O jornal O jornal

Сomentários

Transcrição

O jornal O jornal
Diz
Niterói
03/12 a 10/12/11
O jornal
Modelo: Alana Campos * Visual: Richard - Foto: Julio Cezar Cerino
D i r e t o r R e s p o n s á v e l: E d g a r d F o n s e c a
DIZ: Todo Mundo Gosta
www.dizjornal.com
Jornal Plural
Ano 03- Nº 48
1ª Quinzena
de dezembro
de 2011
Washington Araujo:
Precisamos
Tomar as Rédeas
Edição Online para
170.000 leitores
Pág 03
Zona Sul, Oceânica e Centro de Niterói
www.dizjornal.com
Cultura
Niterói
03/12 a 10/12/11
Paulo Roberto Cecchetti [email protected]
DIZ pra mim... (que eu conto)
* O poeta Itérbio Galeano vem se destacando na Rádio Roquette Pinto 94,1 FM, aos
domingos, com o programa "Almanaque".
Imperdível!
* Uma nova editora surge no mercado
livreiro:
Navilouca
Livros (www.navilouca.com), de Rodrigo
Rosa. O primeiro lançamento do livreiro,
como autor, é "Letratorta". Vida longa à
cultura!.
* “Mentes Positivas – como o uso da estratégia positiva tem transformado pessoas e
organizações”, de Renato Ricci & André Arrieta está repleto de estudos e descobertas
realizadas pela Neurociência. O livro mostra
a experiência prática dos autores com 30
anos de vivência no campo empresarial. Mais
2
informações: Tassiane (11) 3965-6743 www.
positivechange.com.br e Jô 2609-9145
[email protected] [email protected]
* Um exemplo de vitalidade, dinamismo e
dedicação à cultura é a marca com presenças, dominical, na praça dos "Escritores ao
ar Livro", semanal, na redação da Tribuna,
do jornalista e poeta Luís Antônio Pimentel
que, neste ano pré-centenário, recebeu bela
homenagem na Aldeia Curumim. Na foto, o
livreiro Antonio Gomes (leia-se Gutenberg)
declama para o homenageado.
* Parabenizo o atual presidente da AFL-Academia Fluminense de Letras, Dr. Waldenir de
Bragança, pela iniciativa de criar uma Comissão para Admissão de Candidatos ao ingresso
nesta instituição cultural. Já era tempo!
* O Mercado de Peixe São Pedro promove o 1º Festival de Gastronomia do Mar de
Niterói. Abertura sábado, 3 de dezembro, às
10 horas. Por aqui incentivamos, sempre, o
alimento saudável do corpo e do espírito! Vale
conferir!!!
* Natal antecipado... A cidade já se encontra
toda enfeitada... Vitrines, fachadas... Então,
aos poetas, contistas, amigos e freqüentadores dos “Escritores ao ar Livro”, na Praça Getúlio Vargas, nas manhãs dominicais de Icaraí,
desejamos um Feliz Natal e 2012 com saúde,
paz, prosperidade e muita leitura
* A escritora Cyana Leahy faz parte do livro
"Literatura e afrodescendência no Brasil: antologia crítica". Ed. UFMG, 4 vol., em homenagem ao saudoso Abdias Nascimento. Alguns
convidados especiais: Conceição Evaristo,
Domício Proença Filho, Lia Vieira, Mãe Beata de Yemanjá, Martinho da Vila, Nei Lopes,
entre outros.
Anna Carolina Peret
Diversão para os Baixinhos, Lição para os Altinhos
[email protected]
I
nfelizmente já deixei de ser criança há
muito tempo. Sim, como dizem por ai,
existe uma dentro de cada um de nós. Mas
não é a mesma coisa. Por mais que eu tente,
não tenho o mesmo olhar ingênuo e puro dos
meus três anos. Por mais que nos esforcemos, aquela impagável doçura infantil já se
foi. É o preço da maturidade, da maioridade, da passagem pela puberdade... Ou seja,
é a idade que chega! E com ela, chegam os
problemas, as farsas, as dores, as mágoas, as
quedas, os tombos e tantas outras coisas que
nos fazem amadurecer. Que pena! O irônico
disso é que, aos meus três anos, eu queria ter
a idade que tenho hoje. Talvez não exatamente ser quem sou hoje. Mas queria ser grande,
poderosa, rica! Enfim, sonhos de uma ingênua criança.
Bem, estou fazendo essa pequena catarse por
dois motivos. Primeiro, pois, as férias escolares estão chegando. E isso significa que uma
grande safra de filmes infantis será lançada.
E a segunda razão, é que dois longas infantis que estão invadindo o cinema remetem à
infância. Um deles, já em exibição, é "Happy
Feet 2". O outro, com estréia prevista para
o dia 09 de dezembro, é "O Gato de Botas"
("Puss in Boots", no original).
Seqüência do vencedor do Oscar de Melhor
Filme de Animação, em 2007, "Happy Feet
2" chega novamente recheado das paisagens
magníficas da Antártica e nos faz rever o talentoso pingüim sapateador: Mano (dublado
originalmente por Elijah Wood e, no Brasil,
por Daniel Oliveira). Mas o grande trunfo
do filme passa longe do "elenco principal".
Como no anterior, é o clã de "pingüins latinos" que chama atenção, com personagens
engraçados como Ramón e Amoroso (Robin
Williams faz os dois papéis, porém, no Brasil,
Guilherme Briggs e Sidney Magal dividem tal
responsabilidade).
Em, "O Gato de Botas", Antonio Banderas dá
vida ao serelepe, conquistador e lindo bicha-
no que apronta todas na
tela. O filme é divertido
e, mesmo não sendo uma
seqüência de "Shrek",
acaba misturando alguns
contos de fada – quem
ficar atento, perceberá.
O interessante mesmo,
nos dois longas, é a presença e a importância
dada à infância, para o
desenvolvimento do caráter do ser humano. Em
"Happy Feet 2", nota-se
o peso da influência dos
pais no amadurecimento dos filhos, tanto com
suas palavras como com seus próprios exemplos. Da mesma forma, em "O Gato de Botas", é bonito sentir o valor dado à família –
não importando se esta é ou não uma “família
perfeita e convencional".
Além disso, fica claro, em ambas as produções, que a infância é determinante em vários aspectos da nossa vida. Crianças não
são apenas seres que mais tarde serão "formados". Ledo engano. É, desde cedo, que
descobrimos em quem confiar, percebemos
várias de nossas características pessoais, encaramos nossas limitações e desenvolvemos
nossos talentos. Cabe ressaltar também que
os filmes deixam claro a relevância da presença e da participação – positiva, diga-se de
passagem – dos adultos na vida dos baixinhos. Não basta ser mera figuração na vida
do filho. É preciso exercer papel de destaque
– quando possível, ser protagonista.
