Tourinhos.

Сomentários

Transcrição

Tourinhos.
MARTIM TOURINHO
Viveu, ao que parece, ao fim do reino de d. Afonso IV o bravo (n. 1290,
foi aclamado em 1325 e †1357), o que coloca seu floruit na primeira metade
do século XIV. Procederia do Alentejo, do sul de Portugal, o que reforça
a hipótese da origem judaica da família, pois este primeiro dos Tourinhos
poderia ter vindo de El-Andaluz, de um dos reinos taifas, onde eram
notórias as comunidades judaicas. Tourinho vem de Torah, através do
feminino e diminutivo tourinha, que tanto significa “pequena torah”
quanto “gente judenga.”
Tourinho. De verde, com um touro cosido de
vermelho, os cornos e os cascos de ouro. Elmo
de prata, aberto e guarnecido de ouro; paquife
de vermelho e verde, e por timbre, o touro do
escudo. (São armes à enquerre, o que pode
apontar a origem judaica da família, mas
existiam antes de 1506, já que aparecem no
Livro do Armeiro-Mor.)
Ferreira Tourinho. Partido: 1, de Ferreira. 2, de
Tourinho. Timbre, de Ferreiras (armas do 1o.
visconde de Tourinho).
Goes Tourinho. Esquartelado: 1, de Ferreira. 2,
de Tourinho. 3, de Goes. 4, de Vasconcellos.
Timbre, de Ferreiras (armas do 2o. visconde de
Tourinho, com o 3o. quartel de Goes, em vez
de Pintos.)
... MARTINS TOURINHO
Deve ter vivido em fins do século XIV e
inícios do século XV.
PERO (DO CAMPO?) TOURINHO
Seu nome é depreendido do patronímico
dos filhos.
GIL PIRES TOURINHO
Vivia em Viana em fins do século XV e em inícios do XVI.
Devia ser membro da pequena nobreza local, e também
comerciante naquela comunidade. C.c. Branca Quezada,
filha de João Quezado o velho e de s.m. Maria Gomes
Madriz.
ESTEVÃO GIL TOURINHO
Recebeu sesmaria do irmão donatário em 5.4.1542; fundou o engenho Tossó-mirim. C.c.
Brites Fernandes Maciel, filha de João Pires de Darque e de Maria Ana Maciel. Seus
herdeiros, os filhos Baltazar e Gaspar.
GASPAR
TOURINHO
Clérigo, de quem foi
provavelmente filha
bastarda aquela Felicia
Tourinha denunciada em
28.1.1594 à inquisição
por bruxaria. Felícia era
mulata e pobre.
BALTAZAR TOURINHO
MACIEL
Era morador próximo de Viana; c.c.
Joana Maciel.
PERO DO CAMPO TOURINHO
(I)
N.c. 1490 em Viana do Castelo, onde era comerciante com foros de nobreza, como o pai. Navegador, seria o Pero do
Campo que visitara a costa do Brasil em inícios do reino de d. João III, tendo chegado ao Rio da Prata. Recebeu através
de carta régia de 27.5.1534, com foral de 23.9.1534, a doação da capitania de Porto Seguro na Bahia. Ao que consta
vendeu tudo que tinha e mudou-se para o Brasil com um séquito de 600 pesssoas “na maior frota já vista dirigindose para a nova terra.” Chegou a Porto Seguro em 1535, quando chantou padrão (ainda existente hoje) e fundou aquela
povoação. Em onze anos fundou mais sete povoações, construiu engenhos de açúcar e incentivou o cultivo de
variegadas lavouras. Autoritário e incréu, e sem freios na língua—era chamado o língua ardente—indispôs-se com a igreja
católica, sendo denunciado em 1547 à inquisição entre outros pelo sertanista Bruzza de Espiñosa.. Levado em ferros
para Lisboa, foi absolvido no processo que lhe meteram, tendo †10.10.1553 em casa da filha. C.c. Inês Fernandes Pinto.
Foi o maior dos personagens desta família.
ANDRÉ DO CAMPO
FERNÃO DO CAMPO
LEONOR DO CAMPO
Levava a patente de capitão. Preso e Sucedeu em 1553 ao irmão na C. em Lisboa c. Gregório de Pesqueira. Vendeu em
processado em 1550 por ordem de capitania, tendo requerido a posse 19.8.1559 a capitania a d. João de Lencastre, duque de
Tomé de Sousa por desmandos admi- da capitania em 1556.
