Bichinho Virtual

Сomentários

Transcrição

Bichinho Virtual
UEMG
TÍTULO: Bichinho Virtual
AUTOR(es): Marcos Augusto Francisco Borges, Simony Pelicer de Oliveira
CAMPUS: Passos
UNIDADE: Faculdade de Processamento de Dados – FAPRODA
Endereço: Marechal Deodoro, 843, ap61, Centro, Campinas – SP, CEP 13020-001
E-mail: [email protected] Financiamento: FAPEMIG
Resumo:
Dispositivos eletrônicos que simulam animais de estimação (bichinhos
virtuais ou tamagotchis) se tornaram um sucesso espantoso entre as crianças do
mundo todo. Existem controvérsias sobre o seu uso, mas eles oferecem grandes
oportunidades de aprendizado para os seus usuários.
Este trabalho estuda um ambiente de aprendizado computacional baseado
no bichinho virtual. A principal meta deste projeto é desenvolver e estudar a
efetividade de um sistema interativo (O Gene) que visa apoiar o aprendizado de
biologia enquanto estudantes de segundo grau estão motivadamente usando o sistema.
A estética de aprendizado almejada é a “estética logo” (Valente, 1993), baseada na
teoria Construcionista de Papert. O usuário poderá modelar o bichinho, definindo suas
características físicas e mentais através da manipulação de seus genes. Depois da
modelagem, o usuário ele poderá conviver e cuidar do bichinho, similarmente ao jogo
disponível no mercado.
Versões preliminares do Gene foram avaliadas segundo a técnica da apple
(Gomoll, 1990). Inicialmente alunos da própria faculdade, simularam os “usuários”,
em dois experimentos.
Após estes experimentos, o sistema Gene foi melhorado buscando corrigir
as dificuldades enumeradas
No momento atual, os autores estão propondo a uma escola interessada em
colaborar com o projeto, para levar o sistema e analisá-lo dentro do próprio ambiente
escolar com usuários típicos (alunos do segundo grau).
Bibliografia:
•
•
Valente, J.A. - Por quê o computador na educação. In Valente, J.A. (Ed)
Computadores e Conhecimento: Repensando a Educação. Campinas. Gráfica
Central da Unicamp, 1993, p.24-44.
Gomoll, K. – Some techniques for observing user. In: LAUREL, B. – The art of
human-computer interface design. Massachussets: Addison – Wesley, 1990. pg
85-90.

Documentos relacionados

Um jogo eletrônico que ensina microbiologia para

Um jogo eletrônico que ensina microbiologia para Palavras-chave: jogos educativos; educação de crianças; educação em microbiologia.

Leia mais

Gene2: jogo via internet de apoio ao aprendizado de

Gene2: jogo via internet de apoio ao aprendizado de na década de 90. Deste sucesso derivou-se o Gene, uma ferramenta de apoio à aprendizagem para formação em genética (Borges e Oliveira, 2000). A ferramenta em questão é um ambiente de aprendizado in...

Leia mais

Bichinho Virtual - Faculdade de Tecnologia

Bichinho Virtual - Faculdade de Tecnologia Rua Paraná 266 – Bela Vista – Passos-MG e-mail: [email protected]

Leia mais