Sendo assim, ao invés de simplesmente levar
as crianças ao cinema – e comprar pipocas –,
convoco os "senhores pais" a assistirem aos
filmes. Melhores do que vários dos dramas
em cartaz, os filmes infantis, muitas vezes,
trazem mensagens de bondade, solidariedade e amor. E seria realmente muito bom que
esses sentimentos estivessem também nos
corações dos mais velhos... Bom filme!
3
Niterói
03/12 a 10/12/11
Entrevista
[email protected]
www.dizjornal.com
Temos que Tomar as Rédeas
e Comandar
O médico e mestre em cardiologia Washington Araujo, depois de mais de
trinta anos dedicados à medicina, desde que se formou pela UFRJ em 1979,
dirigindo o Labs Cardiolab Niterói, resolveu dedicar a sua experiência pessoal e empresarial ao mundo adverso da política. A pergunta que se faz é:
Por que um profissional afirmado e de sucesso na medicina, podendo neste
momento da sua vida desfrutar de todas as conquistas obtidas vai adentrar
num mundo controverso, dificultado pela prática da corrupção e do oportunismo, tão comum na cultura brasileira?
Ele conversou com o DIZ e esclarece pontos de vista, proposições e aspirações para o futuro.
DIZ: O que leva um homem na sua condição, estabelecido e afirmado entrar num
universo tão complicado como o da política?
Washington: Em primeiro lugar eu acredito
que todos, indistintamente, somos seres políticos. Sempre tive um olhar atento a tudo
que se processa dentro da política brasileira
e internacional. A minha prática na medicina e até como empresário, nunca me absorveu tanto que me impedisse de pensar
politicamente. A questão atual difere quanto
a minha maturidade existencial, que me dá
dimensões mais extensas de tudo, incluindo
a minha capacidade de me indignar. Sempre atuei acreditando que o meu voto consciente e a minha influência nos grupos mais
próximos era uma parcela de contribuição
suficiente.
DIZ: E hoje não é mais?
Washington: Os fatos e caminhos da política
brasileira, especialmente nos últimos anos
me causaram indignação, maior que a existente anteriormente. Sabemos que sempre
houve desvios de comportamento, desde o
dia que aportou o navio de Cabral; a nossa
cultura é sedimentada em valores mercantis
e a ética nunca foi o nosso forte. Mas, na
atualidade, a dimensão do mau uso da coisa pública se agigantou; estamos abismados
com os fatos, mas objetivamente não estamos reagindo. Não basta ficar indignado e
resmungar por horas a fio. É preciso reagir
com veemência, atuando e interferindo. O
caminho mais efetivo, creio eu, seja filiar-se
a um partido político e dentro dele começar
a fazer a sua interferência. Pode parecer que
não significa muito e que as “raposas peludas da política” sempre vão manipular tudo
e seremos apenas massa de manobra. Não
será assim se verdadeiramente não quisermos. Vamos participar, opinar e fazer transformações.
Diz: Compreendemos que esta atitude
é uma reação, mas na prática, interfere e
transforma quem tem mandato ou está muito próximo dele. Quem aí está não quer sair
e existe um desânimo e desencanto muito
grande nas pessoas em relação à política.
Não fica muito desigual esta luta?
Washington: Aí é que reside a questão. Os
homens de bem se sentem ultrajados e rejeitam a política como se fosse uma doença contagiosa. Os oportunistas da política
reforçam esta imagem com o objetivo de
afastar estes homens de bem, pois poderiam
atrapalhar os seus planos. Aí se comete o
erro fatal: entregamos o comando na mão
do inimigo. Eles ocupam o espaço e nos
oprimem com suas manobras espúrias, cada
vez mais!
Nós homens de bem temos que tomar as
rédeas e comandar. Temos que ocupar o
espaço e elevar o nível da classe política.
Seria grosseiro generalizar e nivelar todos
da mesma forma. Acredito que existam homens de bem eleitos, mas ficam subjugados
pela maioria corrupta e corporativista. Eles
acabam perdendo sempre nas votações internas e precisamos engrossar o contingente
do bem para fazer frente a tantos absurdos.
A batalha é seguramente desigual. Quem
está no poder tem seus “afilhados”, cargos disponíveis e a serem criados, “canetas
poderosas” e armam teias que enganam e
enredam muita gente. Mas só poderemos
saber e vencer se disputarmos.
DIZ: Isto quer dizer uma candidatura à vista?
Washington: Neste momento é quase impossível fazer afirmações deste tipo. Hoje,
qualquer um é pré candidato, até aqueles
que têm mandato. Mas, estou me pondo à
disposição do partido. Se assim a convenção decidir, estarei disposto a entrar na disputa pelo executivo.
DIZ: E por que o PSDB?
Washington: Por uma questão de identificação pessoal. Entre os muitos partidos existentes na cidade, acredito que o PSDB seja
aquele que melhor representa as aspirações
da classe média, mas com um foco estendido para o social e os menos favorecidos.
Niterói é uma cidade com grande potencial,
mas que está indiretamente entregue a forasteiros e estrangeiros que só se beneficiam
sem dar respostas às nossas urgências. Vivemos uma situação de incompatibilidade
entre a necessidade do crescimento e a
desordem desenfreada. Falta planejamento, atitude positiva e impositiva defensiva.
Precisamos de crescimento, mas não podemos acatar ordens de quem nada tem a ver
com a cidade, se utiliza dela, ganha muito
dinheiro e depois vai embora; estas pessoas
vão para longe do tumulto que causaram e
ainda por cima, levam o dinheiro que aqui
ganharam para investir em outros lugares.
DIZ: Se hoje você fosse o prefeito da cidade
o que faria com mais urgência?
Washington: A primeira questão a ser revista são as licenças para construção civil. Teríamos que avaliar caso a caso, redistribuir
e encaminhar obras para outros locais, para
conter um mal maior que vai se configurar
em breve. Atacaríamos emergencialmente a
questão do trânsito, com intervenções em
locais que pudessem oferecer novos fluxos,
a exemplo da Rua Visconde do Uruguai, e
construiria uma via alternativa por trás da
Avenida Roberto Silveira, pelo bairro de Fátima, para aliviar a tensão existente. Criaria
um plano de emergência para a saúde, enquanto estaríamos replanejando algo maior.
E estancaríamos projetos faraônicos, para
aproveitar os recursos em situações emergenciais como segurança, defesa civil e
transportes.
DIZ: E a questão da Cultura e do Turismo?
