturadas e desconexas
‒ Falta de estímulos adequados ao setor
‒ Desburocratizar/melhorar processos e ambiente de negócios
‒ Reformas: tributária, trabalhista, política, administrativa
14
FLORESTAS NATIVAS
PANORAMA ATUAL
• Área Total e Manejada - Brasil (2015)
500
Milhão ha
400
300
486
200
100
-
64
Floresta Nativa Total
Floresta Nativa Manejada
Fonte: FAO (2015) – elaborado por STCP (2016)
Área de Floresta Nativa Manejada
Somente 13% da área total de
floresta nativa nacional
15
FLORESTAS NATIVAS
PANORAMA ATUAL
• Produção - Tora Nativa (2006-14)
Produção de Madeira em Tora
(2015)
80
Milhão m³
70
60
50
40
30
20
10
-
18
45
16
14
15
13
14
28%
15
14
14
31
29
8
6
6
2006 2007 2008
2009 2010
2011 2012
2013
6
14
Lenha
44
14
42
12
41
9
Carvão Vegetal
38
38
34
8
2014
12%
60%
Lenha
Carvão Vegetal
Tora Serraria e Laminação
Total: 48,4 milhões m³
Tora Serraria e Laminação
Fonte: IBGE (2015) – elaborado por STCP (2016)
Evolução da Produção Madeireira Nativa
Lenha:
-10,6% a.a.
Carvão Vegetal:
- 5,4% a.a.
Tora Serraria e Laminação:
- 3,3% a.a.
16
FLORESTAS NATIVAS
PANORAMA ATUAL
• Principais Polos Madeireiros – Toras para Serraria e
Laminação (2015)
#
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Estado
Pará
Rondônia
Bahia
Mato Grosso
Amazonas
Amapá
Acre
Paraná
Maranhão
Roraima
Outros
Total
Volume (Mil m³)
4.595
3.757
1.465
1.320
747
598
352
208
181
125
460
13.807
%
33,3%
27,2%
10,6%
9,6%
5,4%
4,3%
2,5%
1,5%
1,3%
0,9%
3,3%
100,0%
Fonte: IBGE (2015) – elaborado por STCP (2016)
Principais Regiões Produtoras
Quatro estados (PA, RO, BA, MT) concentram
81% da produção
17
FLORESTAS NATIVAS
PANORAMA ATUAL
• Concessões Florestais Federais - FLONAS (até 2015)
#
Floresta Nacional
Estado
Área (ha)
Total
% ConcessioConcessionada
nada
1
Altamira
Pará
689.012
380.000
55%
2
Crepori
Pará
742.197
223.388
30%
3
Saracá-Taquera
Pará
441.152
141.800
32%
4
Jacundá
Rondônia
220.644
112.000
51%
5
Jamari
Rondônia
220.000
96.000
44%
2.313.005
953.188
41%
Total
Fonte: SFB (2015) – elaborado por STCP (2016)
Potencial
• Área Total de Florestas Nacionais: 16,4 MM ha
• Área de Florestas Nacionais Concessionadas:
2,3 MM ha (14% total)
• Adicionalmente ... FLOTAS
18
FLORESTAS NATIVAS
PANORAMA ATUAL
• Tendências
‒ Burocracia: diversos órgãos intervenientes
‒ Regularização fundiária precária | atuação do governo
‒ Dificuldade proprietário em obter PMFS
‒ ⇑ Informalidade
‒ Alto desperdício | desafio tecnológico
‒ Concessões florestais ... ainda no início
• Perspectivas
‒ ⇑ Área em FLONA + FLOTA sob concessão florestal
‒ > Dependência das concessões no suprimento industrial
‒ ⇓ Informalidade
19
FLORESTAS NATIVAS
PANORAMA ATUAL
• Oportunidades
‒ ⇑ Taxa cambial: oportunidade parcial, pois setor necessita
mecanismos de incentivo e mudanças estruturais
‒ Maior participação floresta nativa manejada
‒ Melhorar a governança / gestão
‒ Estímulo ao MFS:
-
⇑ no valor da floresta e madeira
Diminuição do desmatamento
Aumento arrecadação e renda ao produtor
• Desafios
‒ Custo de transação
‒ Longa rotação e diversidade de espécies
‒ Baixa produção por hectare
‒ Ampla dispersão espacial x logística desfavorável
‒ Regularização fundiária: necessária ao MFS
‒ Baixa agregação de valor ... (baixo retorno da tora)
20
CONSIDERAÇÕES FINAIS
•
OFERTA (MADEIRA EM TORA)
• Alta participação Tora Plantada na indústria (82%)
• Mudança perfil do investidor florestal: + produtores
independentes (parcerias empresas) / TIMOs
• Restrição investimento estrangeiro em Terra
• Regularização fundiária: para aumentar MFS, reduzir informalidade e
desmatamento ... com elevação do emprego, renda e arrecadação
• Especificação da MP | Planejamento e Gestão Florestal
•
DEMANDA (INDÚSTRIA)
• Crise Política e Econômica:
... impacto direto sobre a produção / consumo
... requer ações e posicionamento estratégico ... 2016 ... 2017 ... 2018!
• Mercado Nacional ⇓ x ⇑ Exportação (câmbio ... mas preço commodities ⇓)
•
Governança empresarial na gestão florestal
•
Sustentabilidade e Competitividade das florestas
•
Política e ações coordenadas na cadeia produtiva
21
OBRIGADO
STCP Engenharia de Projetos Ltda.
Rua Euzébio da Motta, 450
Juvevê (80530-260)
Curitiba, PR
Tel: +55 (41) 3252-5861
Fax: +55 (41) 3252-5871
www.stcp.com.br
Joésio P. Siqueira
[email protected]
22