Aveiro.
nistrativos na capitania do pai.
PERO DO CAMPO TOURINHO (II)
Primeiro deão da Sé da Bahia, amigo de frei
Vicente do Salvador.
Outros filhos: (1) Maria Tourinho Maciel , que c.c. Gaspar da Rocha, filho de João Gonçalves Barroso
e de s.m. Isabel da Rocha Villarinho, que viviam em 1511. Tiveram um filho, [1-1] Manuel da Rocha
Tourinho , que c.c. Margarida de Sá Sotomayor, e (entre outros) foram os pais de [2-1] Diogo da Rocha
de Sá , que passou ao Rio de Janeiro onde em 7.9.1565 recebeu uma sesmaria de seu parente Mem de Sá.
C.c. Brites Rangel. Deles descende no Rio (entre outras) a família Sá Freire, que inclusive deu-lhe um
prefeito. (2) Manuel Tourinho Maciel , s.m.n.
ANA TOURINHO MACIEL
C.c. Bento Rodrigues Maciel. Tiveram diversos filhos: (1) Bento Maciel
Tourinho, c.g. em Portugal; (2) Ana Tourinho Maciel (II) , que c.c.
João Pires Maciel, e tiveram a [2-1] Agostinho Maciel Tourinho e a [22] Bento Maciel Tourinho (II) , c.g. no Rio; e (3) Pero do Campo
Tourinho(III) que c.c. Margarida Furtada em S. Vicente, c.g. no Rio.
ESTEVÃO TOURINHO
MACIEL
C.c. Inês da Silva, s.g. Deixou um
bastardo, Baltazar Maciel Tourinho ,
c.g. em Portugal.
Outros filhos: (1) Luiz Pires Tourinho ,
atestado em documentos contemporâneos;
(2) ... Tourinho, padre.
FRANCISCO TOURINHO
Seria o que foi escrivão e tabelião em Boipeba,
ao sul do Recôncavo baiano, perto de Ilhéus,
em 1655.
Toura. (...) Pentateucho sobre o qual se tomava o
juramento dos judeus tolerados em Portugal. | Família
judaica. (...)
Tourinha. (...) Objecto de escárneo, alvo de zombaria.
(...)
(Almeida & Brunswick, Diccionario Illustrado, Lisboa (1898).
INÊS GIL TOURINHO
C.(1) c. o cunhado Afonso Fernandes Pinto.
C.(2) c. Diogo Dias d’Água.
Outros filhos: (1) Gonçalo
Gil , c.c. Catarina Pires, c.g.,
9 outros filhos dos dois Quezado. (2) Álvaro Gil ,
casamentos, c.g. em c.c. Isabel Álvares de
Portugal e no Brasil. Amorim, c.g. em Portugal.
(3) Margarida Gil , c.c.
(1)
Pedro Álvares Negrão, c.g.
em Portugal. (4) Catarina
Gil , c.c. Rodrigo Anes, c.g.
SEBASTIÃO FERNANDES
TOURINHO
É o sertanista que explorou em primeiro
lugar (em 1570) o vale do rio Doce. C.g.
em S. Paulo, descrita em Silva Leme,
Genealogia Paulistana.
Dos Vasconcellos aos Tourinhos e Madureiras de Pinho, passando por Cristóvão Colombo..