Washington: É importantíssima, não só por
um melhor aproveitamento econômico e
geração de renda, mas como identidade e
afirmação da nossa cidade como pólo gerador de arte e cultura. Durante algum tempo
a nossa posição geográfica próxima do Rio
de Janeiro era desfavorável para nós por nos
impor uma situação de dependência. Hoje
se tornou uma vantagem, pois são eles que
precisam que nós aumentemos o nosso potencial hoteleiro para dar-lhes sustentação e
apoio. Temos muito a criar. Bastará vontade
política e utilização racional dos nossos recursos.
DIZ: E a questão da segurança na cidade?
Como ficará?
Washington: Estamos cansados de planos
e mais planos, muito bem desenhados e
nenhuma ação e eficácia. Temos que por a
Guarda Municipal em todos os lugares da
cidade e contar com o apoio sistemático da
PM, que traríamos para nosso convívio. De
forma compartilhada e com planos de ação
por bairros, por necessidade específica.
Fortaleceríamos a nossa proximidade com a
Polícia Civil e Federal, pois esta integração
nos daria braços internos e pontes nos municípios vizinhos, onde muitas vezes o crime
se cruza e atua.
www.dizjornal.com
Informes
Câmara Abre Natal de Niterói
com Incentivo à Adoção
de Crianças
Sergio Gomes
A Câmara de Vereadores de
Niterói vai abrir oficialmente
as comemorações de Natal
na cidade, no próximo dia 12
de dezembro,oferecendo uma
série de serviços, em parceria com o programa Niterói
Acessível da Secretaria de
Acessibilidade e Cidadania e
chamando a população a refletir sobre o tema da adoção
de crianças e adolescentes na
cidade.
O evento terá início às 14 horas com apresentação de corais, grupos de dança e de música, além dos serviços tradicionalmente oferecidos pelo programa Niterói Acessível. Às 19 horas, Papai Noel, interpretado
pelo artista Sohail Saud saudará os presentes, abrindo as comemorações de dezembro na
cidade e desejando boas festas aos niteroienses.
Este é o terceiro ano consecutivo que a Câmara de Vereadores promove a festa de abertura
das comemorações natalinas.” Estima-se em 80 mil, o número de crianças e adolescentes
que vivem em abrigos sem a oportunidade de uma convivência familiar. Por isso achamos
que é o momento ideal para lembrar-se de assunto tão importante”, explica o presidente
vereador Paulo Bagueira.
A Associação Quintal da Casa de Ana está dando todo o suporte e apoio à iniciativa e apresentará uma exposição fotográfica no hall de entrada da Câmara.
Caarj e OAB Niterói Inauguram
Escritório Compartilhado
Ulisses Franceschi
Em mais uma vitoriosa parceria, a Caarj e a OAB Niterói entregam para os advogados o novo e moderno Escritório Compartilhado, com 100 metros quadrados, localizado na sobreloja
da sede da OAB, na Avenida Amaral Peixoto, no Centro de
Niterói.
A cerimônia de inauguração está marcada para o dia 7 de dezembro, às 17 horas, e contará com a presença do presidente
da Caarj, Felipe Santa Cruz (foto).
Para garantir melhor atendimento aos 800 advogados que
usam por mês o Escritório Compartilhado, foram montados
nove amplos gabinetes, mais confortáveis, com isolamento
acústico para manter a privacidade do profissional com seu
cliente. O local é inteiramente adaptado para receber deficientes físicos.
Os advogados terão ao seu dispor computadores de última geração, internet banda larga,
Wifi, ar condicionado, telefone, foto-cópia, cafezinho, água gelada e um funcionário à disposição.
CENTRO EDUCACIONAL
ALZIRA BITTENCOURT
4
Niterói
03/12 a 10/12/11
Exposição Com-Tato de
Keiko Mayama
A artista plástica Keiko Mayama apresenta suas obras e a dos alunos do
Instituto Benjamim Constant, no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno
no período de 05 de dezembro a 08
de janeiro.
Na abertura da exposição, dia 04 de
dezembro, às 10h, o projeto “Sensibiliza da UFF” promoverá o workshop
"Café no escuro", visando mostrar aos
participantes a experiência cotidiana
dos deficientes visuais e fazer com
que reflitam sobre as atitudes da sociedade em relação às pessoas especiais.
O público também assistirá as apresentações dos grupos "Moringa Sonora" e "Oficina de
Som", formados por alunos do instituto Benjamin Constant e do Centro de Apoio ao Deficiente Visual de São Gonçalo.
Keiko desenvolveu uma instalação de cerâmica sensorial e interativa, intercalando as obras
dos deficientes visuais do Instituto Benjamin Constant, onde ela leciona por alguns anos. Serão apresentadas obras criadas por deficientes visuais e outras desenvolvidas por ceramistas
sem deficiências visuais, especialmente para serem apreciadas pelo tato, olfato e som.
O público é convidado a tocar nas peças com olhos vendados, em visita guiada, a ser previamente agendada pelo telefone.
Niterói Sediará
Seminário do Samu
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), da Região Metropolitana II
do Rio de Janeiro, que reúne os municípios
de Niterói, São Gonçalo, Maricá, Itaboraí,
Tanguá, Rio Bonito e Silva Jardim, irá promover seminário em comemoração aos sete
anos de implantação do primeiro SAMU regional do país.
O evento será realizado no próximo dia 9 de
dezembro, sexta-feira, a partir das 8 horas,
no auditório do Centro Universitário Plínio
Leite, à Avenida Visconde do Rio Branco
123, Centro, em Niterói.
O tema central este ano será “Cuidando de
Quem Cuida”. O objetivo é demonstrar aos
profissionais do SAMU a preocupação que
devem ter com as Doenças Crônicas Não
Transmissíveis (DANTs), principais causadoras dos altos índices de morbimortalidade no
país, e que possuem em comum fatores de
risco modificáveis.
Expediente
Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
Rua Otavio Carneiro 143/704
Niterói/RJ.
Diretor Responsável: Edgard Fonseca
Editor: Edgard Fonseca
Registro Profíssional MT 29931/RJ
Distribuição e circulação:
Ernesto Guadelupe
Diagramação: Erisvelton Santana
Impressão: Tribuna RJ
Tiragem 16.000 exemplares
Redação do Diz
End: Rua Isabel Bolkal,293 - Maravista
Itaipu, Niterói, RJ
Correspondência para Administração
Rua Domingues de Sá, 274/1103
Icaraí-Niterói - CEP 24.220-091
Tel Contatos
2611-7878 / 9613-8634
E-mail: [email protected]
www.dizjornal.com
Os artigos assinados são de integral e
absoluta responsabilidade dos autores.
