Tratamento da mordida aberta

Сomentários

Transcrição

Tratamento da mordida aberta
Tratamento da mordida aberta
Histórico
n
n
É difícil de tratar e as chances de
recidiva são grandes.
Década de 60 até o meio dos 70 = era
dos esporões linguais.
ETIOLOGIA
n
n
n
n
n
n
Padrão de crescimento
Hábito de sucção digital
u Abaixam a mandíbula
u Impedem a irrup ção dos dentes
Função ou postura anormal da língua
Obstrução nasal
Respiração bucal
Postura anormal da mandíbula ou da cabeça
ETIOLOGIA
n
O excesso de crescimento vertical não
é
necessariamente,
pois
muitos
pacientes com essa alteração podem
apresentar mordida profunda.
Etiologia
Buschang,
Buschang, et al. 2002 Seminars Orthod.
Orthod.
n
Há considerá
considerável evidência que pacientes hiperdivergentes
apresentam:
apresentam:
u Músculos da mastigaç
mastigação menores,
menores, mais finos,
finos, menos
ativos
u Menor forç
força muscular (de mordida)
mordida)
Etiologia
Buschang,
Buschang, et al. 2002 Seminars Orthod.
Orthod.
u
Controvérsia
t
As pequenas forç
forças oclusais em indiví
indivíduos com face
longa produzem a hiperdivergência
Ou ???
t
As pequenas forç
forças oclusais
biomecânico das proporç
proporções
aumentadas.
aumentadas.
são o
faciais
resultado
verticais
Hábitos anormais
Sucção anormal
n
n
Sucção do polegar e digital
relacionados com:
u
u
u
u
u
u
u
n
Classe II
mordida aberta anterior
mordida cruzada posterior
protrusão maxilar
abôboda palatina alta
lábio superior Hipotônico
lábio inferior hipertônico
a má-oclusão depende:
u
u
u
u
posiç
posição do dedo
contraç
contração da musculatura
morfologia facial
duraç
duração da sucç
sucção
Hábitos anormais
Interposição lingual
n
n
Deglutição com interposição lingual simples
u deglutição com contatos dentários normais
u relacionada com sucção de chupeta e digital
Deglutição com interposição lingual complexa
u deglutição sem contatos dentários, e com a
língua projetada
u associada com alterações respiratórias crônicas,
respiração bucal, tonsilite, faringite
t O contato da língua causa dor na tonsila. A
mandíbula abaixa reflexamente, separando os
dentes e promovendo mais espaço para a
língua se projetar .
Interposição lingual
A- deglutição normal
B- Deglutição com interposição lingual complexa
Hábitos anormais
n
Hábito de sucção e de morder o lábio
u
u
n
Onicofagia
u
n
más posições dentárias
Postura
u
u
n
vestibuloversão dos inc. superiores
linguoversão inc. inferiores
alteração na posição mandibular
postura anormal da língua (mordida aberta)
Outros hábitos
u
u
dormir sobre o braço
morder lápis
Doenças nasofaringeanas e distúrbios
na função respiratória
Adenó
Adenóide
respiraç
respiração bucal
alteraç
alteração na postura mandibular
alteraç
alteração na forma craniofacial
má-oclusão
–
–
–
–
–
aumento da altura facial
palato estreito e alto
aumento na AFAI
mordida aberta
tendência a mordida cruzada
M. Constritor
superior da faringe
Rafe pterigomandibular
M. bucinador
M. Orbicular da boca
Mecanismo
Bucinador
Graber,T.
Mordida aberta dentária
n
n
n
Está relacionada com o hábito de
sucção digital.
Apresentam falta de irrupção dos
incisivos.
Tem correção espontânea se o hábito
for suspenso em 80% dos pacientes
entre 7-9 a 10-12 anos (WORMS,
1971).
Mordida aberta esquelética
n
n
n
n
n
n
n
n
n
Apresentam excesso de irrupção dos incisivos e
molares superiors.
A altura alveolar é aumentada.
AFP diminuída
AFA mandibular aumentada.
FMA aumentado
Ângulo mandibular aumentado
Retrusão mandibular
Inclinação inferior da parte posterior da maxila.
Mordida aberta anterior combinada com
interposição lingual
Alterações na maxila
Buschang,
Buschang, et al. 2002 Seminars Orthod.
Orthod.
n
n
n
n
Inclinação anterior do plano palatino
Altura facial anterior superior diminuída
Maxila diminuída
Sempre estreita com alta incidência de
mordida cruzada posterior
Alterações na mandíbula
Buschang,
Buschang, et al. 2002 Seminars Orthod.
Orthod.
n
n
n
n
n
n
AFAI aumentada
FMA aumentado
Ângulo mandibular aumentado
Atura do ramo diminuída
Fossa mandibular posicionada mais
superiormente em relação à sela turca
Altura dentoalveolar aumentada
Dentária
Más-oclusões
com
mordida aberta
Classe II
MD retrogná
retrognática
Diminuiç
Diminuição da AFP
Atresia da maxila
Mais comum
Hiperdivergência
esquelética
Classe I
Diminuiç
Diminuição da Alt. dentoalv.
dentoalv. ant.
Incisivos vestibularizados
Aumento da AFAI
Aumento do FMA
Aumento do Go
Aumento das alturas
dentoalv.
dentoalv. ant.,post.,
ant.,post.,
Mx,MD
Classe III
MD progná
