Bichon Frisé

Сomentários

Transcrição

Bichon Frisé
DISTRIBUIÇÃO
GRATUITA
EDIÇÃO 18
2013
Bichon Frisé
Simpático e alegre, gosta
tanto de carinho como de
brincadeiras.
Conheça os
vencedores da
promoção cultural
Vida
de Cão
1
Editorial
Um doce lar
Anjos Amigos
Um tempo para o
seu cão
Que os cães são inteligentes e sensíveis, todo mundo sabe. Mas você
sabia que eles podem sentir ciúmes
e muita tristeza quando se sentem
“preteridos”? Se você tem mais de
um animal em casa, preste muita
atenção no tratamento que dá a cada
um deles.
Assim como nós, os cães também
precisam de atividades e exercícios
regulares para vencer o tédio, o estresse e ter uma vida mais saudável.
Infelizmente, nem sempre podemos
cuidar deles pessoalmente e da forma como gostaríamos.
No entanto, o mercado pet oferece muitas opções. Confira a matéria
sobre as novas academias para animais.
E claro que, apesar de todas essas
facilidades, você também precisa
encontrar um tempo para passar
com seu amigo. Porque são esses
momentos tão especiais que fazem
um bem enorme para nossa vida.
Aproveite!
2
Presidente da Ultrafarma
O Evaa, ou
Equipe de Voluntários Anjos
Amigos, é um
grupo de ajuda
aos animais de Belém do Pará. “Somos
um grupo de amigos. Trabalhamos diariamente e sempre contando com novos
amigos para ajudar na causa. Nosso trabalho é resgatar e tratar o animal para uma
posterior adoção consciente”.
Atualmente, o Evaa
está coordenando o
resgate dos animais de
Santa Cruz do Arari.
Facebook: Evaa - Anjos Amigos
Fones: (91) 83649965 / (91) 99922411 /
(91) 32633652
Vira Lata Vira Vida
A Vira Lata Vira Vida, fundada em
2009, é responsável por um abrigo que
mantém 380 animais abandonados e
vítimas de maus tratos de Piracicaba
(interior de São Paulo). O abrigo vive
exclusivamente do esforço dos voluntários, de doações e contribuições da
comunidade. A Ong realiza diversos
eventos para adoção.
www.viralataviravida.org.br
A Revista Ultracão é uma publicação
gratuita da Ultrafarma.
Presidente: Sidney Oliveira
Projeto e conteúdo editorial: Ultrafarma
Planejamento e Direção de Arte:
Maria Angela de Souza e Décio Nishioka
Contato: Av. Jabaquara, 1546 Metrô Saude - São Paulo/SP
Impressão: D’ARTHY Editora e Gráfica Ltda
Tiragem: 100 mil exemplares
Especial
inveja
ciúmes
Cães sentem
e
Quem tem mais de um cão em casa conhece bem esse conceito. Se você acariciar um, precisará fazer o mesmo com os
demais. Se der um brinquedo para um, o
mesmo deverá ser repetido aos outros, assim como biscoitos, petiscos, mimos, etc.
Sim, eles não estão livres dos sentimentos
de inveja e ciúmes.
O “óbvio” foi testado por pesquisadores
da Áustria para verificar, cientificamente,
se existia inveja entre os cães. A descoberta é que, além de existir, esse é um mecanismo biológico vinculado a evolução
da cooperação em indivíduos da mesma
espécie.
Eles querem o mesmo tratamento que o
destinado aos demais. E, quando isso não
acontece, podem fazer “greve” de carinho,
se escondendo nos cantos, passando mais
tempo deitado ou virando de costas.
O estudo juntou 29 cães e seus donos,
em que os cães eram divididos em duplas
e solicitados a “dar a pata” para receber
uma recompensa boa, uma nem tanto, ou
nenhuma recompensa.
E quando um não recebia a recompensa, enquanto o seu parceiro sim, esse cão
parava de dar a pata e, segundo o estudo,
demonstrava sinais de “indignação” --ficavam se coçando, bocejando, lambendo
a boca ou desviando o olhar. Para voltar a
dar a patinha, o cão precisava ser separado
do companheiro.
Segundo os pesquisadores, isso demonstra que os cães são influenciados por outros animais e que sofrem sim quando são
“preteridos”.
Por isso, quando chegar um novo filhote em casa, não deixe o seu “velhinho” de
lado. Ele irá sofrer muito!!! Mime todos,
acarinhe todos, dê petiscos a todos de forma igual!
3
Saiba mais
Atenção