Um Espaço Especial para a Educação de Seu Filho
Do Maternal ao Vestibular
*
Venha Estudar com a Gente
Rua Ministro Otávio Kelly, 217 - Icaraí - Tel: 2705 - 7939 • Rua Mem de Sá, 71 - Icaraí -Tel: 2620 - 6041
CENTRO MODERNO
ALZIRA BITTENCOURT
5
Niterói
03/12 a 10/12/11
Internet
www.dizjornal.com
Juliana Demier - [email protected]
C
Uma Viagem Pretendida
hegamos a Dezembro... E com ele, além
de todas as compras padrão dessa época,
é também hora de viajar... E curtir as tão
esperadas férias (pelo menos pra uma grande parte que costuma sair nesse período).
Mas e o dilema da viagem? Pra onde ir, afinal de
contas, com tantas opções Brasil adentro e mundo a fora???
Mais uma vez a Internet vai te salvar dessa dúvida
cruel... E te deixar a vontade para decidir o seu
roteiro, sem depender das companhias de viagem.
Tem dica pra todos os tipos de viajantes...
Para aqueles que realmente ainda não definiram o
destino e gostam de ter indicações sobre os lugares, o gogobot.com é a dica ideal. Nele é possível
acessar indicações sobre hotéis, restaurantes e
atrações das cidades, além de fotos e até mapas
do destino pretendido. Funciona meio como uma
Rede Social, já que as impressões registradas são
dos usuários desse serviço.
Mas tem aqueles viajantes que querem tudo bem
organizado, com a menor chance de
imprevisto... Pra esses a dica é o site
travelmuse.com. Nesse site é possível fazer um planejamento detalhado
do roteiro de viagem, pra não perder
tempo com nada, e também oferece dicas importantes sobre lugares da cidade.
O resultado é um roteiro, que pode ser
impresso, com todas as ações diárias a
serem cumpridas, no bom sentido, nessa
viagem. É bem legal, mas cuidado pra não
ficar tão preocupado em cumprir esse cronograma e acabar não curtindo o passeio.
E já que citamos uma parecida com Rede
Social, temos uma que é acessada através do
login do Facebook, em www.gowalla.com. O
conceito dessa rede é "descubra o mundo com
seus amigos", através de pesquisa por dicas de
lugares, guias ou pessoas.
Claro que nessas três opções o usuário pode, e
deve, registrar sua impressões de lugares já visitados, para inspirar
outros viajantes errantes.
E todas também oferecem aplicativos para
smartphones, além de
muitas outras funções
que prometem ajudar muito nas suas férias e garantir sua diversão.
Enfim, começo de Dezembro...
Começo de férias...
Aproveite essas dicas e curta o máximo!
ORAÇÃO A SANTO EXPEDITO
Festa 19 de abril. Comemora-se todo dia 19
Se vc. está com algum Problema Difícil e
aparentemente sem Solução, precisa de
Ajuda Urgente, peça a Santo Expedito. Ele é o
Santo dos Negócios que precisam de pronta
solução e cuja invocação nunca é tardia.
ORAÇÃO: Meu Santo Expedito da Causas
Justas e Urgentes, socorrei-me nesta hora
de aflição e desespero. Intercedei junto
ao Nosso Senhor Jesus Cristo! Vós que
sois o Santo dos Aflitos, Vós que sois o
Santo das Causas Urgentes, protegei-me,
ajudai-me, Dai-me Força, Coragem e
Serenidade. Atendei o meu pedido: (fazer o
pedido) Ajudai-me a superar estas Horas
Difíceis, protegei-me de todos que possam
me prejudicar; Protegei minha família,
atendei o meu pedido com urgência.
Devolvei-me a
Paz
a
Tranqüilidade
Serei grato pelo resto da minha vida
e levarei seu nome a todos que têm fé.
Obrigado.
Rezar 1 Padre Nosso,1 Ave Maria
e Fazer o sinal da cruz.
“para que os pedidos sejam atendidos
é necessário que sejam justos”.
Santo Expedito
Agradeço a Santo Expedito a Graça Alcançada.
Edgard Fonseca
Niterói
03/12 a 10/12/11
[email protected]
www.dizjornal.com
O
6
Começa a Embolar a Política de Niterói
s partidários de Wellington Moreira Franco torcem e defendem que
ele deveria voltar a ser prefeito de
Niterói. Entretanto, é preciso avaliar, que
depois de ministro, a esfera de atuação
dele passa a ser em níveis diferentes. Falase que na reforma ministerial ele irá ocupar
o Ministério do Trabalho no lugar do tão
combalido Carlos Lupi. A pressão sobre
Lupi aumentou muito esta semana e pode
ser que ele não dure até a reforma. Assim
saberíamos se a falação de corredores tem
fundamento: ou ele vira ministro do Trabalho ou na reforma ministerial o que virá?
Seria um complicador interessante.
O PMDB de Moreira não é o mesmo do
governador Sergio Cabral, que a esta altura
abraça Zveiter e Rodrigo Neves, enquanto
outros companheiros de partido oferecem
apoio a Jorge Roberto Silveira. “Briga de
cachorro grande”.
Alguns receosos tentam ressuscitar a desistência de Moreira na eleição contra Godofredo Pinto, como se fosse possível neutralizá-lo. A verdade é que Moreira Franco
é indubitavelmente um nome que se deve
respeitar. Ele é um dos mais habilidosos políticos deste lote dos últimos 50 anos.
Um dado interessante é que as últimas
grandes obras, obras de interferência real
no nosso sistema viário, foram feitas por
ele. Depois, nada aconteceu neste perfil.
As obras do Jorge Roberto são de caracte-
Ministro Wellington Moreira Franco
res marcantes e importantes sim, mas não
foram obras de grande monta do ponto de
vista viário. Fez e continua fazendo o Caminho Niemeyer, que tem sua importância
histórica e determinante na mudança de
imagem da cidade, mas não são obras de
interferência real na transformação pedida
Clínica
Dr. Helder Machado
Urologia
Tratamento de
Cálculo Renal
a Raio Laser
Atendemos UNIMED
e Particular
Atendimento 24H pelo tels:
8840-0001 e 9956-1620
Rua Dr. Celestino, 26
Centro - Niterói.
Tels: 2620-2084 / 2613-1747
pelos últimos e urgentes momentos do município. Para liberar
esta absurda quantidade de obras, principalmente em Icaraí,
teria que ter um planejamento e execução
de um projeto viário
que comportasse esta
demanda gerada por
tanta concentração
populacional, de renda alta e motorizada
aos montes.
Para problemas desta espécie o Moreira
Franco resolveria melhor. Ele sabe fazer
avenidas e comunicantes. É mais o seu
perfil.
Quando se fala em
Moreira é preciso dizer, que esta leva de
políticos, especialmente o Jorge Roberto,
são todos descendentes dele, como uma
espécie de “filhotes”. Quando Jorge ainda
começava ensaiar os primeiros passos na
política, Moreira já era prefeito de Niterói
e deu a ele o cargo de assessor de comunicação. Ali ele aprendeu na prática os pri-
meiros movimentos palacianos da política.