[1] Joane Mendes de Vasconcelos , filho de Martim Mendes de Vasconcellos e de Inês Martins de Alvarenga, n.c. 1350. Em 1381 teve confirmada a terra de Alvarenga. C.c. Isabel Pereira, filha de Álvaro Pereira. P.d.(entre outros) [2-1] Martim
Mendes de Vasconcelos o moço, de quem descendem os Vasconcelos da Madeira, e [2-2] Mem Rodrigues de Vasconcelos, n.c. 1390, e que c.c. Catarina Furtada de Mendoça, filha de Bartolomeu Perestrelo, sr. de Porto Santo, e (meia) irmã de
Filipa Moniz, mulher de Cristóvão Colombo. Mem Rodrigues pai de [3] Heitor Mendes de Vasconcelos, que c.c. Catarina Correia, filha de seu tio Pedro Correia, sr. da Graciosa. P.d. [4] Froilo de Vasconcelos, c.c. Iria de Melo, filha de Diogo
de Melo da Cunha. P.d. [5] Luiza de Melo de Vasconcelos , n. na Graciosa em 1530 e † em Salvador em 1603, que c.c. Antonio de Oliveira Carvalhal, alcaide-mor da Vila Velha em Salvador, onde chegou capitão-de-mar-e-guerra em 1551; filho de
Simão de Oliveira e de s.m. Maria de Lemos; n.p. de Fernão Lopes de Oliveira, fidalgo cavaleiro como o filho; bn.p. de Lopo Gonçalves do Carvalhal, fidalgo de cota d’armas; e tn.p. de Fernão Lourenço de Oliveira. P.d. [6] Paulo de Carvalhal de Oliveira
de Vasconcelos, n. 1557 e †1614, executado por haver assassinado Francisco de Barbuda. C.c. Francisca de Aguiar de Espinosa. P.d. [7-1] Bartolomeu de Vasconcelos e de [7-2] Maria de Vasconcelos, entre outros.
[7-1] Bartolomeu deVasconcelos, o má pele, c.c. Luiza Pacheco, descendente do Caramuru. P.d. (única) [8] Maria de Vasconcelos, n. 1627, c.(1652) c. Mateus de Aguiar de Áltero, n. 1624. P.d. (entre outros) [9-1] João Álvares de Vasconcelos,
desembargador, c.c. Ântonia Teles de Menezes, e de [9-2] Maria deVasconcelos, c.c. Manuel Gomes Dias. Destes filha [10] Ana Maria de Jesus e Vasconcelos,
c. em 4.12.1753, c. Manuel da Rocha Doria (c.1695-1753). Entre outros, p.d. [11]
D. Antonia Luiza de Vasconcelos Doria
(1744-1825), c.c. Cristóvão da Costa Barbosa (1731-1809), filho de Gonçalo Barbosa de Mendonça (c.1675-1737) e de s.m. Antonia de Aragão Pereira; n.p. de Martim Afonso de Mendonça e de s.(3a.) m. Joana
Barbosa, e bn.p. de Antonio Moreira da Gamboa e de s.m. Antonia Doria de Meneses., filha de Cristóvão da Costa Doria e de s.m. Maria de Meneses e n.p. de Fernão Vaz da Costa e de s.m. Clemenza d’Oria. P.d. (entre outros) a [12] Manuel Joaquim da
Costa Doria (c. 1775-após 1843), c.c. D. Teresa Sebastiana... . P.d. (e.o) a [13] José da Costa Doria, bat. 1809 no engenho “Papagaio,” Rio Fundo; c.c. Helena Bernardina de Souza Mendonça. P.d. (caçula) [14] Diocleciano da Costa Doria
(1841-1920), c.c. Dária de Azevedo Moutinho. Filho; [15] Raul Moitinho da Costa Doria (1871-1948), c.c. Inesilla do Valle e Accioli de Vasconcellos. C.g. (e.o): [16] Gustavo Alberto Accioli Doria (1910-1979), c.c. Silvia Cresta Mendes de
Moraes (1913-1969).
[7-2] Maria de Vasconcelos c.c. Gaspar de Araújo Gois. P.d. (entre outros) a [8] Francisca de Vasconcelos, n. 1635. C.(1650) c. Aleixo Pais de Azevedo, n. 1622. P.d. (e.o.) a (n. 1674) [9] Miguel de Gois e Vasconcelos. Deixou b. a [10]
Bernardo de Gois e Vasconcelos, c.c. Marcelina dos Anjos. P.d. [11] Francisca Xavier de Gois e Vasconcelos
. C.c. João de São Boaventura Tourinho, abaixo.
Tourinhos.
GASPAR TOURINHO (I)
C. no Brasil c. Joana Carneira. Seria provavelmente o
primeiro da família na região de Ilhéus.