Oftalmo dá dicas para você
cuidar melhor da visão do seu pet
Na hora de enumerar as necessidades do
seu cão, o que você aponta? Uma ração
de qualidade, um bom xampu para cuidar
bem dos pelos, brinquedos para a diversão,
a escolha de um veterinário para cuidar da
saúde dele. E os olhos? Você lembra deles?
A visão, mesmo que diferente nos humanos, é um sentido bastante importante para
4
os cães. E cuidar dela também deve fazer
parte das nossas prioridades para com o
nosso melhor amigo.
Pensando em lhe ajudar nessa tarefa,
conversamos com a veterinária oftalmológica Dra. Luciana Ricciardi, da Pet
Oftalmovet Moema. Veja as ótimas dicas
que ela passou!!!
Quando temos
lacrimejamento
em excesso e a
lágrima caindo
sob os pêlos é
porque algo está
errado.
Ultracão - Como fazer a limpeza dos olhos dos cães?
Luciana Ricciardi - A limpeza na região dos olhos deve ser
feita com água filtrada gelada e gaze. Nunca usar algodão, pois
ele solta pelo e pode irritar os olhos e também NUNCA usar
água boricada. O ácido bórico é prejudicial para a córnea deles.
UC – Ao dar banho no cãozinho em casa, quais os principais
cuidados que se deve ter para evitar problemas nos olhos?
LR - Cuidados no banho, como o uso de xampu neutro na região dos olhos e evitar usar o soprador na região da cabeça são
medidas preventivas para evitar feridas e desconfortos.
UC – Algumas raças de cães acabam lacrimejando demais,
deixando sempre a região abaixo dos olhos molhada. Em alguns casos, há manchas marrons. Isso é normal?
LR - A lágrima deles é ácida e possui uma substância de coloração amarronzada denominada ferretina. Por isso que muitos
deles, como Maltês, Shih-Tzu, Lhasa Apso, Poodle, apresentam
manchas de cor marrom no canto dos olhos. Mas não é uma
condição normal. Quando temos lacrimejamento em excesso e
a lágrima caindo sob os pelos é porque algo está errado. Uma
inflamação ocular, um distúrbio palpebral, obstrução do ducto
lacrimal ou até mesmo uma má-formação ou ausência do ducto.
UC – A quais sintomas de catarata em cães devemos ficar
atento?
LR - Poodle e Cocker são raças predispostas à catarata. Quando
o proprietário percebe uma leve mancha no fundo dos olhos já
é importante fazer uma avaliação oftalmológica para que seja
possível começar as medidas para que o animal não fique totalmente cego na evolução da doença e não tenha condições
cirúrgicas e retorno de visão.
UC – Qual outra doença nos olhos que merece destaque?
LR - Algumas raças são predispostas a desenvolverem uma doença chamada Ceratoconjuntivite Seca, por deficiência na produção da parte aquosa da lágrima, o que causa olho vermelho
e muita secreção. Essa secreção geralmente é confundida com
bactéria e tratada com antibióticos. Uma avaliação oftálmica se
faz necessária para verificar a produção de lágrima e o correto
diagnóstico.
Dra. Luciana Ricciardi
www.petoftalmovet.com.br
5
Promoção
Vida
de Cão
Seu bichinho é incrível e
a história dele também?
Então entre no nosso site
(www.ultracao.net) e conte pra gente
como ele chegou até você e tudo mais
sobre essa relação de amor e amizade. Os
melhores depoimentos serão capa da nossa
revista e terão os seus relatos narrados em
nossas páginas da Ultracão!
Não é demais? Não perca tempo!
a
Maria CeGuciarliaraapPesa/ iv
PE
Jaboatão Dos
Jubenita
Jandira / SP
Todos os dias, eu ouvia uns latidos de
um cachorrinho em meu portão. No dia
do meu aniversário, resolvi trazê-lo para
dentro de casa para cuidar e depois doá-lo
a alguém, pois já tenho mais 3 cães. Para
minha surpresa, era uma cadelinha! Ela
estava suja, faminta e com bastante sinais
de maus tratos. Cuidei com muito carinho
e, quando se recuperou, o meu filho não
deixou que ela fosse embora. Ficou conosco e faz parte da família! Ela é SRD,
mas é super esperta! Brincalhona e muito
levada! Nós amamos muito a Wendy! !
e tenho 1 ano e 8 meOlá, me chamo Cyclope