Nestes últimos vinte anos as relações de
todos variaram, como é característica do
universo da política. Mas, a bem da verdade, Moreira esteve no jogo o tempo todo e
ainda prestou relevantes serviços ao município, ajudando inclusive a Jorge Roberto.
Isso só demonstra que há espaço para interferir na política de Niterói. Basta aparecer um nome de peso ou um candidato que
represente uma opção diferente da mesmice contemplativa e estagnada que estamos.
É possível que Zveiter e Rodrigo Neves até
façam um pacto de não agressão durante a
campanha e que o vencedor entre os dois
contará com o apoio do outro no segundo turno, na esperança de vencer Jorge
Roberto, que ainda que esteja desgastado,
confirmando a sua candidatura irá para o
segundo turno. Aí , entre Rodrigo e Zveiter, é matematicamente provável que Zveiter vença, pois foi mais bem votado para
deputado em Niterói.
O PSDB está preparando uma candidatura
ao executivo. Pretende oferecer uma opção
inteiramente nova, como forma de contrapor o modelo vigente. Pode avançar e dividir os votos da classe média.
Já imaginaram se Moreira resolve se candidatar? Vai ser preciso muito espaço para
desembaraçar o novelo. Por hora, está tudo
embaralhado.
Repressão Digital Ianque
O Congresso dos EUA está
debatendo uma lei que pode
outorgar ao país o poder de
censurar a Internet do mundo
inteiro. Querem criar uma lista
negra que pode ter o Wikileaks,
YouTube, e até mesmo a Avaaz
como inimigos da nova ordem.
Sob essa nova lei, os EUA podem forçar os provedores de
Internet a bloquearem qualquer
website que seja suspeito de violar as leis de copyright e propriedade intelectual ou que falhem em policiar suficientemente as atividades de seus usuários.
Vai ser o diabo!
E, por conta da maioria dos serviços de hospedagem de Internet estar em localizados nos
EUA, essa lista negra poderia reprimir a web livre para todos nós.
É só falar mal dos caras, já viu... Apaga a luz!
7
Niterói
03/12 a 10/12/11
Esquina da Zona Total
Parece brinquedo... Muitos esforços já
foram utilizados, tentou-se resolver, mas
novos desordeiros sempre aparecem. É a
confirmação da impunidade, acoplado a
incapacidade legal da PM em dar solução
ao problema. Talvez a solução seja uma
ação coletiva dos moradores da esquina
da Rua Domingues de Sá com Roberto
Silveira, contra a loja de conveniência do
posto de gasolina, que contraditoriamente, sendo um posto de gasolina, vende
bebidas alcoólicas durante toda a noite,
o dia amanhece e a bebedeira continua.
Falam alto, saem na porrada, contam piadas sujas, proclamam palavrões no último volume,
resolvem problemas de chifres, de “bichiçe” mal resolvida e de vez em quando, ainda passa
o vendedor do pó de 5, de 10 e o baleiro das anfetaminas para aumentar a agitação. A
esquina é um polo de todos os errados. Até mendigo faz desordem, toma banho na rua
com água do posto, cospe grosso e xinga a mãe de alguém.
A Policia Militar quando é chamada aparece. Despeça “o movimento”, mas logo se retira
e eles voltam outra vez. Aí, num volume maior, com raiva e delírio.
As soluções sugeridas são: fechar esta loja de inconveniências, parar de vender bebidas
alcoólicas, o que parece pouco, pois os “doidões” continuam por lá. Ou então a policia
põe uma UPP dentro do posto. Tem violência suficiente para justificar o investimento.
Assim, talvez os moradores do entorno possam dormir finalmente.
Sinalização Errada
A empresa Santo Antonio precisa observar a sinalização dos seus ônibus.
Tem veículos em que no alto assinala Cubango 45, e em baixo, no vidro
expõem uma placa que mostra o itinerário, onde consta a passagem pelo
Campo de São Bento. Ele não faz este
trajeto. O indivíduo de boa fé vai entrar neste coletivo acreditando que vai
para um lugar e vai ter que descer em
outro, bem distante deste destino. E quando é idoso? Tem que fazer aqueles tais “exercícios bons para a saúde do idoso”? Caminhar compulsoriamente? Tenham paciência...
Vamos organizar e parar de vender gato por lebre!
Deu, Mas Não Deu...
Estava marcada para 29 de novembro a data limite para implantação do Bilhete Único em
Niterói. Não aconteceu como previsto e a prefeitura alegou dificuldades técnicas e adiou
para mais 15 dias.
A questão é que o tempo estipulado para uso do bilhete, que é de uma hora, talvez sirva
para outras cidades. Niterói com este trânsito eternamente engarrafado inviabiliza o bilhete
em certas distâncias. Alguém saindo do Rio do Ouro, Maria Paula, Várzea das Moças ou
mesmo Itaipu e Piratininga, vai levar bem mais de uma hora. O bilhete para moradores
destas localidades deveria ter um prazo, pelo menos, dobrado. Afinal, da maneira mais
generosa possível a prefeitura concedeu um desconto de 50% no ISS para as empresas de
ônibus. Se esta correção não for feita, só quem vai ganhar com o Bilhete são as empresas.
Não tem jeito! O povo vai sempre levar a pior. Até quando?
www.dizjornal.com
Itaú Discrimina Pobres
Fui com um amigo até a Caixa Econômica para que ele retirasse algum dinheiro. A Caixa estava temporariamente com
problemas no computador central e impedia saques. Ele então
me disse: “Vamos até o Itaú, onde tenho um resto de dinheiro
numa conta pagamento”. Quando lá estivemos não deu para
ele sacar, pois o seu saldo era de 45,00, e o Itaú só permite,
pelo menos nesta agência, saques acima de 50,00. Caso contrário o indivíduo vai ter que entrar naquelas filas quilométricas
do caixa, que nunca respeitam a lei do tempo de permanência
e atendimento, e no horário de expediente. Ou seja, o banco
estabelece uma fronteira entre abastados e “duros”. Se for duro, deve procurar outro banco, tipo a Caixa que aceita pobres e mortais.
A que ponto chegamos, um banco que ganha mais do merece, resolve do alto da sua arrogância anti democrática, reter o dinheiro que pertence ao cidadão, dando-lhe a impressão
que está fazendo um favor em devolver aquilo que usou para seus propósitos de lucro. A
obrigação é devolver qualquer importância, seja ela milionária ou apenas 1 real.
Qualquer dia eles vão poder determinar que só os ricos podem entrar numa “agência”. Os
pobres que usem o balcão da roda do infortúnio como nos tempos da França medieval.
Barbaridade...
