a representação do 11 de setembro na obra “the amazing spider

Сomentários

Transcrição

a representação do 11 de setembro na obra “the amazing spider
A REPRESENTAÇÃO DO 11 DE SETEMBRO NA
OBRA “THE AMAZING SPIDER MAN # 36”
JORGE EDSON P. G. DA SILVA
Iniciação Científica
Faculdades Metropolitanas Unidas – FMU
O presente trabalho tem como contexto o governo do ex-presidente dos EUA George. W. Bush e
suas políticas contra o terrorismo, tendo como referência o Patriot Act – legislação antiterrorista
Americana, que visou aumentar o poder dos Estados no monitoramento contra as práticas consideradas terroristas, frente à Guerra ao Terrorismo Global, após os atentados do 11 de Setembro.
Em setembro de 2002, a editora Marvel Comics publicou a HQ intitulada “Homem Aranha – Em
memória da tragédia de 11 de setembro”. Com a capa preta “representando luto” pelos mortos e
pelo dia “sombrio” que foi o 11 de setembro. A História traz um dos personagens mais famosos da
editora, o Homem-Aranha, em meio aos resultados e às ações, assim como sua visão sobre o evento.
A partir disso, o trabalho tem como objetivo analisar pela leitura autônoma da arte, todas as mensagens de crítica, emocional e nacionalista construída e transmitida pela Editora Marvel Comics
através do personagem mais popular de New York, assim como a relação dos demais personagens do
universo Marvel dentre outros que compõe a narrativa. A obra será analisada tendo como referência autores como Paulo Ramos, Will Eisner e Scott McCloud. Dessa forma, a pesquisa pretende
mostrar um dos inúmeros discursos da Editora Marvel Comics e seu posicionamento político em
relação às políticas do Governo dos EUA contra o terrorismo no mundo contemporâneo.
Palavras-chave: terrorismo; representação; Homem-Aranha; história em quadrinhos; historiografia
Orientador: Victor Callari
24

Documentos relacionados

the amazing spider man 2 ps3

the amazing spider man 2 ps3 THE AMAZING SPIDER MAN 2 PS3 Ouse ser espetacular! Vá além do filme em uma história única, na qual o Homem-Aranha descobre que ele não é o único na cola dos criminosos de Nova Iorque. O que começou...

Leia mais