quem está escrevendo
ses. Sou um vira-lata, e
mãe Ceci. Nasci de
nha
a minha história é mi
e seis filhotes. Semuma cachorrinha que tev
ma e nunca conseguia
pre fui o excluído da tur
ãos nunca deixavam.
mamar porque meus irm
que dificultava a
nha
mi
Vim com um proble
por isso o meu nome.
abertura do meu olho,
nha mãe pelo meu jeiChamei a atenção da mi
dia em que eu acabei
to meio “virado”, em um
presente escolhido
o
fui
caindo da escada e
. Eu amo muito eles,
para o meu pai, Filipe
rinhado. Tenho mais
sou muito mimado e aca
mãe adotou na rua. No
duas irmãs, que minha
mes. Mas hoje sei que
ciú
começo, tive muitos
mim sempre será só
o amor que eles têm por
izes, cheio de cachormeu. Hoje vivemos fel
radas...
6
Raça do mês
Dócil,
Bichon Frisé
é o cão perfeito para companhia
Facilmente confundido com o Poodle,
o Bichon Frisé traz algumas características físicas distintas, como o tamanho
(já que a outra raça pode ser maior), o
comprimento das orelhas e do focinho,
entre outras. Mas a maior diferença é no
temperamento.
Isso porque o Bichon, ao contrário do
Poodle, não foi criado para o trabalho.
A raça surgiu, por volta do século XII,
na Europa, para ser “utilizada” como
presente e lembrança. Com isso, o cão é
incapaz de matar uma presa e não tem a
menor habilidade para buscar um pássaro. Já como cão de caça, é ideal para deixar o ladrão entrar, pois adora pessoas,
mesmo as estranhas. Enquanto o Poodle
é ótimo nessa atividade.
7
Raça do mês
O temperamento do Bichon o torna um animal ideal para famílias com
crianças e que tenham outros cães. Sua
docilidade, sensibilidade e carinho são
as suas maiores características.
E, mesmo com o passar dos anos,
isso não muda e ele continua agindo
como um filhote ativo, fazendo brincadeiras, correndo pela casa, investigando, etc. Não há problema em o cão
passar algumas horas do dia sozinho,
desde que esteja munido de muitos
brinquedos. Ele se diverte bastante,
mas, é claro, que prefere muito mais
8
estar junto da família.
Como em um filhote, as travessuras
também são comuns. Por isso, é importante educar o pet desde cedo para que
ele compreenda facilmente os limites
que deve seguir. Ele é um cão bastante
inteligente, mas é preciso paciência no
começo.
Apesar de se adaptar muito bem a
apartamentos, eles precisam gastar
a energia acumulada diariamente.
Mesmo aparentando fragilidade, eles
adoram andar e aguentam longas caminhadas.
Cuidados e
Curiosidade:
Pelagem – O pelo do
Bichon precisa ser escovado
semanalmente.
Pele – Por ter uma pele
muito sensível, precisa de
acompanhamento veterinário para
evitar os problemas alérgicos
comuns, como irritações, feridas e
queda de pelos.
Calor – Essa raça não se adapta
muito bem ao verão. O ideal é
manter o animal em ambiente
fresco e com boa ventilação
natural.
Ouvidos – Mantenha-os sempre
limpos. As orelhas longas e caídas,
favorecem a ocorrência de otites.
Na França, durante a corte de
Henrique III, os cães eram tão
mimados e enfeitados, que
surgiu o verbo “bichonner” que,
em francês, significa “enfeitar”.
Aparência: pequeno, alegre, jovial; com pelagem longa, enrolada, muito solta. Porte da cabeça alto e orgulhoso; olhos escuros vivos e expressivos, de tamanho médio, com contorno das
pálpebras o mais escuro possível, de formato mais arredondado que amendoado.
Orelhas: caídas e bem revestidas de pêlos finamente frisados e longos. O comprimento da cartilagem não deve atingir a trufa como no Poodle, mas alcançar a metade do focinho. As orelhas
são, aliás, bem menos largas e mais finas que as do Poodle.
Pele: a pigmentação debaixo dos pelos brancos é, preferivelmente, escura. Os órgãos sexuais
também são pigmentados em preto, azulado ou bege.
Cor: branco puro.
Tamanho e Peso: a altura máxima na cernelha não deve ultrapassar 30 cm, de 3 a 5 Kg.
Fonte: www.cbkc.org