Moção de Repúdio ao
Secretário de Transporte
Em que pese à elegância do secretário estadual de Transporte, Júlio Lopes, os problemas
da sua pasta se repetem e não
há respostas condizentes com
as demandas. Tem dado pouca sorte ou atesta-se o mau
estado dos transportes e a fragilidade dos concessionários
escolhidos, para não dizer descaso. No caso das Barcas S/A,
a situação passa e muito dos
limites e não há pressão para o
ajustamento de conduta, como se eles estivessem “imunizados”. Tudo podem de errado e
nenhuma sanção ocorre e nada se modifica.
O secretário Julio Lopes enfrenta problemas graves na estória recente como os bondes
de Santa Tereza, metrô, trens da Supervia e até os resultados negativos da Alameda São
Boaventura. Este último episódio recente das barcas despertou nos opositores o desejo de
cobrar do governador ações que modifiquem este quadro, visto que apesar das desculpas
e atendimento às vítimas, não é suficiente e não resolve o problema.
O vereador Renatinho (PSOL) apresentou, nesta quinta-feira (01/12), moção de repúdio
ao secretário estadual de Transporte Julio Lopes, alegando negligência, incapacidade de
exercer a função e a demonstração de subserviência às empresas concessionárias de transporte público do Rio de Janeiro. A moção deve ser votada na próxima semana. Difícil é
saber se terá êxito. Duvido muito...
ZAPS...
... A OAB Niterói convida os advogados para participarem da confraternização de fim de ano,
marcada para o dia 7 de dezembro, a partir das 20 horas, no restaurante A Mineira de São
Domingos. O preço do jantar é R$ 27,50 mais a bebida consumida, que será pago no local.
8
Renda Fina
Niterói
03/12 a 10/12/11
[email protected]
www.dizjornal.com
Ulisses Franceschi
Professora Emérita
A médica e professora da UFF, Neide Kalil Gaspar, recebeu o Título de Professora Emérita,
em cerimônia realizada no último dia 17 de novembro, no Hospital Universitário Antônio
Pedro. Na foto, a homenageada, Neide Kalil, Luiza Kassuga, Paula Magrin, Manuela Reis
e Márcia Kalil.
Clara Tiezzi e Danielle Fritze durante apresentação no Teatro Municipal de Niterói
Seminário da CODIM
Ulisses Franceschi
Rebeca e Barbara Simões, hoje são daminhas, num futuro breve serão as noivas
Aniversariantes da Edição
A representante da OAB Rita Rivello e doutora Isabel Cruz, do NESEN.
A coordenadora da CODIM Satiê Mizubuti
Realizado no auditório da OAB, e promovido pela Coordenação dos Direitos
da Mulher (CODIM/NIT), o debate sobre
racismo, sexismo e lesbofobia, trouxe a
professora, doutora Isabel Cruz, fundadora
do Núcleo de Estudos sobre Saúde e Etnia
Negra (NESEN), da Universidade Federal
Fluminense, para fazer uma belíssima palestra. Ela usa história e os caldos de cultura como ferramentas e fundamentos para
explicar e determinar transformações de
comportamentos sociais. Foi o ponto alto
do encontro.
Vitor Abramo
Yria Paradella
Carla Simões
9
Na Pista
Niterói
03/12 a 10/12/11
www.dizjornal.com
[email protected]
Jorge Bispo
Monobloco
Hoje, dia 3, o Monobloco invade o Bar do Meio, em Piratininga, para mais uma apresentação cheia de energia e inovação. Consagrado por incorporar diversos ritmos e estilos
musicais a batida do samba, o Monobloco se prepara para não deixar ninguém parado.
O repertório eclético vai das marchinhas tradicionais de João Roberto Kelly ao samba de
Cartola e Clara Nunes, passando pelo xote de Alceu Valença, o forró de Luiz Gonzaga,
o funk de MC Leonardo, até canções de Paralamas do Sucesso, Raul Seixas e Tim Maia.
No show, músicas como Taj Mahal, Fio Maravilha, País Tropical e Santa Clara Clareou, de
Jorge Benjor; Rap do Real, de Pedro Luís e Rodrigo Maranhão e São Gonça, do Farofa Carioca. A mistura inusitada também está presente na bateria. Aos tradicionais instrumentos
de escola de samba - como cavaco, repique, tamborim, chocalho, surdo e agogô - foram
incorporados à batucada um baixo e uma guitarra. Informações: 2619-2505.
Foto MLR/Divulgação
Thaís Motta, a aniversariante Mylena Ciribelli, Marvio Ciribelli e Eulina Rêgo no Jambeiro.
Raquel Faria prestigiou a amiga Mica Laclau
Periard na inauguração da loja MN Laclau no
último dia 26, em Icaraí.
Ana Cristina Rennó e Ricardo Schimidt na
marcante noite em que receberam seus amigos
e familiares na Igreja Nossa Senhora Auxiliadora, em Santa Rosa no último dia 19. A festa no
Clube Naval aconteceu logo após a cerimônia
religiosa. Aos noivos, felicidade eterna!
Randevu
Depois do sucesso da primeira edição,
acontece novamente a festa Randevu, dia
11 de dezembro, domingo, só que desta
vez no Goa Beach Club, em Itacoatiara.
O evento é um “mix” de arte, gastronomia,
música, boa bebida e, é claro, um público
selecionadíssimo. Tudo isso rolando num
"time" que remete aos tempos dos “happy
hours” no Fishbone em Búzios ou atualmente no Taikô em Floripa, que começa a
tarde e invade noite adentro.
Para quem chegar até as 19 horas, o evento terá início às 17, terá direito a um farto
buffet de Finger Foods e a duas caipivodkas
Smirnoff.
No som, show com as bandas Hardays,
Herdeiros da Nação e Dizcoé. Nos intervalos, DJ´s detonarão o melhor do hip hop,
dance e house. Caricaturistas farão caricaturas dos convidados que desejarem sem
qualquer custo. Imperdível! Informações:
9621-7689.
Domingo
instrumental
no Jambeiro
O pianista Marvio Ciribelli apresenta concerto instrumental no restaurante Jambeiro,
no próximo dia 4, domingo, às 19h30. No
show, Ciribelli dividirá o palco com dois
talentos da nova geração da música: o baterista Dedê Silva e o contrabaixista Adalberto Miranda.
Quem passar pelo Jambeiro vai poder curtir
composições como Beautiful Love (Victor Young),
The Days of Wine And
Roses (Mancini), Summertime (George Gershwin), Mantra (Marvio
Ciribelli),
Apanhei-te
Cavaquinho (Ernesto Nazareth), Cherokee (Ray
Noble), Corta Jaca (Chiquinha Gonzaga), além de
um arranjo especial para
Habanera, de Carmem de
Bizet. Informações 27177393.