Fontes: (1) F. Gayo, “Tourinhos,” em Nobiliário de Famílias de Portugal, (1990). (2) E. Tourinho, Família Ferreira Tourinho, Lito-tipografia
de João Gonçalves Tourinho, Salvador (1884). (3) J. F. Prisco Paraíso Neto, Descendência de José Vicente Gonçalves Tourinho, Banco Econômico,
Salvador (1977). (4) M. R. P. A. Doria e F. A. Doria, “Tourinho,” Rio (1985). (5) Pesquisas de Caio César Tourinho Marques. (Versão
5. Projeto Áquila/IDEA—UFRJ, Rio, Novembro de 1999.)
GASPAR TOURINHO MACIEL (II)
Era, em 1649, capitão-mor de Ilhéus, quando preparou a defesa da cidade face à perspectiva de um ataque holandês. Como capitão-mor, aparece
em 1663 devendo quatro patacas ao finado Antonio de Sá Doria, em Salvador. Destituído pelo conde de Vila Pouca, senhor da capitania, em favor
de um seu valido, ajudou a submeter os Gê guerens, e em 10.2.1674 foi reconduzido pelo conde da Castanheira, novo donatário, à posição de capitãomor de Ilhéus, Camamu, Boipeba e Cairu, onde morava; ainda exercia o cargo em 1677. C.(1) c. Brites de Barros, filha de Manuel Pinheiro de
Carvalho, cristão-novo, e de sua mulher Maria de Barros Lobo, meia-cristã nova, c.g., mas em casamento que foi anulado. C. (2) c. Maria Mexias
de Goes, filha de Francisco de Goes de Macedo e de s.m. Mariana Mexias; n.p. de Sebastião Pedroso Barbosa e de s.m. Maria de Gois, filha de Belchior
de Armas de Brum e de s.m. Francisca de Araújo, nascida em Ilhéus, filha esta de Gaspar de Araújo e de s.m. Catarina de Goes, chegados ao Brasil
em 1563.
GASPAR TOURINHO MACIEL (III)
Do segundo leito. C.c. Maria da Silva de Jesus, filha de Lucas Pereira e de
s.m. Teresa Maria de Jesus.
DOMINGOS
TOURINHO
...TOURINHO
C.c. João da Cunha Barbosa,
filho de Rodrigo Maciel e
Maria da Cunha, c.g.
COSME DE SÁ TOURINHO
Irmão da Santa Casa (18.3.1742) e cap. de ordenanças em Cairú. C.c. Marcelina Maciel Tourinho, filha de João Tourinho e de Maria de Melim
[Lomellini].
JOÃO TOURINHO MACIEL (I)
†16.8.1765 em Muritiba, vivia na vila da Cachoeira, senhor do engenho da Ponte. C.c. Teresa de Jesus, †17.4.1793, filha
de Florentino de Barbuda, madeirense, e de s.m. Apolonia de Goes da Fonseca.
PAULINO DE SÁ TOURINHO
Capitão de milícias, c.c. Teodora Maria da
Conceição em 16.2.1768, c.g.
JOÃO DE SÃO BOAVENTURA TOURINHO (II)
Outros filhos: (1) Josefa de Sá Tourinho , avó do lente da
Em 4.11.1761 c.c. Francisca Xavier dos Santos, filha de Bernardo de Goes e Vasconcellos e de s.m. Marcelina dos Anjos; n.p. (bastarda) de Miguel de Goes e Faculdade de Medicina da Bahia, Antonio Polycarpo
Vasconcellos, bisneto materno de Paulo de Carvalhal de Vasconcellos.
Cabral , e (2) Ana de Sá Tourinho , c.g.: Furtado.
MANUEL DE GOES TOURINHO
C.c. Ana Joaquina da Silva, c.g. varonil:
Goes Tourinho, Bittencourt Tourinho.
Outros filhos: (1) João Gonçalves Ferreira
(n. 27.7.1784, †
29.10.1862), dito João dos Cocos, sogro (segundo leito) do irmão
José Vicente . (2) Clara Jesuína de Goes Tourinho
, que c.c.
o primo Manuel de Goes Tourinho , c.g. ampla. (3) Bento
Gonçalves Ferreira , que c.c. Teresa Maria de Jesus, c.g. no
Paraná. (4) Rita Joaquina de Goes Tourinho
, que c.c. o primo
desembargador José Emídio dos Santos Tourinho
, c.g. (5)
Manuel Jerônimo Tourinho , c.g.: Japiassu. (6) Maria Bárbara
de Goes Tourinho .
MARIA VITÓRIA DE JESUS TOURINHO
†13.11.1845. Em 27.8.1783 c.c. Manuel Gonçalves Ferreira, † 5.11. 1820, filho do cap. Antonio
Gonçalves Ferreira e de s.m. Antonia da Silva; n.p. de Antonio Gonçalves e de s.m Prudência
Gonçalves, nn. do Porto, arcebispado de Braga.
