de comida?

Сomentários

Transcrição

de comida?
bem-estar
2
internet
Blogue
Stir
and Strain
stirandstrain.com
2.ª
parte
‣Elana, residente em Los
Angeles (EUA), é a autora de
Stir and Strain. Descreve o seu
blogue como se fosse um livro
de rascunhos, com a vantagem
de poder “conversar com os
leitores sobre o que fazer a
seguir”. Desenvolve e testa
cocktails, tendo sempre em mente
a sazonalidade dos ingredientes
e as efemérides. O blogue foi
nomeado para os prémios da
revista Saveur em 2014, na
categoria de “Melhor Blogue de
Cocktails”. “Ser reconhecida por
uma publicação deste calibre
fez com que valesse a pena ter
deixado o meu emprego a tempo
inteiro [que teve durante mais de
uma década]”, confessa. Elana
optou por se dedicar ao blogue e
a desenvolver receitas para o seu
negócio de consultoria, em janeiro
de 2014.
Não perca mais
foodies na edição
de janeiro da Saber
Viver.
Fãs
de comida?
Conforme prometemos na edição de
dezembro da Saber Viver, continua aqui a série “fãs
de comida”. Experimente receitas gratuitas e siga
os truques de chefs amadores que estão a deixar
a sua marca no mundo digital da gastronomia.
por Filipa Basílio da Silva
Sangria de Amora
e Salva Queimada
(2 pax)
Ingrediente:
140 ml de vinho tinto (Malbec)
90 ml de Bourbon Four Roses
30 ml de xarope de pimenta
100 ml de sumo de limão
4 a 5 folhas de salva queimadas
8 amoras
4 fatias de laranja vermelha
Modo de preparação
Queime as bordas das folhas
de salva e deixe arrefecer uns
segundos. Depois coloque-as no
fundo de um copo de mistura.
Acrescente o xarope de pimenta e
o sumo de limão. Adicione amoras e
esmague, deixando alguns pedaços
mais intactos. Junte o vinho, o
bourbon e as rodelas de laranja.
Misture bem e cubra com uma
tampa. Deixe apurar no frigorífico
durante dois dias.
O que a inspirou a começar um
blogue de cozinha?
Sempre gostei de receber
amigos em casa e de organizar
festas. Fui-me interessando
cada vez mais por desenvolver
as minhas próprias bebidas e,
em 2010, descobri o mundo
dos blogues de cocktails. O site
jeffreymorgenthaler.com fez-me
querer começar o meu próprio
blogue, porque a escrita reunia
características que eu gostaria
de ter no meu projeto: humor,
informação, receitas e reflexões
de um empregado de bar. Por
isso, no início de 2011, decidi
torná-lo uma realidade e comecei
a escrever o Stir and Strain.
Qual é o seu ingrediente favorito?
Adoro trabalhar com xaropes e
bitters caseiros. É muito mais fácil
conseguir o sabor que queremos
numa bebida se o podermos criar.
E são fáceis de fazer.
Que utensílio tem de ter sempre
à mão?
Não consigo viver sem um coador
Julep. É uma ferramenta muito
versátil.
De todas as receitas de cocktails,
qual é a mais popular entre os
seus leitores?
A Sangria de Amora e Salva
Queimada é um sucesso. Tem
um sabor fantástico e envolve
técnicas engraçadas.
Janeiro 2015 • saberviver
bem-estar
3
Blogue
What's Cooking
Good
Looking
whatscookinggoodlooking.com
‣ Jodi nutre um grande amor
por boa comida e um desejo de
comer apenas os alimentos mais
saudáveis do planeta. Escreve e
fotografa tudo o que vemos no seu
blogue.
Fancy
Desserts
Brooks Headley
Amazon
17.22€
Blogue
Parla
Food
parlafood.com
‣ Katie Parla é uma jornalista
especializada em gastronomia
que também já escreveu e editou
mais de 20 livros. Enquanto crítica
gastronómica, colabora com
publicações como os jornais The
New York Times e The Guardian,
e ainda com revistas como a
Saveur e a Monocle. Katie é a
autora do guia da cidade de Roma
National Geographic’s Walking
Rome, gere as aplicações “Katie
Parla’s Rome” e “Katie Parla’s
Istanbul” e, em 2013, co-fundadou
o portal The Rome Digest
(theromedigest.com). Neste
momento, está a escrever o seu
primeiro livro de culinária, Really