Privilege
White Party
Gabriel Wickbold
Já no clima da virada do ano, a magia do
Privilege volta para Niterói no próximo sábado, dia 10, para mais um grande evento
no Nec Multiplace, em Charitas.
Na pista os sets contagiantes de Mary Olivetti, Marcelo CIC (foto), Thiago Mansur e
Raphael Mendes além do residente Sandro
Valente.
Privilege White Party é performance, cenografia, magia, música e milhares de pessoas
vestidas de branco numa mesma vibração.
Informações: 3628-3399.
A
Fernando de Farias Mello
Niterói
03/12 a 10/12/11
Fernando Mello - [email protected]
Acidentes à Vista e Mortes com Prazo
ntes do mundo se acabar, tenho muito medo
que a concessionária Barcas S/A venha ser a
protagonista do maior acidente com vítimas
de um transporte marítimo de passageiros da história do Brasil.
Infelizmente não precisamos estar tomados por adivinhações ou possuir dons especiais ou bola de cristal para prever este tipo de futuro: está na evolução
dos acontecimentos, principalmente este último,
com mais de 50 feridos.
É público e notório que as agências reguladoras funcionam como cabides de empregos para o executivo
e acabam abrigando pessoas que estão intimamente
ligadas àquelas empresas que deveriam ser fiscalizadas.
É uma questão de ética. Aliás, ética é o que mais falta neste país permeado de corruptos e corruptores.
Estamos nas mãos de pessoas que não se importam
com você, caro leitor. O próprio governo já é seu
inimigo em todas as instâncias de sua vida.
Portanto, assistimos a tudo com passividade, com o
catamarã perdendo a direção, catamarã quebrando
no meio da baía de Guanabara e, por último, barca
batendo violentamente contra o píer da Praça XV.
Como não existe concorrência, algo imperdoável em
transportes e em muitos outros setores, ficamos à
mercê da ineficaz e maldosa Antaq e da uma única
empresa que carrega a população de Niterói naqueles poucos barquinhos medíocres e sem ar condicionado, a Barcas S/A, filha inerte da gigante 1001
PERIGO NO MAR
SOS
www.dizjornal.com
10
de velozes taxi-boats para até 20 pessoas? Por que
não se construiu mais uma ponte sobre a baía com
metrô?
O povo de hoje em nada se parece com aquele que
incendiou a Estação em 1959, em protesto pelo
descaso com os passageiros, já que temos que nos
defender, em primeiro lugar, dos assaltantes e bandidos em geral. Por isso, parece que estamos anestesiados, quando estamos somente cuidado de nossa
segurança em primeiro lugar.
O mesmo acontece hoje, com falta de catamarãs,
falta de conforto, filas e mais filas, calor sufocante...
Somos tratados como gado, já reparou? Abrem-se
as porteiras e saímos como bois e vacas para o abatedouro.
Um acidente fatal vai acontecer. Depois, já sabemos
de cor: Sergio Cabral vai chorar para as câmeras da
Rede Globo; o secretário de transportes vai dizer
que irá “apurar sem descanso as responsabilidades”;
Dilma vai pedir um minuto de silêncio e as televisões sensacionalistas irão ficar semanas faturando e
mostrando enterros e o sofrimento dos familiares.
E nós, cidadãos de bem, seremos enganados mais
uma vez.
(quantas saudades dos bons serviços rodoviários!).
Por que não se concede o transporte a mais uma empresa
para criar concorrência? Por que não permitir o serviço
Fernando Mello, Advogado
www.fariasmeloberanger.com.br
e-mail: [email protected]
Remédios a
Preço de Custo
no Cartão
de Crédito.
Referência em Insulinas
das Melhores Marcas
e Pelo Menor Preço.
Dineres,
MarterCard e Visa
ADCUM RJ
ASSOCIAÇÃO DE DEFESA DOS CONSUMIDORES
E USUÁRIOS DE MEDICAMENTOS -RJ
Rua Visconde de Sepetiba,935 - Lj 145 Centro
Ed. Tower 2000- Niterói- Ao lado da Prefeitura
Tels: 2620-8165 e 3023-0555
www.adcum.com.br * [email protected]
11
Niterói
03/12 a 10/12/11
Corrida Noturna
em Camboinhas
Neste sábado, 3 de dezembro, na praia de
Camboinhas, Região Oceânica, realiza-se a 3°
Etapa do Circuito das Academias de Niterói.
Está prevista a participação de cerca de mil
competidores na São João Run, que é realizada em parceria com a secretaria municipal
de Esportes.
A corrida noturna acontece a partir das 19h.
Os atletas percorrem trajetos de 7 km e 14
km, além da prova Kids onde competem
crianças de 4 a 14 anos em categorias distintas. A etapa será realizada pelas ruas do bairro e haverá três postos de hidratação ao longo
do percurso, além de distribuição de frutas e
isotônicos após a chegada.
“O número de praticantes de corrida em Niterói aumenta cada vez mais. A cidade conta,
durante o ano, com uma bela agenda de atividades deste tipo e não faltam bons espaços no
município. Além do mais, praticar esporte ao
ar livre é saudável e faz bem à saúde”, disse
Eduardo Caminha, secretário de Esportes de
Niterói.
Pela Cidade
www.dizjornal.com
[email protected]
Dia Mundial de
Luta Contra a AIDS
Pestalozzi Lança Campanha
“Natal Amigo”
A Associação Pestalozzi de Niterói está
usando as redes sociais na internet para estimular as pessoas a doar presentes de Natal para as 840 crianças e adolescentes que
estudam e fazem tratamento na instituição.
Os presentes serão entregues durante a festa de chegada de Papai Noel, marcada para
o dia 15 de dezembro. Além da campanha
na internet, empresas e instituições também
estão estimulando funcionários e clientes a
fazerem uma doação. Quem quiser pode
aderir à campanha ligue para 2199.4422.
O Sindicato das Empresas de Transportes
Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro
(Setrerj) realiza nesta época do ano uma
campanha de doações de presentes no posto de atendimento no Terminal Rodoviário
Presidente João Goulart, no Centro de Niterói. Este ano toda a nossa arrecadação será
destinada para o“Natal Amigo da Pestalozzi.
Também a loja de brinquedos Lenga Molenga, recém-inaugurada no Cine Center, em
Icaraí, é um exemplo de empresa que aderiram à rede de solidariedade montada pela Pestalozzi de Niterói. As sócias Lia Poubel e Cristiane Botino montaram um posto de arrecadação de
doações na própria loja, onde os clientes podem deixar um presente para ser direcionado às
crianças da Pestalozzi.
O Centro de Transporte Operacional dos Correios, no Rio de Janeiro, participa da campanha
estimulando funcionários a fazerem a doações de presentes.