Grupo 9 - Cães de Companhia, Seção 1.1 - Bichons e Raças Assemelhadas.
9
Na coleira
Academia
pet:
Uma alternativa
para manter a saúde
do animal
10
Como nós, os nossos cães também precisam se exercitar para manter a saúde em
dia e, também, se livrar daquele ócio que
os deixam mais e mais mimados e com
mau comportamento. Segundo os especialistas, eles ficam mais dóceis e equilibrados quando praticam atividades físicas
com maior regularidade.
Porém, com a correria em que vivemos
hoje em dia, pode ser complicado conseguir tempo para levá-los para fazer exercícios e caminhadas. Uma opção, desses
mesmos tempos modernos, são as academias para cães.
Já existem vários estabelecimentos equipados com toda infra-estrutura que já conhecemos das academias convencionais,
como esteira, piscina e programas personalizados.
Os profissionais preparam um quadro
de atividades específicas para atender as
necessidades de cada um e oferecer condições para que eles possam gastar toda essa
energia acumulada.
No caso dos mais animados, durante o
exercício aquático, são jogadas bolinhas
dentro da piscina, que fazem com que os
cães nadem e se divirtam para valer.
A água também é a melhor solução para
os animais que estão acima do peso. Nesses casos, os veterinários não recomendam corridas, pois cães muito pesados
podem sofrer problemas graves nas articulações graças ao impacto.
Por isso, há esteiras submersas que vão
auxiliar nesse processo inicial de emagrecimento. Além disso, a natação, por exemplo, traz ainda muitos outros benefícios ao
cachorro que a pratica.
Segundo os especialistas, nadar também
é uma ótima atividade para os animais que
sofreram lesões, que apresentam fragilidade nas articulações ou que passaram por
alguma cirurgia.
Lembre-se:
O confinamento em casa ou apartamento pode acarretar inúmeros distúrbios,
como agressividade, compulsões, destruição de objetos e móveis, além dos
latidos incessantes.
Mas, antes de matricular o seu bichinho em uma dessas academias, é preciso
tomar algumas precauções:
Faça uma avaliação da saúde do seu cão com um veterinário;
Caso você queira praticar atividade em casa, faça uma pequena
caminhada, de leve, para aquecer o cão;
Avalie a academia antes. Verifique se há acompanhamento de
profissionais e, no caso das atividades aquáticas, uma piscina
adequada (principalmente com escada para facilitar a saída do
animal).
Sunsetresort.com.br
www.eaos.com.br
www.petdays.com.br
11
Afagos
Quem não gosta de uma massagem? É relaxante e traz inúmeros
benefícios para a saúde. E, quando acariciamos nosso cãozinho,
o resultado não é diferente! Esse contato ativa a circulação de
serotonina, que reforça as defesas do organismo, além de estreitar a
afetividade do dono com o seu bichinho.
Massage
Um carinho
a mais!
Mas você sabe como fazer isso?
A primeira coisa a se fazer é reservar um lugar calmo e
um horário que você não tenha pressa. Fique bem à vontade
e transforme o carinho que seu animal já está acostumado
numa massagem mais investigativa. Para isso, apalpe a cabeça, o corpo, a barriga, as pernas, as patas, o rabo. Sinta a
pele, os pelos, os músculos e os ossos. Com jeitinho, observe ouvidos, focinho e dentes.
Através do hábito de fazer a massagem, é possível identificar alterações no corpo do animal, como um caroço, uma
dor em determinada região ou alguma alteração na pele e,
assim, agendar uma consulta com o veterinário com mais
rapidez. E você sabia que, acostumado ao toque e à manipulação, o bichinho não vai oferecer resistência ao exame
clínico?
Com o tempo, você vai descobrir os pontos mais sensíveis
e os locais em que ele mais gosta de ser tocado. O efeito é terapêutico tanto para o dono como para o animal. Aproveite!
Desde um simples relaxamento até tratamentos mais complexos.
Você sabia que na Inglaterra existe até uma clínica de massagem para cachorros que trata problemas de locomoção? É