prognática
Aumento do comp. MD
Menos comum
Está indicado o tratamento
precoce??
n
n
Os
padrões
de
crescimento
são
estabelecidos precocemente.
u Mordida aberta em hiperdivergentes não
se auto-corrige.
Se o tratamento for postergado para a
dentição permanente, a oportunidade de
modificação do crescimento poderia ser
perdida.
CIRURGIA
Quando começar?
n
n
Aos 7 -8 anos
Tão logo estejam maduros o suficiente
para cooperar (Jeryl English).
O QUE BUSCAR NO
TRATAMENTO?
n
n
n
n
n
n
n
n
Controle da dimensão vertical
Aumentar a razão entre AFP/AFA.
Real autorotação anterior da madíbula para
aumentar a altura mandibular posterior.
Redução do ângulo goníaco
Aumentar o crescimento vertical do côndilo.
Redução das alturas dentoalveolares na maxila e
mandíbula (intrusão dos molares)
Aumento na angulação do plano palatino
Expansão da maxila
TRATAMENTO DA MORDIDA ABERTA
n
n
n
n
n
n
n
n
n
n
n
ELÁSTICOS INTERMAXILARES
PLACA DE MORDIDA POSTERIOR
AEB DE TRAÇÃO ALTA
GRADE LINGUAL
MENTONEIRA
BIONATOR FECHADO
FR IV
MEAW
IMPLANTES – MINI-PLACAS
EXERCÍCIOS MASTIGATÓRIOS
CIRURGIA ORTOGNÁTICA
Resultados de vários tipos de tratamentos
para a mordida aberta esuqlética
AEB TA
AEBTA +
placa
XP
AEB + XP
PBB passivo
PBB ativo
Mentoneira
vertical
Qtda cresc.
cresc. Cond.
Cond.
-
-
0
0
0
0
+
Direç
Direção cresc.
cresc. Cond.
Cond.
0
0
0
0
-
0
+
Posiç
Posição MD AP
0
0
0
0
+
+
+
AFP
-
-
0
0
+
0
+
AFA
0
0
0
0
+
+
0
Relaç
Relações esq.
esq. AP
+
+
0
0
+
+
+
6s
++
++
_
++
+
+
+
6i
-
0
_
-
+
+
+
Sobremordida
0
0
+
++
+++
+
+
sobressaliência
+
+
+
++
+
+
+
Efeito
AEB de tração alta
n
n
n
Segura o crescimento sutural da
maxila
Evita o desenvolvimento
dentoalveolar vertical
Não comprovado o efeito de rotação
da maxila
AEB conjugado com placa
n
n
n
n
Evita a inclinação dos molares
Deslocamento superior e para distal da
maxila
Rotação horária do plano palatino
Intrusão relativa dos molares
Extrações
n
Será que tratamento com exo e perda de
ancoragem promove:
u Rotação anterior da mandíbula
u Diminuição da AFA
u Diminuição da mordida aberta
n
Vários estudos mostram que não!!!!
Extrações + AEB de tração alta
n
n
n
n
Melhor controle do movimento vertical do
molar superior.
Não tem efeito sobre a posição da
mandíbula.
Os molares inferiores extruem mais.
Se o objetivo é melhorar a orientação, a a
posição e a forma da mabdíbula, deve-se
buscar outra abordagem.
Bite block posterior
n
n
n
n
n
n
n
Modificam efetivamente o padrão
esquelético vertical.
Deslocamento maxilar anterior
Aumento no comprimento mandibular
Intrusão molar posterior
Rotação anterior da mandíbula
Aumento do trespasse vertical
Redução da AFA
Mentoneira vertical
n
Único aparelho que efetivamente
altera a forma mandibular.
u Aumenta a altura posterior.
u Redireciona o crescimento condilar.
u Diminui o ângulo goníaco.
Planos oclusais
n
Os planos oclusais superior e inferior
divergem anteriormente na mordida
aberta, e se sobrepõem muito na
mordida profunda.
Objetivo do tratamento
n
n
n
Deveria ser a criação de uma relação anterior com
trespasse.
A posição do ICS em relação a linha do lábio deve
ser de 4 mm.
As margens incisais dos incisivos deveriam ser o
gui para o limte anterior do plano oclusal
Exposição do ICS com o lábio
em repouso
Norma = 4 + 2,0
..
1s
Ls
n
Requer a correção
dos planos oclusais
superior e inferior
n
Requer a correção do
plano oclusal inferior
apenas
n
n
Dentes inclinados mesialmente.
Quanto maior a inclinação do FMA,
maior a inclinação dos dentes
As inclinações individuais dos planos oclusais devem ser
corrigidas e os dentes devem ser verticalizados em
relação ao plano oclusal médio para garantir a
estabilidade e função.
Exodontia dos 2o molares
n
n
n
Elimina o bloqueio à distalização do
1o
Elimina a resistência cortical à
verticalização do 1o
Elimina o apinhamento posterior que
é comum nos casos com mordida
aberta.
Técnica
n
n
n
Preparao da dentição:
u Eliminação das rotações, espaços,
apinhamento, bráquetes mal
posicionados.
Slot .018”
Não recomenda:
u Bráquetes estreitos, slot .022” ,
bráquetes pré-torqueados
n
n
n
n
n
Nivelar antes com um fio .018”.
Consiste num arco ideal com alças.
São incorporados degraus distais de acordo com a
necessita de inclinação, a partir dos 1os pré-molares com
3o a 5o .
O arco superior apresentará uma curva de Spee e o
inferior uma curva reversa.
O elástico vertical anterior conterá a força intrusiva nos
incisivos
Corretor vertical ajustável
John Devincenzo
n
n
Arco .040”
.040”
300 a 450g de
forç
força inicial