JOSÉ VICENTE GONÇALVES TOURINHO
N. 16.9.1801 em Salvador, e †7.5.1888 também em Salvador. C.(1)c. Francisca Guilhermina Pinto da Cunha (em 7.1.1823), filha
de Manuel Pinto da Cunha e de s.m. Caetana Isabel da Cunha Meneses Pinto. C.(2)c. sua sobrinha Maria Eufrosina Ferreira Tourinho
(em 1836). C.g. de ambas: Primeiro leito: (1) José Vicente Tourinho (1823-1886), primeiro visconde de Tourinho, c.g., Delgado de
Carvalho. (2) d. fr. Manuel de S. Caetano Pinto
(1825-1905). (3) Conselheiro Demétrio Ciríaco Ferreira Tourinho
(18261888), Pai da Medicina Legal e da Psiquiatria no Brasil. Segundo leito: (4) João Gonçalves Tourinho (1837-1910), c.g.: Tourinho Dantas,
Junqueira Ayres, Prisco Paraíso, Carneiro da Rocha,Doria Serbeto Tourinho. (5) Vicente Cândido Ferreira Tourinho
(1839-1906), c.g.
(6) Maria José Ferreira Tourinho , n. 1845, que c.c. seu primo Antonio Augusto Guimarães. (7) Pedro de Campos Tourinho
(1847-1889). (8) Julio Cesar Tourinho (1847-1876). (9) Carlos Alberto Tourinho (1848-1904). (10) Maria Francisca Ferreira
Tourinho (1854-1889). C.c. o sobrinho Manuel Maria Tourinho , c.g. (11) Adolfo Frederico Tourinho
(1855-1902), sr. do
solar do Berquó. C.c. sua sobrinha Maria Francisca Tourinho . (12) José Astério Tourinho (1856-1912), c.c. Olivia Ferraz do
Amaral. (13) Maria Vitória Ferreira Tourinho
(1860-1924), c.c. o sobrinho José Maria Tourinho , como os sobrinhos anteriores
filho de Demétrio Tourinho , c.g.
FRANCISCA MARCELINA DE GOES TOURINHO
C.c. Francisco Inácio dos Santos
em 4.10.1795, filho de Manuel Afonso
dos Santos, n. Matosinhos (Portugal) e de s.m. Isabel Maria dos Santos. C.g.:
Santos Tourinho, Goes Tourinho.
LUIZA LEOPOLDINA DE GOES TOURINHO
C.c. Francisco Lourenço Coelho de Pinho
Outros filhos: (1) Luiza Cândida de Pinho , c.(1860)c.
João Salgueiro. (2) Maria José Tourinho de Pinho ,
c.(1863)c. Epifânio de Bittencourt, c.g.: Tourinho de Bittencourt.
(3) Francisca Leopoldina Tourinho de Pinho
, c.(1860)c.
José Salgueiro, c.g. (4) Francisco Lourenço Tourinho de
Pinho , farmacêutico, c.(1869)c. Arlinda Barata. (5) América
Tourinho de Pinho , c.(1874)c. Antonio Leonardo Pereira,
c.g.: Sochaczewski. (6) Demétrio Tourinho de Pinho . (7)(9) Durval , Manuel e Jovina .
em 31.5.1831. † Francisco em 1856 em Salvador.
VIRGILIO TOURINHO DE PINHO
N. 1843 e c. 21.2.1874 c. Mariana de Senna Madureira, filha de Casimiro de
Senna Madureira e de s.m. Elisa de Campos, sobrinha do barão de Jequiriçá e
irmã do cel. Antonio de Senna Madureira. C.g.: Madureira de Pinho. Filhos: (1)
Alzira ; (2) Octávio Madureira de Pinho , c.g.: Palhares de Pinho. (3)
Bernardino Madureira de Pinho
, †1950, pai de Demóstenes , Péricles e
Demades Madureira de Pinho
. (4) Alvaro Madureira de Pinho
(18821953), c.c. Mercedes de Rezende Rubim, c.g.: Madureira de Pinho, Rubim de
Pinho, Horstmann, Accioli Doria, Rezende. (5) Zulmira , c.g.: Pedreira. (6) Maria
Constança e (7) Constança Maria .

Documentos relacionados