a Canine Massage Therapy Center. www.k9-massage.co.uk
12
gem
Aprenda como massagear
o seu cão
Pontos de Estímulos, posicione dois dedos
na região atrás da cabeça, logo abaixo do
osso do crânio, e massageie, com pressão
suficiente para que o estímulo seja relaxante. Você perceberá os sinais de sensibilidade
emitidos pelo animal. É como se ele falasse:
Ah! Que delícia.
Faça movimentos circulares, descendo pelo
pescoço para promover um alongamento
passivo da musculatura do animal.
Nas patas e na extremidade das orelhas, a
massagem deve ser feita com pressão, de
cima para baixo, em movimentos circulares.
Fonte: www.mdemulher.abril.com.br
www.revistameupet.com.br
cnicas
ICA -Té
UMA D agem
s
de Mas assagem
“M
o
r
v
li
O
atos”,
ães e G panati
C
para
m
ra Ca
de Cyna vet) ensina
.
d
e
M
.
ssagem
(ed
s de ma
técnica
13
Amicão
Restaurantes
dos Amigos de 4
Patas
Os cãezinhos estão cada vez mais presentes no nosso dia-a-dia. Tanto é que já
foram promovidos, há algum tempo, a
integrantes honoráveis da família.
E, por causa do nosso dia corrido, acabamos por ficar mais tempo longe do que
perto deles. Para resolver essa situação, o
mercado está cada vez mais aberto para
a presença dos seus queridos de quatro
patas.
Eles já podiam ir a parques e shoppings
e, agora, também serão bem vindos em
bistrôs, restaurantes e padarias em São
Paulo!!!
Mas é preciso algumas regrinhas. O
Turismo de 4 patas preparou uma cartilha
que tem como dicas, por exemplo, que o
cão deve ser sociável, saber obedecer a
alguns comandos básicos, ser conduzido
sempre na guia e sob supervisão.
14
Veja alguns locais em que seu cão é
permitido:
- Paris 6 – Além de ser totalmente “pet friendly”, fica
aberto 24h.
- Mercearia do Francês – Os pets só são permitidos
aos sábados e domingos.
- 210 Diner – Os pets são permitidos na área externa.
- Pirajá – Agora seu cachorro pode até te acompanhar no “happy hour”!
- Blú Bistrô – Restaurante em Perdizes! Você pode
ficar com seu pet em alguma das mesas da área externa.
- Villa Távola – Cantina italiana que funciona 24h.
Seu cachorro não fica na mesa com você, eles possuem um canil na parte externa do restaurante e você
pode deixar seu amigo ali.
- Sujinho – Num dos locais mais tradicionais de São
Paulo, os cachorros são permitidos nas mesas da
calçada.
- Mercearia São Pedro – Se quiser levar seu cachorro, chegue cedo, pois eles só são aceitos nas mesas
da calçada.
Veja mais dicas: http://www.turismo4patas.com.br/htms/novidade.asp?id_novidade=630
Fonte: http://www.dicassaopaulo.com.br
Na internet
Famosos publicam fotos fofas
com seus cães no Instagram:
Crédito: Reprodução/Instagram)
Preta Gil: Mamãe
dodói e filhinho Zion
cuidando de mim!!
Essa foto vai com
saudade pro papai
@limadiver !!
Te amamos!!
Mariana Rios: Amor
que não se mede...
Crédito: Reprodução/Instagram
Aplicativo
Novidades vêm facilitar vida de donos de cães
A internet pode ser
uma grande aliada em
diversas tarefas. E, agora, com a tecnologia
cada vez maior, também
pode lhe ajudar a cuidar
melhor do seu pet. Isso porque, diversos aplicativos estão sendo desenvolvidos para que
você, de longe, dê aquela espiadinha.
O aplicativo para iPhone Whistle, lançado
recentemente, faz com que o dono acompanhe o dia a dia dos seus bichinhos. Há a possibilidade de supervisioná-los em atividades
como alimentação, brincadeiras e o sono.
Além de, segundo a empresa, auxiliar a detectar problemas médicos. Ele é acoplado à
coleira e mede a atividade do animal durante
o dia. O monitor custa US$ 99,95 (o equivalente a R$ 215,00) e o aplicativo é gratuito
para iPhones. Já o Pintofeed, permite que
os donos alimentem seus gatos e cachorros
remotamente e programem horários para alimentação. O aplicativo é ligado ao Wi-Fi e
custa 149 dólares (cerca de R$ 319,00).
Fonte: http://virgula.uol.com.br/
15
16