A jornalista Liliane Gonçalves é um exemplo da solidariedade via internet. Ela aderiu à campanha para doar um presente de natal e gostou tanto da iniciativa que resolveu presentear outras
10 crianças.
Para mobilizar a população para o Dia Mundial de Luta contra a AIDS, comemorado
neste 1º de dezembro, equipes da Coordenação do Programa de Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST/AIDS e Hepatites
Virais, da Fundação Municipal de Saúde de
Niterói (FMS), estiveram em frente à Estação
das Barcas e no Jardim São João, no Centro.
Em duas tendas montadas, agentes de saúde
distribuíram panfletos e camisinhas orientando os populares sobre prevenção a AIDS.
Algumas pessoas quiseram saber onde os testes para detectar a presença do vírus do HIV
no sangue podem ser feitos gratuitamente.
A médica coordenadora do Programa, Fábia
Lisboa de Souza, ( foto) explicou que todas as
unidades de saúde do município estão preparadas para fazer os exames, de forma rápida e
segura, cujos resultados podem ser conhecidos na hora ou no laboratório após 15 dias;
assim como o Hospital Estadual Azevedo
Lima (HEAL). A recomendação é para que a
pessoa aguarde pelo menos um mês desde a
última relação sexual para fazer o exame.
Homenagem aos Atletas Paraolímpicos
Sergio Gomes
Sete atletas paraolímpicos da Associação Niteroiense dos Deficientes
Físicos (Andef) foram
homenageados nesta
quinta-feira, dia 1º, na
Câmara de Vereadores.
Depois de desfilarem
em carro aberto do
Corpo de Bombeiros
pelas ruas da cidade,
participaram de sessão
especial e receberam moções de aplauso. Entre os presentes, um dos mais festejados foi Clodoaldo da Silva, ganhador de seis medalhas nos Jogos Parapanamericanos de Guadalajara, no
México. Clodoaldo conseguiu duas medalhas de ouro e duas de prata na natação. Além de
Clodoaldo os atletas homenageados foram Camile Rodrigues, da natação, com três medalhas
de prata e uma de bronze; João Luís de Castro, duas de bronze na natação; Wescley Conceição,
ouro no vôlei; e Alexandre Gouvea, medalha de bronze no halterofilismo. Guilherme Faria, ouro
no vôlei, e Irio Francisco Nunes, da equipe de basquete, não puderam comparecer e foram
representados.
Estiveram presentes ao ato o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Abastecimento
e Pesca, Felipe Peixoto; o secretário municipal de Esportes, Eduardo Caminha; o presidente da
Andef, Guilherme Ramalho.
“Hoje a gente olha pro
Complexo do Alemão
e vê um futuro.”
Eles cresceram num lugar esquecido desde sempre. Mas há três
anos as grandes transformações
começaram, recuperando espaços,
dignidade e cidadania. No alto de
tudo o teleférico, símbolo maior
da mudança que possibilita acessos e encontros. Tatielle e Jefferson
encontraram o amor. Uma grande
comunidade reencontrou o Rio.
O Rio de Janeiro mudou.
A vida da Tatielle e do
Jefferson mudou junto.
Em Foco
www.dizjornal.com
12
Niterói
03/12 a 10/12/11
[email protected]
Projeto de Reingresso Social na Base Prisional de Neves
E
m todo Brasil, o sistema prisional ainda arrasta-se em moldes medievais.
Apesar da existência de cadeias de
segurança máxima com equipamentos sofisticados, a grande maioria, incluindo as
grandes, carecem de atenção ao modelo
de assistência e correção educacional. A
questão humana ainda está relegada a um
segundo plano, o que aumenta a inutilidade
das penas e a possibilidade de reincidência
delituosa do ex-detento. Uma das maiores
causas de reincidência criminal e retorno
aos presídios é a inadaptação daquele que
reingressa na sociedade e é segregado e rejeitado do convívio social, por preconceito
e receio das pessoas.
A falta de oportunidades de emprego e a
falta de qualificação profissional é a maior
dificuldade e fator vicioso.
Por iniciativa da Cruz Vermelha, através da
Coordenadora de São Gonçalo, Tânia Kátia
Gonçalves, um trabalho de grande monta
está sendo desenvolvido na Carceragem da
Polinter de Neves.
Criou-se um grupo de trabalho,
e buscou-se parcerias como a
Prefeitura de São Gonçalo, representada pela secretaria municipal
de Desenvolvimento Econômico,
Ciência e Tecnologia, onde foi
possível montar um curso supletivo, o EJA (Educação de Jovens
e Adolescentes), atendimento odontológico, assistência social e auxilio emprego.
Acoplou-se o Projeto Jurisdrama
– UFRJ, que trabalha as questões
comportamentais, implementando o atendimento psicológico
dos acautelados, por estagiários
da UERJ, incluindo o exercício de
dramatizações aplicadas, dirigidas
pelo professor de Filosofia e TeaAula de eletricidade com o professor Wattson Araújo Lima
tro, Fábio Samu.
Seguiram-se a adesão de outros voluntá- especialista em Elétrica Predial; o Curso de
rios, pois todo trabalho é de Manutenção e Montagem de Computadoiniciativa dos professores que res, ministrado por Stevan Augustus Leiria,
desejam contribuir para melho- que é interno, que além das aulas, trabalha
ria do sistema, aprendizado e auxiliando a coordenação interna do projeexperiências que possam fazer to com outro interno, Eduardo Ciambarella,
crescer estas praticas de cará- Coodenador e administrador interno do
ter vitorioso. Alguns cursos Projeto. Ainda, Curso de Inglês, com a proprofissionalizantes estão sendo fessora Lina Howlands; Técnicas de Venda
ministrados, tais como: Aula de e Auto-apresentação, com o professor EdPrimeiros Socorros, visando a gard Fonseca e Teologia, com a professora
profissionalização de socorristas, Sonia de Souza.
com a Professora Silvana Carva- Nesta Carceragem de Neves, gradativamenTânia Gonçalves, Silvana Carvalho, Eduardo Ciambarella, Maria lho; o curso de eletricidade, pelo
te está sendo implantado um projeto mais
das Graças Gonçalves e Estela Neves - Equipe de coordenação da
professor Wattson Andrade Lino,
cruz vermelha
humano e assistencial, pois se criou um espaço para cultos religiosos e uma biblioteca
que leva o nome da juíza Patrícia Acioli.
Outras instituições têm colaborado como a
Faculdade Universo que doou as carteiras
de aula e particulares que doaram material
didático e de expediente. O projeto está
aberto a receber doações de papel ofício,
canetas esferográficas, cartuchos de tinta
para impressão de apostilas e até livros didáticos em bom estado.
Todos os cursos têm uma visão voltada para
a profissionalização independente, apoio
educacional e psicológico para o difícil processo de reintegração social.