FUNKALISTER

Сomentários

Transcrição

FUNKALISTER
FUNKALISTER
A Funkalister foi formada em 2002, em Porto Alegre. A principal influência da banda é a música
negra, principalmente o Funk dos anos 70, passando pelo Rock, pelo Jazz e chegando até ao
Samba.
A banda busca uma
sonoridade típica das décadas
de 60 e 70. O groove de baixo
e bateria são fundamentais, e
se misturam com teclados
eletro-mecânicos e analógicos
tais como sintetizadores,
pianos elétricos e clavinetes,
além do naipe de sopros bem
atuante formado por
trompete, sax, trombone e
flauta.
Da fonte inesgotável do universo musical, podem ser destacados como importantes influências as
obras de Eumir Deodato, Banda Black Rio, Robson Jorge e Lincoln Olivetti, João Donato,
Parliament-Funkadelic, James Brown e Stevie Wonder.
Com o passar do tempo a banda cresceu, tomou corpo e em 2006 nasceu o primeiro disco,
“Volume 1”. O dia-a-dia de empenho, trabalho e criatividade trouxeram maturidade suficiente para
que a banda voltasse ao estúdio para gravar um novo disco de
músicas inéditas, outra vez independente. As gravações
ocorreram entre 2007 e 2008 e contaram com participações de
alguns parceiros musicais.
O segundo disco, “Volume 2”, foi lançado em outubro de 2008 e
obteve ótimos resultados. Muitas de suas músicas também são
usadas de trilhas para programas, além dos DJs, que sempre
tocam a banda em suas festas de “Black Music”. Em 2010, a
Funkalister, que se concentrava mais em estúdio e gravações,
deu uma virada em sua carreira, passando a fazer shows
importantes e com regularidade, ampliando cada vez mais seu
público. Destaque para os shows do Brasil Rural Contemporâneo
(evento que reuniu artistas como Gilberto Gil, Nei Lisboa,
Monobloco, Frank Jorge, entre outros), o primeiro show da banda
em teatro (Teatro Renascença, Porto Alegre, com participação
especial do guitarreiro Luis Vagner), o primeiro show da banda na
cidade de São Paulo (SESC Vila Mariana) e participação no
Circuito Bohemia de Música Instrumental, aonde a banda foi
destaque em duas apresentações. Em 2011 a banda segue a
realização de shows, levando seu trabalho para o maior número
de lugares possíveis e prepara a produção e o lançamento de
seu terceiro trabalho.

Documentos relacionados