Documentos relacionados

Bernese

Bernese principalmente no caso de animais preparados para competições. Agora mesmo se o seu bichinho não vai “trabalhar” nesse ramo, você precisa ficar atento pois, para alguns cães, isso não é nada de sup...

Leia mais

King Charles Spaniel

King Charles Spaniel os animais que estão acima do peso. Nesses casos, os veterinários não recomendam corridas, pois cães muito pesados podem sofrer problemas graves nas articulações graças ao impacto. Por isso, há est...

Leia mais

Dachshund

Dachshund causa uma provável mutação celular. UC - Como é o tratamento? FF - O tratamento é cirúrgico através da retirada da formação ou de seu congelamento através da Criocirurgia. Nos casos de papilomatose...

Leia mais

Lhasa Apso

Lhasa Apso e são medicados, pois muitos tiveram maus tratos, com dinheiro de doações. Você também pode ajudar! A Ultracão é uma publicação gratuita da Ultrafarma Presidente: Sidney Oliveira Projeto e conteúdo...

Leia mais

Siberiano

Siberiano definitivos. Milhares de animais castrados e que não produzirão novas vítimas de abandono e maus tratos. A ONG já realizou diversas campanhas comunitárias e educativas, especialmente junto aos jove...

Leia mais

CoCker Spaniel

CoCker Spaniel Edição 08 • 2012 Distribuição gratuita

Leia mais