Documentos relacionados

Tratamento da mordida aberta anterior na dentadura

Tratamento da mordida aberta anterior na dentadura pela mecânica extrusiva dos dentes anteriores, sem extrações dentárias. Desde o início do tratamento, uma grade palatina fixa foi utilizada com o propósito de impedir a interposição da língua em re...

Leia mais

Tratamento Ortodôntico Não Cirúrgico da Mordida Aberta Anterior

Tratamento Ortodôntico Não Cirúrgico da Mordida Aberta Anterior 2.3.3 Função e postura anormal da língua ........................................... 13 2.3.4 Respiração bucal ........................................................................ 14 2.3.5 Here...

Leia mais

Tratamento de mordida aberta anterior com intrusão de

Tratamento de mordida aberta anterior com intrusão de Em indivíduos adultos, o tratamento dessa má oclusão representa um grande desafio para o ortodontista, tanto para o fechamento da mordida aberta anterior quanto para a estabilidade dos resultados a...

Leia mais

Mordida Aberta Anterior - CORA - Centro Odontológico Rodrigues

Mordida Aberta Anterior - CORA - Centro Odontológico Rodrigues lingual e apical, com conseqüente aumento do trespasse horizontal 15 . Com a interposição do dedo ocorre, ainda, o bloqueio da irrupção dos incisivos, criando-se condições para o desenvolvimento de...

Leia mais