Dia 30 de Janeiro _ 21h30 Auditório Municipal d

Сomentários

Transcrição

Dia 30 de Janeiro _ 21h30 Auditório Municipal d
ENSEMBLE ALPHARABIUS
O grupo “Ensemble Alpharabius” surgiu com o intuito de interpretar e dar a conhecer
algumas das jóias da música culta árabe. “Ensemble Alpharabius” está concebido
para aproximar o público às composições clássicas de Marrocos, Turquia, Síria e Egito
(Samai, Wasla, Moaxaja, Mawals, Taksims...) tão belas como desconhecidas para os
ocidentais, assim como a extraordinária música que se fazia na gloriosa época de
florescimento de arte e cultura em al-Andaluz.
O grupo conta também com a intervenção de uma bailarina de dança oriental,
logrando-se assim um espectáculo repleto de colorido e beleza que transmite a
sensualidade do baile unido à música.
Youssef Mezgheldi: kanun (citara árabe)
Otman Yacoubi: voz e alaúde árabe
Salah Eddin: darbouka, bendir e riq
Zeina: dança oriental
Dia 29 de Janeiro _ 21h30
Convento de São José (LAGOA)
bilhetes: 282 380 434 / 282 380 452
Dia 30 de Janeiro _ 21h30
Auditório Municipal de Olhão (OLHÃO)
bilhetes: 289 710 160
SONS D`AL-ANDALUS
Al-Andaluz desenvolveu uma música complexa e delicada que se inspirava nas
culturas do Magrebe e do Médio Oriente. O refinamento persa - através de
Ziryab -, a sobriedade árabe e a jovialidade berbere fundiram-se com a herança
hispano-visigoda e a Hebreia para criar no califato e nos reinos taifas uma arte
autóctona.
O grupo “Sons d`Al-andalus” interpreta esta fusão de ritmos de al-Andaluz e
faz-se acompanhar de uma bailarina de dança oriental e persa que reflete
através das suas danças o testemunho da herança de Al-Andaluz.
Shahryar Zarrinpanjeh: santur persa
Abdulah: oud
Salah Sabagh: darbouka, tombak, bendir e riq
Lubna Shakti: dança oriental e persa
Dia 6 de fevereiro _ 21h30
Auditório Municipal de Albufeira (ALBUFEIRA)
bilhetes: 289 599 645
ALXARAF FLAMENCO ANDALUSÍ
A música andalusí, ou al-âla, teve a sua génese em Córdoba no século IX como um
testemunho mais do profundo diálogo entre o sul de Espanha e o mundo árabe e norte
de África.
O projeto “Alxaraf Flamenco Andalusí” consegue uma simbiose entre a música
andalusí e o flamenco como máximo expoente da música andaluza, combinando
novos elementos sem perder a profundidade e espiritualidade de ambas culturas.
Chekara: Violino e cante árabe
Cheito: cante flamenco e cajón
Tino: guitarra flamenca
Luisa Palicio: baile flamenco
Dia 12 de fevereiro _ 21h30
Teatro Mascarenhas Gregório (SILVES)
bilhetes: 282 440 800 (ext. 406)
Dia 13 de fevereiro _ 21h30
Centro Cultural de Lagos (LAGOS)
bilhetes: 282 770 450
YARAN ENSEMBLE
“Yaran Ensemble” é formado por músicos iranianos que interpretam a música
clássica persa, folk e também melodias e ritmos místicos e rituais persas com
diversos instrumentos de enorme beleza visual e sonora.
Este grupo faz-se acompanhar de uma bailarina que interpreta danças persas.
Nas danças persas tocam-se as linhas da elegância do ballet clássico e a
geometria e a teatralidade da dança clássica indiana.
Kaveh Sarvarian: Nay, tombak e voz
Pedram Khosravi: percussão e tambur
Babak Kamgar: Oud, sitar, tar e percussão
Lubna Shakti: dança persa
Dia 19 de fevereiro _ 21h30
Cine-Teatro Louletano (LOULÉ)
bilhetes: 289 414 604
Dia 20 de fevereiro _ 21h30
Auditório Municipal de Lagoa (LAGOA)
bilhetes: 282 380 434 / 282 380 452

Documentos relacionados