Roman, que será publicado no
início de 2016.
Sempre foi fã de comida?
Sim, os meus pais conheceramse a trabalhar num restaurante
e depois o meu pai abriu o seu
próprio estabelecimento (“Clydz”
em New Brunswick, Nova Jérsia,
EUA).
O que a inspirou a começar um
blogue de cozinha?
Comecei o Parla Food em
2008 ou 2009. Foi aí que decidi
concentrar a minha carreira
especificamente na área da
gastronomia.
Gerir um blogue envolve algum
tipo de constrangimento?
Tecnicamente posso ser
saberviver • Janeiro 2015
processada por difamação
se criticar um restaurante ou
se o avaliar negativamente. Já
aconteceu a outros bloggers.
Consegue equilibrar o emprego e
a gestão do blogue?
O blogue faz parte do meu
trabalho enquanto jornalista, já
que escrevo sobre gastronomia e
viagens.
Qual foi o momento mais
importante na sua carreira de
blogger?
Foi uma honra ter sido convidada
para colaborar no inovador livro de
culinária do Brooks Headley. Ele
é o chef de pastelaria que mais
admiro.
Qual é o seu ingrediente favorito?
Adoro cozinhar com pecorino
romano, um queijo de ovelha que
é usado em muitos pratos típicos
da cidade de Roma: cacio e pepe,
amatriciana, gricia, carbonara e
tripa.
Sempre foi fã de comida?
Sim, desde criança. Cresci numa
família italiana, por isso havia
sempre comida caseira de muito
boa qualidade.
O que a inspirou a começar um
blogue de cozinha?
O blogue 101cookbooks.com.
As receitas únicas e fotografias
lindas inspiraram-me. Pouco tempo
depois, em 2011, inscrevi-me numa
Escola de Culinária e comecei o
meu blogue para servir de arquivo
para as receitas que ia inventando
no curso.
Gerir um blogue envolve algum
tipo de constrangimento?
Nunca sinto que possa tirar um
dia de folga, porque estou sempre
ligada às redes sociais ou a
responder a e-mails.
Consegue equilibrar o emprego e
a gestão do blogue?
Deixei um trabalho a tempo inteiro
há uns anos para me dedicar à
carreira de cozinheira. Embora
o blogue não seja a minha
fonte principal de receitas, é a
plataforma onde as pessoas me
encontram para outros trabalhos.
Qual é o seu ingrediente favorito?
Sou obcecada por azeite de boa
qualidade. Tenho vários tipos
e cada um tem uma aplicação
específica.
Que utensílio tem de ter sempre
à mão?
Não posso viver sem uma faca
bem afiada.
Jodi
A autora do blogue
What's Cooking
Good Looking
vive com o marido
Michael e o cão,
Bayley, em Long
Island (EUA)
Massa de Talos
de Brócolos (2 – 4pax)
Massa:
3 cabeças de brócolos com
talos longos
2 dentes de alho picados
Folhas de manjericão
1/2 de um abacate, picado em
cubos
Sumo de 1/2 limão
1/4 c. de chá de sal
¼ chávena de azeite extra virgem
Pimenta preta
230g de espaguete
"Queijo" de pinhão:
1/3 chávena de pinhões
1/4 c. de chá de sal
1 c. de chá de fermento nutricional
Modo de preparação
Pré-aqueça o forno a 190ºC.
Coloque os brócolos cortados em
pedaços numa assadeira, tempere
com sal, pimenta e azeite. Leve
o preparado ao forno durante 15
a 20 minutos. Prepare a massa
de brócolos, retirando a camada
exterior dos talos e usando um
ralador para ficarem com a forma de
esparguete. Depois toste os pinhões
numa panela pequena, em fogo
médio durante 3 minutos. Junte os
pinhões, sal e fermento nutricional
num liquidificador e triture até
parecer parmesão ralado. Para
fazer o pesto, coloque os brócolos
assados, o alho, o abacate, o
manjericão, o sumo de limão, o sal, a
pimenta e o azeite num processador
de alimentos. Passe até ficar uma
textura suave. Coza a massa de
brócolos durante 5 minutos. Retire
o excesso de água da cozedura,
sem tirar toda. Acrescente o pesto
de brócolos e misture bem. Polvilhe
com o “queijo de pinhões” e sirva.
desafio
Envie a sua receita
favorita e fotografia
para [email protected]
plotcontent.com

Documentos relacionados